Caderno Passos que Salvam 2016.indd

Сomentários

Transcrição

Caderno Passos que Salvam 2016.indd
Ano VIII - Nº 53 - MARÇO/ABRIL DE 2016
INFORMATIVO DOS AMIGOS E COLABORADORES DO HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS - CADERNO ESPECIAL
CADERNO ESPECIAL
02
Sumário
Editorial
O primeiro passo para o
diagnóstico do câncer
infantojuvenil
Caro Leitor
03
Caminhada ‘Passos Que
Salvam’conquista cada vez
mais cidades em todo o
Brasil
04
Você também quer
caminhar conosco?
05
Sinais e Sintomas do
câncer infantojuvenil
07
Capacitação de Pediatras
08
HCB e Instituto Neymar
Jr.: juntos pelo diagnóstico
precoce do câncer
infantojuvenil
09
Cidades que caminharam
em 2015
EXPEDIENTE
A caminhada “Passos que Salvam” é uma campanha que surgiu
após uma visita ao Hospital St. Jude Children’s Research Hospital,
em Memphis, nos Estados Unidos. A instituição americana é hoje
um hospital irmão de Barretos. Eles têm índices de cura do câncer
infantojuvenil muito maiores que em outros locais do mundo, e isso
só é possível, porque investem em campanhas de conscientização
da população quanto à importância do diagnóstico precoce. Uma
delas é uma caminhada, e em parceria com eles, demos o pontapé
inicial em 2012.
A ideia é fazer com que toda a sociedade se una, e no mesmo
dia e horário mobilize a cidade no alerta ao câncer infantojuvenil. Como o Hospital de Câncer de Barretos tem uma força muito
grande junto à sociedade, que já organiza ações de captação de recursos em seus municípios em prol da causa, convidaríamos estas
mesmas pessoas a abraçarem o câncer infantojuvenil e realizar a
caminhada.
O movimento começou tímido, em 22 cidades, mas vem ganhando proporções cada vez maiores. Queremos uma mobilização
nacional. Utopia? Pode ser, mas podemos sonhar grande e ter o
Brasil todo caminhando conosco.
Neste caderno de nossa revista queremos que você conheça o
passo a passo de como realizar a ação em seu município. Você é capaz de realizar a caminhada, pois o Hospital te dará todo o suporte
necessário para isso. Vamos unir nossas forças. Vamos caminhar
pelo combate ao câncer infantojuvenil.
Venha caminhar conosco!
Caderno especial “Caminhada Passos que Salvam”
da Revista HCB
Projeto e Coordenação Editorial: Departamento de Marketing e Comunicação.
Jornalista Reponsável: Karina Carreira - MTB 33252. Reportagem e Redação:
Karina Carreira, Luiz Antonio Zardini,
Maristela Domingues, Michel Montefeltro e Naima Kathib.
Fotos: Arquivo Depto. de Comunicação. Projeto Gráfico: WMcCann. Arte e
Diagramação: Mário Menezes,
CTP, Impressão e Acabamento: São Francisco Gráfica e Editora.
Tiragem: 147.500 exemplares.
e-mail: [email protected]
O primeiro passo para o
diagnóstico do câncer
infantojuvenil
Você já parou para pensar como pequenos atos podem mudar o mundo? E se você tivesse a chance de
combater o câncer infantojuvenil, o que você faria? Que
tal começar dando um primeiro passo? Basta participar da caminhada “Passos Que Salvam” - um evento
que acontece simultaneamente em diversas cidades
do Brasil com a finalidade de conscientizar as famílias
sobre a importância do diagnóstico precoce da doença.
“Temos o intuito de despertar a população e de di-
KARINA CARREIRA
Jornalista Responsável
vulgar aos pais e professores quais são os sinais e sintomas da doença, já que eles são facilmente confundidos com os de outras enfermidades menos graves”,
explica a coordenadora da campanha, Naima Khatib.
Além de disseminar a informação, o projeto também
possui uma ação prática e mais direta de combate ao
câncer infantojuvenil: ao adquirir o kit da caminhada
contendo uma camiseta, um boné e um squeeze, com
uma doação no valor de R$ 30,00, cada participante colabora para arrecadar fundos para o tratamento de pacientes no Hospital de Câncer Infantojuvenil.
A edição de 2015 foi um sucesso e arrecadou R$ 5,8
milhões. O recurso foi destinado para a manutenção do
hospital e tratamento dos pacientes.
Porque ajudar?
Quando são atendidas, muitas crianças e adolescentes com câncer já chegam com a doença em estágio
avançado por diversos fatores, como a desinformação
dos pais, o medo do diagnóstico e desinformação dos
médicos.
O diagnóstico precoce do câncer infantil, muitas vezes, é prejudicado pela semelhança dos sinais e sintomas desta patologia com doenças comuns na infância.
Por outro lado, os profissionais encontram dificuldades
em dar o resultado final, o que atrasa a busca por serviços médicos especializados. Por isso, o conhecimento do pediatra acerca do câncer é determinante para o
diagnóstico rápido e seguro.
“É muito emocionante ver as pessoas dispostas a saírem de casa e fazer essa ação solidária”, afirmou o diretor-médico do Hospital de Câncer Infantojuvenil, Luiz
Fernando Lopes.
Para Naima, Barretos e as demais cidades abraçaram a causa de uma maneira muito bonita. “Ficou claro
que é o começo de um novo tempo. Existe um hospital
com toda a tecnologia, médicos especializados e uma
equipe treinada, o que precisamos agora é a conscientização para que os pais enviem as crianças mais cedo
para a instituição, aumentando as chances de cura.”
Caminhada “Passos Que
Salvam” conquista cada
vez mais cidades em todo
o Brasil
Para que a caminhada “Passos Que Salvam” seja
um sucesso, é necessário o empenho e apoio de toda a
comunidade. Quanto maior o número de pessoas conscientizadas sobre a importância do diagnóstico precoce
do câncer infantojuvenil, maior é a chance de conseguir
que o tratamento seja eficaz, podendo alcançar até a
cura.
Para saber as cidades que participaram nos anos de
2012 (quando o projeto teve início), 2013 e 2014 acesse:
www.hcancerbarretos.com.br/passosquesalvam
2015
A quarta edição da caminhada superou todas as expectativas ao mobilizar 220 mil pessoas em mais de 350
cidades em todo o Brasil. Todos unidos e conscientes
sobre a importância de se conhecer os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil e do diagnóstico precoce
da doença.
São Paulo
Alto Alegre, Arthur Nogueira, Ariranha, Águas de
Lindóia, Alvares Florence, Américo de Campos, Analândia, Andradina, Aspásia, Aparecida D’ Oeste, Araçatuba, Aramina, Araraquara, Araras, Auriflama, Bálsamo,
Bandeirantes D’ Oeste, Barretos, Barrinha, Bebedouro,
Bilac, Birigui, Braúna, Brejo Alegre, Buritama, Brodowski, Buritizal, Cajobi, Campinas, Cardoso, Cândido
Rodrigues, Castilho, Catanduva, Clementina, Colina,
Colômbia, Conchal, Cosmópolis, Dolcinópolis, Dumont,
Euclides da Cunha, Fernando Prestes, General Salgado,
Glicério, Guaíra, Guaraçaí, Guaraci, Guariba, Guzolândia, Ibirá, Ibitiúva, Icem, Iepê, Igarapava, Ilha Solteira,
Itapuã, Itapura, Indaiatuba, Indiaporã, Ipuã, Itajobi, Itapeva, Itápolis, Jaborandi, Jaboticabal, Jacareí, Jaci, Jales, Magda, Marília, Marinápolis, Miguelópolis, Mirassol,
Meridiano, Mirassolândia, Mirandópolis, Monte Alto,
Mogi das Cruzes, Monte Azul, Morro Agudo, Motuca, Neves Paulista, Nova Canaã, Novo Horizonte, Nuporanga,
Orlândia, Osasco, Olímpia, Ourinhos, Ouroeste, Palmares Paulista, Paranapuã, Palmeira D’ Oeste, Paulo de
Faria, Pedra Bela, Penápolis, Pereira Barreto, Pindorama, Pinhalzinho, Pirangi, Pirassununga, Pitangueiras,
Pontal, Poloni, Ponta Linda, Porto Ferreira, Presidente
Prudente, Primavera, Ribeirão do Sul, Rubinéia, Sales
Oliveira, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Clara D’ Oeste, Santa Rita D’ Oeste, Santa Salete, Santana da Ponte
Pensa, São Francisco, Santa Fé do Sul, São Carlos, São
Joaquim da Barra, São José do Rio Preto, Salto Grande,
São Simão, Sebastianópolis do Sul, Santa Cruz do Rio
Pardo, Serrana, Serra Negra, Sertãozinho, Severínia,
Socorro, Sud Mennucci, Suzanápolis, Taiaçu, Taiúva, Tatuí, Tambaú, Taquaritinga, Terra Roxa, Três Fronteiras,
Tuiuti, Turvínia, Uchoa, Urânia, Urupês, Valentim Gentil,
Valparaíso, Viradouro, Vista Alegre do Alto, Vitória Brasil, Votuporanga.
Minas Gerais
Alexandrita, Arapuá, Araxá, Arinos, Bueno Brandão,
Buritis, Cachoeira de Minas, Campina Verde, Capinópolis, Carneirinho, Conceição das Alagoas, Conceição das
Pedras, Conquista, Coromandel, Estiva, Flor de Minas,
Fronteira, Frutal, Guarda-Mor, Guimarânia, Gurinhatã,
Honorópolis, Ibiá, Ipiaçu, Itapagipe, Ituiutaba, Iturama,
João Pinheiro, Lambari, Limeira D’Oeste, Lagamar, Matutina, Monte Alegre, Natércia, Paracatu, Patos de Minas, Pirajuba, Planura, Pouso Alegre, Prata, Pratápolis,
Presidente Olegário, Rio Paranaíba, Sacramento, Santa
Rita do Sapucaí, Santa Vitória, São Francisco de Sales,
São Gotardo, São Tomé das Letras, Senador José Bento,
Silvianópolis, Tapira, Três Corações, Três Pontas, Uberlândia, Unaí, União de Minas, Varginha, Varjão de Minas,
Vazante.
Paraná
Amaporã, Araporangas, Colorado, Cruzeiro do Sul,
Inajá, Itaguajé, Jacarezinho, Jardim Olinda, Loanda, Lobato, Marialva, Nova Esperança, Nova Londrina, ParaHOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
3
nacity, Paranapoema, Paranavaí, Santa Fé, Santa Izabel
do Ivaí, Santo Antonio do Caiuá, Santo Inácio, São Carlos
do Ivaí, São Manoel, Teodoro Sampaio, Terra Rica.
Goiás
Aporé, Água Limpa, Anaurilândia, Bom Jesus, Buriti
Alegre, Cachoeira Alta, Caçú, Caldas Novas, Catalão, Corumbaíba, Cristalina, Doverlândia, Goiatuba, Gouvelândia, Ipameri, Inaciolândia, Inajá, Itarumã, Jataí, Lagoa
Santa, Luziânia, Maurilândia, Mineiros, Mundo Novo, Ouvidor, Paranaiguara, Quirinópolis, Rio Quente, Santa Helena, Santa Rita do Araguaia, São Simão, Serranópolis.
Rondônia
Alta Floresta, Alto Alegre dos Parecis, Ariquemes,
Buritis, Cabixi, Cacaulândia, Cerejeiras, Cacoal, Colorado, Costa Marques, Cujubim, Espigão D’Oeste, Guajará
Mirim, Itapuã D’ Oeste, Jarú, Ji – Paraná, Machadinho,
Migratinópolis, Mirante da Serra, Nova Brasilândia,
Nova Dimensão, Novo Horizonte, Nova União, Ouro Preto D’Oeste, Pimenta Bueno, Pimenteiras, Porto Velho,
Presidente Médici, Rio Crespo, Rolim de Moura, Santa
Luzia, São Felipe, São Francisco do Guaporé, São Miguel
do Guaporé, Seringueiras, Tarilândia, Urupá, Vilhena.
Mato Grosso
Alta Floresta, Brasnorte, Carlinda, Dourados, Figueirópolis D’Oeste, Guiratinga, Itiquira, Jaurú, Juara, Juína, Lucas do Rio Verde, Marcelândia, Mirassol D’ Oeste, Nova Mutum, Novo Horizonte, Novo São Joaquim,
Paranaíta, Pedra Preta, Pontes e Lacerda, Porto dos
Gaúchos, Rondonópolis, São José do Povo, São José do
Xingu, Sinop, Sorriso, Tabaporã.
Mato Grosso do Sul
Angélica, Água Clara, Aral Moreira, Aparecida do Taboado, Coronel Sapucaia, Costa Rica, Itaquiraí, Ivinhema,
Nova Andradina, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Três Lagoas.
4
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
Pará
Redenção, Rondon do Pará, Santarém do Pará.
Tocantins
Dianápolis, Guaraí, Gurupi, Palmas, Porto Nacional,
Taguatinga.
Bahia
Livramento de Nossa Senhora
Amazonas
Apuí, Humaitá.
Santa Catarina
Campos Novos, Joaçaba.
Acre
Rio Branco
Paraguai
Capitán Bado.
Prestação de contas
Toda a arrecadação com os kits é destinada para a
manutenção da infraestrutura e tratamento das crianças e adolescentes do Hospital Infantojuvenil. Em 2015,
ano em que foi realizada a quarta caminhada “Passos
Que Salvam”, o Hospital de Câncer de Barretos conseguiu R$ 5,8 milhões, que foram destinados à unidade.
Você também quer
caminhar conosco?
“Toda grande caminhada, começa com um simples
passo”. A frase foi dita por Buda há muitos anos, mas
mostra a importância de como pequenos atos podem
ajudar as pessoas. Isso também remete à caminha-
da “Passos Que Salvam”, coordenada pelo Hospital de
Câncer de Barretos, que acontece simultaneamente em
centenas de cidades do Brasil. O projeto tem o objetivo
de esclarecer, conscientizar e despertar a atenção das
pessoas para os primeiros sinais e sintomas do câncer
infantojuvenil.
Muitas crianças e adolescentes chegam à instituição
com a doença em estágio avançado. Isso pode acontecer devido à desinformação dos pais, o medo do diagnóstico e a desinformação dos médicos. Na maioria dos
casos, o câncer infantojuvenil pode ser confundido com
sintomas de enfermidades comuns na infância e adolescência, como dores de crescimento, por exemplo.
O sucesso do tratamento depende da habilidade em
detectar a doença. O índice de cura alcançado atualmente no Brasil é de 55 a 60%, pouco se comparado aos
níveis dos Estados Unidos, que chegam a 95%.
Como participar?
A cidade que tiver interesse em participar da caminhada “Passos Que Salvam” deve entrar em contato
com o Hospital.
e responder algumas dúvidas freqüentes, em conjunto
com o Hospital de Câncer de Barretos. Dúvidas como:
Quem irá distribuir os cartazes pela cidade?, Onde serão vendidos os kits?, Quem ficará responsável pela
distribuição deles?, entre outros questionamentos que
surgirão.
As pessoas devem entender a importância do projeto e quanto isso será benéfico às crianças com câncer. Palestras também devem ser feitas pelas cidades
que queiram participar da “Passos Que Salvam”, e os
meios de comunicação do município devem ser envolvidos para que divulguem o projeto e a conscientização do
diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil.
A cidade ainda deve conseguir patrocínio com as
empresas locais, pois elas podem ajudar com serviços
e bens, como água, alimentos e voluntários. Antes da
caminhada, bexigas devem ser distribuídas e exercícios
de alongamento devem ser organizados em parceria
com alguma academia que aceite ajudar no projeto. Depois, deverão ser distribuídos alimentos e água, promover sorteios e até mimos para os participantes.
Para que a caminhada seja um sucesso é necessário
o apoio e envolvimento de toda a comunidade.
Captação de Recursos e Desenvolvimento – Coordenação da Caminhada Passos que Salvam
Endereço: Travessa Eduardo Batista da Silva Filho, 1512. Barretos – SP. CEP: 14.784-377
Telefone: 17. 3321-6600. Ramais: 7169 e 7172
E-mail: [email protected]
Os responsáveis pelo projeto passarão todas as informações e darão o suporte necessário para realizar
a ação em sua cidade. Após o contato com o Hospital,
será preciso marcar uma reunião para definir os membros do comitê organizador. Este grupo será o responsável pela realização da campanha no município e deve
ser formado por um presidente, um tesoureiro e um
secretário, pois, além de contatos e distribuição de tarefas, deve haver o controle dos kits, que são deixados
pelo hospital em consignação com este comitê.
É importante ressaltar que todos os municípios devem realizar a caminhada no mesmo dia e horário. A
data escolhida é um domingo, o mais próximo do dia 23
de novembro, quando é comemorado o Dia Nacional de
Combate ao Câncer Infantil.
Depois de definido o percurso por onde as pessoas
caminharão na cidade, o comitê responsável terá que
envolver alguns setores da sociedade como o Corpo de
Bombeiros, Polícia Militar, Secretaria de Saúde, escolas
e professores, universidades, empresas, academias,
clubes de serviço como Rotary, Lions, Maçonarias, etc.
A sugestão é conseguir reunir todos em um dia e horário para que o comitê possa explicar, com uma palestra,
o que é a caminhada “Passos Que Salvam”.
Essa comissão também será responsável por definir
Conheça os sinais e
sintomas que podem
ajudar a identificar o
câncer infantojuvenil
Para promover e estimular ações educativas e preventivas associadas ao câncer infantojuvenil e difundir
os avanços técnico-científicos relacionados à doença,
foi idealizada pelo Governo Federal, em 04 de abril de
2008, a Lei Federal nº 11.650, que instituiu o dia 23 de
novembro como o “Dia Nacional de Combate ao Câncer
Infantojuvenil”.
Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima-se que mais de 70% das crianças com câncer possam ser curadas quando ocorre o diagnóstico precoce.
De acordo com o médico e diretor do Hospital de Câncer
Infantojuvenil, Luiz Fernando Lopes, 12.500 novos casos
da doença são diagnosticados no Brasil, e a expectativa
é que até 2020 este número aumente em 30%.
Por isso, para ajudar na conscientização das pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce do
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
5
câncer infantojuvenil, o Hospital de Câncer de Barretos
realiza a “Caminhada Passos Que Salvam”, que este ano
está em sua quinta edição. A campanha é uma mobilização nacional, que acontece em várias cidades e estados
brasileiros ao mesmo tempo.
Sinais e Sintomas
Muitas crianças e adolescentes com câncer chegam
ao centro especializado de tratamento com a doença
em estágio avançado por diversos fatores, entre eles:
•
desinformação dos pais;
•
medo do diagnóstico;
•
desinformação dos médicos.
Algumas vezes, o diagnóstico é feito tardiamente
porque a apresentação clínica e as características de
determinados tipos de tumores podem não se diferenciar muito de doenças comuns na infância. Por isso, o
conhecimento acerca do câncer é determinante para
um diagnóstico seguro e rápido.
Quando o diagnóstico é feito precocemente, as chances de cura são muito maiores. Estima-se que as taxas
de cura variam de 0 a 60% em países menos favorecidos,
mas que poderiam chegar a 80-90% se diagnosticadas
precocemente e tratadas em hospitais especializados,
como acontece em alguns centros internacionais. Após
um tratamento adequado, a maioria dessas crianças
terá vida normal.
Existem diferentes sinais pelos quais pode-se supor
que uma criança sofra de algum tipo de câncer, portanto fique atento aos seguintes sintomas:
- dores de cabeça pela manhã e vômito;
- caroços no pescoço, nas axilas e na virilha;
- ínguas que não desaparecem;
- dores nas pernas que não passam e atrapalham as
atividades das crianças;
- manchas arroxeadas na pele, como hematomas ou
pintinhas vermelhas;
- aumento no tamanho da barriga;
- brilho branco em um ou nos dois olhos quando a
criança sai em fotografias com flash.
LEUCEMIAS
É o câncer mais comum na infância, variando de 25 a
35% dos casos. É caracterizada pela produção excessiva
de células brancas anormais, superpovoando a medula
óssea e impedindo que as células normais sejam produzidas provocando infecções, palidez, sangramentos,
dor nos ossos e articulações, fadiga, fraqueza, febre e
perda de peso. As leucemias podem ter índices de cura
de até 90%.
TUMORES DO SISTEMA
NERVOSO CENTRAL
Os tumores do sistema nervoso central, cérebro e
cerebelo são os tumores sólidos mais frequentes na infância e representam aproximadamente 20% dos cânceres infantis. Podem causar dores de cabeça, náuseas,
vômitos, visão turva ou dupla, tontura e dificuldade para
caminhar ou manipular objetos. O diagnóstico do tipo
exato de tumor é feito durante a cirurgia, entretanto,
imagens feitas com Ressonância Magnética podem sugerir os diferentes tipos de tumores nestas regiões do
Sistema Nervoso Central.
LINFOMA NÃO HODGKIN
Conhecido como câncer do sistema linfático, pode
estar presente em qualquer parte do corpo, principalmente no tórax e abdômen. Na barriga, pode causar parada de evacuações e dor na região. Quando o linfoma é
no tórax, pode causar tosse ou falta de ar. Ao ser diagnosticado precocemente, os índices de cura são de 80%.
NEUROBLASTOMA
Na maioria dos casos acomete lactentes (crianças
que ainda bebem o leite materno) e menores de 10 anos.
Esse tumor pode se iniciar em qualquer lugar, mas geralmente aparece na barriga, tórax, pescoço ou perto
da coluna vertebral. É notado como inchaço, podendo
também causar dor óssea e febre. Todos os tumores do
abdômen podem ser confundidos com verminose. Se a
criança tem um aumento da barriga que não melhora,
deve-se procurar um médico para avaliação. Os tumores que crescem próximos da coluna vertebral podem
causar fraqueza nas pernas, dor e perda do controle da
6
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
eliminação de fezes e urina.
Os neuroblastomas são tratados com cirurgia e quimioterapia. Em alguns casos, indica-se radioterapia e
transplante de medula.
TUMOR DE WILMS
Inicia-se em um, ou raramente, em ambos os rins,
manifestando-se como uma massa no abdômen, geralmente palpado pelas mães na hora do banho. Mais
frequentemente encontrado em crianças de 3 e 4 anos
de idade, pode mostrar-se como um inchaço ou caroço
na barriga. A criança pode apresentar ainda sangue na
urina, dores abdominais e pressão alta. O exame mais
indicado para o diagnóstico é o ultrassom. A cura está
estimada em torno de 90% dos casos.
SARCOMAS DE PARTES MOLES
São tumores que podem ocorrer em músculos, gorduras e articulações. Afetam tanto crianças, quanto
adolescentes e adultos. Existe um aumento progressivo, inchaço no local do tumor e, em geral, há dor e a
pele pode ficar vermelha.
Os sarcomas podem aparecer na cabeça, no pescoço, na área genital, nos braços e nas pernas. Em adolescentes, pode localizar-se na região dos testículos
provocando aumento do escroto, sendo confundido com
hérnias. Para diagnosticar os sarcomas é muito importante que um médico experiente em câncer realize uma
biópsia, a fim de examinar o tumor no microscópio. O
tratamento dos sarcomas é feito em geral com cirurgia
e quimioterapia.
TUMORES ÓSSEOS
São mais frequentes em adolescentes. Quase sempre a criança conta que teve uma batida que causou
dor, mas que não foi embora. Provoca dor óssea, que
piora à noite ou com atividade, e pode causar inchaço
na área ao redor do osso. O local mais comum é logo
acima ou logo abaixo do joelho. A pele pode ficar vermelha e quente e, quando o tumor cresce, é possível ver
também um inchaço no local. Podem ser confundidos
principalmente com infecções ou dores de crescimento.
Para diagnosticá-lo, é importante fazer raio X do
local doloroso e um médico ortopedista, com bastante
experiência em câncer, deve realizar uma biópsia com
agulha sem cortar a pele. Os tipos mais comuns de tumores ósseos malignos são osteossarcoma e Sarcoma
de Ewing, e o tratamento é feito com cirurgia e quimioterapia. O diagnóstico precoce aumenta as chances de
cura para até 70%.
No retinoblastoma, um sinal importante é o chamado “reflexo do olho do gato”, que é o embranquecimento
da pupila quando esta é exposta à luz. Geralmente, acomete crianças antes dos 3 anos. Atualmente, a pesquisa
desse reflexo pode ser feita desde a fase de recém-nascido. Alguns retinoblastomas são hereditários. Se outras pessoas da família já tiveram o tumor, as crianças
devem ser examinadas por um oftalmologista experiente a partir do nascimento, para que o diagnóstico seja o
mais precoce possível.
DOENÇA DE HODGKIN
É um tumor que acomete gânglios e o baço, sendo
mais frequente em adolescentes. A maioria dos casos
começa com adenomegalias, que são “ínguas” que vão
crescendo. A criança pode apresentar febre prolongada
e perda de peso.
O diagnóstico do Linfoma de Hodgkin é feito através de biópsia de um gânglio aumentado de tamanho.
O tratamento é feito com quimioterapia e radioterapia.
Atualmente, em cada 100 crianças tratadas, 85 ficam
completamente curadas.
Capacitação de pediatras
Cada vez mais cidades se interessam pela caminhada “Passos Que Salvam”, que completa cinco anos em
2016. E para que o projeto continue a ser um sucesso
e ajude ainda mais pessoas a descobrirem os sinais e
sintomas do câncer infantojuvenil, o Hospital de Câncer
de Barretos dá mais um passo e promove a Capacitação
de Médicos e enfermeiros.
O objetivo é orientar e capacitar os profissionais que
cuidam da saúde de crianças e adolescentes, para que
eles possam colaborar no diagnóstico precoce da doença.
De acordo com o Dr. Luiz Fernando Lopes, metade
das crianças que chega a Barretos para o tratamento
da doença, já está em um estágio muito avançado, o que
torna mais difícil oferecer taxas elevadas de cura. “A
gente tem que mostrar para o pediatra como detectar
a doença precocemente, pois se os pacientes continuarem chegando ao hospital tarde demais, não consegui-
RETINOBLASTOMA
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
7
mos melhorar”, explicou.
A capacitação realizada em Barretos conta com
palestras ministradas por profissionais do Hospital de
Câncer Infantojuvenil. Isso faz com que os participantes
se tornem uma referência na cidade onde trabalham.
Além disso, cria-se também um acesso direto com os
médicos do Hospital, o que facilita o envio de exames e
discussão de casos.
Para a coordenadora da caminhada, Naima Kathib,
esse é um dos projetos mais importantes desenvolvido
pelo Hospital, pois ajuda os profissionais a realizar um
diagnóstico mais rápido e preciso da doença, facilitando
o tratamento.
Este ano a capacitação dos médicos acontecerá nos
dias 15 e 16 de abril, e o de enfermeiros, nos dias 17 e 18
de junho.
HCB e Instituto
Neymar Jr: juntos pelo
diagnóstico precoce do
câncer infantojuvenil
A convite do Instituto Neymar Jr. – associação sem
fins lucrativos dedicada às causas sociais, que atende
crianças carentes e seus familiares na região da Praia
Grande - e acompanhado do pai do atacante da Seleção
Brasileira e do Barcelona, o diretor-geral do Hospital de
Câncer de Barretos, Henrique Prata, e a coordenadora
da caminhada “Passos Que Salvam”, Naima Kathib, visitaram a entidade com o objetivo de estabelecer parcerias e apresentar os projetos do Hospital.
8
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
Após a visita, as duas instituições se uniram e a parceria foi firmada: o Instituto Neymar Jr. é o novo ‘padrinho’ da Caminhada “Passos Que Salvam”, visando
conscientizar todas as famílias sobre a importância do
diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil. “Fico muito feliz em saber que o Instituto, através do Neymar Jr.,
fará parte de um projeto importante, que salva tantas
vidas”, comentou José Benício, pai do jogador.
Cidades que caminharam em 2015
Veja abaixo, algumas cidades que realizaram a caminhada “Passos Que Salvam” e enviaram suas fotos para serem
publicadas na revista.
Se em 2015 você não nos enviou a foto, lembre-se este ano de compartilhar com o Hospital os melhores momentos
da caminhada em sua cidade, para que seja publicada na revista de 2017.
Água Clara - MS
Apuí - AM
Artur Nogueira - SP
Brasnorte - MT
Águas de Lindóia - SP
Araçatuba - SP
Barretos - SP
Bueno Brandão - MG
Alta Floresta - MT
Aramina - SP
Barrinha - SP
Buritama - SP
Amaporã - PR
Arapuá - MG
Bilac - SP
Buriti Alegre - GO
Analândia - SP
Araraquara - SP
Birigui - SP
Buritis - MG
Andradina - SP
Araras - SP
B. Jesus de Goiás - GO
Cabixi - RO
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
9
Cachoeira de Minas-MG
Catalão - GO
Coronel Sapucaia - MS
Doverlândia - GO
Caçu - GO
Clementina - SP
Cosmópolis - SP
Dumont - SP
Cajobi - SP
Colômbia - SP
Costa Rica - MS
Espigão D’Oeste - RO
Campinas - SP
Colorado D’Oeste - RO
Cristalina - GO
Figueirópolis D’Oeste - MT
Capinópolis - MG
Conceição das Alagoas - MG
Cruzeiro do Sul - PR
Frutal - MG
Carneirinho - MG
Conchal - SP
Cujubim - RO
Goiatuba - GO
Castilho - SP
Conquista - MG
Dourados - MS
Guaira - SP
10
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
Guaraci - SP
Iepe - SP
Ipameri - GO
Iturama - MG
Guarda-Mor - MG
Igarapava - SP
Ipiaçu - MG
Ivinhema - MS
Guariba - SP
Ilha Solteira - SP
Ipuã - SP
Jaborandi - SP
Gurinhatã - MG
Inaciolândia - GO
Itaguajé - PR
Jaboticabal - SP
Honorópolis - MG
Inajá - PR
Itajobi - SP
Jacaréi - SP
Humaitá - AM
Indaiatuba - SP
Itápolis - SP
Jaru - RO
Ibitiúva - SP
Indiaporã - SP
Ituiutaba - MG
Jataí - GO
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
11
Jauru - MT
Marialva - PR
Monte Alto - SP
Nova Esperança - PR
Ji-Paraná - RO
Marília - SP
Monte Azul Paulista - SP
Nova Londrina - PR
Juara - MT
Mineiros - GO
Morro Agudo - SP
Nova Mutum - MT
Limeira D’Oeste - MG
Mirandópolis - SP
Mundo Novo - GO
Nova União - RO
Lobato - PR
Mirassol - SP
Natércia - MG
Novo Horizonte - RO
Lucas do Rio Verde-MT
Mirassol D’Oeste - MT
Nova Andradina - MS
Novo Horizonte - SP
Marcelândia - MT
M. Alegre de Minas - MG
Nova Brasilândia - RO
Novo S. Joaquim - MT
12
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
Nuporanga - SP
Paracatu - MG
Paulo de Faria - SP
Pitangueiras - SP
Orlândia - SP
Paranacity - PR
Penápolis - SP
Ponta Linda - SP
Osasco - SP
Paranaiguara - GO
Pereira Barreto - SP
Pontes e Lacerda - MT
Ourinhos - SP
Paranaíta - MT
Pimenta Bueno - RO
Porto Ferreira - SP
Ouroeste - SP
Paranapoema - PR
Pinhalzinho - SP
Porto Velho - RO
Ouvidor - GO
Paranavaí - PR
Pirangi - SP
Pouso Alegre - MG
Palmas - TO
Patos de Minas - MG
Pirassununga - SP
Prata - MG
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
13
Presid. Prudente - SP
Sta C. das Palmeiras-SP
São Felipe D’Oeste - RO
Sebastianópolis do Sul - SP
Quirinópolis - GO
Sta. C. do Rio Pardo-SP
S. Francisco do Guaporé - RO
Serra Negra - SP
Redenção - PA
Sta. Isabel do Ivaí - PR
São Gotardo - MG
Serrana - SP
Ribas do Rio Pardo-MS
Santa Vitória - MG
S. J. da Barra - SP
Sertãozinho - SP
Rio Paranaíba - MG
Sto. Antônio de Caiuá - PR
S. J. do Rio Preto - SP
Sinop - MT
Rondon do Pará - PA
São Carlos - SP
S. Miguel do Guaporé - RO
Socorro - SP
Sacramento - MG
São Carlos do Ivaí - PR
São Simão - GO
Sorriso - MT
14
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
Sud Mennucci - SP
Tatuí - SP
Turvínia - SP
Urupês - SP
Taiaçu - SP
Teodoro Sampaio - SP
Uchoa - SP
Valparaíso - SP
Tambaú - SP
Terra Roxa - SP
Unaí - MG
Viradouro - SP
Taquaritinga - SP
Três Corações - MG
Urania - SP
Votuporanga - SP
Tarilândia - RO
Três Lagoas - MS
Urupá - RO
Venha caminhar conosco
contra o câncer infantojuvenil!
[email protected]
(17) 3321 6600 ramais 7169 e 7172
HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS
15
Número de cidades participantes
2012 2013
Paraguai
Acre
Santa Catarina
Amazonas
Bahia
Tocantis
Pará
1
2
2
1
1
1
1
2
1
6
3
2
5
12
10
26
10
2
Rondonia
11
2
Goias
6
38
18
21
32
24
23
Paraná
Minas Gerais
2015
1
Mato Grosso Sul
Mato Grosso
2014
Participação dos estados em 2015 (número de cidades)
41
19
São Paulo
19
35
60
72
150
A caminhada “Passos Que Salvam” de 2015 superou todas as expectativas ao levar 220 mil pessoas às ruas. Você
também pode fazer a diferença. Em 2016, venha caminhar conosco!
www.hcancerbarretos.com.br
[email protected]
(17) 3321 6600 ramais 7169 e 7172
CAPTAÇÃO DE RECURSOS E DESENVOLVIMENTO
Travessa Eduardo Batista da Silva Filho, 1512
Barretos-SP
CEP 14784-377