Parasol EX

Сomentários

Transcrição

Parasol EX
---------------------------------------------------------------------Parasol EX
Módulos de conforto suspensos
Módulos de conforto Parasol EX
Parasol EX é a designação da família de produtos de módulos
de conforto para instalação em suspensão. Os módulos são
concebidos para se complementarem entre si e proporcionarem um conforto ambiente ideal.
Design
Estilizando linhas direitas e arestas aguçadas, os arquitectos
da Swegon criaram um design intemporal que se adapta perfeitamente a qualquer decoração de interiores, juntamente
com outras instalações existentes na divisão.
Instalação dos módulos
Módulos:
Insuflação de ar
Insuflação de ar e arrefecimento
Insuflação de ar, arrefecimento e aquecimento
Instalação: Em suspensão
Montados à superfície no tecto
Função
A distribuição de ar em 4 direcções em combinação com o
Swegon ADCII (Anti Draught Control), cria um zona de mistura maximizada e minimiza o risco de correntes de ar. O Parasol
EX foi concebido para fazer a distribuição de ar ligeiramente
na vertical. Isto dá ao ar arrefecido mais espaço para se misturar com ar ambiente antes de atingir a zona ocupada.
Flexibilidade
Os bocais facilmente ajustáveis em combinação com o Swegon ADCII proporcionam a máxima flexibilidade caso seja necessário efectuar alteração na disposição do espaço. Todos os
lados podem ser regulados independentemente uns dos outros de forma a que o módulo de conforto possa distribuir
mais ou menos ar e simultaneamente fazer a descarga de ar
na divisão em qualquer direcção que se pretenda.
Desempenho
Caudal de ar primário:
Limites de pressão:
Capacidade máxima de arrefecimento:
Capacidade de aquecimento – água:
Dimensões:
Altura:
Até 55 l/s
50 a 150 Pa
Até 1930 W
Até 2450 W
690 x 690 mm,
1290 x 690 mm
230 mm
Design registado. A empresa reserva-se o direito de efectuar alterações no design sem aviso prévio.
1
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
Parasol EX ---------------------------------------------
Parasol EX
------------------------------------------------------------
Climatização de interiores sem correntes de ar
Utilizar quatro direcções para descarregar ar arrefecido para
dentro da divisão também amplia a dimensão da zona de mistura. Na prática, isto mistura eficazmente o ar primário arrefecido com o ar ambiente antes do ar atingir a zona ocupada.
Quando o ar misturado chega à zona ocupada, atingiu uma
temperatura que reduz o risco de corrente de ar. O design especial das saídas faz a descarga do ar distribuindo-o em sentido ligeiramente ascendente, o que contribui largamente
tanto para diminuir a velocidade do ar na zona ocupada como
para garantir que o ar arrefecido é misturado com o ar ambiente antes de chegar à zona ocupada. Esta descarga ascendente proporciona uma distribuição que não depende da
existência de superfícies próximas para criar um efeito Coanda. Numa simples operação, o ADCII, incluído de série, permite-lhe movimentar os grupos de deflectores de modo a dirigir
o caudal de ar em qualquer direcção que pretenda.
Figura 3. Variante B: Função de aquecimento (também inclui
função de arrefecimento)
1 = Ar primário
2 = Ar ambiente induzido
3 = Ar primário misturado com ar ambiente aquecido
Figura 1. Parasol EX
Variantes
O Parasol está disponível em três variantes básicas:
Variante A: Ventilação e arrefecimento a água a partir de
uma bateria
Variante B: Ventilação, arrefecimento e aquecimento a água
a partir de uma bateria
Variante C: Ventilação
Figura 4. Variante C: Função de ar insuflado
1 = Ar primário
2 = Ar ambiente induzido
3 = Ar primário misturado com ar ambiente
Figura 2.Variante A: Função de arrefecimento
1 = Ar primário
2 = Ar ambiente induzido
3 = Ar primário misturado com ar ambiente arrefecido
2
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
Módulo de insuflação de ar
Está disponível um módulo de conforto apenas para insuflção
de ar (variante C – sem bateria) para complementar determinados tipos de divisões onde os ocupantes necessitam de uma
grande quantidade de ar, mas apenas uma quantidade mais
reduzida de energia de arrefecimento a água. Isto aplica-se,
por exemplo, a determinadas salas de conferências ou às zonas mais em espaços de grandes dimensões. Para evitar o sobredimensionamento, é frequente combinar unidades com
função de arrefecimento e unidades exclusivamente com função de insuflação de ar. Como a variante de insuflação de ar
também é concebida de acordo com o princípio da indução,
é possível fazer a descarga de ar insuflado a uma temperatura
substancialmente inferior à temperatura ambiente e ainda assim não pensar num possível reaquecimento como poderia ser
necessário em sistemas combinados com painéis de arrefecimento e difusores de ar. A velocidade de indução varia em
função das condições de pressão e caudal mas situa-se geralmente entre 3 e 5, o que significa que se acrescentar 30 l/s,
será induzido 3 a 5 vezes a mesma quantidade de ar ambiente
aquecido (90 a 150 l/s). O ar misturado terá assim uma temperatura substancialmente superior à temperatura do ar insuflado, o que diminui o risco de correntes de ar na zona
ocupada.
Outra vantagem do módulo de insuflação de ar é que funciona com a mesma pressão de canal que os módulos com bateria. Por outras palavras, não é necessário acelerar mais do que
o suficiente a pressão em qualquer ramal do canal. Em vez de
incorporar uma bateria no módulo de insuflação de ar, o módulo possui um controlo de indução com bocais perfurados,
concebido para o dotar da mesma velocidade de indução que
as unidades com bateria. Isto permite utilizar o Swegon ProSelect, o programa de dimensionamento para determinar os
comprimentos de alcance, mesmo para módulos de insuflação de ar. Se for preferível optar por comprimentos de alcance
inferiores ao normal, é possível vedarem-se determinadas
aberturas para reduzir a área livre no controlo de indução a
fim de diminuir a percentagem de ar ambiente induzido. A capacidade de ar primário nunca é afectada por um aumento ou
diminuição da velocidade de indução.
Figura 5. Ajuste do bocal
Capacidade elevada
O desempenho superior e a pequena dimensão total das unidades Parasol EX tornam-nas ideais para a substituição de
produtos de grandes dimensões, sem pôr em causa o conforto.
Simples de ajustar
O controlo do bocal incorporado torna o Parasol EX muito flexível. O produto pode ser facilmente adaptável aos requisitos
actuais aumentando ou diminuindo o caudal de ar. Uma divisão de grandes dimensões pode ser convertida em várias salas
de escritório sem influenciar o clima ambiente. Pode instalarse uma parede divisória muito próximo de qualquer das faces
do produto. A única medida a ter em conta para evitar possíveis correntes de ar é optimizar a quantidade de ar distribuída
por cada um dos lados do módulo de conforto. O resultado
final é um sistema que terá um excelente desempenho ao longo de toda a sua vida útil.
3
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
------------------------------------------------------------
ADCII
Todos os módulos de conforto vêm equipados de série com o
sistema ADCII. ADC é a abreviatura de Anti Draught Control,
ou seja, controlo de correntes de ar, o sistema que lhe permite
ajustar o padrão de difusão do ar a ser distribuído de forma a
evitar o risco de corrente de ar. Em cada um dos lados da unidade existe uma série de secções ADCII com quatro deflectores de ar por secção. Cada uma delas pode ser regulada de um
ajuste de linha recta a uma deflexão de 40° para a direita ou
para a esquerda, em incrementos de 10° (ver Figura 6). Isto
proporciona enorme flexibilidade e ajuste fácil sem ter de
afectar o sistema como um todo.
O nível de ruído e a pressão estática não são nunca afectadas
pelo ADCII. A capacidade de água é reduzida em 5 a 10% se
o ADCII for regulado para "formato ventoinha".
Figura 7. Regulações possíveis para o ADCII, Formato ventoinha
Figura 8. Regulações possíveis para o ADCII, Formato X
Figura 6. ADCII, limites de regulação de -40° a +40° em incrementos de 10°
4
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Localização
Como cada um dos lados do Parasol EX é ajustável individualmente por forma a proporcionar um caudal de ar adequado,
os módulos de conforto podem ser posicionados em qualquer
parte da divisão. Quer estejam posicionados no extremo dianteiro, centro, extremo traseiro ou simetricamente dentro da
divisão, isso é perfeitamente irrelevante. Nas soluções de extremidade posterior para salas de escritório separadas, por
exemplo, a unidade pode ser instalada directamente encostada à parede do corredor. A única operação necessária consiste
em reduzir o volume de ar distribuído na direcção da parede
do corredor e abrir mais nos outros três lados (ver Figura 9).
Isto traz vantagens em comparação com outras soluções de
extremidade posterior porque pode utilizar as paredes divisórias para aumentar a zona de mistura de ar. Esta solução proporciona baixas velocidades do ar e um clima ambiente
saudável.
Padrões opcionais para perfuração
O painel frontal da unidade está disponível com três padrões
de perfuração diferentes, para que possa adaptar-se a diferentes tipos de componentes de tecto como, por exemplo,
instalações de iluminação e grelhas exaustoras. Isto evita o
efeito de um amontoado de componentes incompatíveis. É
evidente que estão disponíveis outros padrões, por encomenda especial. Para mais pormenores, contacte o nosso representante Swegon mais perto de si.
Figura 10. Painel frontal padrão
Orifícios circulares dispostos num padrão triangular.
Figura 11. Painel frontal PD
Orifícios circulares dispostos num padrão quadrangular com
uma margem graduada
Figura 9. Parasol EX como solução de extremidade posterior
Figura 12. Painel frontal PE
Orifícios quadrados dispostos num padrão quadrangular com
uma margem graduada
5
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
Gama de aplicações
O Parasol EX é ideal para ser utilizado como aplicação padrão
em instalações como:
• Escritórios
• Salas de conferências
• Hotéis
• Restaurantes
• Hospitais
• Lojas
• Centros comerciais
Parasol EX
------------------------------------------------------------
CONTROLO AMBIENTE
É necessário equipamento de controlo fiável e com bom desempenho para manter a temperatura ambiente uniforme e
assegurar um clima saudável na divisão. O equipamento de
controlo ambiente LUNA da Swegon foi concebido para minimizar as oscilações de temperatura na divisão, modulando
continuamente a amplitude do impulso dos sinais transmitidos ao actuador. Esta função permite utilizar um actuador térmico para compensar rapidamente possíveis subidas ou
descidas súbitas das cargas de aquecimento na divisão. O processador digital é fácil de reconfigurar, o que proporciona
uma grande flexibilidade. É provável que as actividades dentro
de determinadas instalações mudem ao longo do tempo. Por
exemplo, um escritório em espaço aberto pode ser dividido
em pequenas salas de escritório. Neste caso, as regulações no
controlador podem ser facilmente alteradas para se adaptarem à nova situação.
Estão disponíveis informações mais detalhadas sobre o equipamento de controlo do ambiente numa ficha de dados do
produto no nosso site: www.swegon.com.
Figura 14. Instalação com todos os componentes na divisão
Componentes LUNA para instalação com Parasol EX
Kit de válvulas:
Controlador de ambiente:
Transformador:
Protecção contra condensação:
SYST RK-LUNA
LUNA RE-S
LUNA TS-1
LUNA-T-CG-2
Figura 15. Instalação com válvula, actuador e registo no corredor
Figura 13. SYST RK-LUNA
A = Válvula
B = Actuador
C = Botão ∅12mm
D = roscas macho R: ½’' B de acordo com ISO 7/1
A = Controlador de ambiente
B = Transformador
C = Kit de válvulas com actuador
D = Protecção contra condensação
E = Registo, CRP 9-125
Montar o monitor de condensação no tubo de entrada para
arrefecimento o mais próximo possível da bateria.
Importante! Não pode ficar coberto pelo isolamento anti-condensação.
6
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
Para ajustar a válvula:
Quando é entregue, o kit vem com as válvulas completamente
abertas (posição N, kv=0,89). O valor kv pretendido deve ser
regulado durante a colocação em funcionamento. O fluxo
pode ser definido ajustando a regulação do cone da válvula.
Isto faz-se facilmente utilizando a caixa protectora (fornecida
com a unidade) com uma escala kv com marcas de comprimentos diferentes (ver Tabela 1). A altura de elevação é sempre a mesma independentemente da regulação.
Dados técnicos, válvula
Dados funcionais
Classe PN
Meios permitidos:
PN 10
Água refrigerada e quente com
produto anti-congelante
Recomendação: Tratamento da
água de acordo com a norma VDI
2035
Temperatura do meio:
1…120 °C
Pressão de funcionamen- 1000 kPa (10 bar)
to admitida:
Pressão de fecho:
60 kPa (0,6 bar)
Queda de pressão para Limites recomendados:
válvula completamente 5 … 20 kPa (0,05 … 0,2 bar)
aberta(Δpv100):
Altura de elevação:
2 mm
Material
Corpo da válvula:
Bico de ligação:
Caixa de protecção:
O-ring:
Ligação
Roscas macho R:
Entrada/Saída
Roscas fêmea Rp:
Latão, mate, niquelado
Latão, mate, niquelado
Polipropileno
EPDM
½¨B de acordo com ISO 7/1
½" de acordo com ISO 7/1
Figura 16. Para ajustar o valor kv.
A = Caixa protectora, com possibilidade de rotação até 180°
B = Marca no lado da saída da válvula
Primeira colocação em funcionamento
1.
2.
Instalar a caixa protectora A sobre a válvula.
Rodar a caixa protectora até que a marca de referência
pretendida esteja centrada com a marca B na válvula.
Tabela 1. Valor kv (m³/h) para diferentes regulações
A = Marca de referência
B = Valor kv
Manutenção das válvulas
Normalmente, as válvulas não necessitam de qualquer manutenção. Se alguma coisa danificar a caixa de empanque, esta
pode ser substituída mesmo com o sistema sob pressão. Para
tal é necessária um ferramenta especial.
7
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
------------------------------------------------------------
INSTALAÇÃO E SUSPENSÃO
Dimensões de ligação
Água - arrefecimento, extremidade de
tubo simples (Cu)
Água - aquecimento, extremidade de
tubo simples (Cu)
Ar, peça de ligação
Ø 12 x 1,0 mm
Ø 12 x 1,0 mm
Ø 125 mm
Para ligar o ar
O Parasol EX é fornecido com a peça de ligação do mesmo
lado das ligações de água.
Há uma tampa no lado oposto que no Parasol EX só pode ser
utilizada como uma tampa de limpeza. O kit de tubos e caixas
não servirão se utilizar a tampa de limpeza como uma ligação
de ar.
Figura 17. Desenho/diagrama para suspender o Parasol EX e
a caixa
A = Kit de válvulas
B = Registo
C = Caixa para colocação em funcionamento
Para ligar a água
Ligar os tubos de água utilizando acoplamentos de pressão ou
acoplamentos de segmento de fixação. Não utilizar acoplamentos soldados para ligar os tubos de água. Temperaturas
elevadas podem danificar as soldaduras existentes na unidade.
Os tubos de ligação flexíveis para a água podem ser encomendados separadamente.
Arrefecimento sem condensação
Como os módulos de conforto têm que ser dimensionados
para funcionarem sem condensação, não é necessário qualquer sistema de drenagem.
Figura 18. Peça de montagem SYST MS-1, montagem no tecto e haste roscada.
8
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Designações
Capacidade de arrefecimento, máx.
1930 W
Capacidade de aquecimento, água, máx.
2450 W
Caudal de ar:
Parasol EX 690
7-34 l/s
Parasol EX 1290
9-55 l/s
Comprimento:
Parasol EX 690
690 mm
Parasol EX 1290
1.290 mm
Largura:
690 mm
Altura:
230 mm
As dimensões das unidades têm uma tolerância de (±2) mm.
P
tl
tr
tm
ΔTm
ΔTl
ΔTk
Tabela 2. Peso
Tamanho
(mm)
690
690
690
1290
1290
1290
Variante
funcional
A
B
C
A
B
C
Peso vazio
(kg)
19,6
19,7
16,9
30,2
33,8
28,0
Cheio com água
(kg)
20,8
21,2
31,6
36,2
-
Valores limite recomendados
Capacidade (W)
Temperatura do ar primário (°C)
Temperatura do ar ambiente (°C)
Temperatura média da água (°C)
Diferença de temperatura tr - tm (K)
Diferença de temperatura tl - tr (K)
Diferença de temperatura do débito de água de arrefecimento e de retorno (K)
ΔTv Diferença de temperatura do débito de água de aquecimento e de retorno (K)
v
Velocidade da água (m/s)
q
Caudal de ar (l/s)
p
Pressão (Pa)
Δp Queda de pressão (Pa)
Índice remissivo suplementar: k = arrefecimento, v = aquecimento, l = ar, i = ajuste inicial, corr = correcção
Queda de pressão no bocal
Δpl = (ql / kpl)2
Δpl
Queda de pressão no bocal(pa)
Débito de ar primário (l/s)
ql
kpl
Constante de queda de pressão para regulação do
bocal, ver tabelas 3-5 e 7
Níveis de pressão
Pressão de funcionamento da bateria, máx.
1000 kPa
Pressão de teste da bateria, máx.
1300 kPa
Pressão do bocal
50-150 Pa
Pressão mín. recomendada para o bocal se for 70 Pa
utilizado aquecimento por bateria, pi
Caudal de água
Assegura a evacuação de quaisquer bolsas de ar no sistema.
Água de arrefecimento, mín.
0,030 l/s
Água de aquecimento, mín.
0,013 l/s
Diferenciais de temperatura
Água de arrefecimento, aumento de temperatu- 2 a 5 K
ra
Água de aquecimento, queda da temperatura 4 a 10 K
As diferenças de temperatura são sempre expressas em Kelvin (K).
Temperatura do caudal
Água de arrefecimento *
Água de aquecimento, máx.
60 °C
* A água de arrefecimento tem que ser mantida sempre a
uma temperatura que assegure a não formação de condensação.
9
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
DADOS TÉCNICOS
Parasol EX
------------------------------------------------------------
ARREFECIMENTO
Norma
As capacidades são medidas de acordo com a publicação V
1996:1 e Nordtest NT VVS 078.
Fórmulas de cálculo - Arrefecimento
Seguem-se algumas fórmulas que permitem ao utilizador calcular qual a selecção de módulo de conforto que melhor se
adapta à aplicação. Os valores para os cálculos podem ser retirados das tabelas.
Queda de pressão da bateria de arrefecimento
Δpk = (qk / kpk)2
Δpk
Queda de pressão da bateria de arrefecimento(kPa)
Débito de água de arrefecimento (l/s), ver Gráfico 1
qk
Constante de queda de pressão para bateria de arkpk
refecimento, ver Tabelas 3 a 5
Capacidade corrigida – débito de água
Diferentes velocidades do débito de água têm, até certo ponto, efeitos sobre a capacidade final. Verificando o débito de
água calculado relativamente ao Gráfico 2 ou 3, a capacidade
indicada nas Tabelas 1 a 5 pode precisar de ser ligeiramente
ajustada para mais ou para menos.
Pcorr = k · Pk
Pcorr
Capacidade corrigida (W)
K
Factor de correcção
Capacidade de arrefecimento da água
Pk
Gráfico 2. Capacidade corrigida – Débito de água, Parasol EX 690
Capacidade de arrefecimento do ar
Pl = 1.2 · ql · ΔTl
Pl
Capacidade de arrefecimento do ar primário (W)
Débito de ar primário (l/s)
ql
ΔTl
Diferença de temperatura entre o ar primário (tl) e o
ar ambiente (tr) (K)
Capacidade de arrefecimento da água
Pk = 4186 · qk · ΔTk
Pk
Capacidade de arrefecimento da água (W)
qk
Débito de água de arrefecimento (l/s)
Diferença de temperatura do débito de água de arΔTk
refecimento e de retorno (K)
Gráfico 3. Capacidade corrigida – Débito de água, Parasol EX 1290
Gráfico 1. Débito de água – Capacidade de arrefecimento
T
K
K
K
K
K
K
10
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
Gráfico 4. Queda de pressão – Débito de água de arrefecimento
90 0
12 69
11
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
------------------------------------------------------------
Tabela 3 – Dados – Arrefecimento. Guia de dimensionamento para Parasol EX 690
Unida- Ajuste
Cau- Nível Presde
do bocal dal de
de são do
1)
compriar pri- som bocal
mento
mário dB(A) pi (Pa)
2)
(mm)
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
(l/s)
7
8
9
10
12
12
14
16
18
20
20
23
26
30
34
<20
<20
<20
22
27
<20
22
26
30
33
20
25
28
33
36
48
62
79
98
140
47
63
83
105
129
52
69
88
117
150
Capacidade de
arrefecimento
de ar primário (W)
para ΔTl
6
50
58
65
72
86
86
101
115
130
144
144
166
187
216
245
8
67
77
86
96
115
115
134
154
173
192
192
221
250
288
326
10
84
96
108
120
144
144
168
192
216
240
240
276
312
360
408
12
101
115
130
144
173
173
202
230
259
288
288
331
374
432
490
Capacidade de arrefecimento
de água (W)
para ΔTmk3)
6
172
196
218
237
271
205
238
266
291
313
257
293
324
361
393
7
199
228
252
276
315
237
276
308
338
364
300
340
376
418
455
8
226
259
288
314
359
268
312
350
384
415
341
387
427
474
516
9
252
290
323
352
402
300
349
393
431
465
382
433
478
531
577
10
279
321
357
390
446
329
386
434
477
515
423
480
529
587
637
11
306
352
393
428
491
360
422
475
523
565
465
526
580
642
698
Queda de
pressão
constante
ar/água
12
333
383
427
467
534
391
458
516
568
615
506
572
630
698
757
kpl
1,01
1,01
1,01
1,01
1,01
1,76
1,76
1,76
1,76
1,76
2,77
2,77
2,77
2,77
2,77
kpk
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
0,0173
Tabela 4 – Dados – Arrefecimento. Guia de dimensionamento para Parasol EX 1290 MF
Unida- Ajuste
de
do bocal
1)
comprimento
(mm)
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
Cau- Nível Presdal de
de são do
ar pri- som boca
mário dB(A) pi (Pa)
2)
(l/s)
9
10
12
14
16
13
15
17
20
22
22
25
28
33
38
<20
<20
<20
<20
22
<20
<20
<20
23
26
<20
<20
22
26
30
49
61
88
120
156
50
67
85
118
143
50
64
81
112
148
Capacidade de
arrefecimento
de ar primário (W)
para ΔTl
6
65
72
86
101
115
94
108
122
144
158
158
180
202
238
274
8
86
96
115
134
154
125
144
163
192
211
211
240
269
317
365
10
108
120
144
168
192
156
180
204
240
264
264
300
336
396
456
12
130
144
173
202
230
187
216
245
288
317
317
360
403
475
547
Capacidade de arrefecimento
de água (W)
para ΔTmk3)
6
271
298
346
386
420
301
343
379
426
454
359
399
436
488
532
7
315
348
403
450
492
351
399
441
495
527
420
467
508
567
619
8
360
397
462
516
563
402
456
503
564
600
479
533
580
648
707
9
405
446
519
580
634
452
512
564
632
672
540
599
652
728
793
10
450
496
577
645
705
503
568
626
700
744
600
665
723
807
879
11
12
494 540
546 595
635 693
710 775
776 846
553 604
625 681
687 748
768 835
815 887
660 720
732 798
795 867
887 967
967 1053
Queda de
pressão
constante
ar/água
kpl
1,28
1,28
1,28
1,28
1,28
1,84
1,84
1,84
1,84
1,84
3,12
3,12
3,12
3,12
3,12
kpk
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
1) Para o dimensionamento de regulações alternativas do bocal, utilizar o Swegon ProSelect, o programa de dimensionamento
que está disponível em www.swegon.com
2) Os dados de som especificados são aplicáveis à ligação sem registo ou com registo completamente aberto. Noutras aplicações
que requerem aceleração por meio de um registo de ajuste SYST CRPc 9–125 montado directamente na unidade, os dados necessários podem ser lidos usando o programa de dimensionamento Swegon ProSelect,
Atenuação ambiente = 4 dB
A capacidade é reduzida em 5% quando o ADCII está definido para a regulação de Formato de ventoinha. A capacidade de ar
primário não é afectada.
Importante! A capacidade total de arrefecimento é a soma das capacidades de arrefecimento a ar e a água.
12
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Unida- Ajuste
de
do bocal
1)
comprimento
(mm)
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
Cau- Nível Presdal de
de são do
ar pri- som boca
mário dB(A) pi (Pa)
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
2)
(l/s)
13
15
17
20
22
23
26
30
34
39
36
40
45
50
55
<20
<20
<20
23
26
<20
23
27
31
35
26
28
31
34
36
50
67
85
118
143
52
66
88
113
149
51
63
80
98
119
Capacidade de
arrefecimento
de ar primário (W)
para ΔTl
6
94
108
122
144
158
166
187
216
245
281
259
288
324
360
396
8
125
144
163
192
211
221
250
288
326
374
346
384
432
480
528
10
156
180
204
240
264
276
312
360
408
468
432
480
540
600
660
12
187
216
245
288
317
331
374
432
490
562
518
576
648
720
792
Capacidade de arrefecimento
de água (W)
para ΔTmk3)
6
331
367
398
439
463
390
422
461
494
532
450
483
519
553
582
7
384
426
463
510
538
452
490
535
573
616
519
557
598
636
669
8
438
485
526
580
612
514
557
608
652
700
588
629
676
717
756
9
491
543
589
650
685
575
623
680
729
783
655
701
753
799
840
10
11
542 595
602 660
653 716
720 789
759 832
636 697
689 756
752 824
806 883
866 948
722 789
773 843
828 903
878 958
924 1007
Queda de
pressão
constante
ar/água
12
647
718
780
859
905
757
821
895
960
1031
854
913
978
1037
1090
kpl
1,84
1,84
1,84
1,84
1,84
3,20
3,20
3,20
3,20
3,20
5,04
5,04
5,04
5,04
5,04
kpk
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
0,0183
1) Para o dimensionamento de regulações alternativas do bocal, utilizar o Swegon ProSelect, o programa de dimensionamento
que está disponível em www.swegon.com
2) Os dados de som especificados são aplicáveis à ligação sem registo ou com registo completamente aberto. Noutras aplicações
que requerem aceleração por meio de um registo de ajuste SYST CRPc 9–125 montado directamente na unidade, os dados necessários podem ser lidos usando o programa de dimensionamento Swegon ProSelect,
Atenuação ambiente = 4 dB
A capacidade é reduzida em 5% quando o ADCII está definido para a regulação de Formato de ventoinha. A capacidade de ar
primário não é afectada.
Importante! A capacidade total de arrefecimento é a soma das capacidades de arrefecimento a ar e a água.
Tabela 6. Capacidade de arrefecimento para Convecção natural
Unidade
(mm)
Parasol EX 690
Parasol EX 1290
6
17
41
Capacidade de arrefecimento (W)
para a diferença de temperatura, ambiente – água ΔTmk (K)
7
8
9
10
11
21
25
29
34
39
51
61
72
83
95
12
43
107
13
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
Tabela 5 – Dados – Arrefecimento. Guia de dimensionamento para Parasol EX 1290 HF
Parasol EX
------------------------------------------------------------
Ajuste do bocal
O controlo de bocal incorporado exclusivo no Parasol EX significa que cada um dos quatro lados pode ser regulado individualmente. Dependendo da localização da unidade e das
necessidades de ar primário da divisão, o ar primário pode ser
orientado para qualquer direcção que se pretenda. A direcção
do caudal de ar pode facilmente ser optimizadao utilizando o
programa de dimensionamento Swegon ProSelect disponível
em www.swegon.com.
Todas as unidades existentes em stock estão predefinidas para
a mesma regulação do bocal nos quatro lados. A direcção do
caudal de ar pode ser facilmente ajustada ao instalar a unidade, utilizando as ferramentas de ajuste fornecidas com a unidade. Isto traz vantagens logísticas uma vez que o instalador
não tem que ter em conta marcações específicas da divisão.
factor k (C.O.P.)
A regulação de cada bocal tem um factor k específico. Pode
determinar-se um factor k total para a unidade, somando os
factores k das regulações de bocal em cada um dos lados. O
factor k relevante (C.O.P.) para uma regulação optimizada do
bocal também pode ser obtido no ProSelect.
Tabela 7. Guia do factor K por lado
Tipo de unidade:
Parasol EX 690 MF
Parasol EX 1290 MF
Parasol EX 1290 HF
Caudal de ar
primário
Baixo
Médio
Alto
Nenhum
Baixo
Médio
Alto
Nenhum
Baixo
Médio
Alto
Nenhum
Baixo
Médio
Alto
Nenhum
Baixo
Médio
Alto
Nenhum
Lateral
Qualquer uma
Qualquer uma
Qualquer uma
Qualquer uma
Lado curto
Lado curto
Lado curto
Lado curto
Lado longo
Lado longo
Lado longo
Lado longo
Lado curto
Lado curto
Lado curto
Lado curto
Lado longo
Lado longo
Lado longo
Lado longo
14
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Ajuste
do bocal
L
M
H
C
L
M
H
C
L
M
H
C
L
M
H
C
L
M
H
C
factor k
(C.O.P.)
0,253
0,440
0,693
0
0,176
0,253
0,429
0
0,464
0,667
1,131
0
0,253
0,440
0,693
0
0,667
1,160
1,827
0
Parasol EX
Regulações específicas do bocal
Para especificar as regulações optimizadas do bocal, deve começar-se sempre pelo lado mais próximo à esquerda das ligações de água. A partir daí, especificar lado pós lado, em
sentido contrário ao dos ponteiros do relógio. Ver Figuras 19
a 21. Se desejar, pode encomendar as unidades previamente
reguladas de fábrica (não se aplica a unidades em stock).
Figura 20. Vista superior do Parasol EX 1290, páginas 1 a 4
Figura 19. Vista superior do Parasol EX 690, páginas 1 a 4
Figura 21. Exemplos de regulação optimizada do bocal.
15
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
------------------------------------------------------------
Exemplo de cálculo - Arrefecimento
Para tornar o dimensionamento de módulos de conforto o
mais simples possível, o programa de dimensionamento Swegon ProSelect está disponível em www.swegon.com. Outra
maneira excelente de dimensionar unidades é utilizar os dados do catálogo, dos quais se dá um exemplo abaixo.
Condições
Pretende-se ventilar e controlar a temperatura de uma divisão
com as dimensões (l x p x a) 8,0 x 20,0 x 3,0 m sem tecto falso
com um módulo de conforto suspenso Parasol EX 1290. A
carga total de arrefecimento foi calculada em 9,6 kW. Temperatura ambiente prevista (tr) 24 °C, temperatura da água de
arrefecimento (débito/retorno) 14/17 °C e a temperatura do
ar primário (tl) 18 °C produz:
ΔTk= 3K
ΔTmk= 8,5K
ΔTl= 6K
O débito de ar primário pretendido para a divisão (ql) foi fixado em 432 l/s. O ruído gerado por cada módulo de conforto
não pode exceder 27 dB(A).
Solução
Arrefecimento
A capacidade de arrefecimento do ar primário pode ser calculada utilizando a seguinte fórmula:
Pl = 1,2 x ΔTl x ql
Pl = 1,2 x 6 x 432 = 3110 W
A restante capacidade de arrefecimento que tem que ser fornecida por arrefecimento a água será então 9600 – 3110 =
6490 W.
A partir da Tabela 5 concluímos que um Parasol EX 1290 na
versão de débito alto com regulação do bocal HHHH pode distribuir 36 l/s e gerar 26 dB(A) a uma pressão do bocal de 51
Pa. A capacidade de arrefecimento da água pode ser lida na
mesma tabela: 612 + 682 / 2 = 647 W por unidade (interpolar
entre ΔTmk 8K & 9K).
É necessário o seguinte para satisfazer o requisito acústico de
27 dB(A) por unidade: 432 / 36 = 12 unidades. Parasol EX
1290. A capacidade de arrefecimento total do lado da água
será 647 x 12 = 7764 W o que representa mais 1274 W do
que a carga de arrefecimento. Para evitar o sobredimensionamento, pode optar por substituir duas das unidades por módulos de insuflação de ar que não contêm nenhuma bateria.
Assim ter-se-á uma capacidade de arrefecimento total do lado
da água de 647 x 10 = 6470 W que está ao nível da carga de
arrefecimento.
que é obtida na Tabela 5. A queda de pressão será então: Δpv
= (qv/kpv)2 = (0,053 / 0,0183)2 = 8,4 kPa.
Nível de ruído
Na Tabela 5 vemos que o nível de ruído com um registo totalmente aberto (ou sem registo) atinge 26 dB(A). Para determinar os limites e o nível de ruído actual após o ajuste com
registo separado do tipo SYST CRPc 9-125, pode utilizar-se o
Gráfico 7 ou o programa de dimensionamento Swegon ProSelect, disponível em www.swegon.com.
Resultados
Os produtos seguintes são necessários no exemplo de caso de
dimensionamento descrito acima:
Solução optimizada:
10 unidades Parasol EX 1290-A-HF com regulação de bocal
HHHH (arrefecimento e ventilação)
2 unidades Parasol EX 1290-C-HF com regulação de bocal
HHHH (apenas ventilação)
Solução alternativa para máxima flexibilidade relativamente a
futuras divisões do espaço:
12 unidades Parasol EX 1290-A-HF com regulação de bocal
HHHH (arrefecimento e ventilação)
Água de arrefecimento
Com uma necessidade de capacidade de arrefecimento de
6470 / 10 = 647 W para água de arrefecimento, o débito de
água necessário obtém-se no Gráfico 1. Com o aumento da
temperatura ΔTk= 3K o débito de água obtido é de 0,052 l/s.
No Gráfico 3 podemos verificar que um débito de água de
0,052 l/s não produz um fluxo de saída totalmente turbulento, mas que a capacidade tem que ser corrigida por um factor
de redução de 0,98. A perda de capacidade é compensada
pelo cálculo da capacidade de arrefecimento necessária por
parte dos módulos de conforto, da seguinte maneira: Pk =
647 / 0,98 = 660 W.
Novo débito de água do Gráfico 1, qk = 0,053 l/s.
A queda de pressão é calculada com base num débito de água
de 0,053 l/s e a constante da queda de pressão kpk = 0,0183,
16
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
A capacidade de arrefecimento ou aquecimento do ar
Função de aquecimento
Aquecer espaços, com ar aquecido acima da temperatura ambiente, descarregado a partir do tecto, é uma boa alternativa
às soluções convencionais de aquecimento por radiador. As
vantagens assim obtidas incluem custos de instalação mais reduzidos, instalação mais fácil e paredes do perímetro sem tubagens nem radiadores. Independentemente do tipo de
sistema de aquecimento instalado, é importante considerar a
temperatura de funcionamento numa divisão.
A maior parte das pessoas está confortável quando a temperatura de funcionamento no Inverno se situa entre os 20 e os
24 °C e, para a maioria dos requisitos de qualidade, 22 °C é
geralmente considerada a temperatura ideal. Isto significa
que, para uma divisão com um perímetro de parede fria, a
temperatura do ar tem que estar acima dos 22 °C para compensar o efeito arrefecedor da parede. Em edifícios novos,
com paredes normalmente isoladas e vidros de janelas de padrões normais, a diferença entre a temperatura do ar ambiente e a temperatura de funcionamento é pequena. Mas em
edifícios mais antigos, com janelas de má qualidade, pode ser
necessário aumentar a temperatura do ar para compensar o
frio das paredes do perímetro.
Pl = 1.2 · ql · ΔTl
Pl
A capacidade de arrefecimento ou aquecimento do
ar (W)
Débito de ar primário (l/s)
ql
Diferença de temperatura entre o ar primário (tl) e o
ΔTl
ar ambiente (tr) (K)
Capacidade de aquecimento da água:
Pv = 4186 · qv · ΔTv
Pv
Capacidade de aquecimento da água (W)
Débito de ar de aquecimento (l/s)
qv
Diferença de temperatura entre o débito de água de
ΔTv
aquecimento e débito de retorno (K)
Queda de pressão para a bateria de aquecimento (Pa)
Δpv = (qv / kpv)2
Δpv
Queda de pressão na bateria de arrefecimento(kPa)
Débito de água de aquecimento (l/s), ver Gráfico 6
qv
kpv
Constante de queda de pressão para bateria de
aquecimento, ver Tabelas 8 a 10
Gráfico 5. Débito de água – Capacidade de aquecimento
O Parasol EX foi optimizado para distribuir ar insuflado sem
ajuda do efeito coanda e pode distribuir ar num padrão de difusão variável graças ao ADCII incorporado, que ainda aumenta a mistura de ar insuflado no ar ambiente. Assim, o Parasol
EX fornece ar aquecido à divisão com um jacto de turbulência
que rapidamente se mistura com o ar ambiente. Isto acelera o
processo de arrefecer o ar aquecido para que este chegue
mais facilmente à zona ocupada. Podem facilmente simularse diferentes cenários de funcionamento, utilizando o software Swegon ProClim Web para calcular o equilíbrio de calor e
determinar a temperatura do ar ambiente e a temperatura de
funcionamento. Fornecer ar aquecido a partir do tecto resulta
em alguma estratificação do ar. Com uma temperatura de insuflação máxima de 40 °C, a estratificação não existe, ao passo que a 60 °C, pode situar-se em torno de 4 k na zona
ocupada. Isto aplica-se apenas durante a fase de aquecimento, quando a divisão não está a ser utilizada e não há carga
interna. Quando a divisão está a ser utilizada e há iluminação,
computadores e pessoas, a estratificação é reduzida ou desaparece, dependendo da carga de aquecimento. Estudos laboratoriais, simulações em computador e projectos de
referência, todos demonstram que se obtém um bom clima
interior por meio do módulo de conforto PARASOL EX, seja
qual for a época do ano.
Fórmulas de cálculo - Aquecimento
Seguem-se algumas fórmulas que permitem ao utilizador calcular qual a selecção de módulo de conforto que melhor se
adapta à aplicação. Os valores para o cálculo encontram-se
nas Tabelas 8 a 10.
17
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
AQUECIMENTO
Parasol EX
------------------------------------------------------------
Gráfico 6. Queda de pressão – Débito de água de aquecimento
18
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Unidade
comprimento
(mm)
Regulação
do
bocal 1)
Caudal
de ar primário
(l/s)
Som
Nível
dB(A)
Pressão
do bocal
pi (Pa)
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
690
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
7
8
9
10
12
12
14
16
18
20
20
23
26
30
34
<20
<20
<20
22
27
<20
22
26
30
33
20
25
28
33
36
48
62
79
98
140
47
63
83
105
129
52
69
88
117
150
2)
Capacidade de aquecimento
da água (W)
para ΔTmv 3)
5
93
106
117
126
143
123
134
143
151
158
138
152
164
178
190
10
187
212
233
253
287
247
267
285
301
315
276
303
327
356
380
15
280
317
349
378
429
359
394
424
450
473
406
448
484
527
564
20
372
422
465
504
571
472
520
562
599
632
537
592
641
698
747
25
465
526
581
629
714
581
644
699
747
790
665
734
795
866
928
30
557
631
696
755
856
690
768
835
895
948
792
876
949
1035
1109
Queda de pressão
constante
ar/água
35
649
735
812
880
998
796
890
971
1043
1107
918
1016
1102
1201
1289
kpl
1,01
1,01
1,01
1,01
1,01
1,76
1,76
1,76
1,76
1,76
2,77
2,77
2,77
2,77
2,77
kpv
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
0,020
Tabela 9 – Dados – Aquecimento. Guia de dimensionamento para Parasol EX 1290 MF com ADCII recto
Unidade
Pressão
compri- do bocal 1)
mento
(mm)
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
Caudal
de ar primário
(l/s)
9
10
12
14
16
13
15
17
20
22
22
25
28
33
38
Som
Nível
dB(A)
2)
<20
<20
<20
<20
22
<20
<20
<20
23
26
<20
<20
22
26
30
Pressão
do bocal
pi
(Pa)
49
61
88
120
156
50
67
85
118
143
50
64
81
112
148
Capacidade de aquecimento
água (W)
em ΔTmv 3)
5
184
197
219
238
254
177
206
232
265
285
227
251
273
305
332
10
369
394
438
475
508
353
412
464
531
570
454
503
547
610
665
15
538
580
653
714
767
543
625
697
791
846
677
751
816
911
992
20
708
766
867
953
1027
732
838
930
1051
1121
901
999
1086
1212
1320
25
872
948
1081
1193
1289
926
1053
1165
1309
1394
1124
1246
1354
1511
1646
30
1036
1130
1294
1432
1552
1120
1269
1399
1567
1666
1346
1492
1622
1810
1972
Queda de pressão
constante
ar/água
35
1197
1310
1506
1672
1815
1318
1486
1633
1824
1936
1568
1738
1890
2109
2297
kpl
1,28
1,28
1,28
1,28
1,28
1,84
1,84
1,84
1,84
1,84
3,12
3,12
3,12
3,12
3,12
kpv
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
1) Para o dimensionamento de regulações alternativas do bocal, utilizar o Swegon ProSelect, o programa de dimensionamento
que está disponível em www.swegon.com
2) Os dados de som especificados são aplicáveis à ligação sem registo ou com registo completamente aberto. Noutras aplicações
que requerem aceleração por meio de um registo de ajuste SYST CRPc 9–125 montado directamente na unidade, os dados necessários podem ser lidos usando o programa de dimensionamento Swegon ProSelect, Atenuação ambiente = 4 dB
A capacidade é reduzida em 5% quando o ADCII está definido para a regulação de Formato de ventoinha. A capacidade de ar
primário não é afectada.
A capacidade total de aquecimento é a soma das capacidades de aquecimento a ar e a água. Se a temperatura do ar primário for
inferior à temperatura ambiente, provoca um impacto negativo na capacidade total de aquecimento.
19
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
Tabela 8 – Dados – Aquecimento. Guia de dimensionamento para Parasol EX 690
Parasol EX
------------------------------------------------------------
Tabela 10 – Dados – Aquecimento. Guia de dimensionamento para Parasol EX 1290 HF
Unidade
Pressão
compri- do bocal 1)
mento
(mm)
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
1290
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
LLLL
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
MMMM
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
HHHH
Caudal
de ar primário
(l/s)
Som
Nível
dB(A)
Pressão
do bocal
pi
(Pa)
13
15
17
20
22
23
26
30
34
39
36
40
45
50
55
<20
<20
<20
23
26
<20
23
27
31
35
26
28
31
34
36
50
67
85
118
143
52
66
88
113
149
51
63
80
98
119
2)
Capacidade de aquecimento
água (W)
em ΔTmv 3)
5
158
175
190
209
220
185
200
218
234
251
210
224
240
255
268
10
315
349
379
418
441
369
400
436
468
503
419
448
481
510
536
15
586
650
705
778
820
687
745
812
871
935
780
834
895
949
998
20
857
951
1032
1137
1199
1005
1089
1188
1274
1368
1141
1220
1309
1388
1460
25
1015
1125
1221
1346
1419
1189
1289
1405
1507
1619
1350
1444
1549
1643
1728
30
1172
1299
1410
1554
1639
1373
1489
1623
1741
1870
1559
1667
1789
1897
1995
Queda de pressão
constante
ar/água
35
1441
1597
1734
1911
2015
1689
1830
1995
2140
2299
1917
2050
2199
2332
2453
kpl
1,84
1,84
1,84
1,84
1,84
3,20
3,20
3,20
3,20
3,20
5,04
5,04
5,04
5,04
5,04
kpv
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
0,0213
1) Para o dimensionamento de regulações alternativas do bocal, utilizar o Swegon ProSelect, o programa de dimensionamento
que está disponível em www.swegon.com
2) Os dados de som especificados são aplicáveis à ligação sem registo ou com registo completamente aberto. Noutras aplicações
que requerem aceleração por meio de um registo de ajuste SYST CRPc 9–125 montado directamente na unidade, os dados necessários podem ser lidos usando o programa de dimensionamento Swegon ProSelect,
Atenuação ambiente = 4 dB
A capacidade é reduzida em 5% quando o ADCII está definido para a regulação de Formato de ventoinha. A capacidade de ar
primário não é afectada.
A capacidade total de aquecimento é a soma das capacidades de aquecimento a ar e a água. Se a temperatura do ar primário for
inferior à temperatura ambiente, provoca um impacto negativo na capacidade total de aquecimento.
20
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
Exemplo de cálculo - Aquecimento
Na mesma divisão que no exemplo para o arrefecimento, há
também uma carga de aquecimento de 50 W/m2. Isto produz
uma carga da capacidade de aquecimento de 50 x 8,0 x 20,0
= 8,0 kW. O caudal de ar primário tem que ser o mesmo que
no cenário de Verão, 432 l/s, o que resulta em 36 l/s por unidade.
Temperatura ambiente ideal (tr) 22 °C, temperatura da água
de aquecimento (débito/retorno) 50/40 °C e a temperatura do
ar primário (tl) 20 °C produz:
ΔTv= 10°K
ΔTmv= 23°K
ΔTl= -2°K
Solução
Aquecimento
O caudal de ar primário de 36 l/s em combinação com a temperatura do ar primário de 20 °C produz um impacto negativo
na capacidade de aquecimento: 1,2 x 432 x (-2) = -1037 W.
A capacidade de aquecimento necessária da água de aquecimento é assim aumentada para 8000 + 1037 = 9037 W. Na
Tabela 10 a ΔTmv= 23°K e caudal de ar primário 36 l/s produzimos uma capacidade de aquecimento de Pv = 1266 W. Para
satisfazer a carga de aquecimento total, precisamos de 9037
/ 1266 = 7,1 unidades que podem então ser arredondadas por
excesso para 8 unidades. Parasol EX 1290 com função de
aquecimento.
Água de aquecimento
Com uma necessidade de aquecimento de 9037 / 8 = 1130 W
por unidade e ΔTv = 10K, obtemos o débito de água necessário no Gráfico 5: 0,027 l/s. A queda de pressão para a água de
aquecimento é calculada com base num débito de água de
0,027 l/s e a constante da queda de pressão kpk = 0,0213, que
é obtida na Tabela 10. A queda de pressão será então: Δpv =
(qv/kpv)2 = (0,027 / 0,0213)2 = 1,6 kPa.
Resultados
Caso de dimensionamento com ventilação, arrefecimento e
aquecimento.
Solução optimizada:
2 unidades Parasol EX 1290-A-HF com regulação de bocal
HHHH (arrefecimento e ventilação)
8 unidades Parasol EX 1290-B-HF com regulação de bocal
HHHH (arrefecimento, aquecimento e ventilação)
2 unidades Parasol EX 1290-C-HF com regulação de bocal
HHHH (apenas ventilação)
Solução alternativa para máxima flexibilidade relativamente a
futuras divisões do espaço:
12 unidades Parasol EX 1290-B-HF com regulação de bocal
HHHH (arrefecimento, aquecimento e ventilação)
21
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
-----------------------------------------------------------Tabela 11. Atenuação dos orifícios ΔL (dB) Parasol EX
690
ACÚSTICA
Ajuste do bocal
LLLL
MMMM
HHHH
Banda de oitava (Hz)
63 125 250 500 1k 2k 4k
19 20 17 16 17 16 15
17 18 15 14 15 14 13
15 16 13 12 13 12 11
8k
15
13
11
Tabela 12. Atenuação dos orifícios ΔL (dB) Parasol EX
1290 MF
Ajuste do bocal
LLLL
MMMM
HHHH
Banda de oitava (Hz)
63 125 250 500 1k 2k
18 19 16 15 16 15
16 17 14 13 14 13
14 15 12 11 12 11
4k
14
12
10
8k
14
12
10
Tabela 13. Atenuação dos orifícios ΔL (dB) Parasol EX
1290 HF
Ajuste do bocal
LLLL
MMMM
HHHH
Figura 22. Condições de pressão - Ar
Limites de aceleração do registo
Banda de oitava (Hz)
63 125 250 500 1k 2k
16 17 14 13 14 13
14 15 12 11 12 11
12 13 10
9 10 9
Δpl = pi · ps
Δpl
Limites de aceleração de registo instalado ps - pi,
see Gráfico 7
pi
Pressão do bocal (facilmente medida com um manómetro ligado aos tubos de medição).
Pressão estática a montante da unidade e do registo
ps
Limites de ajuste para o registo CRPc 9-125, indica a relação
entre a queda de pressão Δpl (Pa) e o caudal de ar primário ql
(l/s).
Gráfico 7. Limites de ajuste, registo CRPc 9-125
A = Limites de ajuste
B = Fechado
C = Aberto
22
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
4k 8k
12 12
10 10
8 8
Parasol EX
DIMENSÕES
Figura 23. Vista superior do Parasol EX 690 com suporte de
ligação
C = Tampa de limpeza (não se destina a ser utilizada como
uma ligação de ar opcional).
Figura 24. Parasol EX 690, vista superior com ligações
B=
Ar, peça de ligação ∅125 mm
RH =
Retorno, água de aquecimento ∅12 x 1,0 mm
RC =
Retorno, água de arrefecimento ∅12 x 1,0 mm
SH =
SC =
Entrada, água de aquecimento ∅12 x 1,0 mm
Entrada, água de arrefecimento ∅12 x 1,0 mm
23
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
------------------------------------------------------------
Figura 25. Vista superior do Parasol EX 1290 com suporte de
ligação
C = Tampa de limpeza (não se destina a ser utilizada como
uma ligação de ar opcional).
Figura 26. Parasol EX 1290, vista superior com ligações
B=
Ar, peça de ligação ∅125 mm
RH =
Retorno, água de aquecimento ∅12 x 1,0 mm
RC =
Retorno, água de arrefecimento ∅12 x 1,0 mm
SH =
SC =
Entrada, água de aquecimento ∅12 x 1,0 mm
Entrada, água de arrefecimento ∅12 x 1,0 mm
Figura 27. Ligação com registo, vista do fim
Figura 28. Ligação com curva de tubo, vista do fim
24
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Chave para encomendar, Parasol EX 690
Demarcação de empreitada
O fornecimento da Swegon termina nos pontos de ligação
para água e ar e na ligação do equipamento de controlo de
climatização para interiores. (ver Figuras 24 e 26).
• O empreiteiro de canalização liga os pontos de ligação
para água à extremidade do tubo simples e enche o sistema, sangra-o e testa a pressão.
• O empreiteiro de ventilação liga as condutas ao elemento
de ligação do ar.
Gama para encomenda, Parasol EX
Tamanho
Função
ADCII
Variantes de
caudais de ar
Ajuste do bocal
Cor
Parasol EX 690:
690 x 690 mm
Parasol EX 1290:
1290 x 690 mm
A tolerância é ±2 mm
As unidades podem ser encomendadas
em três versões funcionais diferentes:
A = Arrefecimento e insuflação de ar
B = Arrefecimento, aquecimento e insuflação de ar.
C = Apenas ar de insuflação
ADCII instalado de fábrica
fornecido de série
O Parasol EX 690 apenas pode ser encomendado na variante de caudal médio
(MF)
O Parasol EX 1290 pode ser encomendado
na variante de caudal médio (MF) e na variante de caudal alto (HF)
Cada lado pode ser regulado de quatro
maneiras diferentes: L, M, H, ou C
L = Caudal de ar baixo
M = Caudal de ar médio
H = Caudal de ar alto
C = Sem caudal de ar
As unidades são fornecidas no tom branco
cor standard da Swegon, RAL 9010, com
um rácio de brilho de 30 ± 6%
Parasol
Parasol EX 690Função:
A = Arrefecimento e
insuflação de ar
B = Arrefecimento,
aquecimento e insuflação de ar.
C = Apenas ar de insuflação.
Ajuste do bocal:
Lado 1: L, M, H, ou C
Lado 2: L, M, H, ou C
Lado 3: L, M, H, ou C
Lado 4: L, M, H, ou C
a- MF-
bcde
Chave para encomendar, Parasol EX 1290
Parasol
Parasol EX 1290Função:
A = Arrefecimento e
insuflação de ar
B = Arrefecimento,
aquecimento e insuflação de ar.
C = Apenas ar de insuflação.
Variantes de caudais de ar;
MF = Caudal médio
HF = Caudal alto
Ajuste do bocal:
Lado 1: L, M, H, ou C
Lado 2: L, M, H, ou C
Lado 3: L, M, H, ou C
Lado 4: L, M, H, ou C
a-
bb-
cdef
25
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
CHAVE PARA ENCOMENDAR
Parasol EX
------------------------------------------------------------
Disponíveis para encomenda, Acessórios
Chave para encomenda, acessórios
Padrão de
perfuração
Padrão de perfuração
Tipo:
1 = Parasol EX 690
2 = Parasol EX 1290
Variante de perfuração:
PD
PE
Os padrões de perfuração estão disponíveis em três versões diferentes:
Padrão: Orifícios circulares dispostos
num padrão triangular.
PD: Orifícios circulares dispostos num
padrão quadrangular.
PE: Orifícios quadrangulares dispostos
num padrão quadrangular.
Caixa de ligações Caixa telescópica para ocultar condutas
e tubos
Largura: 380 mm
Intervalo de comprimento:
175 - 250 mm
250 - 400 mm
400 - 700 mm
700 - 1.200 mm
1.200 - 2.000 mm
Kit de controlo
Kit plug and play com válvula, actuador
ambiental
e acoplamento de pressão ligação rápida (fornecido separadamente)
Tubo de ligação
O tubo de ligação é fornecido com acoflexível
plamento de segmento de fixação ou
acoplamento de pressão com um diâmetro de 12 mm.
Peça de montagem Suporte de tecto, haste roscada e manga de plástico para cobrir a haste roscada.
Peça de ligação
Curva de tubo 90°.
(curva 90°), ar
Registo de ajuste Registo para ajuste do volume de ar
inicial
Ferramenta para
Juntamente com cada encomenda é forajuste do bocal
necida uma ferramenta, gratuitamente,
para ajuste do bocal.
Bico de ventilação Bico de ventilação com acoplamento de
pressão para ligação a tubo de retorno
para água.
Parasol EX T- PP-
Caixa de ligações
Parasol EX T- CCVariante:
1 = Para instalação
em suspensão
2 = Para instalação
directamente no tecto
Comprimento máx. (mm):
250; 400; 700; 1200; 2000
Kit de controlo ambiental
(fornecido separadamente)
Variante:
C = Arrefecimento
CH = Arrefecimento e aquecimento
a- bb
a- bbbb
SYST RK LUNA-
aa
Tubo de ligação flexível
SYST FS- aaa- bbb- 12
(1 unidade)
Tipo:
F1 = Anel de fixação para tubo
em ambas as extremidades
F20 = Acoplamento de pressão para
tubo em ambas as extremidades
Comprimento (mm):
300; 500; 700
Peça de montagem
SYST MS- aaaa- b- RAL 9010
Comprimento da haste roscada (mm):
200; 500; 1000
Tipo:
1=Uma haste roscada
2=Duas hastes roscadas e
um vedante de rosca
Peça de ligação
(curva 90°), ar
SYST CA 125-90
Registo de ajuste inicial
SYST CRPc 9-125
Ferramenta para ajuste do bocal
SYST TORX 6-200
Bico de ventilação
SYST AR-12
26
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com
Parasol EX
Texto de especificação
Exemplo de um texto de especificação em conformidade com
a norma VVS AMA.
KB XX
Módulo de conforto Swegon Parasol EX para instalação em
suspensão, com as seguintes funções:
• Arrefecimento(opcional)
• Aquecimento(opcional)
• Ventilação
• Direcção do ar ajustável
• ADCII Controlo de conforto climático interior
• Distribuição de ar dirigida para cima sem necessidade de
efeito coanda.
• Abertura integrada de ar de circulação no painel frontal
• Versão para circulação de ar incluída
• Conduta de ar passível de limpeza
• União de medição fixa com tubo
• Pintado no tom de branco padrão (RAL 9010)
• Demarcação de empreitada no ponto de ligação para água
e ar como indicado no desenho de descrição.
• Nos pontos de ligação, o empreiteiro de canalização liga a
uma extremidade de um tubo simples de 12 mm (arrefecimento) ou de um tubo simples de 12 mm (aquecimento)
• O empreiteiro de canalização enche, sangra, testa a pressão e assume a responsabilidade pela chegada dos débitos
de água especificados a cada ramal do sistema e da unidade principal
• O empreiteiro da ventilação executa o ajuste inicial dos
caudais de ar
Acessórios:
• Padrão de perfuração alternativo Parasol EX T-PP-a-bb, xx
qtd
• Kit para controlo ambiente SYST RK LUNA-aa, xx qtd
• Caixa de ligações Parasol EX T-CC-a-bbbb
• Tudo de ligação flexível SYST FS aaa–bbb-12, xx qtd
• Peça de montagem SYST MS aaaa–b-RAL 9010, xx qtd
• Peça de ligação (curva de tubo 90°), SYST CA 125-90 xx
qtd
• Registo de ajuste SYST CRPc 9-125, xx qtd.
• Tamanho:
KB XX-1 Parasol EX 690 a-MF-bcde xx qtd
KB XX-2 Parasol EX 1290 a-bb-cdef, xx qtd., etc
• Equipamento de controlo, ver secção separada no catálogo de sistemas de climatização para interior a água ou o
nosso site www.swegon.com
27
Sistemas de climatização para interiores a água, 2007, (2/4 2009)
www.swegon.com

Documentos relacionados

PARASOL c

PARASOL c a regulação do cone da válvula. Isto faz-se facilmente utilizando a caixa protectora (fornecida com a unidade) com uma escala kv com marcas de diferentes comprimentos (ver Tabela 1). A altura de el...

Leia mais