Seminário "Sustentabilidade,Banco Central e Sistema

Сomentários

Transcrição

Seminário "Sustentabilidade,Banco Central e Sistema
SEMINÁRIO “Sustentabilidade, Banco Central e Sistema Financeiro”
Dia 30 de janeiro de 2009, das 12h às 15h • Local: UFPA Profissional - CP 01
A humanidade parece finalmente ter tomado
consciência da necessidade premente de
preservar o meio-ambiente. Organizações
internacionais, Governos, ONGs, empresas,
sindicatos e cidadãos vem discutindo alternativas viáveis de desenvolvimento sustentável.
Como não há desenvolvimento sem financiamento, o Sistema Financeiro, e os bancos em
particular, podem desempenhar um papel
fundamental no processo. De que forma?
O Seminário organizado pelo SINAL propõe-se a
compor um quadro abrangente da sustentabilidade no Sistema Financeiro, com diferentes
visões do tema, e instigar os participantes a
imaginar o papel do BC enquanto normatizador e
supervisor do SFN, tendo em vista a sustentabilidade.
Venha entender a importante relação entre
finanças e meio ambiente.
TEMAS
“SUSTENTABILIDADE, BANCO CENTRAL E
SISTEMA FINANCEIRO”
Elvira Cruvinel Ferreira Ventura: Professora na
Escola Brasileira de Administração Pública e de
Empresas da Fundação Getúlio Vargas (Ebape/
FGV). Doutora em Administração, mestre e
bacharel em Administração Pública (FGV).
Servidora do BC desde 1994, atualmente coordena os projetos "Governança em Cooperativas de Crédito" e "Moedas Sociais" e edita o
Boletim de Responsabilidade Social e Ambiental
do Sistema Financeiro. Autora do livro “Responsabilidade social em instituções financeiras: a
institucionalização da prática nos bancos no
Brasil.” - Editora Elsevier.
Maria de Fátima Cavalcante Tosini: Analista do
Banco Central do Brasil. Mestrado em Desenvolvimento Econômico, espaço e meio ambiente
pelo Instituto de Economia da Unicamp.
Doutoranda em Economia pelo Instituto de
Economia da Unicamp. Autora do livro: "Risco
ambiental para instituições financeiras" - Editora
Annablume.
“COMO OS BANCOS ESTÃO INCORPORANDO
PRÁTICAS DE SUSTENTABILIDADE EM SUAS
ESTRATÉGIAS DE NEGÓCIOS E UMA REFLEXÃO SOBRE O PAPEL DO BANCO CENTRAL
COMO INDUTOR DAS MELHORES PRÁTICAS”
Victorio Mattarozzi: Sócio-diretor da consultoria Finanças Sustentáveis. Em 2002 assumiu
o cargo de coordenador do Sistema de Gestão
Socioambiental do Unibanco, tendo sido
diretamente responsável pela adesão desse
banco aos Princípios do Equador. Foi gerente do
30/01/2009
UFPA Profissional
Sexta-feira
CP
12h às 15h
cp01
"TRANSPARÊNCIA E CONTROLE SOCIAL DO
BNDES”
João Roberto Lopes Pinto: Coordenador do IBASE
“A CRISE E A REFORMA DO SISTEMA FINANCEIRO”
Roland Widmer: Gerente do programa EcoFinanças da ONG Amigos da Terra – Amazônia
Brasileira. Mestrado (MA) em Relações
Internacionais pela Universidade de Genebra
(Suíça) e Mestrado (MSc) em Responsibility and
Business Practice/Responsabilidade e Prática de
Negócios pela Universidade de Bath, Reino
Unido. Co-fundador das redes CSR Geneva e
Sustainable Finance Geneva.
“O PAPEL DO BC NA SUSTENTABILIDADE DO SFN”
Sergio Albuquerque de Abreu e Lima: Analista
do Banco Central - Secretário da Diretoria e do
Conselho Monetário Nacional - Designado pela
Presidência para falar em nome do BC no
seminário.
Localização Estande SINAL
Programação SINAL no Fórum Social Mundial
Data e Horário Local/Pavilhão/Sala
projeto Eco-Finanças da ONG Amigos da Terra Amazônia Brasileira. É co-autor dos livros:
Sustentabilidade no Setor Financeiro: Gerando
Valor e Novos Negócios – Ed. Senac e Sustentabilidade dos Negócios no Setor Financeiro:
Um Caso Prático – Ed. Annablume
Atividade* | Interlocutores | Parcerias
SEMINÁRIO:
Sustentabilidade, Banco
Central e Sistema Financeiro
Interlocutores:
Elvira Cruvinel, Maria de Fátima Tosini,
Victorio Mattarozzi, João Roberto Lopes
Pinto, Roland Widmer, Sergio Albuquerque
de Abreu e Lima
Consulte neste folder
informações mais detalhadas
sobre este seminário
PÚBLICO:
Parcerias:
Consultoria Finanças Sustentáveis, IBASE,
Eco-Finanças, Banco Central do Brasil
SEMINÁRIO: 300 pessoas
PESQUISA: 500 pessoas
Data e Horário Local/Pavilhão/Sala
31/01/2009
UFPA Profissional
Sábado
CP
8h30 às 11h30
cp02
Atividade* | Interlocutores | Parcerias
19 Estande SINAL
PESQUISA:
Cédulas de real como componente
de composto orgânico
Interlocutores:
Carlos Augusto Cordeiro Costa (UFRA) e
José Flávio Silva Correia (SINAL/BCB)
12h às 15h
15h30 às 18h30
*EIXO 3: Pelo acesso universal e sustentável aos bens comuns da humanidade e
da natureza, pela preservação de nosso
planeta e seus recursos, especialmente
da água, das florestas e fontes
renováveis de energia.
Parcerias:
Universidade Federal Rural da
Amazônia/UFRA, Banco Central do
Brasil, Governo do Estado do Pará
conheça nosso sindicato
www.sinal.org.br
Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central — SINAL
SEDE: Setor Comercial Sul, Quadra 01, Bloco G, sala 401 - Ed. Baracat
70309-900 - Brasília/DF - Fone/Fax (61) 33228208 - [email protected]
Programação
Programação | Program | Programa
um outro banco central é possível
SINDICATO NACIONAL DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO CENTRAL
20 20 20
20 anos do SINAL
SINAL 20 years
20 años del SINAL
Maioridade e Cidadania
Maturity and Citizenship
Mayoridad y Ciudadanía
20 ANOS DO SINAL – MAIORIDADE E CIDADANIA
O
Sindicato Nacional dos Funcionários do
Banco Central — SINAL — foi fundado em
28 de outubro de 1988 e conta hoje com
mais de 6 mil filiados nas seções regionais de
Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba,
Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro,
Salvador e São Paulo. Somos uma entidade
democrática e independente, sem qualquer
vínculo político-partidário ou religioso.
Defender os direitos e promover os interesses
sócio-econômicos e profissionais dos funcionários do Banco Central, buscando atender as
reivindicações dos seus associados, e atuar em
questões de interesse público — defesa do
consumidor, lavagem de dinheiro, autonomia do
BC e questões econômicas, dentre outras — são a
razão de ser do SINAL.
Nessas duas décadas a entidade patrocinou
encontros, debates, palestras e seminários de
alta relevância. Os temas centrais debatidos
nesses eventos foram a regulamentação do
Sistema Financeiro Nacional, a autonomia do
Banco Central e a defesa do consumidor.
Participamos ativamente do debate parlamentar,
assessorando Comissões Permanentes e participando de Audiências Públicas no Congresso
Nacional. O Sinal também participa do Fórum das
Carreiras Típicas de Estado.
2008 foi um ano especial!
Finalizamos com sucesso a Campanha Salarial
iniciada três anos antes. Fomos reconhecidos como
Carreira Típica de Estado, dada a relevância do
trabalho desenvolvido no BC, e passamos a receber
nossos vencimentos sob a forma de subsídio;
A categoria reunida na 22ª Assembléia Nacional
Deliberativa decidiu ampliar a ação do SINAL nas
questões de interesse público. Aprovamos diversas
teses sobre os assuntos já citados e passaremos a
atuar com mais força em campanhas e parcerias
com outras entidades;
A exemplo das edições de 2002 e 2003, o SINAL
participará ativamente do FSM 2009.
Atividades programadas:
Lançamento da revista Por SINAL;
Lançamento do livro "Responsabilidade
Social em Instituições Financeiras",
de autoria de Elvira Cruvinel,
servidora do BC;
Organização do Seminário “Sustentabilidade,
BC e Sistema Financeiro”;
Tenda da Cidadania: Disponibilização ao
público de um estande voltado à divulgação do
nosso trabalho e ao atendimento ao cidadão
nas áreas de defesa do consumidor e
orientação sobre identificação de notas falsas;
Comemoramos 20 anos de história!
Editamos bimestralmente a Revista
Por Sinal, que objetiva ampliar o
debate social acerca de questões
de interesse público afetas ao
BC e ao Sistema Financeiro.
Apresentação da pesquisa “Cédulas de real
como componente de composto orgânico”.
Confira a programação completa e a
localização da nossa “Tenda da Cidadania”
no verso deste folder.
Preparamos uma edição especial sobre
sustentabilidade a ser lançada no Fórum Social
Mundial de Belém.
www.sinal.org.br/informativos/porsinal/
Nossa revista pode ser lida no endereço:
SINAL 20 YEARS – MATURITY AND CITIZENSHIP
T
he Sindicato Nacional dos Funcionários do
Banco Central (national Central Bank
employees' union) was founded in
October 28 1988 and has more than six thousand
affiliates in its regional sections of Belém, Belo
Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto
Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador and São
Paulo. We are a democratic and independent
entity, with no partisan or religion ties.
To defend and to promote the social, economic
and professional rights of the Central Bank
employees, while fighting for the associates
aspirations, acting on matters of public interest –
consumer rights, money laundering, Central
Bank's autonomy, economic polices, among others
– are the reason for SINAL existence.
In the last two decades it has promoted
meetings, debates, lectures and seminars of
great relevance. The main topics of the debates
on those events were the national financial
system regulation, Central Bank's autonomy, and
consumer rights. We have been actively
participating on parliamentarian debates,
advising permanent commissions, and taking part
on public hearings at the National Congress. The
SINAL also is a member of the forum of the
typical of state careers.
2008 was a special year!
We succeed on a wage campaign initiated three
years before. We were recognized as a typical state
career, given the relevance of the work done at the
Central Bank, and started to receive our monthly
payments as subsidy.
The employees assembled at the 22th Deliberate National Assembly decided to expand the scope
of SINAL activities on matters of public interest. We
approved several propositons about the subjects
cited above and we will act with more vigor on
campaigns and associations with other entities.
We celebrate 20 years of history!
As it has happened in the 2002 and 2003
editions of the WSF, the SINAL will be
actively participating.
Scheduled activities:
Release of Por Sinal issue;
Release of “Responsabilidade Social
em Instituições Financeiras”, by
Elvira Cruvinel, Central Bank employee;
Seminar: “Sustentabilidade, BC e Sistema
Financeiro” (Sustainability, Central Bank
and Financial System);
“Tenda da Cidadania”: organization of a
stand to display our work on consumer rights
and identification of faked bills;
We publish the Revista
Por Sinal magazine every two
months that aims to fuel the
social debate about matters
of public interest related
to the Central Bank and to the
financial system. We have prepared
an special edition on sustainability to be
released at the Belem World Social Forum.
Our magazine can be read on:
Presentation: “Cédulas de real como componente de composto orgânico” (real bills as
a organic compound);
Check the complete program and the
site of our “Tenda da Cidadania” on the
back of this pamphlet.
www.sinal.org.br/informativos/porsinal/
20 AÑOS DEL SINAL – MAYORIDAD Y CIUDADANÍA
E
l Sindicato Nacional dos Funcionários do
Banco Central (Sindicato Nacional del
Personal del Banco Central) — SINAL — fue
fundado el 28 de octubre de 1988 y hoy cuenta con
más de 6 mil miembros en las secciones regionales
de Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba,
Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro,
Salvador y São Paulo. Somos una entidad
independiente y democrática, sin vínculo político o
religioso.
Defender los derechos y promover los intereses
socioeconómicos y profesionales del personal del
Banco Central, buscando atender las demandas de
sus miembros, y actuando en asuntos de interés
público — la protección de los consumidores de
servicios bancarios, el blanqueo de dinero, la
autonomía del BC y las cuestiones económicas, entre
otros — son las razones de la existencia del
sindicato. El SINAL también hace parte del Forum de
las Carreras Típicas de Estado.
En estas dos décadas, la organización promovió
reuniones, debates, conferencias y seminarios de
gran importancia. Los temas centrales discutidos en
estos eventos fueron las normas del Sistema
Financiero Nacional, la autonomía del Banco Central
y la protección de los consumidores. Participamos
activamente del debate en el parlamento, dando
asesoramiento en los comités permanentes y
participando de audiencias públicas en el Congreso.
El año 2008 fue un año especial
Concluimos con éxito la campaña de salarios que
comenzó hace tres años. Hemos sido reconocidos
como típicos de Carrera del Estado, teniendo en
cuenta la relevancia de nuestro trabajo, y pasamos
a recibir nuestros sueldos en forma de subvención;
La categoría se reunió en su 22 ª Asamblea Nacional
de Deliberación, donde decidió ampliar la
actuación del SINAL sobre cuestiones de interés
público. Aprobamos diversas tesis sobre estos
temas y actuaremos con más fuerza en campañas y
congregaciones con otras entidades;
Conmemoramos 20 años de historia
Publicamos bimestralmente la Revista
Por Sinal, que tiene por objeto
ampliar el debate en la sociedad
sobre temas de interés público,
afectos al BC y al Sistema Financiero.
Hemos preparado un número especial sobre la
sostenibilidad, que será lanzado en el Foro Social
Mundial en Belém.
Nuestra revista puede ser leída en el sitio:
Al igual que las ediciones de 2002 y 2003, el
SINAL irá participar activamente en el FSM 2009.
Las actividades previstas son:
Llanzamiento de la revista Por Sinal;
Llanzamiento del libro
"Responsabilidad Social en las
Instituciones Financieras", de Elvira
Cruvinel, Del cuadro personal del BC;
Organización del Seminario "Sostenibilidad,
BC, y el Sistema Financiero";
"Tienda de la ciudadanía": puesta a
disposición del público en un stand para la
difusión de nuestro trabajo y para atender a
los ciudadanos en los ámbitos de la protección
de los consumidores y la orientación sobre la
identificación de billetes falsos;
Presentación de la pesquisa "Cédulas de Real
como componente de compuestos orgánicos".
Consulte el programa completo y la
ubicación de nuestra "Tienda de la ciudadanía"
en la parte de atrás del folleto.
www.sinal.org.br/informativos/porsinal/

Documentos relacionados