Terapia Gerson - Gerson Institute

Сomentários

Transcrição

Terapia Gerson - Gerson Institute
Instituto
Gerson
& Sociedade de Cura do Cancer
Fazendo a Escolha Certa Para o Seu Tratamento
Se você foi diagnosticado com uma doença que põe em risco sua
vida, escolher o melhor caminho pode ser uma tarefa desconcertante.
Nenhum tratamento funciona para todas as pessoas sempre.
A maioria das terapias convencionais,
e até muitas terapias alternativas, tratam
somente os sintomas individuais enquanto
que ignoram o que está definitivamente
causando a doença.
A Terapia Gerson é efetiva em tantas
doenças diferentes porque restaura a
incrível habilidade do corpo para curar a
si mesmo, sem efeitos colaterais.
Em vez de tratar dos sintomas de uma doença em particular, a Terapia
Gerson trata a causa subjacente da doença: toxidez e deficiência
nutricional
Curando o Seu Corpo com a Terapia Gerson
A Terapia Gerson utiliza uma abordagem do corpo como um todo na
cura que auxilia o próprio sistema imunológico e outras defesas do seu
corpo para curar câncer, artrite, diabete e disordens imunológicas, assim
como muitas outras condições crônicas.
O metabolismo é estimulado através de adição de hormônio natural
da tireóide, potássio e outros suplementos, e evitando gorduras animais
pesadas, excesso de proteína, sódio e outras toxinas.
Com grande quantidade de nutrientes de alta-qualidade, alta disponibilidade de oxigênio, desintoxicação e metabolismo melhorado, as
células, e - portanto - o corpo, conseguem se regenerar, tornar-se sau-
dável e prevenir doenças futuras.
Componentes da Terapia
• Dieta
• Sucos
• Desintoxicação
• Medicamentos e Suplementos
• Descanço
2
Dieta
A dieta Gerson é naturalmente rica em
muitas vitaminas, minerais, enzimas e micro-nutrientes, pobre em sódio e gorduras, e rica em fluídos. Abaixo, os alimentos diários de um paciente
da terapia Gerson:
• Três refeições vegetarianas completas, fres-
cas, preparadas com verduras orgânicas;
• 10 - 13 copos de sucos cruos frescos: uma
mistura de folhas verdes/suco de maçã e uma mistura de cenoura/suco de maçã,
batata cozida, sopa de verduras, frutas
e sucos.
• Café-da-manhã inclúi cozido de aveia,
frutas e suco de laranja;
• Frutas frescas e verduras durante lanches.
Sucos
A Terapia de Gerson regenera o corpo
com uma quantidade massiva de nutrientes
oriundos de quase 20 libras de frutas e verduras diariamente, a maior parte sendo utilizada
para fazer suco puro, um copo por hora,10 a
13 vezes por dia.
Pacientes que sofrem de doenças dege-
nerativas quase sempre têm dificuldade em digerir e absorver a comida
corretamente. Essa fraqueza digestiva é a mesma a qual muitos pacientes tem em digerir e absorver vitaminas e suplementos minerais oriundos de
pílulas e cápsulas.
Os experimentos da Clínica Gerson mostraram que o suco fresco de
comida crua produzem a maneira mais fácil e eficiênte de fornecer uma
nutrição de qualidade, e ainda mais conduzem aos melhores resultados
clínicos.
A pesquisa do Dr. Gerson indica ser imperativo os pacientes de câncer
terem uma máquina de suco de duas etapas com moedor separado e
prensa hidráulica. Máquinas de suco com uma etapa geralmente não produzem a mesma qualidade de enzima, mineral ou teor de micro-nutrientes.
De fato, alguns pacientes falharam em ter resultados positivos simplesmente por usarem a máquina de sucos errada. Nós não recomendamos o
uso de qualquer tipo de processador tipo mastigador ou centrifigador de
sucos para a Terapia Gerson.
3
Doenças degenerativas conferem ao corpo o aumento da
incapacidade para excretar resíduos adequadamente. A Terapia
Gerson utiliza desintoxicação intensiva para eliminar resíduos, regenerar
o fígado, reativar o sistema
imunológico e restaurar
enzimas, minerais e sistema
hormonal.
Enemas de café auxiliam o
fígado a desintoxicar os tecidos
e o sangue. Pacientes reportam
que os enemas diminuem a dor e
aceleram a cura. A base científica para a utilização de enemas
de café está muito bem documentada. O sistema de enzimas
da parede do intestino e o fígado são estimulados, e o fluxo da bílis é ampliado. O óleo castor é utilizado como estimulante adicional do fluxo da bílis.
Isso aumenta a capacidade do corpo para eliminar resíduos tóxicos acumulados do ambiente, quimioterapia e outras fontes.
Desintoxicação também ajuda na eliminação mais rápida de tumores
e outros tecidos mortos após serem destruídos pelo corpo. Além disso, enzimas digestivas servem para aumentar a absorção de nutrientes e auxiliar
na eliminação de tecidos danificados.
Medicamentos e Suplementos
São todos feitos de derivados naturais
Composto de Potássio
Solução de Lugol (iodo)
Hormônio da Tireóide
Niacina
Vitamina B12
CoQ10
Enzimas Pancreáticas
Cápsulas de Fígado
Acidoll (enzima digestiva)
Dessecado
Extrato Injetável de Fígado
Óleo de Semente de
Cru
linhaça Orgânica
4
Descanco
Já que o corpo está trabalhando duro para desintoxicar e curar, as pessoas durante a Terapia Gerson precisam
de bastante repouso. É especialmente importante escutar
seu corpo nesse momento. Se
os pacientes se sobrecarregarem, isso pode impossibilitar o
processo de cura. Descanço e
mais descanço são essenciais.
Iniciando a Terapia Gerson em uma Cl nica de Saude ou em Casa
Para melhores resultados, encorajamos iniciar a Terapia Gerson em um
centro de tratamento certificado pelo Instituto Gerson. O Instituto Gerson
não possui, opera ou controla qualquer centro de tratamento. Nós mantemos um programa de licenciamento com clínicas para assegurar que os
pacientes estejam recebendo cuidados 100% autêntico Gerson. Entre em
contato com o Instituto Gerson solicitando uma lista atualizada das clínicas licenciadas Gerson.
Se você quiser seguir a Terapia Gerson por conta própria, entre em contato com o Instituto Gerson para obter o Pacote Caseiro da Terapia Gerson.
Cuidado: Não inicie a Terapia Gerson sem orientação em caso de qualquer destas condições de saúde:
Metástase cerebral ou câncer avançado no cérebro
Quimioterapia (prévia ou em curso)
Diabetes
Doença cardíaca grave
Doença renal grave
Doença no fígado grave
Corpos estranhos, como marca-passos, implantes de seios, chapas metálicas ou parafusos.
Os pacientes devem ser capaz de comer, beber ou evacuar
normalmente.
A Terapia Gerson não deve ser administrada em recebedores de transplantes de órgãos ou células tronco, hemofílicos fazendo diálise renal ou
pessoas com leucemia aguda.
5
Recuperados pela Terapia Gerson
Sarita Sud
Carla Shuford
C â ncer de Mama
Sarcoma Osteog ê nico
( Uma das pacientes
originais do Dr. Gerson )
Sarita foi diagnosticada com
câncer de mama em 2001. Ela
fez uma cirurgia nos seios e alguns
nódulos linfáticos também foram
removidos. Seu médico chamou
-a para dizer que ela precisava de
mais cirurgia para remover outros
nódulos linfáticos “infectados” duas
semanas mais tarde.
Em 4 de setembro de 2004,
Carla celebrou seu 53° aniversário.
Cinquenta anos antes, ela foi diagnosticada com sarcoma osteogênico. Neste mesmo dia, sua perna
esquerda foi amputada na altura
da cintura. Desde que o câncer
se espalhou para o sistema límbico, foi-lhe dado apenas um período máximo de seis meses para viver.
Esta notícia desanimadora convenceu-a de que os tratamentos
médicos nunca teriam fim. Neste
meio tempo, seu marido pesquisou
na Internet, encontrou a Terapia
Gerson e mostrou a informação
para Sarita de como a nutrição
poderia curar.
Radiação não era possível por
causa da localização do tumor. Em
desespero, os médicos decidiram a
fazer uma cirurgia radical, oferecendo uma pequena possibilidade da
sua sua morte ser adiada por 30 ou
60 dias. Ao invés disso, a mãe de
Carla combinou com o Dr. Gerson
para Carla iniciar a Terapia Gerson
assim que ela saísse do hospital.
Sarita sentiu instintivamente
que essa abordagem era correta
para ela. Então ela veio à sessão
básica de treinamento para aprender a aplicar a Terapia Gerson em
casa. Seus esforços a recompensaram e agora Sarita tem saúde
perfeita e compartilha os benefícios
maravilhosos da Terapia Gerson
com muitos outras pessoas. Pelos cinco anos seguintes, seus
pais dedicaram suas vidas para
preservar a vida de Carla, no tratamento Gerson. Seu pai pediu aos
vizinhos para ajudarem a suprir as
grandes quantidades de alfaces e
6
cenouras necessárias para os sucos
diários, e alguns fazendeiros concordaram em separar uma parte de
suas plantações para serem livres
de agrotóxicos para o tratamento
dela. Com pura comida orgânica
e dedicação aos requerimentos da
Terapia Gerson, Carla se recuperou.
poderia viver até nove meses caso
ela respondesse bem ao tipo certo
de quimioterapia.
Mary decidiu ir a uma Clínica
Gerson. Sua saúde melhorou durante as duas semanas em que esteve
no hospital; ela saiu mais forte,
ganhou quatro quilos e uma nova
atitude positiva. Ela continuou o
tratamento em casa e após 10
meses, em setembro de 1997, seus
exames mostraram estar “limpa”
sem câncer.
Os médicos finalmente se cansaram de pedir Carla para fazer
raios-x mensais que estavam constantemente limpos. O Centro de
Câncer Sloan-Kattering enviara um
formulário anual para avaliar se ela
ainda estava viva, e a cada ano,
para o espanto deles, o formulário
voltou com resposta positiva. Carla
atualmente é uma oficial sênior, e
completou 65 anos em abril de 2008.
A partir deste dia, o oncologista de Mary refere-se a ela como
sua “paciente surpreendente”. May
mantem-se bem 12 anos depois sem
recorrência. A história dela está no
filme em DVD “Dying To Have Known”.
Mary Harrington
Mercedes LaPine
Melonoma com
Met ástase no F í gado
Cervical Carcinoma
Mary foi diagnosticada com
melanoma maligno em janeiro de
1996 com a idade de 39 anos. Seu
tumor original foi removido e ela foi
submetida a 25 seções de radioterapia por quatro meses sob a droga
Interferon.
Em 1970, Mercedes fez um
exame de esfregaço “Pap” o qual
mostrou tecido maligno: carcinoma in situ. Ela passou por uma his-
terectomia. Seus ovários foram
deixados intactos, mas um deles
acusou uma mácula. Houve recorrência do câncer que entrou em
processo de metástase dentro de
alguns anos.
Durante os tratamentos, foi descoberto que o câncer tinha se espalhado para o fígado. Seu oncologista disse que ela possivelmente
7
biologia molecular e celular antes
de iniciar o programa.
Apesar de muitos conselhos
contrários, Mercedes decidiu combater seu câncer pelo “caminho
natural”. Ela começou a Terapia
Gerson da melhor forma que pôde
sozinha, e também tentou muitas
outras terapias.
Do que ele aprendeu, convenceu-se que a Terapia Gerson funcionaria. E aconteceu. Após nove
meses completos no programa, ele
não somente se recuperou como
também alcançou novos níveis de
saúde física, mental e emocional
como nunca antes tinha experimentado. Ele credita à Terapia Gerson
como provedora de contentamento, calma e força que antes nunca
sonhou ser possível.
Em 1979 ela ainda não tinha
obtido muito progresso, então ela foi
a uma Clínica Gerson para ter uma
experiência forte com a Terapia.
Mercedes recuperou-se e tem mantido-se em boa saúde desde então
como resultado do seu compromisso. Ela continua em sua prática
Naturopática ativamente, ensinando aos outros sobre os benefícios da
cura natural.
Irene Stananaught
Melanoma
Kilaya Ciriello
Fatiga Cr ô nica
Em 1996 Irene foi diagnosticada
com melanoma no estágio 3. Sua
saúde continuou a declinar. Depois
de ler “Uma Terapia de Câncer:
Resultados de 50 Casos”, ela decidiu fazer a Terapia Gerson. No
início, alguns de seus familiares pensaram se tratar de uma idéia tola,
mas após verem os resultados eles
começaram a apoiar completamente tanto Irene como a Terapia.
Antes de iniciar a Terapia
Gerson, por três anos Kilaya sofria de
uma fatiga debilitante, dificuldades
de memória e concentração, irritação na garganta, problemas nos
nódulos lifáticos, dor nos músculos/
juntas, insônia e muitos outros sintomas. Ele já tinha passado por uma
série de médicos e tentado outros
programas de dieta com suco. Ele
decidiu pesquisar as teorias do Dr.
Max Gerson dentro do campo da
Em 1997 Irene visitou a Clínica
Gerson por duas semanas. Ela
seguiu estritamente a dieta prescrita pelos doutores de Gerson sem
8
irregularidades (13 sucos por dia e
enemas de café) por dois anos e
meio.
apenas um mês e agora estava em
três áreas do fígado.
Ned estudou então outros tratamentos que pareciam ser “soluções
mágicas” na tentativa de curar
câncer. Ele veio a Clínica Gerson
em 3 de abril de 2001. “A dieta era
dura e consumia tempo, mas eu
segui justamente como os doutores
Gerson prescreveram.”
Em junho de 2001 Irene voltou a
visitar os doutores de Gerson para
uma avaliação geral e todos os
sinais de tumor estavam normais.
Um PET Scan mostrou que ela estava
livre de qualquer melanoma. Doze
anos após começar a Terapia Irene
sente-se bem e ainda continuar se
alimentando de forma saudável e
apenas com comidas orgânicas.
La w rence Kirk
C â ncer no P â ncreas
Ned Wright
C â ncer nos Testículos
Lawrence foi diagnosticado
com câncer no pâncreas em 1993.
Seu médico disse que terapias convencionais não poderiam ajudálo. Lawrence iniciou seu tratamento na Clínica Gerson em dezembro
de 1994.
“Hoje, quando me lembro que o
médico disse que eu tinha de três
a seis meses de vida, isso me
parece como um pesadelo
distante. As palavras dele foram
como um soco desferido contra o
meu estômago. Me foi dada a
famosa sentença de morte de
câncer.”
Após completar 20 meses de
Terapia Gerson, um CT scan não
encontrou nenhuma evidência de
tumor em seu pâncreas e todos os
seus orgãos apareceram normais.
Um MRI e um CT scan feitos seis anos
depois confirmaram que Lawrence
manteve-se livre de câncer.
Ned foi diagnosticado com
câncer testicular em 1999 e foi tratado com cirurgia, radiação e quimioterapia. Após os dois primeiros
procedimentos, o câncer voltou
dentro de seis meses. Depois da quimioterapia, a qual foi uma experiência horrível, o câncer retornou em
Quinze anos após vir a Clínica
Gerson, Lawrence continua a sentir-se ótimo. Ele gosta de jardinagem e curte brincar com o neto que
pensou que nunca veria.
9
O Legado de Gerson
Dr. Max Gerson
Desenvolvendo a Terapia Gerson
Max Gerson, médico, nasceu em
18 de outubro de 1881 em Wongrowitz,
na Alemanha. Cursou as Universidades
de Breslau, Wuerzburg e Berlim, graduando-se pela Universidade de
Freiburg.
Sofrendo de exaqueca severa, Dr.
Max Gerson inicialmente focou seus
experimentos em dieta para prevenir suas dores de cabeça que eram
debilitantes. No decorrer do tratamento com a “dieta de enxaqueca”
a qual Dr. Gerson tinha desenvolvido
originalmente para si próprio, um dos seus pacientes também foi
curado de tuberculose na pele. Essa descoberta levou ao avanço
dos estudos sobre a dieta e ao sucesso no tratamento de muitos
outros pacientes sofrendo de tuberculose.
“Eu vejo no Dr. Gerson um dos gênios mais eminentes na
história da medicina.” – Dr. Albert Schweitzer, Vencedor do
Prêmio Nobel e antigo paciente do do Dr. Gerson
Através do seu trabalho com tuberculose, Dr. Gerson atraiu a
amizade do ganhador do Prêmio Nobel da Paz, Albert Schweitzer,
médico. Em 1930, a esposa do professor Schweitzer, Helene, que
sofria de tuberculose por sete anos, foi admitida na clínica do Dr.
Gerson e estava curada após nove meses. Mesmo a diabetes avançada (tipo II) do próprio Schweitzer foi curada pela terapia nutricional do Dr. Gerson. Schweitzer acompanhou o progresso de Gerson
através dos anos, verificando que a terapia de dieta foi bem sucedida também quando aplicada a doenças cardíacas, falha renal
e, finalmente, câncer.
Para escapar ao domínio de Adolf Hitler na Europa, Dr. Gerson
mudou-se com sua família para a América, onde residiram em New
York. Em 1938, Dr. Gerson passou na prova do quadro de medicina
e então foi licenciado para a prática da medicina no estado de
10
New York. Por 20 anos até sua morte, tratou de centenas de pacientes com câncer os quais estavam condenados a morrer depois de
todos tratamentos convencionais terem falhado.
Em 1958, depois de 30 anos de experimentação clínica, Gerson
publicou “Uma terapia para o Câncer: Resultado de 50 casos”. Esta
monografia médica descreve detalhes das teorias, tratamentos e
resultados alcançados por um grande médico.
Charlotte Gerson
Fundadora do Instituto Gerson
Nascida na Alemanha, Charlotte
Gerson é a filha mais nova do Dr. Max
Gerson. Ela auxiliou seu pai traduzindo e escrevendo documentos, fazendo visitas e cuidando dos pacientes
como enfermeira. Quando Dr. Gerson
morreu em 1959, Charlotte publicou o livro “Uma Terapia do Câncer:
Resultados de 50 Casos” para que
pacientes e médicos pudessem continuar a seguir as instruções da Terapia
do Dr Gerson. Como resultado de suas
palestras, a demanda pela Terapia Gerson se propagou.
Ela fundou o Instituto Gerson em 1976 para disponibilizar a Terapia
para pessoas por todo o mundo. Em 1977, ajudou a estabelecer o
primeiro hospital de Terapia Gerson no México. Também colaborou
com a criação do Programa de Treinamento em Terapia Gerson
para licenciar profissionais de saúde. Ela continua a treinar médicos,
ajudantes/auxiliares de enfermagem e pacientes.
Charlotte Gerson mantêm a chama das descobertas de seu pai
viva, palestrando internacionalmente, vendendo os livros do seu
pai, escrevendo e publicando seus próprios livros, produzindo documentários e conduzindo entrevistas para rádio e televisão. A cada
semana ainda visita a Clínica Gerson no México para aconselhar
pessoalmente cada paciente. Ela continua a guiar centenas de
pessoas durante suas jornadas de cura e a inspirar milhares de pessoas pelo mundo.
11
Instituto Gerson
Ligação Gratuita 1.888.443.7766
Tel. 858.694.0707
Fax 858.694.0757
www.gerson.org
[email protected]
www.facebook.com/GersonInstitute www.twitter.com/GersonInstitute
©2014 Gerson Institute. Gerson® e Terapia Gerson® são Marcas Registradas.
Impresso em papel reciclável.

Documentos relacionados

Terapia Nutricional do Doutor Max Gerson

Terapia Nutricional do Doutor Max Gerson • fruta fresca e biológica sempre disponı́vel, como complemento à dieta. A Terapia Gerson procura regenerar o corpo para a saúde, estimulando o metabolismo inundando o corpo diariamente com nutr...

Leia mais