O Bengalinhas

Сomentários

Transcrição

O Bengalinhas
O Bengalinhas
Ano: 07
Número : 435
Data: 27 de Agosto de 2015
ASASTAP — Associação de
Solidariedade e Apoio Social do
Pessoal da TAP
Respons. Gráfico: Ramiro Mendes
ANIVERSÁRIOS
RESIDENTES:
Dia 30—D. Maria Luzia
Manso
Dia 31—D. Laurinda Jacinto
UM DIA FELIZ!
FUNCIONÁRIAS:
Dia 1—D. Joana Corte Real
Os 10 maiores jogadores de futebol de sempre
Pelé – Brasil
Edson Arantes do Nascimento, mais conhecido como Pelé, foi o maior futebolista de
todos os tempos na história do futebol mundial. Recebeu o título de melhor jogador do
século XX pela FIFA e uma série de prémios e distinções mundiais
A “pérola negra”, alcunha pela qual era conhecido Pelé, saltou para a ribalta em 1956,
com apenas 16 anos, ao serviço do Santos Futebol Clube. A sua consagração
aconteceu no Campeonato do Mundo da Suécia, em 1958, quando o Brasil foi, pela
primeira vez na sua história, campeão mundial.
LEMBRAM-SE DO QUE FOI ESCRITO, NO FINAL DO ARTIGO SOBRE FUTEBOL, DA SEMANA
PASSADA?
Foi isto: Será que vai haver alguma surpresa???
E não é que houve, não uma, não duas mas sim três surpresas!!!
O Sporting empatou em Alvalade, o Porto empatou na Madeira e o Benfica perdeu em Aveiro.
Assim, temos em 1º lugar – o Arouca com 6 pontos
Em 2º,3º, 4º, 5º e 6º lugar temos: o Porto, o Rio Ave, o Boavista, o Sporting e o P. Ferreira, com 4
pontos cada.
Para a semana temos a 3ª jornada, dias 29, 30 e 31
V. Setúbal – Rio Ave
Sp. Braga -- Boavista
FC Porto -- Estoril
Académica – Sporting
Benfica
-- Moreirense
Belenenses -- Marítimo
Tondela
-- Nacional
U. Madeira -- V. Guimarães
P. Ferreira -- Arouca
Última hora: Sporting perdeu com o CSKA de Moscovo e falha presença
na Liga dos Campeões
UMA LIÇÃO DE VIDA
Uma senhora idosa, elegante, bem vestida e penteada, estava de mudança para uma casa de repouso
pois o marido com quem vivera 50 anos, havia morrido e ela ficara só…
Depois de esperar pacientemente na sala de visitas, ela ainda deu um lindo sorriso quando uma
funcionária veio dizer que seu quarto estava pronto.
Enquanto se encaminhavam para o quarto a funcionária ia descrevendo o minúsculo quartinho, fazendo
realce nas cortinas floridas que enfeitavam a janela.
- Ah, eu adoro essas cortinas – disse ela com o entusiasmo de uma garotinha.
- Mas a senhora ainda nem viu seu quarto…
- Nem preciso ver – respondeu ela. – Felicidade é algo que você decide por princípio. E eu já decidi
que vou adorar! É uma decisão que tomo todo dia quando acordo. Sabe, eu tenho duas escolhas: Posso
passar o dia inteiro na cama contando as dificuldades que tenho em certas partes do meu corpo que
não funcionam bem… ou posso levantar-me da cama agradecendo pelas outras partes que ainda me
obedecem. Cada dia é um presente. E enquanto meus olhos abrirem, vou focaliza-los no novo dia e
também nas boas lembranças que eu guardei para esta época da vida. A velhice é como uma conta
bancária: Você só retira daquilo que você guardou. Portanto, aconselho-a a depositar um monte
de alegria e felicidade na sua Conta de Lembranças. E como você vê, eu ainda continuo
depositando
Agora, se me permite, gostaria de lhe dar uma receita:
1- Jogue fora todos os números não essenciais para sua sobrevivência.
2- Continue aprendendo. Aprenda mais sobre computador, artesanato, jardinagem, qualquer
coisa. Não deixe seu cérebro desocupado.
3- Curta coisas simples.
4- Ria sempre, muito e alto. Ria até perder o fôlego.
5- Lágrimas acontecem. Aguente, sofra e siga em frente. A única pessoa que acompanha você a
vida toda é VOCÊ mesmo. Esteja VIVO, enquanto você viver.
6- Esteja sempre rodeado daquilo que você gosta: pode ser família, animais , lembranças, música,
plantas, um hobby, o que for. Seu lar é o seu refúgio.
7- Aproveite sua saúde. Se for boa, preserve-a. Se está instável, melhore-a. Se está abaixo desse
nível, peça ajuda.
8- Diga a quem você ama, que você realmente o ama, em todas as oportunidades.
E LEMBRE-SE SEMPRE QUE:
A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em
que você perdeu o fôlego … de tanto rir … de surpresa … de êxtase … de felicidade!
Simples assim!!!
BILHETES POSTAIS
As floristas do Rossio,
por tradição, buscam
sempre o lado sul da
praça.
A foto é de 1927,
quando os principais
dias de venda eram
pela Páscoa, Dia dos
Finados e Natal.
A SERRA DE SINTRA É OCA NO SEU INTERIOR
Tal como a Serra da Arrábida, a serra de
Sintra é oca no seu interior, formada por
vários
túneis
e
grandes
galerias,
construídos ao que se diz pelos Mouros e
pelos Templários há cerca de oito séculos.
Com efeito, quando D. Afonso Henriques tomou o
Castelo dos Mouros situado no alto da serra próximo
do Palácio da Pena, quando ali chegou já não se
encontrava nenhum mouro pois todos se tinham
evadido por uma passagem secreta na serra que vai
dar a um de muitos lugares no sopé e outros que se
estendem por vários quilómetros até ao mar. Tudo
isto, aqui por baixo, tem subterrâneos. Um deles vai ligar ao Convento dos Capuchos, que fica
a oito quilómetros daqui, e um outro desemboca perto da povoação de Rio de Mouro, mesmo
junto ao ribeiro que passa naquela povoação, garante Abílio Duarte, guarda reformado em
regime de voluntariado no Castelo quando interrogado a este respeito. Outras galerias
descem pelo interior da montanha até ao Palácio da Vila. Também a Quinta da Torre, mais
conhecida por Qtª da Regaleira, próximo do Palácio dos Seteais, é outro local onde existem
passagens subterrâneas que formam uma rede de túneis antigos, surgindo numa das grutas
postas a descoberto uma imagem de pedra cor-de-rosa de um ser com aspeto feminino
pisando um animal parecido com o mitológico dragão, só que exibindo certas formas humanas.
Ainda na Quinta da Regaleira existe um poço iniciático com 30 metros de profundidade e 6
de largura com uma escada em caracol com 139 degraus apoiada em colunas. No fundo depara
-se com mais passagens subterrâneas reforçando a ideia de que tanto buraco não teria sido
aberto por acaso, alguns levando à Montanha da Lua que também liga à Serra de Montejunto
a cerca de cinquenta quilómetros a Nordeste da Serra de Sintra. Curiosamente se diz o
mesmo da Serra da Arrábida ligada interiormente à Serra de Sintra que dista a 50 Km mais
ou menos. Dizem alguns teosofistas e ocultistas que a Montanha Sagrada pode ser uma das
Cem Portas que dá acesso ao mítico Reino de Agharta no interior da Terra onde reside o “Rei
do Mundo”. Helena P. Blavatsky, fundadora da Sociedade de Teosofia, falou desse país
subterrâneo em 1888 na sua obra “A Doutrina Secreta”, mas foi alguns anos antes que a
lenda ou história verídica de Agharta teve a sua maior divulgação junto do público. O Reino
de Agharta seria, então, uma cidade subterrânea onde viveriam milhares de pessoas, talvez a
equivalência do Reino do Prestes João da História de Portugal.
Cova da Moura ou Cova Encantada,
na Serra de Sintra, perto do Castelo dos Mouros.
Uma das lendas dos tempos medievais, a lenda do “Túmulo dos Dois Irmãos”,
conta que “há uma donzela que é namorada por dois cavaleiros. E um deles
quando descobriu que o outro estava com a donzela, desafiou para uma luta.
Lutaram, mas tinham os dois a cara tapada com os elmos. O que descobriu matou
o outro e, quando foi tirar-lhe o elmo, viu que era o seu irmão. Por isso, matou-se
também”.
O paradoxo do nosso tempo é que:
Temos edifícios mais altos e temperamentos mais baixos;
Estradas mais largas e pontos de vista mais estreitos;
Gastamos mais, mas temos menos;
Compramos mais, mas desfrutamos menos;
Temos casas maiores, mas famílias menores. Mais conforto e
menos tempo;
Maior conhecimento, mas menos capacidade de julgamento;
Mantemo-nos na noite muito tempo acordados, amanhecemos
cansados;
Multiplicamos o nosso património, mas reduzimos os nossos
valores;
Aprendemos a ganhar a vida, mas não a vivê-la;
Adicionamos anos às nossas vidas, não vida aos nossos anos;
Estamos no tempo das comidas rápidas e digestões lentas;
De homens de grande estatura e de baixo carácter;
Hoje em dia há dois ordenados, mas mais divórcios;
Mais casas luxuosas, mas mais lares desfeitos;
Vocês riem-se por eu ser diferente, e eu rio-me por serem todos iguais.
Casa mal-assombrada
A mulher chega ao consultório do médico e diz:
- Doutor! É horrível! Ando com os nervos que o senhor não imagina. Dentro
de casa, vejo fantasma, caras horrendas… o que eu faço?
- Calma minha senhora. Retire imediatamente todos os espelhos da casa!

Documentos relacionados