pesquisador

Сomentários

Transcrição

pesquisador
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
n° 1
REVISTA
pesquisador
pág.
1
F U N D A M E N TA L 1 E 2 • M É D I O
2016
JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR. ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
ENIC KIDS, TEEN E JR.
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
ENIC KIDS
9
CAIXA MÁGICA
10
CONSUMO RESPONSÁVEL
11
DESCOBRINDO A MATA ATLÂNTICA
ENIC TEEN
13
A LITERATURA COMO INSTRUMENTO PARA A LEITURA DO MUNDO
14
NATIVIDADE DA SERRA: A IDENTIDADE SUSTENTÁVEL GERANDO O TURISMO
15
CORRIDA MALUCA: DESMISTIFICANDO O ENSINO DA MECÂNICA NO ENSINO FUNDAMENTAL CICLO II
ENIC JR.
17
ÁGUA E OS CASOS DE DOENÇAS DIARRÉICAS EM LORENA, CACHOEIRA PAULISTA E SILVEIRAS – SP
18
INDUÇÃO DE LACTAÇÃO EM VACAS DE ALTA PRODUÇÃO NA FAZENDA LIMASSIS – CARMO DE MINAS/MG
19
ANÁLISE SOBRE OS “HERÓIS DE PEDRA’’ DISPOSTOS NO ESPAÇO DA PRAÇA DA BANDEIRA, CAÇAPAVA, SP
Sumário
EXPEDIENTE
Reitor
Prof. D r. José R ui C amargo
Vice-reitor e Pró-reitor interino de Administração
Prof. D r. I snard de A lbu quer que C âmara N eto
Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação
Prof. D r. Francisco J osé G randinetti
Pró-reitora de Graduação
Profa. D ra. N ara Lúcia Perondi F ortes
Pró-reitor de Extensão
Prof. D r. Mario C elso P eloggia
Pró-reitora Estudantil
Profa. Ma. Ângela P opovici B erbare
Pró-reitor de Economia e Finanças
Prof. D r. José C arlos S im ões F lorençano
Conselho Editorial
Profa. D ra. E dna Maria Querido de Oliveira C hamon
Prof. D r. E dson Aparecida de A raujo Querido de
Oliveira
Prof. D r. E duardo H idenori E nari
Prof. D r. E vandro Luis N ohara
Prof. D r. Francisco J osé G randinetti
Prof. D r. José R oberto Cortelli
Prof. D r. José R ui C amargo
Profa. D ra. Leticia Maria P into da Costa
Profa. D ra. Lidia Maria Ruv C arelli B arreto
Prof. D r. Luis Fernando de A lmeida
Prof. D r. Mario C elso P ellogia
Profa. D ra. N ara Lú cia Perondi F ortes
Profa. D ra. Patricia D. E. B. S. C. Ortiz M onteiro
Profa. D ra. R achel D uarte A bdala
Prof. D r. Valter José Cobo
Central de Comunicação
Edição
SI MO N E GO N Ç ALVE S - Mtb 55617/S P
Projeto gráfico
R OD R I GO AB R E U
Planejamento
K arina R. D ias
Diagramação e tratamento de imagem
Felipe P U N H AGU I, VAN E S S A A L M E I DA
Colaboração
sócrates agostinho
Fotografia
Pixabay.com
1º S EMESTRE DE 2016
Ap
presentação
A Revista Pesquisador Jr. reúne os nove melhores
trabalhos de alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio
apresentados nas categorias ENIC KIDS, ENIC TEEN e ENIC JR,
durante a IV edição do Congresso Internacional de Ciência,
Tecnologia e Desenvolvimento (CICTED) da Universidade
de Taubaté (UNITAU). A publicação é voltada ao jovem
pesquisador, professores e demais interessados em projetos
e pesquisas.
Os trabalhos são divididos por áreas especificas do
conhecimento, sendo seis de Ciências Humanas, dois de
Biociências e um de Ciências Exatas.
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
Caixa mágica
Autores:
Larissa Janaína Chica de Oliveira,
Adriana de Souza Cursino Lourenço,
Izabella Maria do Amaral de Mello,
Flaviana Ribeiro Benedicto
e Marcos Antonio Barbosa
Orientadora:
Profa. Graziela Cristina França da Silva
pág.
9
Resumo:
O presente relato descreve atividades desenvolvidas, no
primeiro semestre do Projeto Institucional de Bolsa de
Iniciação à Docência (PIBID), da Universidade de Taubaté, por
acadêmicos do subprojeto de Pedagogia. Os procedimentos
utilizados por eles fundamentaram-se nas teorias da
linguística textual, e o projeto de trabalho foi intitulado
“Caixa mágica”, desenvolvido na Escola Municipal Integral
de Ensino Fundamental, situada na cidade de Taubaté, com
os alunos dos anos iniciais. Após o período de observação
e constatação da necessidade de propiciar aos alunos
envolvidos a consciência de seu papel como aprendiz,
desenvolve-se a proposta da utilização de diferentes gêneros
textuais e maneiras diversificadas de possibilitar e estimular
a curiosidade discente acerca do conhecimento, porque
se percebeu que a leitura e a escrita são vistas, geralmente,
como pesarosa e uma forma punição. Muitas vezes, a própria
família desestimula a criança a se empenhar nesse mundo
que proporciona um futuro brilhante. Logo, isso gerou
muitas inquietações, pois ao focalizar os alunos, precisouse estimular e despertar neles a vontade de participar da
construção do próprio conhecimento. Assim, necessitouse da consciência de que, a realização das atividades
demandaria, fundamentalmente, a diversão atrelada às aulas,
devido ao maior empenho e a maior confiança discente. Essa
reflexão tornou-se mais do que um desafio, porque exigiu um
compromisso assumido e apresentado a toda equipe escolar,
o qual contribuiu para o êxito do trabalho. Os objetivos
gerais visavam desenvolver a competência linguística tanto
oral quanto escrita; incentivar o hábito de leitura de forma
rotineira e prazerosa; ampliar o vocabulário; apresentar
a leitura de uma forma diferenciada, utilizando recursos
lúdicos, criando condições para que as crianças fossem
inseridas no mundo dos livros, desvendando e conhecendo
a linguagem mesmo sem ler e escrever. Foram desenvolvidas
diversas atividades por meio de leituras dinâmicas, contações
de histórias, experiências e encenações dos alunos. Procurouse, constantemente, a atenção ao contexto social do aluno
e às reflexões em sala de aula, para favorecer a integração
e a aprendizagem significativa, pois se percebeu que os
discentes interessaram-se e se envolveram com as atividades.
Concluindo, no decorrer do projeto, foram construídos
materiais que serviram de retorno à docência e aos alunos.
A experiência obtida foi de grande valia, devido à superação
das dificuldades e do retorno positivo, especialmente, no
que concerne a motivação dos alunos para leitura. Finalizouse, então, um momento de reflexão com os alunos sobre
como a leitura pode modificar a maneira de ver o mundo.
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
Consumo
responsável
Autora:
Natalie Aparecida Donizetti
dos Santos
Orientadora:
Profa. Maria Teresa de Moura Ribeiro
pág.
10
Resumo:
No segundo semestre do ano letivo de 2015, estamos
desenvolvendo com os alunos do 3º ano do Ensino
Fundamental um projeto que traz para discussão uma
problemática de grande relevância em qualquer âmbito
social: o consumo irresponsável, com atenção especial ao
consumismo infantil. As propagandas recebem cada vez mais
investimentos e apresentam produtos cada vez mais atrativos,
e quando se trata das relacionadas ao público infantil vemos
uma variedade de estratégias para atrair este público desde
muito cedo, influenciando os hábitos de consumo familiar e
também já pensando no consumidor de amanhã. O tempo
que as crianças passam em frente à TV, computador, celular e
outros aparelhos eletrônicos é cada vez maior, e faz com que
estejam suscetíveis a informações as quais ainda não possuem
o senso crítico para compreender, como o significado da
publicidade. Frente a estes acontecimentos, se faz necessária
a reflexão sobre o consumo excessivo e as consequências do
direcionamento da publicidade para o público infantil, como
a compulsão, obesidade e até mesmo o comprometimento
da saúde financeira da família. Durante as aulas, já é possível
perceber a consciência que vai se formando nos alunos
em relação ao assunto, inclusive a identificação por parte
deles de que a responsabilidade pelos comportamentos
de muitos filhos vem da falta de imposição de limites dos
pais e uma posição mais firme perante as exigências das
crianças. As atividades desenvolvidas vêm contribuindo para
tal atitude questionadora dos alunos, por meio de rodas de
conversa sobre os significados do assunto, bem como suas
consequências; leituras de textos com dados relevantes
coletados sobre as influências das mídias e o excesso de lixo
produzido no planeta como grande característica de uma
sociedade que consome de forma irresponsável; leituras de
cartuns abordando de forma crítica a temática; produção de
texto demonstrando as percepções acerca do assunto; testes/
enquetes de verificação de sua postura como consumidor,
tanto do aluno como dos familiares; confecção de materiais
e objetos com materiais reaproveitados e levantamento de
possibilidades de atividades que não foquem no consumo. O
projeto será finalizado com a realização de uma feira de troca
de brinquedos usados, como uma das estratégias apontadas
para evitar o consumo desnecessário. A mudança de postura
perante a essa realidade, se opondo ao consumo irresponsável,
incentivando a adoção de hábitos de consumo consciente, e
a preocupação com o desenvolvimento sustentável, se fará
no conjunto de ações entre escola, crianças e pais.
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
Descobrindo a
mata atlântica
Autora:
Sabrina Herrera Pimentel
Orientadora:
Profa. Maria Teresa de Moura Ribeiro
pág.
11
Resumo:
Cada vez mais a questão da sustentabilidade ganha espaço
nas mídias, nos debates sociais, políticos e econômicos, pelo
grande impacto que a ação humana causou, e ainda causa, à
natureza. Sabemos que a preservação dos biomas, dos quais
o homem faz parte, passa por conhecê-los, compreender seu
funcionamento e refletir sobre ações de preservação. Nesse
sentido, acreditamos que quanto antes os alunos puderem
iniciar a reflexão sobre esse assunto, maiores chances terão
de se tornarem cidadãos que se preocupem e valorizem
ações de preservação do meio ambiente. Trabalhando com
alunos do 1º ano do Ensino Fundamental, constatamos
que o material didático adotado abordou o tema da Mata
atlântica, seus ambientes, e algumas espécies da fauna e
da flora que compõem esse bioma. No decorrer do estudo
sobre o conteúdo ficou evidente que os alunos não
compreendiam a questão do desmatamento, suas causas e
consequências. Diante disso, a professora propôs ao grupo
que pesquisassem mais sobre o assunto a fim de descobrir
o porquê de grande parte desse bioma ter sido desmatado.
Deste modo, este projeto tem como objetivos conhecer as
causas e consequências do desmatamento da Mata Atlântica,
refletir sobre ações de preservação da mata, reconhecerse como espécie integrante do bioma, reconhecer que o
espaço onde vivemos é parte da Mata Atlântica, fortalecer
o aprendizado em relação a fauna e flora desse bioma. Para
o desenvolvimento do Projeto os alunos estão realizando
pesquisas na biblioteca da escola, debates em sala de aula,
consultas às notícias recentes e está prevista a visita a um
órgão estadual que produz mudas de espécies nativas da
flora da Mata Atlântica para replantio. O produto final será a
confecção de uma maquete para sintetizar o conhecimento
construído, que será exposta aos demais alunos do Ensino
Fundamental. Os resultados iniciais nos apontam que o
trabalho está sendo de grande relevância para que os alunos
possam construir um maior conhecimento sobre o assunto,
desenvolver a reflexão e reconhecer-se enquanto espécie
neste bioma.
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
A literatura como
instrumento para
a leitura do mundo
Autores:
Maisa Cassia Santos,
Thiago Caetano Passos de Oliveira,
Rodrigo Henrique Carvalho Amaral,
e Daniele Cristina Amaral do
Carmo Pereira
Orientadora:
Profa. Andreiza Valéria de Oliveira Lemos
pág.
13
Resumo:
A leitura é muito importante para o desenvolvimento
cognitivo e cultural do ser humano. Por meio da leitura, não
desenvolvemos apenas conhecimento, e sim novas ideias.
Com o passar do tempo, os jovens e adolescentes tem-se
distanciado cada vez mais desse hábito, o que contribuiu
para um vocabulário bem mais pobre hoje em dia, por
isso devemos estimular esse hábito desde cedo, para eles
desenvolverem a capacidade de serem mais críticos e cultos.
O objetivo da leitura foi influenciar novos conhecimentos
e fazer com que os jovens compreendam ideias de outras
pessoas para, a partir delas, estabelecer um novo modo de
pensar. Desse modo, foi elaborado um projeto de leitura,
junto à disciplina de Língua Portuguesa, em que foi proposta
a leitura do livro “A Revolução dos Bichos”. O método de
leitura aplicado foi leitura coletiva, no qual era lido em sala um
capítulo por semana, após a leitura era feita uma interpretação
do capitulo lido e depois passando a limpo em um portfólio.
Com o término do portfólio, desenvolveu-se um pequeno
musical do livro. Como resultado dessa leitura,houve muitas
discussões em aula sobre assuntos que ultrapassam os limites
da historia,nos tornando pessoas mais críticas. A leitura
do livro também nos trouxe alguns conhecimentos sobre
Capitalismo e Socialismo, pois este é o tema central. Outro
aspecto diz respeito ao interesse maior pela leitura, em que
os alunos que não gostavam de ler passaram a desenvolver
este hábito progressivamente. Além da Língua Portuguesa,
outras disciplinas também exploraram o livro, ampliando os
horizontes de compreensão do mesmo. O projeto ajudou
muito a construir novos aprendizados e trouxe ainda mais
conhecimento a todos os envolvidos.
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
Natividade
da Serra: a
identidade
sustentável
gerando
o turismo
Autores:
Matheus Giuliano Jesus Belloni
e Isamara Vitor da Silva
Orientadora:
Profa. Ludmila Pena Fuzzi
pág.
14
Resumo:
A cidade de Natividade da Serra apresenta uma formação
histórica interessante, de acordo com textos turísticos, relatos
da população e registros de memorialistas, se originou a partir
da fuga de um escravo do Coronel José Lopes Figueira de
Toledo, este que ao se aproximar de uma planície as margens
dos rios e o avistamento de montanhas se encantou pelo
lugar e reconduziu a sede de sua fazenda para aquela região,
isto, de acordo com registros destes memorialistas, em 1853.
Tendo como base toda a sua historicidade de uma economia
de subsistência e pecuária, moldes de vida foram surgindo,
refletindo na relação dos moradores com o Rio Paraibuna,
porém um século mais tarde, o centro foi transferido para outro
ponto, devido o represamento do Rio Paraibuna, Rio Lourenço
Velho, Rio do Peixe e Rio Paraitinga para a construção da Usina
Hidrelétrica de Paraibuna, formando a represa da Companhia
Energética de São Paulo (CESP). Sabemos que a situação
de fontes para pesquisa histórica sobre a cidade demanda
grande levantamento para respaldar cientificamente todas
as informações memorialistas e orais que encontramos,
porém a perspectiva que seguimos neste trabalho é
apresentar a identidade local, levantar as problemáticas
do setor turístico e proporcionar um gerenciamento de
ideias e estratégias que contribuam para o fortalecimento
do crescimento dentro da área, trabalhando diretamente
com as esferas sociais, conforme proposto pelo Instituto de
Pesquisa Histórica e Ambiental Regional (IPHAR), a partir da
fórmula de Identidade Sustentável. A finalidade é investigar
a história gerando a identidade, delinear os resultados junto
as estratégias, sustentabilizando-os e por fim criar ações
que sensibilizem as pessoas envolvidas, podendo assim, os
resultados continuarem rumo ao desenvolvimento turístico.
O trabalho está sendo orientado diretamente pelos autores
da fórmula de identidade sustentável, por isso, a metodologia
aplicada é a mesma utilizada por este projeto: levantamento
de campo, fontes escritas, fotográficas e sonoras, entrevistas
com moradores, pessoas envolvidas no setor turístico,
representantes do poder público e com memorialistas locais.
O respaldo teórico, conforme apresentado pela professora
orientadora, segue Marc Augé, Michael Pollak e as produções
sobre Identidade Sustentável do IPHAR. A importância
remete-se no pouco estudo sobre o local, e principalmente
pela contribuição concreta para o desenvolvimento turístico
de Natividade da Serra.
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
Corrida maluca:
desmistificando o
ensino da mecânica o
ensino fundamental
ciclo II
Autora:
Flavia Maria Figueira Prado
Orientadora:
Profa. Luciana Rezende Pavanitto
pág.
15
Resumo:
A construção de conhecimento é um desafio para todos
os envolvidos em Educação, e viabilizar a interligação de
saberes de forma clara e associada a realidade do jovem
estudante é uma tarefa importante. Portanto é necessário
que o ambiente escolar se conecte ao cotidiano do aluno.
As dificuldades com o ensino da Física, na Educação Básica,
permeiam diferentes problemas atualmente na Educação no
Brasil e até mesmo no mundo. Entre eles podemos citar as
deficiências no ensino da Matemática, as quais vem sendo
expostas por avaliações externas, Prova Brasil, Saresp, PISA.
No Ensino Fundamental o primeiro contato com a disciplina
de Física ocorre nas séries finais e se depara com a dificuldade
de abstração dos alunos, bem como com as deficiências e
lacunas em relação ao ensino da Matemática. O presente
projeto teve como objetivo possibilitar a atuação do aluno
na construção de seu próprio conhecimento, sob a mediação
do professor. Para tal, foi proposto um desafio para os alunos
do 9º ano do Ensino Fundamental, envolvendo conceitos de
Física, na disciplina de Ciências, o qual recebeu o nome de
Corrida Maluca, neste cada grupo construiu um modelo de
carro de corrida utilizando os princípios básicos da mecânica:
dinâmica e cinemática, isto é, no qual a força propulsora dos
veículos deveria ter como base os fenômenos da mecânica e
transformação de energia potencial em cinética, bem como
nas leis de Newton. Os grupos construíram e testaram seus
modelos. O projeto foi concluído em uma corrida realizada
na quadra da escola, de forma que vários princípios da Física
puderam ser testados e comprovados. Os alunos ao final
da corrida analisaram o desempenho de seus modelos e
concluíram realizando um relatório com as etapas do projeto.
Espera-se que o presente projeto sirva de guia para os diversos
campos do conhecimento, onde muitas vezes a associação
entre a teoria e a prática se torna distantes. A medida que os
alunos são protagonistas do seu aprendizado a construção
de conhecimentos pode ocorrer de forma sólida.
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
Água e os casos de
doenças diarréicas
em Lorena,
Cachoeira Paulista
e Silveiras – SP
Autoras:
Vitória Aparecida de Lacerda Magalhães,
Isabella Carvalho Ribeiro,
Maria Eduarda Gomes da Silva
e Ana Clara de Freitas Pereira Andrade
Orientador:
Prof. Marcelo Cleto Arneiro
pág.
17
Resumo:
Desde 2014 o estado de São Paulo vem enfrentando uma
crise de recursos hídricos que pode afetar a qualidade da
água e dos alimentos distribuídos. E nossa região não está
isenta de tais consequências. Dessa forma, este projeto de
pesquisa tem como objetivo analisar a qualidade da água e
do sanitarismo assim como as taxas de doenças diarréicas em
Lorena e Silveiras. Para chegarmos aos resultados, realizamos
uma coleta e análise de dados do sistema de abastecimento
hídrico e do sistema de saúde. Além disso, contamos com
a colaboração da Sabesp e da Secretária de Saúde que
disponibilizaram informações especificas referentes ao ano
de 2014. Ademais, nosso projeto se justifica pelo alto número
de infectados por diferentes doenças diarréicas e pela falta
de saneamento básico integral nos municípios em questão.
Os resultados a que chegamos indicam que a relação préestabelecida entre doenças diarréicas e a qualidade da água
pode ser mais indireta do que suspeitávamos. Ou seja, as
causas para tais moléstias se encontram em um âmbito bem
mais complexo, envolvendo a administração municipal, os
diversos programas de saúde e fatores socioeconômicos.
Assim, ao eliminarmos uma suspeita, nos deparamos com
uma diversidade de novas teorias a serem verificadas e
comprovadas.
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
Indução de
lactação em
vacas de alta
produção na
fazenda
limassis – Carmo
de Minas/MG
Autores:
André Luiz Chiaradia Ribeiro,
João Victor Godoy Silva
e Nydianne Dangelis Rodrigues
Orientadora:
Profa. Neyrianne Dangelis Rodrigues
pág.
18
Resumo:
As falhas reprodutivas aparecem como um dos principais
motivos para descarte involuntário em rebanhos leiteiros. O
descarte de animais de bom mérito reprodutivo que encerram
a lactação nas gestantes, impossibilitando então a nova
lactação e o subsequente período produtivo leva à perdas de
produtividade e rentabilidade. Uma alternativa para reduzir as
perdas com o abate involuntário e perda de material genético
é a introdução dos protocolos para indução da lactação.
Sendo assim o presente trabalho irá mostrar resultados de
algumas vacas induzidas na Fazenda LIMASSIS, em Carmo
de Minas – MG, visando exemplificar que o protocolo
pode ser uma opção a ser considerada antes do descarte
involuntário do animal. Foram selecionados 3 animais que
apresentaram dificuldade para iniciar uma nova gestação
sendo que possuem o mesmo grau sanguíneo e todas são
da raça holandesa. Dentro do protocolo de indução foram
utilizados os seguintes hormônios: cipionato de estradiol,
progesterona cristalizada, flumetasona e somatrotopina
bovina. Após 15 dias de tratamento as vacas entraram em
lactação e apresentaram os seguintes resultados: animal nº1
apresentou um aumento de 0,47% a mais no teor de gordura
e uma queda de 1038,65 litros em relação a lactação natural,
o animal nº2 apresentou um aumento de 0,35% no teor de
gordura e um aumento de 2764,5 litros em relação a lactação
natural, já o terceiro animal ainda está em lactação e por
enquanto apresentou valores próximos no teor de gordura
e sua produção total ainda não foi fechada. Conclui-se que
os animais respondem ao tratamento e podem ter produções
próximas das obtidas em lactação natural garantindo assim a
lucratividade do rebanho.
PESQUISADOR JR.
ENIC KIDS, TEEN E JR
ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA
Análise sobre os
“heróis de pedra’’
dispostos no
espaço da praça
da bandeira,
Caçapava, SP
Autoras:
Giulia Carísio Nasciutti,
Ágata Clécia da Silva,
Geórgia Maria Euzébio Nogueira,
e Luma Clécia da Silva
Orientador:
Profa. Ana Carolina Rodrigues dos Santos
pág.
19
Resumo:
Dentre os vários tipos de heróis, este artigo avalia a relevância
de representações de personalidades consideradas como
heroicas no espaço, na cidade de Caçapava, SP, mais
especificamente, na Praça da Bandeira, avaliando também
se tais heróis realizaram a “jornada do herói”, teoria estudada
por Carl Jung e Joseph Campbell, assim como o estudo do
histórico-geográfico do município.
Atualmente é comum ver em praças públicas a representação
de pessoas que, por algum fato ou acontecimento se tornaram
heróis e assim foram retratadas em estátuas, então através
de pesquisas de campo feitas, em forma de questionário,
disponível tanto online, como realizada pessoalmente, com um
por cento da população de Caçapava, SP, com pessoas acima
de 10 anos. Com o objetivo de verificar qual a importância
daqueles objetos técnicos para a sociedade, assim como
tomar conhecimento da quantidade de informação que cada
um possui, da história da própria cidade.
Por meio de análise das obras do geógrafo Milton Santos,
que estudou a forma como o espaço foi estruturado com
inserção de objetos técnicos, observou-se que a apresentação
desses personagens em locais públicos tem o objetivo de
reconhecimento de sua bravura pela população presente,
já que nesses lugares há grande circulação de pessoas.
Entretanto, verificou-se na pesquisa que, apesar do amplo
fluxo de cidadãos, a retratação de heróis por meio de estátuas
é pouco influente no cotidiano das pessoas, em razão de que
essas apresentações passam despercebidas pelo fato de
serem relativamente desinteressantes para a população que
não entende o porquê da estátua existir, já que poucas há
a descrição do herói e suas realizações. Com isso, concluiuse que são necessárias melhores formas de atribuição de
reconhecimento de heróis no espaço geográfico de uma
cidade, como a utilização de tecnologias interativas e
instigantes para que os habitantes se interessem pelo paladino
apresentado, não passando assim despercebido e atingindo
a intenção proposta por aquele que manifestou reverência ao
herói retratando-o em um lugar público, além disso, nota-se
que o povo sente também a necessidade de outros objetos
técnicos no espaço, como playground, banheiro público e
palco para shows.
LEIA MAIS
WEB.UNITAU.BR/CICTED-PREMIUM

Documentos relacionados

i enic teen – encontro de iniciação científica teen 1 - v cicted

i enic teen – encontro de iniciação científica teen 1 - v cicted muitas vezes não fazem sentido e/ou não tem relação com o cotidiano dos alunos. Com o objetivo de estimular o estudo da física e unir teoria e prática, foi proposto pelo professor de ciências, o pl...

Leia mais