Modele Suivi de contact ITI

Сomentários

Transcrição

Modele Suivi de contact ITI
PRESS-­‐BOOK IVI DE CONTACT DOMAINE DES ANTILLES Vos retombées de presse sur le Pavillon France Expovinis 2013 à São Paulo / Brésil les 24, 25 et 26 avril Vins, Spiritueux & Boissons Mai 2013
Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 Sommaire 1.
Rappel de votre demande .................................................. Erreur ! Signet non défini.
2.
Notre démarche ......................................................................................................... 3
3.
Votre Communiqué de Presse Domaine des Antilles ..................................... 4 et 5
4.
Liste des Parutions ................................................................................................... 6
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 2 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 1. Rappel de votre demande
DiffuVLRQG¶XQFRPPXQLTXpGH3UHVVH Individuel pour communiquer sur la participation du
Domaine des Antilles au Salon Expovinis 2013 - le plus grand salon du vin G¶Amérique
Latine.
2. Notre démarche
Le Pôle Presse UBIFRANCE a rédigé et diffusé un communiqué de Presse
Individuel DILQG¶LQIRUPHUODSUHVVHEUpVLOLHQQHVXU la participation du Domaine des Antilles
au Salon Expovinis 2013.
Plus de 500 journalistes ont été destinataires du communiqué de presse sur le
Domaine des Antilles et prés de 50 journalistes ont été rélancés par téléphone.
3RXU OH VXLYL GH FH WUDYDLO QRXV DYRQV FRPSWp VXU OD SUpVHQFH G¶XQH $WWDFKp GH
3UHVVHSHQGDQWOHGpURXOHPHQWGX6DORQTXLDYDLWSRXUREMHFWLIG¶LQFLWHUOHs journalistes à
interviewer Sr. Jacques Lepoigneur.
Suite au salRQOHS{OHSUHVVHG¶8ELIUDQFH%UpVLODeffectué un suivi des retombées
presse DILQ G¶LGHQWLILHU OHV SDUXWLRQV GDQV OD SUHVVH écrite, Internet et télevisé sur le
Domaine des Antilles.
Dans ce document, vous trouverez les retombées de presse identifiées à ce jour. En
FDVG¶LGHQWLILFDWLRQG¶DXWUHVSDUXWLRQVGDQVOHVPRLVjYHQLUHOOHVYRXVVHURQWDGUHVVpHV
par e-mail.
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 3 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 3. Votre Communiqué de Presse Individuel
DESCUBRA O VINHO DE BANANA NA EXPOVINIS 2013 PAVILHÃO FRANÇA De 24 a 26 de abril de 2013 ʹ São Paulo -­‐ SP Por ocasião de sua participação na EXPOVINIS, o maior salão de vinhos da América Latina, a DOMAINE DES ANTILLES ĂƉƌĞƐĞŶƚĂƌĄ ƐĞƵ ͞Moelleux de Banane͘͟KƐĂĚĞƉƚŽƐĚĞŶŽǀŽƐƐĂďŽƌĞƐƉŽĚĞƌĆŽĚĞŐƵƐƚĂƌĞƐƚĂƌĞĐĞŝƚĂƷŶŝĐĂ
no Pavilhão França (stand 30J ʹ Pavilhão França), de 24 a 26 de abril de 2013, em São Paulo, no ExpoCenter Norte. Fruto de quatro anos de pesquisa, o « Moelleux de Banane » é uma bebida alcoólica, elaborada exclusivamente a partir de matérias-­‐primas proveniente do Guadalupe e da Martinica. O produtor, Sr. Jacques Lepoigneur, soube valorizar de forma diferenciada os recursos das Antilhas Francesas. Recentemente certificado « RUP » (Régions ultra périphériques), o vinho seco garante aos consumidores a originalidade das matérias primas utilizadas, unindo o savoir-­‐faire tradicional às normas europeias em vigor. Também foi premiado no Salão da Alimentação em Paris ʹ SIAL 2010, com o prêmio « Tendência e Inovação». O « Moelleux de Banane » aprecia-­‐se bem fresco. Ele combina perfeitamente com sobremesas, mas também com pratos perfumados e apimentados. Da mesma maneira, ele pode ser perfeitamente consumido durante uma refeição. Já muito apreciado pelos norte-­‐americanos e chineses, essa bebida inovadora e de alta qualidade saberá também seduzir os consumidores sul americanos. O DOMAINE DES ANTILLES procura por importadores e distribuidores para a América Latina. Serviço: EXPOVINIS 2013 LOCAL Expo Center Norte ʹ Pavilhão Azul São Paulo ʹ SP ʹ Brasil Pavilhão França ʹ Stand J 30 © 2013 -­‐ UBIFRANCE 4 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 UBIFRANCE ʹ Julie ANTOZZI Référence dossier : 467062 Paris, 8 avril 2013 Communiqué de presse Du vin de bananes à découvrir à Expovinis 2013 24, 25 & 26 avril 2013 ʹ Sao Paulo / Brésil ů͛ŽĐĐĂƐŝŽŶĚĞƐĂƉĂƌƚŝĐŝƉĂƚŝŽŶăyWKs/E/^͕ůĞƉůƵƐŐƌĂŶĚƐĂůŽŶĚĞs vins et Please click the thumbnail below to open a high-­‐resolution image. spiritueux d'Amérique Latine, le Domaine des Antilles présentera son Moelleux de Banane. Les curieux de nouvelles saveurs pourront déguster cette recette unique sur le Pavillon France (Hall xx, Stand 30J), du 24 au 26 avril 2013, à Sao Paulo. Fruit de quatre années de recherche, le « Moelleux de Banane » est une boisson alcoolisée, élaborée exclusivement à partir de matières premières en provenance de Guadeloupe et de Martinique. Le producteur, Mr Jacques Lepoigneur a su ainsi valoriser autrement les ressources Antillaises. Récemment labélisé « RUP » (Régions ultra périphériques), ce demi-­‐sec garantit aux consommateurs l'origine guadeloupéenne des matières premières utilisées et sa conformité au savoir-­‐faire traditionnel et aux normes européennes en vigueur. Il a également été promu au SIAL de Paris, dans la section « Tendance et Innovation ». Le « Moelleux de Banane ͩƐ͛ĂƉƉƌĠĐŝĞƚƌğƐĨƌĂŝƐ͘/ůƐΖĂĐĐŽƌĚĞƉĂƌĨĂŝƚĞŵĞŶƚĂǀĞĐůĞƐĚĞƐƐĞƌƚƐŵĂŝƐĂƵƐƐŝĂǀĞĐ
les plats parfumés et épicés. Il peut égalemenƚƐĞĐŽŶƐŽŵŵĞƌƚŽƵƚĂƵůŽŶŐĚ͛ƵŶƌĞƉĂƐ͘ Déjà fortement apprécié par les Américains et les Chinois, cette boisson innovante et haut-­‐de-­‐gamme saura également séduire les consommateurs sud-­‐américains. Le Domaine des Antilles recherche des importateurs/distributeurs sur la zone Amérique Latine. © 2013 -­‐ UBIFRANCE 5 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 4. Parutions
Suite à la prestation, nous avons identifié les parutions suivantes MXVTX¶DX :
Date parution Support Titre 26/04/2013 Jornal MetrôNews FRANCESES TRAZEM VINHO DE BANANA À EXPOVINIS 29/04/2013 29/04/2013 26/04/2013 29/04/2013 25/04/2013 26/04/2013 23/05/2013 Jornal Valor Econômico QUANDO É QUE A BANANA ESTÁ NO VINHO? E A MANTEIGA? Site Valor Econômico QUANDO É QUE A BANANA ESTÁ NO VINHO? E A MANTEIGA? Site UOL ʹ Comidas e VINHOS: CONFIRA OS LANÇAMENTOS DA TEMPORADA Bebidas PARA O MERCADO BRASILEIRO Blog Vinho e DESTAQUES DA EXPOVINIS 2013 Gastronomia Site Gastrovia ʹ CONFIRA ALGUNS DESTAQUES DA EXPOVINIS 2013 Turismo e Gastronomia Site Tv Rural FEIRA EXPOVINIS (SP) PROMOVE A INDÚSTRIA NACIONAL E INCENTIVA O AUMENTO DO CONSUMO DE VINHO NO BRASIL. Site Vino Arti EXPOVINIS 2013 ʹ MINHA VISÃO PESSOAL! © 2013 -­‐ UBIFRANCE 6 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 Parutions sur SITES ET JOURNAUX Pour une meilleure lecture des publications parues online, vous pouvez acceder aux articles directement sur les sites internet en cliquant sur le lien indiqué dans ů͛ĞŶ-­‐tête de chaque parution. © 2013 -­‐ UBIFRANCE 7 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 'DWHGHSDUXWLRQGHO¶DUWLFOH : 22/04/2013
Type de support de presse : JOURNAL
Support de presse : METRONEWS
Titre : FRANCESES TRAZEM VINHO DE BANANA Á EXPOVINIS
SUR PAPIER
Mots clés: Expovinis, Domaine des Antilles
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 8 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 'DWHGHSDUXWLRQGHO¶DUWLFOH : 24/04/2013
Type de support de presse : JOURNAL
Support de presse : VALOR ECONÔMICO
Titre : QUANDO É QUE A BANANA ESTÁ NO VINHO? E A MANTEIGA?
SUR PAPIER
Mots clés: Vinho, Banana
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 9 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 'DWHGHSDUXWLRQGHO¶DUWLFOH : 24/04/2013
Type de support de presse : SITE
Support de presse : VALOR ECONÔMICO
Titre : QUANDO É QUE A BANANA ESTÁ NO VINHO? E A MANTEIGA?
ONLINE
Mots clés: Vinho, Banana
Lien Internet: http://www.valor.com.br/cultura/3103778/quando-e-que-banana-esta-novinho-e-manteiga
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 10 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 5HWUDQVFULSWLRSQGHO¶DUWLFOH paru dans VALOR ECONOMICO 29/04/2013 às 00h00
Quando é que a banana está no vinho? E a manteiga?
Por Rodrigo Uchoa | De São Paulo
Vira e mexe, alguém mostra espanto com as notas descritivas de um vinho ou de uma
cerveja. Aromas de azeitona e de salmoura? Banana? Manteiga? Há tanta coisa assim
numa simples taça de vinho que, no fim das contas veio da uva? Que tipo de cereal
poderia fazer de uma cerveja algo tão complexo?
Por mais estranho que isso possa parecer, essas descrições deveriam servir para facilitar
a vida dos consumidores. Como? Apelando para frutas, flores e substâncias conhecidas.
Que tal falarmos hoje de vinho?
Antigamente, as descrições feitas pelos críticos e connoisseurs eram por demais poéticas:
"um claret que lembra o toque feminino de um voile de seda"; "um borgonha que se
descortina com a brisa da manhã"; etc. Hoje em dia, a cultura do vinho está muito mais
globalizada e os consumidores exigem referências mais objetivas.
Mas como fazer isso?
Bem, vamos "começar pelo começo". Todo vinho é um fermentado de uva que tem
basicamente água (de 85% a 90%), alcoóis (de 7% a 24%, incluindo aí etanol, glicerol,
metanol etc.) e açúcares (de 0% a 15%, incluindo glicose, frutose, xilose etc.). Além disso,
há ácidos (o málico, o cítrico e o tartárico, que vêm da uva; e o succínico, o lático e o
acético, entre outros, que vêm da fermentação), fenóis (taninos, antocianinas e flavonas),
ésteres (que são o resultado de um ácido e um álcool), sais minerais etc.
Ao descrever, por exemplo, um vinho feito no Chile com a casta chardonnay, é bem
possível que o degustador vá encontrar notas amanteigadas e aromas de abacaxi. Pois
há aí a formação de ácido lático (notas amanteigadas) e de butanoato de etila (um éster
que tem aroma de abacaxi).
Ao falar de um vinho vindo de Beaujolais com a uva gamay, certamente encontrará notas
de banana. Há banana amassada no meio do vinho? Claro que não! A característica
desses beaujolais é ter acetato de isoamila, o éster que dá o forte aroma de banana.
E que tal um vinho de Bordeaux com "cheiro de suor animal"? Há aí uma indicação da
presença de uma levedura chamada Brettanomyces. Para algumas pessoas, isso poderia
indicar defeito no vinho; para outras, isso lhe confere certo charme, traz mais
complexidade.
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 11 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 A característica mais notável de bons vinhos do Rhône feitos com a uva syrah são as
notas de azeitona e salmoura. Busca-se aí dar um perfil aromático que realmente faça
sentido para consumidor. E os exemplos se seguem "ad infinitum".
Cá entre nós, é mesmo melhor falarmos de aromas de framboesa do que de aromas que
são consequência da presença de formato de isobutila, não é? Ou falarmos de tons florais
de rosa ou de gardênia, em vez de etanoato de etila ou de nonilato de etila. Há
concentrações ínfimas desses ésteres, mas fazem toda a diferença no vinho.
Agora, como é que o degustador chegou a isso tudo? Ele teria experiência em laboratório
de química para reconhecer esses elementos? Pode até ter, mas aí normalmente há uma
pegadinha. Cada pessoa reconhece em níveis diferentes os sabores e aromas. Há muita
gente que tem pouca sensibilidade para o amargo; outras sentem o amargor com muito
mais facilidade - e isso acaba se sobressaindo para essa pessoa em particular. E há a
questão de nos orientarmos inconscientemente para achar os sabores que mais
gostamos, para apreciá-los, ou para procurar os que mais odiamos, para evitá-los.
Moral da história? Às vezes é melhor relaxar e tentar identificar essas notas descritivas no
seu vinho. Se não as achar, a culpa pode ser de quem lhe fez a sugestão. Mas aí você
terá a oportunidade de achar muito mais nuances por conta própria. Boa sorte.
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 12 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 'DWHGHSDUXWLRQGHO¶DUWLFOH : 26/04/2013
Type de support de presse : SITE
Support de presse : UOL COMIDAS E BEBIDAS
Titre : VINHOS: CONFIRA OS LANÇAMENTOS DA TEMPORADA PARA O MERCADO
BRASILEIRO
ONLINE
Mots clés: Domaine des Antilles, Moelleux de Banane
Lien Internet: http://comidasebebidas.uol.com.br/album/2013/04/30/vinhos-confira-oslancamentos-da-temporada-para-o-mercado-brasileiro.htm#fotoNav=9
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 13 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 5HWUDQVFULSWLRSQGHO¶DUWLFOH paru dans UOL COMIDAS E BEBIDAS Vinhos: confira os lançamentos da temporada para o mercado brasileiro.
Imagem 9/9: Domaine des Antilles - Moelleux de Banane: novidade absoluta entre os
sessenta expositores franceses, esta bebida alcoólica produzida nas Antilhas Francesas à
base de banana é única: não é propriamente um vinho, embora seja reconhecida como tal
em testes cegos, mas também não é um licor. Bem fresco, vai bem com sobremesas e
pratos perfumados e apimentados. Seu preço médio estimado ficará entre R$ 30 e 40 //
Preços pesquisados em maio de 2013 e sujeitos a alteração.
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 14 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 'DWHGHSDUXWLRQGHO¶DUWLFOH : 29/04/2013
Type de support de presse : BLOG
Support de presse : BLOG VINHO E GASTRONOMIA
Titre : DESTAQUES DA EXPOVINIS 2013
ONLINE
Mots clés: Expovinis, Antillas, Languedoc, Champagne
Lien Internet: http://vinhoegastronomia.com.br/destaque/destaques+da+expovinis+2013
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 15 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 5HWUDQVFULSWLRSQGHO¶DUWLFOH paru dans VINHO E GASTRONOMIA Destaques da Expovinis 2013
Por Silvia Cintra Franco
Tanta coisa boa nesta Expovinis 2013 que não há como destacar tudo e sempre se corre
o alto risco de deixar de fora alguma coisa! Mas vamos lá ao desafio de apontar o
maravilhoso, o inusitado e o bom e barato desta Expovinis 2013.
Em primeiro lugar, destaco o vinho abaixo de R$50 que venceu o concurso 1º. Wine
Blog Hunter (Vinhos Abaixo de 50), organizado por Cesar Adames com os blogueiros e
jornalistas de vinho da web que percorremos, no primeiro dia da Expovinis, todos os
estandes e selecionamos um vinho abaixo de 50. Em seguida, na sexta-feira, último dia,
degustamos às cegas todos os 14 vinhos selecionados. Quem levou o primeiro lugar foi o
Montecillo Crianza 2008 Rioja, importação da Miolo.
Da Terrinha, encontrei três excelentes enólogos: Carlos Lucas, Jorge Seridônio Borges e
José de Almeida.
Carlos Lucas da IdealDrinks faz o mais bordalês dos vinhos da Bairrada, o Principal, e o
Royal Palmeira (sur lees) 2009 dois vinhaços entre outros que ele faz, importação da
IdealDrinks & Gourmet.
Jorge Seridônio Borges da Wine & Soul do Douro (import. Adega Alentejana da Vera
Villaça na foto) faz com a ótima enóloga Sandra Tavares (e também sua esposa) os
excelentes Guru, Character e Manuella.
José de Almeida da Miolo faz maravilhas com as castas portuguesas em solos brasileiros
da Miolo. Seu Quinta do Seival Castas Portuguesas 2008 é bom e barato, R$50. Um
milagre, certo?
Das Antilhas, destaco o vinho de banana nanica o Domaine des Antilles, delicioso,
equilibrado, boa acidez; um demi sec harmonioso e elegante. Imagina só se o Brasil
começa a fazer vinho de banana de Ilha Bela, uma ilha que para mim é um grande terroir
de bananas!
De Languedoc, a terra do Amor Cortês, dos jograis, das canções de amor e que
inventou o amor romântico mais de 800 anos antes de Hollywood, vem o Château de
Gragnos, um tinto de Carignan, syrah e grenache muito bom.
De Portugal, destaco o Afros (import. MS Import) e o Maritávora 2009 da vinícola
Tambuladeira (import. Gracciano) um branco complexo, mineral. E também o excelente
Quinta da Mimosa, importação da Hestia Gourmet de Marina Boggio.
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 16 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 Da Bueno sob os cuidados de Marcio Marson, a dica é o Bueno Paralelo 31 2009 com um
tico de petit verdot que dá ao blend de cabernet sauvignon e merlot um algo a mais.
Da Champagne, a dica é Dom Caudron Millésimé 2006 (import. Hedoniste) com frutas
maduras no nariz e generoso em boca, uma beleza E tem muito mais, você pode conferir
na matéria Expovinis em ebulição aqui mesmo em V&G.
O que importa é que, embora a Expovinis venha se firmando como um lugar para se fazer
negócios, tampouco deixou de ser um lugar para se garimpar e descobrir novos vinhos.
Ou reencontrar antigos e grandes amores como, para mim, são o Guru e o Principal.
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 17 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 'DWHGHSDUXWLRQGHO¶DUWLFOH : 25/04/2013
Type de support de presse : SITE
Support de presse : SITE GASTROVIA
Titre : CONFIRA ALGUNS DESTAQUES DA EXPOVINIS 2013
ONLINE
Mots clés: Expovinis, França
Lien Internet: http://www.gastrovia.com.br/noticia/1822/confira-alguns-destaques-daexpovinis-2013-
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 18 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 5HWUDQVFULSWLRSQGHO¶DUWLFOH paru dans GASTROVIA Confira alguns destaques da ExpoVinis 2013
25/04/2013
Consolidado como um dos maiores eventos de vinhos do Mundo, a ExpoVinis Brasil - 17ª
edição ± está acontecendo em São Paulo no pavilhão Azul da Expo Center Norte. Ainda
dá tempo de conferir as novidades hoje e amanhã (25 e 26 de abril).
Mais de 400 expositores de países como Uruguai, Rússia, Portugal, Itália, Grécia,
França, Espanha, Brasil, Austrália , Argentina e África do Sul, apresentaram cerca de 5
mil rótulos dos seus lançamentos, novas safras e rótulos tradicionais a profissionais do
setor, sommeliers, compradores, importadores, lojistas e amantes do mundo do vinho.
Durante os 3 dias serão degustadas mais de 60 mil garrafas de vinho.
A Rússia traz ao ExpoVinis os espumantes Abrau Durso, da maior e mais antiga vinícola
de espumantes do país. A Grécia também estará representada com vinhos da Cavino,
que surgiu em 1958 no Peloponeso. Vinhos da Alemanha serão apresentados pela
importadora Weinkeller German Wine.
Confira algumas das novidades
França
Além da região de Bordeaux que com o maior número de representantes, 10 outras
também estão entre os expositores franceses: Loire, Beaujolais, Sud-Ouest, Champagne,
Vallée du Rhône, Provence, Languedoc Roussillon, Bourgogne, Corse e Cognac. Por sua
vez, os negociadores oferecem vinhos de todas as regiões francesas. Os vinhos
franceses estão distribuídos em Ilhas, destacando cada uma das regiões produtoras:
Aquitaine, Loire, Beaujolais e Provence, espaços estes organizados em parceria com
órgãos regionais: Agence Aquitaine de Promotion Agroalimentaire (AAPrA) ± Agência de
Promoção Agroalimentar da Aquitaine, Service Promotion des Pays de la Loire ( Serviço
de Promoção do Pays de la Loire), Centrexport, -Pôle Export de Centréco (Polo de
Exportação Centréco), Agence de Développement et de Promotion Economique de la
Région Centre (Agência de Desenvolvimento e de Promoção da Região Central), Union
Interprofessionnelle des Vins du Beaujolais (União Interprofissional dos Vinhos Beaujolais)
e Provence Club Brasil.
DOMAINE DES ANTILLES
Pavilhão França ± Stand J 30
Um dos lançamentos é o vinho francês Moelleux de Banane, uma bebida alcoólica,
elaborada exclusivamente a partir de matérias-primas provenientes do Guadalupe e da
Martinica. Um vinho que aprecia-se bem fresco. Ele combina perfeitamente com
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 19 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 sobremesas, mas também com pratos perfumados e apimentados. Da mesma maneira,
ele pode ser perfeitamente consumido durante uma refeição. Já muito apreciado pelos
norte-americanos e chineses, essa bebida inovadora e de alta qualidade saberá também
seduzir os consumidores sul americanos.
Dica Gastrovia - Escolha seus rótulos antecipadamente e beba com moderação.
O ExpoVinis Brasil 2013 acontece entre 24 e 26 de abril no Expo Center Norte, em São
Paulo.
Horário: das 13h às 21h para profissionais do setor nos dias 24 e 25 de abril, e das 13h às
20h no dia 26 de abril.
Aberto ao consumidor final das 17h às 21h no dia 25 e das 17h às 20h no dia 26 de
abril. O primeiro dia do evento será reservado exclusivamente para profissionais do setor.
Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria ou no site do evento.
Consumidor Final: R$ 70.
Estudantes de Hotelaria, Nutrição, Gastronomia, Enologia e Turismo - não inclui taça
(necessário apresentar identidade e comprovante do curso que não seja carteirinha de
estudante): R$ 35,00
Para adquirir taça avulsa: R$ 30.
Serviço:
ExpoVinis Brasil 2013
17º Salão Internacional do Vinho
Data: 24 a 26 de abril
Local: Expo Center Norte ± Pavilhão Azul ± Vila Guilherme ± São Paulo
Informações, credenciamento visitantes e novidades: www.expovinis.com.br
Facebook: ExpoVinis Brasil | Twitter: @expovinis
E-mail: [email protected] | Telefone: (11) 3149 9444.
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 20 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 'DWHGHSDUXWLRQGHO¶DUWLFOH : 23/05/2013
Type de support de presse : BLOG
Support de presse : BLOG VINO ARTI
Titre : EXPOVINIS 2013 ± MINHA VISÃO PESSOAL
ONLINE
Mots clés: Bourgogne, Beaujolais, Bordeaux, Champagne, Domaine des Antilles
Lien Internet: http://www.vinoarti.com.br/eventos/expovinis-2013-minha-visao-pessoal/
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 21 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 5HWUDQVFULSWLRSQGHO¶DUWLFOH paru dans VINO ARTI
Expovinis 2013 ± Minha Visão Pessoal!
Aconteceu entre os dias 24 e 26 de abril, mais uma edição da Expovinis, novamente no
Expo Center Norte, na cidade de São Paulo. Como de hábito, escrevo sobre o evento
algum tempo depois, tanto pela falta de tempo, como para deixar a poeira baixar e
confirmar com calma algumas informações.
Assim, devidamente aquecido pelo Encontro de Vinhos OFF, ocorrido na véspera, desta
vez acompanhado de minha mulher e também companheira de VinoArti, Karla Takayama,
chegamos à ExpoVinis totalmente descompromissados e sem estar lotado em nenhum
stand parceiro.
Ano passado fui com essa proposta, mas, sozinho, acabei trabalhando bastante. Dessa
vez ficamos completamente soltos e pudemos degustar calmamente as novidades e
conversar com os amigos.
Em 2012 comentei que a feira me pareceu menor do que em 2011. Tive a mesma
impressão este ano. Na verdade, fiquei com a sensação de que havia mais produtores
buscando importadores do que importadoras.
$SyVR³$QRGD6DOYDJXDUGD´DQRWtFLDILFRXSRUFRQWDGHTXHHPD([SRYLQLVGHL[D
de ser realizada pela Exponor e passa para as mãos da SIAL Brazil Feiras Profissionais e
tende a mudar de feição.
Dia 24/05
Sem compromisso de trabalhar, acabamos chegando mais tarde do que esperávamos, de
forma que preferimos privilegiar os vinhos franceses e italianos.
Ótima escolha, pois apreciamos vinhos excelentes, com ênfase em Bourgogne e
Beaujolais. Passeamos pelo Loire, por Bordeaux e até Córsega e Antilhas; visitamos
vários stands, como o do Italiano produtor francês (Isso mesmo!!!) Sylvain Gazzaro, mas
em dois, em especial, ficamos por mais tempo.
O primeiro, do négociant e produtor Allan Corcia, fomos recebidos por sua esposa e
manager Patricia Corcia e experimentamos uma sequência de vinhos excelentes, dentre
os quais, cito especificamente: Chassane-Montrachet 2011 1er Cru, Grevey Chambertin
1er Cru laveaux St Jacques 2008, um Savigny lês Beaune 1er Cru Cuvée Arthur Giraud
2007 , e, por fim, o delicioso Griotte-Chambertin Grand Cru 1998. Por lá encontrei o
enofriend Luiz Cola, avec plaisir.
No segundo caso, fomos recebidos por Thierry Letortu, que além dos Beaujolais Villages,
nos serviu delícias imperdíveis para quem adora a região como um Côtes de Broully 2011
Caves Du Chateau dês Loges, um moulin-À-Vent e um Chènas, ambos 2011. Vale dizer
TXHWRGRVRVYLQKRVVHUYLGRVHUDP³PHGDOKDGRV´
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 22 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 Uma pDUDGD EiVLFD QR VWDQG GR (PSyULR 6yULR SDUD UHYHU R ³,UPmR &RUVR´ 7KLHUU\
Battistini e apresentar à Karla e à queridíssima amiga Elaine Oliveira, uvas exóticas como
Niellucciu e Sciaccarellu, seguimos para a Itália.
Foi um tour bem interessante e por indicação dos amigos Roberto Rodrigues e Berna,
visitamos o stand do Castello di Neive, os experimentamos Barberescos maravilhosos.
Conhecemos os novos vinhos italianos que serão importados pela Obra Prima, Pá Riondo
Ripasso e o Amarone, ambos da casa Brunelli.
Paradas aqui e ali, tentamos ir ao stand da Pizzato sem sucesso, pois o stand foi um
sucesso.
Como de hábito, terminei o dia no stand da Villa Francioni, que este ano não participou do
stand da Acavitis. Escolha acertada, pois, em stand próprio, contando com a parceria da
Axios Importadora, os vinhos foram servidos na Winestation e o sucesso foi incontestável.
Termino sempre meu dia ali, pois a Villa é uma grande família e além de encontramos excompanheiros de VF como Elaine Oliveira e Ana Skaff, recebemos a visita de vários
parceiros de todo o Brasil, como a de Mônica Alves do Rio. A equipe é muito unida e junto
aos amigos Humberto Grzybowski e Hellen Antonangelo, o casal Ivan e Lucila da Axios e
Nicolas Villar (engenheiro da Winestation) saímos para jantar após a feira, costume que
se repete ano a ano.
Dia 25/05
Com o retorno de Karla, fui sozinho à feira. Ia começar pelos italianos, mas me instinto me
fez retornar ao stand de Patricia Corcia e fui recompensado, pois além de degustar
novamente alguns vinhos do dia anterior, ainda experimentei ótimos Ventoux, CrôzesHermitages e Chateuneuf-du-pape.
Aí continuei meu tour pela Itália e me deparei com boas surpresas como o stand dos
irmãos Lazzaretti, onde experimentei um Rosso e um Brunello di Montalcino
simplesmente deliciosos. Na Collefrisio, me deparei com interessantes Montepulcianos e
um ótimo Collefrisio di Collefrisio 2007, que foi o vinho servido a Obama no G8 deste ano.
Após isso, encontrei com Cátia Betta da Wine Lovers, garimpando vinhos e logo me
lembrei dos excelentes Bordeaux de Laurent Poitevin (Chateau Grand Tuillac e Chateau
Grand Bert) e, bem, rasguei minha promessa de não trabalhar e fomos lá fazer o
³VDFULItFLR´ GH H[SHULPHQWDU PDLV XPD YH] VHXV YLQKRV DVVLP FRPR RV YLQKRV TXH
negocia, inclusive o Champagne Charles Collin, de Sebastien Petiteaux, dentre outros.
Daí em diante, nada foi específico, experimentei os espumantes russos (falo disso
adiante), um Chileno aqui e um argentino ali, mas acabei não tendo tempo de visitar o
Uruguai e essa era uma das minhas propostas.
No caminho acabei experimentando o Perini Quatro 2009, um dos Top Ten da Expovinis.
Prêmio merecido pois trata-se de um delicioso e inusitado corte de Ancellota, Cabernet
Sauvignon, Merlot e Tannat, produzido no Vale Trentino. Taí um vinho que gostaria de
experimentar novamente com mais calma.
Após uma visita ao stand da Obra Prima que também chega com novidades, nova
tentativa de ficar um pouco na Domno e na Pizzato, mas, novamente, os stands
fervilhavam de gente. Por fim, um papo com Vitor Fernandes e Marcelo Asnis, visando um
curso da Sommelier School em Penedo.
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 23 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 %HPFRPRGLDDFDEDQGRIXLSDUDRPHXSRUWRVHJXURH«WUDEDOKHL
Parceiros
DOMNO
O stand da Domno ficou lotado todo o tempo, de forma que foi impossível ficar muito
tempo. Muito bonito e com muitas novidades (algumas apresentadas na véspera no OFF)
o espetáculo ficou por conta do lançamento do .Nero Blanc dês Blancs. O portfólio da
Domno está cada vez mais extenso e qualitativo.
PIZZATO
O sucesso pode ser medido de muitas formas. Tentei por dois dias visitar o stand da
3L]]DWR H IRL VLPSOHVPHQWH LPSRVVtYHO WDPDQKD PXOWLGmR 0DO FRQVHJXL GDU XP ³FLDR´
para Carol Dachery. Jane e Flávio Pizzato estão de parabéns. Além do lançamento do
novo Legno e do DNA 99, os vinhos foram muito elogiados.
VILLA FRANCIONI
A VF acertou em montar seu próprio stand. Inicialmente, o stand coletivo da Acavitis
acaba sendo muito apertado para o público da vinícola. Uma atração a mais foi a
apresentação do Winestation. Importado pela Axios e com a presença de Nicolas Villar,
engenheiro da Napa Technology, o equipamento foi um sucesso absoluto e causou muita
curiosidade.
Vale mencionar que o stand estava todo decorado com gravuras do magistral Juarez
Machado Show!
Em relação aos vinhos, EHP«HVWHVIDODPSRUVL
OBRA PRIMA
A importadora Obra Prima cresce a olhos vistos em tamanho, mas também em qualidade,
o que é mais importante. Seu portfólio ampliou no que diz respeito a franceses e italianos
de mais porte. Além disso, em breve aportam por aqui as cervejas chilenas Kuntsman. É
sempre bom encontrar o amigo Ronaldo Fortaleza, grande embaixador da Obra Prima e a
simpaticíssima Karine Ivanowski. Aliás, junto a Ronaldo encontrei seu conterrâneo e
também amigo Silvestre Tavares, sempre um prazer.
723RUHOHYHQ«
Como ocorre em todos os anos, temos a premiação do Top 10, que este ano voltou a ser
Top 11, em razão de um empate. Eis os vinhos premiados:
Melhor Espumante Nacional ± Villaggio Grando Brut Rosé 2011 ± Villaggio Grando
Boutique Winery
Melhor Espumante Importado ± Aida Maria Espumante Rosé Reserva 2007 ± Aida Maria
Wines
Melhor Branco Nacional ± Dádivas Chardonnay 2012 ± Vinícola Lídio Carraro
Melhor Branco Importado ± Sauvignon Blanc 2012 ± Casas del Bosque (Obra Prima)[1]
Melhor Rosé ± Maquis Rosé 2012 ± Sociedad Agricola los Maquis
Melhor Tinto Nacional da Serra Gaúcha ± Perini Quatro 2009 ± Vinícola Perini
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 24 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 Melhor Tinto Nacional de Outras Regiões ± Basaltino 2012 ± Vinícola Pericó Ltda
Melhor Tinto Novo Mundo ± Vistalba Corte A 2009 ± Bodega Vistalba (Domno do
Brasil)[2]
Melhor Tinto Velho Mundo ± Santa Vitória Grande Reserva Tinto 2008 ± Casa Santa
Vitória
Melhor Tinto Velho Mundo ± 6FDJOLROD %DUEHUD G¶$VWL 6XSHULRUH 6DQVL 6HOH]LRQH ±
Scagliola Vini
Melhor Fortificado e Doce ± Quinta do Noval 40 Anos Tawny Porto ± Quinta do Noval
Curiosidades
Bem, todo ano temos uma série de novidades ou curiosidades, como já ocorreu ano
SDVVDGR FRP YLQKRV GD %ROtYLD (P QmR IRL GLIHUHQWH H FRQKHFL XP ³YLQKR´ GH
Banana, das Antilhas e Espumantes Russos.
O Domaine des Antilles (11%) é um ³YLQKR´j EDVH GH EDQDQDVH VH SRUXP ODGR YDOH
como curiosidade, nada tem a oferecer aos enófilos de plantão. Não apenas por não se
tratar necessariamente de vinho, pois enófilos geralmente curtem cervejas, licores e afins,
PDVSRUVHUHQMRDWLYRHHPDOJXQVPRPHQWRVVHQWLUJRVWRGH«SDVPHPFRF{6HR/LFRU
de Merda não tem gosto de cocô, esse aí tem (rssss).
Por fim, os espumantes russos Abrau Durso produzidos no Cáucaso, às margens do Lago
Abrau. A vinícola é a mais antiga produtora de espumantes da Rússia, em atividade
desde 1870. Os espumantes são gerados pelo método tradicional (champenoise) e a casa
utiliza as castas Pinot Blanc, Pinot Noir, Chardonnay e Riesling, todos envelhecidos em
túneis de montanha por mais de três anos. À guisa de comparação, os nossos
HVSXPDQWHVVmRPXLWRPHOKRUHV«
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 25 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 Parutions sur SUPPORTS TÉLÉVISES ET VIDÉOS © 2013 -­‐ UBIFRANCE 26 Domaine des Antilles ʹ Expovinis 2013 'DWHGHSDUXWLRQGHO¶DUWLFOH : 26/04/2013
Type de support de presse : SITE
Support de presse : TV RURAL
Titre : Feira ExpoVinis (SP) promove a indústria nacional e incentiva o aumento do
consumo de vinho no Brasil
ONLINE
Mots clés: Expovinis, França, Domaine des Antilles
Lien Internet: http://agricultura.ruralbr.com.br/noticia/2013/04/feira-expovinis-sp-promove-aindustria-nacional-e-incentiva-o-aumento-do-consumo-de-vinho-no-brasil-4119410.html
© 2013 -­‐ UBIFRANCE 27 UBIFRANCE vous propose quatre gammes complètes de produits et services
G·DFFRPSDJQHPHQWSRXUYRXVDLGHUjLGHQWLILHUOHV opportunités des marchés et à
concrétiser vos projets de développement international.
‡ *DPPH &RQVHLO pour obtenir la bonne information sur les marchés
pWUDQJHUV HW EpQpILFLHU GH O·H[SHUWLVH GHV VSpFLDOLVWHV GX UpVHDX
UBIFRANCE.
‡*DPPH&RQWDFWs : SRXULGHQWLILHUYRVFRQWDFWVG·DIIDLUHVHWYRXVIDLUH
EpQpILFLHUGHFHQWDLQHVG·DFWLRQVGHSURPRWLRQjWUDYHUVOHPRQGH.
‡ *DPPH &RPPXQLFDWLRQ SRXU FRPPXQLTXHU j O·pWUDQJHU VXU YRWUH
entreprise, vos produits et votre actualité.
‡ 9RORQWDULDW ,QWHUnational en Entreprise (VIE) : pour optimiser votre
EXGJHWUHVVRXUFHVKXPDLQHVjO·LQWHUQDWLRQDO
Retrouver le détail de nos produits sur : www.ubifrance.fr
POLE PRESSE UBIFRANCE BRÉSIL [Rua Marina Cintra, 94, Jardim Europa ʹ S.Paulo ʹ SP ] Tél. : +[011 ʹ 3087 3100] Réalisé par Gabriela Nakano Attachée de Presse Revisé par Vera dos Anjos Responsable de Communication © 2013 ʹ UBIFRANCE Toute reproduction, représentation, intégrale ou partielle, par quelque procédé que ce soit, sur quelque support que ce soit, papier ou électronique, effectuée sans ů͛ĂƵƚŽƌŝƐĂƚŝŽŶĠĐƌŝƚĞĞdžƉƌĞƐƐĞĚ͛hďŝĨƌĂŶĐĞĞƚĚĞƐďƵƌĞĂƵdž͕ĞƐƚŝŶƚĞƌĚŝƚĞĞƚĐŽŶƐƚŝƚƵĞƵŶ
ĚĠůŝƚĚĞĐŽŶƚƌĞĨĂĕŽŶƐĂŶĐƚŝŽŶŶĠƉĂƌů͛ĂƌƚŝĐůĞ>͘ϯϯϱ-­‐2 du code de la propriété intellectuelle. La présente prestation est/sera délivrée au client dans le cadre des CGV UBIFRANCE. Le client reconnaît en avoir pris connaissance et y souscrire sans réserve. Mention AFAQ Prestation réalisée sous système de management de la qualité certifié 

Documentos relacionados