FELIZ NATAL Abençoado Culto Doméstico! Pastor Martinho

Сomentários

Transcrição

FELIZ NATAL Abençoado Culto Doméstico! Pastor Martinho
10. Hino - Noite Feliz (HL – 560)
1. Noite feliz! Noite feliz! / Ó Senhor, Deus de Amor, / pobrezinho
nasceu em Belém. / Eis na lapa Jesus, nosso Bem! / Dorme em paz,
ó Jesus! / Dorme em paz, ó Jesus!
2. Noite feliz! Noite Feliz! / Eis que no ar vem cantar / aos pastores os
anjos dos céus, / anunciando a chegada de Deus, / de Jesus
Salvador! De Jesus Salvador!
3. Noite feliz! Noite feliz! / Oh! Jesus, Deus da luz, / quão afável é teu
coração / que quiseste nascer nosso irmão. / Para a todos salvar! /
Para a todos salvar!
Culto (Devoção) doméstico Nº 14
dezembro - 2015
11. PAI NOSSO e BÊNÇÃO (em conjunto)
1. Abertura: Saudação pelo líder.
2. Invocação – Todos: Iniciamos este Culto Doméstico em nome de Deus Pai,
Deus Filho e Deus Espírito Santo. Amém
3. Hino – Ó tempo santo de Natal (HL 549)
1. Ó tempo santo de Natal, tu tens mensagens lindas! O mundo não tem
luz nem paz, mas isto meu Jesus me traz. Ó tempo santo de Natal, tu
tens mensagens lindas!
FELIZ NATAL
Abençoado Culto Doméstico!
Pastor Martinho Sonntag - Vice-Presidente de Educação Cristo
2. Ó tempo santo de Natal, alegras toda a gente! Jesus a cada coração,
traz vida, paz, consolação. Ó tempo santo de Natal. Alegras toda a
gente!
3. Ó tempo santo de Natal, eternamente lindo! Reina alegria em terra e
céu: o amor do Pai Jesus nos deu. Ó tempo santo de Natal,
eternamente linda!
Anônimo. Mel. O TANNENBAUM, Alemanha, 1749
4. Oração inicial
Eterno e Todo-Poderoso Deus, no passado anunciaste a vinda de nosso
Salvador, teu Filho Jesus Cristo. Foste fiel às tuas promessas e o enviaste na
“plenitude dos tempos”. Ele veio e cumpriu com todo o Plano de Salvação.
Louvado seja teu nome pela maravilhosa graça da salvação que Ele nos trouxe.
Pedimos que nos mantenhas humildes e confiantes em tua mensagem
salvadora. Perdoa, por amor de Jesus, todos os nossos pecados. Que sempre
cantemos: Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor!
Abençoa a todos nós neste momento de louvor e gratidão a ti. Mantém aqui o
teu Espírito Santo para que Ele nos inspire e guie neste Culto Doméstico. Em
nome de Jesus. Amém.
5. Leitura do Salmo 122
6. Leitura bíblica: Lc 1.26-38 (preparando para a reflexão)
7. Canto: Deus tem amado (HL 550)
1. Deus tem amado/ o mundo inteiro, / Deus tem amado/ também a mim.
:: Torno a dizer: Deus tem amado, Deus tem amado também a mim.
2. Achei-me preso / em vil pecado, / achei-me preso, sem salvação.
3. Jesus querido / me foi mandado, / Jesus querido / salvou-me a mim.
4. Jesus tronou-se / por mim culpado, / Jesus tornou-se / meu Salvador.
5. A ti louvores, / amor eterno, a ti louvores / eu cantarei.
8. Reflexão: Lc 1.26-27
Queridos irmãos,
Entre o AT e o NT houve um período de 400 anos de silêncio, em que Deus
não deixou nenhuma mensagem ao povo. Após este período, de repente Deus
quebra o silêncio e se manifesta. Desta vez não foi através de um profeta, mas
de um anjo.
O anjo Gabriel foi enviado por Deus à pequena cidade de Nazaré. Lá estava a
virgem Maria. O anjo anuncia que ela seria a mãe. Ela fica assustada e
perplexa, pois ela era solteira e virgem. Ela fica mais perplexa ainda quando o
anjo lhe informa sobre quem é o Filho que dela iria nascer.
O anjo complementa a informação, dizendo que a criança se chamaria “Jesus”
(v.31), que ele seria “grande” (v.32), que seria o “Filho do Altíssimo” (v.32),
que “reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá
fim” (v. 33)
Ainda espantada com acontecimento tão grandioso, Maria pergunta: “Como
será isto, pois não tenho relação com homem algum” (V. 34).
O anjo revela um fato importante: “Descerá sobre ti o Espírito Santo e o poder
do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso também o ente santo
que há de nascer, será chamado Filho de Deus”. (v.35).
A partir desta informação, Maria começou a entender o maravilhoso plano de
Deus. Quando, finalmente, ouviu que “para Deus não haverá impossíveis em
todas as suas promessas” (v. 37), ela diz: “Aqui está a serva do Senhor; que
se cumpra em mim conforme a tua palavra” (v 38).
O nascimento do Salvador Jesus aconteceu de acordo com as promessas de
Deus e pela ação (poder) do Espírito Santo.
Ao recordar a linda história de Natal, os cristãos vibram de alegria pela salvação
que Deus providenciou à toda a humanidade através da vinda de Jesus. Ele
nos reconciliou com o Pai através de seu sacrifício, morte e ressurreição. O
perdão dos pecados, que recebemos por graça de Jesus, estabeleceu a paz
entre a humanidade e Deus e garante a salvação dos que creem no FILHO DO
ALTÍSSIMO – JESUS CRISTO! Que bênção!
Para todos nós, o Natal é paz, é alegria, é gratidão e renovação da fé e
esperança no Senhor Jesus!
O mesmo Deus, que fez esta obra maravilhosa na história do Natal, também
derramou generosamente a sua graça sobre todos nós. O “Poder do Altíssimo”
(Espírito Santo) que agiu no nascimento de Jesus, também mantém em nós a
fé e a esperança na vida eterna, nos guarda e protege em nossa vida.
Natal também é tempo de reconsagração. Entusiasmados e motivados pelo
amor e a graça de Deus, os cristãos renovam o propósito de ir ao encontro das
pessoas para lhes anunciar esta maravilhosa graça de Deus, fazendo como os
pastores: “Voltaram então os pastores glorificando e louvando a Deus por tudo
o que tinham ouvido e visto, como lhes fora anunciado” (Lc 2.20).
O amor de Deus é maravilhoso. Somos muito felizes com a Salvação que Deus
trouxe a todos nós.
Assim como Deus nos amou (Jo 3.16), amemos nossos familiares e as pessoas
em nossa volta. Falemos de Jesus. Estendamos a todos nosso amparo e
cuidado. Saibamos nos perdoar mutuamente. Abracemos todos em paz e
harmonia.
Esta é a vontade do MENINO JESUS, nascido em Belém.
Que a graça de Deus esteja com todos. Amém.
9. Oração – com as palavras do hino nº 553 do HL (Que pode ser cantado).
1. Volta sempre ao mundo/ o Menino Deus, seu amor profundo / quer nos
ter nos céus.
2. Sempre abençoando, / entra em cada lar. / Vai conosco andando /
para nos guiar.
3. Ele está comigo, / no meu coração; / é meu bom amigo, / minha
proteção.
ALLE JAHRE WIEDER – G: Fr. Kayser ? 1855. Trad. Martinho Lutero Hasse. Mel. AUS
DEM HIMMEL FERNE – Friedrich Silcher, 1860.