Ag\352ncia de Not\355cias da A

Сomentários

Transcrição

Ag\352ncia de Not\355cias da A
:: Agência de Notícias da Aids ::
1 of 2
http://www.agenciaaids.com.br/site/noticia.asp?id=12733
Quinta-feira, 06 de Agosto de 2009
Home
Notícias
BUSCA
'Friends for Life' leva mensagem sobre HIV/aids no caminho de Toronto a
Montreal
Um Olhar sobre a Prostituição
Masculina
02/08/2009 - 10h
[ buscar ]
Primeiro dia de Rally no Canadá, em 2008
Artigos
Terminou nesta sexta-feira (31/7) a maratona de
centenas de ciclistas que viajaram de Toronto a
Montreal de bicicleta. Juntos, eles percorreram 600
km em seis dias, no Friends for Life (Amigos pela
vida) Bike Rally. Há onze anos, o evento alerta a
sociedade canadense para a aids e junta recursos
para ajudar pessoas que vivem com HIV.
Tradicionalmente, a maratona termina em festa, na
sexta-feira do último final de semana do Divers Cité,
o maior festival da comunidade LGBT de Montreal
(saiba mais).
Eventos
Eventos América Latina
Ong`s
Biblioteca
Dicionário
Fique por dentro
Cadastre-se
Fale Conosco
Na tarde desta sexta, o clima era de muita emoção e
alegria. Recebida pelos amigos e familiares, a canadense Hélène Boudreault, 55
anos, demonstrava satisfação ao chegar ao parque Émilie-Gamelin, em pleno centro
de sua cidade natal. "Foi uma experiência incrível, com certeza estarei aqui no ano
que vem", diz Hélène, que vive há 15 anos em Toronto.
Ela explica que, para participar, cada ciclista deve arrecadar 2.200 dólares
canadenses. Todo recurso é destinado às ações da fundação PWH (Pessoas
Vivendo com HIV, em português). "Decidi participar porque acho que o HIV concerne
a todos. Tive amigos que morreram de aids, por isso estou aqui. Além disso, esta é
uma forma de melhorar minha forma física", conta Émilie-Gamelin, que começou e
treinar duas horas por semana, no começo do ano, durante o inverno.
"Não é tão difícil pedalar os 600 Km. Afinal, a maioria é composta de pessoas
comuns, não somos super atletas", incentiva Kevin McGuire, que participa este ano
pela segunda vez do Rally. "É um excelente desafio que para mim completar a
jornada diária. Ao mesmo tempo, ajudo as pessoas com aids e faço amigos".
Família – Mas a melhor parte, asseguram os participantes, é o espírito de grupo e de
colaboração. Tanto Hélène quanto Kevin destacam a importância das atividades em
comum e do trabalho da equipe de voluntários, que dão um suporte aos ciclistas nos
pontos de apoio e nos acampamentos. Segundo eles, amizades nascem e se
fortalecem ao longo dos seis dias. "Quando comecei, não conhecia ninguém, mas
hoje tenho muitos novos amigos", diz Hélène.
Ao todo, cerca de 400 pessoas fizeram parte da atividade, sendo 90 voluntários da
equipe de apoio. Entre eles, três brasileiros. Evaldes Ribeiro dos Santos é um deles.
Desde que chegou a Toronto, pelo terceiro ano consecutivo, ele colabora como
voluntário porque acredita na causa e gosta do clima de solidariedade. "Além disso,
me senti integrado rapidamente, foi uma ótima forma de interagir com as pessoas".
Ele conta que todos os dias os ciclistas se vestem de maneira diferente. Fantasiados
de cowboy, vestidos de pijama ou todos em vermelho, eles chamam a atenção por
onde passam e se divertem. Um dos momentos mais marcantes, de acordo com
Evaldes, é a noite em que todos compartilham experiências relacionadas ao HIV. Na
beira do rio, com velas acesas, cada um divide um pouco de suas vidas. "Esta é uma
noite especial. Para mim, o Friends for Life é muito mais do que um rally", afirma
orgulhoso.
Andresa Martins Vicentini
Lancei o livro “Um Olhar sobre a
Prostituição Masculina”, na Bienal em
2008. A obra traz depoimentos reais
de garotos de programa da região
central de São Paulo e é fruto de
pesquisa de campo no curso de
Direito e trabalho voluntário na Casa
de Apoio Brenda Lee. É um alerta
social: fala sobre o dia-a-dia da
prostituição masculina, aids e drogas,
enfim toda teia que compõe este
submundo.
O blog que deu início ao livro é
www.andresavicentini.blog.uol.com.br.
Há 12 anos, iniciei meu trabalho em
causas ligadas aos portadores de
HIV, começando como estagiária do
Dr. Fernando Quaresma na ONG de
Direitos Civis AIEESP, defesa de
Direito de homossexuais e portadores
de HIV.
Posteriormente, conheci a Casa de
Apoio Brenda Lee, em que a maioria
das pessoas são travesti e fui
voluntária por 8 anos. Ministrei a 2ª
Aula Pública de Cidadania "Um olhar
sobre a Prostituição Masculina" no
Centro de Referência da Diversidade
- CRD/Projeto Pela Vidda.
Ao longo destes anos, lutando pelos
Direitos e pela dignidade
do portador de HIV, mais do que
voluntária me tornei uma apaixonada
pela causa. Para conhecer a área
que defendemos, precisamos
conhecer os "personagens"
envolvidos nela e assim fiz.
Andresa Mattins Vicentini é
formada em Direito (Universidade
São Marcos) e autora do livro "Um
Olhar sobre a Prostituição
Masculina"
Os participantes viraram personagens do documentário "A reason do ride" (Uma
razão para pedalar), que conta as histórias vivenciadas durante a maratona de 2006.
A primeira exibição do filme foi em maio deste ano, no festival de filme LGBT de
Toronto Inside Out.
De Montreal, Nara Anchises
Especial para a Agência de Notícias da Aids
Mais informações (em inglês) no site www.bikerally.org
Veja trailer do documentário sobre o evento aqui.
06/08/2009 10:56 AM
:: Agência de Notícias da Aids ::
2 of 2
http://www.agenciaaids.com.br/site/noticia.asp?id=12733
© 2009 - Agência de Notícias da Aids - Todos direitos reservados
06/08/2009 10:56 AM