Formulário de Prova

Сomentários

Transcrição

Formulário de Prova
Ciência Aplicada
Teixeira
9ª ano - EF
3º Tri.
28/08/14
A célula eucarionte
Histórico – O desenvolvimento do microscópio.
O crédito pela invenção do microscópio é dado ao holandês
Zacharias Jansen, por volta do ano 1595. Como era muito jovem na época,
é provável que o primeiro microscópio, com duas lentes, tenha sido
desenvolvido pelo seu pai, Hans Jansen. Contudo, era Zacharias quem
montava os microscópios, distribuídos para realeza europeia.
No início, o instrumento era considerado um brinquedo, que
Figura 1- Microscópio de Jansen - 1595
possibilitava a observação de pequenos objetos.
O século XVII foi um período de
grande interesse pelos microscópios. A própria palavra microscópio foi
oficializada na época pelos membros da Academia dei Lincei, uma importante
sociedade científica. Contudo, ainda havia dúvidas sobre a importância do
instrumento para a ciência. A magnificação dos objetos obtida, em torno de
nove vezes, não permitia observar coisas realmente novas. Ainda não se
suspeitava que uma estrutura presente em todos os tecidos vivos logo estaria
ao alcance dos nossos olhos, com a ajuda dos microscópios: a célula.
Ainda no final do século XVII, o cientista alemão Antoni Van
Leeuwenhoek fez descobertas significativas, usando simples microscópios
com apenas uma lente. Empregando técnicas revolucionárias na época para a
construção de lentes, Leeuwenhoek produziu instrumentos com magnificação
entre 50 e 200 vezes. Com o grande sucesso, os microscópios simples
conquistaram um lugar ao
lado dos modelos compostos de várias lentes. Na verdade, até
o início do século XIX, alguns dos melhores microscópios
podiam ser usados como simples ou compostos.
O século XVIII foi uma época de melhorias nas lentes
e microscópios: maior estabilidade, precisão de foco e
facilidades de uso. Os instrumentos até passaram a ser
anunciados em diversas publicações pelo mundo inteiro, e
vários microscopistas lançavam seus modelos. Por volta do
ano de 1742, os microscópios que projetavam imagens
fizeram grande sucesso. Uma das diversões da época era
visitar os espetáculos de projeção microscópica.
Figura 2 - Microscópio do século XII
Figura 3- Funcionamento do Microsópio Leeuwenhoek
No século XIX, os fabricantes de microscópios desenvolveram novas
técnicas para fabricação de lentes. Passaram, também, a utilizar espelhos
curvos para melhorar a capacidade de foco desses instrumentos. Em 1840, os
Estados Unidos passaram a fabricar microscópios, uma atividade até então
restrita basicamente à Inglaterra. Finalmente, por volta de 1880, os chamados
Figura 4 - Microscópio de projeção
solar 1760
microscópios ópticos atingiram a resolução de 0,2 micrômetros, limite que
permanece até os dias de hoje.
Atualmente, os microscópios e as técnicas de observação
estão bastante avançados. Os modelos ópticos confocais
possibilitam regulagens extremamente precisas no foco e na
capacidade de ampliação. Novos microscópios eletrônicos estão
levando a observação a um limite que os cientistas do século XVI
jamais imaginariam: o nível atômico. No século XX, o
microscópio conquistou seu espaço em campos tão diversos
quanto a medicina e a engenharia.
Figura 5 - sistema confocal
Prática.
Para fixarmos toda descoberta feita através do uso de microscópios sobre a teoria celular, propomos
construir com material comestível uma célula com toda sua estrutura e organelas. Enquanto monta, procure
responder que função desempenha a estrutura que você monta.
Há o desenho de duas células eucariontes a seguir, uma vegetal e outra animal. Depois de montadas,
responda às perguntas.
Escolha uma das células para montar.
01. Registre aqui sua escolha: ________________________________
02. Registre as estruturas:
• 2.1 Membrana plamática função na célulaA membrana plasmática reveste toda a célula. Ela é mais
do que uma simples barreira. Trata-se de um filtro que seleciona cuidadosamente o que pode entrar
ou sair da célula e mantém diferenças importantes entre o interior e o exterior da célula.
2.2 Retículo endoplasmático função na célulaO retículo endoplasmático possui uma estrutura de
lâminas achatadas, sacos e tubos de membrana conectados uns aos outros, que se estendem através
de todo o citoplasma da célula. O retículo endoplasmático granular (ou rugoso) é salpicado de
ribossomos na face externa, sendo responsável pela síntese de proteínas. O retículo endoplasmático
agranular (ou liso) é tubular e não possui ribossomos aderidos na sua face externa. Sua função
principal é a síntese de lipídios.
2.3 Vacúolos função na célula: Os vacúolos podem ocupar até 95% do volume celular. Servem de
depósito para a estocagem de alimentos ou produtos tóxicos que serão excretados. São formados pela
fusão de vesículas originárias do complexo de Golgi.
2.4 Mitorcôndrias função na célula As mitocôndrias são as principais usinas de energia da célula
eucariota. As mitocôndrias são responsáveis pelo processo de respiração celular, que é como uma
combustão controlada em uma usina, liberando a energia contida em moléculas grandes e
disponibilizando para o uso. As mitocôndrias possuem seu próprio material genético e tudo que
precisam para fabricar muitas de suas proteínas, se reproduzindo independentemente dentro das
células.
2.5 Complexo de Golgi função na célula O complexo de Golgi é composto por um sistema de sacos e
vesículas de forma achatada que realiza modificações nas moléculas produzidas pela célula,
empacota-as e as distribui para o resto da célula e seu exterior.
2.6 Lisossomos função na célula: Os lisossomos são de uma estrutura semelhante a dos vacúolos e
possuem enzimas em seu interior responsáveis pela digestão intracelular.
2.7 Cloroplastos função na célula: Os cloroplastos trabalham na produção de moléculas ricas em
energia, aproveitando a luz solar, o gás carbônico e a água ( processo de fotossíntese). Também
possuem seu próprio material genético e tudo que precisam para fabricar muitas de suas proteínas.
2.8 Núcleo função na célula: O núcleo é a central de comando da célula. Ele é constituído por uma
membrana dupla com poros, por onde entram proteínas e outras moléculas e saem moléculas
carregando informações que vão ser decodificadas no citoplasma. Dentro dele está o genoma da
célula, composto por material genético organizado por proteínas (a cromatina).
03. Aponte uma diferença entre a célula animal e a vegetal.
A célula animal apresenta centríolos , a vegetal não.
A célula vegetal apresenta cloroplasto, a animal não.
04. Faça um pesquisa e registre aqui como funciona um microscópio de uma única lente e seu máximo
aumento óptico, um microscópio composto e seu máximo aumento óptico.

Documentos relacionados

Formulário de Prova

Formulário de Prova O século XVII foi um período de grande interesse pelos microscópios. A própria palavra microscópio foi oficializada na época pelos membros da Academia dei Lincei, uma importante sociedade científic...

Leia mais

Biologia - Colégio e Curso Simbios

Biologia - Colégio e Curso Simbios época, é provável que o primeiro microscópio, com duas lentes, tenha sido desenvolvido pelo seu pai, Hans Jansen. Contudo, era Zacharias quem montava os microscópios, distribuídos para realeza euro...

Leia mais

RESUMO: Organelas Celulares

RESUMO: Organelas Celulares proteínas em proporções diferentes e uma pequena quantidade de açúcares, na forma de oligossacarídeos. Além disso, na grande maioria das células animais, a membrana plasmática apresenta uma camada ...

Leia mais

reconstrução de um modelo análogo para o ensino de

reconstrução de um modelo análogo para o ensino de Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais RESUMO: Este texto apresenta os resultados preliminares da dissertação de mestrado intitulada Smartscópio: reconstrução de modelo análogo ao m...

Leia mais

1ª parte: questões objetivas

1ª parte: questões objetivas Considerando o estudo da célula, assinale a alternativa CORRETA: a) As mitocôndrias servem para realizar fotossíntese em células vegetais. b) Ribossomos são grânulos responsáveis pela síntese de pr...

Leia mais