tipografia

Сomentários

Transcrição

tipografia
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.
TIPOGRAFIA
Tipografia é o emprego de elementos gráficos que podem ser utilizados na
escrita (letras, números, rabiscos, símbolos) para se construir uma mensagem
visual - seja ela compreensível ou não. A forma da letra é capaz e distanciar ou
enfatizar o significado de uma palavra. Cada detalhe do seu desenho nos remete
a certas características conscientes ou inconscientes.
LEVE PESADO
Escolher um tipo de letra ideal para um determinado trabalho é, antes de
tudo, um processo de grande reflexão no qual precisamente devem ser
considerados todos os aspectos socioculturais, psicológicos, e estéticos imerentes
a peça. Esta tarefa dificulta-se a cada dia à medida que a diversidade de tipos de
letra também cresce assustadoramente.
Por mais sofisticados que sejam os processos de produção, eles jamais
substituirão o homem em sua capacidade estética de criação. Cabe ao homem
compor. Computadores, Scanners, impressoras, nada mais são do que
ferramentas de produção que jamais influirão na criação.
ORIGEM DA TIPOGRAFIA
A tipografia começou a ter destaque na Idade Média com os monges
copistas que faziam copias de textos importantes com um trabalho tipográfico que
marcou muito a época, um estilo gótico que se manteve até o surgimento da
imprensa.
Com a imprensa a leitura se democratiza e os tipos móveis de madeira e de
metal permitem editar uma grande quantidade de exemplares de um mesmo texto,
embora a maioria da população ainda fosse analfabeta, pois nesta época a Igreja
possuía todo o domínio sobre o conhecimento geral. Em principio, a tipografia
limita a caligrafia gótica dos escritos à mão. A pagina de ABC, dos primeiros anos
do século XX, é claramente modernista com tipos de letras muito dispares entre si:
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.
egípcias, pau seco e outras puramente ornamentais. Em 1940 apareceram às
primeiras filmadoras de fotocomposição, que supõem uma segunda revolução
tipográfica, e com elas os processos de produção se tornaram mais ágeis. Na
década de 1980, a liberdade absoluta de estilo e a composição de textos são
conseguidas graças ao computador pessoal. O diagramador tem total autonomia
para jogar com os estilos, os corpos, as espessuras e as cores das letras. E de
forma instantânea. Como sempre, a tecnologia se coloca a serviço da criatividade.
ESTRUTURA DO CARACTERE
ÁPICE extremidade superior da letra
BASEOUPÉ extremidade inferior da letra
HASTE parte que compõe a letra
SERIFAS aparas existente sem alguns tipos
TRAVE parte que atravessa a letra
de letras
Quadro das partes dos caracteres nomeados em jargão tipográfico.
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.
Em texto escrita toda em caixa alta (maiúsculas) tende a formar uma massa de
faixas cinza com quase nenhuma variação de forma.
ABCDEFGHIJLMNOPQRSTUVWXYZ
Quando este mesmo texto é escrito em caixa baixa (minúsculas) as hastes
ascendentes e descendentes proporcionam uma variação de cinzas, tornam do a leitura
mais agradável.
abcdefghijlmnopqrstuvwxyz
CORPO
O corpo é a medida de altura que um determinado tipo de letra possui.Vai da
haste ascendente até a haste descendente da letra.
FAMÍLIAS
As letras classificam-se basicamente em cinco grupos. Sendo assim, podemos
dizer que todos os tipos de letras que possuímos são, de certa forma, variações destes
grupos.
ROMANA ANTIGA
Com inspiração na escrita romana os franceses criaram em meados do século
XVIII uma família de letras que é ótima para textos extensos por possuir um descanso
visual decorrente do contraste harmonioso entre suas hastes e um desenho de serifas
muito agradável.
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.
ROMANA MODERNA
É uma evolução do romano clássico com um contraste maior entre as hastes, as
serifas triangulares foram substituídas por serifas retilíneas. Este tipo é meio delicado
no momento da reprodução por causa das hastes muito finas. A Romana Moderna é
um pouco mais leve e com maior legibilidade.
EGÍPCIA
Foi criada no período da Revolução Industrial (século XVIII). Sua principal
característica é a regularidade das hastes e serifas quadradas. Seu uso é
desaconselhável em textos longos, pois suas serifas deixam o texto pesado demais.
LAPIDÁRIA
Inspirada nas inscrições Fenícias que eram feitas usando-se bastões de argila
esta letra foi criada na Alemanha no século XIX. Esta família não possui variação entre
suas hastes e seus arremates não formam serifas. É o tipo mais utilizado em textos
publicitários e em embalagens.
CURSIVA
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.
Neste grupo estão todos os tipos de letras que não se enquadram em nenhum
dos parâmetros de classificação anteriores. Temos os caracteres góticos, as letras que
imitam a escrita manual, e muitas outras letras que contenham sombras e ou
ornamentos. Por serem mais decorativas estas letras têm a sua legibilidade
comprometida.
TIPOS BATIZADOS COM NOMES PRÓPRIOS
No menu de opções de "fontes" de qualquer processador de textos surge um
repertório relativamente extenso de nomes, cujo significado real escapa à maioria dos
usuários de computadores.
Valem à pena resgatar alguns deles, pois atrás desses nomes escondem-se
homens que, com paciência e dedicação, conseguiram colocar na tela do computador
tipos muito diferentes, uns dos outros.
O suíço Adrian Frutiger (lnterlaken, 1928) é uma dessas pessoas. Frutiger iniciou
sua carreira de tipógrafo em Paris, onde deixou marcas de seu trabalho no metrô e no
aeroporto de Orly. De seu estúdio parisiense saíram famílias para IBM, além de outras
batizadas como Univers (1954-1955), ou com o nome de seu próprio inventor (19741976), esta última originalmente criada para o aeroporto Charles de Gaulle. Todas
essas famílias, bastante legíveis e harmônicas, inseriram-se de forma ímpar na
tipografia usada pela Informática.
Dessa mesma lista, figura também o britânico Eric Gill (1882-1940), insólito
gravurista criador da via-crúcis da catedral de Westminster. Seus tipos Gill Sans e
Perpetua foram criados para a Nonotype Corporation e utilizados pelo movimento Art &
Crafts, em seus trabalhos e Idéias sobre estética.
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.
ESPACEJAMENTO
O espacejamento óptico é a correção do espacejamento mecânico. Com ele as
desigualdades dos espaços brancos entre os caracteres provenientes das diferenças
de forma de cada letra são compensadas. Por vezes, torna-se necessário alterar o
espacejamento de determinadas fontes para garantir uma uniformidade visual da
mensagem que se pretende transmitir.
ABCDTO
ABCDTO
ESPACEJAMENTO ÓPTICO
ESPACEJAMENTO MECÂNICO
ENTRELINHA
Espaço existente entre a linha-base de um texto e a linha-base seguinte.
Simplificando, a entrelinha é a distância existente entre a primeira e a segunda linha.
Minha terra
tem palmeiras
onde canta
o sabiá.
CLASSIFICAÇÃO DE ESTILOS
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.
TIPOGRAFIA NA WEB
Pensar em tipografia para a Internet é desenhar mensagens interativas. É a
comunicação a favor da interação. Tipografia na web desenvolve soluções inovadoras e
únicas. Afinal, são novos instrumentos (computadores, modem), novos sinais (@,#)
novas dimensões (hipertexto, hiperlink), novas linguagens (html, Java) e necessidades
individuais a serem supridas. Em meio a essa quantidade de "web coisas" você precisa
entender que a natureza da web é flexível e intrincada, e possui diversas variantes:
distintos tamanhos de telas, monitores com baixa resolução, possibilidades de
representação infinitas, interfaces as mais diversas possíveis, além da multimídia
completa permitida. Não basta só estética, a tipografia na web precisa ser agradável,
legível quando necessário, deve possuir personalidade própria.
Existem empresas que produzem e distribuem fontes otimizadas para uma
melhor visualização na tela. Suas características são: letras com hastes mais largas,
maior altura no corpo, espaço maior entre as letras. Tudo objetivando um melhor
encaixe da letra à grade de pixel do monitor. São tipos projetados para proporcionar
legibilidade na tela, independentemente, da resolução, para serem utilizados apenas
em projetos desenvolvidos para mídias digitais, web pages ou apresentação multimídia.
Falando de tipografia para Internet, você não pode buscar a mesma definição e
perfeição que existe na mídia impressa. O segredo de uma boa tipografia não se limita
ao bom uso da tecnologia, mas traduz-se, principalmente, na apresentação de soluções
para uma boa leitura da mensagem de acordo com a assimilação do público que deseja
atingir. Porque assimilamos as palavras pela forma plástica e pelo conceito
apresentados.
TIPOS DE FONTES PARA WEB
FONTES TTF
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.
São as mais comuns, o formato TTF (true type) foi desenvolvido pela Microsoft
em parceria com a Apple. Nesse formato, a fonte que você vê no monitor é a mesma
que será impressa o que torna esse padrão bastante versátil.
FONTES POSTSCRIPT
Formato desenvolvido pelo Adobe, também conhecido como "Type1" ou "PS".
Esse tipo de fonte é composto por dois arquivos: uma para ser vista no monitor e uma
outra para a impressa. Esse tipo de fonte é muito usado na indústria gráfica. Para
empregar esse formato é necessário um software adicional para habilitá-la e para que o
sistema
a
reconheça,
o
que
pode
ser
conseguido
gratuitamente
no
site
http://www.adobe.com/product/atmlight.
FONTES BITMAP
Também conhecidas como fontes de tela ou screen fonts. Essas fontes são
otimizadas para apresentarem o máximo de desempenho no monitor, levando em conta
a grade de pixels dos mesmos. Essas fontes não possuem anti-serrilhados, por isso
apresentam uma leitura mais agradável.
Fontes bitmap, apesar de parecerem muito pequenas, fazem com que subtítulos,
notas, informações complementares apresentem maior facilidade de leitura, além de
conferirem à página um design profissional.
Endereços de Sites de Fontes na Web
Aqui estão alguns sites onde se podem encontrar diversos tipos de fontes para
trabalhos tipográficos:
•
www.typophile.com
•
www.tupigrafia.com.br
•
www.promodesign.com.br/tipografia
•
www.fabrikadetypos.com.br
•
www.fontana-d.com
•
www.tiposdoacaso.com.br
Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software
http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.
•
misprintedtype.com/v3
•
www.fontfreak.com
•
www.emigre.com
•
.www.larabiefonts.com
•
www.typography.com
•
www.fontfile.com
•
www.houseindustries.com
•
www.free-fonts.com
•
www.t26.com
•
www.coolarchive.com
•
www.linotype;com
•
www.007fonts.com
•
www.miniml.com
•
www.webfxmall.com/fonts
•
studio.adobe.com/us/typel/main.jsp
•
www.fontshop.com
•
www.p22.com
•
www.fontface.com
•
www.korhoen.net/css_typeviewer.html
•
www.fontparadise.com
•
www.stcassociates.com/lab/fontbrowser.htmI
•
simplythebest.net/fonts
•
webtypography.net
•
www.abstractfonts.com
•
www.dsg4.com/04/extra/bitmap/index.htmI
•
www.highfonts.com
•
www.1001freefonts.com
•
www.downloadfreefonts.com
•
www.acidfonts.com

Documentos relacionados

Lista Classificação 54

Lista Classificação 54 Generated by Foxit PDF Creator © Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only.

Leia mais

IL FORNO X DOMINO´S - UFBA

IL FORNO X DOMINO´S - UFBA Não tem 110 pessoas Não tem 20 empresas Reserva apenas poucas mesas

Leia mais