Jornal A Prenda - Irmãs Hospitaleiras

Сomentários

Transcrição

Jornal A Prenda - Irmãs Hospitaleiras
Jornal
A Prenda
NESTA EDIÇÃO:
Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus N.º 6, NOV/DEZ- 2014
• Editorial
• Comemorações de Natal
• Atividade Juvenil no Centro Hospitaleiro da
CSRSI
• Visita do Grupo de Auto-Representação da
APPACDM de Montemor - o – Velho
• III Feira de Artesanato e Gastronomia da
Venda da Luísa
• Dia Internacional do Voluntariado
• Jogos Tradicionais
• Visita do Pai Natal
EDITORIAL
Caros Leitores!
Saudações hospitaleiras!
Nesta última edição de “A Prenda” de 2014, vamos
abordar a época natalícia, na qual são realizadas
várias atividades com os clientes/utentes, que proporcionam momentos alegres, divertidos e em
Família, promovendo-se a união familiar e o amor.
A Associação Dar Voz, ao longo dos últimos anos,
com a “Visita do Pai Natal”, tem contribuído para
tornar o Natal mais colorido e alegre, incrementando o espírito natalício vivo pelos clientes/
utentes, distribuindo presentes.
No dia 7 de dezembro os voluntários do Centro
renovaram o seu compromisso de Voluntariado.
O grupo de auto-representação da APPACDM de
Montemor-o-Velho visitou a CSRSI.
O Rancho Folclórico Rosas de Santa Isabel participou na III Feira de Artesanato e Gastronomia da
Venda da Luísa.
A equipa do Jornal deseja a todos os leitores um
Próspero Ano Novo na companhia de familiares.
Em Jesus encontramos, a Luz a Fortaleza, a Paz
e o Amor.
Bento Menni
Comemorações de Natal
A 20 de dezembro de 2014, comemorou-se o Natal na Casa de Saúde Rainha Santa Isabel.
Pelas 10h começaram a chegar os
primeiros familiares dos clientes/
utentes que trouxeram sobremesas variadas.
Seguiu-se a Eucaristia pelas 11h,
que contou com a participação
ativa de vários clientes/utentes,
familiares e colaboradores.
Pelas 12h30 teve lugar no Salão
Polivalente uma ação de sensibilização dirigida aos familiares, na
qual se abordou a importância do
apoio da família aos clientes/
utentes e a importância da participação ativa na Associação Dar Voz.
Seguidamente decorreu a Assembleia Geral da Dar Voz. De salientar que estiveram presentes no
evento 83 familiares.
Após o delicioso almoço servido
no campo de férias decorreu, no
Salão Polivalente, a tarde recreativa.
A primeira atuação foi do Grupo
de Dança Rítmica “Porque Dançar
é fundamental” que nos presen-
teou com uma série de coreografias bem divertidas.
Seguiu-se a atuação de um grupo
de Ajudantes de Ocupação com a
peça de teatro representada pelo
grupo de teatro “Os Marretinhas”,
intitulada “Nasceu o Menino Jesus”,
que contou com a especial participação da Dra. Helena Silva, do
Prof. Joaquim Falcão e da sua filha,
nos papéis de Nossa Senhora, S.
José e Menino Jesus, respetivamente.
Outro grupo de Ajudantes de Ocupação apresentou a coreografia
intitulada “Um sonho encantado”,
que associava movimentos leves e
fluidos a ritmo e animação.
A Academia de Bailado de Coimbra fez duas belas apresentações,
onde som e movimento combinaram na perfeição.
Apesar de este ano se ter atrasado
a meio da festa, o Pai Natal apareceu sempre muito divertido, contagiando todos com alegria e boa
disposição.
A TO – Kátia Pereira
Página 2
NOVEMBRO/DEZEMBRO 2014
Atividade Juvenil no Centro Hospitaleiro da CSRSI
No fim de semana de 3 a 5
de Outubro um grupo de
jovens de preparação para o
Crisma da Comunidade Sal e
Luz, do qual eu faço parte,
esteve a fazer voluntariado
na Casa de Saúde de Rainha
Santa Isabel acompanhados
pela Irmã Hospitaleira Lígia.
Foi um fim-de-semana incrível em que pudemos desafiar-nos e lançar-nos à aventura de uma realidade nunca
presenciada pela maior parte
de nós. Ultrapassámos as
nossas expectativas e ficámos surpreendidos de como
pudemos fazer tanta diferença ao pé dos doentes. A partilha de sorrisos, de emoções, de pequenas palavras,
de carinho, de felicidade e de
amor foi mútua, chegámos
com o objetivo de dar mais
aos outros mas saímos com
o sentimento de que recebemos muito mais pela parte
de toda a comunidade das
diferentes Unidades. Também tivemos a oportunidade
de fazer vários momentos de
reflexão e de partilha que
nos esclareceram sobre a
importância do auxílio e da
hospitalidade, sobre como a
nossa ajuda em pequenas
coisas pode ser preciosa,
sobre como podemos fazer a
diferença no dia de uma
pessoa. Sem dúvida que este
fim-de-semana ficará guardado para sempre nos nossos corações e sem dúvida
foi uma mais valia para o
nosso percurso na preparação para receber o Sacramento do Crisma. "Uma pessoa vale mais que o mundo
inteiro”.
Ana Saraiva
(Comunidade Sal e Luz)
Visita do Grupo de Auto-Representação da APPACDM
Instalações da CSRSI
No passado dia 26 de novembro recebemos a visita do Grupo de Auto-Representação da
APPACDM de Montemor-oVelho que é constituído por 20
utentes, acompanhados por
duas técnicas. A chegada e
acolhimento na portaria decorreu pelas 10h30. Seguiu-se na
Sala de Formação a apresentação, pela vice-presidente Natalina Heleno e pela presidente
Manuela Lima, dos diapositivos
que abordam o trabalho
desenvolvido pelo grupo [email protected] Teve ainda lugar um
debate com partilha de ideias
sobre o trabalho realizado em
cada um dos grupos. Efetuouse uma visita guiada pela Casa
de Saúde, focando-se os
seguintes espaços: ateliers, bar,
poster elaborado pelas [email protected], Capela e Quinta das
Romãzeiras. Depois teve lugar
no Campo de Férias um muito
apreciado almoço oferecido
pela Casa de Saúde. Da parte
da tarde houve o testemunho
apresentado pela Manuela
Lima, seguido da Discussão
sobre a temática “Participação
da Pessoa com Deficiência ou
Doença Mental na sua Gestão
Financeira”, tendo a maioria
dos participantes, considerado
importante e concordado participar na sua própria gestão
financeira. No entanto considerou-se que em alguns casos faz
sentido a colaboração do terapeuta de referência e/ou fami-
liares na gestão financeira,
porém nunca sem a participação da própria pessoa.
Na sessão de encerramento
oferecemos à APPACDM como
lembrança um Coração Hospitaleiro e recordações individuais com o logótipo das [email protected] em forma de portachaves, elaborados nos ateliers
pelas utentes. Em poucas palavras os visitantes na despedida
agradeceram as originais e
lindas lembranças, o nosso
cordial acolhimento e expressaram o desejo de voltarem a
ter, para o ano, a nossa simpática visita. Bem hajam então ao
Grupo [email protected], e à Direção
da CSRSI por ter possibilitado
este encontro. Manuela Lima
III Feira de Artesanato e Gastronomia da Venda da Luísa
Atuação do
Rancho Folclórico
“Rosas de Santa Isabel”
No passado dia 7 de receção e o convite que Para além da participação
dezembro o Rancho Folcló- nos foi endereçado.
na tarde de folclore tiverico “Rosas de Santa Isabel”
mos oportunidade de visida Casa de Saúde Rainha
tar a Feira de Artesanato.
Santa Isabel participou na
Foi uma tarde muito aniIII Feira de Artesanato e
mada que a todos proporcionou momentos de lazer
Gastronomia da Venda da
e diversão.
Luísa a convite da colaboradora Lídia Sousa a quem
A Terapeuta Ocupacional
agradecemos a amável
Kátia Pereira
Página 3
Jornal A Prenda
DIA INTERNACIONAL DOS VOLUNTÁRIOS
O dia Internacional do
Voluntariado celebra-se a 5
de dezembro, e por todo o
mundo são realizadas ações
relativas a este dia, que
visam sensibilizar para as
boas práticas do voluntariado e a sua importância para
a melhoria da qualidade de
vida dos clientes/utentes.
Segundo o art. nº 2 da Lei
n.º 71/98, de 3 de novembro, o Voluntariado é o conjunto de ações de interesse
social e comunitário, realiza-
das de forma desinteressada
por pessoas, no âmbito de
projetos, programas e outras
formas de intervenção ao
serviço dos indivíduos, das
famílias e da comunidade.
Os voluntários que prestam
serviço de Voluntariado na
Casa de Saúde Rainha Santa
Isabel, celebraram esse dia
com a renovação do compromisso de voluntário na
eucaristia dominical no dia
07/12/2014, sendo lido o
testemunho da voluntária
Mª Inês Pocinho.
Finalizada
a
eucaristia,
seguiu-se almoço convívio,
partilha e troca de experiências e visita à exposição de
Natal, onde se encontram
trabalhos elaborados pelas
clientes/utentes.
Muito obrigado à direção
por proporcionar aos voluntários prestar serviço de
voluntariado e convívio enriquecedor.
Sgóis
Esta melhoria tem-nos dado
pretextos para o investimento do jogo pelo jogo; a
invenção da prática desportiva também é uma dimensão
social.
A CSRSI obteve o 3º lugar
mas, para além das evidências, foi um dia colorido, com
momentos de partilha, de
convívio e de cooperação.
Ganhar é sempre um objetivo operacional mas, este tipo
de encontros, proporciona
bons momentos e angariação de competências sociais.
O mais importante é a participação! O treino, para as
pessoas assistidas, deve ser
moderado e não imposto.
Neste sentido, refere Simon
(1991) “ [só assim haverá
adaptações
importantes”].
Pela parte que desejamos o
exercício físico, não se pauta
para o esforço isométrico
como acontece pelo imediatismo dos ginásios e pela
perplexidade
comercial
(aparentemente corpos bem
estruturados) mas, pelo contrário, como forma de integração e, quem sabe, uma
forma de centralizar o indivíduo perante o facto de [não
ter o que fazer] e, por uma
sensação de osmose, retornar à ocupação e ao empenhamento de si mesmo e da
sua auto-imagem.
À chegada, a alegria e a
satisfação, sentiram-se, mas,
para além das evidências, a
serenidade e o dever cumprido foram estabelecidos.
Até para o Ano!
Voluntários na Eucaristia a
assinar o compromisso de
Voluntario
Jogos Tradicionais
No dia 18 de novembro, de
2014 realizaram-se, mais
uma vez, de forma aprazível,
os jogos tradicionais, provindos da Clínica da Luz, recebendo-nos, a todos os participantes, com hospitalidade
e alegria. Este ano, parcialmente, os jogos foram alternados e dissemelhantes,
contando com 5 jogos, plenos de exercício e motivação.
Note-se que, numa revisão
de estudos efectuada por
Wesley Sime (1984), o autor
comprovou que a prática de
exercício físico contribui para
reduzir os estados de ansiedade e de depressão do indivíduo e para uma melhoria
do seu bem-estar (referido
por Bishop, 1994, pág.120).
Este é o argumento que nos
move!
Joaquim Falcão
Visita do Pai Natal
A Associação Dar Voz, com
a colaboração do Serviço
de
Terapia
Ocupacional ,realizou na tarde do dia
19 de dezembro a habitual
visita do Pai Natal às diversas Unidades da Casa de
Saúde Rainha Santa Isabel.
Em cada Unidade as utentes aguardavam ansiosamente a visita. Assim que
se ouviam os sinos e que
soava o “Oh Oh Oh” a
curiosidade e alegria despertava. As utentes foram
presenteadas com chocola-
tes e balões oferecidos pela
Associação Dar Voz.
Mais do que uma tradição
este é um momento muito
apreciado pelas utentes,
proporcionando-lhes carinho e alegria.
A TO – Kátia Pereira
Visita do Pai Natal
N
X
A
R
R
O
S
T
N
A
T
A
L
O
I
A
I
U
P
R
E
S
E
N
T
E
S
U
A
J
S
O
L
I
D
A
R
I
E
D
A
D
E
L
U
C
T
U
B
O
N
E
C
O
A
R
E
L
R
V
I
I
A
R
N
E
V
E
U
R
I
L
R
A
E
M
M
D
E
F
I
C
I
E
N
C
I
A
B
N
E
O
A
J
E
S
U
S
I
L
V
C
M
A
T
N
D
N
G
U
F
A
M
I
L
I
A
O
N
U
T
E
P
A
I
U
N
A
T
A
L
M
R
A
D
O
M
A
P
A
R
T
I
L
H
A
A
T
D
E
M
I
I
P
A
S
S
A
S
U
I
R
U
A
Z
A
V
O
L
U
N
T
A
R
I
A
D
O
S
T
SOPA DE LETRAS
Encontra na sopa de letras
as 8 palavras descritas ao
lado
NATAL
NASCIMENTO
FAMILIA
SOLIDARIEDADE
DEFICIENCIA
PARTILHA
VOLUNTARIADO
JUVENTUDE
Tarte de Frutos Secos
Ingredientes:
• 1 Embalagem de
massa quebrada;
• 200 gr de acúcar;
• 200 gr de miolo de
noz torrada;
• 100 gr de pinhões
torrados;
• 8 gemas + 4 ovos;
• 1,5 dl de água;
• Raspa de casca de 1
limão
Confeção:
Liga-se o forno a 160º
C.
Forra-se uma tarteira
com massa quebrada.
Reserva-se.
Pique o miolo de noz
com uma faca, deite
numa tigela e reserve.
Deite o açúcar e a água
num taxo, mexa, leve ao
lume e deixe ferver
durante 3 m.
Junte o miolo de noz e
mexe-se durante uns
segundos e retire-se do
lume e deixe arrefecer.
Numa tigela bata as
gemas e os ovos com
raspa do limão e junte
ao preparado de noz em
fio, mexendo sempre.
Deite o preparado para
a tarteira, polvilhe com
os pinhões e leva-se ao
forno, durante 40m.
Verifique com um palito
para ver se está cozido.
Retira-se,
polvilha-se
com canela e deixa-se
arrefecer.
BOM APETITE !
IHSCJ - Casa de Saúde Rainha Santa
Isabel
Rua Padre Bento Menni
3150-146 Condeixa-a-Nova
Tel: 239949070
Fax: 239945329
E-mail:
[email protected]
Ficha Técnica
Edição: Casa de Saúde Rainha Santa
Isabel
Coordenação:
Sónia Góis
Redação:
Ana Saraiva, Joaquim Falcão, Kátia
Pereira, Sónia Góis, Manuela Lima.
Arranjo Gráfico:
Equipa Coordenadora
E-mail:
[email protected]

Documentos relacionados

Sumário - Irmãs Hospitaleiras

Sumário - Irmãs Hospitaleiras nossa experiência, e se veste uma bata amarela com um coração hospitaleiro bordado no bolso. E como não poderia deixar de ser, falei sobre o primeiro Voluntário Hospitaleiro e Fundador desta grande...

Leia mais

Jornal A Prenda N.º 3, MAI/JUN 2015

Jornal A Prenda N.º 3, MAI/JUN 2015 Um grupo de clientes/utentes que participam nas Marchas Populares foram representar a CSRSI; Alcabideque, à Santa Casa de Misericórdia de Condeixa, à Ega e ao Parque Verde. O Instituto das IIHSCJ p...

Leia mais