Geografia - 1º anos - Conflitos mundiais

Сomentários

Transcrição

Geografia - 1º anos - Conflitos mundiais
Conflitos mundiais
PROF. MELK SOUZA
ÍNDIA x PAQUISTÃO

A tensa relação entre Índia e Paquistão,
pela disputa da região da Caxemira,
teve início a partir da independência
da Índia do imperialismo britânico, em
1947.

a Índia formou-se basicamente por
povos hindus; e o Paquistão, por povos
muçulmanos, em sua maioria.

A Caxemira é uma região montanhosa
ao norte dos dois países. Grande parte
da população é muçulmana e quer a
anexação ao Paquistão, que a Índia
nega.

Atualmente, dois terços do território
estão sob domínio indiano e o restante
sob controle do Paquistão e da China.
IRÃ x IRAQUE

O conflito conhecido como Guerra Irã-Iraque
ocorreu entre os anos de 1980 e 1988.

O maior elemento dessas disputas é de ordem
natural: a configuração do relevo, em áreas planas
e com a presença de solos férteis, o que favorece a
prática agrícola e também por conta da sua rede
hidrográfica formada por grandes rios perenes, a se
destacar os rios Tigre e Eufrates, algo raro em uma
área onde predomina os climas árido e semi-árido.

em 11 de março de 1988, quando o conflito contabilizava
um milhão de mortos e 1,7 milhão de feridos, o Irã
concordaria com um cessar-fogo mediado pela ONU.
Conflitos no Afeganistão

A condição de potência mundial norteamericana fez com que o país pensasse ser o
“administrador” do mundo, e ao longo das
décadas os americanos intervêm no mundo todo,
com essa ideologia adquiriram muitos inimigos.
Em 2001, foi empossado como presidente dos EUA
o republicano conservador George W. Bush, filho
do ex-presidente George Bush, com uma
mentalidade não muito diplomática e que coloca
acima de tudo os interesses econômicos norteamericanos.

Nesse mesmo ano iniciou a guerra do Afeganistão
que foi iniciada por uma série de atentados
terroristas ocorridos em 11 de setembro de 2001,
esse foi o estopim da guerra, pois atingiu
profundamente os americanos.
A questão da Palestina




Após a Segunda Guerra Mundial, o
fluxo de imigrantes judeus tornou-se
irresistível.
Em 1947, a Assembléia Geral da ONU
decidiu dividir a Palestina em dois
Estados independentes:
um judeu e outro palestino.
Mas tanto os palestinos como os
Estados árabes vizinhos recusaram-se
a acatar a partilha proposta pela
ONU.
A questão Palestina

Em 14 de maio de 1948, foi proclamado o
Estado de Israel, que se viu
imediatamente atacado pelo Egito,
Arábia Saudita, Jordânia, Iraque, Síria e
Líbano (1 Guerra Árabe-Israelense).

Os árabes foram derrotados e Israel
passou a controlar 75% do território
palestino.

A partir daí, iniciou-se o êxodo dos
palestinos para os países vizinhos.

Atualmente, esses refugiados somam
cerca de 3 milhões
Em 1991 iniciou-se a fragmentação da Iugoslávia: Croácia e
Eslovênia declararam suas independências.
A Bósnia, em 1995, após três anos de guerra, conquista também
a sua independência.
A guerra da Bósnia, entre 1992 e 1995, mostra a divisão étnica do
país, além de fazer saltar aos olhos os interesses econômicos por
trás dos conflitos.
Na segunda metade da década de 1990, a Guerra de
Kosovo intensificaria os conflitos na região.
Desde desmembrada a Iugoslávia, sérvios e albaneses se
digladiam na região do Kosovo.
O movimento Basco na
Espanha

O Povo Basco vive entre a Espanha e a
França, sendo respectivamente
localizados no nordeste e sudoeste,
habitando a região há, pelo menos, 40
anos.
Os Bascos são minorias nacionais,
correspondem a um povo que aspira
conquistar seu território para colocar em
prática sua cultura, seus costumes e não
viver subordinado ao governo do país
que habitam.
Conflito na Irlanda

As rivalidades entre católicos e protestantes
na Irlanda do Norte remontam ao século
XVII.

É uma história de confrontos que opõe, de
um lado, a maioria dos irlandeses protestantes, unionistas, identificados com
os interesses do domínio britânico .

E, de outro, a minoria - católicos,
nacionalistas, que atrelam sua identidade
nacional à resistência religiosa, lutando
pelo fim da dominação inglesa sobre o
Ulster e a posterior unificação com a vizinha
República da Irlanda.
Conflitos na África

O apartheid representou a transformação do
racismo em lei na África do Sul - a segregação
racial foi legalmente aceita entre 1948 e 1994.

Foi o regime do apartheid que retirou os direitos
dos negros e deu privilégios aos brancos, minoria
no país.

A discriminação institucionalizada teve início
quando o Partido Nacional da África do Sul
ganhou as eleições.

Em 1949, os casamentos mistos foram proibidos.

Em 1950, a Lei da imoralidade proíbe a relação
sexual entre brancos e negros.

No mesmo ano, a população é cadastrada e
separada por raça, além de ser dividida
fisicamente com a formação de áreas
residenciais específicas.
O regime criou regras jurídicas que
diferenciavam cidadãos conforme sua raça.
Os casamentos entre brancos e negros
foram proibidos.
Os negros não podiam ocupar o mesmo
transporte coletivo usado pelos brancos. Os
negros não podiam morar no mesmo bairro e
nem realizar o mesmo trabalho...
As Leis do Apartheid
•Lei de Terras Nativas de 1913, que divide a posse da terra na África do Sul
por grupos raciais;
•Lei sobre Nativos em Áreas Urbanas de 1918, a qual passa a obrigar os
negros a viverem em locais específicos;
•Lei de Proibição dos Casamentos Mistos de 1949, que torna ilegal o
casamento entre pessoas de raças diferentes;
•Lei de Registro Populacional, de 1950, que formalizou a divisão racial
através da introdução de um cartão de identidade diferenciado por raças;
•Lei de Áreas de Agrupamento, de 1950, determinando o local onde cada
um viveria de acordo com sua raça;
•Lei de Reserva dos Benefícios Sociais, de Em 1953, que determina quais
locais públicos poderiam ser reservados para determinadas raças.
Conflitos na América

as FARC são classificadas como organização
terrorista. Mas ela se auto proclamou uma
organização político-militar marxista-leninista de
inspiração bolivariana .

A FARC diz representar a população rural contra as
classes abastadas e se opõe à influência do EUA na
Colômbia.

A organização argumenta que esses objetivos
motivam os esforços do grupo pela tomada do
poder na Colômbia através de uma revolução
armada.

Segundo o governo norte-americano, as FARC
obtêm financiamento principalmente através de
extorsões, seqüestros e tráfico de drogas.

A maior parte do combatentes e informantes das
FARC são menores de idade, estima-se que cerca de
20 à 30 por cento têm menos de 18 anos.

Documentos relacionados