guia do Fórum - Elite Recruitment Careers

Сomentários

Transcrição

guia do Fórum - Elite Recruitment Careers
Um Fórum organizado pela
Fórum de Recrutamento
Lisboa
11, 12 e 13 Março 2011
Guia do Fórum
Workshops
Networking
Entrevistas
Patrocinado por
Apresentações
www.elite.co.ao
ElitE
AnGolAn
CArEErs
Fórum de recrutamento
Lisboa | 11, 12 e 13 Março 2011
Ganha um
iPhone4!
Assiste às Apresentações de
Recrutamento das Empresas
no sábado dia 12 de Março
e preenche o formulário
de presença para poderes
concorrer a este prémio.
Quanto mais apresentações
assistires mais hipóteses
tens de ganhar!
O vencedor será escohido
aleatoriamente e anunciado
às 18h45 durante a Sessão
de Encerramento do Fórum.*
*O prémio apenas será atribuído
se o candidato estiver presente
durante o sorteio do mesmo.
sorteio
Patrocinadores Ouro
www.elite.co.ao
bem-vindos!
Bem-vindo à 3ª Edição do Fórum de
Recrutamento Elite Angolan Careers
em Lisboa que decorrerá de 11 a 13 de
Março de 2011, mais uma iniciativa da Elite
International Careers.
Após seis meses de um processo intenso de recrutamento e selecção, foi
convidada(o) pela nossa equipa de Aquisição de Talento a juntar-se a um grupo de
400 candidatos angolanos de talento que
ambicionam regressar a “casa” e contribuir
para o desenvolvimento do seu país de
origem, participando assim do Programa
de Angolanização, que as iniciativas da Elite
visam apoiar.
Como fruto do extenso trabalho a nível
global da equipa de Aquisição de Talento,
este ano temos o prazer de contar com a
participação neste Fórum de candidatos
angolanos vindos de diversos países da
Europa entre os quais Alemanha, Bélgica,
Federação Russa, França, Holanda, Noruega, Polónia, Reino Unido da Grã-Bretanha
e Irlanda do Norte, República Checa.
Todos os Fóruns organizados pela Elite
tiveram excelentes resultados no que respeita à integração de um número significante de quadros angolanos nas empresas
participantes. Na página 44 pode ler os
testemunhos de alguns casos de sucesso.
Esperamos que no próximo Fórum seja seu
o testemunho a ser usado nesta página!
Durante todo o fim-de-semana do Fórum,
para além de poder agendar entrevistas
formais, terá a oportunidade de contactar
com Responsáveis Seniores dos Recursos
Humanos e de outros departamentos das
empresas participantes, bem como de assistir às suas apresentações corporativas,
participar em workshops organizados pela
Elite e ainda estabelecer contacto e trocar
experiências com outros candidatos...
o maior proveito desta oportunidade
única!
Note que as empresas agendarão novas
entrevistas no decorrer de todo o fimde-semana. Certifique-se que consulta
com regularidade os ecrãs da Elite na área
dos Stands das Empresas, para saber
informações sobre as novas entrevistas
agendadas. Além disso, mantenha o seu
telemóvel ligado (no silêncio) para que
possamos contactá-la(o) por sms! A
equipa da Elite estará sempre disponível
para ajudá-la(o) com qualquer dúvida que
tenha... basta perguntar!
Por fim, não poderíamos deixar de agradecer a todas as organizações e indivíduos que tiveram um envolvimento muito
próximo e notável, contribuindo para a
atracção de candidatos para este evento.
Assim, um ‘Muito Obrigado’ às Associações de Estudantes Angolanos e Núcleos
das Universidades em Portugal, no Reino
Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte,
na Federação Russa e na Polónia; aos
Consulados Angolanos em toda a Europa;
à JMPLA Coimbra; aos nossos parceiros
de Comunicação Social: Angola Global,
Club-K, Economia & Mercado, Editando,
Expansão, Estratégia, Novo Jornal e SAPO;
assim como a todos os candidatos que
cooperaram com a Elite incansavelmente
em “passando a palavra” a amigos, colegas
e familiares.
Agradecemos ainda a todas as empresas
participantes e em particular aos nossos
Patrocinadores Ouro: Chevron, OPS – Serviço de Petróleos SA, Technip Angola/Angoflex e Total E&P Angola, por se juntarem
a nós em Lisboa para mais um promissor
evento da Elite International Careers.
Desejamos-lhe uma participação efectiva e
proveitosa, fazendo votos de que alcance
a oportunidade de embarcar num desafio
profissional em Angola! 
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
Gisela Gonçalves
Directora de Aquisição de Talento
“Para além de
entrevistas formais,
terá a oportunidade
(...) de assistir às
apresentações
corporativas,
participar em
workshops
organizados
pela Elite e ainda
estabelecer
contactos e trocar
experiências com
outros candidatos...”
bem-vindos
1
índice
Bem-vindos Elite Editorial Agenda Apresentações Empresas Planta das Actividades
do Fórum Planta da Zona de Exibição Funções Perfil dos
Patrocinadores Perfis das Empresas Chevron OPS - Serviços de
Produção de Petróleos Technip Angola/Angoflex TOTAL E&P ANGOLA Tome nota Testemunhos Jogos Notas Media Partners
01
02
04
06
08
10
12
13
14
A equipa de Aquisição de Talento da Elite é
composta por jovens dinâmicos de diversas
nacionalidades, na sua maioria angolanos,
com experiência em Recrutamento &
Selecção.
15
18
32
Unidos pela paixão por Angola e pelo
desenvolvimento dos recursos humanos
do país, a equipa apoia a política de
Angolanização, encarando os seus
candidatos como a maior riqueza do país.
É esta a sua principal motivação para
identificar estudantes, finalistas, e recém-licenciados e profissionais que queiram
contribuir e partilhar as suas competências
e know-how.
34
35
38
42
44
46
48
ficha técnica
Propriedade
Director Geral, África e
América Latina Miguel Vieira
Director Geral, EMEAPAC Nick Jesani-Lee
Directora de Aquisição
de Talento Gisela Gonçalves
Líder de Recrutamento Fóruns Elite, Equipa
Aquisição de Talento Natacha Gomes
Consultora de Aquisição de Talento & Team
Leader de RPOs Sofia Leitão
Consultores de Aquisição de Talento
Carla Jurema Justino, Vanessa Ressurreição,
Claudia Santos, Hugo Salvaterra
Estagiária Aquisição de Talento
em Londres Jessica Diogo
Estagiário Aquisição de Talento
em Portugal Helder Afonso
Embaixadora Aquisição de Talento
em Portugal Anélia Belarmino
Directora de Eventos Jessica Mason
Gestora de Eventos Karina Barbosa
Gestor de Desenvolvimento
de Negócios Hugo Fontes
Design gráfico e produção
Gestora de Desenvolvimento
de Negócios Ana Rodrigues
Assistente Administrativa Inês Silva
Coordenadora de Marketing
e Comunicação Ruth Agostinho
____
Contactos
Elite International Careers Ltd.
25 Floral Street – Covent Garden
WC2E 9DS London
Tel.: +44 203 402 2730
Fax: +44 203 402 2731
2
índice
Elite
Editando, Edição e Comunicação, Lda.
[email protected]
www.editando.pt
Fotografia
Editando e Direitos Reservados
Impressão
IDG - Imagem Digital Gráfica
Março de 2011
Conheça a equipa de
Aquisição de Talento
O que faz a Equipa de Aquisição
de Talento da Elite?
Seis meses antes do evento
• Identifica comunidades angolanas em
todo o mundo;
• Promove campanhas de divulgação
e informação sobre as oportunidades
existentes, realizando apresentações
em Universidades, Business Schools,
Institutos e núcleos dos países onde
estas comunidades se encontram;
• Realiza campanhas de atracção em
canais de Media relevantes, bem como
em websites, redes de networking
e blogs.
Três meses antes do evento
• Dá início à triagem dos CV de todos
os candidatos inscritos;
• Envia os CV seleccionados para as
empresas, de acordo com os perfis
indicados pelas mesmas.
Seis semanas antes do evento
• Recebe feedback das empresas
participantes;
• Procede ao convite dos
candidatos seleccionados para
entrevistas;
• Está envolvida na preparação do
Fórum, garantindo que todos os
candidatos convidados confirmam
a sua presença.
Após vários meses de trabalho, no
fim-de-semana do Fórum, a equipa
apresenta-se com grande satisfação
a todos os clientes e candidatos
com quem tem mantido contacto,
durante meses,por email ou telefone,
desejando a todos o maior proveito
neste evento! 
Estatísticas
das Inscrições
De onde vieram
os candidatos
convidados?
Portugal
Angola
Reino Unido
Irlanda
Holanda
Outros*
* Bélgica, Canadá, Espanha, Hungria,
Itália, Noruega, Polónia, República
Checa, Suécia
Áreas de função
dos candidatos
convidados
NOTÍCIAS ELITE!
Escritório da Elite abre em Luanda!
A nossa representação em Angola, Elite Angolan Careers (EAC), foi
estabelecida em Luanda em Julho de 2010, como resposta directa aos pedidos
e necessidades dos nossos clientes.
A nossa equipa de Luanda, possibilita a prestação de serviços de recrutamento
contínuos, não só em Luanda como nas restantes províncias, assegurando um
contacto mais próximo e directo com os nossos clientes.
Aconselhamos a todos os candidatos internacionais que regressem a Angola
que actualizem os seus contactos na nossa base de dados para que possamos
mantê-los sempre informados de futuras oportunidades locais.
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
Business e Marketing 11%
Contabilidade 13%
Economia e Finanças 9%
Engenharia e Earth Sciences 27%
Recursos Humanos 8%
Teconologias de Informática 12%
Logística 2%
Marketing 7%
Outros 11%
Elite
3
a oportunidade e os desafios!
Nas nossas duas edições anteriores,
abordámos aspectos relacionados com o
momento de mudança que Angola está
a viver com o início da terceira República;
falámos, de igual modo na participação
das Empresas na criação de condições
para que os Quadros Angolanos tenham a
oportunidade de desenvolver-se e, depois,
participar mais activamente no processo de
reconstrução nacional, sem prejuízo para o
alcance das suas metas de produtividade.
Nesta edição, pretendemos focalizar a
nossa atenção na outra variável importante
que é o candidato; e pretendemos fazê-lo
como forma de alertar os Quadros que, em
função da sua longa estadia no exterior do
País, encontram uma realidade, por vezes,
difícil de ser gerida.
Se por um lado existe a oportunidade
de crescimento para os Técnicos que
são recrutados e, consequentemente,
regressam para Angola, existem algumas
condicionantes para as quais deverão estar
preparados, sob o risco de condicionar o
seu sucesso.
O choque cultural tem sido uma das
barreiras mais fortes, porquanto os anos
de vivência no exterior do país levam-nos
a absorver hábitos e costumes diferentes;
nas organizações, o choque cultural é sentido na interação entre gerações (Veteranos, Baby Boomers, Geração X e Geração
Y), pelas diferenças marcantes dos seus
valores e das formas de comunicarem e
trabalharem.
A satisfação das necessidades básicas
(pirâmide de Maslow) ainda é um grande
desafio, porquanto o nosso mercado não
oferece soluções que permitam alcançar
valores de estabilidade para os Técnicos,
principalmente, em início de carreira.
A sociedade, fortemente influenciada
pela estrutura tradicional das sociedades
Africanas, constitui também um desafio
para quem regressa, atendendo ao facto
de que os anos vividos no exterior do País
modificam alguns dos paradigmas culturais
de origem; adicionalmente, assistimos um
processo de emigração de outros povos
que, motivados pela oportunidade que Angola representa, procuram fixar residência
de forma temporária ou definitiva.
4
editorial
Todos os desafios que tentamos contextualizar nos parágrafos acima, permitem-nos
reflectir sobre as maneiras de alcançarmos
sucesso na gestão das nossas atitudes
que é de todas as formas paradoxal; Se
aplicarmos alguns conceitos e princípios da
inteligência emocional e espiritual, as nossas chances de vencer, de atingir sucesso
serão sempre maiores.
Os candidatos/Técnicos que conseguirem conhecer os seus pontos fortes e as
áreas que precisam de desenvolver; os
que tiverem a capacidade de reconhecer
o que está a acontecer à sua volta; os que
conseguirem valorizar as diferenças; os
que conseguirem desempenhar as suas
funções com humildade; os que conseguirem exercer as suas funções com profissionalismo; os que conseguirem ser pacientes
e empenharem-se em aprender com as
outras gerações, terão sucesso garantido.
O evento que a Elite Angolan Careers
organiza constitui a Oportunidade soberana
para iniciar a conquista dos desafios que a
vida profissional apresenta! 
João André
Técnico de Recursos Humanos
“O choque cultural
tem sido uma das
barreiras mais
fortes, porquanto
os anos de vivência
no exterior do
país levam-nos a
absorver hábitos e
costumes diferentes”
agenda
Sexta-Feira, 11 Março
16:00
Registo
Foyer do Hotel
17:30 – 18:00
Abertura Oficial do Fórum
Sala Manhattan e Sala Broadway
18:00 – 19:30
Recepção de Networking
Área dos Stands (Mediterranean Ballroom)
Sábado, 12 Março
08:30
Abertura do Registo
Foyer do Hotel
09:00 – 13:00
Entrevistas
3º e 4º Andares
09:00 – 13:00
Networking
Área dos Stands (Mediterranean Ballroom)
10:00 – 13:00
Apresentações de Recrutamento das Empresas
Sala Broadway e Sala Manhattan
13:00 – 14:00
Pausa para Almoço
14:00 – 17:00
Apresentações de Recrutamento das Empresas
Sala Broadway e Sala Manhattan
14:00 – 18:30
Entrevistas
3º e 4º Andares
14:00 – 18:30
Networking
Área dos Stands (Mediterranean Ballroom)
Domingo, 13 Março
08:30
Abertura do Registo
Foyer do Hotel
09:00 – 13:00
Entrevistas
3º e 4º Andares
09:00 – 13:00
Networking
Área dos Stands (Mediterranean Ballroom)
09:30 – 12:00
Apresentações de Desenvolvimento de Carreira
Sala Broadway
13:00 – 14:00
Pausa para Almoço
14:00 – 18:30
Apresentações de Desenvolvimento de Carreira
Sala Broadway
14:00 – 18:30
Entrevistas
3º e 4º Andares
14:00 – 18:30
Networking
Área dos Stands (Mediterranean Ballroom)
18:45 – 19:00
Sorteio de Prémios e Encerramento do Fórum
Área dos Stands (Mediterranean Ballroom)
Sala Manhattan, Sala Broadway e Sala New York - Piso G1
Área de Congregação - Lobby do Hotel
6
bem-vindos
agenda
apresentações
Sábado, 12 Março
Sala Broadway
16h00
10h00
Nestlé
The world of Nestlé
Patricio Astolfi, Country Manager
1) Nestlé as the worlds’ leading
company in nutrition, health and
wellness;
2) The Nestlé way of doing
business: creating shared value
3) Nestlé commitment to Equatorial
Africa
4) People are Nestlé greatest asset
11h00
TOTAL E&P ANGOLA
12h00
OPS - Serviços de
Produção de Petróleos
OPS, apostando
na Formação e
Desenvolvimento
José Domingos Vunge, Director
Geral Adjunto
1) Operações (domínio mineiro,
offshore profundo, PAZFLOR,
HSA)
2) Instalações filial e condições
de Trabalho (TTA, Transportes,
Equipamentos, Logística)
3) Conteúdo Local e DD
4) Recrutamento (Números de
Recrutamento, Formação,
Regalias Sociais)
FMC Angola
José Costa Junior, Director Geral
1)
2)
3)
4)
Introdução da Companhia
Transformação de Qualidade
Projectos em Angola
Conteúdo Local e Angolanização
Matilde Aleluya, Supervisora de
Recursos Humanos
1) Histórico (Objecto social)
2) Objectivo
3) Formacao e desenvolvimento
dos seus quadros
4) Recrutamento de profissionais
angolanos em Angola e na
diáspora
A Total em Angola
Jorge Abreu, Director Geral Adjunto
FMC TechnologiesAngola
14h00
Siemens
Siemens – Building Bridges
Creating Opportunities
Director Geral
1)
2)
3)
4)
O que é a Siemens?
Onde está a Siemens?
A Siemens em Portugal e Angola
Com quem queremos contar?
Sala Manhattan
10h00
Odebrecht
Actuação empresarial
(Odebrecht pelo Mundo)
Justino Amaro, Gerente de Relações
Institucionais
1) Actuação Global
2) Compromisso com o país
11h00
15h00
Chevron
Saiba mais sobre a Chevron
Catarina de Paula, Supervisora
de Recrutamento
1) A empresa
2) Oportunidades de carreira
na Chevron
3) Visão e valores Chevron
4) Porquê trabalhar para a Chevron?
8
apresentações
SOGESTER
(Sociedade Gestora
de Terminais), S.A.
SOGESTER (Sociedade
Gestora de Terminais), S.A.
Aleixo Martins Panzo Nianga, Chefe
de Departamento de Técnicas de
Pessoal 1) Estrutura Corporativa
2) Objecto Social e Posição
no Mercado
3) Cultura Empresarial
4) Responsabilidade Social
Sugerimos que esteja presente
5 minutos antes do início de cada Apresentação
porque o número de lugares é limitado!
Sábado, 12 Março
Domingo, 13 Março
Sala Manhattan
Sala Broadway
09h30
12h00
15h00
Standard Bank
de Angola
PAENAL - Porto Amboim
Estaleiros Navais, Lda.
Bem-vindo ao mundo
Standard Bank de Angola
PAENAL – Estaleiro Naval
em Angola
Pedro Coelho, Director Geral
José Lopes, Director Geral Adjunto
1) Um pouco da história do
Standard Bank
2) Standard Bank em Angola
3) As oportunidades de Carreira
no Standard Bank Angola
1)
2)
3)
4)
Âmbito do Trabalho
Equipamento Principal
Pessoal & Formação
Projectos
16h00
14h00
Technip
Angola/Angoflex
Bem-vindo ao mundo
Technip Angola/Angoflex
Carla Ribeiro, Directora de Recursos
Humanos
Marco Carvalho, Director de
Recursos Humanos
1) Apresentação da Technip
Angola/Angoflex
2) Projectos Actuais e Futuros
3) Oportunidades de Emprego
existentes
4) Processo de Angolanização,
Formação e Mobilidade
Desenvolver um Network
Professional
Miguel Vieira, Director Geral, África
e América Latina, Elite International
Careers
10h30
Desenvolvimento de Carreira
e Responsabilidade Social
Gisela Gonçalves, Directora
de Aquisição de Talentos, Elite
International Careers e João André,
Técnico de Recursos Humanos
14h00
Elecnor
Actividades ‘Team Building’
ELECNOR - Geração,
Transporte e Fornecimento
de Energia
Gisela Gonçalves, Directora
de Aquisição de Talentos, Elite
International Careers
Javier López Tato, Director,
ELECNOR Sucursal de Angola
15h00
Felipe Kiangala Rodrigues,
Eng. de Produção
Gisela Gonçalves, Directora
de Aquisição de Talentos, Elite
International Careers
1) ELECNOR. História e Perfil da
Companhia. Actividades da
Empresa. Presença Internacional.
2) ELECNOR em Angola. Presença
Histórica. Implantação. Futuro.
Alguns Projectos de ELECNOR
Angola
3) O Desafio ELECNOR: Unir-se
a nós. Descrição de postos.
Carreira Profissional
4) Experiência duma pessoa
contratada em edições anteriores
da ELITE
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
Actividades ‘Team Building’
16h00
Actividades ‘Team Building’
Gisela Gonçalves, Directora
de Aquisição de Talentos, Elite
International Careers
17h30
Sessão de Perguntas
e Respostas
Gisela Gonçalves, Directora
de Aquisição de Talentos, Elite
International Careers
apresentações
9
empresas participantes
10
empresas participantes
planta das actividades do Fórum
Escadas para
a Sala Broadway e
Sala Manhanttan
Sala dos stands
Mediterranean Ballroom
LOBBY DO HOTEL
Escadas para
a Sala Broadway e
Sala Manhanttan
Elevadores*
Lobby
Recepção
do Hotel
Escadas para
a área dos stands
Entrada
principal do hotel
Citrus Bar & Restaurant
PISO G1
wc's
Elevadores*
Escadas
Sala Broadway
Sala dos stands
Mediterranean Ballroom
Sala de apresentações
Sala Broadway
Sala de apresentações
Sala Manhattan
*Acesso às Salas
de Entrevistas
12
planta das actividades do fórum
Sala Manhattan
planta da zona
de exibição
2
3
1
20
4
19
6
5
8
7
10
9
18
17
Área de
Apoio Elite
11
12
16
15
14
13
Entrada
Accenture Portugal
Aker Solutions Angola
Angola LNG
Banco Privado Atlântico
Chevron
Coca-Cola Bottling (Luanda) S.A.
FMC Technologies-Angola
Friedlander Angola
GENERAL ELECTRIC
KERO
Nestlé
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
10
19
1
6
16
2
8
7
4
18
11
Odebrecht
OPS - Serviços de Produção de Petróleos
PAENAL - PORTO AMBOIM ESTALEIROS NAVAIS, LDA.
Siemens
SOGESTER (Sociedade Gestora
de Terminais), S.A.
SONAMET
Standard Bank de Angola
Technip Angola/Angoflex
TOTAL E&P ANGOLA
20
14
5
9
13
17
3
12
15
planta da zona de exibição
13
Banco Privado
Atlântico
PAENAL
- PORTO AMBOIM
ESTALEIROS
NAVAIS, LDA
TOTAL E&P ANGOLA
14
funções
Administração
Arquitectura
Auditoria
Banca
Ciências da Computação / IT
Ciências da Terra
Ciências Laboratoriais / Técnicos de Laboratório
Comercial
Comunicação Externa e Relações Internacionais
Contabilidade
Direito
Economia
Energia / Utilidades
Engenharia Química
Engenharia (Diversas)
Engenharia Alimentar
Engenharia Ambiente
Engenharia Automóvel
Engenharia Controle & Qualidade
Engenharia Civil
Engenharia Eléctrica e Electrónica
Engenharia Industrial
Engenharia Marinha
Engenharia Materiais
Engenharia Mecânica
Engenharia Metalúrgica
Engenharia Minas
Engenharia Petrolífera
Engenharia Saúde e Segurança
Engenharia Soldadura e Qualidade
Engenharia Submarina
Finanças
Geologia / Geociências
Gestão de Empresas
Gestão de Projectos
Gestão em Consultoria
Gestão em MBA
Graduados
Logística / Cadeia de Produção
Medicina / Enfermagem
Operações
Publicidade e Relações Públicas
Química
Recursos Humanos
Saúde / Nutrição
Saúde e Segurança (SHST)
Serviço ao Cliente
Técnico de Laboratório
Técnicos Diversos
Vendas e Marketing
Vendas e Marketing
Áreas de Função
funções
Empresa
Accenture Portugal
x
Angola LNG
Banco Millennium
Angola
x
x x x
x
Chevron
x x
Coca-Cola Bottling
(Luanda) S.A.
x
Delmas Angola
(Grupo CMA-CGM)
x x
Friedlander Angola
GENERAL ELECTRIC
KERO
x
x
Nestlé
x
x
Siemens
x
SOGESTER
(Sociedade Gestora
de Terminais), S.A.
x
Standard Bank
de Angola
Technip
Angola/Angoflex
x
x
x
x x
x
x
x
x
x
x
Odebrecht
x
x
OPS - Serviços
de Produção de
Petróleos
x
x
x
x
x
Aker Solutions Angola
x
x
x
x
x
x
x
x x x x
x
x
x
Cameron
x
x
x
SONAMET
x x
x
x
x x
x
x x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x x
x x
x
x
x x
x
x
x x x
x
x
x
x
x
x x
x x
x
Elecnor
x x
x
FMC Technologies
- Angola
x
x
x
x
x
x x
x
x
x
x x
x
x
x
x
x x
x
x x
x x
x x x
x
x x x x
x x x
x x
x
x
x
x
x
x x x x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x x x x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x x
x
x
x
x
x
x
x
x x
x
x
x
x
x
x
x x
x x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x x
x x
x
x x
x x
x
x
x x
Chevron
www.chevroninangola.com
A Chevron é operadora de duas concessões, os
blocos 0 e 14, na costa ocidental de Angola, a norte
do Rio Congo. A companhia tem operações em
Luanda, Cabinda e Soyo.
Na Chevron, os colaboradores não escolhem apenas
um emprego, mas constroem uma carreira. A Chevron
proporciona aos seus colaboradores uma variedade de
oportunidades.
A Chevron goza de grande reputação por centrar os
seus esforços em alguns dos maiores desafios da
indústria, através de operações seguras, fiáveis e
eficientes. O sucesso empresarial da Chevron deve-se
ao facto de ser um bom parceiro e de contribuir para o
desenvolvimento das comunidades onde opera.
Na Chevron valoriza-se a colaboração e a parceria.
Enquanto líder em actividades de pesquisa e de
produção, a Chevron destaca-se entre as melhores
empresas petrolíferas operadoras em Angola. Com
a sua tecnologia inovadora e a sua metodologia
disciplinada na gestão do capital e dos projectos,
procura maximizar o desempenho do seu património.
O empenho da Chevron na valorização do talento
de cada indivíduo é parte integrante de tudo o que
faz, protegendo assim os esforços de uma força de
trabalho diversificada e respeitando e aprendendo com
as comunidades onde opera.
OPS - Serviços de
Produção de Petróleos
A OPS é fruto de uma joint venture entre a Sonangol
e a SBM Offshore, surgindo com a missão de gerir a
frota angolana de navios FPSO.
Sendo a indústria petrolífera o sector da economia
angolana que mais contribui para o PIB do país, a
actividade da OPS reveste-se da maior importância.
www.ops-angola.com
Estamos motivados pelos desafios que o
desenvolvimento económico representa e conscientes
do contributo positivo que podemos garantir para que
Angola vença num mercado global cada vez mais
competitivo.
O mercado da energia é um mundo a funcionar 24
sobre 24 horas, onde nada pode falhar. Só a utilização
de tecnologia de vanguarda e a força de trabalho de
uma equipa de profissionais qualificados, motivados e
seguros pode garantir o fornecimento de serviços de
qualidade, para uma indústria com um altíssimo grau
de exigência.
Com cinco unidades FPSO a actuar em Angola, a
operação da OPS desenvolve relações de trabalho
com mais de 200 empresas locais, tirando partido
do conhecimento e experiência que estas possuem,
potencializando, desta forma, os investimentos futuros
em recursos humanos e activos industriais.
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
patrocinadores
bem-vindos
15
Technip Angola /Angoflex
A Technip encontra-se entre os cinco líderes mundiais
na área de Engenharia, Tecnologias, Construção e
Projecto de Gestão para a Indústria de Petróleo e Gás.
Estabelecida em Junho de 2000, a Technip Angola
Engenharia Limitada é a primeira companhia de
engenharia estabelecida em Angola através de uma
parceria entre a Sonangol (40%) e a Technip (60%).
Fornece serviços de engenharia em actividades
offshore e downstream de petróleo e gás em Angola,
promovendo assim as capacidades submarinas para
desenvolvimento em águas profundas.
www.technip.com
A Unidade de Fabrico de Umbilicais do Lobito é única
do género em África, possui toda a maquinaria para
o fabrico de umbilicais de acordo com as normas
internacionais.
O Terminal de Enrolamento de Tubagens do Dande
é a unidade mais avançada deste tipo construída em
África e inclui todos os equipamentos e maquinaria
mais avançados para o fabrico de tubagens de acordo
com as normas internacionais. A unidade inclui uma
clínica e uma força de trabalho de 200 pessoas.
O seu foco é fornecer serviços de engenharia em
Angola com a mais alta qualidade, resultado de
estudos detalhados de viabilidade de Engenharia e
Construção para o sector de petróleo e gás (offshore
e onshore), assim como para as outras indústrias
(infraestruturas, instalações de fabrico, etc.).
Angoflex é uma empresa do Grupo Technip que iniciou
as suas actividades em Março de 2002, destacando-se por dois importantes projectos: Unidade de Fabrico
de Umbilicais do Lobito e Terminal de Enrolamento de
Tubagens do Dande.
TOTAL E&P ANGOLA
A Total é o 5° grupo energético no ranking mundial,
desempenhando actividades em mais de 130 países e
está em Angola há cerca de 60 anos.
Caracterizada por um ambiente multicultural, a
Total E&P Angola tem cerca de 1.500 colaboradores
que fazem parte das mais de 96.000 pessoas que
trabalham no Grupo Total.
A nossa empresa é uma operadora de referência na
Pesquisa e Produção no país e igualmente líder em
África na refinação e distribuição.
Em Angola, a aposta da Total no domínio mineiro recai
sobre o offshore profundo e ultra-profundo, o que
exige competências para construir e gerir grandes
e complexos desenvolvimentos de petróleo, dentro
do orçamento, dos prazos e, sobretudo, no estrito
respeito das normas de segurança do sector.
Operamos nos blocos 17, 32, 33 e fomos
recentemente seleccionados no pré-sal realizado pela
Sonangol, para operar nos Blocos 25 e 44, na Bacia
de Benguela.
16
bem-vindos
patrocinadores
www.total.com
As acções em curso para o desenvolvimento da
indústria petrolífera angolana e algumas já realizadas
testemunham o nosso engajamento e aposta no
recrutamento de colaboradores angolanos seguindo
com rigor o plano de Angolanização. A formação de
recursos humanos locais e a transferência de
know-how fortalece a economia local tendo em conta
os níveis elevados em matéria de Higiene, Segurança
e Ambiente nos locais de trabalho – prioridade máxima
da Total.
Accenture Portugal
www.accenture.com
A Accenture é uma organização global de serviços de consultoria de
gestão, tecnologias de informação e outsourcing, com cerca de 211
mil profissionais a servir clientes em mais de 120 países. Através da
combinação de uma experiência ímpar, um conhecimento profundo
dos vários sectores de actividade e funções de negócio, e uma extensa pesquisa sobre as empresas mais bem sucedidas do mundo,
a Accenture colabora com os clientes ajudando-os a tornarem-se
organizações de alto desempenho. Através da iniciativa de responsabilidade corporativa Skills to Succeed, a Accenture assume o
compromisso de dotar 250 mil pessoas em todo o mundo até 2015
com as competências necessárias para encontrar emprego ou iniciar
um negócio. A empresa gerou receitas no valor de 21,6 mil milhões
de dólares, no exercício terminado em 31 de Agosto de 2010.
A homepage da Accenture é www.accenture.co.ao.
Aker Solutions Angola
A Aker Solutions ASA, através das suas subsidiárias e afiliadas, é
um fornecedor líder a nível global em serviços de construção, equipamentos e soluções integradas. A Aker Solutions fornece soluções
a todas as indústrias, nomeadamente aos sectores do petróleo e
gás, refinaria e produtos químicos, minas e metais e energia. O grupo está organizado em várias entidades jurídicas separadas, sendo
que a marca Aker Solutions é normalmente a utilizada pela maioria
destas entidades.
A empresa destaca-se por uma facturação anual de aproximadamente NOK 58 bilhões e emprega mais de 22.000 pessoas em
cerca de 30 países.
A Aker Solutions faz parte da Aker ASA (www.akerasa.com), um
grupo de empresas premium, com foco em recursos para a indústria
de energia, marítima e marinha.
Com um proprietário industrial a controlar 40,27% do capital da Aker
www.akersolutions.com
Solutions Holding AS através da Aker, a Aker ASA tem um papel
activo no desenvolvimento da Aker Solutions.
A Aker Solutions Angola está situada na Base da Sonils em Luanda.
Conta com aproximadamente 200 colaboradores a trabalhar para a
ASA, sendo que 80% são angolanos e os restantes 20% de outros
países. Os principais projectos da ASA são os campos Dalia (Total)
e Gimboa (Sonangol).
xx
xx
xx
18
perfis das empresas
xx
ANGOLA LNG
A Angola LNG é uma empresa Angolana que irá operar a primeira
fábrica de gás natural liquefeito em Angola, na cidade do Soyo,
Província do Zaire. Este projecto será um dos catalisadores para o
desenvolvimento da região, assim como de Angola.
É uma companhia activa na atracção, desenvolvimento e retenção
de uma força de trabalho nacional interessada em participar desde o
início, na construção da empresa. A nossa missão é tornar a Angola
LNG um exemplo, claramente reconhecido, em segurança industrial,
ambiental, operações e execução de negócios.
A ANGOLA LNG está empenhada na criação de capacidades sustentáveis, através de programas extensivos de aprendizagem. Estes
programas têm como meta o desenvolvimento das competências
exigidas em todas as disciplinas necessárias para o desenvolvimento
da companhia, desde a área de Engenharia, Operações à Informática.
Banco Millennium Angola
Fundado a 3 de Abril de 2006, o Banco Millennium Angola reflecte
a vitalidade do mercado financeiro nacional, espelhando as oportunidades de desenvolvimento que se oferecem quer ao nível de
parcerias estratégicas, de investimentos e de exploração de novas
tecnologias, quer ao nível do crescimento, tendo em comum a estabilidade e a prosperidade do país.
A sua missão é a de contribuir para a modernização e desenvolvimento do sistema financeiro e da economia angolana, mediante
a comercialização de produtos e serviços financeiros inovadores e
personalizados, concedidos para satisfazer a globalidade das necessidades e das expectativas financeiras de diferentes segmentos de
mercado, com padrões de qualidade e de especialização superiores.
Possui uma trajectória de sucesso e solidez, aliada à agilidade da
tecnologia e da informação, que dando corpo à cultura de iniciativa
e modernidade, é executada por uma equipa qualificada.
xx
www.angolalng.com
No que toca a formação, a mesma não termina com o primeiro
enquadramento no emprego. Um princípio chave para a Companhia
é o desenvolvimento contínuo dos quadros nas suas especialidades
e das capacidades de liderança em todos os níveis. A meta é a preparação de indivíduos para desempenharem cargos de supervisores
e administradores seniores.
A ANGOLA LNG oferece uma oportunidade de te juntares a uma
Organização jovem, dinâmica, fazendo parte integral da criação da
Companhia Angolana mais admirada.
www.millenniumangola.ao
O Banco está já presente em diversas províncias de Angola e com
projectos de expansão da sua rede para as principais zonas económicas do país.
O objectivo do Banco Millennium Angola é o de ter mais de 100 balcões até ao final de 2012, com uma cobertura adequada do território
angolano. Este objectivo só será possível mantendo elevados níveis
de satisfação, de fidelização e de envolvimento dos Clientes.
xx
xx
xx
xx
xx
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
perfis das empresas
19
Banco Privado Atlântico
O Banco Privado Atlântico nasceu em Novembro de 2006, assumindo o compromisso de ser uma Instituição de referência no sistema
financeiro angolano, respeitado pela excelência do serviço aos clientes, pela atitude perante a vida, carreiras dos seus colaboradores e
pelo sentido de responsabilidade social corporativa.
Nasceu de uma visão e cresceu pela competência.
A marca ATLANTICO distingue-se pelo modelo de negócio inovador,
pela ética e profissionalismo das pessoas, pela segurança das
operações e pela capacidade de concretizar o sonho. Um sonho de
desenvolvimento para Angola e também para os empreendedores
de todo o mundo interessados em investir em Angola, um sonho de
crescimento sustentado, baseado nos factores decisivos como o
trabalho, a vontade, a integridade, o conhecimento e a persistência.
O talento é a maior fonte de crescimento. Tão importante como a
qualificação profissional e a formação contínua de competências
Cameron
A Cameron é um líder internacional no fabrico de equipamentos de
controlo de pressão de petróleo e gás, incluindo válvulas, wellheads, controls, chokes, preventores de ruptura e sistemas montados
de perfuração, produção e transmissão utilizados em aplicações
onshore, offshore e subsea. Além de equipamentos de separação e
contagem de petróleo e gás e equipamentos de medição de fluxo,
compressores de ar centrífugo, de gás integrais e separáveis e de
turbo-compressores.
A Cameron oferece uma carreira gratificante e desenvolve tecnologia
de ponta, sendo o resultado final singular: os nossos clientes mais
bem sucedidos!
Com sede em Houston, somos uma empresa dinâmica e em crescimento. Oferecemos uma carreira gratificante e estamos à procura de
pessoas talentosas, motivadas e entusiasmadas.
A nossa tecnologia diferencia-nos dos concorrentes: a divisão de
xx
www.atlantico.ao
profissionais é a atracção e desenvolvimento de competências
comportamentais, como a empatia, a capacidade de relação, o
entusiasmo e a entrega.
Só com colaboradores que vivem a marca com entusiasmo e profissionalismo, podemos entregar a promessa de serviço de excelência,
próximo, competente e inovador e em constante antecipação das
necessidades dos clientes.
www.c-a-m.com
Sistemas de Perfuração e Produção da Cameron liderou mundialmente o segmento upstream ao longo de décadas, desde o primeiro
preventor de ruptura em 1925 até à primeira árvore de natal submarina em 1961, o primeiro free-standing riser em 1975, à primeira
árvore horizontal submarina em 1993, à primeira árvore submarina
de 15,000psi em 1999, dentre outros.
Desta forma, a Cameron fez mais do que qualquer outro fornecedor nesta indústria, fornecendo petróleo e gás inacessíveis para as
refinarias das empresas operacionais.
xx
xx
xx
xx
20
perfis das empresas
xx
Coca-Cola Bottling (Luanda) S.A.
SAB são as iniciais de South African Breweries (Cervejeiras da África
do Sul). Em 2003, com a compra da cervejeira americana Miller,
as duas empresas fundiram-se dando origem à actual designação,
SABMiller.
A SABMiller está presente em mais de 60 países, nos 6 continentes
e emprega cerca de 67.000 pessoas no mundo inteiro, estando
cotada na bolsa de Londres entre as três maiores cervejeiras do
mundo.
O grupo SABMiller detém seis das cinquenta maiores marcas de
cerveja em volume, destacando-se grandes marcas conhecidas do
público: Miller, Peroni e Pilsner.
A Coca-Cola Bottling Luanda foi constituída em 1999, atingindo no
primeiro ano um volume de vendas de 135.000 hectolitros.
Actualmente, tem uma capacidade de produção de 2.300.000 hectolitros, produzindo marcas como Coca-Cola, Fanta Laranja, Fanta
Ananás, Fanta Morango, Sprite, Coca-Cola Light e Schweps em lata,
empregando 1300 colaboradores.
A Coca Cola Bottling Luanda possui importantes valores que representam toda a base de crescimento e desenvolvimento da empresa:
• O nosso pessoal é a nossa mais-valia
• A responsabilidade é clara e individual
• Nós trabalhamos e vencemos em equipa
• Nós compreendemos e respeitamos os nossos clientes e consumidores
• A nossa reputação é indivisível
Delmas Angola (Grupo CMA-CGM)
A CMA CGM, fundada por Jacques R. Saadé, é considerada actualmente a terceira maior empresa mundial de transporte marítimo e
está classificada em primeiro lugar em França.
O Grupo opera em mais de 400 portos em todo o mundo com uma
frota de 389 navios, sendo 89 navios de propriedade da empresa.
Com um volume de negócios de US $ 10.5 bilhões, o Grupo transportou 7.9 milhões de TEUS (twenty-foot equivalent units) em 2009
e 2.1 milhões de TEUS no 1º trimestre de 2010. Está presente em
todos os continentes e em 150 países através de sua rede de 650
agências, o Grupo emprega 16.400 colaboradores, incluindo 4.100
colaboradores em França.
Actualmente a CMA CGM é um operador global, presente em todos
os mercados, oferecendo serviços porta-a-porta, combinando todas
as formas de transportes: marítimo, ferroviário, fluvial e rodoviário.
Elecnor
A ELECNOR, S.A., estabelecida desde 1958, é uma das principais
empresas espanholas especializada em projectos “chave na mão” e
projectos de investimento, com 8.500 empregados e actividades em
mais de 20 países.
As principais áreas de actividade são: Geração, Transporte e Distribuição de Electricidade (incluindo energias renováveis), Grandes Projectos Industriais (Aeroportos, Plantas Industriais, Bio-Combustíveis,
Água, Regos…), Meio Ambiente (Tratamento de Água e Resíduos
Sólidos), Electrificação de Caminhos de Ferro, Telecomunicações e
Gás.
Angola faz parte do universo ELECNOR desde 1991. A ELECNOR
possui importantes referências nos projectos mais emblemáticos das
infra-estruturas eléctricas do país. Assim, participa na construção e
reabilitação das principais barragens hidroeléctricas, dos sistemas
de transporte de energia, e inclusive dos projectos de distribuição
FMC Technologies-Angola
A FMC Technologies é uma líder global provedora de soluções de
tecnologia para a indústria petrolífera. Em 2010 foi nomeada pela
Revista FORTUNE® como a Empresa de serviços mais admirada do
sector de petróleo e gás em todo o mundo, possuí aproximadamente 11.200 funcionários e opera 25 instalações de produção em 15
países.
A FMC Technologies projecta, fabrica e oferece serviços tecnologicamente sofisticados desenvolvendo, em parceria directa com os
clientes, soluções que os ajudam a atingir o total potencial dos seus
projectos.
A FMC opera em Angola desde 1999 tendo, presentemente, mais
de 260 funcionários. Desde o projecto Girassol-Jasmim em 2000,
foram-nos atribuídos vários contratos adicionais, tais como o Rosa
em 2004, o Greater Plutonio em 2005, o Pazflor em 2007/2008 e
recentemente o projecto Clov.
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
www.sabmiller.com
www.delmas.com
Delmas integrou o grupo CMA CGM em Janeiro de 2006 trazendo a
experiência em tráfegos no continente africano.
www.elecnor.es
eléctrica e iluminação pública de algumas das principais localidades
do território. Desenvolve também em Angola a área de Meio Ambiente com projectos locais de reconstrução e reabilitação das redes de
distribuição e depuração de água. Além de promover algumas das
principais iniciativas em relação às energias renováveis.
A ELECNOR aposta no recrutamento e formação contínua de
novos colaboradores que queiram enfrentar com sucesso os novos
desafios presentes nos actuais e futuros grandes projectos. Por
isso, entendemos a capacitação de Recursos Humanos Angolanos
como algo primordial para a evolução e identidade da ELECNOR em
Angola.
www.fmctechnologies.com
Os talentos, valores e inspiração dos nossos funcionários impulsionam-nos, ajudando-nos a atingir objectivos e a criar soluções
visionárias que nos permitem manter a nossa posição de liderança
em todos os mercados que servimos.
Valorizamos os nossos funcionários e comprometemo-nos a desenvolver os seus talentos.
perfis das empresas
21
Friedlander Angola
A FRIEDLANDER tem uma presença histórica no continente africano:
Angola, Burkina-Faso, Camarões, Congo, Gabão, Gana, Guiné,
Costa de Marfim, Mauritânia, Senegal.
Em Angola, a FRIEDLANDER, presente desde 1996, emprega mais
de 650 colaboradores.
Especializada em construção metalomecânica, manutenção de
instalações offshore e onshore, a FRIEDLANDER dedica-se à execução de projectos globais para a indústria angolana, com elevados
padrões de Qualidade, Segurança/Saúde e Ambiente.
Apresentando taxas de angolanização elevadas (90%), a FRIEDLANDER Angola apoia-se numa sólida experiência no ramo permitindo
atender às expectativas dos clientes em termos de prazos, qualidade e custos e de acordo com as exigências do mercado em termos
de segurança e ambiente.
Serviços: Tubagem Industrial e Offshore: Fabricação e Montagem,
GENERAL ELECTRIC
A GE tem intensificado a sua presença no continente africano
durante mais de 100 anos; agora posiciona-se exclusivamente para
oferecer soluções de longo alcance e estabelecer parcerias de longa
duração.
No final de 2009, a GE contava com mais de 1.500 colaboradores
na região e 3,6 biliões de dólares em rendimentos: uma prova do
nosso investimento actual em África.
No futuro, a empresa irá concentrar a sua atenção na criação de
parcerias e oferecer um vasto leque de soluções que irão apoiar a
transformação das infra-estruturas e o crescimento industrial em
África.
A empresa viu e continua a ver um grande potencial no continente
africano: A GE estabeleceu o seu primeiro escritório há mais de
cem anos atrás fora dos Estados Unidos, na África do Sul. Desde
então, a presença da GE no continente cresceu com escritórios e
xx
www.ortec.fr
Suportes e Estruturas: Fabricação e Montagem, Contratos EPC &
Basic Engineering para o sector do Onshore e Offshore; Manutenção: Routine job no local; Fabricação de Well Jumpers e Material
Subsea (AGB FLOW BASE MUDMAT), Sea fastening, Procurement
(material/equipamento), Fabricação de lingas certificadas, Paragens.
Os clientes são Industriais Oil&Gas, Industriais da Energia, de Processos.
Os pontos fortes: Um grupo independente com capacidade para
criar parcerias relevantes, com o objectivo de assegurar o êxito dos
projectos. O nosso espírito proporciona reactividade, flexibilidade e
adaptabilidade.
www.ge.com
instalações em diversos países da África do Norte, Oriental, Central,
Ocidental e Austral.
O nosso objectivo é continuar a estabelecer parcerias com governos
e clientes para mostrar o potencial do continente africano e fazer
parte das economias dominantes mundiais.
Para África, a GE procura nacionais locais que possam demonstrar
paixão e dedicação pelo crescimento do continente.
xx
xx
xx
xx
22
perfis das empresas
xx
KERO
A Empresa Zahara Comércio S.A, detentora da marca Comercial
“KERO”, inaugurou em Dezembro de 2010 o maior Hipermercado de
Angola.
Um Projecto formado 100% por capitais angolanos, o KERO tem
como um dos seus principais objectivos a criação de sinergias de
forma a fomentar e promover o que de melhor se produz em Angola.
O Hipermercado tem uma área de vendas de 7.500 m2 e 20.000
artigos alimentares e não alimentares. O KERO emprega cerca de
700 angolanos, dos quais 500 são directos, num investimento inicial
de 35 milhões de dólares.
O maior Hiper de Angola assenta os seus valores na rapidez do
atendimento, na simpatia e eficiência do serviço, na qualidade dos
produtos e na valorização da produção nacional, tudo aos melhores preços do mercado. O KERO pretende assim, a curto e médio
prazos, criar uma rede nacional de distribuição moderna em todo o
Nestlé
Fundada em 1866 em Vevey, Suíça, por Henri Nestlé, hoje a Nestlé é
a Companhia Mundial de Alimentação, Nutrição, Saúde e Bem-Estar,
presente em todas as etapas da vida do consumidor.
Com operações em praticamente todos os países do mundo, a
Nestlé tem como um dos seus principais objectivos disponibilizar
produtos alimentares para todas as categorias de consumidores.
Aliamos a qualidade, segurança, variedade e o sabor dos nossos
produtos a um elevado equilíbrio nutricional. Orientamos todo o nosso conhecimento científico e experiência profissional para proporcionar ao consumidor o melhor da Nestlé!
A Nestlé Angola integra a Região Equatorial Africana (EAR). Englobando 20 países, a constituição da EAR em 2008 é resultado da
aposta da Nestlé no continente africano e em todo o seu potencial
de desenvolvimento. Um investimento de CHF 150 milhões no triénio
2010-2012 permitirá aumentar o número de fábricas e centros de
xx
www.kero.co.ao
território, assente em 3 formatos principais: hipermercados – KERO
Hiper; supermercados – KERO Super; e Lojas de conveniência
– KERO Express, com o objectivo primordial de alargar a oferta
de produtos existentes no mercado, praticando os preços mais
competitivos (melhor relação entre qualidade e preço) e garantindo
um serviço diferenciador, de forma a contribuir para a diversificação
e melhoria da qualidade de vida dos consumidores.
www.nestle.com
distribuição da Região para 5 e 21 respectivamente, bem como
desenvolver e ampliar as unidades industriais já existentes no Zimbábue e no Quénia.
Apostando num crescimento sustentado, a Nestlé procura com a
sua actividade beneficiar e apoiar a comunidade local, promovendo
para tanto diversas iniciativas, nomeadamente na área da nutrição e
ambiente.
xx
xx
xx
xx
xx
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
perfis das empresas
23
Odebrecht
A Odebrecht é uma organização com padrões globais, presente nos
quatro continentes, actuando nas áreas de Engenharia e Construção, Óleo e Gás, Realizações Imobiliárias, Engenharia Ambiental,
Geração de Energia, Estruturas de Transporte e Investimentos
Especiais.
Desde a sua fundação em 1944, a Odebrecht vem agregando competências para servir cada vez melhor os seus Clientes. Durante a
sua trajectória, tem executado mais de 2.000 obras em 30 países.
Presente em Angola há mais de 25 anos, a Odebrecht procura
continuamente materializar os sonhos dos seus clientes, através da
TEO-Tecnologia Empresarial Odebrecht.
A Odebrecht é formada por Pessoas de Conhecimento, capazes de
educar, aprender e de se desenvolver. Os nossos colaboradores são
comprometidos com a formação de seus sucessores, de forma a
superar as expectativas das necessidades dos nossos Clientes.
www.odebrecht.com.br
É uma organização que preza pela integração, formação e desenvolvimento de quadros nacionais qualificados, dispostos a vencer grandes desafios e crescer profissionalmente. Factores importantes para
a reconstrução nacional de Angola e para o crescimento profissional
dos respectivos quadros angolanos.
A base de tudo é definitivamente a confiança nas pessoas, o desafio
permanente, a formação por meio da Educação pelo Trabalho e a
possibilidade de gerir a sua função como se fosse o seu próprio
negócio.
PAENAL - PORTO AMBOIM ESTALEIROS NAVAIS, LDA.
Para resolver o estrangulamento crítico e significativo na capacidade
de construção naval em Angola, o Grupo SBM e a SONANGOL
juntaram-se em 2007 para desenvolver um novo Estaleiro de Fabricação e Reparação Naval em Porto Amboim, na região Kwanza Sul.
Actualmente a PAENAL Lda. (Porto Amboim Estaleiros Navais Lda.)
é o nome da Joint venture entre a SONANGOL (40%), SBM (30%) e
DSME (30%) para desenvolver e operar este novo empreendimento.
O estaleiro PAENAL Lda. está actualmente em desenvolvimento e
deverá ser concluído na integra em Outubro de 2012 com uma Grua
de 2000 toneladas de capacidade (Heavy Lift Crane - HLC), operacional em Janeiro de 2013.
Logo que estiver totalmente operacional, o estaleiro da PAENAL irá
facultar oportunidades de trabalho de cerca de 1.5 milhões horas/
homem, por ano.
As Principais Metas e Acções consistem em apoiar o mercado
xx
laboral oferecendo oportunidades de trabalho e formação aos habitantes locais; incentivar a criação de pequenas empresas privadas
apoiando desta forma as necessidades do estaleiro; incentivar as
empresas Sub-contratadas e Prestadores de Serviços Internacionais
a estabelecerem as suas sedes/bases em Porto Amboim, criando
novas oportunidades de trabalho; incentivar e participar no desenvolvimento de actividades sociais como por exemplo Karting, Futebol e
Voleibol de praia; incentivar o desenvolvimento de qualquer infra-estrutura necessária para melhoramento da qualidade de vida dos
habitantes: Hospitais, Clínicas, Escolas, entre outros.
xx
xx
xx
xx
24
perfis das empresas
xx
Siemens
A Siemens é empresa líder em tecnologias nas áreas da indústria,
energia e saúde. Presente em 190 países e com 405 mil colaboradores, a empresa possui uma organização local sediada em Luanda.
Ao trabalhar em conjunto com a vasta rede global da Siemens,
incluindo o apoio de várias empresas regionais em África, a Siemens
Angola encontra-se bem posicionada para desempenhar um importante papel no crescimento de Angola. Com os seus produtos,
soluções e serviços, que vão desde as tecnologias de automação às
eficientes turbinas a gás, passando pelos cuidados de saúde acessíveis, a Siemens é o parceiro ideal para clientes de diversas indústrias
tais como a produção, transmissão e distribuição de energia, indústria petrolífera e mineira, tratamento de águas residuais e transporte,
entre muitas outras. A Siemens tem participado em vários projectos
de apoio ao desenvolvimento das infra-estruturas de Angola. Com
um profundo conhecimento da região, experiência e competências,
www.siemens.com
a Siemens está empenhada em apoiar Angola, hoje e no futuro. Um
motor essencial para o desempenho da empresa no local é o seu
claro propósito de integrar profissionais locais para realizar projectos
e prestar serviços de valor acrescentado. A Siemens, enquanto empresa, está empenhada em fornecer soluções integradas para ajudar
a garantir um futuro sustentável aos habitantes de Angola.
SOGESTER (Sociedade Gestora de Terminais), S.A.
A SOGESTER (Sociedade Gestora de Terminais, S.A.) é uma empresa mista sedeada em Angola, fruto de uma parceria entre a APM
Terminals e a Gestão de Fundos.
Em 2003, a SOGESTER venceu o concurso para a gestão e operação do terminal de contentores do Porto de Luanda. Após um período de transição de três meses, a SOGESTER assumiu o controlo
das operações e da gestão do terminal a 5 de Novembro de 2007.
A actividade principal da empresa consiste na gestão e operação
do Terminal II de Contentores do Porto de Luanda. Apraz-nos fazer
parte do investimento e do desenvolvimento da infra-estrutura
necessária para unir a região com a cadeia global de fornecimentos,
facilitar o acesso a novos mercados e oportunidades para o país e
os seus cidadãos.
Embora já tenhamos realizado grandes investimentos em termos de
equipamentos, sistemas e formação, nos próximos anos o terminal
xx
estará a passar por uma remodelação total, que inclui a construção
de um novo pavimento, novos edifícios, bem como a introdução de
um modo de operação completamente novo.
xx
xx
xx
xx
xx
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
perfis das empresas
27
SONAMET
A SONAMET é uma empresa angolana cuja sede encontra-se na
cidade do Lobito, província de Benguela, Angola. A empresa, cuja
denominação social é “Sonamet Industrial, S.A.”, é uma Joint Venture entre a Sonangol (com 40% das acções), a Subsea 7 (55%) e a
WAPO (5%),
A SONAMET é um líder reconhecido na fabricação de estruturas
submarítimas de apoio à indústria petrolífera angolana, sendo a subcontratada preferida do ramo. Instituída em 1998, as capacidades
da SONAMET baseiam-se em quatro pilares: Engenharia, Procurement, Construção e Instalação (EPCI) de estruturas para a indústria
para-petrolífera.
“Made In Angola” é um objectivo largamente alcançado pela SONAMET, tanto na área de Engenharia como na Fabricação de estruturas
submarítimas para a Indústria do Petróleo e Gás. Este objectivo foi
alcançado com a formação de uma mão-de-obra local competente
Standard Bank de Angola
O Standard Bank Group é um banco global dirigido para os mercados emergentes. Trata-se do maior banco em África, distinguindo-se
pelas suas operações em 17 países africanos e pela sua presença
nos principais centros financeiros de Nova Iorque, Hong Kong, Londres, São Paulo e Dubai.
O Standard Bank celebrou uma parceria estratégica com o Industrial
and Commercial Bank da China, actualmente o maior banco a nível
global, acreditando que esta associação contribuirá para criar laços
de cooperação.
O grupo tem concluído aquisições importantes na Argentina, Quénia,
Nigéria e Turquia, com o intuito de consolidar a sua posição em mercados alvos. Recentemente, estabeleceu uma parceria com o Troika
Dialog, o maior banco de investimentos independente na Rússia.
O Standard Bank de Angola iniciou as suas actividades em Setembro de 2010, tendo como compromisso o apoio ao desenvolvimento
28
perfis das empresas
www.sonamet.com
e qualificada, segundo os mais exigentes padrões internacionais,
além de uma transferência efectiva de tecnologia e know-how.
Actualmente a SONAMET conta com cerca de 1 500 trabalhadores,
dos quais mais de 70% são angolanos. A empresa tem uma política
de recrutamento constante, visando a melhoria da qualidade e a
angolanização da sua força de trabalho. Assim sendo, para suprir
as necessidades imediatas, a empresa pretende recrutar externa
e internamente, um número considerável de pessoal técnico e de
suporte às operações, com ou sem experiência e de nacionalidade
angolana.
www.standardbank.com
sustentável de Angola. As nossas actividades assentam em três
pilares: banca comercial, de investimento e gestão de fortunas.
O Standard Bank de Angola é o primeiro banco verdadeiramente
internacional em Angola, distinguindo-se pelo acesso ao maior
balanço e capacidade de investimento, pela experiência bancária
mais ampla e pela maior sofisticação de produtos e o melhor risco
de crédito para o seu dinheiro.
O nosso sucesso e crescimento a longo prazo assentam na nossa
contribuição para as comunidades em que actuamos.
Chevron
Como líder em actividades de pesquisa e produção, a Chevron destaca-se entre
as melhores empresas petrolíferas operadoras em Angola. Com a sua tecnologia
inovadora e a sua metodologia disciplinada na gestão do capital e dos projectos,
procura maximizar o desempenho do seu património.
A Chevron goza de grande reputação por centrar os seus esforços em
alguns dos maiores desafios da indústria através de operações seguras,
fiáveis e eficientes. O sucesso empresarial da Chevron deve-se ao facto
de continuar a ser bom parceiro e a prestar o seu contributo em prol das
comunidades em que opera.
Além disso, destaca-se pelo trabalho em conjunto com as comunidades,
de forma a criar um desenvolvimento económico e social duradouro,
desenvolvendo diversas acções de grande impacto na comunidade local,
como por exemplo a redução das principais causas de morbilidade e
mortalidade, especialmente entre mulheres e crianças; aumento do acesso à
educação primária e secundária de qualidade, incentivando a educação sénior
relevante para o mercado de trabalho. 
Alcina Chipeio, Corporate
Responsibility Coordinator
at Policy Government
and Public Affairs
department. Recrutada
no Fórum Elite Angolan
Careers Cape Town 2009.
Namíbia, uma rica experiência de vida
Durante a guerra em 1974, a minha
família procurou refúgio na Namíbia,
onde cresci e completei parte dos
estudos universitários. Durante a minha
educação secundária e universitária
estive envolvida em diversas actividades,
nas quais poderia tomar decisões e fazer
acontecer mudanças.
A UNESCO foi uma outra etapa muito
importante da minha vida, durante sete
anos desempenhei actividades como
oficial de Programa dos sectores da
UNESCO para a Educação, Cultura e
Comunicação e Informação, bem como
Ciências Sociais e Humanas. Um dos
países apoiados pela Organização com
sede em Windhoek é Angola e foi desta
forma que regressei a “casa”, como
coordenadora da Educação e outros
projectos da UNESCO em Angola.
A minha oportunidade estava no
Fórum da Elite
A minha prima que já conhecia as
iniciativas da Elite viu o meu currículo e
perfil e insistiu que me inscrevesse no
Elite Angolan Careers Cape Town 2009.
Entreguei o meu CV directamente no
Stand da Chevron e a minha entrevista
32
Chevron
foi agendada logo no dia seguinte.
Outras entrevistas e negociações
ainda decorreram após a
realização do Fórum mas aceitei
finalmente a proposta feita pela
Chevron.
Chevron, uma empresa positiva!
Uma carreira na Chevron interessou-me muito, não só pelo ambiente
internacional familiar, mas pelos valores e
visão da companhia e a sua abordagem
ao desenvolvimento – o que me fez
acreditar que seria capaz de fazer a
diferença na sociedade, através dessa
empresa, utilizando as mais modernas
ferramentas e inovação disponíveis
para atingir os nossos objectivos de
desenvolvimento.
A minha experiência diversificada na
Namíbia e especialmente na UNESCO
foi singular! Obtive conhecimentos e
familiarizei-me com sistemas e processos
que agregam valor às actividades que
desempenho na Chevron. Continuo
a aprender e apostar na pesquisa de
informações, garantindo desta forma,
que forneço as melhores soluções.
Tento acima de tudo fornecer uma
perspectiva diferente - algo necessário
para fugir da rotina, que é a inimiga do
progresso!
Lar é onde está o coração
Os meus pais sempre nos fizeram
sentir orgulhosos do país e crescemos
sabendo que um dia haveríamos de
voltar. A adaptação foi fácil a nível
profissional e difícil a nível pessoal. Tive a
oportunidade de implementar projectos
em Angola e entendo as complexidades
e desafios. A nível pessoal ainda tenho
que encontrar o equilíbrio entre trabalho
e família, uma vez que a minha família
ainda está na Namíbia. O meu marido
trabalha na Namíbia e não fala português
e os meus filhos sempre estudaram em
Inglês e seria injusto forçá-los a mudar
de sistema de ensino agora.
Um conselho para si, candidato
Nós somos responsáveis por construir
o nosso país. Se indivíduos de outros
países estão tão ansiosos em fazê-lo,
porque não nós, porque não você, caro
candidato? Pense nisso!
Junte-se ao
Mundo Chevron também!
Apostamos no valor humano como
base para o seu crescimento
sustentável, oferecendo diversas
compensações e benefícios aos seus
colaboradores:
• Programa de Saúde
• Benefícios de Reforma
• Seguro de vida
• Empréstimos para acomodação
• Programas de Bolsas Escolares
para os colaboradores e seus filhos
• Plano de Incentivo
• Apoio em Recolocações
• Reembolso Educacional
• Bónus social
OPS - Serviços de Produção
de Petróleos
A OPS resultou de uma joint venture entre a Sonangol e a SBM Offshore,
surgindo com a missão de gerir a frota angolana de navios FPSO. Com
cinco unidades FPSO a actuar em Angola, as operações da OPS
desenvolvem relações de trabalho com mais de 200 empresas
locais, tirando partido do conhecimento e experiência que estas
possuem, potencializando desta forma os investimentos futuros
em Recursos Humanos e activos industriais.
Estamos motivados pelos desafios que o desenvolvimento
económico representa e conscientes do contributo positivo que
podemos garantir para que Angola vença num mercado global
cada vez mais competitivo.
A OPS incentiva o uso do conteúdo local através do
Fórum Elite Angolan Careers
A OPS tem investido num plano de desenvolvimento de Capital Intelectual
centrado no desenvolvimento de Angolanos que sustenta o funcionamento eficaz e
seguro das suas operações. Este plano inclui o recrutamento e selecção de jovens
Angolanos, que são integrados num plano de formação técnica e académica
de médio e longo prazos (ensino profissional e superior). Abraçamos esta
importante iniciativa com o objectivo de contactar candidatos Angolanos
altamente qualificados pois procuramos candidatos cujos requisitos
principais de sucesso são: motivação, crença no projecto OPS, motivação
para ser parte activa dele. Além de uma sólida formação de base, sem
dúvida o suporte para o futuro desenvolvimento e expansão das suas
capacidades e performances técnicas. 
António André Quitari,
Assistente de
Desenvolvimento
e Treinamento.
Uma nova etapa…
OPS - Serviços de
Produção de Petróleos
Infelizmente não foi possível
participar no Fórum Elite Angolan
Careers. Entretanto, considero louváveis
as iniciativas da Elite porque muitos
jovens no exterior estão voltando para
Angola com uma boa posição garantida.
A minha oportunidade na OPS surgiu
através de um anúncio divulgado no
Jornal de Angola. Desde o início, tive
uma recepção muito positiva tanto por
parte da equipa de recrutamento como
das restantes equipas da empresa. Foi
uma adaptação rápida e agradável por
se tratar de uma equipa maioritariamente
constituída por jovens e bons
profissionais, sempre dispostos a ajudar
e facilitar o processo de adaptação dos
novos colegas.
Estou confiante que poderei desenvolver
uma carreira de sucesso na OPS
34
OPS- Serviços de Produção de Petróleos
porque trago uma vasta
experiência adquirida em
outras empresas do mesmo
sector e, sem dúvida, a
vontade de aprender e evoluir
representam uma mais-valia
para a companhia! Além disso,
a OPS é uma organização que
aposta nos seus colaboradores,
proporcionando oportunidades de
crescimento e progressão profissional
aos trabalhadores.
Uma palavra de apoio aos candidatos
Levando em consideração o momento
de reconstrução que Angola vive, são
muitas as oportunidades que o mercado
de trabalho oferece aos jovens. Sendo
que a aposta na Formação será uma
segunda fase importante de todo o
Processo de Angolanização!
Caro candidato, não pense duas
vezes e não tenha receio/vergonha
de regressar e começar do zero se
for necessário. Mantenha-se firme
e confiante. As oportunidades não
param de surgir e os resultados são
gratificantes!
Faça parte da equipa OPS!
Primamos pelo desenvolvimento
profissional dos nossos
colaboradores com o
desenvolvimento de um ambicioso
Programa de Formação, estruturado
para todas as actividades nucleares
da empresa, que actualmente conta
com mais de 200 formandos em
todas as áreas de Operação.
Os cursos têm uma duração entre
dois a quatro anos e abrangem
uma componente prática muito
importante, realizada na zona
marítima e em instituições de
formação e treinamentos em Angola,
Índia, Reino Unido e África do Sul.
Desta forma, a OPS ganha uma
ponte sustentada para a sua
expansão futura, em harmonia com
o desenvolvimento humano que
promove.
Technip Angola/Angoflex
O Grupo Technip foi fundado em 1958 e actualmente está
representado nos cinco continentes. Com uma força de
trabalho de aproximadamente 23.000 pessoas em todo
o mundo, está entre as cinco maiores corporações
na área de engenharia, construção e serviços para o
sector de Óleo, Gás e Petroquímica.
A Technip Angola tem uma vasta experiência no
fornecimento de serviços a importantes clientes:
SONANGOL: Fornecimento de assistência técnica,
engenharia básica e detalhada para instalações de
armazenamento em terra, as auditorias de concepção e
supervisão de construção do Jet Fuel Pipeline da refinaria ao
aeroporto de Luanda.
CHEVRONTEXACO - CABGOC: Estudos de viabilidade, de pré-engenharia
FEED, básicos e detalhados desenhos (offshore, onshore), com a construção
de documentos (PIDS, isométricos).
A Angoflex, empresa do Grupo Technip, iniciou as suas actividades em Março
de 2002.
UNIDADES DE FABRICO DE UMBILICAIS DO LOBITO: Esta unidade, única
do género em África, possui toda a maquinaria para o fabrico de umbilicais de
acordo com as normas internacionais.
TERMINAL DE ENROLAMENTO DE TUBAGENS DO DANDE: Trata-se da unidade
mais avançada deste tipo construída em África e inclui todos os equipamentos
e maquinaria mais avançados para o fabrico de tubagens de acordo com as normas
internacionais.
Carla Ribeiro, Directora de Recursos
Humanos, recrutada pelo Fórum de
Formação e Desenvolvimento de Carreira
Luanda 2009.
Formação,
um grande
investimento
Em 1998 fui para
Portugal com
objectivo de investir
na minha Formação
e após o término deste importante
investimento pessoal regressaria às
minhas raízes!
Durante o período de 5 anos licenciei-me em Direito pela Universidade
Moderna, conciliando os estudos com o
trabalho. O meu primeiro contacto com
a Área de Recursos Humanos foi na
empresa Electrolinhas, onde aprendi os
primeiros conceitos básicos de Recursos
Humanos.
A Elite tornou o sonho em realidade
Penso que todos os angolanos na
Grupo Technip, um mundo
de oportunidades!
Em uma área de actividade onde
encontramos clientes exigentes
e uma concorrência internacional
acirrada, procuramos pessoas
versáteis que se adaptam a
inovação, ao trabalho em equipa
e que possuam uma orientação
internacional e habilidades para
rapidamente ocuparem posições de
mais responsabilidades.
diáspora desejam voltar à “terra” com
uma boa oportunidade de trabalho. Foi
assim que a Elite abriu-me portas para
um mundo de oportunidades!
Fui convidada para participar no Fórum
de Formação e Desenvolvimento de
Carreira Elite Angolan Careers que teve
lugar em Luanda em 2009. Entreguei o
meu Cv a várias empresas participantes
do evento.
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
Entretanto, interessei-me pela proposta
da Angoflex, que refletiu exactamente o
que eu estava a procura: uma empresa
preocupada na formação e retenção de
seus talentos!
O meu contributo a Angoflex
A minha experiência no estrangeiro
trouxe inúmeros benefícios, como por
exemplo o contacto com dinâmicas
de trabalho mais céleres e exigentes,
o conhecimento técnico ou teórico, a
atitude, a ambição, o compromisso e o
zelo profissional.
Candidato, Angola está à sua espera!
Estamos num momento crucial e de
mudança que requer a contribuição de
cada indivíduo em particular. O país está
a crescer, temos carencias gritantes de
quadros. Cada um de nós deve sentir-se
parte dessa mudança e responsável pelo
sucesso e desenvolvimento dos país.
A todos os angolanos, faço um apelo
no sentido de regressarem à nossa tão
amada ANGOLA!
Technip Angola/Angoflex
35
Total E&P Angola
A Total desenvolve actividades em mais de 130 países é o
quinto Grupo petrolífero no ranking mundial, com uma força
de trabalho de aproximadamente 96.0387 colaboradores.
Produtores de renome de gás natural, estamos entre
os três maiores fornecedores de gás natural liquefeito
e apostamos na próxima geração de energia (Solar,
Biomassa e Nuclear).
A Total está presente em Angola há cerca de 60 anos como
uma operadora de referência na Pesquisa e Produção, líder na
refinação e distribuição de petróleo no continente africano.
A aposta no offshore profundo e ultra-profundo exige conhecimento na
construção e gestão de grandes e complexas plataformas de petróleo e
gás, respeitando os prazos, normas de segurança e o orçamento em
questão.
A Total E&P Angola apoia o Processo de Angolanização!
A política de angolanização da Total está formalizada através da carta
de angolanização assinada em 2007 e preza pelo desenvolvimento
profissional e pessoal através de sessões de formação, perspectivas de
evolução na carreira, remunerações atractivas, bónus e aumentos salariais
de acordo com a performance individual e diversos benefícios sociais. 
Edson Pimentel, Agente
de Gestão, recrutado
no Fórum Elite
Angolan Careers
Lisboa 2010.
A minha experiência
fora de Angola
O meu primeiro contacto com
diferentes culturas foi em 1996, quando
fui para a Cidade do Cabo, na África do
Junte-se À nossa equipa
também!
A Total E&P Angola está a procura
de pessoas dinâmicas, profissionais
e com espírito de aventura. Os
novos membros da nossa equipa
serão contemplados com formação
adequada, plano de carreira à
medida e regalias sociais.
São muitas as oportunidades
que oferecemos! Procuramos
principalmente candidatos
graduados, com experiência
e formação e que estejam
vocacionadas para as nossas
áreas Operacionais (Engenharias
e Geociências), de Gestão de
Recursos Humanos e de Informática
e Telecomunicações.
38
Total E&P Angola
Sul, onde fiz uma parte do ensino
secundário (Contabilidade e Gestão).
No final de 1997 fui viver em
Portugal e, após a estabilização
profissional, licenciei-me em Gestão
de Empresas e completei um
Mestrado em Finanças (Mercados
e Activos Financeiros). Enquanto
trabalhava e estudava fui acumulando
conhecimento e competências para
progredir na carreira, atingindo a posição
de Gestor de Títulos no BES. Confesso
que atingi os objectivos profissionais por
mim traçados, mas sempre foi minha
vontade regressar à terra. Uma espécie
de chamamento às raízes!
Total E&P Angola é sinónimo de
crescimento!
A multinacional Total S.A. é uma das
maiores no seu sector de actividade,
espalhada pelos quatro cantos do
mundo e tem como política principal o
intercâmbio de colaboradores entre filiais,
o que representa uma partilha enorme
de conhecimentos e experiências, todos
têm algo a acrescentar.
Encontrei um grupo de trabalho
fantástico, jovem e dinâmico. Fui muito
bem acolhido, ajudaram-me imenso
nesta mudança de sector e tento retribuir
com a minha amizade, conhecimento e
competências.
A minha oportunidade estava no
Fórum da Elite
Após vários anos em instituições
financeiras, decidi que a mudança de
País deveria ser acompanhada por uma
mudança de actividade, queria tentar
algo de novo! Então, optei pelo sector
petrolífero, um sector importante para o
desenvolvimento do nosso país e que
representa a grande alavanca financeira
para o nosso desenvolvimento.
O Fórum de Recrutamento da Elite
Angolan Careers Lisboa 2010 foi a
grande oportunidade de contactar e
entregar o meu Cv aos responsáveis de
Recursos Humanos da Total E&P Angola.
Conselhos aos candidatos do Fórum
No momento da escolha, não olhem
apenas para o pacote salarial, devemos
ter em conta outros factores, como
por exemplo o sector de actividade e
o projecto em que serão inseridos. Se
fizerem algo que gostem, haverá sempre
auto-motivação e o rendimento será
sempre mais elevado.
O meu conselho para os candidatos
é que venham o mais rápido possível,
o nosso país precisa do vosso
conhecimento e competências.
Estamos à vossa espera!
Leia o Guia do Fórum
tome nota!
Prepare-se para o fórum
Os Fóruns são um excelente meio para encontrar pessoalmente os empregadores e
obter mais informações sobre colocações e perspectivas profissionais oferecidas –
tudo em um único espaço.
Porquê?
Seleccione os stands
que quer visitar
Para tirar o maior proveito da sua participação neste Fórum, é importante que passe
algum tempo a preparar-se. Tente compreender o propósito do Fórum e obtenha informações sobre os empregadores participantes. Isto vai fazer com que se sinta mais
confiante, especialmente quando for aos stands das empresas falar com os seus representantes, transmitindo uma primeira impressão bastante conhecedora e positiva.
Durante o Fórum
•
Chegue com algum tempo de antecedência e dedique algum tempo a
observar o espaço.
•
Utilize o Guia do Fórum para
saber mais sobre os expositores.
Este fornecer-lhe-á informação sobre
as empresas que estão a participar e
as posições que estão a recrutar.
•
Visite primeiro as empresas em
que está interessada(o). Depois
aproveite para fazer uma visita a
todas as outras empresas. Poderá
haver posições disponíveis na sua
área de especialização. É possível que encontre empresas que
inicialmente não despertaram muito
interesse mas que poderão ser a
melhor opção para si.
•
Evite andar pelo Fórum em
grupo. As empresas podem não
perceber que está interessado nas
suas ofertas simplesmente porque,
por exemplo, os seus amigos são
mais comunicativos e/ou demonstram mais atenção, perdendo
assim uma oportunidade!
•
Apresente-se de forma breve
e segura. Lembre-se de sorrir e
colocar as dúvidas que preparou.
•
Na maioria dos casos, as empresas solicitarão uma cópia do seu
CV podendo também solicitar o
preenchimento de um formulário
de candidatura.
•
Não visite o stand apenas para
retirar o catálogo da empresa
– utilize esta oportunidade para
interagir com os representantes
das empresas e obter o máximo
de informação possível.
Entregue o seu CV
ao maior número de
empresas possível
Participe nas
apresentações
das empresas
Não perca os
workshops da Elite
Sugestões de perguntas
que poderá fazer no Fórum
Abaixo seguem algumas sugestões de perguntas que poderá fazer durante
o Fórum. Evite fazer perguntas que podem ser respondidas através de uma simples
consulta aos sites das empresas.
Perguntas para a Equipa de Recrutamento
• Actuais posições disponíveis e em que níveis: licenciado, nível médio, sénior, localização, áreas de negócios, etc.
• Critérios de selecção que vão ser utilizados, competências necessárias e processo de recrutamento.
• Oportunidades de desenvolvimento de carreira e formação dentro da empresa.
Perguntas que NÃO deve fazer
• O que a sua empresa faz?
• Porque eu deveria trabalhar para esta empresa?
• O que estão a oferecer aqui para mim?
42
bem-vindos
tome
nota
Entrevistas
“Encare a entrevista como
um desafio que vai vencer!”
• Seja pontual: Chegar atrasada(o) não
contará a seu favor. Apresente-se 10
minutos antes no andar em que vai ter
a sua entrevista.
• Apresente-se de forma cuidada:
Este fórum tem um cariz profissional,
sendo exigida roupa formal durante
todo o evento. Fato e gravata é
opcional, mas desaconselhamos
roupa casual como jeans, t-shirts ou
ténis.
• Coloque o seu telemóvel no
modo ‘Silêncio’ – NÃO o desligue
pois poderá receber SMS com
informações pertinentes do fórum –
consulte as mesmas no final de cada
entrevista.
• Mostre empenho, vontade de
aprender e interesse pela posição e/
ou empresa a que se candidata.
Seja pontual!
• Delicadamente, peça explicações
sobre a posição em causa e sobre
as condições de emprego: pacote
salarial, oportunidades de formação e
de crescimento dentro da empresa.
• Aguarde que seja o entrevistador
a dar por terminada a entrevista
e despeça-se agradecendo a
oportunidade.
Aguarde à porta da sala até ser chamado
• Cumprimente o seu entrevistador com
um aperto de mão firme e sorria!
• Aguarde que a(o) convidem a sentar-se e mantenha uma postura correcta,
mas relaxada – Respire! Evite
nervosismos e ansiedades.
• Mantenha uma linguagem corporal
positiva – tente descontrair, fazer
gestos delicados quando fala – nada
de cruzar os braços ou ‘refastelar-se’
na cadeira.
• Responda com clareza e precisão às
questões que lhe são postas.
• Peça esclarecimentos sempre que
uma questão não lhe pareça clara.
Tenha uma óptima entrevista
• Se necessário, concretize as ideias
com exemplos práticos, mencionando
trabalhos da Universidade,
experiências anteriores, obstáculos
que ultrapassou, etc.
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
bem-vindos
tome nota
43
testemunhos de candidatos
a minha oportunidade
de trabalhar em Angola!
Rui Carlos Vieira Dias
Pacavira nasceu em
Luanda. A trabalhar
na Schlumberger como
Angola General Service
Manager.
“Vivi em Joanesburgo no princípio dos anos
90. Depois fui para Inglaterra e lá fiquei
até Junho de 2010, tendo participado no
Fórum em Lisboa.
QUANDO SURGIU A VONTADE DE
REGRESSAR A ANGOLA?
Quando achei que chegou o tempo de dar
o meu contributo à minha terra.
A SUA EXPERIÊNCIA NO FÓRUM ELITE
ANGOLAN CAREERS
Foi bastante boa, e nunca na minha vida
tivera que enfrentar 13 entrevistas de
6ª feira a domingo. Foi bom saber que
muitas impresas estavam interessadas nas
minhas qualidades, alguém que terminou a
Universidade e com alguma experiência no
ramo da Administração.
A SUA EXPERIÊNCIA
DE TRABALHO EM ANGOLA
Melhor do que eu esperava. Graças à Elite
estou a trabalhar no ramo Petrolífero,
como Director na Área do Património.
O VALOR DA EXPERIÊNCIA
INTERNACIONAL EM ANGOLA
Tudo... vejo, acredito, penso, como um
cidadão do mundo que acredita que
todos temos opiniões diferentes, e que a
melhor maneira de resolver os problemas
que neste momento se encontram no
nosso país é tomarmos conta uns dos
outros. Nada é impossível se acreditarmos
em nós mesmos.
44
bem-vindos
testemunhos
CONSELHOS A ANGOLANOS
NA DIÁSPORA QUE QUEIRAM
REGRESSAR
Que se mentalizem que Angola
não é um El Dourado! Precisa
de nós para a desenvolvermos.
Por isso, é importante ter sucesso
nas entrevistas... ser directo, calmo,
mantenha sempre o contacto visual e
não se esqueça de dizer que as suas
qualidades podem ser úteis para a
empresa em que quer ingressar. Tenha
também em mente que o recrutamento é
um contrato entre duas partes, por isso,
ambas as partes necessitam um do outro...
Mas mais importante “Acredite em si”.
Elizeth Carolina
Manuel Macanga,
nasceu em Sanza
Pombo, província
do Uíge. Trabalha no
Banco Privado Atlântico
Europa como Técnica de
Sistemas de Informação.
“Vivo há 10 anos em Portugal e vim com
o objectivo de uma melhor formação
académica.
Sou formada em Informática de Gestão
pela Universidade Autónoma de Lisboa
(UAL) e durante a minha licenciatura fiz
um Estágio de 1 ano no Banco Africano
de Investimento na área de Sistemas de
Informação.
A vontade de regressar a Angola não
surgiu, esteve sempre presente na minha
mente. Assim que adquirir experiência
suficiente voltarei para o meu país, Angola,
para contribuir com tudo que tenho
aprendido e passar o meu testemunho para
o crescimento do País.
A MINHA EXPERIÊNCIA NO FÓRUM ELITE
ANGOLAN CAREERS
Antes de mais quero agradecer a toda
equipa da Elite Angolan Careers pela
iniciativa de darem a todos os jovens
Angolanos a oportunidade de se integrarem
no mercado de trabalho, não só com a
procura de emprego como também com as
boas práticas e regras para uma entrevista
com sucesso.
A minha participação no Fórum em
Março de 2010 foi muito positiva,
fui uma das candidatas com mais
entrevistas e com propostas de
contrato imediato.
O REGRESSO A ANGOLA
Regresso este ano a Angola... todo o filho
que regressa a casa é Bem-vindo, comigo
não poderá ser diferente, sei que serei bem
recebida por todos.
Depois de muitos anos fora de casa irei
encontrar coisas novas. Mas sinto que
como angolana que sou tenho o dever e
a obrigação de conhecer o meu País e
adaptar-me e enquadrar-me na terra que
me viu nascer...
CONSELHOS A ANGOLANOS NA
DIÁSPORA QUE QUEIRAM REGRESSAR
Jovem Angolano, se tens um sonho vai
atrás, mesmo que sintas que não és capaz,
demonstra que és, agarrando todas as
oportunidades que forem surgindo, pois
a experiência e a sabedoria vêm com as
oportunidades.”
Valdemar Fernando
Pires da Costa nasceu
em Luanda. Trabalha na
Chevron como Engenheiro
Ambiental no Departamento
HES (Health, Environment and
Safety).
“... ainda temos
muito trabalho pela
frente e todos os
angolanos que
queiram contribuir
são bem-vindos.”
“Fiz toda a minha formação em Portugal,
finalizando o curso superior de Engenharia
Biotecnológica. Ao mesmo tempo que
estudava tive oportunidades para trabalhar
(sempre em part-time): trabalhei como
operador de call-centers e fui bolseiro de
Investigação no Instituto de Investigação
Científica e Tropical.
VONTADE DE REGRESSAR A ANGOLA
Surgiu principalmente durante a faculdade.
Nesse período viajei várias vezes para
Luanda e percebi quão efectiva se estava
a tornar a política de angolanização de
quadros.
EXPERIÊNCIA NO FÓRUM ELITE
ANGOLAN CAREERS
A experiência no Fórum de Lisboa foi
óptima, foi incrível ver tantos jovens
Angolanos à procura do primeiro emprego.
Os candidatos vinham de vários países e
de muitas áreas de formação.
Durante o Fórum pude conversar bastante
com representantes das empresas e
fiquei com vários contactos, participei nas
sessões de apresentação das empresas e
perdi a conta ao número de cópias do meu
curriculum que entreguei.
www.eliteinternationalcareers.com | www.elite.co.ao
O REGRESSO A ANGOLA
O regresso a Angola foi surpreendente,
as pessoas são muito optimistas e
hospitaleiras.
A adaptação ao emprego foi boa, os
meus colegas são muito competentes e
prestativos, o que me ajudou a entrar no
ritmo de trabalho.
Trabalhar em Angola permite-me aprender
muito e estou permanentemente em
contacto com novos desafios.
O VALOR DA SUA EXPERIÊNCIA
INTERNACIONAL EM ANGOLA
O facto de ter aprendido outras línguas
durante a minha formação tem-me ajudado
muito na multinacional em que trabalho.
À medida que vou aprendendo mais
sobre as minhas responsabilidades, vou
verificando que a minha formação permite-me compreender facilmente o trabalho
que devo realizar e, no futuro, talvez possa
melhorar os procedimentos existentes na
minha área.
Escolhi esta empresa porque foi a mais
eficaz em termos de recrutamento. É
também uma empresa que utiliza várias
tecnologias inovadoras e aposta na
diversificação dos quadros.
CONSELHOS A QUEM QUER
REGRESSAR
Para quem está prestes a regressar o
meu conselho é o seguinte: Nao tenham
medo de arriscar e de lutar por uma boa
oportunidade no nosso país, ainda temos
muito trabalho pela frente e todos os
angolanos que queiram contribuir são bem-vindos.”
testemunhos
bem-vindos
45
jogos
Seja voluntário.
Angola precisa de si!
gramática
Complete preenchendo
com o acento correcto: ´, ^, ~,
1. Numero
3. Recepçao
5. Ves
2. Contentissimo
4. Existencia
6. Maça
1. Número; 2. Contentíssimo; 3. Recepção;
4. Existência; 5. Vês; 6. Maçã
Soluções
Descubra a palavra correcta,
completando com: s, ss, r ou rr
1. Ân____ia (ansiedade)
2. As____en____ão (acto de ascender)
3. Conver____ão (acto de converter)
4. Se____alheiro (que faz fechaduras e outras obras de ferro)
5. Ter____o (lustroso-; polido; limpo)
6. Tar____o (parte posterior interna do pé)
7. A____eio (peça do aparelho das cavalgaduras)
8. Reme____a (aquilo que se enviou)
1. Ânsia; 2. Ascenção; 3. Conversão; 4. Serralheiro;
5. Tarso; 6. Terso; 7. Arreio; 8. Remessa
Soluções
Descubra a palavra correcta,
completando com: s, x, z
1. E____drú____ula (palavra com acento tónico está na
antepenúltima sílaba.)
2. E____qui____ito (raro; singular; extravagante)
3. E____ten____ão (comprimento e largura das superfícies)
4. Ine____perto (Inexperiente)
5. Se____tante (instrumento para medir a distância angular dos
astros e a sua altura acima do horizonte)
6. aprendi____ (o que aprende ofício ou arte)
7. Gi____ (variedade de carbonato de cal usado como lápis
branco)
8. E____uberante (vivo, animado, deslumbrante)
1. Esdrúxula; 2. Esquisito; 3. Extensão; 4. Inexperto;
5. Sextante; 7. Aprendiz; 8. Giz
Soluções
46
jogos e voluntariado
Kindala Enza é uma Associação de Protecção à Criança e
Trabalho Voluntário”.
A ideia de formar esta organização teve início em Novembro
de 2009, quando um dos membros fundadores pensou que
seria o momento ideal para a criação de uma instituição de
carácter social, que se adequaria perfeitamente ao presente
contexto social.
Uma forte componente da nossa ideia, é o facto de termos
membros de diferentes faixas etárias, prova que atitudes
e acções de carácter filantropo se tornam mais fáceis e
comuns, não só em
pessoas adultas mas
sim em todas as faixas
etárias.
Um dos principais
objectivos desta
associação é proteger e
ajudar as crianças que
se encontram por todo o
nosso país:
a)Promovendo acções
de socorro e ajuda mútua para a
saúde e bem-estar social;
b)Promovendo acções de
segurança a crianças doentes ou
abandonadas;
c)Promovendo o trabalho voluntário;
d)Promovendo a aproximação
e o estreitamento de relações
entre o Estado em especial com o
Ministério da Assistência e Reinserção Social,
INAC e outras instituições
afins públicas ou
privadas;
e)Promovendo acções
para aquisição de bens
para doação;
f) Promovendo acções
de carácter cultural e
recreativo a todos os
níveis.
Esperamos desenvolver
uma relação de suporte
conjunta com todos
os que connosco
quiserem colaborar
e assim ajudar na
melhoria da qualidade
de vida das inúmeras
crianças desfavorecidas em
Angola.
Entre em contacto connosco para saber mais
sobre os nossos projectos e em como ajudar:
[email protected]
Quando a
comunicação
exige resultados*
Há mais de 18 anos que a Editando é parceira da Câmara de Comércio
e Indústria Portugal Angola (CCIPA) e responsável pela redacção, edição, design,
produção gráfica e viabilização comercial da revista Angola Portugal Negócios
e do Anuário Angola. Porque sabemos inovar e temos orgulho em fazer bem.
angola-porTug
al
*
4 Euros · 5 USD
CIOS
M NEGÓ
E GERA
TOS QU
CONTAC
Trim | Julho
2010 | nº 83
2010/11
ViSita oficial
Cavaco Silva em
para promover Angola
em português negócios
filDa 2010
Indústria trans
atrai centenas formadora
de empresas
Cimeira da
C
PL
em LuanP
da
Cooperação econ
ómica pod
impulso com pres e ganhar novo
idência angolan
a
Anuário AngolA
Publicação anual, propriedade da CCIPA, que actualiza
os indicadores económicos e financeiros do país,
assim como as empresas associadas da Câmara que
trabalham no e com o mercado angolano
www.editando.pt
AngolA PortugAl negócios
Revista trimestral, propriedade da CCIPA, que aborda
os principais temas económico-empresariais de Angola
e a cooperação com Portugal, designadamente das
empresas associadas da CCIPA
notas
48
notas

Documentos relacionados