a r ut so C e C e ort

Сomentários

Transcrição

a r ut so C e C e ort
ra
C orte e C o stu
CORTE E COSTURA
ÍNDICE:
PARTE I - A (O) COSTUREIRA(O)........................................................................
05
PARTE II - ESCOLHA DE MATERIAL.....................................................................
SELEÇÃO DE TECIDOS.................................................................................
LINHA........................................................................................................
AGULHAS..................................................................................................
FORMATO DO PONTO................................................................................
TIPOS DE PONTOS......................................................................................
06
06
07
11
14
15
PARTE III - DICAS PARA UM BOM CORTE E PRÁTICAS DE COSTURA......................
COSTURANDO COM AGULHA DUPLA..........................................................
PREGANDO BOTÕES...................................................................................
PREGANDO ZIPER......................................................................................
PREGANDO ELÁSTICOS..............................................................................
HISTÓRIA DO QUILT E DO PATCHWORK.......................................................
FATOR DE PRODUTIVIDADE........................................................................
GANHO DE PRODUTIVIDADE, GANHO DE LUCRO BRUTO..........................
OUTROS IMPACTOS DE QUEBRAS DE LINHA NOS CUSTOS DA CONFECÇÃO....
19
19
20
22
25
26
27
28
29
PARTE IV - DICAS E IDEIAS.................................................................................
BONECA AGULHEIRA..................................................................................
BONEQUINHA...........................................................................................
BONECA DA MALHAÇÃO............................................................................
BONECA ROSINHA.....................................................................................
BONECA MOCHILA.....................................................................................
KIT COZINHA..............................................................................................
LUVAS.......................................................................................................
KIT LIMPEZA..............................................................................................
PEGA PANELA DE PATCHWORK...................................................................
CAMISETA CUSTOMIZADA..........................................................................
ALMOFADA FLOR.......................................................................................
BOLSA TIPOS SACOLA.................................................................................
CAPA DE AGENDA - JEANS...........................................................................
MOLDES....................................................................................................
30
30
35
38
41
44
48
49
50
51
52
53
54
55
57
PARTE V - CRIAÇÃO E MODELAGEM..................................................................
COMO TIRAR MEDIDAS DO CORPO.............................................................
TABELA DE MEDIDAS..................................................................................
75
85
87
PARTE VI - GLOSSÁRIO.....................................................................................
90
PARTE V - DICAS IMPORTANTES........................................................................
97
PARTE V - O PODER DAS CORES......................................................................... 100
PARTE VII - CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA DE OCUPAÇÕES .................................
HISTÓRICO DA CBO....................................................................................
BASES CONCEITUAIS..................................................................................
O QUE É CBO 2002......................................................................................
A NOMENCLATURA....................................................................................
GRANDES GRUPOS OCUPACIONAIS............................................................
SUBGRUPOS PRINCIPAIS, SUBGRUPOS E GRUPOS DE BASE..........................
SUPRESSÃO DO CÓDIGO 90........................................................................
CBO 2002 EM INTERNET E MEIO MAGNÉTICO..............................................
NOTA IMPORTANTE...................................................................................
ESTRUTURA CBO 2002................................................................................
RELATÓRIO DA FAMÍLIA.............................................................................
102
102
104
106
109
109
112
112
112
114
115
116
PARTE VI - BIBLIOGRAFIA................................................................................. 118
!
PARTE I - A(O) COSTUREIRA (O)
Costureiro
(no feminino
costureira)
profissional que(a)
opera máquinas
Seja
Bem-vindo
Caro
Amigoé oTrabalhador
de costura convencionais e especiais, sendo que quando exímio em
todas as máquinas e operações passa a fazer peças piloto (Piloteiro).
Com o aquecimento da economia, o estado de São Paulo segue
O
vestuário
é peça
fundamental
o bom
entreoferta
os seres
na liderança como
o que
mais gerapara
emprego
no convívio
país. A maior
de
humanos.
emprego no estado implicou diretamente em uma mudança determinada
pelo
GovernadordaGeraldo
Alckmin
acompanhada
pela Secretaria
Independente
situação
social,e viver
em sociedade
exige quedoas
pessoas ecubram
seusdo
corpos
sob o(SERT),
risco deque
atentarem
ao pudor, caso
Emprego
Relações
Trabalho
é a necessidade
de
apareçam
desnudos
em
público.
qualificar o trabalhador.
Este curso oque
começaevoluiu
agora éjuntamente
um instrumento
grande valor.
Historicamente,
vestuário
com ade
humanidade
e se
tornou um
reflexo
das questões
sociais,
e morais,
Entenda
o curso
como
um trampolim,
elepolíticas,
não é o religiosas
fim, mas sim
o meiode
todas
as fases
vivenciadas
seralcance
humano.novos patamares, melhor
que
poderá
fazer
com quepelo
você
formação
para a abusca
de uma
oportunidadejamais
no mercado
trabalho
Sendo assim,
profissão
de costureira(o)
deixarádede
existir,
que
atinja suas expectativas.
constituindo-se,
portanto, como uma profissão sólida e duradoura.
O importante para a SERT é que você esteja em constante
O bom profissional, se devidamente capacitado, caprichoso e dotado de
movimento, tenha visão de futuro, busque atualização e consiga não
criatividade poderá fazer de meros tecidos, verdadeiras obras de arte.
apenas um emprego, mas uma carreira.
Quem
ganhando?
Ambas
as partes.
Oséclientes
porpara
descobrirem
um
Eusai
sempre
repito isso:
“Nosso
objetivo
qualificar
empregar”;
mestre da arte da costura e o profissional, por se destacar em sua
portanto aproveite bem este tempo conosco, absorva os conteúdos
categoria, adquirindo cada vez mais clientes e se tornando um
propostos
e discuta
novas
em busca de uma melhor qualidade de
profissional
requisitado
doidéias
mercado.
vida para você e sua família. Quando estiver preparado procure o PATMas, de
para
que isto seja
possível, é fundamental
a equipe
costureira
seja
Posto
Atendimento
ao Trabalhador,
lá encontraráque
uma
pronta
muito cautelosa e siga regras básicas de costura, não colocando a
para
encaminhá-lo
uma oportunidade
de trabalho.
perder
todo o seuatrabalho
e nem tão pouco
a satisfação do seu cliente.
Que oé bom
aproveitamento
deste curso,
dê a você orientação
Portanto,
extremamente
necessária
a profissionalização
na arte e
da
moda.
um novo rumo a sua vida profissional.
Desejo a você um ótimo curso e boa sorte!
Tadeu Morais de Souza
Secretario Estadual do Emprego e Relações do Trabalho
Corte e Costura - 5
Programa Estadual de Qualificação Profissional
PARTE II - ESCOLHA DE MATERIAL
SELEÇÃO DOS TECIDOS
Um bom tecido é fundamental para o resultado final de um trabalho de quilt ou patchwork. A
qualidade dos tecidos escolhidos e a combinação das cores são fundamentais para o
resultado final do trabalho.
Tecidos 100% algodão são os melhores para
trabalhos em patchwork. Esse tipo de tecido é
mais fácil para cortar, marcar, costurar e passar.
Procure sempre comprar tecidos de algodão que
não encolham durante a lavagem, para evitar
deformações no trabalho, e, o mais importante,
escolher tecidos que não desbotam, para evitar
que manchem os outros tecidos.
Para a parte de trás do trabalho, escolha um tecido
com a mesma qualidade.
PREPARAÇÃO DOS TECIDOS
Antes de começar a cortar os tecidos para a
montagem do trabalho, lave todos os tecidos que
serão utilizados em água e sabão neutro. Com
esse processo, se o tecido encolher, isso acontecerá antes do trabalho ser iniciado.
Certifique-se que nenhuma das cores irá desbotar, fazendo o seguinte teste: pegue um
pedaço de tecido branco, enrole sobre o tecido colorido molhado e aperte para retirar todo o
6 - Corte e Costura
excesso de água. Se o tecido branco ficar manchado, não utilize o tecido colorido no
trabalho. Deixe secar e passe todos os tecidos antes de iniciar o corte.
MANTA ACRÍLICA
Para um melhor acabamento, selecione a manta acrílica adequada. Há várias espessuras
de manta acrílica disponíveis no mercado. Para trabalhos pequenos ou mais delicados,
utilize uma manta acrílica de espessura menor. Para trabalhos maiores ou mais pesados,
utilize mantas com espessuras maiores.
LINHA
A qualidade da linha é tão importante quanto à qualidade do tecido para um trabalho de quilt
ou patchwork. Procure sempre comprar uma linha de boa qualidade, de preferência 100%
algodão, para costurar os trabalhos.
Para escolher a cor da linha, procure sempre um tom neutro, que combine com a maior
parte dos tecidos escolhidos. Para o quilt, use linha invisível (de naylon).
Fonte: Singer
Quando utilizamos linha para fazer qualquer tipo de costura, devemos conhecer qual a linha
certa a ser utilizada para podermos ter a certeza de uma costura perfeita.
A Coats Corrente oferece linhas de qualidade com a quais você costura absolutamente
todos os tipos de tecido, valorizando seu trabalho, com cores vivas e brilhantes que sempre
acompanham as tendências da moda.
Existem vários tipos de linha: linhas de algodão, linhas sintéticas, linhas glacê e linhas para
pespontar.
Linha de algodão mercerizado:
Nosso produto Corrente Laranja, é ideal para costurar seda
pura, viscose, cambraia, linho, popeline, brins, chitão, cretone,
tricoline, popeline e todos os tecidos produzidos com fibra
natural. Este produto é produzido em 195 cores.
Os tecidos médios e finos devem ser costurados à mão com
agulha Darning Corrente números 7, 8 ou 9. Costurando à
máquina, você deve utilizar as Agulhas para Máquina Corrente
números 11 ou 14.
Tecidos grossos, mesmo sendo naturais, devem ser costurados
com linhas sintéticas, como Corrente Pesponto ou Corrente
Drima
Corte e Costura - 7
Linhas Glacê:
Essa linha, também 100% algodão, é produzida apenas nas cores branca
e preta. É uma linha mais encorpada e resistente, ideal para costurar
trabalhos artesanais, couros, lonas, brins grossos etc. É produzida nas
grossuras 24, 30, 40 e 50, sendo a linha número 24 a mais grossa e a
linha 50 a mais fina.
As linhas de algodão glacê são mais resistentes à abrasão do que as
linhas de algodão mercerizadas.
Linha de poliéster:
Nosso produto Corrente Drima, é ideal para costurar seda,
lingerie, microfibra, crepe, tafetá, camurça, cotton lycra, plush,
meia malha, suedine, lycra e todos os tecidos de composição
sintética. Este produto é produzido em 200 cores.
Os tecidos médios e finos devem ser costurados à mão com
agulha Darning Corrente números 7, 8 ou 9. Costurando à
máquina, você deve utilizar as Agulhas para Máquina Corrente
números 11 ou 14.
Em tecidos mais grossos, utilizar agulha Darning Corrente
número 3 ou agulha para Máquina Corrente números 16 ou 18.
Linha para pespontar
Corrente pesponto, devido à maleabilidade e maciez é a
melhor linha para arremates e acabamentos, permitindo um
ótimo deslizamento do fio na agulha e amarração perfeita
dos pontos ao pregar botões, alinhavar, fazer casas e
bainhas. É uma linha brilhante, de cores vivas que, com a
aparência acetinada valoriza e dá um toque fino de
acabamento
às
roupas.
São
40
cores
lindas!
Costurando à mão, utilize as Agulhas Darning Corrente
números 3 ou 6. Se estiver costurando á máquina, utilize as
Agulhas para Máquina Corrente números 16 ou 18.
8 - Corte e Costura
Dicas Importantes!!!
¥
¥
¥
¥
Procure sempre utilizar linhas de algodão para costurar em tecidos de fibra natural e
linhas sintéticas para costurar tecidos sintéticos.
Os padrões de encolhimento são diferentes. Se você costurar um tecido sintético
com linha de algodão, após a lavagem, existe a possibilidade da costura ficar
franzida;
As fibras sintéticas são mais elásticas do que as fibras naturais. Por isso, se vocês
costurar um tecido sintético com linha de algodão, a linha poderá arrebentar;
As linhas suportam temperaturas diferentes. Se você costurar uma peça de linho,
com linha de poliéster, podem haver problemas quando você estiver utilizando o
ferro de passar, pois o linho requer uma alta temperatura e a linha de poliéster pode
não resistir à essa temperatura.
COATS CORRENTE oferece a mais vasta gama
de linhas para costura e bordado industrial para
os segmentos de confecções de vestuário em
geral, desde as peças íntimas, as mais
elaboradas roupas exteriores e artigos de cama,
mesa e banho. Atendemos a qualquer tipo de
costura especializada indo de calçados e tênis
aos assentos da indústria automobilística,
material esportivo, roupas pesadas profissionais,
lonas, linhas para suturas cirúrgicas, para peças
cruas PT - pronto a tingir. Além de linhas para
costura industrial, temos uma enorme variedade
de zippers industriais e entretelas que compõem
uma oferta incomparável de serviços e produtos
a disposição da indústria de confeccionados
têxteis do Brasil.
MARCA
DIVISÃO INDUSTRIAL LINHAS
COMPOSIÇÃO
CONSTRUÇÃO
COSTURAS EM TECIDOS E MALHAS EM GERAL
Dual
Duty/Koban
Poliester
algodão
filamento
contínuo
recoberto
com
Fiado com
(coreyarn)
núcleo
Epic
Poliester filamento contínuo recoberto com fibra
de poliester
Fiado com
(coreyarn)
núcleo
Corte e Costura - 9
Astra
Fibra de poliester
Fiado
Corrente
Lipasa
Fibra de algodão
Fiado
Admiral
algodão
Fibra de Algodão extra longa com tratamento para
tinturado.(T.D.L)
Fiado
Gramax
Poliester filamento contínuo
Texturizado torcido
Petex
Poliester filamento contínuo
Texturizado
Astra/ameto
Fibras poliéster
Fiado
Epic FR
Poliéster filamento contínuo recoberto com fibra
de poliéster, com acabamento retardante de
chamas
Fiado com
(coreyarn)
núcleo
Terko Satin
Poliéster filamento contínuo recoberto com fibra
de algodão, com acabamento glacê.
Fiado com
(coreyarn)
núcleo
Gral
Poliéster filamento contínuo
Multifilamentos
torcidos
Texcel
Fibras de Liocel
Fiado
Ultimax
Poliéster Filamento contínuo
Texturizado
Dual Duty
Poliéster filamento contínuo recoberto com fibra
de algodão
Fiado com
(coreyarn)
núcleo
BORDADOS INDUSTRIAIS
Sylko
Poliester trilobal filamento contínuo
Multifilamentos
torcidos
Sylko Art
Poliester trilobal filamento contínuo
Multifilamentos
torcidos
Sylko PT
Fibra de algodão
Fiado
Sylko 3D
Poliester trilobal filamento contínuo
Multifilamentos
torcidos
Astra 150
Fibra de poliester
Fiado
10 - Corte e Costura
Sylko Matiz
Fibra de algodão
Fiado
Sylko Metallic
Filamento contínuo Poliamida,revestido com fita
metalizada de poliéster ou Fio de Rayon,retorcido
com fita metalizada de poliéster
Sylko Fluffy
Acrílico
Fiado
Star BobbinBobinas
Poliéster filamento contínuo
Multifilamentos
torcidos
Nymo SL by
Barbour
Filamento de Poliamida Super Lubrificados
Multifilamentos
torcidos
COSTURAS EM COUROS E ASSEMELHADOS/OUTROS
Poliéster
Multifilamentos
torcidos trançados
Poliéster
Multifilamentos
torcidos trançados
Nylon Filamento Contínuo
Multifilamentos
torcidos
Nylon Filamento Contínuo
Multifilamentos
torcidos
Nylon Filamento Contínuo
Multifilamentos
torcidos
Touro
Fibra de algodão
Fiado
Urso
Fibra de algodão
Fiado
MATCH
Barbour
by
CLASSIC
Barbour
by
NYMO
Barbour
by
NYLBOND
Barbour
by
APTAN
Barbour
by
Fonte: © Coats Corrente 2002
AGULHAS
Temos, basicamente dois grandes grupos: as agulhas domésticas e as agulhas
industriais, sendo utilizadas nas máquinas de costura equivalentes.
Algumas agulhas domésticas:
Corte e Costura - 11
Agulha 2020
Agulha para todos os tipos de tecido
- Sachê com 10 agulhas
- Blister com 5 agulhas
9 / 11 / 14 / 16 / 18 / 21
Agulha 2024
Agulha dupla para costuras decorativas (distância de 4 mm
entre as agulhas)
- Envelope com 5 agulhas
- Caixa com 40 agulhas a granel
11/ 14
Agulha 2025
Agulha dupla para costuras decorativas (distância de 3 mm
entre as agulhas)
- Envelope com 5 agulhas
- Caixa com 50 agulhas a granel
11 / 14
Agulha 2028
Agulha dupla para costuras decorativas (distância de 2 mm
entre as agulhas)
- Envelope com 5 agulhas
- Caixa com 50 agulhas a granel
14
12 - Corte e Costura
Agulha 2045 (PONTA BOLA)
Agulha para malha e tecidos sintéticos
- Sachê com 10 agulhas
- Blister com 5 agulhas
- Blister com 5 agulhas sortidas ( 2 espessura 11, 2 espessura
14 e 1 espessura 16)
9 / 11 / 14 / 16 / 18 / 21
Alguns modelos de especificação para agulhas industriais
1515
Agulhas SNF
-----------------------------------------------------------------------------------Reta Cabo Fino
Espessuras
Ponta Seta
09/10/11/12/14/16/18/
Ponta Bola
19/20/21/22
Média
1955
Reta Cabo
Grosso
Ponta Seta
Ponta Bola
Média
Espessuras
09/10/11/12/14/16/18/
19/20/21/22/23/24
2054
Overlock
Familiar
Ponta Bola
Pequena
Sachê com 10 ags
Caixa c/ 25 sachês
Caixa c/ 100 ags a
granel
Espessuras
Corte e Costura - 13

Documentos relacionados

Sewing - Groz

Sewing - Groz desempenham um papel muito maior. Por isso, surgiram novas tarefas para as costuras. Não basta que elas satisfaçam apenas as necessidades estéticas; há um número crescente de diferentes materiais q...

Leia mais

Tecidos - O Comitê de Decoração da ABIT

Tecidos - O Comitê de Decoração da ABIT num rolo sem a necessidade de desenrolar o material (ABNT NBR 10591- Materiais têxteis - Determinação da gramatura de superfícies têxteis). Peso linear = g/m² x largura do tecido - Ligamento: forma...

Leia mais