6º anos - Arte na Mesopotâmia

Сomentários

Transcrição

6º anos - Arte na Mesopotâmia
Natal, RN
___/___/2014
ALUNO:
Nº
SÉRIE/ANO:
TURMA:
6º
DISCIPLINA:
TIPO DE ATIVIDADE:
HISTÓRIA DA ARTE
D
TURNO:
V
PROFESSOR (A):
TEXTO COMPLEMENTAR - II
2º trimestre
TATIANE
A ARTE NA MESOPOTÃMIA
Entendemos por povos mesopotâmicos, as civilizações que se desenvolveram na área das terras
férteis localizadas entre os rios Tigre e Eufrates, denominada comumente “Mesopotâmia”. Entre eles estão
os sumérios, os assírios e os babilônicos.
As
principais
manifestações
da
arquitetura
mesopotâmica eram os palácios, em geral muito
grandiosos; como havia pouca pedra, as paredes
tinham que ser grossas, pois eram feitas de tijolos. Os
templos
aposentos
possuíam
para
compartimentos.
instalações
os
Um
completas,
sacerdotes
traço
e
característico
com
outros
dessa
arquitetura era o “Zigurate”, torre de vários andares,
em geral sete, sobre a qual havia uma capela, usada
para observar o céu.
Os escultores representavam o corpo humano de forma rígida, sem expressão de movimento e sem
detalhes anatômicos. Pés, mãos e braços ficavam colados ao corpo, coberto com longos mantos; os olhos
eram completados com esmalte brilhante. As estátuas conservavam sempre uma postura estática ante a
grandiosidade dos deuses. As figuras esculpidas em baixo-relevo se caracterizavam por um grande
realismo.
As principais estátuas da região da mesopotâmia
representam homens em pé, e são chamadas de
"oradores", onde destacam-se a face e principalmente
os olhos.
Relevos do Palácio
Assurbanipal, Nínive.
de
Um shedu, Assíria, calcário, do
século 8 a.C., Museu do Louvre
Na pintura, os artistas se utilizavam de cores claras e reproduziam caçadas, batalhas e cenas da vida dos
reis e dos deuses. A produção de objetos de cerâmica alcançou notável desenvolvimento entre os persas,
que utilizavam também tijolos esmaltados.
Afresco
com
cena
de
sacrifício. Palácio de Mari.
1800 a.C. Museu Aleppo,
Síria..
Vaso Mesopotâmia 3000 - 2500 a.C
Porta de Ishtar, Babilônia, construída por volta de 575a.C. pelo rei
Nabucodonosor II. Dedicado à deusa babilônica Ishtar, portal construído
em azulejos azuis brilhantes mesclados com faixas de baixo-relevo
ilustrando dragões e auroques. Considerado uma das Sete Maravilhas do
Mundo Antigo. Reconstrução da Porta de Ishtar no Museu Pergamon em
Berlim, finalizada em 1930. Com altura de 14 metros e extensão de 30
metros.
Fonte (adap.): http://www.brasilescola.com/historiag/arte-mesopotamica.
http://www.artes.raisites.com/historia-da-arte/75-arte-da-mesopota.html
http://universodahistoria.blogspot.com.br/2010/06/arte-mesopotamica.html

Documentos relacionados

Arte da Mesopotâmia

Arte da Mesopotâmia Cerâmica e ourivesaria: A produção de objetos de cerâmica alcançou notável desenvolvimento entre os persas, que utilizavam também tijolos esmaltados. Além disso, na Mesopotâmia a ourivesaria (arte ...

Leia mais

Arte Mesopotâmica

Arte Mesopotâmica ARTE ASSÍRIA Arte com caráter belicoso, devido à grande expansão militar e econômica; Bibliotecas – a de Nínive continha cerca de 22 mil

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA – 2º Trimestre 6º ano

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA – 2º Trimestre 6º ano comparar, comentar, criticar, descrever, explicar, identificar, justificar, relacionar etc.) Consulte sempre o dicionário, pois se você “traduzir” mal o que seu professor pediu, pode errar a questã...

Leia mais