Europa Relevo e Vegetação Relevo da Europa: As formas de relevo

Сomentários

Transcrição

Europa Relevo e Vegetação Relevo da Europa: As formas de relevo
Texto Aspectos fiscos da Europa
Glauco Martorano Vieira Filho
Responda posteriormente as perguntas do final do texto para entregar ao professor.
Europa Relevo e Vegetação
Relevo da Europa:
As formas de relevo são as características assumidas
pela superfície terrestre, elas interferem nas atividades
humanas: por exemplo, áreas planas e de menor
altitude (planícies) são melhores para a construção de
cidades e para agricultura em geral elas são mais
habitadas.
Fonte: http://www.voyagesphotosmanu.com/geografia-da-polonia.html
Na imagem acima vemos uma planície, bastante
utilizada para atividade agrícola.
Planaltos e maciços antigos: áreas onde ocorreu
intenso desgaste das formas de relevo, ou seja, erosão.
O desgaste se deve ao fato de serem estruturas de
relevo com formação antiga na escala geológica.
Apresentam formas de relevo arredondadas e altitudes
modestas. São exemplos: Os montes Urais na Rússia, a
Meseta Espanhola, os Alpes Escandinavos (Suécia e
Noruega) e o maciço central francês.
Fonte: http://unidadesderelevo.blogspot.com.br/2010/11/unidades-de-relevo-daeuropa.html
Ao observar a legenda e o mapa de relevo da Europa,
podemos perceber que predominam as planícies, são
áreas bastante ocupadas pelas atividades humanas.
Segue abaixo as principais cara do relevo europeu.
Planícies abrangem mais 70% do território europeu.
São formas de relevo planas e baixas, originadas do
acumulo de sedimentos em tempos recentes da escala
geológica, os sedimentos são depositados pela ação de
rios, lagos ou até mesmo pela atuação dos ventos. As
planícies facilitam atividades humanas como a
agricultura. São exemplos de planícies: a planície
Russa, Germano-Polonesa e Húngara.
Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Montes_Urais#mediaviewer/File:Landscape_vi
ew_in_Circumpolar_Urals.jpg
Os montes Urais na Rússia são exemplo de planaltos,
possuem formações geológicas alteradas pela erosão,
portanto apresentam formas arredondadas, altitudes
modestas, portanto, sofreram muita atuação da erosão.
1
Cadeias Montanhosas: Compostas por dobramentos
que se destacam pela altitude, possuem formação
geológica recente e estão associados a áreas de
encontro e choque entre placas tectônicas. Localizadas,
sobretudo, ao sul do continente, onde por conta da
instabilidade tectônica ocorrem vulcões principalmente
na Itália, com o Etna, Stromboli e Vesúvio, ao norte do
continente na Islândia também ocorre intensa atividade
vulcânica.
Fonte: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/8d/Mt_Etna_and_Catania.JPG
A principal cadeia montanhosa europeia é chamada de
Alpes, mas além deles podemos destacar os Pirineus ,
Apeninos, Carpátios, Balcãs e Cáucaso. As áreas de
formação recente estão sujeitas ao vulcanismo.
Abaixo a imagem dos Alpes Suíços.
Fonte: http://ecoviagem.uol.com.br/noticias/turismo/turismo-internacional/inverno-nosalpes-em-grande-estilo-14546.asp
Vegetação:
A vegetação da Europa, principalmente nas áreas
centrais e mais sul do continente, sofreu bastante a
intervenção dos seres humanos. A vegetação assim deu
espaço a áreas agrícolas e principalmente foi alterada
mediante a constituição do espaço urbano europeu.
Outras variáveis como o clima e o relevo influenciam
as formações vegetais, além da proximidade ou não
com o oceano. Exemplo, áreas de maior altitude e por
consequência mais frias vão apresentar vegetações no
estilo das Florestas Boreais, mesmo em áreas onde de
acordo com a latitude predominaria florestas
temperadas.
Tundra: Ocorre no extremo norte do continente, em
áreas de clima frio polar, onde o solo passa boa parte
do ano congelado, por isso é uma formação vegetação
composta de gramíneas, musgos e liquens que atingem
apenas baixos estágios de crescimento. Está
principalmente no Norte da Península Escandinávia e
Norte da Rússia.
Florestas Boreais: Composta de arvores de grande
porte e adaptadas para o clima frio, com ocorrência
constante de neve. As florestas boreais também são
chamadas de coníferas. Elas estão na Europa ao sul das
áreas onde predomina a Tundra, também na Rússia e
península Escandinávia.
Florestas Temperadas: Ocorrem nas áreas onde
predomina clima temperado com as quatro estações do
ano bem definidas, são florestas caracterizadas por
plantas caducifólias onde elas perdem suas folhas
durante o outono e entram em estado de latência
durante o inverno. As floretas temperadas
originalmente predominavam na Europa, elas foram
bastante devastadas pela atuação humana.
Estepes e Pradarias: Ocorrem no sudeste da Europa.
Pela menor quantidade de chuvas e estações secas, é
caracterizada por um domínio de plantas herbáceas. A
área foi bastante descaracterizada principalmente pela
atividade agrícola, que é favorecida pela ocorrência do
solo de tchernozion, um dos mais férteis do planeta.
Ocorre principalmente no Sul e Sudeste da Ucrânia e
Sul da Rússia avançando em direção a Ásia.
Vegetação de Altitude: Ocorre nas grandes elevações,
destacando-se as cadeias montanhosas. Pelo frio
gradativo que vai tomando as grandes altitudes é
formada por coníferas em patamares médios e tundras
em altitudes maiores, onde o frio e o vento em excesso
prejudicam o desenvolvimento da vegetação.
Vegetação Mediterrânea: presente no sul do
continente, onde predomina o Clima Mediterrâneo,
mais quente e com uma estação seca durante o ano. As
plantas precisam ser adaptadas a sobreviverem a uma
estação seca. Ocorre integralmente em países como
2
Portugal e Grécia, boa parte da Espanha e Itália, além
de pequena parte da França.
Hidrografia:
Em comparação com os rios brasileiros ou os que
ocorrem em áreas tropicais, os rios europeus são
menores em área e volume, pois não receberem tanta
carga de água por pluviosidade.
continente podemos observar a ocorrência de clima
frio e nas maiores altitudes frio de montanha. Na maior
parte do continente encontramos como já foi cotado o
clima temperado úmido e em uma parte mais centra
por influência da continentalidade um clima semiárido.
Ao sul temos o chamado clima mediterrâneo que
recebe grande influência de massas de ar seco vindas
do Saara, onde ocorre então uma estação seca.
Rios europeus são bastante utilizados para a navegação
e para irrigação na agricultura. Planícies de rios como
Tamisa, Sena e Reno são exemplos de áreas
historicamente ocupadas.
Exemplos de rios importantes na Europa são: o Volga,
em território Russo que é maior rio europeu em
extensão e volume. Na Ucrânia destaque para o Rio
Dnieper, o Danúbio banha dez países entre eles
Alemanha, Áustria. Ainda destaca-se o Rio Reno na
Alemanha, o Sena na França, o Tamisa na Inglaterra.
Fontes:
Ocorrências climáticas na Europa:
Na Europa as variações de climas temperados são as
que mais ocorrem, o que se dá pelo fato de sua
localização totalmente ao norte do Trópico te Câncer,
estando entre o Trópico de Câncer e o Circulo Polar
Ártico. Nas áreas mais ao Norte do continente
encontramos inclusive a ocorrência de clima polar na
Península Escandinávia, em parte da Islândia e no
Norte da Rússia. Ainda em região mais ao Norte do
VESENTINI,
José
Willian;
VLACH,
Vânia. Geografia: Os países do Norte e o panorama
do séc.XXI. São Paulo: Ática, 2012. (Telális).
BOLIGIAN, Levon et al. Geografia Espaço e
Vivência: A Dinâmica dos Espaços da Globalização.
4. ed. São Paulo: Saraiva, 2012.
3

Documentos relacionados

Untitled

Untitled consisting of 13 islands, are the largest group. Madagascar é a maior ilha, enquanto o arquipélago das Canárias, composto por 13 ilhas, representa o maior grupo. Clima e Vegetação Em função das tem...

Leia mais