Mensagem aos Professores

Сomentários

Transcrição

Mensagem aos Professores
Discurso da aluna Camila Braga na formatura da Turma 2010, em 8.12.2012.
Mensagem aos professores
Autoria: Camila Braga e Márcia Araujo
Boa noite a todos,
A rica experiência que temos vivido aqui, ao longo de três anos,
compôs por si só o texto que ora lemos para nossos queridos convidados e
demais integrantes presentes, cuja proposta merece nosso elogio pela
inovação e pertinência que na perseguição pela constante melhoria hoje
coroa seu êxito através de nós, formandos da turma 2010.
À Madalena e Clara nosso agradecimento especial pela dedicação a
nossa turma, nos ajudando a lidar com nossos medos, angústias, fazendo
desta turma um grupo muito especial que soube e saberá lidar por toda a
vida com suas adversidades, tornando-o coeso e comprometido com o
sucesso de cada um.
A Maria Cecilia que nos ensinou que quanto mais vinculo mais
autônomo nossos alunos serão.
A Cristina Porto que igualmente parece ter nos acompanhado desde
o primeiro período tal a sintonia que o grupo sente não somente com sua
maestria em conduzir cada aula, mas com nossas resistências, bagunças e
processo de aprendizagem.
Del é claro não poderia deixar de ser citada. É uma professora cuja
proposta vai além da disciplina, sempre nos surpreendendo com seu
olhar estendido.
Ana Lacombe e Beatriz Cardoso que nos envolveram em um mundo
de fascínio proporcionaram o conhecimento profundo de nosso alunos.
À Melissa Lamego por nos proporcionar a experiência do belo, o
conhecimento da alma apurando os nossos sentidos.
Ao Helio que, com maestria, ministrou as aulas de artes fazendonos enxergar a arte em todos os lugares.
À Elza e Janaina com quem aprendemos que a musica tem seu
lugar no currículo escolar.
À Valeria, que nos apresentou o mundo da leitura e escrita
deixando-nos cada vez mais autônomos e seguros na construção de um
texto coeso e de coerência.
À Isabella com quem aprendemos que o currículo é a identidade do
local ao qual trabalhamos e portanto a nossa também.
À Heloísa, que nos apresentou ao grupo operativo fazendo-nos
refletir sobre os papeis que emergem do mesmo.
Ana Genescá e Lucia Cid que nos ensinaram que ética começa com
nossas próprias atitudes, nossas escolhas.
Laura Jane, responsável por nos inserir no mundo das libras, uma
tarefa nada fácil.
Adriana com quem exploramos o conhecimento de nosso corpo e
desafiamos a nossa coordenação motora.
Gostaríamos também de relevar o trabalho alegre da professora
Daniela que trouxe significativa ampliação do nosso olhar sobre nós
mesmos e sobre a disciplina, enriquecendo nosso universo e o das
crianças a quem educamos.
Em especial, lembramo-nos de nosso querido professor Tomas que
com sua sabedoria soube conduzir a turma extrapolando a nosso ver o
mérito de professor coroado, tornando-nos curiosos acerca da filosofia,
desmistificando o monstro.
Não poderíamos sair da esfera dos agradecimentos sem mencionar
nossa querida Maria Lucia que observou o nosso crescimento e fez
diferença em nossas aulas com suas intervenções sempre pertinentes ao
nosso esclarecimento.
E num ambiente onde todos são educadores não poderíamos deixar
de agradecer a nossa querida Claudia Casa Nova que sempre teve uma
palavra, uma disponibilidade, um incentivo e nos recebeu tão bem desde
o primeiro momento em que aqui chegamos.
Sintam-se
igualmente
homenageados
Adriano
e
Anderson
no
cumprimento de suas funções.
Um caloroso e especial agradecimento, dirigimos aos queridos Tião e
Diego que compartilham conosco dos nossos lanches, das nossas aflições,
tornando esse ambiente ainda mais agradável e rico. Sem eles, duas
figuras excepcionais, risonhas e calorosas, certamente nossos intervalos
não teriam sido tão agradáveis.
Não nos estenderemos além dos agradecimentos por longo tempo para
não perder uma das características que compõem esta turma, a alegria,
ou seja, vamos à festa.
Porém, não sem antes registrar que aprendemos bastante aqui, para
além do currículo. Aprendemos a nos tornar críticos, a nos agruparmos, a
nos ajudarmos, a nos admirarmos e a respeitar nossas diferenças.
Aprendemos que um professor não se faz somente com livros e
leituras, mas na construção do elo que o vinculará positivamente com
cada aluno, na busca pelo melhor, pela observação sensível sobre cada
aspecto que compõe o humano que muitas vezes surge como fera
indomável na defesa da perda de uma estabilidade imaginária que
muitas
vezes
oblíqua
à
expansão
de
um
aluno
impedindo
seu
crescimento.
Aqui não se forja professor, se cultiva. Não somos meros aplicadores
de
técnicas,
fazemos
a
diferença
na
medida
em
que
acolhemos
diferentemente cada um com suas particularidades. Crescemos à medida
que conquistamos mais capacidade de reflexão e aprendizado constante.
O registro tão combatido, tão suado, nos custa tempo e dedicação que
se convertem em pensamento, em reflexão, em ampliação à medida que
nossa mão vai lapidando um esquema em prol de outro que se desenha
sob nossa consciência e sobre o qual nos debruçamos desenvolvendo nossas
próprias teses e argumentos.
Lá, como pilar inicial de todo este processo edificante agradecemos
in memoriam a Paulo Freire que se fez presente em cada tecer das nossas
relações e assim permanecerá como memória de todo grande professor
brasileiro.
Enfim, mais uma etapa se fecha hoje neste processo, mas estará
sempre conosco em cada ambiente onde o conhecimento, a ética, a
aprendizagem e o humano estejam presentes, pois é dele que o professor se
incumbe, da valorização do ser humano no seu processo de construção da
aprendizagem.
Tecemos ao final deste curso uma colcha de retalho,composta por
pedaços de cada um de vocês. Vocês nos afetaram e temos a certeza que
também foram afetados por nós, agradecemos imensamente a dedicação e
o compromisso com a nossa formação ou melhor com a construção desse
novo ser.
Boa noite.