Édifícil encontrar quem não tenha um te- lefone

Сomentários

Transcrição

Édifícil encontrar quem não tenha um te- lefone
Mantenha um
tom de voz ba
ixo: telefones ce
tecnologia sensív
lulares têm
el, que bloqueia o
ruído ambiente pa
madores do outro
ra os chalado da linha, por
isso não há necess
gritar em áreas ru
idade de
idosas. “É o fim da
picada fazer com
tras pessoas parti
que oucipem da conversa
que só diz respeito
Falar ao telefone
a você.
demonstra bem o
grau de educação
soas, basta você
das pesperceber os outro
s e verá”, ressalta
Rosimere.
o teleEducação com quem está próximo: não utilize
de
posto
ou
loja
uma
em
como
m,
fone ao ser atendido por algué
cativa
signifi
lta
dificu
m
també
como
combustível. Não só é rude
gindo
intera
está
você
quem
com
a
mente a capacidade da pesso
te, peça
para fazer o seu trabalho de forma eficaz. Se for urgen
.
breve
licença, desculpe-se e seja
É
Desligado: há situações em que o celular não é recomendado
nem
no modo silencioso. Velórios, palestras e cerimônias de casam
ento
são exemplos. Desligá-lo nessas ocasiões faz bem para o próprio
usuário, que não fica na expectativa de uma ligação que pode recebe
r.
difícil encontrar quem não tenha um telefone móvel. Mesmo sendo tão comum,
o uso dele ainda gera muitas dúvidas.
LINDA conversou com a consultora de
etiqueta Rosimere Morais, 46 anos, para
esclarecer as mais frequentes.
que será toescolher a melodia
de
ra
ho
na
ão
nç
al, ela deToque: ate
velar seu gosto music
re
de
ém
Al
ar.
lul
ce
tradicional do
cada no seu
de espírito. O toque
o
tad
es
do
o
uc
po
ele está
monstra um
r jeito de saber que
lho
me
o
o
nd
se
a
nu
telefone conti
ixe alto demais.
m o volume, não o de
tocando. Cuide també
Afaste-se para aten
der: sempre se coloque
no lugar do
outro. “É sempre bem-vindo
aquele que recebe um tele
fonema,
pede licença e vai atender
no cantinho. Isso é elegan
te e gentil.
Jamais peça para que as
pessoas parem o assunto
e se calem
para você atender sua liga
ção”, diz a consultora.
igatório retorLigando de volta: é obr
não atendidas?
nar todas as chamadas
atendida por
Nem sempre. “Se não for
e após desculuma impossibilidade, retorn
ção inconvepando-se. Já se for uma liga
ou assunto que
niente (horário impróprio
er”, ensina.
não importa), melhor esquec
que fala um pouco mais alto já
Nada de músicas: se a pessoa
gine se ela estiver ouvindo múincomoda quem está por perto, ima
. Para curtir sua trilha sonora pre
sica no celular com o volume alto
o fone do ouvido é indispensável.
ferida, sem atrapalhar ninguém,
Cuide o vocabulário: evite o uso de linguagem
inadequada
em locais públicos. Mesmo que você tenha intimidade
com quem
está falando, lembre-se que há outras pessoas ouvin
do.