Correio do Papagaio

Сomentários

Transcrição

Correio do Papagaio
Circulação Semanal
Diretor Presidente: Márcio Muniz Fernandes
ANO XXIII - Nº 894 - R$ 2,00
opinião
O futuro
para os
que estão
nascendo
Fernando Rizzolo
Pai rico, filho
nobre, neto
pobre
Lélio Braga Calhau
página 2
regionais
Andrelândia
participa de
Conferência
Estadual de
Assistência
Social
página 4
Pista de Skate
em Bom Jardim
página 5
Antologia
“Liberdade dos
Poetas”
página 6
Banda Dino
grava seu
primeiro DVD
página 10
[email protected]
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Telefax: 35 3332-1008
Prêmio Mérito Empresarial 2015 é
concedido à Celso Ricardo
O Núcleo de Negócios de São Lourenço realizou cerimônia para entrega do prêmio ao empreendedor da Cor & Ton Tintas, em evento que reuniu comerciantes, empresários e autoridades
No dia 8 de outubro
foi realizada a cerimônia de entrega do prêmio “Mérito Empresarial
2015”, no Le Sapê.
O vencedor foi o empresário Celso Ricardo
da Silva Moura, proprietário da empresa Cor &
Ton Tintas, localizada
na Praça Dr. Humberto
Sanches (Federal).
“Antes mesmo de
mencionar seu empreendedorismo, gostaria de salientar suas
características como
indivíduo, ser humano,
uma pessoa de valores
morais e éticos acima de
qualquer coisa”, enfatiza
Cláudia Pimentel, presidente da Associação
Comercial e Empresarial
de São Lourenço.
Confira todas as fotos
do evento e reportagem
completa no Caderno de
São Lourenço.
página 10
Empresário Celso Ricardo da Silva Moura, proprietário da empresa Cor & Ton Tintas, recebeu o Prêmio Mérito Empresarial
Colégio Marista de São Vicente
promove atividades para jovens
Encontro da Pastoral Juvenil Marista reuniu jovens
em momentos de confraternização e oração. Missão
de Solidariedade levará os
jovens à Brasilinha.
O Colégio Marista de São
Vicente possui atualmente
cerca de 1700 alunos e conta
com funcionários municipais,
estaduais e da União Brasileira
de Educação e Ensino. Ministra
o Ensino Fundamental – do Ciclo de Alfabetização à 8ª série,
Ensino Médio e Educação de
Jovens e Adultos.
Leia a reportagem completa
no caderno de São Vicente de
Minas.
página 7
XI Tradicional
Encontro de
Bandas de
Bom Jardim de
Minas
No dia 11 de Outubro de 2015, domingo,
foi realizado XI Encontro de Bandas do
município.
O encontro contou
com a participação
de 18 bandas da região e movimentou a
cidade.
página 5
Opinião
Pág 2 :: Correio do Papagaio
O futuro para os que
estão nascendo
Por Fernando
Rizzolo*
Dizem que praia de paulista é shopping center. Concordo. Plenamente. Eu mesmo todos os sábados à tarde
vou à minha praia e sento
numa mesma poltrona, no
mesmo café, no mesmo shopping. Seria como aqueles
que têm seu lugar preferido
na areia – é uma coisa instintiva, apesar de que alguns
prefiram chamar de TOC. Só
que há uma diferença nessa
praia: sentado num café, ouvindo pelo celular música préselecionada pelo “streaming”,
a vista é outra. Ao invés de
olhar o mar, olho gente.
Uma observação recorrente nessa minha “praia”:
o que eu vejo de mulheres
grávidas e pais empurrando
carrinhos de bebê é uma
coisa impressionante! Assim,
impossível não imaginar o
que será desse país daqui
uns 40 anos e, numa reflexão
temerária entre o olhar e as
notícias que transbordam
sobre corrupção, desemprego, falta de perspectiva e
violência, realmente imagino
o que ronda a cabeça desses
jovens pais.
Diante desse Brasil das
notícias, o mesmo que acolherá quem ainda vai nascer,
a pergunta clichê, mas inevitável e pertinente é: que país
deixaremos para eles? Agora
não resta a menor dúvida de
que se não consertarmos
a economia, de que se não
nos desfizermos dos maus
políticos, pobres e ricos serão vítimas fatais. Crianças
e jovens não terão futuro e
a saída para eles será se
juntar ao povo de Governador
Valadares – aquela cidade
mineira na qual uma grossa
fatia da população migrou
para os Estados Unidos –
aliás, me parece e segundo
os noticiários, que o pessoal
de lá está voltando para os
EUA. Não é pessimismo,
mas é que por aqui tudo vai
mal. Improvável não questionar como conseguiram
desmantelar um país em tão
pouco tempo. Acho muito
triste isso.
No mundo lá fora impera
a intolerância. A Europa está
se tornando perigosa, grupos
extremistas atacam cidadãos
inocentes em Israel covardemente a facadas. Imigrantes
em massa se dirigem a países que, no fundo, já entoam
preconceito e violência étnica.
Enfim, provavelmente quando
este texto for publicado não
estarei no Brasil e sim na
Europa, mas em Londres,
por quase 30 dias. E, vejam,
cheguei até a pensar em não
escrever nada neste mês.
Mas, como o momento é
de incursões, decidi externar minha desesperança,
esta alarmada em função
dos carrinhos de bebê, das
mamães grávidas, daqueles
que passeiam no shopping e
estão, sim, desempregados.
Quando se lambuzam de sorvete, o fazem também para
esquecer. É, não está fácil.
Mas, essa afinal é a minha
praia, a praia de paulista, que
talvez desnude mais do que
qualquer outra – e que ainda
nos alerta a partir de uma simples e prosaica reflexão.
Ouvi dizer que existem
shoppings com arrastão,
igual nas praias. Nem ligo.
Se passarem por mim levarão o quê? Só ideias de
um Brasil conhecido por
“pátria educadora”. E eu vou
continuar no café. Aqui, se
a coisa pega, peço mais um
macchiato e mudo para um
samba de gafieira, uma vantagem do tal do “streaming”,
que caiu no gosto dos jovens
do Brasil.
*Fernando Rizzolo é Advogado, Jornalista, Mestre em
Direitos Fundamentais e
membro efetivo da Comissão de Direitos Humanos da
OAB/SP
Covardias Históricas
Por Fernando
Schiavini*
No decorrer da história brasileira, os povos indígenas foram vítimas de
inúmeros enganos e covardias, que tinham o intuito de
dominá-los ou exterminá-los.
Entre várias estratégias, era
muito comum os fazendeiros
oferecerem a um povo que
desejavam exterminar, uma
festa com muita comida e
presentes, para atacá-los
traiçoeiramente.
Muitos povos indígenas
são isolados por opção. São
remanescentes dessas covardias históricas, usadas
para “desinfestar” os sertões,
pelos que se julgam “civilizados”.
Os ruralistas estão reproduzindo direitinho a história de ocupação deste
país, com a aprovação da
PEC-215. Prepararam uma
grande festa, esse indefectível “Iº JOGOS MUNDIAIS
INDÍGENAS” e desferiram
uma profunda facada em
todos os povos indígenas do
Brasil, seus aliados e simpatizantes.
Típico de uma elite rural originária das primeiras
caravelas colonizadoras europeias, que permanece na
mentalidade medieval, de
avançar a colonização a
qualquer preço, usurpando
os territórios indígenas à
força nas suas fronteiras e
reinventando sorrateiramente
a legislação na corte.
Seguem, desembestadamente, a dominar, matar
e destruir, sem atentarem ao
que acontece ao planeta.
Os povos indígenas preservam cerca de 13% do
território brasileiro.
Essa preservação é visível para quem viaja pelo país
ou recorre aos programas de
mapas na internet.
Verdadeiras ilhas de verde em meio à devastação, as
terras indígenas atualmente
demarcadas e homologadas
são frutos da resistência e da
conquista dos povos indígenas e seus aliados em mais
de 500 anos. Os indigenistas
governamentais, as entidades da sociedade civil, a Igreja Católica através do CIMI,
fizeram parte do movimento
por essas conquistas nos últimos 40 anos, perpetuadas,
segundo se acreditava, na
Constituição de 1988.
Obviamente a coisa não
ficará assim. A causa indígena atinge milhões de
simpatizantes no Brasil e no
mundo. Quanto mais a crise
se espalha e aprofunda no
mundo capitalista, mais pessoas voltam os olhos para os
povos tribais, que continuam
preservando suas tradições e
a natureza, pois isso é intrínseco às suas culturas.
Esse é o problema: o
mundo mudou e os “caras”
do agronegócio não perceberam. Não se trata de armas,
mas de consciência.
Mas, aqui pra nós, como
são ingênuos muitos dos
nossos parentes!
Deixarem-se atrair a esses tais jogos indígenas,
que são realizados há quase
15 anos, sem terem levado
nenhum benefício prático às
aldeias. Só vitrine.
Só romantismo, realimentado constantemente
pela grande mídia.
Está-se deixando passar
uma oportunidade fantástica,
com a realização das olimpíadas no Brasil em 2016,
de se promover, de fato, os
esportes tradicionais e não
tradicionais nas aldeias indígenas. Muitos dos esportes
mostrados durante os jogos
estão em vias de desaparecimento.
Além disso, muitos esportistas indígenas poderiam estar competindo em
níveis regionais, nacionais e
internacionais, se houvesse
incentivo e acompanhamento
técnico. O esporte nas aldeias pode representar uma
ótima ferramenta de inserção
de jovens na modernidade,
sem perda das características culturais.
O mínimo que os organizadores desses jogos,
que se dizem indígenas,
deveriam fazer, é ordenar a
sua imediata paralização. Se
não o fizerem, serão acusados eternamente pelos seus
parentes, de traidores.
*Fernando Schiavini é indigenista, com mais de 40 anos
de atuação junto aos povos
indígenas.
Comprometimento & Confiança
Aliados de Sucesso!
Por Gilclér Regina*
O exercício de dar rumo
as coisas e as pessoas se
aprende a cada dia. Quem
educa é capaz de fazer
aflorar na equipe o que eles
têm de melhor.
Porque os chefes então
se aborrecem constantemente? Porque querem
controlar tudo e todos ao
seu redor e a verdade é que
ninguém controla ninguém.
Muitos reclamam que
na equipe, ninguém oferece alguma idéia nova
ou tomam qualquer tipo
de iniciativa. Mas, é como
o elefante do circo. Como
pode um enorme paquiderme daqueles ficar preso
a um pequeno toco? Ele
é capaz de arrancar uma
árvore e, se quiser, poderá
desprender-se da estaca
facilmente e fugir. Mas não
faz isso.
Ele foi adestrado desde
pequeno, quando o toco
representava um obstáculo
real. Isso também acontece
com as pessoas. Elas acreditam não poder fazer um
montão de coisas, então
não conseguem.
A única maneira para fazer as coisas acontecerem
é tentar, errando ou acertando, mas fazendo, com
coragem, fé, determinação
e muito apoio. Apoio este
que deveria vir especialmente pela liderança e esta
é muitas vezes, omissa. O
verdadeiro líder estimula
as pessoas a vencerem os
obstáculos.
Para tanto, é preciso
Por Lélio
Braga Calhau*
Repercutiu intensamente nas mídias sociais
a matéria publicada pela
Folha de São Paulo, neste
domingo (18/10/15), sobre
a situação financeira dos
netos e bisnetos de Oscar
Niemeyer, que trabalhou
até os 104 anos como arquiteto.
Segundo a matéria,
seus netos e bisnetos estariam hoje sem fonte de
renda e disputando uma
herança minguada.
A situação acima me
lembrou uma expressão
popular, bem antiga: “Pai
rico, filho nobre, neto pobre”. Embora a matéria se
refira a um caso específico,
que talvez tenha chamado
a atenção pelas quantias
envolvidas, essa situação
ocorre mais perto de nós do
que imaginamos, só muda o
fato de que os valores são
muito menores.
Conheço diversos casos de pessoas que mesmo
em idade avançada sustentam adultos que podem
trabalhar, mas preferem
viver de mesadas irreais
que os avós ou bisavós proporcionam. Eles compram
carros caros, investem em
Tiragem Semanal
5.000 a 10.000
Impressão: Sempre Editora
Há líderes que se apaixonam pelas máquinas
e nem ao menos sabem
os nomes de quem as faz
funcionar.
Empresas e organizações são muito mais que
isso. É preciso uma visão
humanística que concilia
bem estar com bons resultados. Pensar numa empresa como mero sistema
de informação é o mesmo
que pensar que um elefante
é apenas a sua tromba.
Tudo bem em querer os
ovos da galinha de ouro e
avaliar a qualidade desses
ovos. Mas, e a galinha,
como fica? Uma equipe
é o conjunto de pessoas
que trabalham voltadas ao
objetivo comum.
Quando há comprometimento, faz com que as
pessoas discutam no plano
da divergência e não apenas na convergência. Mas
é exatamente no plano da
divergência que surgem as
melhores idéias. Por isso,
treinar a equipe é trabalho
para o resto da vida.
Pense nisso, um forte
abraço e esteja com Deus!
*Gilclér Regina – Palestrante com experiência em
vendas, varejo, atacado,
liderança e motivação. Escritor com 10 livros editados. Muitos eventos de
CDLs e ACEs em todo
país. Mais de três milhões
de livros vendidos. Sua palestra mostra que pessoas
estão vencendo nas piores
cidades e fracassando nas
melhores cidades.
cavalos, possuem casas
gigantescas com despesas
enormes, fazem viagens
caras, etc. É um padrão de
consumo, que se retirada a
ajuda financeira do provedor, não é sustentável nem
no curto prazo.
Bem, todo mundo sabe
o que acontece nesses casos após o falecimento do
provedor. Quando a fonte de
renda termina há uma queda
violenta na capacidade de
se auto sustentar. E pior, a
fonte se esgota e a pessoa
não possui as habilidades
financeiras para reorganizar
a sua vida.
As pessoas que passaram anos (ou décadas) só
consumindo de forma não
sustentável, não desenvolveram comportamentos
financeiros frugais, ficaram
fora do mercado de trabalho
e não acompanharam a sua
evolução, quando sofrem
um baque na perda de renda abrupta, não conseguem
se adaptar a essa nova
realidade. E os resultados
são sinistros.
Na maioria dos casos,
viveram padrões de consumo insustentáveis durante
longos períodos e acabam
por ter uma queda abrupta
de rendimentos, e como
não se prepararam, che-
gam a ter uma diminuição
de até 90% do seu “padrão
de vida”. Gente que era
rica até vinte anos atrás,
hoje está correndo atrás
de um salário mínimo para
sobreviver ou vivendo de
favor de parentes e amigos
próximos.
Fique atento com essas
experiências negativas e
não caia nessas armadilhas financeiras. Comece
a construir o seu futuro
ainda hoje.
Você já parou para refletir como estará financeiramente daqui a vinte anos?
O momento de pensar
(e começar a se preparar)
é agora. Não sabemos o
nosso futuro, mas podemos
tentar construir “redes de
proteção” para a nossa
vida.
Fique atento com isso.
O dinheiro não aceita
desaforo.
*Lélio Braga Calhau é Promotor de Justiça de defesa
do consumidor do Ministério Público de Minas Gerais.
Graduado em Psicologia
pela UNIVALE, é Mestre
em Direito do Estado e
Cidadania pela UFG-RJ e
Coordenador do site e do
Podcast “Educação Financeira para Todos”.
Nem tanto nem quanto,
Santo-Ofício!
Num início de noite
de um sábado como
habitualmente procedemos, fomos assistir
a missa. Entretanto por
estarmos em viagem,
nos valemos na localidade onde nos encontrávamos, utilizando
da orada próxima do
hotel, cuja presença
dos fiéis e bem como
dos hóspedes se fazia
bem concorrida, o que
até nos causou certa
admiração.
Com o templo repleto, um grupo de turistas
– caracterizado pela
óbvia vestimenta onde
bermudas e camisetas
eram predominantes –
posicionou-se ao fundo
e nas laterais do templo
de pé. Todavia já com
o vigário presente, iniciou-se a celebração da
cerimônia sob o silêncio
respeitoso que pede o
momento religioso.
Só que para a surpresa e perplexidade
da assistência, o celebrante, talvez naquele
dia estivesse um tanto
intempestivo, resolveu
interromper a liturgia e
pôs-se de forma enérgica, caracterizado por
um sotaque saxão, a
criticar grosseiramente as pessoas, personificadas pelo grupo
de turistas que ali se
mantinha contrito, atribuindo como falta de
respeito por estarem
descompostos pelos
seus “trajes imorais”.
Extrapolando no disparate, ainda agrediu
moralmente as mulheres taxando-as de obscenas e despudoradas,
pois ali não era um bordel e que deveriam se
compor principalmente
quando à presença da
hóstia por ocasião da
comunhão, pois Deus
não aceitaria o indecoro.
Em suma, depois de
“pagar geral” e deixar os
fiéis estarrecidos pela
“dita” descompostura,
acabou “solicitando”
para aqueles que não
estivessem “vestidos
condignamente”, a que
se retirassem da Casa
de Deus. Claro que o
“Sermão” caiu como
uma bomba causando profundo mal estar,
provocando constrangimento e indignação
aos fiéis e, uma romaria silenciosa deu início à retirada dos “não
condizentes”. Só que
em solidariedade aos
ofendidos, nos retiramos. Mas para nossa
surpresa, observei que
nosso gesto fez com
que grande número de
fiéis também se juntasse a nós e, deixamos o
templo...
Soubemos posteriormente pelo sacristão, que por acaso era
garçom do hotel, que
apenas algumas senhoras permaneceram
à igreja, cuja homilia
baseou-se no ataque
contundente e imperativo contra aqueles que
dizia estar se insurgindo
aos dogmas da igreja.
Moral da história: O
uso do poder não da o
direito de impor a nossa
vontade, atribuindo que
só vêm a nós aqueles
que dela aceitam...
Ah... Nós “Turistas
Santos Oficiados” quando nos vemos diante de
medievais religiosos
e somos obrigados a
nos manter pacíficos
aceitando dogmas inquisidores em pleno
século XXI, só nos resta
lamentar e curtir o instante dado ao lado até
pitoresco que a cena
proporcionou. Lembrando que a inquisição
acabou há vários séculos...
Maria de Lourdes Rachid
Vaz de Almeida
Karina Lajusticia
O livro e o seu dia
Por Luiz Carlos
Amorim*
O dia 29 de Outubro é o
Dia Nacional do livro. Que
esse dia sirva para que nós
todos, leitores e escritores,
reflitamos sobre o futuro
da literatura em nossa cidade, no nosso estado, no
nosso país. Se não houver
leitores, os livros não serão
mais publicados, pois as
editoras não resistirão e
cessarão suas atividades,
como já vem acontecendo
com algumas delas. Então
há que se repensar a educação neste nosso precário
país, há que resgatá-la, há
que cobrarmos atenção dos
nossos governantes, tão
relapsos até aqui, para com
o ensino do primeiro grau,
para que ele ganhe uma
estrutura decente e seja
melhor assistido e apoiado,
O Jornal Correio do Papagaio é uma publicação de:
Jornalista
Júlio Simões - MTb 13.144/58/77
confiar e delegar. Se você
continua dando o peixe ao
invés de ensinar a pescar,
isto é, se você continua
fazendo as coisas pelos
outros e tomando decisões
por eles, estará criando um
bando de fracos.
Os trabalhadores querem que os líderes lancem
desafios e os façam exercitar os músculos, o cérebro,
tomar decisões e enfrentar
seus medos cara a cara.
Um empresário me disse
certa ocasião: “somos bons
de raquete, mas acho que
estamos no jogo errado”.
Muita gente se concentra
no negativo. Há chefes que
só tem duas conversas com
os funcionários: quando
os admitem e quando os
demitem.
É difícil desenvolver
confiança quando não existe diálogo. É preciso criar
a parceria. Sei que muitos
vão me questionar quanto
ao sigilo das informações.
Ora, colaborador, funcionário ou o nome que quiser
dar a quem trabalha numa
empresa é parceiro e deve
ser tratado como tal.
Se você mente ou esconde o jogo, não está
tratando o outro como um
parceiro e logo, não espere
comprometimento por parte
dele. Não se trapaceia com
parceiros. É a lei.
É preciso criar uma relação de confiança excelente,
um ambiente de camaradagem em que ninguém pense que o outro vai puxar seu
tapete e isso começa nas
lideranças das empresas.
Pai rico, filho nobre, neto pobre
JCP Edições de Jornais e Eventos Ltda - CNPJ 11.458.016/0001-69 - São Lourenço-MG
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61/207- Centro - São Lourenço-MG - Cep 37470-000
Diretor-Presidente
Márcio Muniz Fernandes
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Redação
Deborah Penna
Claudiane Landim
Gislene Vilela
Diagramação
Vanilson Tomé
Deborah Penna
para que os leitores em formação venham a adquirir o
hábito da leitura.
O ensino fundamental,
que é parte intrínseca da
educação de nossas crianças, precisa de conteúdo
programático apropriado,
de professores qualificados, de escolas com manutenção e com equipamentos necessários. Para que
os estudantes aprendam,
efetivamente, a ler e a escrever e possam descobrir
nos livros tudo o que eles
podem oferecer.
O livro é o registro da
nossa civilização, é a perenidade da palavra, não
interessa se ele é tradicional, impresso em papel,
ou electrónico, ou áudio.
Um livro fechado, não lido,
não existe. O livro só existe
quando é lido, quando é
recriado pelo leitor.
De maneira que precisamos levar nosso livro
até o leitor, precisamos
levar nossa obra até o
leitor em formação, que
está nas escolas, para
que tenhamos mais e bons
leitores um pouco adiante.
Para que possamos comemorar um bom Dia do Livro
em anos próximos. Porque
o livro é o maior e mais
importante instrumento
para registrar, veicular, perenizar e transmitir conhecimento. Foi sempre assim
e continuará sendo.
*Luiz Carlos Amorim é
escritor, editor e revisor,
Fundador e presidente do
Grupo Literário A ILHA,
com 35 anos de trajetória,
cadeira 19 na Academia
SulBrasileira de Letras.
http://luizcarlosamorim.blogspot.com.br
Circulação Semanal em 33 cidades do Sul de Minas
Aiuruoca, Alagoa, Andrelândia, Arantina, Baependi, Bocaina de Minas, Bom Jardim de Minas, Campanha, Carmo de Minas, Carvalhos,
Caxambu, Conceição do Rio Verde, Cristina, Cruzília, Dom Viçoso,
Itamonte, Itanhandu, Jesuânia, Liberdade, Lambari, Minduri, Olímpo Noronha, Passa Quatro, Passa Vinte, Pouso Alto, Santa Rita de
Jacutinga, São Lourenço, São Sebastião do Rio Verde, São Vicente
de Minas, Seritinga, Serranos, Soledade de Minas e Virgínia.
......................................................................
O Jornal Correio do Papagaio é filiado ao SINDIJORI - Sindicato dos
Heródoto Barbeiro, Maria de Lourdes Rachid Vaz de
Almeida e Zacarias Pagnanelli
A presidente da Comissão Judiciária Interdisciplinar sobre Tráfico
de Pessoas do Tribunal
de Justiça do Estado de
São Paulo, desembargadora Maria de Lourdes
Rachid Vaz de Almeida,
contará ao Cartão de
Visita qual o trabalho
realizado pela comissão
e quais os objetivos já
alcançados em 1 ano e
meio de sua criação.
Segundo levantamento do Ministério
Público e da Polícia
Federal, em 2011 o
Estado de São Paulo
foi o maior receptor de
tráfico para exploração
sexual do país.
Os estudos e pesquisas sobre o tema serão
divulgados em breve em
uma página que está
sendo criada dentro do
Tribunal de Justiça.
Proprietários de Jornais, Revistas e Similares do Estado de Minas
Gerais, à ABRAJORI - Associação Brasileira dos Jornais do Interior
e à FEBRAJOR - Federação Brasileira de Jornais.
.......................................................
É expressamente proibida a reprodução integral ou parcial de quaisquer textos aqui publicados sem prévia autorização do Jornal Correio do Papagaio,
........................................................
A Diretoria não se responsabiliza por conceitos, opiniões e pela
coerência das matérias assinadas, que ficam então sob inteira responsabilidade de seus autores.
Telefax: (35) 3332-1008 | E-mail: [email protected] | Portal: www.correiodopapagaio.com.br
Gerais
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Governador autoriza repasse de
mais R$ 13 mil para transporte
escolar em São Lourenço
Pimentel autorizou na quarta-feira (21) o repasse de mais R$ 60 milhões para o transporte
escolar em 843 municípios mineiros. Valor representa um acréscimo de 27% e atingirá
R$ 281 milhões até o final deste ano.
O governador de Minas
Gerais, Fernando Pimentel,
autorizou nessa quarta-feira
(21/10), em evento realizado
no Minascentro, em Belo
Horizonte, o repasse de mais
R$ 60 milhões a 843 prefeituras do Estado que fazem
transporte escolar de alunos
residentes em zona rural.
Para São Lourenço, o governador autorizou o repasse de
mais R$ 13 mil, dessa forma,
o valor total do convênio para
a cidade chega a R$ 62 mil,
que beneficiarão cerca de
72 alunos.
Neste ano, em todo o Estado cerca de 260 mil crianças
e adolescentes da rede estadual de ensino que moram em
zona rural serão beneficiados
pela iniciativa. Do total de R$
281 milhões previstos até
o fim de 2015, a Secretaria
de Estado de Educação já
repassou R$ 166,5 milhões
em duas parcelas. A primeira
foi paga a 818 municípios e a
segunda a 491.
Durante o evento, que
contou com a presença de
mais de 500 prefeitos, o
governador ressaltou o compromisso de sua gestão com
a educação. “Nós estamos
fazendo um enorme esforço
para reforçar a verba do
transporte escolar para beneficiar as crianças e os
jovens dos municípios que
precisam sair da área rural
e ir para uma escola, às vezes com grande dificuldade,
percorrendo uma distância
grande”, afirmou.
Para o secretário de
Estado de Governo, Odair
Cunha, que também esteve
presente no evento, a ampliação do repasse representa o
compromisso do governador
com a qualificação da educação em Minas Gerais. “Desde
que o governador Fernando
Pimentel assumiu a gestão
do Estado, tem sido uma
de suas prioridades a busca
permanente para melhoria da
área da Educação. O aumen-
to de repasses para a merenda escolar, a ampliação dos
recursos para o transporte,
a liberação de verbas para a
reforma de nossas escolas, o
acordo histórico com os professores para o pagamento
do Piso Salarial da categoria,
comprovam o carinho do governador com os mineiros e
as mineiras”, afirmou.
Programa Estadual de
Transporte Escolar
Ainda durante a solenidade, o governador Fernando
Pimentel destacou a criação
do Programa Estadual de
Transporte Escolar, cuja lei
foi sancionada no último dia
29 de setembro. O programa
consiste no repasse dos
recursos aos municípios por
meio de transferências diretas, fundo a fundo, a partir
de 2016.
“Para o ano que vem,
nós já modificamos a lei
voltada para o transporte
escolar e não vai haver mais
necessidade de convênio.
Vamos fazer o repasse direto,
acabando com a burocracia.
O repasse fundo a fundo
é legal. Com isso, nós não
estamos infringindo a legislação. Nós estamos facilitando a vida do prefeito do
município que tem de prestar
o serviço e não pode perder
tempo com a papelada infinita”, afirmou, avaliando ser
esta uma grande conquista
dos gestores, que evitarão
problemas na prestação de
contas do mandato junto ao
Tribunal de Contas do Estado
(TCE-MG).
Até 31 de janeiro de cada
ano, serão divulgados os
critérios de cálculo e valores
que devem ser destinados a
cada prefeitura, que terá de
prestar contas dos recursos
recebidos até 28 de fevereiro
do ano subsequente. A verba
repassada e não utilizada
pelo município será aplicada
em um fundo.
Circuito Liberdade abre inscrições para edital
“Jovens Artistas Mineiros 2016”
Edital contempla artistas nascidos ou residentes em Minas, com idade até 35 anos. Serão
selecionadas até quatro propostas com premiação de R$ 7 mil
O Memorial Minas Gerais
Vale, espaço que integra o
Circuito Liberdade, abre inscrições para o edital Jovens
Artistas 2016. A oportunidade é direcionada a artistas
nascidos ou residentes em
Minas Gerais para apresentação de trabalhos nas salas
de exposição temporária do
museu. Serão selecionadas
até quatro propostas para
ocupação de uma das salas
ou ambas, simultaneamente.
Os artistas selecionados receberão prêmio no valor de
R$ 7 mil, além da cobertura
de custos com transporte
das obras, montagem, divulgação e atividades de apoio.
Interessados devem se inscrever até 22 de novembro
de 2015, preenchendo a ficha
de inscrição disponível no
www.editalmemorialvale.
com.br .
Poderão se inscrever artistas com até 35 anos (nascidos
a partir de 1980), individuais
ou em grupo, com propostas
artísticas inéditas em pintura,
desenho, vídeo, instalações e
fotografias ou em qualquer outro suporte, formato ou linguagem. Artistas não residentes
em Belo Horizonte ainda terão
garantidas suas despesas de
viagem, alimentação e hospedagem por períodos de tempo
negociados e determinados
– montagem, abertura da
exposição e desmontagem. “A
proposta do edital é valorizar
os jovens artistas mineiros,
destacando o talento e a diversidade de formas e olhares da
nossa terra”, destaca o gerente do Memorial Minas Gerais
Vale, Wagner Tameirão. Os
trabalhos aprovados ficam
disponíveis para apreciação
do público por cerca de dois
meses.
A seleção dos trabalhos
será feita por uma comissão
composta por especialistas
em duas etapas: a primeira,
análise da proposta enviada;
e a segunda, entrevista com
o artista, presencial ou virtual.
O edital está disponível no
site www.editalmemorialvale.com.br .
Desde a abertura do
edital de ocupação do museu, em 2013, o espaço já
apresentou onze exposições
contempladas pelo projeto:
(Ciclo 2013/2014) ‘Entre’, de
Carolina Cordeiro; ‘América,
Sacco e Vanzetti’, de Ricardo
Burgarelli; ‘Guerra dos perdidos’, de Ricardo Burgarelli
e Luísa Horta; ‘Enquanto te
esperava’, de Camila Otto;
‘O que não é vasto é raso’,
de Renata Laguardia; ‘O
Livro da dúvida – capítulo 1
– Adentrando o falto’, de Estandelau. (Ciclo 2014/2015)
‘Monumento vidraça, monumento ruína’, de Daniel Bilac;
‘Dupla dobra’, de Marina R.B;
‘Cinza Fluorescente’, de Walter Gam; ‘Fachada’, de C.L.
Salvaro; e ‘Célula/vaga’, de
Daniella Domingues.
Fonte: SEGOV
Prefeitos e governadores apontam
alternativas para subfinanciamento da saúde
Em reunião com o ministro-chefe da Secretaria de
Governo da Presidência da
República, Ricardo Berzoini,
realizada na manhã desta
terça-feira (27), em Brasília
(DF), o presidente da Frente
Nacional de Prefeitos (FNP)
e prefeito de Belo Horizonte
(MG), Marcio Lacerda, e o
2º vice-presidente Nacional da FNP e prefeito de
Aparecida de Goiânia (GO),
Maguito Vilela, reforçaram a
importância da reinstituição
da Contribuição Provisória
sobre Movimentação Financeira (CPMF) como medida
para o subfinanciamento da
saúde.
Em alternativa à proposta
do governo federal, em que a
alíquota seria de 0,20% para
a União e os recursos destinados à previdência social,
o presidente da FNP, Marcio
Lacerda, defendeu que os
recursos da CPMF sejam
destinados exclusivamente
para a saúde e apresentou
a proposta da “Demanda
SUS Dependente”, dividindo a alíquota de 0,38% em
0,17% para União, 0,09%
para estados e 0,12% para
os municípios. “É necessário
chegar a uma fórmula equilibrada de partilha, balanceando a proposta de critério do
FPM (Fundo de Participação
dos Municípios) com a área
de saúde, ou seja, a população SUS Dependente”,
disse. Lacerda falou ainda
da diferença da proposta
“Demanda SUS Dependente”
e da Proposta de Partilha
FPM. “Encontramos no critério SUS Dependente uma
diferença de, no máximo,
100%, já no critério do FPM
a diferença chega a ser de
10 vezes mais entre o que
cada município receberia per
capita”, explicou.
Para Lacerda é necessário um entendimento entre
as lideranças políticas das
três esferas de governo para
que ocorram mudanças estruturais no modelo de financiamento da gestão pública
no país. “As despesas estão
crescendo acima da capacidade dos impostos gerarem
receitas”, destacou.
O encontro, que também
teve a participação dos governadores de Pernambuco,
Paulo Câmara, e do Rio
de Janeiro, Luiz Fernando
Pezão, e de representantes
das demais entidades municipalistas nacionais, foi um
desdobramento da agenda
realizada no último 22, com
a presidente da República,
Dilma Rousseff e a diretoria
executiva da FNP.
Com o objetivo de construir um consenso entre as
entidades municipalistas
quanto ao critério de partilha
da receita gerada com a
reinstituição da CPMF entre a
União, estados e municípios,
ficou agendada uma próxima
reunião na quarta-feira (4),
também no Palácio do Planalto, em Brasília (DF).
Fonte: Frente
Nacional de Prefeitos
Correio do Papagaio :: Pág 3
Classificados Regionais
para você comprar, vender ou trocar
TRINCA FERRO
VEÍCULOS
Bom Jardim de Minas
(32) 3292-1026
- Palio Weekend 98
completo GNV R$
10.000,00.
- Celta 2010 flex VHCE
R$ 17.000,00.
- Bora 2006 completo + couro + GNV R$
21.000,00.
- Gol 2001 - 1000 16V R$
10.000,00.
- Strada Trek 2005 flex
R$ 15.000,00.
- Uno 99 R$ 8.000,00.
- Topic 96 Diesel R$
6.000,00.
- Toyota 69 diesel R$
10.000,00.
- Caminhao D60 - 79 R$
15.000,00.
- F350 motor 608 74- 4M
R$ 14.000,00.
- XRE 300 flex 2011 R$
9.500,00.
- Fan 125 2008 R$
4.000,00.
- Twister 250 2003 R$
4.500,00 inteira.
- NX 200 - 99 R$
3.000,00.
- Preço exclusivamente
promocional á Vista.
Dividimos com 50% de
entrada.
- Compra, Troca, Vende
e Financia.
- Temos loteamentos,
casas, terrenos e sitios
para vender.
CLÁUDIO MOTOS
CAXAMBU
(35) 3341-2652 / 8844-
8411 / 9983-5557
- XRE 300 2011 VINHO
- BROS ES 2014 ZERO KM
VERMELHA
- BROS ESD 2014 BRANCA
- BROS ES 2013 VERMELHA
- BROS ESD 2013 VERDE
- BROS ESD 2008 AMARELA
- FAZER 250 2014 BRANCA
- CB 300 2013 PRETA
- CB 300 2012 AZUL
- CB 300 2011 VERMELHA
- CBR 250 2012 AZUL
- XTZ E 2013 PRETA
- BIZ 125 ES 2009 VINHO
- CG 150 FAN ESDI 2015
VERMELHA
- CG 150 FAN ESI 2013
VERMELHA
- CG 150 FAN ESI 2011
VINHO
- CG 125 FAN KS 2014
ZERO KM PRETA
- CG 125 FAN ES 2012
ROXA
- CG 150 TITAN ESD 2008
AZUL (2)
- CG 150 TITAN ESD 2007
PRATA
- CG 150 TITAN ES 2008
PRETA
- CBX 250 TWISTER 2008
PRETA
- SHINERAY 50CC (PRETA, BRANCA, VERMELHA)
ZERO KM
Outros
Vende-se Auto Escola em
São Vicente de Minas, em
pleno funcionamento to-
talmente licenciada e
equipada com 3 computadoes, equipamento
biométrico, sala de aula,
recpção, Moto Pista,
garagem para carros e
motos, 3 carros e 2 motos. Preço a combinar.
Tratar com Cládio pelos
telefones: 35-3332-1377
e 99845-0937.
Passa Ponto Comercial em funcionamento
no centro de Caxambu.
Ótima Oportunidade de
negócio. Tratar pelo telefone: 35-98878-5453
Horário Comercial
Ve n d o 2 0 m s , Te l a
para lote: Preço Barato, Bem forte. Tratar:
35-3331-1567 Celular:
35-99158-5777
Vende-se Motocicleta
Honda Titan 150 cc,
semi nova, partida elétrica, com 34.000 km.
Valor: R$ 5.100,00.
Tratar pelo telefone: 35-98896-0005
Oferecimento de emprego. Diretor Geral de Auto
Escola, oferece para trabalhar na região. JOAO
FABIO OAB 63.534-B
FONE 35-91846749.
Vende-se duas portas de
correr, 4 folhas, em pvc/
vidro, de 3m de comprimento por 2,1m de altura (claris/tigre) – Salete/
Tadeu (35)3325-2712
Inscrições abertas para Agenda de
Relacionamento de Itajubá
Micro e pequenas empresas mostram soluções inteligentes para
os segmentos de tecnologia e comunicação durante encontro
Cerca de 40 micro e pequenas empresas de Itajubá
irão apresentar equipamentos e serviços ligados aos
setores de Comunicação
e Tecnologia da Informação durante a Agenda de
Relacionamento, realizada
no dia 6 de novembro. A
iniciativa integra as ações
do Sebrae Minas para aumentar a competitividade
dos pequenos negócios de
base tecnológica da cidade.
As empresas interessadas
em participar da Agenda de
Relacionamento podem ser
inscreve gratuitamente até
4 de novembro pelo (35)
3622-2277.
Durante o encontro serão apresentados aos potenciais compradores software
personalizados, programas
de computadores customizáveis, hospedagem de
sistemas, consultoria em
tecnologia da informação desenvolvidos pelas pequenas
empresas da cidade.
A Agenda de Relacionamento integra as ações do
Projeto Ambiente de Inovação de Itajubá, que já beneficiou mais de 30 pequenos
negócios do segmento em
ações como: o Sebraetec,
capacitações gerenciais e
mercadológicas por meio
de palestras, cursos e seminários, além de participação
eventos do segmento e missões técnicas.
O encontro é promovido
pelo Sebrae Minas com o
apoio do Centro Univer-
Data: dia 6 de novembro,
às 19h
Local: FEPI– Av. Dr. Antônio
Braga Filho, 687 - Porto Velho - Itajubá/MG
Inscrições gratuitas até 4
de novembro
Contato: (35) 3622-2277
Itajubá
Varginha
Pouso Alegre
sitário de Itajubá (FEP)I,
Sindicato das Indústrias
de Itajubá (SIMMMEI),da
Rede de Empresas de Tecnologia da Informação e
Comunicação(RETIC), Universidade Federal de Itajubá
(UNIFEI), Prefeitura Municipal de Itajubá e do Ministério
Ciência e Tecnologia
Agenda de
Relacionamento de
Itajubá
Sancionado projeto que regulamenta
profissão de artesão
Texto prevê políticas de apoio à classe, crédito e qualificação.
Ministro do Turismo declarou apoio à categoria no início da semana
Os cerca de dez milhões
de artesãos brasileiros têm
um bom motivo para comemorar. A presidenta Dilma
Rousseff sancionou nesta
quinta-feira (22) o projeto de
lei 7.755/2010, que regulamenta a profissão de artesão.
O projeto estabelece diretrizes para as políticas públicas de fomento à profissão,
institui a carteira profissional
para a categoria e autoriza o
poder Executivo a dar apoio
profissional aos artesãos.
Os profissionais contaram
com o apoio do ministro do
Turismo, Henrique Eduardo
Alves. No início da semana,
Alves manifestou publicamente apoio à regulamentação da profissão durante um
congresso que reuniu mais
de mil artesãos. O ministro
comemorou a aprovação. “A
regulamentação é um grande
avanço para um setor com
potencial para desenvolver
a economia e preservar o
patrimônio do país”.
De acordo com o autor
do projeto, o ex-senador
Roberto Cavalcanti, artesão
é toda pessoa que exerce
atividade predominantemente manual, que pode contar
com o auxílio de ferramentas
e outros equipamentos de
forma individual, associada ou cooperativada. No
mês passado, a Comissão
de Constituição e Justiça e
de Cidadania da Câmara
aprovou o projeto, que tramitava de forma conclusiva
e já havia sido aprovado pelo
Senado. Restava apenas a
sanção presidencial.
A presidente da Confederação Nacional dos Artesãos,
Isabel Gonçalves, entidade
Essas e outras vagas
você encontra em nosso
site e nas redes sociais.
www.sulminasempregos.com.br
Sul Minas Empregos
@SMEmpregos
que reúne 21 federações de
artesãos espalhadas pelo
Brasil, disse que a articulação do ministro Henrique
(Eduardo Alves) foi fundamental para a aprovação.
“Vamos formalizar o nosso
reconhecimento em uma
correspondência e queremos
agendar uma reunião para
agradecer formalmente”,
disse. Segundo Isabel, o próximo passo é desenvolver,
em parceria com governo,
políticas públicas que atendam a categoria.
Conquistas recentes
Mais duas pautas do setor avançaram nos últimos
dias. Na quinta-feira (22) as
Comissões de Desenvolvimento Regional e Turismo, de
Relações Exteriores e Defesa
Nacional aprovaram o projeto
(PLC 149/2015) que dispensa
de vistos os estrangeiros que
vierem ao Brasil durante os
Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. Turistas dos
Estados Unidos, Canadá,
Japão e Austrália podem ser
beneficiados pela medida. O
texto agora segue para votação no Plenário do Senado.
Ainda ontem (22) foi
aprovado o projeto de lei (PL
5559/9) do deputado Otavio
Leite que permite o uso da
Lei Rouanet no financiamento de projetos turísticos. Com
isso, as empresas do setor,
como hotéis, pousadas, bares e restaurantes poderão
descontar do Imposto de
Renda valores investidos em
projetos culturais aprovados
pelo Ministério da Cultura ou
pela Agência Nacional do
Cinema (Ancine).
Secretaria de Turismo
São Lourenço
Farmacêutico
Psicólogo
Eletricista
Consultor de Vendas
Assistente Financeiro
Fonoaudiólogo
Auxiliar de Instalação
Comercial/ Vendas
Doméstica
Cozinheiro
Pág 4 :: Correio do Papagaio
Andrelândia
CRAS participa de Conferência
Estadual de Assistência Social
Conferência será realizada de 26 a 29 de outubro e equipe do Cras irá estar presente, dando
continuidade à participação na Conferência Regional
A Conferência Estadual pretende definir diretrizes da política
pública de assistência social,
evento que reunirá cerca de
1.400 pessoas, entre delegados
e convidados, com o objetivo
de ampliar acesso aos serviços
socioassistenciais em Minas
Gerais.
Nos dias 26, 27, 28 e 29 de
outubro, gestores irão se reunir
para avaliar os dez anos de
implantação do Suas e definir
sobre as diretrizes da política
de assistência social para os
próximos 10 anos.
“A Conferência é muito importante para trazer a discussão
dos Suas que a gente quer,
compreendendo as mulheres, a
juventude, as pessoas da terceira idade, os negros e os povos de
comunidades tradicionais”, diz a
presidente do Ceas/MG, Maria
Alves de Souza. “Com certeza,
será de grande importância para
garantir aos mineiros um Suas
que, de fato, possa ser exemplo
para todo o Brasil”, completa.
Além da construção de
proposições que integrarão a
política pública de assistência
social, em nível estadual, o
encontro elegerá delegados
para a X Conferência Nacional
de Assistência Social.
O Cras de Andrelândia estará presente neste importante
encontro.
No dia 30 de setembro, a
chefe do departamento de assistência social de Andrelândia,
Flaviane Menezes de Oliveira, a
assistente social Leila Nogueira
e a conselheira municipal de
assistência social Roseli Maria
da Silva estiveram presentes
na X Conferência Regional de
Foto: Prefeitura Municipal
Conferência Regional de Assistêncvia Social realizada no dia 30 de setembro teve a participação
do CRAS de Andrelândia
Assitência Social, realizada em
Juiz de Fora. Este ano o tema
da Conferência Regional foi
“Consolidar o SUAS de vez rumo
a 2026”.
Balanço
A construção da política pública de assistência social tem
se dado de forma participativa,
por meio da realização de conferências em níveis municipal,
regional, estadual e nacional.
O processo teve início em
maio, quando 834 municípios
fizeram suas conferências, prosseguiu em setembro e outubro,
período de realização das 15
conferências regionais -, estas
últimas com a participação de
2.755 pessoas, entre delegados e
convidados, de 650 municípios.
As deliberações das conferências municipais e regionais,
de forma geral, apontaram estratégias para a universalização do
acesso aos programas de assistência social, especialmente para
os municípios muito pequenos,
o que corresponde a 70% dos
munícipios mineiros.
Também indicaram a mudança no papel do Governo
Estadual, que passa a ser mais
proativo e menos fiscalizador;
a participação do usuário, que
rompe com uma visão preconceituosa sobre o beneficiário
de programas sociais e ainda
a qualificação e capacitação
dos profissionais do Suas e a
consequente melhoria nos serviços e programas oferecidos
às parcelas mais vulneráveis da
população mineira.
As conferências regionais,
este ano, deixaram de ser apenas uma etapa de preparação e
ganharam caráter deliberativo.
Esta mudança possibilitou o debate sobre as especificidades e
prioridades regionais em relação
à gestão e à oferta e execução
dos serviços socioassistenciais
e ainda na organização de usuários e de trabalhadores, por meio
da criação e instalação de fóruns
regionais.
Fonte: Governo de Minas
II Encontro Municipal de Professores
Um encontro de grande importância à área educacional de
Andrelândia aconteceu no dia 7
de outubro. Diversos profissionais da área estiveram reunidos
para o II Encontro Municipal de
Professores, na Escola Estadual
Visconde de Arantes, antigo Seminário. O evento foi realizado
pela Secretaria Municipal de
Educação e colaboradores.
Entre os profissionais presentes estiveram reunidos membros
das seguintes instituições: E. M
João Narciso de Oliveira, E. M.
José Bernardino Alves, E. E. Visconde de Arantes, E. E. Alfredo
Catão, E. M. Elisa Duque Catão,
E. E. Gustavo Ernesto Alves,
APAE Estrela Guia, Centro Educacional Fundação Guairá, Creche
Municipal Professora Enedina
Cunha, o Polo e-Tec e o Centro de
Referência Pronatec do Instituto
Federal do Sul de Minas.
Durante todo o encontro, os
participantes aumentaram seu
conhecimento em áreas importantes da educação. A programação do encontro contou com
a participação da Dra. Leonor
Bezerra Guerra, da UFMG, que
palestrou sobre “Neurociência
e Educação” e de Kristian Gonçalves Gomes e Saula Maria
dos Santos, que abordaram, em
workshop, o tema “Autoconhecimento: Conquistando metas
através do coaching”.
Em todos os momentos os
participantes interagiram com
os palestrantes e aprenderam
técnicas e novos meios que influenciam de maneira positiva o
seu trabalho. Dra. Leonor Guerra
apresentou como tema “Neurociência e educação: como o cérebro aprende?”, evidenciando as
transformações do cérebro, suas
estratégias de comportamento, a
importância da motivação, da repetição, dos estímulos, a importância do sono, vitaminas e sais
minerais, entre outros fatores que
influenciam na aprendizagem. A
capacidade da aprendizagem
foi abordada na palestra, onde
Dra. Leonor Guerra salientou a
importância de se aprender com
mais áreas cerebrais, utilizando
o tato, gustação, audição, visão,
por exemplo.Outra questão
aprofundada pela palestrante é
a questão de sempre acreditar
no aluno, “a crença que temos
no aluno modifica”, alertou. O
respeito sobre a diversidade
biológica também foi abordada,
frisando a singularidade de cada
aluno.
O período da tarde foi dedicado a ao workshop da Empresa Ascend Treinamento e
Desenvolvimento Humano, com
Kristian Gomes e Saula Santos.
Com o tema “Conquistando
metas através do coaching”,
foram realizadas atividades que
contribuíram para os professores
evoluírem na área educacional.
Atividades, testes e avaliações
foram aplicadas aos presentes,
que aproveitaram a cada instante
do treinamento.
Todo o conhecimento adquirido no encontro proporcionou aos
professores complementarem
sua bagagem técnica e adquirirem novos estímulos para administrar sua especialidade.
O fim do II Encontro Municipal de Professores foi marcado
com uma especial confraternização dedicada a todos os
que trabalham na educação de
Andrelândia.
Fonte: Prefeitura Municipal
Fotos: Prefeitura Municipal
Evento reuniu profissionais da área de Educação do município
Momentos de descontração
Palestras e informação durante o Encontro
Dia do Idoso é celebrado com confraternização
No dia 12 de outubro aconteceu um almoço de confraternização no Restaurante Fazenda
Pasto Grande, do grupo Dançando e Vivendo a Melhor Idade
do CRAS.
Houve uma bela procissão e
depois uma benção que foi feita
pelo Páraco Padre Domingos,
esteve presente no evento o
Prefeito Municipal Samuel Isac,
o vice José Godinho, o professor
Natalino Martins.
Cerca de 70 pessoas compareceram no evento.
Fotos: Prefeitura Municipal
Fonte: Prefeitura Municipal
Acesse www.correiodopapagaio.com.br/andrelandia
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Bom Jardim
XI Tradicional Encontro de
Bandas foi sucesso
No dia 11 de Outubro de
2015, domingo, a partir das
09:00h, foi realizado XI Encontro de Bandas do município, na
praça Presidente Vargas.
O encontro contou com
a participação de 18 bandas
da região e movimentou a
cidade.
O Centro histórico ficou
fechado para as apresentações individuais das bandas e
depois foi feito um desfile com
as bandas nas ruas do centro
da cidade.
A população compareceu
em massa no tradicional evento, que este ano está na sua
décima primeira edição.
O Encontro de Bandas
foi realizado pela Prefeitura
Municipal, juntamente com a
Cooporação Musical “União
Bonjardinense”.
Pista de Skate será uma realidade no município
lidade, mas pede mais rigor e
atenção aos projetos
“Hoje o skate é um dos esportes mais praticados no país
e isso já acontece há seis ou
sete anos. Apesar disso, vejo
que ainda falta muita estrutura.
Me parece que as pessoas ainda não tiveram noção do poder
que o skate tem e que ainda
faltam espaços. Na verdade, é
muita gente praticando e pouco
espaço disponível” falou Mineirinho, durante a entrevista.
Sandro falou também que
o incentivo ao esporte é uma
maneira de oferecer um futuro
melhor para crianças e adolescentes.
Foto: Gabriel Christus/ESPN Images
Segundo informações divulgadas pela Prefeitura Municipal,
a cidade de Bom Jardim de Minas receberá, através de emenda parlamentar, por intermédio
da Secretaria de Estado de
Esporte, um recurso no valor de
R$40.000,00 para construção
de uma pista de skate.
As obras devem ser iniciadas em breve e a pista será
construída em frente ao estádio
municipal.
Em entrevista ao TV Diário,
o hexacampeão mundial de
skate Sandro Dias (Mineirinho)
ressaltou que pistas livres para
o uso ajudam a atrair crianças
e adolescentes para a moda-
Mineirinho ganhou seis vezes o campeonato mundial de skate
Cuidado com a ditadura....
Por José Francisco
Mattos e Silva
Tenho ouvido nos últimos
tempos rumores, confesso
q ue n ão s upor t o r umo re s ,
sobretudo rumores políticos,
lembrando sempre das palavras do nosso velho Ulisses
Guimarães de que na política
“só os loucos e os incompetentes não sabem que, na política,
até a raiva é combinada”.
Meu amigo leitor pode perguntar o que tem haver rumores
com o título desta matéria, há
rumores de ditadura no Brasil, há
rumores de golpe de Estado no
Brasil, há rumores de marchas
da família com Deus pela pátria,
há rumores de continuísmo
perpétuos de partidos no poder,
há rumores, rumores e mais
rumores. No entanto, não há,
infelizmente, ação. Apenas ruído
de vozes, só não quero ouvir
falar de ditadura, seja ela civil ou
militar, somos um Estado Democrático de Direito e é esta ordem
que deve ser mantida, os que
conspiram contra ela é que são
os verdadeiros algozes, o regime
jurídico constitucional não.
Novamente peço ajuda ao
Dr. Ulisses “é necessário ouvir
as vozes roucas das ruas”, então
ouçamos com os olhos, as ruas
já sussurram há tempos. Há dias
li em um semanário francês de
que o movimento brasileiro causava “perturbação a ordem de
um país que parecia viver uma
espécie de vertigem benfazeja
de prosperidade e paz, e fez
emergir não uma, mas uma infinidade de agendas mal resolvidas,
contradições e paradoxos. Mas,
sobretudo, fez renascer entre
os brasileiros a utopia de um
país que não quer ser apenas
próspero, mas cidadão”.
Igualmente, os constantes
debates sociais e políticos nacionais apontam para uma mudança
de rumo: o Brasil esta cansado
de assistir, diariamente, a velha
cantilena tupiniquim da corrupção
travestida de conveniência.
O brasileiro não é bobo e somos conhecedores, mesmo com
nosso pouca instrução cultural e
política, que o mal do Brasil é a
ditadura da corrupção. Esta sim
que vem assolando nossa Pátria
deste dos tempos em que as capitanias hereditárias eram leiloadas para os que podiam explorar
mais o pau-brasil até os recentes
episódios dos maiores escândalos de corrupção da história do
Brasil, mas há quem acredite que
tudo isto é rumores...
Os discursos de hoje, misturados com os rumores, ou
os rumores misturados com os
discursos, mostram de forma
nítida que historicamente temos uma resistência ao cumprimento da ordem jurídica
constitucional e o pior é que
todos aqueles que tentaram
demonstrar isso publicamente
foram ou são criminalizados ou
discriminados de alguma forma,
vejamos o Juiz Federal Mouro
que tem sido alvo de constantes ataques na inócua tentativa
de transformar o Magistrado em
réu, na defesa de réus.
O discurso que distorce a
ordem jurídica constitucional é
o que tenta enganar o povo de
que o sistema atual não coíbe e
é tolerante com corrupções em
detrimento de outras, a ditadura
que se pretende instalar o Brasil
é a travestida de democracia, e é
contra ela que lutaremos, em especial neste mês de outubro que
comemoramos o aniversário da
promulgação da Constituição de
1988, a “Constituição Cidadã”.
Alfim, voltando às vozes do
Dr. Ulisses: ditadura no Brasil
nunca mais, seja ela civil ou
militar, hoje não vamos tolerar
ditaduras com bandeiras de
outras siglas. Queremos sim,
todas as forças, todos os esforços, todo o consenso sempre
amparado no sagrado direito
da liberdade para alimentar o
desejo de cidadania.
Que as cidades sejam rebeldes, que o povo seja rebelde, que a política seja rebelde,
mas que seja a sadia rebeldia
da consciência de que é preciso mudar os passos e que
no Brasil só devemos marchar
para o progresso das instituições democráticas e constitucionais, o passo inicial é menor
rumores, mais ação.
Acesse www.correiodopapagaio.com.br/bomjardim
Correio do Papagaio :: Pág 5
Pág 6 :: Correio do Papagaio
Liberdade
Atividades lúdicas e pedagógicas
são realizadas na APAE
O dia a dia da instituição que atende pessoas com deficiência intelectual e múltipla é repleto de
desafios e por isso a necessidade constante de inovar nas atividades
O mês de outubro foi marcado
pela realização de diversas atividades e grandes conquistas para
a Apae de Liberdade.
Entre elas a reinauguração da
Biblioteca da Apae, proporcionando um espaço de leitura e estímulo
à criatividade para todos os alunos
da instituição. Estudantes do EJA
(Educação de Jovens e Adultos)
ajudaram na organização e decoração do espaço.
A Oficina de Tecelagem está
agora acontecendo um uma nova
sala, com a produção de novas
peças. O projeto é desenvolvido
com a associação Ave Lavrinha e
o Fórum da Comarca de Aiuruoca.
Os participantes trabalham a concentração e a coordenação motora
na produção das lindas peças.
Em parceria com a Copasa e
a Cemig, os projetos Reabilitação
Psicomotora e Recriar levam os
alunos da Apae a participar de aulas de natação, oferecendo além
do esforço físico, momentos de
diversão e descontração. Projetos
coordenados pela professora Fabiana Neves e suas colaboradoras
as professoras Dágna Martins, Heloísa Helena e Marcia Barbosa.
Como todas as Apaes atuando em todo o Brasil, a Associação de Pais e Amigos dos
Excepcionais de Liberdade é
uma associação em que, além
de pais e amigos dos excepcionais, toda a comunidade se une
para promover o bem estar e
desenvolvimento da pessoa com
deficiência.
O movimento Apae nasceu
no Rio de Janeiro, no dia 11 de
dezembro de1954. A primeira
Apae de Minas Gerais, a segunda
do Brasil, foi fundada em 1956,
em São Lourenço. A Apae de
Liberdade foi fundada em 1999 e
desde então atua para proporcionar bem estar e igualdade entre
as pessoas com deficiência.
Reinauguração da Biblioteca da Escola Sempreviva
Fotos: Apae de Liberdade
Oficina de Artesanato
Aulas de natação
Oficina de Tecelagem
Antologia “Liberdade dos Poetas”
deve ser lançada em dezembro
Livro reúne cinquenta e um poemas de jovens escritores do município
A antologia “Liberdade dos
Poetas” é um projeto sem fins
lucrativos de incentivo cultural
do escritor de Liberdade Leandro Campos Alves. O livro deve
ser lançado em dezembro, com
data a ser confirmada.
O projeto nasceu de um
sonho de apoiar a cultura literária no município e a busca por
novos talentos.
Com apoio das escolas do
município, da Secretaria Municipal de Educação e da Prefeitura
Municipal de Liberdade o projeto
reúne 51 poemas de jovens
escritores do município.
“Ela nasceu ao ver na nossa
cidade tantos jovens talentosos
que precisavam ser moldados e
ter a oportunidade de se descobrirem”, explica o idealizador.
“Tenho em meus planos continuar com o projeto por muitos
anos ainda, talvez levando para
outros municípios com o mesmo
regulamento de incentivo cultural”, acrescenta o escritor.
A capa da antologia já esta
pronta, cedida pelo artista
plastico Ângelo Abreu, da cidade de Juiz de Fora. Além da
publicação na editora Clube
de Autores, o livro também
estará a venda em Ebook pela
editora Saraiva.
“Entre conversas com um
amigo e outro, comecei a perceber a riqueza cultural que na
cidade existia, porém ainda ocultos pela tranquilidade da mesma”, conta o escritor Leandro.
Mais informações no site do
autor: www-escritor-leandrocampos-alves.com
Testemunho de Fé
Meu nome é Maria de Fátima Aquino
Carvalho Amaral, sou de Liberdade MG.
Deixo aqui o meu testemunho de fé.
Chegou o recesso escolar do mês de
julho de dois mil e sete. Meu esposo estava
desempregado. Fomos para Liberdade
MG. Era exposição agropecuária do município. Nossos filhos estavam felizes, pois,
participariam das festividades, shows etc.
Nossa filha muito feliz disse que aquele ano
foi o melhor ano da vida dela até aquele
momento, pois havia participado de tudo
que queria desde o início.
Em vinte e nove de julho de dois mil e
sete, retornávamos para nossa casa em
Santanésia RJ, nossos compromissos escolares começariam dia trinta de julho deste
mesmo ano. Eram exatamente dezesseis
horas e trinta minutos. Horário que sempre
saíamos para retornarmos a nossa casa.
Despedimos dos familiares e seguimos
viagem. Meu esposo, que estava desempregado, disse que estava se sentindo
triste. Conversei com ele dizendo que não
precisava se preocupar porque naquela
semana ele seria chamado para trabalhar
e tudo daria certo. Seguimos nossa viagem
tranquila. Em Liberdade estava um dia
muito frio e nublado. Quando chegamos a
um lugarejo chamado Falcão RJ, perto de
Barra Mansa RJ, meu esposo observou
que o céu estava lindo, estrelado, era lua
cheia. Estava linda!
Observando esta beleza ele nos mostrou
e disse:
- Durante todo esse tempo que moramos
em Santanésia nunca vi o céu tão bonito
como hoje.
Senti um arrepio e pensei: “Será que é a
última vez que estamos vendo este céu lindo
juntos”? Mais uma vez, assustei com o que
passara pela minha cabeça. Não comentei
nada com ninguém. Achei que aquele pensamento era um absurdo. Descartei. em silencio
fiz uma oração. Prosseguimos viagem. Passando em Piraí RJ, nosso filho pediu pastel.
A pedido dele, passamos em uma pastelaria,
compramos pastéis comemos. e continuamos viagem conversando tranquilamente.
Nossos filhos comeram também a maçã do
amor que tinham comprado em Liberdade
para comerem em casa. Quando de repente
no quilômetro vinte e nove da Via Pública, RJ
145(cento e quarenta e cinco), estrada que
liga ás cidades Piraí a Barra do Piraí, já no
bairro Chalét a dois quilômetros aproximadamente de Santanésia RJ, onde morávamos
já há dezenove anos e meio, surgiu uma
enorme carreta, numa curva fechada em
alta velocidade, sentido Piraí RJ, já virando,
apoiada apenas com as rodas de um lado
no asfalto. As outras estavam suspensas e
a carreta virando para o nosso lado. Diante
desta terrível imagem, seguiu-se uma frase
inocente de uma criança. Meu filho de treze
anos apenas, imaginando que era apenas um
filme e que a carreta voltaria em sua posição
normal, gritou:
- Que legal!!!
Eu, vendo o tamanho da tragédia, pedi:
“Senhor Bom Jesus do Livramento proteja
minha família”!!! Tudo foi muito rápido.
Meu esposo jogou o carro para o acostamento, mas, não deu tempo para nada.
A carreta tombou sobre o nosso carro e
nos pressionou no barranco. E o carro foi
esmagado. Isto aconteceu por volta de
dezenove horas.
Minha filha, já com dificuldade de respirar disse:
- Mãe estou morrendo...
Respondi:
- Filha, puxa o cinto e reza...
Fiquei consciente o tempo todo, porém
presa nas ferragens, sem sentir dor. Imaginava que sairia dali andando.
Em seguida, o motorista da carreta, que
não sofreu nada, iluminou dentro do carro
com uma lanterna. Foi quando vi que meu
esposo estava morto do meu lado. Chamei
pelo meu filho. Ele não respondeu. Percebi
que eles tiveram morte instantânea.
O motorista pedia informações, tais
como: nomes, endereço, etc. Antes de
lhe informar tudo, disse-lhe desesperadamente:
- Viu moço, o que você fez? Você matou
meu marido e meus filhos, você destruiu
uma família...
Ele disse para que eu me acalmasse,
pois eles estavam desmaiados. Eu afirmei
gritando:
_Não! É mentira! Eles estão mortos.
Enquanto isso o motorista pediu socorro
pelo celular. Logo chegaram os policiais
que começaram a retirar os corpos do meu
marido e do meu filho. Minha filha foi retirada ainda com vida e levada para Casa de
Caridade Santa Rita em Barra do Piraí RJ,
aonde veio a falecer após se submeter a
uma cirurgia gravíssima, sua veia cava havia partido em pedaços e quatro vértebras
de sua coluna foram esmagadas.
O corpo de bombeiros chegou, cortou
o carro que parecia que ia incendiar, pois
saía muita fumaça. Conseguiram me retirar.
Eu já estava com dificuldades de respirar,
porém não sentia dores enquanto estava
no carro. Só fui senti-las após ser colocada
na ambulância.
Chegando a Santa Casa onde estava
minha filha sendo socorrida, ouvi quando
os médicos pediram para fazer seu exame
de sangue, precisavam saber seu tipo
sanguíneo. Respondi que não precisava,
pois eu sabia que era “O positivo”.
Perguntei à enfermeira como estava
minha filha, ela respondeu:
- Ela está nas mãos dos médicos.
Foi quando ouvi dizer:
- Vamos intubá-la...
Uma paz infinita me envolvia sem uma
explicação lógica, mas sim espiritual me
levou a um pensamento:
- Fiquei sozinha, minha filha também
não resistiu.
Enquanto isso, uma equipe médica me
socorria. Dei-lhes todas as informações,
inclusive meu tipo sanguíneo.
No momento em que me preparavam
para cirurgia, perguntei como minha filha
estava reagindo. A enfermeira que estava
do meu lado pôs a mão na minha cabeça
e respondeu:
- Vamos cuidar de você. Não se preocupe com isto agora.
Então tive certeza que ela também
havia falecido.
Jesus me atendeu , quando pedi proteção para minha família, a única forma de
fazê-lo foi levá-los para Ele.
“Se vocês ficam unidos a mim e minha
palavra permanece em vocês, peçam o
que quiserem e será concedido a vocês,
a glória de meu pai se manifesta quando
vocês dão muitos frutos e se tornam meus
discípulos. Assim como meu pai me amou,
eu também amei vocês: Permaneçam no
meu amor”. (Jo 15,7-9)
Fui submetida a uma cirurgia onde foram
rompidas duas artérias e uma parte do
intestino. Os médicos conseguiram reconstituir tudo, porém não tinham esperanças
que eu resistisse.
Voltando da anestesia, enquanto os
médicos conversavam comigo, ouvi alguém
perguntar:
- O senhor salvou pelo menos a mãe
doutor?
Ele respondeu:
- Não sei, eu tentei.
Mais uma vez tive certeza que minha
filha havia também falecido. Confesso que
naquele momento me veio uma enorme
vontade de morrer, pois viver sem eles
não fazia o menor sentido. Fui para UTI,
no isolamento, onde fiquei quatro dias
consciente e sabendo de tudo.
Passaram-se dias e noites, percebi que
havia perdido a noção do tempo.
Em determinado momento, na UTI, observei que saíam da casa de minha sogra,
onde os corpos foram velados, três coroas
e três urnas. Uma multidão as acompanhava, chorei muito. Pouco depois, vi pelo vidro
que dava para o meu quarto três vultos de
pessoas que me olhavam. Um de estatura
menor, outro de estatura média e o outro
de estatura maior. Pensei: É meu esposo e
meus filhos que vieram se despedir de mim.
Senti uma paz infinita..., meu coração bateu
muito forte, não por desespero, mas por um
grande e caloroso amor. Pela razão física,
é inexplicável. Calmamente disse-lhes bem
baixinho, como se estivesse falando no
ouvido de cada um:
_Vão com Deus meus amores, eu
os amarei para sempre... Obrigada pela
felicidade que vocês me proporcionaram,
durante o pequeno, mas inesquecível
período em que convivemos.
Ao meu esposo, especialmente, falei
baixinho e carinhosamente:
_ Amor, fique tranquilo, nossos corações
permanecerão unidos, mesmo estando em
planos diferentes. Amar-lhe-ei eternamente. Vá em Paz. Um dia nos encontraremos
segundo a vontade de Deus.
Olhando-os atentamente, rezei um Pai
Nosso e uma Ave Maria oferecendo-lhes.
Passaram-se alguns minutos e os vultos
esmaeceram lentamente até que não os
vi mais.
“Não tenha medo, pequeno rebanho,
porque o Pai de vocês tem prazer em darlhes o Reino.” (Lc 12,32)..
“Se o Espírito que ressuscitou Jesus
dos mortos, habita em vocês, aquele que
ressuscitou Cristo dos mortos dará a vida
também para os corpos mortais de vocês,
por meio do seu Espírito que habita em
vocês”. (Carta aos Romanos 8,11).
Em seguida entrou uma enfermeira,
perguntei-lhe as horas e ela respondeu:
- Faltam 15(quinze) minutos para o
meio dia.
Segundo meus familiares, foi exatamente o horário que estava terminado o
sepultamento dos meus entes queridos.
Continuei na UTI, não tive momento nenhum de desespero, apenas chorava muito,
mas ao mesmo tempo uma paz me envolvia.
Tinha certeza que Deus estava comigo,
minha fé superava minha dor, como nos fala
a Carta de São Paulo aos Romanos:
“Assim, justificados pela fé, estamos
em paz com Deus, por nosso Senhor
Jesus Cristo. Por meio dele e através da
fé, nós temos acesso à graça, na qual nos
mantemos e nos gloriamos, na esperança
da glória de Deus. Não só isso. Nós nos gloriamos também nas tribulações, sabendo
que a tribulação produz a perseverança, a
perseverança produz a fidelidade comprovada, e a fidelidade comprovada produz
a esperança. E a esperança não engana,
pois o amor de Deus foi derramado em
nossos corações pelo Espírito Santo que
nos foi dado”. (Carta aos Rom. 5, 1-5).
“Todos os dias os boletins médicos
eram os mesmos: Ela ainda não morreu”.
Quando os familiares preparavam os funerais, o médico lhes avisou que poderiam
deixar minha sepultura pronta por que eu
chegaria a qualquer momento e assim
fizeram. A medicina não tem explicação
para minha vida.
O motorista da carreta queria falar comigo enquanto eu estava no hospital, como
não conseguiu depois que recebi alta ele foi
até minha casa. Não sei o que ele queria.
Não o recebi, mandei falar para ele que
não queria vê-lo naquele momento, mas
se fosse para pedir perdão, por mim ele já
estava perdoado.
Resolvidos todos os problemas, trinta
dias após o acidente fui para Taubaté, no
estado de São Paulo, onde encontrei uma
equipe médica maravilhosa: Cardiologista,
gastroenterologista, ortopedista, mastologista, psiquiatra e psicóloga etc. com os quais
comecei um tratamento bastante rigoroso.
Fiz vários exames. Fui recuperando lentamente a parte física. O gastroenterologista
disse que não sabe como resisti à tamanha
cirurgia. Para mim não foi surpresa, pois
já havia ouvido essas palavras do médico
cirurgião de Barra do Piraí RJ.
Precisava de um psiquiatra. Exigência
urgente do médico da Perícia de Piraí RJ,
município onde trabalhava como professora.
Não foi fácil, não encontrava vaga e nem
encaixe com nenhum destes especialistas.
Já estava ansiosa porque o dia da outra
perícia se aproximava, e eu precisava levar
o laudo desse profissional. Foi então que em
uma consulta com a mastologista Dra. Maria
do Socorro, pedi-lhe ajuda para conseguir
uma vaga com um desses especialistas.
Ela, muito atenciosa, na mesma hora ligou
para Dra. Márcia Gonçalves, uma excelente
profissional, e conseguiu uma consulta para
o dia seguinte. No dia e hora marcados
compareci ao consultório, onde fui muito
bem recebida e atendida com muito carinho.
Contei-lhe minha história e o motivo pelo qual
a estava procurando. Fui medicada e encaminhada por ela a uma excelente psicóloga.
Começamos uma terapia, a princípio não
coloquei muita fé. Cheguei até a desmarcar
algumas sessões. Para mim, nada mais fazia
sentido. As pessoas que mais amei e amo
não estavam mais ao meu lado. A pedido
da psiquiatra, mesmo quando não tivesse
vontade eu deveria comparecer. Caso não
quisesse falar nada não precisava, era só
ouvir o que a terapeuta teria para me falar.
Aceitei a sugestão. Fiz várias sessões.
Apesar de todos os acontecimentos,
agradeço ao Bom Jesus todos os dias pela
família maravilhosa que Ele me deu. Por
cada sorriso, cada abraço, cada beijo, cada
lágrima, cada noite mal dormida, enfim por
todos os momentos de felicidade que eles
me proporcionaram. E na hora do acidente
Ele atendeu meu pedido, acolhendo e levando todos para junto Dele. Qualquer um
que sobrevivesse estaria hoje tetraplégico,
tamanha fora a gravidade do acidente. O
sofrimento seria muito maior para eles e para
toda família. Deus os levou, mas me deixou
perfeita, sem nenhuma sequela. Colocou em
meu caminho pessoas competentíssimas
para ajudar-me de todas as formas.
“Eu te agradeço Javé, de todo coração”.
Na presença dos anjos eu canto para ti. Eu
me prosto em direção ao teu santuário, e
agradeço ao teu nome, por teu amor e fidelidade, pois a tua promessa supera a tua fama.
Quando eu gritei, tu me ouviste, e aumentaste
a força em minha alma. (Sl 138,1-3)
Dia 15 de Julho de 2009 voltei para Liberdade MG. Sempre questionando: Para que
eu fiquei? O que vou fazer? Todos os dias
ia na capela do Santíssimo e pedia para que
Deus fosse mais claro comigo pois eu não
entendia o que Ele queria de mim. Até que
um dia antes da missa das dez, dirigi-me
até à capela e mais uma vez fiz o mesmo
questionamento e fui aguardar o momento
da celebração. De repente a Salete, minha
ex-aluna, saiu da sacristia procurando
alguém para fazer a segunda leitura, tive a
graça de ser convidada. Aceitei o convite.
Olhando nos olhos dela, lhe disse: _ você foi
iluminada pelo Espírito Santo. Ela não entendeu nada apenas chorou. Fui até a sacristia
com ela, paramentei-me e com os demais
participantes fomos preparar a entrada. Tamanha foi minha surpresa quando começou
a música de entrada: “Eis-me aqui Senhor,
para fazer a tua vontade e viver no teu amor”.
E aí começou minha missão. Hoje participo
da pastoral catequética no Santuário Senhor
Bom Jesus do Livramento em Liberdade MG
Arquidiocese de Juiz de Fora.
Maria de Fátima Amaral
Acesse www.correiodopapagaio.com.br/liberdade
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
São Vicente
Colégio Marista promove
atividades para jovens
Encontro da Pastoral Juvenil Marista reuniu jovens em momentos de confraternização e oração.
Missão de Solidariedade levará os jovens à Brasilinha
Nos dias 25 a 27 de setembro aconteceu no Colégio
Marista São Vicente de Minas
o encontro da Pastoral Juvenil
Marista, Tenda.
O encontro reuniu cerca
de 60 jovens das Unidades de
São Vicente de Minas, Colégio
Marista de Varginha e Escola
Marista Champagnat de Varginha.
Durante o encontro os participantes tiveram momentos de
formação, oração, dinâmica e
confraternização.
O ponto alto do encontro
foi a visita ao Lar dos Idosos
de Andrelândia onde os participantes além de visitarem
os internos puderam fazer a
doação de produtos de limpeza
arrecadados durante o JIM.
A tradicional Missão Marista de Solidariedade (MMS)
será realizada nos dias 6, 7 e
8 de novembro. Cerca de 50
jovens participaram da MMS
que, este ano, tem como tema
“Maristas Novos em Saída” e
como lema “ Vai! Eu te envio”
(Ex 3,10). Os estudantes farão
sua inserção na localidade de
Brasilinha. O convite é que os
participantes possam sair e ir
ao encontro de outras realidades, buscando concretizar o
pedido do Papa Francisco de
“sermos um Igreja em saída e
de portas abertas para acolher
a todos os irmãos”.
Outras atividades foram
realizadas pelo conceituado
Colégio Marista como a celebração, no sábado dia 23 de
outubro, na Igreja Matriz de
São Vicente Férrer, dos estudantes que comemoraram
15 anos. Após a cerimonia os
estudantes, juntamente com
suas famílias, participaram de
uma confraternização no teatro
do Colégio Marista.
Em setembro foi também
realizada a Virada Educação,
ocorrida em praça pública, com
grande sucesso e participação
em oficinas, jogos e gincanas.
O Colégio Marista de São
Vicente possui atualmente
cerca de 1700 alunos e conta
com funcionários municipais,
estaduais e da União Brasileira
de Educação e Ensino. Ministra
o Ensino Fundamental – do Ciclo de Alfabetização à 8ª série,
Ensino Médio e Educação de
Jovens e Adultos.
Uma parceria pioneira dentro da União Brasileira de Educação e Ensino. Através dessa
parceria com o estado, uma
escola particular em união com
o poder público oferece um
ensino gratuito e de qualidade.
É uma escola Marista com características de escola Pública,
conservando a filosofia Marista
e um Ensino de qualidade.
Visita ao Lar dos Idosos foi o ponto alto do encontro da Pastoral
Juvenil Marista
Celebração Quinzianista
Município divulga lista de Patrimônio
Inventariado
Lista está disponível no site da Prefeitura Municipal e consultas
podem ser realizadas por pesquisadores
A disponibilização do material referente ao inventário
do Município São Vicente de
Minas está sendo realizada
através de caderno impresso
disponível na Secretaria de
Cultura, apenas para pesquisadores – incluindo alunos das
escolas locais e universitários,
mediante justificativa de interesse. Segundo informações
divulgadas pela Prefeitura
Municipal, a consulta às fichas
é restrita, com liberação avaliada em casos particulares.
Essa medida foi adotada pelo
município visando a segurança
do bem inventariado, de forma
a preservar informações que
possam comprometer a sua
integridade.
Ainda assim, para o publico
interessado, as informações
também poderão ser adquiridas na biblioteca do Instituto
Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico – IEPHA.
Dentro do patrimônio Inventariado podem ser consultados
estruturas arquitetônicas e
urbanísticas, como edifícios
coloniais, Igreja Matriz, busto
do Coronel José Eugênio,
Hospital São Vicente de Paula
e imagens sacras. Os bens
imateriais de São Vicente são:
Semana Santa, Celebração
de Corpus Christi e a Festa
do Padroeiro de São Vicente
Ferrer.
Há ainda bens móveis registrados como patrimônio,
entre eles o Crucifixo com
Pedestal, localizado na Igreja
Nossa Senhora do Rosário,
Imagem de Nossa Senhora
do Rosário, na Igreja Nossa
Senhora do Rosário, a Canoa
Indígena e muitos outros.
A lista completa pode ser
encontrada no site da Prefeitura Municipal ou através do
link: http://www.saovicentedeminas.mg.gov.br/Especifico_Cliente/17954546000184/
Arquivos/files/Lista_de_
bens_inventariados_a_serem_divulgados.pdf
Fotos: Sgtrangel
Igreja Matriz de São Vicente Ferrer, Pça Governador Valadares
Praça Governador Valadares
Bens móveis também constam na lista de Patrimônio do município
Canoa indígena encontrada no leito do Rio Aiuruoca, com cerca de
12 metros de comprimento e lavrada em tronco único de madeira
Igreja Nossa Senhora do Rosário
Acesse www.correiodopapagaio.com.br/saovicente
Correio do Papagaio :: Pág 7
Atos/Gerais
Pág 8 :: Correio do Papagaio
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Circuito das Águas é tema de visita de
comissão à Codemig
Atividade, que tem o objetivo de discutir o desenvolvimento
da região, está marcada para terça-feira (3), às 8h30.
JUSTIÇA NO ORKUT
Mineira ganha indenização de R$ 10 mil por perfil falso em
rede social extinta
DEPOIS DE um ano
de extinção do Orkut,
uma mineira irá receber
R$ 10 mil em indenização por danos morais do
Google Brasil, proprietário da rede social, pela
manutenção no ar de um
perfil falso e difamatório
da vítima. O processo
começou a tramitar na
Justiça em outubro de
2010.
A VÍTIMA alega que
informou o ocorrido à
rede social, mas o perfil
não foi retirado do ar pela
empresa, que disse que
‘atua como mera provedora de hospedagem’.
QUÍMICO
Uma empresa química polonesa anuncia aportes de
US$ 100 milhões para instalar em Uberaba a maior
unidade do setor da América
Latina. O protocolo de intenções o Distrito Industrial III já
está em elaboração.
MALÁSIA
Uma das quatro unidades
de processamento de frangos no Brasil autorizadas
a exportar para o país do
sudeste asiático é mineira.
A comercialização brasileira
por ano com a parceria será
de US$ 35 mi.
20%
Esse é o valor da queda
no faturamento no setor
atacadista mineiro com a
crise econômica, estima a
Ademig. Mesmo com demissões, algumas empresas
não conseguiram se manter
e acabaram fechando as
portas.
R$ 50 MIL
Esse é o valor de indeniza-
Foto: Divulgação
O DESEMBARGADOR Tiago Pinto, da 15ª
Câmara Cível do Tribunal
de Justiça de Minas Gerais (TJMG), afirmou que
apesar da vítima não ter
enviado ao Google uma
cópia do seu registro de
identidade, a empresa
deveria ter retirado do ar
o perfil falso para apurar
o caso.
ção que deve ser paga por
médica a paciente que pretendia reduzir queixo e nariz.
A decisão em 1ª instância em
BH afirma que o procedimento
comprometeu movimento e
sensibilidade.
ao ar livre ao longo de 30
dias no distrito da cidade
histórica.
10 ANOS
Esse foi o tempo de espera de
uma estudante de Juiz de Fora
para ter reconhecido o seu título de mestrado pelo Ministério
da Educação. Ela receberá R$
15 mil de indenização da Associação Propagadora Esdeva.
FOGO
Até 15 de outubro, Minas
registrou 222 queimadas - 12
a menos do que o total de
2014 -, revela Secretaria de
Meio Ambiente. Estima-se que
90% dos focos de incêndio no
Estado sejam provocados pelo
homem.
FESTIVAL
Segue até dia 14 de novembro
o Festival de Escultura de
Pedra-Sabão de Santa Rita
de Ouro Preto, com os artistas
confeccionando suas obras
A Comissão de Turismo,
Indústria, Comércio e Cooperativismo da Assembleia
Legislativa de Minas Gerais
(ALMG) realiza, nesta terçafeira (3/11/15), visita à Companhia de Desenvolvimento
de Minas Gerais (Codemig).
A atividade, solicitada pelo
deputado Antônio Carlos
Arantes (PSDB), está marcada para às 8h30 e tem o
objetivo de discutir a situação e o desenvolvimento
da Região do Circuito das
Águas. A Codemig fica na
rua Manaus, 467 - 7º Andar,
bairro Santa Efigênia.
De acordo com informações do gabinete do
parlamentar, que é o presidente da comissão, a visita
é desdobramento de uma
audiência pública realizada
na cidade de Baependi (Sul
do Estado), no dia 28 de
agosto deste ano. Naquela
reunião, foram aprovados
diversos requerimentos
com pedidos de providências a órgãos do Estado
para que fomentem o desenvolvimento sustentável
e econômico dos parques
localizados no chamado
Circuito das Águas. A reunião desta terça-feira pretende, então, cobrar da
Codemig, que é proprietária
dos referidos parques, as
ações de investimento e
desenvolvimento turístico
destes locais.
Convidados – Para a
visita, a comissão convidou
a secretária-adjunta de
Estado de Turismo, Silvana
Melo do Nascimento; o presidente do Circuito Turístico
das Águas – Baependi/
MG, Filipe Condé Alves; o
vice-presidente do Circuito
Turístico das Águas – Conceição do Rio Verde/MG,
Alfredo Meirelles Reseck;
a gestora da Associação
do Circuito Turístico das
Águas – Baependi/MG,
Degislaine da Silva Souza;
o prefeito de Cambuquira,
Evanderson Xavier; o prefeito de Caxambu, Ojandir
Ubirajara Belini; o prefeito
de Campanha, Lázaro Roberto da Silva; o prefeito de
Baependi, Marcelo Faria
Pereira; o prefeito de Carmo de Minas, Guy Junqueira Villela; o prefeito de So-
ledade de Minas, Emerson
Ferreira Maciel; o prefeito
de Lambari, Sérgio Teixeira;
a secretária Municipal de
Turismo de Lambari, Ana
Paula Nunes dos Santos;
a secretária Municipal de
Lazer, Turismo e Cultura
de Três Corações, Eufrânia
Paula Corrêa Potting; o
secretário Municipal de Turismo de Maria da Fé, Aldo
Luccas Batista Gonçalves;
o vereador do Município de
Lambari, Henrique Ribeiro
de Sousa; o assessor técnico da chefia de gabinete
da Secretaria de Estado de
Governo, Cláudio Henrique
da Silva; e o vice-presidente
do PSDB de Lambari/MG,
José Dimas Araújo.
ALMG
PEDÁGIO
Guarapari, a praia dos mineiros, pode ter pedágio de
R$ 10 por carro que entrar
na cidade. O projeto em
apreciação pelo Legislativo
prevê que metade da arrecadação seja usada para
recuperação de nascentes.
INTESTINO
Um detento do presídio de
Alfenas, no Sul de Minas,
escondia um iPhone no
intestino durante revista de
rotina nas celas. O preso
teve que ficar internado e
tomar muito laxante para
expelir o equipamento.
2 MIL
Esse é o número de famílias
que invadiram 3 mil lotes e
dez quarteirões do bairro
Morumbi, em Uberlândia,
área pertencente a uma
imobiliária. Mais de 100 barracos já foram construídos
no local.
Prefeitura Municipal de Arantina
AVISO DE LICITAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO
nº 113/2015 – TOMADA DE
PREÇOS Nº. 003/2015. A
Prefeitura Municipal de ARANTINA/MG torna público que
receberá os envelopes contendo documentos e propostas,
na modalidade TOMADA DE
PREÇOS n.003/2015, até às
13h, do dia 17/11/2015, o tipo
menor preço para a contratação de uma empresa em
regime de empreitada global
para a construção de uma
quadra poliesportiva – ETAPA
01, conforme Processo n.
2598.1015108-20/2014, contrato de repasse SICONV n.
806873/2014, celebrado entre
a União Federal, por intermédio
do Ministério do Esporte, representado pela Caixa Econômica
Federal e o Município de Arantina, conforme especificações
e quantitativos no Anexo I do
presente edital. As informações
sobre o edital estão à disposição dos interessados com
a CPL, na Rua Juca Pereira,
31, Centro - Arantina/MG– em
horário comercial ou pelo telefone (32)3296-1039. A licitação
será regida pela Lei Federal
8.666/93 e suas alterações
posteriores, bem como, por leis
específicas relacionadas ao
objeto desta licitação e demais
condições fixadas neste edital.
ARANTINA, 20 de outubro de
2015. Sueli Souza Landim Presidente da CPL.
AVISO DE LICITAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO
Nº 116/2015 – PREGÃO PRESENCIAL Nº. 049/2015. A Prefeitura Municipal de ARANTINA/
MG torna público que receberá
os envelopes contendo documentos e propostas, na modalidade PREGÃO PRESENCIAL
n.049/2015, até as 09h30min,
do dia 12/11/2015, o tipo menor preço para a AQUISIÇÃO
DE MEDICAMENTOS PARA
A FARMÁCIA BÁSICA, por
Registro de Preços, conforme
especificações e quantitativos
no Anexo I do presente Edital.
As informações sobre o edital
estão à disposição dos interessados com a CPL, na Rua Juca
Pereira, 31, Centro - Arantina/
MG– em horário comercial ou
pelo telefone (32)3296-1039.
A licitação será regida pela
Lei Federal 8.666/93 e suas
alterações posteriores, Lei
10.520/2002, bem como por
leis específicas relacionadas ao
objeto desta licitação e demais
condições fixadas neste edital.
ARANTINA, 28 de outubro de
2015. Sueli Souza Landim Presidente da CPL.
Prefeitura Municipal de Aiuruoca
NOTIFICAÇÃO.
Processo n° 081/2014, Pregão Presencial n° 044/2014.
Objeto: contratação de empresa para prestação de serviço
de retifica de motor. A Prefeitura Municipal de Aiuruoca notifica a empresa EJA MOTORES
E PEÇAS EIRELI – ME, CNPJ
n. 19.457.187/0001-85, para
que apresente justificativa a
respeito das falhas apuradas
nos serviços por ela executados em razão do contrato
decol 120/2014, esclarecendo que deverá a mesma ser
apresentada em peça escrita
e devidamente assinada pela
empresa e protocolizada junto
à Prefeitura de Aiuruoca – MG
no prazo máximo de 05 (cinco)
dias úteis, contados desta intimação, sob pena de aplicação
das penalidades previstas na
cláusula quinta do referido
contrato. Informações (035)
3344-1841. Email: [email protected]
aiuruoca.mg.gov.br. Pregoeira:
Andresa Mª C. Cunha. Aiuruoca, 29 de outubro de 2015.
NOTIFICAÇÃO
Processo n° 036/2015, Pregão Presencial n° 022/2015.
Objeto: aquisição de equipamentos destinados à ‘Vigilância em Saúde’ de Aiuruoca,
como recursos estaduais.
A Prefeitura Municipal de
Aiuruoca notifica a empresa
GLOBAL CENTER COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO, CNPJ:
17.364.839/0001-01, para
que apresente justificativa a
respeito da não entrega dos
produtos solicitados em total
descumprimento ao contrato
decol 070/2015, esclarecendo que deverá a mesma ser
apresentada em peça escrita
e devidamente assinada pela
empresa e protocolizada junto
à Prefeitura de Aiuruoca –
MG no prazo máximo de 05
(cinco) dias úteis, contados
desta intimação, sob pena
de aplicação das penalidades
previstas na cláusula quarta
do referido contrato. Informações (035) 3344-1841. Email:
[email protected]
br. Pregoeira: Andresa Mª
C. Cunha. Aiuruoca, 29 de
outubro de 2015.
EXTRATO DE REAJUSTES
DE PREÇO
Contrato n. 156/2014. Processo Licitatório: 119/2014,
Pregão Presencial nº 062/2014.
Objeto: contratação de empresa para fornecimento de
combustíveis destinados à
frota da Prefeitura de Aiuruoca.
Contratado: Posto de Combustíveis Estrela Ltda., CNPJ n.
12.448.241/0001-87, REAJUSTE DE PREÇO – Passe a ser
considerado o valor unitário de
R$ 3,81 (três reais e oitenta e
um centavos) para a gasolina
comum. Joaquim Mateus de
Sene - Prefeito Municipal.
EXTRATO DE REAJUSTES
DE PREÇO Contrato n. 155/2014. Processo Licitatório: 119/2014,
Pregão Presencial nº 062/2014.
Objeto: contratação de empresa para fornecimento de
combustíveis destinados à
frota da Prefeitura de Aiuruoca. Contratado: Posto Pico
do Papagaio Ltda., CNPJ n.
21.667.183/0001-73, REAJUSTE DE PREÇO – Passe a ser
considerado o valor unitário de
R$ 3,84 (três reais e oitenta e
quatro centavos) para a gasolina comum e R$ 3,07 (três reais
e sete centavos) para o óleo
diesel S10. Joaquim Mateus de
Sene - Prefeito Municipal.
EXTRATO DE CONTRATO
Processo Licitatório:
091/2015, Dispensa nº
041/2015. Objeto: contratação
de empresa especializada
para executar serviços de
retífica dos motores dos veículos placa HLF-4789 (Gol) e
HMH-9556 (Sprinter). Contratado: RETÍFICA LÍDER LTDA.,
CNPJ nº 64.273.220/0001-71,
valor total de R$ 3.870,00
(três mil oitocentos e setenta
reais). Dotação orçamentária:
02.03 - 01.12.361.008.2.024 –
33903000 – 33903900 - 02.04
- 10.301.010.2.043 – 33903000
– 33903900. Vigência: 30 (trinta) dias. Joaquim Mateus de
Sene - Prefeito Municipal.
Aviso de Licitação
Processo n° 089/2015, Pregão Presencial n° 040/2015.
Objeto: aquisição de materiais
de construção para os diversos
setores da Prefeitura Municipal
de Aiuruoca - MG. A Prefeitura
Municipal de Aiuruoca torna
pública a Sessão Pública para
recebimento das propostas dia
17/11/2015 às 13:00 h. O edital
poderá ser obtido eletronicamente via email ou diretamente
na sala da Comissão Permanente de Licitações, localizada
na Rua Felipe Senador, nº
263, Centro, Aiuruoca – MG.
Informações (035) 3344-1841.
Email: [email protected]
mg.gov.br. Pregoeira: Andresa
Mª C. Cunha. Aiuruoca, 29 de
outubro de 2015.
Prefeitura Municipal de Dom Viçoso
EXTRATOS
PREIMEIRO TERMO ADITIVO
ATA DE REGISTRO DE PREÇOS
Nº 033/2015.
OBJETO: Acréscimo de 25% (
vinte e cinco por cento ) na quantidade de material.
O item 248 ( Pedra ( Bica Corrida ) terá o acréscimo de mais
112 m³ ( cento e doze metros
cúbicos ) pelo preço unitário
de R$70,50 ( setenta reais e
cinqüenta centavos), perfazendo
um total de R$7.896,00 (sete
mil oitocentos e noventa e seis
reais).
CONTRATANTE: Prefeitura Municipal de Dom Viçoso, MG.
CONTRATADA: JSA Mineração Ltda – EPP – CNPJ sob nº
19.565.878/0001-00
DATA: 20 / 10 /2015.
TERCEIRO TERMO ADITIVO
AO CONTRATO Nº 003/2015
OBJETO: Alteração do nome
empresarial e sócios e Reajuste
de preços de combustíveis para
manter o reequilíbrio econômicoFinanceiro
Novo nome empresarial: Auto
Posto Dom Viçoso Ltda -Nome
fantasia: Posto Classe A – Sócios:
Rodrigo Rodrigues de Morais e Dei-
se Maria Rodrigues de Morais.
VALOR: R$3,89 ( três reais e
oitenta e nove centavos ) para a
gasolina comum e R$3,17 ( três
reais e dezessete centavos ) para
o Óleo Díesel S10.
CONTRATANTE: Prefeitura Municipal de Dom Viçoso, MG.
CONTRATADA: Auto Posto Dom
Viçoso Ltda
DATA: 21 / 10 /2015.
Edital de Convocação
O Presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São Lourenço, convoca todos
os seus associados e representados para se fazerem presentes à Assembléia Geral Extraordinária, a ser
realizada no dia 16 de novembro de 2015, às 15h00min horas em primeira convocação, com a maioria legal
de representantes, na sede social, à Rua Dr. Olavo Gomes Pinto, 61 sala 206 – Centro, Ed. Gorgulho, São
Lourenço/MG, para tratar dos seguintes assuntos: 1º Apreciação da pauta de reivindicação do Sindicato Laboral
para negociação da Convenção Coletiva de Trabalho 2015; 2º Deliberação referente ao valor para cobrança
da Contribuição Confederativa Patronal. O presente Edital de Convocação será afixado na sede do Sindicato
e cópia do mesmo será remetida aos associados.
São Lourenço, 29 de dezembro de 2015.
Marco Aurélio Bastos Lage - Presidente
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Horóscopo
Áries (21/03 a 20/04)
A semana é de
Lua cheia, intensificando emoções e situações
e tendo forte impacto
sobre as finanças, as
emoções e a necessidade
de perceber em que você
deve perseverar e o que
é preciso eliminar.
Touro (21/04 a 20/05)
Nesta semana
temos a Lua
cheia que ocorre em seu signo,
sinalizando um momento
muito intenso emocionalmente. Trabalho, saúde e relacionamento
ganham destaque aos
taurinos.
Gêmeos (21/05 a 20/06)
Momento que
pede desapego
e consciência
de seus valores
mais essenciais, geminiano. Questões afetivas
e que envolvem trabalho
e saúde estão em pauta
ao longo da semana.
Câncer (21/06 a 21/07)
A Lua, regente
canceriano,
nesta semana
está na fase
cheia, sinalizando um
momento muito intenso
em termos emocionais,
criativos e familiares.
Capacidade de concretização e de percepção
do que é valioso para
você.
Leão (22/07 a 22/08)
O fato mais
marcante da
semana é a
Lua cheia, que
indica o ápice do atual
ciclo, com impactos
importantes sobre os
relacionamentos e as
questões emocionais e
profissionais. Hora de
estar mais consciente
e atento, leonino.
Virgem (23/08 a 22/09)
Semana de Lua
cheia, o momento mais especial
do atual ciclo.
Importantes acontecimentos envolvendo relacionamentos, valores
pessoais, finanças e
sentimentos. Momento
em que as questões das
últimas semanas chegam ao ápice.
Libra (23/09 a 22/10)
O ciclo atual,
que iniciou com
a Lua nova em
seu signo, chega agora à fase cheia,
o momento de auge.
Questões muito importantes envolvendo individualidade, relacionamentos e valores emocionais. Desapego é
uma lição do momento.
Escorpião (23/10 a 21/11)
Esta semana
teremos a Lua
cheia no setor
de relacionamentos, marcando um
importante momento
para as parcerias e associações. Percepção
de como estão os seus
vínculos emocionais e
quais os valores que
regem as relações.
Sagitário (22/11 a 21/12)
Uma semana
muito importante para o trabalho e a saúde,
com uma poderosa Lua
cheia. Boas realizações.
É fundamental ter mais
cuidados com a qualidade
de vida, mudando hábitos
prejudiciais.
Capricórnio (22/12 a 20/01)
Semana que
mostra o resultado de recentes
parcerias, acordos e projetos profissionais, capricorniano. A
Lua cheia tem fortes impactos sobre a vida afetiva e sobre a criatividade
e fertilidade.
Aquário (21/01 a 19/02)
Esta semana
ocorre a Lua
cheia, que para
os aquarianos
terá reflexos sobre a
vida familiar e também a
carreira. Momento que
pode ser de importantes
negociações envolvendo
essas áreas.
Peixes (20/02 a 20/03)
Semana importante para resoluções em acordos e em questões emocionais e financeiras. O momento é de
desapego e de percepção do que é valioso,
em detrimento do que é
superficial.
Passatempo
Ria você também
A TV Nova
O entregador foi deixar
uma televisão numa
casa e o menininho
diz:
- Oba! Oba! Uma TV
nova! O pai que comprou, não foi, mãe?
A mãe do menino responde:
- Deixa de ser besta,
menino, fui eu que comprei. Se fosse esperar
pelo teu pai, você nem
tinha nascido.
Mau Gosto
do Síndico
Certo dia, o marido
estava andando com
sua esposa pelo condomínio onde moravam e disse:
- Olha aí, mulher,
como este síndico tem
mau gosto, essas cores que ele escolheu
para o condomínio são
horríveis.
A mulher diz:
- E ele é muito deselegante. Acredita que
ele ontem me chamou
de linda?
O marido responde:
- Então estou mesmo
certo em dizer que ele
tem mau gosto!
Português Honesto
Dois portugueses
assaltaram um carroforte e cada um levou
um malote fechado.
Meses depois eles se
encontraram:
- Ô, Manoel! Tinha
muito dinheiro no seu
malote?
- Quase nada!! Oitocentos reais e alguns
cheques pré-datados!
E no seu????
- Nem te conto!! Estava repleto de notas
promissórias. Acabei
de pagar a última ontem!!
Curva Perigosa
O português estava dirigindo em uma
estrada, quando viu
uma placa que dizia:
“Curva perigosa à
esquerda”
Ele não teve dúvidas:
Virou à direita.
O pedreiro
português
Um pedreiro português, no meio da
obra, liga para casa
e diz para a esposa,
todo ofegante:
- Ora pois,Mulher, tu
nem queiras saber...
Escapei de uma boa,
caí de uma escada
Cozinhe você também
Bananinha
cristalizada
Tempo: 1h30 (+8h de
descanso)
Rendimento: 40 Unidades
Dificuldade: Fácil
Ingredientes
1kg de banana madura sem casca
1/2kg de açúcar
cristal
1/2 colher (chá) de
corante alimentício
vermelho
Açúcar cristal para
polvilhar
Toque você também
de quinze meitros de
altura.
- Ai meu Deus, Manoel. E tu estais muito machucado?
- Não... Nem um
pouquinho. Eu ainda
estava no primeiro
degrau.
Qual é casada?
Joãozinho pergunta
pra sua professora:
- Três mulheres estavam chupando sorvete, qual delas era casada? Ela responde:
- Não sei, qual é?
- A que estava usando aliança, diz Joãozinho.
Quantos ficam?
Joãozinho chega
na escola e a professora pergunta:
- Numa árvore
havia três passarinhos, deram um
tiro na árvore e ele
acertou um passarinho, quantos
ficaram?
- Ficou apenas um
passarinho. - Por
que um, Joãozinho? - a professora
pergunta.
- Só o que morreu... Os outros fugiram, né!
Pensa!
Na sala de aula o
professor fala:
- Quem quiser bancar
o burro, fique de pé!
Então, Joãozinho foi
o único a se levantar.
O professor disse: Você se acha burro,
Joãozinho?
Joãozinho respondeu:
- Bom... na verdade,
não. Mas é que eu
fiquei com pena de
ver você aí em pé sozinho!
O viajante
O Joãozinho perguntou para a professora:
- Professora, você sabe
a piada do viajante? A
professora respondeu:
- Não. E o Joãozinho
retrucou:
- Ah! Quando ele voltar
ele te conta!
Era uma vez um louco que ligou para o
corpo de bombeiros
e disse:
- O hospital da cidade
está pegando fogo!
- Já estamos indo!
Disse o bombeiro.
Algum tempo depois os
bombeiros chegaram.
Mas cadê o fogo?
- Espera um pouco!
Respondeu o louco.
Ainda não deu tempo
da brasa virar fogo.
(afinação 1/2 tom abaixo)
(intro) C D/C Bm Em (4x) F
Bm
C
D/C
Quando tá escuro e ninguém te ouve
Bm
Em
Quando chega a noite e você pode chorar
C
D/C
Há uma luz no túnel dos desesperados
Bm
Em
Há um cais do porto pra quem precisa chegar
C
D/C
Eu tô na lanterna dos afogados
Bm
Em
Eu tô te esperando, vê se não vai demorar
ÔÔÔoo....
C
D/C
Uma noite longa por uma vida curta
Bm
Em
Mas já não me importa basta poder te ajudar
C
D/C
Em
E são tantas marcas que já fazem parte
Em
C
D/C
Bm
Em
F
Eu tô te esperando vê se não vai demorar
C
D/C
Uma noite longa por uma vida curta
Bm
Em
Mas já não me importa, basta poder te ajudar
C
D/C
Eu tô na lanterna dos afogados
Bm
Em C D/C Bm
Eu tô te esperando...
Instruções: O objetivo do
Sudoku é preencher os quadrados
vazios com números entre 1 e 9 de
acordo com as seguintes regras:
Cada número deve aparecer somente uma vez em cada linha.
Cada número deve aparecer somente uma vez em cada coluna.
Cada número deve aparecer somente uma vez em cada quadrante.
Horizontais: 1-Aterrorizado, apavorado.
8-Despido totalmente.
9-Dificuldade (fig). 10Símbolo da moeda dos
Estados Unidos. 11-Jazigo, carneiro. 15-Três
em alg. Romanos. 16Interpor embargo judicial. 17-Ermida, capela.
19-Interjerção de dor.
20-Forma reduzida de
s e n h o r. 2 1 - O m e s m o
que cabelo branco. 23Hora do ofício divino.
24-Acima, adiante. 27Dormir a sesta, jiboiar.
Verticais: 1-Aflitos
na expectativa. 2-Desgastado pelo trabalho,
consolado. 3-Organização das Nações Unidas
(sigla). 4-Peso molecular
(quim.). 5-Vestimenta
indumentária. 6-O mesmo que duas vezes.
7-Ossos cadáveres. 12Bando de animais. 13-O
mesmo que está. 14-O
que o rei faz. 18-Picante,
azedo. 22-Camareira.
22-Camareira. 22-Rádio Teresópolis (sigla).
25-Sigla da Petrobras.
Ve r : C A R A M B O L A ,
ÉPOCA, MOLAR, ANTÍDOTOS, MEADAS,
D/C
F
Eu tô na lanterna dos afogados
Corte as bananas em rodelas e bata no liquidificador com 1 xícara (chá)
do açúcar cristal e o corante. Despeje em uma
panela, coloque o restante
do açúcar e leve ao fogo
baixo, mexendo sempre,
até começar a soltar do
fundo da panela. Cozinhe
por 10 minutos e desligue.
Despeje em uma assadeira
de 25cm x 35cm forrada
com filme plástico e alise
com uma espátula. Deixe
descansar por 6 horas. Desenforme, retire o plástico e
corte em pedaços de 1,5cm
x 4cm com uma faca úmida
(limpe quando necessário
para não grudar). Passe as
barrinhas por açúcar cristal
e coloque sobre uma folha
de papel-manteiga. Deixe
descansar por 2 horas para
secar. Embrulhe em papel
celofane ou guarde em
recipiente fechado.
C
Do que sou agora mas ainda sei me virar
Sudoku
Dia de Finados
Tirinhas
Tom: C
Bm
Modo de preparo
RIDAS, OUTRO,
O C A S , AT U E , L U S TRADORA, ESPOSAR
Lanterna dos Afogados - Os Paralamas do Sucesso
Bombeiros
Cruzadinhas
Respostas da Edição
Anterior (893): Hor:
CEM, AME, APO,
N E M , R O L , T A P,
ACA, IDE, MARGA-
Correio do Papagaio :: Pág 9
EMPESTEAR, GOSTE,
AU, RT, IRADO, CU,
AS, URA, RS, AP
Cantinho da Coquetel
F
Pág 10 :: Correio do Papagaio
São Lourenço
Edição semanal de quinta-feira, 29 de outubro de 2015
Prêmio Mérito Empresarial 2015 é concedido a Celso Ricardo
O Núcleo de Negócios de São Lourenço realizou cerimônia para entrega do prêmio ao empreendedor da Cor & Ton Tintas, em evento que reuniu
comerciantes, empresários e autoridades civis e militares do município
No dia 8 de outubro
foi realizada a cerimônia de entrega do prêmio “Mérito Empresarial
2015”, no Le Sapê.
O vencedor foi o
empresário Celso Ricardo da Silva Moura,
proprietário da empresa Cor & Ton Tintas,
localizada na Praça
Dr. Humberto Sanches
(Federal).
“Antes mesmo de
mencionar seu empreendedorismo, gostaria de salientar suas
características como
indivíduo, ser humano,
uma pessoa de valores
morais e éticos acima de qualquer coisa”, enfatiza Cláudia
Pimentel, presidente da
Associação Comercial
e Empresarial de São
Lourenço.
“E como empreendedor todos nós testemunhamos sua ascensão
como empresário, o qual
nos passa credibilidade e
confiança”, acrescenta.
Celso Ricardo da
Silva Moura nasceu em
São Paulo, no dia 7 de
dezembro de 1975. Começou a trabalhar aos
nove anos de idade em
um restaurante onde
sua mãe era cozinheira,
arrumava as mesas e
assim recebia dinheiro
de gorjetas e ajudava
em casa.
Aos 10 anos de
idade mudou-se para
São Lourenço. Sempre
esforçado passou a
trabalhar na Farmácia
do Til e nas horas vagas de almoço buscava marmitex para os
funcionários, ganhando
mais gorjetas.
Completou os estudos na antiga escola Frei
Osmar Dirks e, no ano
de 1995, começou a trabalhar no ramo de tintas
como funcionário.
Em 2002, casou-se
com Sheila Alves Moura
e tiveram dois filhos:
Julia Alves Moura e Miguel Alves Moura.
Em 2005, deixou
de ser funcionário e
passou a ser o mais
novo empresário da cidade de São Lourenço.
Inaugurou a Cor & Ton
Tintas, na Av. Antônio
Junqueira de Souza,
centro, ao lado do Colégio Laser.
Em 2014, inaugurou sua recente loja
ampla, moderna e mais
colorida, na Praça da
Federal.
A solenidade foi organizada e realizada
pelo Núcleo de Negócios
(ACE - Associação Comercial e Empresarial; e
CDL – Câmara dos Dirigentes Lojistas de São
Lourenço), com o patrocínio do BDMG - Banco
de Desenvolvimento de
Minas Gerais.
Durante a entrega
de prêmios, estiveram
presentes familiares e
amigos do empresário,
autoridades civis e militares e empresários de
São Lourenço.
O Mérito Empresarial é realizado desde
1999. Anteriormente
chamado de “Empresário do Ano”, tem como
objetivo dar destaque
ao trabalho de empresários que participam
dos assuntos comunitários, associativistas
e por seu empreendedorismo no desenvolvimento socioeconômico
da cidade, além de promover a competência,
criatividade e a ação
participativa de empresas locais.
Confira a lista de
todos os empresários
que já foram agraciados
pelo “Prêmio Mérito
Empresarial” no portal
www.correiodopapagaio.com.br
Fotos: Márcio Muniz
Ticiana Lopes do Sebrae e a Empresária Agata
Lefosse da Originalle, vencedora do Prêmio
MPE Brasil do Sebrae
Celso Ricardo recebendo o prêmio das mãos do vice presidente da ACE Cezar Augusto
O homenageado Celso Ricardo e Familiares
Vice Prefeita Patrícia Lessa e os empresários
da Pneu Sul e Costa Brava
Cecília e Michel da Casa Esperança e o Gerente
do Bradesco de São Lourenço
Jorge, Weber - Cristais e Amigo
Empresários da Cristaleria São Lourenço
Major Paulo Marcio, Rachel e Maurício Cohen e
Ticiana do Sebrae
Empresários da Originalle e da RS Fotografia
Sérgio Fiorine do BDMG, Pedro Fragoso Diretor da
ACE/CDL, Marilda Maciel Gerente da ACE/CDL
Empresários de São Lourenço
Wagner do Doces São Lourenço e Mariano do
Supermercado Gomes
Banda Dino grava seu primeiro DVD
A banda mais badalada da cidade e região grava seu primeiro DVD “Só as Melhores”
Banda Dino acompanhada da equipe de produção do DVD
Após cinco anos de
estrada, Banda Dino
gravou o primeiro DVD
da carreira, intitulado
“Só as Melhores”, em
São Lourenço, na casa
de shows O Escondidinho. Na gravação,
o grupo apresentou
músicas nacionais e
internacionais de artistas consagrados das
décadas de 70, 80 e
90, hits que marcaram
a geração de muitos de
seus fãs.
Além de divulgar
a Banda, a finalidade
da Dino é apresentar
para todos que acompanham a sua trajetória
um trabalho novo. Para
isso contou com uma
boa e afinada equipe
que registrou este momento relevante: direção de Hélio Marques;
produção de áudio e
vídeo de Estevam Jardim e Dino Studio; luz,
som e cenário de AMP
Sonorização.
O lançamento do
DVD está previsto para
o primeiro semestre
de 2016 numa grande
festa. Acesse e confira
uma das músicas gravadas em https://www.
facebook.com/banda.
dino.7.
Outra novidade é a
comemoração do aniversário da banda que
se realizará dia 07 de
novembro com a festa
Happy Birthday Banda
Dino 5 Anos.
Parabéns Banda
Dino, que através da música continuem levando
alegria e entretenimento
para tantas pessoas.
Temporada Musical na Primavera
Noites musicais em outubro, novembro e dezembro são oferecidas aos sãolourencianos e turistas
A Sociedade Brasileira de Eubiose (SBE)
apresenta eventos
musicais nos meses
que antecedem o fim
de ano. Uma oportunidade para moradores
e turistas terem noites
agradáveis ouvindo
música de qualidade.
Como bem escreveu François Guizot: “A
música oferece à alma
uma verdadeira cultura
íntima e deve fazer parte
da educação do povo”.
As noites musicais
estão sendo realizadas
no Salão de Concertos
da SBE, Avenidas Dr.
Getúlio Vargas, 481,
centro.
Programação
Dia 24/10, às 20h - Musica Clássica Lírica Beethoven, Schumann,
Händel, com a Cantora
holandesa Emmy Aleida Hoddenbagh e os
brasileiros: a pianista
Glória Mena Barreto e o
violoncelista Luiz Sergio
Medeiros de Almeida;
Dia 31/10, às 20h:30m
- “Coral Lírico de São
Lourenço”, com a consagrada musicista Edna
de Souza Neves e seus
convidados;
Dia 01/11, às 19h - Interpretando Chiquinha
Gonzaga, Tau Assumpção com Cyro Costa e
Glória Mena Barreto;
Dia 05/12, às 20h M.P.B. Susie Mathias
leva ritmos da cultura popular do Brasil
com instrumentação
e acompanhamento de
Cyro Costa, animando
a noite de sábado.
Seminário “(Re) Articulando
a Rede de Proteção” é
realizado na cidade
Sandra Silva Nascimento (coordenadora do Conselho Tutelar), Roger
Vieira Feichas (defensor público), Antônio Borges da Silva (promotor da
Vara da Inf. e Juventude) e Dilma Carvalho (assistente social judicial)
A Defensoria Pública da Comarca de São
Lourenço promoveu
(28), na Casa Legislativa
da cidade, o seminário e
oficina jurídica “(Re)
Articulando a Rede de
Proteção” da criança e
do adolescente. Estiveram presentes todos os
órgãos respectivos dos
municípios que compõem a Comarca: CREAS, CRAS, Conselho
Tutelar, Ministério Público e a própria Defensoria. Alunos dos cursos
de Direito e Assistência
Social também participaram do seminário.
O propósito do encontro é permitir que
os atores que exercem
atividade nessa Rede
possam trabalhar preventivamente em conjunto, modificando o
modo de atuação para
evitar a judicialização.
“Hoje não existe um
trabalho em conjunto
preventivo. Ele existe
quando todo o problema já foi gerado. Daí
penso que não há mais
o que ser recuperado”
declarou o defensor
público Roger Vieira
Feichas. “Estes órgãos
trabalham em termo
quantitativo, ou seja,
quantidade de trabalho, mas não em termo
qualitativo, qualidade
de trabalho. Queremos
unir essas duas pontes
através de todos os
atores para que possamos desenvolver um
trabalho mais benéfico
para a população” complementou Roger.
Para a implantação
de um trabalho integrado
na Comarca e um atendimento interdisciplinar
foram formados no evento grupos de parceiros
comprometidos com a
causa com intuito de
diminuir a escalada de
conflitos no contexto
familiar, e, assim, proporcionar aos indivíduos
resolução menos traumática e mais humana.
Acesse www.correiodopapagaio.com.br/saolourenco

Documentos relacionados

Correio do Papagaio

Correio do Papagaio Circulação Semanal

Leia mais

Correio do Papagaio

Correio do Papagaio gastos. Quem paga é o povo, mesmo, não é? *Luiz Carlos Amorim - Escritor, editor e revisor, Fundador e presidente do Grupo Literário A ILHA, com 35 anos de trajetória, cadeira 19 na Academia SulBra...

Leia mais

Calendário da Escola Flor Amarela é lançado em três capitais

Calendário da Escola Flor Amarela é lançado em três capitais o fato gerou uma série de discussões nas redes sociais e até entre meus amigos e conhecidos; e, em segundo lugar, porque ninguém é frio o bastante para não se manifestar sobre um ato de tal naturez...

Leia mais

Correio do Papagaio

Correio do Papagaio sobre o cenário e o líder não precisa ficar reforçando isso. É preciso fazer com que as pessoas pensem positivamente e não se desmotivem pensando em possíveis cortes, por exemplo. Sente com cada co...

Leia mais

Correio do Papagaio

Correio do Papagaio para ascender na pirâmide, o mesmo ocorrendo com os níveis inferiores. A diminuição na geração de empregos, aliada ao achatamento dos salários face as pressões inflacionária escasseará a chegada de...

Leia mais