1ºSáb - Igreja Adventista do Sétimo Dia

Сomentários

Transcrição

1ºSáb - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Primeiro Sábado
Poder para
Acabar o Trabalho
PROCLAMANDO A MENSAGEM DOS TRÊS ANJOS
POR TED N. C. WILSON
Estamos a viver em tempos incríveis. Os que estão sintonizados com as profecias bíblicas e
com os acontecimentos dentro e fora da Igreja Adventista do Sétimo Dia tomaram consciência
de que Deus está a fazer algo fora do comum. Creio, de todo o coração, que Jesus voltará em
breve! Embora ninguém deva, em altura alguma, predizer e especificar qualquer data, foramnos dados sinais na Bíblia que apontam para o tempo que antecede a volta do Senhor, e esse
tempo é agora!
Como sabe, a Bíblia e o Espírito de Profecia chamam a um reavivamento e a uma reforma, o
que significa cumprir as instruções de Deus para nos prepararmos para receber a chuva
serôdia do Espírito Santo tal como foi predito em Joel 2, Oseias 6, e Atos 2. As Suas
instruções estão bem delineadas em II Crónicas 7:14. Ele fala connosco quando diz: “Se o
meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se
converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e
sararei a sua terra.”
Quando nos humilhamos perante Deus pelo poder do Espírito Santo, orando sinceramente
pela Sua direção, buscando a Sua Palavra e desistindo da nossa agenda pessoal, permitindo
que Deus nos guie à verdade, então Ele ouvirá, perdoará e curar-nos-á. Atrair-nos-á para um
relacionamento muito mais chegado com Ele, de forma a que possamos ajudar a terminar o
Seu trabalho aqui nesta Terra.
Ore como nunca orou. Deus está a chamar-nos para um relacionamento renovado e reformado
com Ele, para que estejamos preparados para proclamar as mensagens proféticas que nos
confiou como Sua Igreja remanescente. A compreensão Adventista do Sétimo Dia das
profecias dos livros de Daniel e Apocalipse ajuda a unir a nossa estrutura teológica, dando
propósito, identidade e uma clara visão da nossa missão mundial.
Deus está a chamar-nos para partilharmos as três mensagens de Apocalipse 14 neste tempo.
Se já houve um tempo em que se pudesse aplicar essa compreensão única da mensagem
profética Adventista do Sétimo Dia para uma era secular, esse tempo é agora.
Receba. Creia. Reavive-se.
Contudo, para que as possamos proclamar, temos, primeiro, de interiorizar essas mensagens
para nós próprios, recebendo-as, crendo nelas e sendo reanimados por elas. Como é que estas
mensagens especiais nos reanimam?
Elas mudam-nos à medida que as interiorizamos. As mensagens são cheias de luz e, à medida
que se tornam parte de nós, brilham através de nós como luz para os outros. Então,
compreendemos como essas mensagens são vitalmente verdadeiras e, como amamos Deus,
queremos partilhar esta verdade que transforma vidas com os outros.
É essa a comissão que nos deu o próprio Jesus, como é expresso em Apocalipse 14. É uma
comissão para o Seu povo remanescente, e é um trabalho que não foi dado a mais ninguém.
É-nos dito em Testemunhos para a Igreja que “em sentido especial os Adventistas do Sétimo
! ! ! ! - RA - 09/15 – Primeiro Sábado.doc
1111
Dia foram postos no mundo como vigias e portadores de luz. Foi-lhes confiada a última
mensagem de advertência a um mundo a perecer. Sobre eles incidiu a maravilhosa luz da
Palavra de Deus. Foram incumbidos de uma obra da mais solene importância – a proclamação
da primeira, da segunda e da terceira mensagens angélicas. Não existe nenhuma outra obra de
tão grande importância. Não devem permitir que nenhuma outra coisa absorva a sua atenção”.
1
As Três Mensagens Angélicas
Os primeiros crentes do Advento pregavam a volta de Jesus em 1844 e enfrentaram o Grande
Desapontamento tal como foi revelado em Apocalipse 10. Contudo, o seu trabalho ainda não
estava completo. Havia uma mensagem adicional que Deus queria que levassem a todo o
mundo. Esta mensagem está dividida em três partes e é delineada em Apocalipse 14:6-12.
Primeira Mensagem: A mensagem do primeiro anjo (versículos 6, 7) proclama o Evangelho
eterno, a salvação pela justiça e pela graça de Cristo – o Seu poder justificador e santificador.
O anjo anuncia que chegou o tempo do juízo e chama o povo para que volte para a verdadeira
adoração a Deus e O reconheça como Criador.
O chamado a adorar Deus como Criador coloca automaticamente nas pessoas a
responsabilidade de observar o dia que honra o Seu ato criador. Os seres criados não podem
honrar o seu Criador enquanto desafiam o mandamento para santificarem o Sábado – o sétimo
dia da semana – que o próprio Deus separou como um memorial da Sua Criação.
Durante o tempo de angústia imediatamente anterior à vinda de Jesus, o sétimo dia, o Sábado,
será a questão central do conflito. Ellen White escreve: “O Sábado será a pedra de toque da
lealdade, pois é o ponto da verdade especialmente contestado. Quando a prova final sobrevier
aos homens, traçar-se-á a linha divisória entre os que servem Deus e os que não O servem.”2
Adorar Deus como Criador significará estar disposto a rejeitar as falsas teorias sobre a origem
da vida, incluindo a Evolução. É impossível crer na Evolução, quer teísta, quer geral, e dizer
que Deus é o Criador do Céu e da Terra e de toda a vida que contêm. Mantenha-se firme na
defesa da crença na criação deste mundo realizada por Deus através da Sua Palavra em seis
dias literais e consecutivos de origem recente, culminando esta semana no mesmo Sábado
maravilhoso de que desfrutamos a cada sete dias.
Segunda Mensagem: a segunda mensagem angélica, encontrada no versículo 8, anunciando
a queda de Babilónia, foi a primeira a ser apresentada no verão de 1844. Como, na profecia,
este anúncio segue cronologicamente a pregação do juízo, e como as igrejas a que a
mensagem se aplica foram em tempos puras, o termo “Babilónia” refere-se aqui às igrejas que
rejeitaram a advertência do juízo.
A segunda mensagem, “caiu Babilónia” é repetida em Apocalipse 18:1-4. O povo de Deus que
ainda estiver em Babilónia é chamado a sair, para não ser culpado de participar nos seus
pecados e não receber as pragas que estão para ser derramadas sobre ela. Portanto, Babilónia
é constituída por igrejas que ensinam muitos erros teológicos, que lhes foram passados pela
Igreja da Idade Média.
Terceira Mensagem: A terceira mensagem angélica, encontrada nos versículos 9-11, contém
um aviso claro: não adorar a besta e a sua imagem, nem receber a sua marca. Fazer isso terá
como resultado a aniquilação. O conteúdo da terceira mensagem é baseado na profecia do
capítulo anterior, Apocalipse 13. A besta representa a Igreja apostatada. Neste capítulo, o
segundo animal, que representa os Estados Unidos, cria uma imagem desta besta. É-nos dada
uma definição da imagem nas páginas 368 e 369 de O Grande Conflito.
Estamos muito gratos pela liberdade religiosa que nos é garantida em tantos países, incluindo
! ! ! ! - RA - 09/15 – Primeiro Sábado.doc
2222
os Estados Unidos. Contudo, de acordo com a profecia bíblica, está a chegar o tempo em que
a nossa liberdade religiosa será reduzida e em que as Igrejas controlarão de tal modo o
governo que este emitirá leis que cumprirão os desejos das Igrejas apostatadas.3
A marca da besta – a observância de outro dia além do Sábado – é uma instituição que dá,
claramente, autoridade à besta. Uma Igreja mundial gaba-se, com audácia, de ter transferido o
repouso sabático do Sábado, instituído na Criação, para o domingo. Outras Igrejas afirmam
que adoram ao domingo como memorial da ressurreição de Cristo. Nenhuma destas posições
se encontra nas Escrituras. Como resultado, o reconhecimento devido ao Criador é eliminado.
Um Efeito Poderoso
Os líderes religiosos apóstatas não serão capazes de refutar as evidências escriturísticas da
santidade do Sábado, e isso enche-os de ira. Como resultado, os guardadores do Sábado serão
perseguidos e presos. No meio destes eventos, a proclamação da terceira mensagem terá um
efeito nunca visto. As pessoas verão que as profecias que se encontram em Daniel, Mateus,
Marcos, Lucas, Apocalipse e noutros sítios das Escrituras estão a cumprir-se exatamente
como os guardadores dos mandamentos disseram que seria. A formação da imagem da besta e
o decreto-lei do domingo levarão à ruína nacional e internacional.
Aqueles que se firmarem no seu Salvador e se recusarem a abandonar as verdades
encontradas nas três mensagens angélicas tomarão consciência de que têm de fazer o seu
dever, apresentando estas mensagens e deixando os resultados com Deus. Lemos que terão “o
rosto iluminado” e que “apressar-se-ão de um lugar para outro para proclamar a mensagem do
Céu. … Haverá prodígios, os doentes serão curados, e sinais e maravilhas seguirão os
crentes. … Assim, os habitantes da Terra serão levados a decidir-se”.4
Um Futuro Entusiasmante
Estudantes da Bíblia, de Daniel e de Apocalipse, este é o futuro entusiasmante para o qual
fomos chamados: Ajudar a terminar a grande obra de Deus, ao proclamar estas poderosas
mensagens! Apenas confiando inteiramente em Jesus e na Sua justiça e no poder do Espírito
Santo poderemos realizar seja o que for! Deus está a preparar-me e a preparar-vos para algo
fora do comum que acontecerá em breve – o derramamento da chuva serôdia do Espírito
Santo – para sermos restaurados e estarmos prontos para proclamar, corajosamente, estas
maravilhosas mensagens!
Deus está a transformar o coração daqueles que ouvem esta fantástica mensagem profética,
aqueles que tomam uma decisão por Cristo. Que privilégio poder partilhar esta mensagem
profética e pedir a Deus, humildemente, um reavivamento e uma reforma através do poder do
Espírito Santo.
Está Disposto?
Como crentes nas profecias, na justiça de Cristo e na Sua breve vinda, estamos dispostos a
renovar o nosso compromisso com Cristo, ao seguirmos o Seu exemplo de advertir o mundo e
partilhar o Seu amor? Estamos dispostos a partilhar as mensagens, distintas, proféticas, dos
três anjos? Estamos dispostos a ser usados por Deus nestes últimos dias da história da Terra,
para partilhar, com amor e poder, a Sua última mensagem de redenção, amor e juízo?
Então, vamos, primeiro, nós próprios, receber e acreditar nestas mensagens, permitindo que
elas nos reavivem, reformem e transformem, para que a luz da verdade brilhe através de nós
para um mundo em trevas.
Um dia, muito em breve, olharemos para cima e veremos uma pequena nuvem escura do
! ! ! ! - RA - 09/15 – Primeiro Sábado.doc
3333
tamanho de metade da mão de um homem. Ela irá ficar cada vez maior e mais brilhante.
Milhões de anjos formarão essa maravilhosa nuvem encimada por um arco-íris brilhante e
com relâmpagos por baixo. Mesmo no meio dessa nuvem incrível estará Aquele por Quem
esperávamos: o nosso Salvador e Senhor, Jesus Cristo, vindo como Rei dos reis e Senhor dos
senhores. Que dia será esse!
Se deseja submeter-se, humildemente, ao Senhor, Àquele que inspirou os livros de Daniel e
Apocalipse, Àquele que nos convida a sermos reavivados e a proclamar as mensagens dos três
anjos que Ele deu, e Àquele que nos pode salvar com a Sua veste de justiça e o Seu poder
santificador para nos tornarmos mais semelhantes a Ele – se Lhe quiser pedir para o usar na
partilha das Suas mensagens proféticas nesta hora tão grave do tempo do fim da história desta
Terra, eu convido-o neste momento, enquanto lê isto, onde quer que esteja, a baixar a sua
cabeça e a fazer um compromisso com Cristo, pedindo-Lhe que o reavive completamente
através de uma compreensão e aceitação das Suas três mensagens angélicas. Depois, que Ele
lhe possa dar coragem e força para partilhar estas espantosas mensagens com o mundo.
Breve Jesus voltará!
1. Ellen G. White, Testemunhos para a Igreja, Vol. 9, pág. 19.
2. Ellen G. White, O Grande Conflito (Publicadora SerVir), pág. 504.
3. Ibid., pág. 370.
4. Ibid., pp. 509 e 510.
TED N. C. WILSON É PRESIDENTE DA IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIM DIA
PERGUNTAS PARA
REFLETIR
E PARTILHAR
1. O que significa viver em paciente expectativa da volta de Jesus?
2. Porque será o Sábado “a pedra de toque” no fim dos tempos? Será o quarto mandamento o
mais importante de todos?
3. Qual devia ser o nosso foco enquanto esperamos a breve volta de Jesus? Desenvolver o
nosso relacionamento com Ele? Ajudar os outros? Estudar as doutrinas bíblicas? Explique.
! ! ! ! - RA - 09/15 – Primeiro Sábado.doc
4444

Documentos relacionados

3. a segunda mensagem - Adventistas Históricos

3. a segunda mensagem - Adventistas Históricos A palavra hebraica ‘Elohim’, referindo-se a Deus em Gênesis 1:1, é o plural de El (ou possivelmente Eloah) e significa majestade, grandiosidade, ou alta autoridade. A mesma palavra Elohim, em Êxodo...

Leia mais