2.º Trimestre/2014

Сomentários

Transcrição

2.º Trimestre/2014
警訊 第 94 期 2014 年 第 3 季 REVISTA DA P. S. P. - 2º TRIMESTRE-2014 Nº 93
本局已推出適用於 Android / iOS 平台之手機應用程式,歡迎掃
瞄上方二維條碼 (QR Code) 下載中葡文版本的[澳門治安警察局
流動應用程式]。
[警察故事]及週年紀念短片[堅守崗位 風雨無阻]亦已上載
於本局網站:http://www.fsm.gov.mo/psp 內。
聯絡電話
Linhas para contactos
熱線電話 Linhas quentes
緊急求助熱線
999, 110, 112
罪案舉報熱線
2857 7577
打擊販賣人口舉報熱線
2888 9911
投訴熱線
2878 7373
Serviços de Emergência
Denúncias (crimes)
Combate ao Tráfico de Pessoas
Linha exclusiva para queixas e sugestões
查詢電話 Linhas para consultas
總機電話
2857 3333
傳真
2878 0826
出入境事務查詢電話
2872 5488
失物查詢電話
8597 0542
Serviços Gerais
Fax
Consulta sobre assuntos de Migração
Consulta de “Perdidos e Achados”
其他 24 小時電話 Outras linhas de 24 horas em serviço
第一警務警司處 ( 一區 )
2893 8258
第二警務警司處 ( 二區 )
2857 2027
第三警務警司處 ( 三區 )
8790 5636
機場警務處
8898 1627
氹仔警務警司處
2882 1047
路環警務警司處
2887 1107
澳門交通警司處
2837 4214
海島交通警司處
8898 9593
出入境事務廳
2872 5488
特警隊
8980 0888
Comissariado Policial n°. 1
Comissariado Policial n°. 2
Comissariado Policial n°. 3
Divisão Policial do Aeroporto
Comissariado Policial da Taipa
Comissariado Policial de Coloane
Comissariado de Trânsito de Macau
Comissariado de Trânsito das Ilhas
Serviço de Migração
Unidade Táctica de Intervenção da Polícia
SUMÁRIO
POLICIAMENTO COMUNITÁRIO
Reuniões de trabalho do Mecanismo de ligação do policiamento
comunitário
25
Promoção comunitária de prevenção da criminalidade
25
Visita da Associação de Ajuda Mútua dos Chineses Ultramarinos da
Birmânia em Macau
Visitas da Associação da União dos Fornecedores de Macau e da
Associação de Instrutores de Condução de Automóveis de Macau
Operação de segurança no trânsito
Palestra sobre a segurança rodoviária
REVISTA DA P.S.P.
2º TRIMESTRE-2014 Nº 93
Visita a escolas
Palestra sobre a prevenção de deliquência juvenil
Visita da Aliança de Povo de Instituição de Macau
Palestra sobre a prevenção de burla para idosos
Visita do pessoal do Hotel Wynn
DIRECÇÃO
Superintendente Geral MA IO KUN
DIRECÇÃO GERAL
Subintendente LAO WAN SEONG
DIRECÇÃO EXECUTIVA
Subcomissário U CHI WA
VICE DIRECÇÃO
Guarda LEI HOU SAI
COMPOSIÇÃO GRÁFICA
Técnico Especialista LEUNG KA SENG
Guarda CHAN SIO WUN
TRADUÇÃO
Intérprete-Tradutora Assessora FÓNG IOK I
Intérprete-Tradutora Assessora WEN SOK MAN
Intérprete-Tradutora Principal SOFIA A. R. ESTEVES
Intérprete-Tradutora de 1.ª Classe TAM KIT WA
Intérprete-Tradutora de 2.ª Classe U I TENG
FOTOGRAFIA
Guarda HO VENG LOC
Guarda CHONG CHAN U
Guarda LO UN SI
Guarda IP CHI WAI
Guarda NG CHO PAN
Guarda WU IOK TAK
ASSESSOR JURÍDICO
RUY ALBERTO M. DE CARVALHO E REY
PROPRIEDADE E EDIÇÃO
CORPO DE POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA
End: CPSP. Edifício Conforseg Praceta 1 de Outubro, Macau
Tel: 2857 3333 Fax: 2878 0826
E-mail: [email protected]
Página Electrónica: http://www.fsm.gov.mo/psp
IMPRESSÃO
IMPRENSA OFICIAL
TIRAGEM
1500 Exemplares
Os artigos publicados são da exclusiva responsabilidade
dos respectivos autores
Visita do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários da Zona
Central
Visita de cidadãos ao Pelotão Cinotécnico
Actividade de “Polícia e Eu”
26
26
26
26
27
27
27
27
28
28
28
29
ENCONTROS, INTERCÂMBIOS,
CONFERÊNCIAS
Visita do Posto Fronteiriço de Inspecção de Migração de Zhuhai
30
Visitas da Associação da Polícia de Macau e da Associação
dos Trabalhadores da Função Pública de Macau
30
Reunião sobre os assuntos fronteiriços de Guangdong e Macau
30
Visita do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento
de Macau
30
Visitas de delegações dos Serviços de Segurança Pública da RPC
31
Visita do Gabinete de Apoio ao Secretariado Permanente do Fórum
para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os
Países de Língua Portuguesa
31
Forum Policial Macau-Zhuhai
31
OPERAÇÕES ANTI-CRIME
Agentes do Departamento de Informações desmantelaram um caso
de tráfico de droga
32
Comissariado de Inquéritos desmatelou uma série de casos de burla 32
TOMADA DE POSSE E PROMOÇÕES
Tomada de posse
33
FORMAÇÃO INTERNA
Curso de Formação de Instrutores
Curso de “Técnicas de Atendimento ao Telefone”
Curso de Intervenção Policial
Curso de Instrução da Patrulha Especial
33
33
34
34
LOUVOR E ELOGIO
Elogio à Divisão Policial do Aeroporto
Elogio de uma turista aos agentes do Comissariado Policial N.° 3
Cidadão manifesta o seu agradecimento a um agente de trânsito
36
37
38
Oferta de galhardete por parte da Associação dos Condónimos
do Edifício Jardim Hoi Keng ao Departamento de Informações
39
Elogios ao Comissariado de Inquéritos
40
DESPORTO E COMPETIÇÕES
Taça Desportiva das FSM 2014
41
Campeonato de Ténis de Mesa dos Serviços de Segurança Pública
da China
43
Competição Interna de Basquetebol
Campeonato Interno de Ténis de Mesa
43
44
ACTIVIDADES RECREATIVAS
Exibição da Banda de Música do CPSP
44
ESTAÇÃO DE REABASTECIMENTO ESPIRITUAL
Abstenção tabágica por meio de hipnoterapia
45
CARTA DE QUALIDADE
Situação de tratamento de sugestões, queixas e reslamações
2º Trimestre do ano 2014
47
50
Policiamento
Comunitário
Promoção comunitária de prevenção
da criminalidade
No intuito de elevar a consciência dos cidadãos sobre
a prevenção da criminalidade, durante os meses de
Abril a Junho, o pessoal desta Polícia deslocou-se a
várias zonas comunitárias e paragens de autocarros
de Macau e das Ilhas, para realizar promoções de
prevenção da criminalidade. Ao longo do caminho, a
equipa desta Polícia, em conjunto com trabalhadores
voluntários da Associação de Beneficência e
Assistência Mútua dos Moradores do Bairro O T’âi e
Associação de Mútuo Auxílio do Bairro, Abrangendo
a R u a d a F e l i c i d a d e e Vi a s C i r c u n d a n t e s , e
representantes da Secretaria na Taipa da União Geral
Fotografia conjunta dos nossos agentes com coordenadores do
policiamento comunitário.
das Associações dos Moradores de Macau, afixaram
cartazes de divulgação em edifícios residenciais e lojas
comerciais, e distribuíram folhetos de sensibilização
Reuniões de trabalho do Mecanismo de
ligação do policiamento comunitário
e artigos de propaganda a cidadãos e turistas, para
Em Abril, os agentes do Mecanismo de ligação do
da criminalidade. Por outro lado, durante o período de
policiamento comunitário desta Polícia realizaram
encontros permanentes e palestras anuais sobre
trabalho no Comando, Comissariado Policial n.º 2 e
Comissariado Policial da Taipa desta Corporação,
respectivamente com vários coordenadores do
policiamento comunitário da União Geral das
Associações dos Moradores de Macau, Associação
transmitir ao público mensagens sobre a prevenção
realização do Campeonato Mundial de Futebol, pessoal
do Departamento de Informações e Departamento
Policial de Macau deslocou-se a diversos bares, para
a realização de acções promocionais sobre o combate
às apostas ilegais em jogos de futebol, apelando aos
cidadãos para não participarem em actividades de
apostas ilegais.
de Administração de Propriedades de Macau, e
Aliança de Povo de Instituição de Macau. As duas
parte trocaram opiniões sobre a segurança em bairros,
trânsito e vida da população, para procurar atingir o
objectivo “combater à criminalidade mediante a troca
de informações e cooperação entre polícia e cidadãos”.
Os Oficiais desta Polícia a dar respostas sobre as
necessidades relativas à segurança pública.
25
Visita da Associação de Ajuda Mútua dos
Chineses Ultramarinos da Birmânia em Macau
No dia 11 de Abril, uma delegação composta por 11
elementos e chefiada pelo Chefe da Associação de
Ajuda Mútua dos Chineses Ultramarinos da Birmânia
em Macau, Wong José, efectuou uma visita a esta
Corporação, onde foi recebida amigavelmente pelo 2.º
Comandante, Superintendente Mui San Meng. Nesta
visita, as duas partes discutiram principalmente sobre
os trabalhos preparatórios da série das actividade
do “Water Festival celebrates Myanmar culture”, a
organizar pela referida Associação. O Presidente Wong
agradeceu sinceramente à Corporação por ter enviado
agentes para a prestação de apoio às actividades nos
últimos anos, e a Corporação continuará a prestar
apoio na manutenção da ordem pública neste evento.
Operação de segurança no trânsito
Para o combate às infracções, como excesso de
lotação de automóveis pesados e não cobertura
adequada para mercadorias transportadas, no dia
25 de Abril, o Departamento de Trânsito começou a
utilizar, formalmente, o Sistema da Báscula, aprovado
pelo Conselho Superior de Viação, no Aterro na
Avenida do Progresso do Cotai, para efectuar autuação
contra condutores infractores. Esta Corporação vai
continuar a manter comunicação com o respectivo
sector e reforçar a divulgação, educação e combate
aos condutores infractores, e ainda, apela aos
condutores para cumprirem as regras de trânsito, com
vista a evitar as consequências graves nos âmbitos
penal e civil e não afectar os outros.
Fiscalização de veículos por báscula
Visitas da Associação da União dos Fornecedores
de Macau e da Associação de Instrutores de
Condução de Automóveis de Macau
Palestra sobre a segurança rodoviária
Nos dias 23 de Abril e 6 de Junho, o Presidente da
Durante os meses de Abril a Junho, a convites
Associação da União dos Fornecedores de Macau,
Ip Sio Man, e o Presidente da Associação de
Instrutores de Condução de Automóveis de Macau,
Wong Chau Seng, efectuaram, respectivamente,
visitas ao Departamento de Trânsito, no qual foram
amigavelmente recebidos pelo 2.º Comandante,
Superintendente Mui San Meng. As duas partes
trocaram opiniões sobre a situação de estacionamento
de veículos de transporte para carregar ou descarregar
e o comportamento e conduta de condutores, reforçando
assim a comunicação e coordenação, para estabelecer
em conjunto um bom ambiente de trânsito rodoviário.
das diversas escolas, centros de idosos, hotéis e
Associação das Mulheres de Macau, o Departamento
de Trânsito desta Polícia realizou palestras sobre a
segurança rodoviária e actividades intituladas “Posto
de informação da segurança rodoviária móvel”,
algumas das quais foram organizadas em colaboração
com a Direcção dos Serviços para os Assuntos de
Trânsito, no intuito de explicar aos alunos, idosos
e trabalhadores de hóteis sobre a Lei do Trânsito
Rodoviário e os princípios gerais sobre a segurança
rodoviária, incluindo a segurança na tomada e largada
de passageiros e procedimento geral de tratamento de
acidentes de trânsito, reforçando assim a consciência
de segurança de utentes da via.
26
Visita a escolas
Visita da Aliança de Povo de Instituição
de Macau
Durante este trimestre, os agentes dos Departamentos
Durante os meses de Abril a Junho, o Director da
Policiais de Macau e das Ilhas desta Corporação
Aliança de Povo de Instituição de Macau, Chan
efectuaram, respectivamente, visitas a várias escolas,
Tak Seng e os vários representantes visitaram os
com a finalidade de manter uma comunicação
comissariados policiais n.os 1, 2 e 3 e da Taipa, onde
estreita com as referidas escolas sobre a situação de
trocaram, com a nossa Polícia, opiniões sobre a burla
segurança pública e de trânsito rodoviário nas sua
por telefone, estacionamento ilegal de veículos, abuso
imediações, e sobre tipos vulgares de delinquências
de estupefacientes de jovens e cobrança de tarifas
juvenis, promovendo, de forma contínua, o “Mecanismo
exageradas e recusa de transporte praticadas por
de ligação entre polícia e escolas” e a cooperação
taxistas, e, ainda, conversaram sobre a situação de
entre as duas partes.
segurança pública e de trânsito nas imediações da
Habitação Pública de Seac Pai Van. Esta Corporação
pretende, através da comunicação e cooperação com
as diversas associações sociais, prevenir e combater
conjuntamente
à criminalidade.
A Subcomissária Lai In Kuan a apresentar à escola
os pontos mais importantes sobre a prevenção da
criminalidade.
Palestra sobre a prevenção de burla para idosos
Nos meses de Abril e Junho, a convite do Centro
de Convívio de Cheng Chong da Associação de
Beneficência e Assistência Mútua dos Moradores
Palestra sobre a prevenção de
deliquência juvenil
Durante os meses de Abril a Maio, a convite de várias
escolas, o pessoal da Divisão de Relações Públicas
desta Polícia realizou palestras sobre a prevenção
de deliquência juvenil, a que assistiram cerca de 180
alunos. Mediante as palestras, esta Polícia pretende
explicar aos alunos conhecimentos gerais jurídicos,
tipos vulgares de crimes, e informações sobre a
prevenção de consumo de drogas, revelando-lhes
as consequências de cometimento de crime, para
que eles não se tornarem em meios criminosos de
do Bairro Fai Chi Kei, Associação de Beneficência
e Assistência Mútua dos Moradores das 6 Ruas
Chou Toi, Centro Comunitário da Taipa, Associação
dos Operários de Artigos de Vestuário de Macau, e
Centro de Convívio do Bairro do Hipodromo, Bairro
da Areia Preta e Iao Hon, o pessoal desta Polícia
realizou “palestras sobre a prevenção contra burla”,
nas quais explicou-se a mais de 300 idosos e cidadãos
os truques comuns adoptados por burlões em vias
públicas e conhecimentos sobre a prevenção de furto
e burla, reforçando assim a sua consciência de autoprotecção, para que não caiem na burla de vigaristas.
malfeitores e estimarem o seu futuro.
27
Visita do pessoal do Hotel Wynn
No dia 13 de Maio, o Administrator do Hotel Wynn,
Visita de cidadãos ao Pelotão Cinotécnico
Governor Robert Joseph Miller, e o Assistente Director
No dia 24 de Maio, o Pelotão Cinotécnico recebeu,
do Departamento de Segurança, Fan Weng Hong,
respectivamente, os beneficiários e seus familiares do
efectuaram uma visita a esta Corporação, na qual as
Centro Pastoral da Areia Preta da Cáritas de Macau,
duas partes trocaram opiniões sobre o processamento
e membros da Polícia Juvenil da Associação Geral
de denúncias e queixas e a maneira de tratamento
de Estudantes Chong Wa de Macau. O Pessoal do
de casos sobre o extravio de pertences de turistas,
Pelotão Cinotécnico, para além de fazer aos visitantes
e, ainda, procederam à troca de informações sobre
uma introdução sobre a estrutura orgânica, instalações
o policiamento.
e tarefas diárias do Pelotão Cinotécnico, organizou
também a realização da demonstração de busca
de drogas e obediência de cães-polícia, permitindo
assim aumentar a compreensão dos cidadãos sobre
os trabalhos do Pelotão Cinotécnico. Por outro lado, a
convite da Escola Secundária Pui Ching, realizaramse demonstrações do Pelotão Cinotécnico que foram
bem acolhidas pelos alunos da respectiva escola. Com
a actividade realizada, visou-se à promoção de melhor
compreensão e confiança dos alunos para esta
Fotografia conjunta.
Corporação, e da sua consciência de cumprimento
da lei.
Os alunos interessados com o cão-polícia.
Visita do Conselho Consultivo de
Serviços Comunitários da Zona Central
No dia 14 de Maio, o Conselho Consultivo de
Serviços Comunitários da Zona Central de Macau
visitou o Departamento de Trânsito (DT), no qual
foi amigavelmente recebido pelo 2.º Comandante,
Demonstração de aptidão de obediência
de cão- polícia.
Superintendente Mui San Meng, e vários oficiais desta
Polícia. As duas partes discutiram e intercabiaram
sobre os assuntos relativos à situação recente de
trânsito de Macau. Após a reunião, os convidados
visitaram os aparelhos e equipamentos mais recentes
do DT, e distribuíram lembranças à Polícia. A atmosfera
deste encontro era amigável, e a interacção entre as
partes era activa.
Fotografia conjunta dos agentes do Pelotão Cinotécnico com
visitantes.
28
Actividade de “Polícia e Eu”
No dia 25 de Junho, realizou-se no Departamento
de Trânsito (DT) a actividade “Polícia e Eu” 2014 –
“Experiências de dificuldades, Protecção da justiça”, a
qual foi organizada por esta Polícia e contou-se com
a participação de representantes da União Geral das
Associações de Moradores de Macau, Associação
Geral dos Operários de Macau, Aliança de Povo de
Instituição de Macau e, ainda, 24 jovens. Nesta visita,
os agentes do DT em primeiro lugar passaram um
vídeo sobre o respectivo Departamento aos visitantes,
no intuito de lhes prestarem conhecimentos básicos
A minha impressão sobre a visita da
actividade de “Polícia e Eu”
Cheong Choi Hong – Centro de Juventude
Associação Geral dos Operários de Macau
No dia 28 de Junho, um dia de chuva, fui fazer uma
visita ao Departamento de Trânsito do Corpo de Polícia de
Segurança Pública, organizada pelo Centro de Juventude
Associação Geral dos Operários de Macau.
Nós, com emoção ligeira e alegre, seguímos um
agente policial, para entrar num salão, onde se sentaram
muitas pessoas feridas que estavam à espera de agente
policial para lhes tratar das formalidades. Dentro de
pouco tempo, fomos levados para uma sala de aula, e,
quando entrámos na sala de aula, vimos dois agentes
sobre o seu funcionamento e situação de trabalho,
policiais que estavam à espera de nós. Um dos agentes
seguidamente, levaram-lhes a visitar o equipamento de
fez-nos uma breve explicação sobre a estrutura orgânica
serviço diário e veículos policiais, e estiveram, ainda,
do CPSP de Macau e os seus trabalhos, e exibiu-nos um
a explicar o funcionamento da sala de participação e
vídeo para nos dar a conhecer profundamente sobre os
da sala de fiscalização das vias públicas, bem como
serviços prestados pela Polícia. Seguidamente, saímos
o processo de investigação de acidentes de viação.
da sala de aula e deslocámo-nos ao local onde foram
O CPSP pretende, através desta actividade, dar aos
estacionados os veículos utilizados em patrulhamento
jovens a conhecer e experimentar as tarefas diárias
do DT, e podíamos ver muitos aparelhos de medição
desta Polícia, incutir-lhes valores correctos
e criar neles o sentimento de missão pela
protecção da justiça.
utilizados em acidentes de trânsito, como aparelhos
para o exame de alcoolemia. Por outro lado, também
vimos motociclos de uso exclusivo para agentes do
Departamento de Trânsito. Alguns de nós montaramse num motociclo para tirar fotografias e experimentar
os respectivos sentimentos. Além disso, também
visitámos um local onde se pode supervisionar os casos
acontecidos em todas as vias de Macau.
Mediante esta visita ao DT e um vídeo,
sabémos que o CPSP de Macau foi constituído por
8 departamentos, como Departamento de Gestão de
Recursos, Departamento de Informações, Departamento
de Trânsito, etc.
Através dum pouco de interacção com agentes
policiais, conhecémos melhor sobre as funções do
DT. Achamos que esta actividade é muito significativa
e que deu uma memória agradável na nossa vida.
Desejo que tenha mais uma oportunidade de visitar este
Departamento.
29
Encontros, Intercâmbios,
Conferências
Visita do Posto Fronteiriço de Inspecção
de Migração de Zhuhai
No dia 16 de Abril, uma delegação composta por 7
elementos e chefiada pelo Chefe do Posto Fronteiriço
de Inspecção de Migração de Zhuhai, Chen Xiyuan,
visitou esta Polícia, onde foi recebida amigavelmente
pelo Comandante, Superintendente Geral Ma Io Kun.
Principalmente, as duas partes trocaram informações
sobre o modelo de funcionamento dos órgãos de
informações de dois locais, estudaram a viabilidade
so br e a par t ilha d e i n fo rma ç õ e s e re s p e c ti va
cooperação e partilharam as medidas, experiências e
casos exemplares relativos ao combate às actividades
de imigração ilegal.
Visitas da Associação da Polícia de Macau e da Associação
dos Trabalhadores da Função Pública de Macau
Reunião sobre os assuntos fronteiriços
de Guangdong e Macau
No dia 24 de Abril, foram realizadas no Edifício do
Serviço de Migração desta Corporação, a 42.º Reunião
sobre os assuntos fronteiriços e a 17.ª Reunião de
contactos entre as autoridades de imigração de
Guangdong e Macau e os Serviços de Identificação,
nas quais participou uma delegação chefiada pelo
Subdirector do Departamento de Gestão Migratória
dos Serviços de Segurança Pública da Província de
Guangdong, Li Hanxiong. As duas reuniões, nas quais
também participaram representantes guiados pela
Subdirectora dos Serviços de Identificação de Macau,
Ao Ieong U, foram presididas pelo 2.º Comandante,
Superintendente Lai Kam Kun. Na reunião, as partes
de Guangdong e Macau informaram mutuamente
as situações sobre a verificação de documento de
identificação e cooperação no âmbito da migração,
promovendo assim a comunicação e cooperação entra
as duas partes.
Nos dias 8 de Abril e 5 de Maio, o Presidente
da Associação da Polícia de Macau, Lei Kin Va,
e o Presidente da Direcção da Associação dos
Trabalhadores da Função Pública de Macau, José
Pereira Coutinho, efectuaram, respectivamente, visitas
a esta Corporação. Nas reuniões, as duas associações
apresentaram-nos os trabalhos das associações, e
reflectiram-nos, também, as sugestões e pretensões
sobre os trabalhos policiais e benefícios dos seus
membros. O Comandante Ma Io Kun respondeu
sobre os respectivos temas, tendo prestado ainda a
sua opinião e, deseja que através do encontro, seja
reforçado a compreensão e a comunicação entre as
duas partes.
30
Visita do Instituto de Promoção do Comércio
e do Investimento de Macau
No dia 8 de Maio, uma delegação chefiada pela
Presidente substituta do Instituto de Promoção do
Comércio e do Investimento de Macau, Irene Va Kuan
Lau, visitou o Serviço de Migração, no qual teve um
encontro com o 2.º Comandante, Superintendente Lai
Kam Kun e vários oficiais desta Polícia. Na ocasião,
a Presidente substituta Lau fez um resumo das
experiências de sucesso dos eventos de convenções e
exposições de Macau de grande dimensão realizados
em Macau, e referiu que o sucesso foi dependente
dos trabalhos de segurança de alta eficiência e da
optimização contínua das medidas de entrada e saída
desta Polícia. As duas partes vão continuar a reforçar
a cooperação e comunicação, para promover em
conjunto o desenvolvimento do ambiente de comércio
e do investimento de Macau.
Visitas de delegações dos Serviços
de Segurança Pública da RPC
Nos dias 5 e 20 de Maio, as delegações da Escola
das Forças de Polícia Armada do Povo da China e da
Grupo de Intervenção do Departamento de Segurança
Pública de Zhuhai, efectuaram, respectivamente, visitas
à Unidade Táctica de Intervenção da Polícia desta
Corporação, na qual foram amigavelmente recebidas
pelo Comandante, Superintendente Geral Ma Io Kun e
vários oficiais desta Polícia. Na ocasião, as delegações
visitaram veículos especiais e equipamentos do
Grupo de Intervenção e do Grupo de Protecção a
Altas Entidades e Instalações Importantes, tendo
assim tomado conhecimentos sobre as competências
e estrutura orgânica desta Polícia. As duas partes
pretendem reforçar, mediante esta visita, intercâmbio e
cooperação nas respectivas áreas de trabalhos.
Forum Policial Macau-Zhuhai
Nos dias 17 e 18 de Junho, realizou-se o 3.º Forum
Policial Macau-Zhuhai no Centro de Actividades de
Oficiais de Zhuhai da Província de Guangdong, no qual
participou a delegação de Macau composta por 45
elementos, incluindo representantes dos Serviços de
Polícia Unitários e da Polícia Judiciária, e, ainda, uma
delegação desta Polícia composta por 23 pessoas e
chefiada pelo Comandante, Superintendente Geral Ma
Io Kun.
O presente Forum Policial foi subordinado ao tema
Visita do Gabinete de Apoio ao Secretariado Permanente
do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial
entre a China e os Países de Língua Portuguesa
No dia 16 de Junho, uma delegação composta por 11
elementos e chefiada pela Directora do Gabinete de
Apoio ao Secretariado Permanente do Fórum para a
Cooperação Económica e Comercial entre a China e
os Países de Língua Portuguesa, Rita Santos, visitou a
esta Corporação, na qual foi recebida amigavelmente
pelo Comandante, Superintendente Geral Ma Io Kun.
No encontro, a Directora Rita Santos agradeceu à
Corporação por ter enviado agentes para prestar apoio
na realização do Fórum entre a China e PLP’s nos
últimos anos, e também disse que uma delegação
composta por 25 elementos, incluindo ministros de
sete países de língua portuguesa que vão participar
num curso do Centro de Formação do Fórum entre a
China e PLP’s neste ano, vai chegar a Macau no dia
1 de Julho, e que nesta visita a Macau, a delegação
vai visitar departamentos governamentais e sítios do
Património Cultural. Esta Corporação afirmou que
colaborará integralmente na execução dos trabalhos
sobre as medidas de migração, regulamento do
trânsito, e protecção da segurança na realização de
actividades colectivas, para que toda a actividade
“Inovação e desenvolvimento – Nova oportunidade
para a cooperação policial entre Macau e Zhuhai”. No
Fórum, o Subcomissário Lao Kuok Hei e o Subchefe
Chim Kim Fong desta Corporação apresentaram,
independentemente, as suas teses, intituladas
“Impressões sobre o projecto da viabilidade de um
controlo entre os dois lados da fronteira nas novas vias
de acesso e passagem entre Guangdong-Macau” e
“Desafios de trabalho e oportunidades que a capacidade
de carga turística e necessidade de segurança
trouxeram às Autoridade Policiais de Macau e Zhuhai”.
Estas duas teses de alta qualidade apresentaram
novas concepções e opiniões distintivas para as
tarefas policiais de Macau e de Zhuhai, e prestaram
também propostas positivas e com valor importante de
referência para a promoção de novas concepções e
desenvolvimento da cooperação policial entre Macau
e Zhuhai, portanto, obtiveram uma boa apreciação
e foram bem reconhecidas pelos estudos teóricos e
práticos de Macau e Zhuhai, tendo elevado, assim, a
imagem profissional desta Corporação de Macau.
Neste fórum, os especialistas das Polícias de Macau
e Zhuhai juntaram-se e serviram-se desta plataforma
de intercâmbio para explorarem conjuntamente
as teorias da ciência policial, partilharem as
suas experiências, publicarem estudo e análise
profissional, compartilharem e intercambiarem os
seus conhecimentos académicos, bem como as
duas partes aproveitaram esta oportunidade valiosa
para reforçarem entendimento e comunicação
mútuos, desenvolverem a amizade, e promoverem a
cooperação no policiamento entre Macau e Zhuhai.
decorra num ambiente seguro.
31
Operações Anti-crime
Agentes do Departamento de Informações
desmantelaram um caso de tráfico de droga
Agentes do Departamento de Informações (DI)
receberam uma denúncia sobre o desenvolvimento de
actividades ilícitas dentro dum apartamento localizado
na cidade de Macau, por um grupo de imigrantes ilegais
de nacionalidade vietnamita. Cerca das 09H00 horas
do dia 23 de Maio, agentes desta Polícia interceptaram
uma mulher vietnamita que tinha acabado de sair do
referido apartamento, e na revista ao corpo desta,
encontrou-se seis pacotinhos de droga, cocaína, cujo
o peso total era de 1.9 gramas. Além disso, verificouse, simultaneamente, que encontravam-se ainda cinco
homens de conduta duvidosa dentro do apartamento,
e durante a busca, dois homens tentaram impedir e
revoltaram-se contra os agentes quando efectuavam
a recolha de provas; seguidamente um deles atiraram
um saco com uma embalagem de droga, ketamina, da
janela abaixo, cujo o peso era de 37.5 gramas. Logo
depois, os agentes do DI encontraram a respectiva
embalagem no 3.° andar, mais precisamente no terraço
e pódio do mesmo edifício.
Os agentes policiais apreenderem, ainda, dentro do
apartamento outras drogas, incluindo: cerca de 9.8
gramas de “ice”, 50.3 gramas de cocaína e 3 gramas
de ketamina, bem como alguns utensílios para a divisão
e embalagem, e, ainda, para o consumo de drogas.
Além disso, na revista ao corpo dos respectivos homens
apreendeu-se anfetamina e haxixe, cujos os pesos eram
respectivamente de 3.5 gramas e 29.7 gramas.
Os supramencionados seis indivíduos foram entregues
por esta Polícia ao órgão judicial sob a acusação dos
crimes de tráfico ilícito de estupefacientes e substâncias
psicótricas, falsificação de documentos, desobidiência,
resistência, coacção e acolhimento; após, foram
transportados ao estabelecimento prisional de Macau
onde aguardam julgamento em prisão preventiva.
32
Comissariado de Inquéritos desmatelou
uma série de casos de burla
Aos 27 de Outubro do ano passado, um homem participou nesta
Polícia e disse que comprou um automóvel ligeiro em segunda
mão, no montante de noventa mil dólares de Hong Kong
(HKD90,000), a um amigo e, após procedido às respectivas
formalidades de transferência de propriedade, o amigo recusoulhe entregar o automóvel e ainda ameaçou-lhe verbalmente.
epois das averiguações desenvolvidas pelos agentes do
Comissariado de Inquéritos, verificou-se que o original
proprietário do automóvel e o queixoso não se conheciam;
e descobriu-se, ainda, que durante uma conversa sobre
empréstimo bancário para a compra de automóvel entre uma
mulher e o referido proprietário, houve furto de dados de
identificação, e após feito a peritagem à caligrafia, esta instigou
o queixoso, que estava endividado dela, a rebocar o automóvel
do presente caso e proceder às formalidades de transferência
de propriedade sem autorização prévia. Posteriormente,
o queixoso vendeu esse automóvel a uma agência de
automóveis, e seguidamente foi queixar-se ao comissariado
policial e participou falsamente que tinha sido ameaçado
pelo proprietário do automóvel, na intenção de provocar-lhe
perturbações com o respectivo procedimento judicial, e desta
forma, forçar-lhe a deixar de restituir a posse do veículo.
Aos 23 de Abril do corrente ano, agentes desta Polícia
interceptaram a referida mulher suspeita, e encontrou-se
uma carta de condução falsificada de outra pessoa no seu
automóvel; foi a partir disto que se descobriu que essa suspeita
já tinha burlado por várias vezes, e essa forma de burlar é
mais conhecida pela burla da venda de “carros espaciais”.
A suspeita coopera outra pessoa (outrem) a “proceder
empréstimo bancário” para a compra de automóvel com
documento falsificado (ou seja, burlar empréstimo do banco); e
depois, a agência de autómoveis compra-lhe seguidamente de
novo o mesmo automóvel com um desconto de 10% ao preço
prévio da venda, e a referida suspeita cobra 10% do preço
do automóvel para si, como taxa cobrada para as respectivas
formalidades, ou seja, remuneração pelo serviço que prestou.
Além disso, após averiguações mais pormenorizadas, verificouse, também, que a suspeita estava envolvida num caso de
furto de quatro medalhas (pendentes) ocorrido previamente
numa loja de venda de medalhas/pendentes de deuses da
Tailândia, situada na Areia Preta, e, ainda, dum outro caso
sobre furto de dados de identificação a um seu amigo. Esta
serviu-se dos dados do amigo para celebrar um contrato de
serviço de telemóvel numa companhia de telefones, para
assim adquirir um telemóvel a um preço especial mais barato;
e depois foi vendê-lo ao centro comercial subterrâneo da
fronteira de Gongbei, tirando partido dos respectivos lucros.
Os supramencionados suspeitos foram acusados por esta
Polícia dos crimes de: simulação de crime, burla, instigação,
falsificação de documento, furto e uso de documento de
identificação alheio, e entregues ao órgão judicial para os
devidos efeitos.
Formação Interna
Tomada
Tomada de
de posse
posse e
e
Promoções
Promoções
Curso de Formação de Instrutores
Nos dias 7 de Maio e 5 de Junho, esta Corporação e
a Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau coorganizaram o “6.° Curso de Formação de Instrutores”,
o qual foi ministrado por vários formadores profissionais,
incluindo: ex-formador de oficiais da Hong Kong Police
Force, treinador físico da delegação de Hong Kong,
fisioterapeuta activo e formador da Associação de
Cardiologia da América. O respectivo curso serve-se de
explicações teóricas e actividades práticas para elevar a
capacidade de expressão dos formandos e estimula-os
a recorrer a um ensino multivariado para a comunicação
com os alunos, de forma a reforçar e elevar as suas
capacidades de ensino profissional, bem como o nível
do corpo docente desta Corporação.
O 2.° Comandante Lai Kam Kun a colocar o crachá ao agente
1.° classificado da classificação final
Tomada de posse
Dia 26 de Maio, na sede da Unidade Táctica de
Intervenção da Polícia (UTIP) do Corpo de Polícia de
Segurança Pública (CPSP), uma cerimónia de tomada
de posse de novos agentes. A cerimónia foi presidida
pelo Exm.º 2.º Comandante do CPSP, Superintendente
Lai Kam Kun, e contou ainda com a presença de
chefias e responsáveis de vários departamentos
desta Corporação, que procederam à imposição das
respectivas divisas aos novos agentes, seguida de
juramento como prontos para servir a RAEM.
Dos 189 instruendos que tomaram a posse do cargo
de agente policial, 41 são do sexo feminino e 148
masculino, entre os quais 2 ingressaram no quadro de
músicos das carreiras de especialistas, e os restantes
no quadro geral da carreira ordinária, distribuídos a
diversos postos e serviços operacionais. Dos agentes
empossados, 76 são licenciados completaram.
Curso de “Técnicas de
Atendimento ao Telefone”
Nos meses de Abril a Junho, esta Corporação organizou
o curso de “Técnicas de Atendimento ao Telefone”,
cujo as respectivas aulas foram ministradas pela
subintendente Lao Wan Seong. Mediante deste curso,
os agentes da linha-de-frente obtiveram conhecimentos
sobre as técnicas básicas e correctas de atendimento
ao público, no intuito evitar eventuais mal-entendimentos
e daí desnecessários conflitos proporcionados pela
incorrecta linguagem, comportamento, aparência física
e gestos dos mesmos durante o exercício das tarefas
quotidianas; além disso, estes serão muito vantajosos e
prestáveis para o serviço posterior.
33
Curso de Intervenção Policial
Durante os meses de Março a Maio, 43 agentes
policiais provinientes das diferentes subunidades desta
Corporação participaram no “16.° Curso de Intervenção
Policial” e, após 8 meses de treinos variados e
rigorosos, os formandos aprenderam: gerir e controlar
multidões, andamento protectivo nas escadas e técnicas
para a entrada no apartamento, ténicas de intervenção
policial, anti-motim, etc., tendo formado, assim, um
novo grupo de agentes profissionais para esta Polícia.
Embora este curso seja bastante duro, mas é desta
forma que se faz estabelecer vontade firme, disciplina e
espírito de equipa aos formandos; além disso, através
de treinos de simulação de manifestações e actividades
de grande escala, fortificou-se a confiança e capacidade
de gestão e resposta destas actividades aos mesmos.
No dia 9 de Maio, realizou-se no pavilhão desportivo
da UTIP a cerimónia de encerramento do referido
curso de intervenção policial, a qual foi presidida pelo
2.° Comandante Lai Kam Kun. Os membros desta
equipa, assim como, outros oficiais e instrutores
da UTIP, estiveram juntos a ver o vídeo sobre os
vários momentos e cenas dos treinos dos fomandos
deste curso, trocaram opiniões, partilharam as suas
experiências e por fim tiraram uma fotografia conjunta.
A cerimónia de encerramento do curso terminou numa
atmosfera solene e alegre.
2.° Comandante Lai Kam Kun e formandos na cerimónia de
distribuição de certificados
Curso de Instrução da Patrulha Especial
Nos meses de Abril a Junho, realizaram-se as
cerimónias de encerramento de três “Cursos de
Instrução da Patrulha Especial (CIPE)” no pavilhão
desportivo da UTIP, onde os formandos exibiram os
seguintes quatro exercícios: “táctica de defesa mútua”,
“aproximação estratégica ao veículo ou pessoa de
conduta duvidosa”, “tratamento de multidão violenta da
rua” e “rápido uso do equipamento de auto-protecção e
tratamento de violência doméstica grave”.
A “Equipa de Patrulha Especial” desta Corporação
responsabiliza-se principalmente pelo tratamento e
resposta de incidentes policiais emergentes ocorridos
durante o desenvolvimento das tarefas policiais diárias,
tais como: tratamento de incidentes graves como
casos de assalto à mão armada e agressão colectiva
e com armas, realização de arrombamentos de portão,
tratamento de indivíduos terroristas, realização de
buscas em edifício e instalação de operações de “STOP”
em ocorrência de incidentes extremamente perigoros e
prejudiciais, etc., entre várias outras tarefas que exigem
uma resposta rápida e profissional. Além disso, a “Equipa
de Patrulha Especial” está formada para responder
a grandes catátrofes ou calamidades, por exemplo:
desmoronamentos de edifício ou graves acidentes de
viação, manutenção da ordem em actividades públicas
de grande dimensão e, simultanemente, reforçar a
flexibilidade de patrulha com veículos motorizados.
O “4.° Curso de Instrução da Patrulha Especial”
concluir-se-á no mês de Julho também, e o respectivo
número de formandos é de 70. Relativamente à
criação e treinamento de uma equipa de agentes de
patrulhamento com veículo, dotada de alta flexibilidade
e formada profissionalmente, o 2.° Comandante Lai Kam
Kun manifestou o seu reconhecimento e tem grandes
esperanças para a mesma. A partir do dia 4 de Agosto,
a “Equipa de Patrulha Especial” começa a participar, em
vigor, na prestação de serviços.
34
Impressão dos formandos
Ⅰ Relembrando-se da primeira vez que soube que se podia
inscrever no curso de formação, fiquei entusiasmado mas
simultaneamente desiludido, porque na dada altura estava de
férias, de viagem no estrangeiro, e já tinha terminado o prazo de
incrição. Porém, tive sorte, ainda, porque na inscrição da segunda
vez fui escolhido.
Segundo o que eu penso, a Equipa de Patrulha Especial
é uma força policial profissional, unida e de alta eficiência.
Após uma formação rigorosa de duas semanas, é que me
apercebi, realmente, a importância da colaboração na equipa;
esta experiência de formação num ambiente real e sob a
instrução atenciosa dos instrutores, levou-nos, os formandos,
a concentrarmo-nos imenso. No ambiente real pode surgir
multivariadas situações, daí que cada membro da equipa tem
o seu próprio lugar e papel que desempenha, e isto é muito
importante.
Para além dos treinos relacionados com a colaboração
na equipa, temos ainda vários outros treinos técnicos e são
muito úteis para o nosso trabalho; várias dessas técnicas nunca
contactamos em antes e as que me marcaram mais foram: a
posição de segurar a pistola e apontar com esta ao alvo de dois
olhos abertos, socorrer pessoas dentro de água, controlar e
dominar suspeitos, etc., todas estas são muito prestáveis.
Por fim, concluo que esta nossa formação foi dura e bastante
cansativa, apanhamos muito sol e transpiramos imenso, mas
todos nós apercebemos que obtivemos em troca: conhecimentos,
técnicas, auto-satisfação, alegria e amizade, pelo que compensa
e vale mesmo a pena. Espero que no futuro haja mais horas
de treinos, para que possamos treinar mais e melhorar-nos,
ganhando assim boa prática para servirmos bem e lindamente os
conhecimentos e técnicas que nos foram ensinados.
Ⅱ O tempo corre mesmo muito rápido, foi num instante que
se terminou este nosso curso. Desde que participei no curso de
instrução da Equipa de Patrulha Especial, um curso baseado
numa formação operacional, passei por bons e maus momentos,
pois, o curso era realmente duro, mas também aprendi muito. O
pior ou o mais cansativo para mim foi efectuar treinos debaixo
do sol ardente e, ainda, equipado com colete à prova de bala
e capacete, porque nestes treinos deitei, assim como os meus
colegas deitaram também, duas vezes o dobro ou mais suor do
que normalmente costumamos deitar nos treinos normais, quase
nem conseguíamos respirar, e isto só vivido pessoalmente é que
se sabe, quem está fora disto não consegue imaginar tal situação.
E o mais inesquecível para mim foi andar na montanha com
o equipamento completo, esta actividade não efectuamos no
nosso quotidiano, mas através desta aprendemos a ajudar uns aos
outros, estabelecer a união na equipa e concluir a actividade com
sucesso. Este curso ensinou-nos muitos conhecimentos novos,
contactamos com muitas situações e coisas novas, parecíamos
que estavamos a aprender a partir do princípio, a começar do
zero, devagarinho e de passo em passo; e, no final, tudo o que
aprendemos fica para nós próprios, estes conhecimentos vão nos
fazer uso concerteza no desempenho das nossas tarefas do futuro.
Espero que daí a diante, haja mais oportunidades de frequentar
em cursos deste género, para que possamos progredir ainda mais.
Ⅱ O tempo voa, o “Curso de Instrução da Patrulha Especial”
de duração de 17 dias já está prestes a terminar. Guardo muitas
memórias deste curso, e há vários acontecimentos e situações
que presenciei durante a decorrência do mesmo, parecem que
acabaram de acontecer agora mesmo. Lembro-me muito bem
que ao princípio nós os formandos não nos conhecíamos, mas
após desta dura e cansativa formação, ganhamos confiança e
entendimento táctico, conhecemos a especialidade e caractér ou
feitio de cada membro da equipa. E eu acho que se houver um
bom entendimento táctico entre os membros da equipa, é muito
vantajoso para os trabalhos posteriores.
O mais inesquecível para mim foram os exercícios físicos
desenvolvidos na montanha, carregamos equipamentos muito
pesados e debaixo de sol forte mais do que duas horas, e
conseguimos aguentar até ao fim, só porque estimulávamos
entre os membros uns aos outros constantemente, e foi assim que
concluimos com sucesso essa nossa missão. O que aprendemos
no curso, talvez haja menos oportunidades de serem aplicados
nos nossos serviços do dia-a-dia, no entanto, são muito úteis em
situações emergentes. O que é pena é que a duração do curso é
demasiada curta, e espero que no futuro possamos receber mais
formação, de forma a obter mais e melhores conhecimentos e
desenvolver exercícios complementares e mais actualizados.
No futuro vamos continuar a desenvolver o espírito de
equipa, ultrapassar uma a uma as dificuldades que nos surgirem,
e concluir as missões que nos forem atribuídas, para demonstrar o
destacável espírito da Equipa de Patrulha Especial aos cidadãos.
35
Louvor e elogio
Elogio à Divisão Policial do Aeroporto
Aos 30 de Abril, a CAM - Sociedade do Aeroporto
Internacional de Macau, S.A.R.L. elogiou publicamente
a Divisão Policial do Aeroporto, pelo esforço contribuído
para a garantia da segurança no Aeroporto Internacional
de Macau e dentro dos aviões ao longo destes 19
anos passados. Além disso, nos últimos anos, a sua
alta eficiência no combate dos crimes de furto no avião
e armas proibidas é particularmente reconhecida por
várias partes. A cerimónia desse dia foi presidida pelo
Presidente da Comissão Executiva do Aeroporto,
Dr. Deng Jun, e contou-se com a presença do
grupo representativo dessa Divisão, composta pelos
oficiais dessa subunidade, e, ainda, guiada pelo 2.°
Comandante Lai Kam Kun desta Polícia.
2.° Comandante Lai Kam Kun (3.° à direita) guia os
agentes para a participação da cerimónia
O comissário Tai Peng Fong a receber
o certificado de apreciação, em
representação da sua Divisão
Convidados da cerimónia
36
Elogio de uma turista aos agentes do Comissariado Policial N.° 3
(Tradução)
Carta de agradecimento
Exm.os Oficiais de Macau,
Eu sou XXX, vim da cidade de Shangqiu da província de Henan, sou aquela
jovem que extraviou a carteira no Casino XXX.
No dia 24 de Janeiro de 2014, cerca das 03H00 horas, deixei cair a minha
carteira quando saía do casino com pressa, e quando dei pela falta desta, voltei ao
local só que já não a consegui encontrar, muito provavelmente ter sido apanhada
e levada já por alguém; nessa dada altura fiquei muito aflita e com medo, uma
vez que tinha todos os meus documentos lá dentro, e simultaneamente pensei que
já ía perdê-la de vez. Seguidamente foi apresentar queixa à Polícia e nunca pensei
que os agentes policiais íam dar tanta importância para o meu caso.
Macau deve tem muito orgulho com oficiais e agentes policiais como vocês.
Eu como vítima do caso, queria muito agradecer aos agentes policiais que se
deslocaram ao local para me ajudar, nomeadamente, o subchefe n.° 257921 e
os guardas n.os 302091, 214101 e 238101. Graças à vossa acção e inteligência é
que a minha perda foi recuperada, e estou crente que é com a dedicação e suor
dos vossos agentes, que se estabelece a estável segurança em Macau. Agradeço,
aqui, mais uma vez aos oficiais de Macau, e queria manifestar meus sinceros
agradecimentos também, particularmente para o subchefe n.° 257921 e guardas
n.os 302091, 214101 e 238101, e, ainda, prestar a minha continência ao Corpo
de Polícia de Segurança Pública de Macau por ter formado bons oficiais para
Macau!
Com os melhores cumprimentos!
Cidade de Shangqiu da província de Henan, ao 1 de Abril de 2014 (Terça-feira)
P.S.: Lembrarei disto para sempre. A presente carta de agradecimento
atrasou-se um bocadinho a chegar, uma vez que estive mesmo muito ocupada.
37
Cidadão manifesta o seu agradecimento a um agente de trânsito
(Tradução)
Exm.° Sr. Chefe do Departamento de Trânsito
Eu sou XXX, portador do bilhete de identidade n.° XXX,
o respectivo indivíduo que sofreu uma fractura na mão direita,
provocado pelo encosto de um veículo pesado, num acidente de
viação ocorrido junto do reservatório no dia 11 de Março. Tive sorte,
porque seguidamente ao acidente passou um agente de trânsito no
local (agente n.° 223120), o qual levantou-me imediatamente do chão,
retirou o seu casaco para me tapar, limpou o suor da minha cara,
prestou-me apoio e assegurou na minha mão direita fracturada, e logo
de seguida chamou a ambulância. Estas imagens estão ainda todas
presentes nos meus olhos e ficarão para sempre no meu coração. Sou
um idoso já de bastante idade, quase 70 anos, e por isso sinto muito
com isto. Desejava manifestar aqui os meus sinceros e especiais
agradecimentos a este jovem e bom agente de Macau.
Muito obrigado!
O residente permanente da RAEM
05/04/2014
38
Oferta de galhardete por parte da Associação
dos Condónimos do Edifício Jardim Hoi Keng
ao Departamento de Informações
Entrega do galhardete ao representante desta
Polícia, 2.° Comandante Mui San Meng
No dia 16 de Maio, representantes da Associação
dos Condónimos do Edifício Jardim Hoi Keng e
responsáveis da Comissão do Trabalho Predial e do
Centro de Recursos de Administração de Edifícios da
UGAMM, visitaram e ofereceram um galhardete a esta
Corporação, como forma de elogio à nossa subunidade,
o Departamento de Informações, pela rápida resolução
de vários casos de furto ocorridos previamente
em complexos habitacionais, bem como forma de
manifestação de apoio, apreciação e também elogio a
esta Polícia pelo esforço contribuído nos trabalhos de
prevenção e combate de crimes.
39
Elogios ao Comissariado de Inquéritos
(Tradução)
Entrega do galhardete ao representante da Polícia,
Comissário Un Kim Fong (3.° à direita)
Exm.° Sr. Comandante
Em primeiro lugar queríamos enviar os nossos cumprimentos,
bem como manifestar os nossos sinceros agradecimentos à V. Ex.ª,
pela atenção prestada acerca do problema de segurança dos turistas
da China continental na RAEM. Mediante do presente caso, tivemos a
oportunidade de conhecer pessoalmente a dedicação desta Polícia para
a população.
Às 21 horas do dia 6 fomos participar à vossa Polícia, cerca
de uma hora depois os vossos agentes já tinham detido o suspeito,
e apenas num espaço de tempo de dez horas, estes resolveram o
caso, recuperaram e devolveram-nos todos os valores que nos foram
roubados. No presente caso, os agentes Chan Fok Fun, Sam Kin Fong e
Fung Ka Hou dedicaram-se muito e trataram-nos amigavelmente, além
disso, resolveram o caso rapidamente; a partir deste, conhecemos o
serviço com integridade e imparcialidade, dignidade e alta eficiência
da Polícia de Macau, o que proporciona uma boa imagem para os
turistas do continente. Por fim, queríamos agradecer mais uma vez
à V. Ex.ª e aos referidos agentes, pela atenção e apoio que nos foram
prestados.
40
Com os melhores cumprimentos.
Desporto
Desporto e
e Competições
Competições
Taça Desportiva das FSM 2014
O CPSP organizou equipas representativas e vários atletas para participarem nas várias competições da Taça Desportiva das
FSM, desenvolvidas durante os meses de Maio e Junho. Eis, a seguir o resultado final:
Triatlo
(Natação, Corrida e Tiro)
Masculino
Feminino
3.º lugar
Subintendente Kwan Kai Veng
1.º lugar
Guarda Ng Un Ian
2.º lugar
Guarda Cheok Sio Leng
Atletismo
100M
2.º lugar
200M
1.º lugar
Masculino 1500M
3.º lugar
Guarda Cheong Chi Fai
Subcomissário
Lei Hang Chi
(Equipa A) Salto em
comprimento 3.º lugar
Guarda Chong Kit Chan
Arremesso
3.º lugar
de peso
Masculino 100M
3.º lugar
(Equipa B) 200M
3.º lugar
Tiro
Por equipas
PPC600
Masculino
Individual
PPC600
Feminino
Individual
IPSC
Masculino
Individual
100M
1.º lugar Guarda Cheong Im Wa
800M
1.º lugar Guarda Ng Un Ian
1.º lugar Equipa A do CPSP
1.º lugar Guarda Chao Fong Leng
2.º lugar Guarda Leong Wai Tak
3.º lugar Guarda Prin. Chan Kai Kai
2.º lugar Guarda Sin Sou Lai
1.º lugar Guarda Prin. Chan Kai Kai
Guarda Chan Iek Mon
1500M
Feminino
2.º lugar Guarda Chan Pou I
3.º lugar
Guarda Ng Un Ian
1.º lugar
Salto em
comprimento 2.º lugar Guarda Iao Mei Leng
4X100M
1.º lugar
3.º lugar
CPSP
Basquetebol
1.º lugar
CPSP
A equipa representativa de tiro ganhou o 1.° lugar
na competição por equipas
41
Ténis
Masculino
3.º lugar Comissário Wong Heng Fan
Singular (Sénior)
Feminino
Singular (Open)
Pares do Grupo
Único
1.º lugar Guarda Tong Iok I
2.º lugar Guarda Che Pui Man
Comissário Wong Heng Fan,
Guarda Tong Iok I
Guarda Chio Chi Fai,
3.º lugar
Gu Jing hua
2.º lugar
Natação
50M (livre)
1.º lugar Guarda Sio Ka Kun
50M (de bruços)
2.º lugar
50M (de costas)
3.º lugar Guarda Chan Kio Hei
Guarda Prin.
Cheung Chi Meng
100M (de bruços) 3.º lugar Guarda Sio Ka Kun
Masculino
Guarda Prin.
Cheung Chi Meng,
1.º lugar Lai Weng Hang,
Por equipas,
Guarda Lou Keng Ip,
revezamento 4x50
Sio Ka Kun
e revezamento
Chefe Iong Veng Fu,
livre
Guarda Chan Kio Hei,
3.º lugar
Lam Si Kit,
Wong Man Chon
50M (mariposa)
Feminino 50M (livre)
1.º lugar Guarda Lam Sin I
3.º lugar
50M (de bruços)
3.º lugar
GuardaCheok Sio Leng
O 2. ° Comandante Lai Kam Kun e a equipa
representativa de ténis
Ténis de mesa
Masculino
1.º lugar CPSP
por equipas
Chefe Wong Wai On,
1.º lugar
Guarda Ng Ka Hou
Masculino
Subintendente Ku Keng Hin,
2.º lugar
Par
Guarda Prin. Leng Sio Hong
Subchefe Ian Heng Fun
3.º lugar
Guarda Prin. Cheong I Fu
1.º lugar Guarda Ng Ka Hou
Masculino
Singular
2.º lugar Guarda Prin. Cheong I Fu
3.º lugar Subchefe Ian Heng Fun
4.º lugar Guarda Prin. Kuong Wai Meng
1.º lugar Guarda Wong Choi Chi
Feminino
Singular
2.º lugar Guarda U Siu Mei
3.º lugar Subchefe Ieong Pou Chu
4.º lugar Guarda Tam Sut Fei
Feminino par de Badminton
Ténis de mesa
Feminino Singular 1.º lugar
Feminino Par
42
1.º lugar
Guarda Mak Ka Lei
Guarda Mak Ka Lei,
Lai Man I
A equipa representativa de ténis de mesa ganhou o
1.° lugar na competição por equipas
Campeonato de Ténis de Mesa dos
Serviços de Segurança Pública da China
Entre os dias 6 e 11 de Junho, as Forças de Segurança
de Macau enviou um grupo de agentes para participar
no “5.° Campeonato de Ténis de Mesa dos Serviços
de Segurança Pública da China”, o qual se realizou
na cidade Qinhuangdao da província de Hebei. O
campeonato deste ano marcou record no número
de participantes, tendo contado com a participação
de mais de 500 pessoas. Após vários esforços
contribuídos ao longo destes dias de campeonato
pelo nosso grupo e, ainda, acompanhado sempre
do espírito desportivo de contribuir o seu melhor,
obtivemos o seguinte brilhante resultado: 3.° lugar no
campeonato por equipas - agrupamento de oficiais, 5.°
e 9.° lugares no campeonato singular - agrupamento
de oficiais.
Competição Interna de Basquetebol
Realizou-se, durante os meses de Abril e Junho,
a competição de basquetebol interna no pavilhão
desportivo do Serviço de Migração, na qual
participaram 6 equipas formadas por elementos de
várias subunidades desta Corporação. Tendo como
resultado final :
Membros da delegação
1.º lugar
Departamento de Trânsito
2.º lugar
Unidade Táctica de Intervenção da Polícia
3.º lugar
Departamento Polícial das Ilhas
4.º lugar
Comissariado Polícial n.° 2
Ku Keng Hin Subintendente (o da esquerda)
Fotografia conjunta das equipas premiadas e distribuidores de prémios do torneio
43
Actividades Recreativas
Campeonato Interno de Ténis de Mesa
No período de 17 de Março a 10 de Abril, realizouse o campeonato interno de ténis de mesa na sala
de desporto do edifício do Serviço de Migração, no
qual contou-se com a participação de 6 equipas
oriundos de diferentes subunidades desta Corporação,
designadamente, do Departamento de Trânsito,
Departamento Polícial das Ilhas, Divisão de Apoio e
Serviços, Escola de Polícia, Comissariado Polícial n.° 1
e n.° 2. O resultado final do campeonato foi o seguinte:
1.º lugar
Por equipas
Individual
2.º lugar
Departamento Polícial das
Ilhas equipe A
Departamento Polícial das
Ilhas equipe B
3.º lugar
Divisão de Apoio e Serviços
4.º lugar
Comissariado Polícial n.° 2
1.º lugar
Guarda Chan Chon Kun
2.º lugar
Guarda Fong Un Tak
3.º lugar
Guarda Ng Wai Man
Elementos da Banda de Música que participam
no concerto
Exibição da Banda de Música do CPSP
Nos meses de Abril a Junho, a Banda de Música do
CPSP actuou no Jardim de Infância Luso-Chinês
“Girassol”, Escola Caritas de Macau, Escola Hou Kong
(Primária) e Colégio Perpéctuo Socorro Chan Sui Ki,
onde tiveram um contacto de perto com os estudantes
e divulgaram a imagem amigável desta Polícia. Além
disso, nos dias 18 de Abril e 2 de Maio, a Banda de
Música do CPSP participou respectivamente, na
“Procissão do Nosso Senhor Bom Jesus dos Passos”
realizada na Sé Cadedral, e no concerto de abertura
do “25.° Festival de Artes de Macau” que teve lugar
na Praça de Tap Seac. Estas duas actuações atraíram
muitas pessoas a aglomeraram-se no local para
a apreciação das bonitas músicas que tocavam,
tendo contribuído assim, muita animação e alegria à
atmosfera das respectivas actividades.
O DPI ganhou o 1.° e o 2.° lugar do respectivo
campeonato por equipas
A Banda de Música na procissão
44
Estação de
reabastecimento
espiritual
Abstenção tabágica por meio de hipnoterapia
Hoje em dia, com o desenvolvimento acelerado da
nossa sociedade, a pressão de trabalho e os encargos
da vida estão cada vez maiores, pelo que cada um tem
seus métodos para se aliviar da pressão em que vive,
tais como, desporto, conversa, pesca, dormir, ioga,
leitura, e entre outros, os quais são métodos positivos
para a redução de pressão. Porém, há também pessoas
que recorrem a métodos considerados negativos,
nomeadamente, tabaco, jogos de fortuna ou azar, álcool
ou jogos online. Contudo, um modo de vida inadequado
durante longo tempo, leva a pessoa a um estado de
saúde sub-óptimo.
Já quanto ao hábito tabágico, muitas pessoas
fumam a pretexto de “ter muita pressão e querer
cigarros”. No entanto, com o tabaco nunca pode
a pessoa aliviar efectivamente a pressão sentida,
muito pelo contrário, sofre uma grave consequência
– vício do tabaco. Actualmente, há 1100 milhões de
fumadores em todo o mundo. Segundo as estatísticas
da Organização Mundial de Saúde, no século XX, houve
aproximadamente 100 milhões de pessoas que morreram
por tabagismo. Agora, a epidemia do tabagismo causa
anualmente 5,4 milhões de mortos.
Actualmente, existe uma variedade de métodos
para abstenção tabágica, a título de exemplo, o novo
medicamento anti-tabágico Champix, hipnoterapia,
acupunctura, pastilha elástica de nicotina, exercício da
força de vontade, tratamento anti-tabágico de laser,
cigarro electrónico e assistência em grupo, entre os quais
o mais eficaz é o medicamento anti-tabágico (40%), ao
qual segue a hipnoterapia (30%), acupunctura (24%),
pastilha elástica de nicotina (10%), exercício da força
de vontade e assistência em grupo (6%), entre outros.
Excepto hipnoterapia, exercício da força de vontade e
assistência em grupo, todos os outros métodos exigem
o consumo de medicamentos, a sujeição a terapias
traumáticas ou o uso de substitutos de nicotina.
A s e g u i r, o p e s s o a l d e a s s i s t ê n c i a e n s i n a
como é que a auto-hipnose ajuda a deixar de fumar,
exemplificando com um caso real: numa manhã de sol,
um agente das Forças de Segurança Pública (adiante
designado por A) dirigiu-se à sala de assistência, e pediu
apoio do pessoal de assistência para o ajudar a parar de
Psicólogo: Tsang Kin Man (Calvin)
fumar. Segundo a conversa, A já fumou há 11 anos e, nos
últimos meses, o agente tinha discutido frequentemente
com os familiares por causa do seu hábito tabágico, o
que lhe causou grande agitação emocional, afectando
assim o seu desempenho no trabalho, razão pela qual
veio pedir assistência psicológica. Depois de o pessoal de
assistência ter compreendido bem a razão da discussão,
foi constatado que a esposa de A estava grávida, na
altura, há mais de 4 meses e o fumo passivo fazia muito
mal à sua saúda e a do feto, pelo que, o agente decidiu
deixar de fumar. Contudo, mesmo com 3 tentativas, não
conseguiu deixar de fumar por ser muito fraca a sua força
de vontade, pretendendo portanto abster-se de fumar
com sucesso com o apoio do pessoal de assistência.
Avaliado o motivo de A, o pessoal de assistência achou
que a hipnoterapia podia contribuir para o reforço da
motivação e determinação de A, sugerindo-lhe que
aprendesse a auto-hipnose. Na fase inicial, ensinoulhe uma maneira mais simples para relaxar a si mesmo.
Primeiro, escolha uma posição de assento confortável,
fazendo todos os músculos relaxarem gradualmente,
fechando os olhos ou fixando os olhos num ponto
único (ex: o pico da caneta), concentrando-se na sua
respiração, inspirando pelo nariz e expirando pela boca.
Repetido o exercício várias vezes, escute com atenção
o som ao respirar e deixe-se acalmar, logo conseguindo
entrar no estado hipnótico. Deve ser repetido o exercício
2 a 3 vezes por dia e cerca de meia hora em cada vez.
Além disso, também pode utilizar outra forma, isto é,
relaxe cada músculo desde o couro cabeludo até ao
membro inferior e induza a si mesmo no estado hipnótico.
Depois de entrar no estado aparvalhado e hipnótico,
pode insinuar a si mesmo dizendo as seguintes frases:
1) Para mim, quando fumo, estou a inspirar gás
tóxico, dando assim origem a todas as doenças;
2) Sendo a minha vida muito fantástica, tenho
que a apreciar, proteger a minha saúde, obter
grande sucesso na carreira profissional e tomar
conta dos familiares;
3) O cigarro prejudica os meus nervos, memória e
economia, por isso detesto fumar;
4) O fumo passivo, que a minha mulher inspira,
prejudica o desenvolvimento saudável do feto;
45
5) O meu filho orgulha-se muito de ter um pai que
consegue abandonar o cigarro.
Para reforçar o efeito da hipnoterapia, propôsse a A que quando deitado em cama e antes de
adormecer, fizesse exercícios da auto-hipnose, dizendo
as seguintes frases à medida que fosse diminuído o
consumo de cigarro:
1) Hoje, tendo consumido apenas um maço de
cigarros, sinto-me ainda muito confortável
e cómodo. Amanhã, mesmo com apenas
10 cigarros, também vou sentir-me muito
confortável e cómodo;
2) Hoje, tendo consumido apenas 10 cigarros,
sinto-me ainda muito confortável e cómodo.
Amanhã, mesmo com apenas 5 cigarros,
também vou sentir-me muito confortável e
cómodo;
3) Hoje, não tendo fumado, sinto-me ainda muito
confortável e cómodo.
Depois de a aplicação destas técnicas tornar-se
estável, a hipnoterapia começou a entrar na sua fase
intermédia, na qual o pessoal de assistência ensinou
a A o método da auto-imaginação. A auto-imaginação
fazia-se em estado de relaxamento com a consciência
imaginária, isto é, A imaginava que ele estava a fumar e
transformava-se logo em gás tóxico de nicotina, o qual
entrava na sua cavidade oral e saia pelo nariz. Antes de
ser expirado pelo nariz, o gás passava por órgãos do
seu corpo, nomeadamente pela cavidade oral, esófago,
brônquio e pulmões. A nicotina como altamente volátil, é
fácil de ser diluída no sangue e permanecer em órgãos,
fazendo, assim, penetrar gradualmente a toxina nos
principais órgãos do corpo humano através do sangue.
Imaginava ainda que depois de consumir um maço de
cigarros, os pulmões ficavam imediatamente enegrecidos,
fediam e sofriam declínio funcional, por consequência,
havendo lugar alguns sintomas, nomeadamente, a tosse,
a dor de cabeça e a vertigem (relativamente a esta parte,
A já assistiu, antes, ao vídeo em que os pulmões suínos
foram alvo de um teste de tabaqueação). Depois de
todo este processo, A verificava que ele estava com um
rosto prematuramente enrugado e envelhecido, tosse
com anelação e muita fleuma, dedos amarelados e
dentes enegrecidos, bem como sofria de asma e ataque
cardíaco, acabando por ser afastado da sua mulher e
46
filhos e viver solitário. Aproveitando estes cenários imaginários
para criar psicologicamente antipatia com o cigarro, A veio assim
a consolidar a sua convicção da abstenção tabágica.
Com vista a reforçar e manter o efeito da abstenção
tabágica, a última fase é sempre guiada pelo pessoal de
assistência que procede a uma hipnose profunda (é de salientar
que é um estado de semiacordado e semiadormecido) com
efeitos imediatos para pessoas facilmente hipnotizadas. Durante a
hipnose profunda, o pessoal de assistência insinua directamente
ao fumador o seguinte: “o cigarro é prejudicial e aborrece outrem”
ou “se voltar a fumar depois da hipnose, vai sentir um cheiro
de queimado, tontura e vertigem”, etc. Em geral, este método
de insinuação dá logo efeito. Para as pessoas difíceis de se
submeter a um estado hipnótico profundo, podem recorrer
ao supracitado método de auto-imaginação para alcançar os
objectivos da abstenção tabágica.
O Caso de A é um caso real da abstenção tabágica. Importa
salientar que a hipnoterapia se faz de acordo com os objectivos
pessoais da abstenção tabágica, pelo que as frases de insinuação
utilizadas durante a hipnose variam de pessoa para pessoa. A
abstenção tabágica deve basear-se, portante, nos objectivos
próprios do fumador, que tem que estabelecer para si mesmo
mensagens positivas e fundamentos que o incentivem a deixar
de fumar com sucesso. Por outro lado, independentemente dos
métodos para abstenção tabágica que adoptamos, a possibilidade
de voltar a fumar diminui com o decurso do tempo e o aumento
da nossa força de vontade, pelo que devemos, em alguns sítios
ou situações (tais como: nos tempos livres, felizes ou tristes,
antes de nos levantar ou de nos deitar, em casa de banho,
quando conversamos ou jogamos às cartas com amigos, quando
enfrentamos pressão e nos encontramos impacientes, quando
bebemos vinhos e nos divertimos com amigos ou colegas),
lembrar-nos repetidamente de fazer o melhor para reduzir o
contacto com o cigarro, diminuindo assim a possibilidade de voltar
a fumar, assim como mantendo uma vida boa e saudável.
Psicólogo: Tsang Kin Man (Calvin)
Telefone de contacto: 87997691
Correio electrónico: [email protected]
Horário de serviço:
de 2.ª a 4.ª feira: das 09H00 às 13H00 e,
das 14H30 às 17H45
5.ª feira: das 11H00 às 13H00 e,
das 14H30 às 19H45
6.ª feira: das 09H00 às 13H00 e,
das 14H30 às 17H30
Carta de Qualidade
Situação de tratamento de sugestões, queixas e reslamações
47
48
49
Autorização de entrada e
permanência
Formalidades de entrada e
saída
Tratamento do extravio de
documentos que os não residentes
usavam quando entraram na RAEM
Prorrogação da "Autorização de
Permanência"
Título de Identificação de
Trabalhador Não-Residente
"Autorização Especial de
Permanência" para Agregado
Familiar do Trabalhador NãoResidente
"Autorização Especial de
Permanência" para Estudantes do
Exterior
1
2
3
4
5
6
7
Tipos de Serviço
2 dias úteis
3 dias úteis
Pedido de "Certidão comprovativa de que os documentos são cópias
extraídas do processo do requerente"
Pedido de “Certidão emitida de acordo com informação constante no
processo”
21
22
2 horas
3 dias úteis
Pedido de "Certidão emitida de acordo com informação constante no
processo"
19
20 Pedido de “Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente”
2 dias úteis
Pedido de “Certidão comprovativa de que os documentos são cópias
extraídas do processo do requerente”
2 horas
18
17 Pedido de “Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente”
30 minutos
3 dias úteis
Pedido de “Certidão emitida de acordo com informação constante no
processo”
15
16 Cancelamento
2 dias úteis
Pedido de "Certidão comprovativa de que os documentos são cópias extraídas
do processo do requerente"
14
2 horas
3 dias úteis
Pedido de "Certidão emitida de acordo com informação constante no
12
processo"
13 Pedido de “Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente”
2 dias úteis
2 horas
Pedido de "Certidão comprovativa de que os documentos são cópias
extraídas do processo do requerente"
11
10 Pedido de “Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente”
1 dia útil
4 dias úteis
Pedido de “Certidão de registo individual de movimentos fronteiriços”
7
Situações de âmbito geral (não superior a 90 dias)
28 minutos
Reposição de entrada / rectificação da “Autorização de Permanência” para
não residentes
6
9
30 minutos
Formalidades de entrada para residentes de Macau que extraviaram os seus
documentos no estrangeiro
5
3 horas
10 segundos
Formalidades de verificação de documentos nas saídas / entradas para
residentes de Macau (Canal de controlo não-automático)
4
Emissão de “Declaração de Extravio de Documentos” para residentes da
RAEHK
3 dias úteis
Pedido de "Certidão emitida de acordo com informação constante no
processo"
3
8
2 dias úteis
2 horas
Pedido de “Certidão comprovativa de que os documentos são cópias extraídas
do processo do requerente”
Pedido de "Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente"
2
1
Indicadores da qualidade
98%
98%
99%
98%
98%
99%
98%
98%
98%
99%
98%
99%
99%
98%
98%
90%
98%
99%
90%
98%
98%
99%
Taxa de
satisfação dos
objectivos
previamente
definidos
(Nota 1)
--(0%)
Serviço de Migração
Comissariado de
Estrangeiros
Serviço de Migração
Comissariado de
Trabalhadores NãoResidentes
Serviço de Migração
Comissariado de
Estrangeiros
0
(0%)
0
(0%)
1
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
48
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
510
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
1
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
681
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
520
(100%)
Serviço de Migração
Secção de Estatísticas
0
(0%)
0
(0%)
118
(100%)
2
(100%)
344
(100%)
(Nota 5)
--(100%)
(Nota 5)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
Serviço de Migração
Comissariado de
Investigação
Serviço de Migração
Postos Fronteiriços
Serviço de Migração
Comissariado de
Estrangeiros
Subunidades
Serviços ordinários
N.° de
N.° de serviços
serviços que
que não
corresponderam
corresponderam
aos critérios
aos critérios
(Taxa)
(Taxa)
2o Trimestre do ano 2014
Situação de Implementação da Carta de Qualidade
1
0
0
0
0
0
48
510
1
0
0
0
0
681
118
520
2
344
---
0
0
0
Total
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
---
0
0
0
(Nota 2)
Total de
casos
irregulares
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
(Nota 3)
Total de pedidos
examinados que
até à data não
fizeram a entrega
de documentos
necessários
1
0
0
0
0
0
48
510
1
0
0
0
0
681
118
520
2
344
5,062,369
0
0
0
(Nota4)
Total de
pedidos
"Autorização Especial de
Permanência" para Interessados
com pedidos de Autorização de
Residência
9
Documento especial para deslocar
11
à RAEHK
Título Especial de
10
Permanência
Autorização de Residência
8
Tipos de Serviço
2 horas
3 horas
2 dias úteis
3 dias úteis
35 minutos
27 Pedido de “Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente”
Pedido de “Certidão comprovativa de que as impressões digitais foram
recolhidas do requerente”
Pedido de “Certidão comprovativa de que os documentos são cópias
extraídas do processo do requerente”
28
29
Pedido de “Certidão emitida de acordo com informação constante no
30
processo”
31 Pedido
2 dias úteis
3 dias úteis
Pedido de "Certidão comprovativa de que os documentos são cópias
extraídas do processo do requerente"
Pedido de “Certidão emitida de acordo com informação constante no
processo”
43
44
42 Pedido de “Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente”
2 horas
98%
99%
99%
98%
até às 16H00 do
dia útil imediato
41 Pedido
98%
3 dias úteis
Pedido de “Certidão emitida de acordo com informação constante no
processo”
40
98%
2 dias úteis
Pedido de “Certidão comprovativa de que os documentos são cópias
extraídas do processo do requerente”
99%
98%
99%
98%
98%
99%
95%
95%
98%
98%
99%
99%
99%
39
2 horas
5 dias úteis
37 Emissão de 2ª via
38 Pedido de "Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente"
7 dias úteis
36 Renovação
3 dias úteis
9 dias úteis
Pedido de "Certidão emitida de acordo com informação constante no
processo"
2 horas
35 Pedido
34
33 Pedido de "Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente"
32 Renovação
35 minutos
até às 13H00 do
dia útil imediato
26
Emissão de 2ª via da “Guia de Autorização de Residência / Renovação da
Autorização de Residência”
1 dias úteis
98%
99%
25 Emissão de 2ª via do "Certificado de Residência"
5 dias úteis
99%
Pedido de "Autorização de Residência" de titulares de "Salvo-Conduto
Singular da R.P.C." (incluíndo filhos de maior idade)
Pedido de “Autorização de Residência” de titulares de “Salvo-Conduto Singular
até às 14H00 do
24 da R.P.C.” e que satisfaçam numa fase inicial as condições gerais do estatuto
dia útil imediato
de residente permanente
23
Indicadores da qualidade
Taxa de
satisfação dos
objectivos
previamente
definidos
Serviço de Migração
Comissariado de
Residentes
Serviço de Migração
Comissariado de
Trabalhadores NãoResidentes
Serviço de Migração
Comissariado de
Estrangeiros
Comissariado de
Residentes
Serviço de Migração
Comissariado de
Estrangeiros
Serviço de Migração
Comissariado de
Residentes
Subunidades
0
(0%)
0
(0%)
4
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
1
(100%)
3
(100%)
0
(0%)
3
(2.31%)
127
(97.69%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
112
(100%)
1
(0.57%)
173
(99.43%)
0
(0%)
0
(0%)
199
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
1
(5%)
17
(100%)
19
(95%)
0
(0%)
0
(0%)
7
(100%)
7
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
1
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
57
(100%)
603
(100%)
(Nota 1)
Serviços ordinários
N.° de
N.° de serviços
serviços que
que não
corresponderam
corresponderam
aos critérios
aos critérios
(Taxa)
(Taxa)
0
0
0
1
3
0
0
4
130
112
0
0
174
199
17
20
7
7
1
0
57
603
Total
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
4
1
0
0
0
0
0
0
0
21
(Nota 2)
Total de
casos
irregulares
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
77
(Nota 3)
Total de pedidos
examinados que
até à data não
fizeram a entrega
de documentos
necessários
0
0
0
1
3
0
0
4
130
112
0
0
178
200
17
20
7
7
1
0
57
701
(Nota4)
Total de
pedidos
Pedido de "Certidão emitida de acordo com informação constante no
processo"
52 Registo
Registo de cartas de condução da
RAEHK ou de países constantes
do Artigo 80º da "Lei do Trânsito
Rodoviário"
15
Licença de cremação ou
incineração
Licença de uso e porte de arma de
22
competição
21
40 minutos
20 dias úteis
17 dias úteis
11 dias úteis
no mesmo dia
59 Pedido
60 Renovação
61 2ª Emissão
62 Cancelamento
30 minutos
30 minutos
20 minutos
80%
15 minutos
5 minutos
5 minutos
58 Pedido
57 Pedido
56 Comunicação prévia
Auto de notícia de
transladação de restos mortais
19
20 Livre-trânsito mortuário
55 Comunicação pela 1ª vez / Actualização de dados-
Comunicação da instalação de
sistema sonoro de alarme
54 Taxa de devolução
17 Tratamento de achados / perdidos
18
53
16 Desaparecimento / Extravio
Desaparecimento / Extravio de documentos de identificação de residentes de
Macau
51 Pagamento de multas pessoalmente
10 dias úteis
50 Pedido de “Certidão de Acidente de Viação”
Cobrança de multas por
infracções de trânsito
10 minutos
9 segundos
3 dias úteis
2 dias úteis
2 horas
49 Pedido de “Declaração de Acidente de Viação”
48 Atendimento da linha
47
Pedido de “Certidão comprovativa de que os documentos são cópias extraídas
46
do processo do requerente”
45 Pedido de "Declaração comprovativa de que decorre o pedido do requerente"
Indicadores da qualidade
14
13 Serviços de Emergência 999
Certificado de Autorização de
12
Regresso
Tipos de Serviço
99%
95%
95%
90%
99%
99%
99%
90%
100%
95%
90%
99%
99%
99%
99%
98%
99%
99%
Taxa de
satisfação dos
objectivos
previamente
definidos
Departamento de
Informações
Secção de Armas e
Munições
Departamento de
Informações
Secção de Fiscalização
e Registo
Departamento Policial
de Macau
Departamento Policial
das Ilhas
Comissariados Policiais
Departamento de
Operações
Centro de Controlo
Operacional
Departamento de
Trânsito
Comissariado de
Trânsito de Macau
Departamento de
Trânsito
Secção de Expediente e
Arquivo
Departamento de
Trânsito
Comissariados de
Trânsito
Departamento Policial
de Macau
Comissariados Policiais
Departamento de
Trânsito
Comissariado de
Trânsito de Macau
Serviço de Migração
Comissariado de
Estrangeiros
Subunidades
(Nota 1)
0
(0%)
227
(100%)
0
(0%)
23
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
11
(100%)
0
(0%)
1
(100%)
1
(100%)
(Nota 7)
0
(0%)
(Nota 7)
295
(100%)
(Nota 6)
0
(0%)
27
(100%)
(Nota 6)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
110
(100%)
24
(100%)
24
(1.33%)
1
(0.06%)
1,777
(98.67%)
1,742
(99.94%)
0
(0%)
2
(0.56%)
356
(99.44%)
63,491
(100%)
28
(0.03%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
83,719
(99.97%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
Serviços ordinários
N.° de
N.° de serviços
serviços que
que não
corresponderam
corresponderam
aos critérios
aos critérios
(Taxa)
(Taxa)
2o Trimestre do ano 2014
Situação de Implementação da Carta de Qualidade
1
1
0
11
295
23
27
0
24
110
1,801
1,743
63,491
227
358
83,747
0
0
0
Total
0
0
0
3
0
0
0
0
0
329
0
0
26
7
0
16,021
0
0
0
(Nota 2)
Total de
casos
irregulares
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
(Nota 3)
Total de pedidos
examinados que
até à data não
fizeram a entrega
de documentos
necessários
1
1
0
14
295
(Nota 7)
23
(Nota 6)
27
0
24
439
1,801
1,743
63,517
234
358
99,768
0
0
0
(Nota4)
Total de
pedidos
Autorização de aquisição de
munições
Linha de Combate ao Tráfico de
Pessoas 28889911
0
(0%)
0
(0%)
966
(100%)
38
(100%)
38
966
32
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
0
38
966
32
12
0
11
0
29
“Total de pedidos” é o total de serviços solicitados pelo público, incluíndo todos os serviços ordinários, casos irregulares e/ou até à data, ainda não fizeram a entrega de documentos necessários para o pedido.
“Taxa de serviços que corresponderam aos critérios” é calculada segundo o resultado dos testes por amostragem, sendo o intervalo de confiança e o grau de credibilidade do seu número total das referidas amostras, respectivamente, de 3 e de 99%.
Pedidos entregues simultaneamente com “Auto de notícia de transladação de restosmortais”.
Pedidos entregues simultaneamente com “Livre-trânsitomortuário”.
4.
5.
6.
7.
Relativamente a casos “até à data não fizeram a entrega definitiva de documentos necessários”, são casos que até à data da contagem da taxa de critérios, ainda não fizeram a entrega de todos os documentos necessários para o pedido, pelo que não
corresponde ao critério do serviço, que só conta os pedidos que deram entrada no serviço e sem falta de qualquer documento necessário.
0
(0%)
32
(100%)
12
0
11
0
0
(Nota 3)
(Nota4)
3.
Departamento de
Operações
Divisão de Relações
Públicas
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
0
(0%)
11
(100%)
12
(100%)
0
(0%)
0
(0%)
29
(Nota 2)
Total de
pedidos
“Casos irrigulares” são casos encaminhados para tratamento especial por motivos produzidos pelos destinatários, ou, pelo facto dos casos não corresponderem às situações normais, sendo assim considerados fora do quadro da “Carta de Qualidade”.
99%
99%
99%
Departamento de
Operações
Centro de Controlo
Operacional
Departamento de
Informações
Secção de Armas e
Munições
0
(0%)
29
(100%)
(Nota 1)
Total
Total de pedidos
examinados que
até à data não
fizeram a entrega
de documentos
necessários
Critério determinado apenas aplicável para “Situações normais”, enquanto estas devem corresponder ao cálculo de “Indicadores da qualidade”.
2 dias úteis
no mesmo dia
10 dias úteis
99%
99%
80%
99%
95%
Subunidades
Total de
casos
irregulares
2.
70 Pedido (Serviço único / grandes eventos) - Emissão da estimativa de custos
69 Pedido (Serviços sucessivos) - Decisão
68 Pedido (Serviço permanente)
9 minutos
no mesmo dia
66 Cancelamento
67 Atendimento da linha
13 dias úteis
no mesmo dia
13 dias úteis
65 Pedido
64 Cancelamento
63 Pedido
Indicadores da qualidade
N.° de serviços
que não
corresponderam
aos critérios
(Taxa)
Serviços ordinários
N.° de
serviços que
corresponderam
aos critérios
(Taxa)
1.
Notas:
26 Serviço Gratificado
25
Autorização para importação /
exportação de armas, munições,
24
engenhos ou materiais explosivos
ou de armas simuladas
23
Tipos de Serviço
Taxa de
satisfação dos
objectivos
previamente
definidos

Documentos relacionados

2004年第27期通訊期刊

2004年第27期通訊期刊 Nos dias 19 a 26 de Abril do corrente ano, os 14 alunos do CPSP chefiados pelo Subdirector substituto desta Escola, Intendente Cheong Iok Kuan, foram a Beijing e Shanghai para fazer uma visita de i...

Leia mais