Como implantar um projeto CLE? Projeto Lighthouse

Сomentários

Transcrição

Como implantar um projeto CLE? Projeto Lighthouse
Jornal do Projeto Lighthouse nº 12
abril - maio - junho 2007
Rotary Club de Ouro Preto
Distrito 4580
Como implantar um projeto CLE?
O maior problemas na implantação do CLE é a
descontinuidade do programa, mesmo com resultados positivos, obtidos desde a primeira experiência.
Embora o relato do professorado mostre bons resultados quanto a aprendizagem, a participação mínima ou
quase nula dos rotarianos, se constitui na mais importante
causa dessa descontinuidade.
O resultado positivo obtido em Araras (SP), foi possível graças ao trabalho do companheiro Paulo Consoni, que
não mediu esforços para acompanhar de perto o projeto,
bem como cuidou para que as autoridades locais não
desconfigurassem o trabalho, mantendo o tempo todo a
mesma equipe de professores e coordenadores.
Infelizmente, não temos, hoje em dia, professores ligados a uma só escola, mas sim, eles se tornaram “ambulantes”, trabalhando em vários locais para melhorar seus
vencimentos. Associado a esse fator, a mudança, quase
que constante, de secretários da educação, por parte do
“alcaide-Mor”, sempre fragmenta o trabalho, ora com a
remoção de professores de escolas, ou trocas de diretores, ou de coordenadores, etc.
Nesse número o JE procura mostrar como agir para
se montar um projeto consistente, com aconteceu em
Araras (SP).
O gráfico mostra “ interações” que um projeto exige
para se desenvolver a metodologia CLE num clube ou
distrito.
O Rotary Internacional tem uma Força Tarefa de
Alfabetização, com coordenadores nas diversas zonas. É
importante que clubes e distritos procurem apoio desses coordenadores (veja ao lado). Em tese eles estarão
aptos a prestar apoio e esclarecimentos aos trabalhos que
estejam sendo implantados.
O suporte técnico pode ser oferecido por professores treinados na Tailândia ou no Brasil. O Rotary Club de
Ouro Preto (D. 4580) junto com a Universidade Federal
de Ouro Preto têm prestado esse
suporte. Porém, ele pode ser encontrado em outros distritos, como temos indicado em nosso JE.
A mudança no setor educacional no Brasil, tornou o Ensino Fundamental responsabilidade das prefeituras, com o objetivo de decisões
mais rápidas quanto a política educacional, porém, a situação tornouse mais problemática, na medida em
que as administrações passaram a
usar o “critério político clientelisICHS/UFOP
ta”, deixando de lado o “ MÉRITO”.
Por esse motivo, é necessário
que os rotarianos locais estabeleçam
um acordo com as secretarias de
educação, para que haja a implantação do CLE, bem como deve haver sempre uma “fiscalização
branca”: visitas constantes ao projeto, apoio às necessidades das escolas, contatos com as secretarias
de educação, reunião com as professoras, convites para elas falarem
nos clubes, etc.
O gráfico mostra também que
deve haver uma ligação entre todos os interessados, com a finalidade de termos uma implantação
definitiva de um projeto CLE de
alfabetização.
Interações de um Projeto
Distritos
Administração:
Federal
Estadual
Municipal
Escolas
Projeto
Lighthouse
Informações Úteis
Distrito 4580 - Gov. Jório Coelho
E-mail: [email protected]
Distrito 4730 - Gov. Francisco Bordari Netto
E-mail: [email protected]
Distritos 4520 - 4560 - 4760 Gov. Carlos Alberto Peçanha
E-mail [email protected]
Gov. Eduardo Krafetuski
E_mail: [email protected]
Dist. 4710 - Gov. 98/99 Antonio Celso Costa
E-mail: [email protected]
Distrito 4590 - Companeiro Paulo Consoni
E-mail: [email protected]
Coordenadoria de
Alfabetização 2007/2008
Zone 19
Daniel A. González (graphic arts-printing)
Esposa: Adriana
Mons. Raspanti 246, 1706 Haedo, Bs. As.,
Argentina.
Fone comercial: 54-11-46913371,
Fone residencial: 54-11-46595725
E-mail: [email protected]
Zone 20
Francisco Fernando Schlabitz (univ. educ.)
Esposa: Christine
SHIS QI 27, Conj. 4, Casa 16, 71675-040 Brasília, D.F.,
Brazil.
Fone comercial: 55-61-33632200,
Fone residencial: 55-61-33671455
E_mail: [email protected]
Rotary Club of Brasília-5 de Dezembro
1
Cartas
Professora Glória
Bom dia. Até que enfim encontrei um tempinho pra te
escrever. Desde que fiz o curso em Catanduva venho me
empenhando em fazer alguma coisa.
Finalmente, conto com 08 alunas no Abrigo Nosso
Lar em Jaú, 11 alunos no Abrigo Bem Viver , 10 alunos no
Pedro Ometo (outro bairro carente daqui) e mais 05 alunas na minha casa. Estas ultimas, e mais a minha filha
Flávia, constituem o meu laboratório...com elas comecei a
concretizar o meu sonhado projeto de alfabetização, (detalhe: em inglês).
Tentei começar com os adultos mas eles foram mais
resistentes, assim, como não lecionava há muitos anos,
fiquei com receio de demonstrar na frente deles as minhas dúvidas e minhas falhas. Sabia que era ousadia, porém reconheço que tenho muito a ensinar-lhes até os cursos mais avançados.
Assim sendo, comprei o livro da CENTOPEIA QUE
SONHAVA EM VOAR e a partir dali dei inicio aos meus
textos em ingles como: apresentação para se fazer amigos, o segundo refere-se ao lugar de origem de cada um e
o terceiro fala da casa de cada um, onde trabalho as cores, os móveis , os numeros, etc.
Cada aula tem muita conversa, interação, fundo
MORAL - sempre - e desenho/brincadeira...
As crianças dispõem de 02 horas de aula por semana
e eu me desloco até o local mais fácil para cada grupo,
evitando assim as faltas...
O Rotary Clube Jau Norte comprou o material para
que eu pudesse trabalhar. O meu grupo-laboratório já fez
o primeiro livro, e assim que os demais estiverem prontos
vou tirar umas fotos e te mando por e-mail...
No dia de ontem fui procurada por uma senhora que
quer aprender a ler, mas morre de vergonha...vou encarar
mais essa.
As pessoas se assustaram quando eu disse que não
teriam nenhum custo com as aulas e as crianças por sua
vez têm gostado muito o que só tem feito me animar ainda
mais.
Alguns adultos já me procuraram pra formar grupos
de idade mais avançada no ingles, mas não tenho tanta
segurança ainda, embora reconheça que tenho muita bagagem já acumulada da língua mas não vou colocar o carro na frente dos bois, devagar eu chego lá.
abraços, com carinho
Eliana
Crianças estudando inglês em Jaú (SP), pela metodologia CLE.
**********
Glória
Adorei o curso, percebi que temos muito à aprender.
Espero que possamos sempre contar com voces, gostaria
de agradecer este evento e adorei a simplicidade.
Um abraço pra você e Jório
Fabiana- Cotia (SP)
2
Caro Jorio,
recebi o livro e já estou quase concluindo a leitura.
Neste momento, estou lendo os capítulos sobre a avaliação - que requerem uma leitura mais reflexiva dada à complexidade das questões que são abordadas. Realmente é
uma proposta muito interessante e “bate” com muitos princípios que venho defendendo junto aos educadores.
Entretanto, o que me parece bastante inovador é que,
a esses princípios, a proposta traz uma dimensão funcional, prática, possível de ser operacionalizada. Na verdade,
“uma mensagem de esperança”!
Espero relamente poder conhecer mais e vou me organizar para fazer um curso com vocês.
Passei um e-mail para a Profª Glória agradecendo
também a sua gentiliza ao responder as minhas perguntas.
Grande abraço,.
Teresa Maria M. Borges
Uberaba - MG
**********
Querido Amigo Jorio,
Acabo de chegar de Buenos Aires, onde estive por
alguns dias organizando o congresso maçônico latino-americano que faremos naquela cidade argentina. Fiquei pouco mais do que previa anteriormente.
Assim, quero justificar minha ausência parcial na reunião de 30/3 e em sua palestra proferida no 4420. Ausência parcial, pois dos meus 44 afilhados rotários 29 estavam em Santos. A meu pedido, todos assistiram e absorveram seus ensinamentos.
Você foi ótimo, sobretudo porque esta é sua principal
característica: Ser ótimo professor, instrutor, amigo, companheiro etc.
Espero a honra de revê-lo em breve.
Receba um abraço carinhoso, meu e de Carol, extensivo à querida Horia.
Samir N. Khoury
**********
Sou Presidente do Rotary Club Guarujá Ilha de Santo Amaro na cidade de Guarujá - São Paulo. Em meu clube há um Projeto de Alfabetização desde 2002 que vem
crescendo a cada ano. Coordeno este Projeto desde 2002
e o que mais me preocupa hoje é a metodologia aplicada
,em algumas classes apropriadas em outras arcaicas e infantis. No entanto a procura de ingresso vem crescendo.
Gostaria muito de me aperfeiçoar no método Lighthouse
para ajudar os nossos alfabetizadores e em contato com a
Glória Guiné fui informada do curso em Cotia sobre o qual
solicito maiores informações, pois tenho interesse em participar. Agradeço muito o seu retorno. Sou Graduada em
Letras e Pedagogia e pós-graduada em Psicopedagogia,
atualmente sou Gestora de uma escola de Ensino
Fudamental.
Tania Maria de Andrade Mesquita
**********
Caros companheiros do GEROI. Neste sábado estive no Seminário sobre Alfabetização, realizado pelo Governador Marcelo Haick, do Distrito 4.420. O convidado
especial, não poderia deixar de ser, foi o nosso companheiro EGD Jório Coelho. Sua exposição empolgou a todos, e a ele próprio, que se emocionou e transmitiu a sua
preocupação quanto a essa praga social, que é o analfabetismo real ou funcional, e sua esperança na ferramenta
que o Rotary oferece para sua erradicação. Parabens,
Jório. Os aplausos efusivos da platéia foram a demonstração de que vc está mostrando o caminho com um farol
dos mais potentes, em favor da causa rotária.
Genesio Vivanco Solano Sobrinho
RCSP - Santo Amaro - D. 4420
**********
Caro Profº Jorio,
compartilho com o senhor e
com a Profª Glória a minha alegria
em conseguir o 1º lugar no Concurso de Monografia. O livro que o
senhor gentilmente me enviou e as
informaçoes da Profª Glória permitiram que eu conhecesse um pouco
mais sobre o Projeto e a
Metodologia assumida pelo Rotary
em relação à alfabetização.
Quem sabe voces animam vir a
Uberaba no dia 29 de junho, momento em que será feita a outorga
do prêmio. Afinal, não estamos tão
longe assim!
Grande abraço extensivo à Professora.
Teresa Maria Machado Borges
Está indo muito bem e as alunas estão bem interessadas. A vontade delas
em aprender a ler e a escrever é enorme, e nossas professoras - Ilse e Roseli
- estão atendendo as expectativas delas. Por enquanto está tudo ótimo!
Abraço
Cristiana Lopes (Rotary Club Blumenau - SC)
Se os brasileiros não me quiserem para seu imperador, irei ser professor.
D. Pedro II

Documentos relacionados

11 - Distrito 4480

11 - Distrito 4480 Cursos realizados sob a coordenação do Governador Jório Coelho e pela professora Glória Guiné do Departamento de Letras/ICHS da Universidade Federal de Ouro Preto

Leia mais

Relatório do Projeto MG # 10753 Rotary Club de Ouro Preto Distrito

Relatório do Projeto MG # 10753 Rotary Club de Ouro Preto Distrito Portanto, recomendamos que o Projeto Lighthouse, que utiliza a metodologia CLE, tenha prosseguimento, inclusive com a introdução dos Estágios II e III, que tornarão os alunos, ao final do Ensino Fu...

Leia mais

CLE – Uma proposta de alfabetização para países em

CLE – Uma proposta de alfabetização para países em Paulo Consoni entrega uma lembrança para uma aluna partiicpante do treinamento.

Leia mais