Mulheres - Mulher Brasileira

Сomentários

Transcrição

Mulheres - Mulher Brasileira
FEVEREIRO 2015 | ANO 4 | Nº 12 | DISTRIBUIÇÃO GRATUITA
Mulheres
guerreiras
Determinadas, elas
travaram verdadeiras
batalhas e venceram em
seus setores. Empresárias,
chefs, esportistas,
jornalistas... Brasileiras!
EDITORIAL
Nossa primeira edição de 2015 é para lá de especial! Com a
proximidade do Dia Internacional da Mulher, comemorado
EXPEDIENTE LIQUIGÁS
A Revista MULHER BRASILEIRA
é uma publicação da Liquigás Distribuidora S.A.
04
08
em 8 de março, decidimos fazer algo diferente do que você
já está acostumada. Nesta edição, preparamos uma grande
A Liquigás Distribuidora - empresa do Sistema
Petrobras que atua na distribuição de GLP
(Gás Liquefeito de Petróleo) - é líder no mercado
de botijões de gás de até 13 kg e uma das maiores
distribuidoras de GLP do Brasil.
homenagem a todas as brasileiras, representadas por
nove “Mulheres Guerreiras”, cujas histórias de superação e
12
As tradicionais receitas de Mulher Brasileira
continuam por aqui, mas vêm acompanhadas e assinadas
EDITADA POR INNOVANT EDITORA LTDA.
PRESIDENTE
Márcio Guimarães Saldanha Marinho
14
por duas das chefs mais importantes da alta gastronomia
Quatro looks tropicais para você arrasar no verão
Beleza
14
Dicas para cuidar dos cabelos tingidos e um
passo a passo de unhas ombré
04
Sonho de Consumo
Viagem
40
Buenos Aires: dicas para aproveitar
cada canto da capital argentina
brasileira: Roberta Sudbrack, a maior do país atualmente,
VICE-PRESIDENTE EXECUTIVO
Márcio Saldanha Marinho
Moda
Quem não sonha com um dia de rainha?
Conheça os diferentes tipos de SPA
sucesso você verá nas próximas páginas.
CONTATO
[email protected]
ÍNDICE
e Ana Ribeiro, a primeira mulher a comandar uma cozinha
cinco estrelas no Brasil.
EDITOR
Raphael Crespo - MTB 26451
18
Mulheres Guerreiras
20
Forno e Fogão
Na parte de saúde e bem-estar, você conhecerá as histórias
COLABORADORES
Leticia Martins (textos)
Virna Santólia (fotos)
da enfermeira Gilze Maria, que superou um câncer de mama
e criou um instituto para ajudar no combate à doença, e
PROJETO GRÁFICO
Ana Leticia Carbone
da jornalista Fernanda Thedim, que venceu uma dura luta
ARTE
Catarina Lisboa
também saberá mais sobre o empreendedorismo de Luiza
PRÉ-IMPRESSÃO
Depto. de arte Innovant Editora
do país, e da capixaba Lorena, que criou uma franquia
contra a balança em busca de uma vida mais saudável. E
28
Trajano, presidente de uma das maiores redes de varejo
milionária vendendo coxinhas a R$ 1.
DEPARTAMENTO COMERCIAL
Rosa Saldanha (Diretora Comercial)
Valéria Bomfim
Carlos Bispo
Amanda Sanzi
Rio: (21) 2493-1111
São Paulo: (11) 5574-0747
30
Também entrevistamos a jogadora da Seleção de vôlei
Jaqueline, que tem uma carreira marcada por superações;
a Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, que fala sobre sua
34
luta diária para ajudar crianças carentes com o HIV; e a
ENDEREÇO
Rua Dalcídio Jurandir, nº 255, 131 Barra da Tijuca
Rio de Janeiro - RJ - CEP 22631-250
Tel./Fax: (21) 2439-8779
blogueira Cris Guerra, que perdeu o pai de seu filho com
sete meses de gravidez.
SAC
Tel.: (21) 2491-3747
37
Boa leitura!
40
Visite nosso site:
www.innovant.com.br
Tiragem desta edição:
516.500 exemplares
43
REVENDEDOR AUTORIZADO LIQUIGÁS
Conheça as histórias de sucesso das
chefs Roberta Sudbrack e Ana Ribeiro
Medalha de ouro em superação
A carreira de lesões e vitórias da musa
da Seleção de vôlei Jaqueline
Império feminino
Fique por dentro da trajetória de Luiza Helena
Trajano, presidente do Magazine Luiza
Uma ideologia para viver
Da tristeza pela morte do filho
Cazuza à luta contra a AIDS
Empreendedora nata
Lorena Fornaciari conta como abriu seu
próprio negócio vendendo coxinhas a R$ 1
Perdas e Ganhos
Saiba mais sobre a escritora Cris Guerra
que conquistou o Brasil com o blog
“Para Francisco”
Luta cor-de-rosa
A batalha de Gilze Maria, que após
superar um câncer de mama, abriu um
instituto para ajudar outras mulheres
FEVEREIRO 2015 | ANO 4 | Nº 12 | DISTRIBUIÇÃO GRATUITA
CAPA: Lemoura
46
48
Mulheres
guerreiras
Determinadas, elas
travaram verdadeiras
batalhas e venceram em
seus setores. Empresárias,
chefs, esportistas,
jornalistas... Brasileiras!
28
Vencendo a balança
A jornalista Fernanda Thedim
conta como perdeu 55 Kg
em apenas sete meses
Cidadania
Aprenda a se defender
dos assédios sexual e moral
43
Tropical
MODA
Jovem e ch
ique:
a elegânci
a
do linho co
ma
descontra
ção
das miçan
gas
formam u
m look
ideal para
um
passeio no
fim
da tarde co
m as
amigas
Araras, abacaxis e flores
dos pés à cabeça. Neste
verão, capriche no look
que é a cara do Brasil
por Leticia Martins
fotos Virna Santolia
VESTIDO EVASÊ
ESTAMPADO: araras,
flores, borboletas e
folhagens, tudo
muito colorido.
R$ 69,90
CAMISA DE MALHA FLORAL:
ótima opção para usar
sobre uma blusinha básica.
R$ 79,90
REGATA BRANCA COM
RENDA: peça coringa, bem
feminina, que não pode faltar
no armário. R$ 19,90
MAXI BRINCOS
GEOMÉTRICOS: os
acessórios enormes
continuam em alta
na estação.
R$ 15,90
PULSEIRA DOURADA: nessa
estação, deixe de lado os
braceletes pesados e aproveite
pulseiras levinhas. R$ 29,90
CLUTCH COM
APLICAÇÕES
DE PAETÊS E
MIÇANGAS: invista nesse
modelo de bolsa versátil,
perfeito tanto para o dia,
quanto para a noite.
R$ 89,90
SHORT VERDE DE LINHO:
cintura alta e cor vibrante, bem
jovem e moderno. R$ 59,90
BRINCO DE MIÇANGAS:
essas mini pedrinhas coloridas
voltaram com tudo no verão!
Perfeitas para um look
descontraído. R$ 25,90
SANDÁLIA PRETA VAZADA:
os recortes estilosos dão
frescor e delicadeza para a
peça. R$ 99,90
ANEL GEOMÉTRICO
DOURADO: agora a geometria
aparece nos detalhes e divide
o espaço com as folhagens do
verão. R$ 19,90
Look completo: Riachuelo
www.riachuelo.com.br
Quem disse que
estampas tropicais
não podem ser usadas
à noite? Combine
com acessórios
geométricos e aposte
em uma clutch cheia
de brilho
ESPADRILLE DE SALTO
AMARELA: os calçados em
corda são tendência e podem
ser encontrados em todas as
cores e estampas. R$ 129,00
Look completo: Renner
www.lojasrenner.com.br
Beleza: Pedro Moreira
Modelos: Juliana Calderari e Andressa Quintanilha
4 mulher brasileira
MODA
CHAPÉU DE PALHA:
o acessório tendência, de
todos os materiais e estilos, é
item obrigatório nesse verão.
R$ 59,90
CROPPED AMARELO: a blusa
de modelagem ousada, bem
curtinha, é ideal para os dias
de calor intenso. R$ 39,90
SAIA LONGA
COM ESTAMPA TROPICAL:
as fendas laterais
deixam a peça sensual na
medida certa. R$ 79,90
PULSEIRA METALIZADA:
dessa vez, a geometria
aparece na estrutura do
acessório. R$ 25,90 (cada)
COLAR: as aplicações trazem
o brilho da noite para o dia.
R$ 35,90
ANEL COM PEDRARIAS:
R$ 29,90
RASTEIRINHA VAZADA: o
laranja dominou as passarelas
e está com tudo! R$ 49,90
Look completo: C&A
www.cea.com.br
MAXI BRINCO VAZADO:
o acessório azul marinho
contrasta perfeitamente
com cabelos mais claros.
R$ 9,99
BLUSA RENDADA GOIABA:
as rendas, muito femininas,
vêm com tudo nesse verão.
Aposte em cores alegres
para compor o look tropical.
R$ 35,99
SAIA AZUL-MARINHO
ESTAMPADA: atualmente, a
moda pede uma cintura bem
marcada. E nós amamos, já
que ela valoriza bastante a
silhueta da brasileira.
R$ 39,99
BOLSA DOURADA COM
SPIKES: o dourado,
com seu ar festivo,
não pode ficar de fora dessa
estação. R$ 69,99
As rendas e a cintura
marcada compõem o look
cheio de graciosidade
SAPATILHA BICOLOR: bem
confortável, ela é ótima para
o dia a dia. Perfeita tanto
para trabalhar quanto
para se divertir. R$ 59,99
Look completo: Marisa
www.marisa.com.br
6 mulher brasileira
por Leticia Martins
PASSO A PASSO
fotos Virna Santolia
O EFEITO DEGRADÊ JÁ É
1. Materiais que você
BASTANTE CONHECIDO
DOS CABELEIREIROS. AOS
POUCOS, ESSA GRADAÇÃO
CONQUISTANDO AS
MÃOS DAS BRASILEIRAS.
Celebridades como Juliana
Paes e Grazi Massafera já
vai precisar:
espalhe o outro
t%PJTFTNBMUFTEBDPS
tom que você
esponja, logo
t"MHPEÍP
acima do primeiro
t1BMJUPEFMBSBOKFJSB
esmalte. Assim, sua
t3FNPWFEPS
esponja terá dois tons
2. Para fazer a
A duplinha, misturando
as cores do verão – laranja,
amarelo, rosa – com os tons
candy – como o azul bebê e
o lilás – está muito em alta!
O efeito
fica lindo
tanto em
unhas
compridas
como
nas mais
curtinhas
esmaltes metalizados e muito
glitter. A seguir, a Mulher
Brasileira vai te ensinar
a fazer essa nail art (arte em
unhas), cujo efeito fica lindo
tanto em unhas compridas
como nas mais curtinhas.
8 mulher brasileira
de esmalte, próximos um do outro.
2
6. Pronto, sua esponjinha virou uma
esmaltação, você
espécie de carimbo. Carimbe todas as
vai precisar de uma
unhas, uma a uma, pelo
esponjinha. Pode
menos duas vezes.
ser uma de cozinha
Se quiser deixar
mesmo, mas é preciso
o tom mais
cortá-la
forte, repita o
em um formato
processo mais
quadrado pequeno.
uma vez.
3. Hora da base!
3
Se sua unha é fraca
e descama
facilmente, prefira
uma base de
tratamento ou
fortalecedora. Passe
em todas as unhas e
espere secar.
Mas o efeito “cascata” é o
tendência aparece com
escolheu na
t&TQPOKJOIB
em fotos do Instagram.
das unhas. No exterior, a
5. Agora,
de esmalte.
clicaram suas unhas ombré
mais escuro para as pontas
5
1
que preferir;
DE TONALIDADES VEM
mais bacana: deixe o tom
BELEZA
4. Pegue o quadradinho
Moda ombré
Aprenda você mesma
a deixar as unhas com um
efeito degradê incrível
de esponja que você
cortou e passe um dos
7. Não se assuste,
esmaltes escolhidos
o processo faz uma
no lado macio. Não
pequena sujeira.
economize: quanto
É assim mesmo!
mais esmalte você
Agora, com a ajuda
passar, melhor.
do palito, algodão
e removedor de
Modelo: Nathaly;
Cabelos e Maquiagem:
João Velasquez;
Fotos: Virna Santolia
4
esmalte, limpe
as áreas em volta
da unha.
7
6
Verão
BELEZA
de cores intensas
Dicas para manter seus
cabelos tingidos radiantes
durante a estação
A EXPOSIÇÃO AO SOL ACABA COM O
CABELO TINGIDO, É VERDADE. MAS
QUEM CONSEGUE FICAR EM CASA
DURANTE O VERÃO? O CLIMA PEDE
PRAIA, PISCINA E PASSEIOS AO AR
LIVRE. MESMO QUE ISSO SIGNIFIQUE
O CONTATO DIRETO COM VILÕES DOS
FIOS, COMO A ÁGUA SALGADA, O
CLORO, O CALOR E O VENTO. Por isso,
é preciso muito cuidado para manter a
cabeleira saudável e brilhosa durante a
estação mais quente do ano.
por Leticia Martins
Segundo Carolina Alves, técnica da
“Sempre que sair ao sol e após mer-
marca Sachê Profissional, loiras, mo-
gulhos, aplique novamente os pro-
renas e ruivas devem se dedicar aos
dutos, pois os mesmos são laváveis e
cuidados dos cabelos para não deixar
saem com água”, diz Carolina.
os fios ressecados e desbotados. “Isso
acontece porque os cabelos expostos
Outra máxima do verão: hidratação
ao sol sofrem a dilatação natural das
sempre! Os fatores externos, como sol,
cutículas, fazendo com que os fios
mar, piscina e poluição tendem a faci-
se tornem mais vulneráveis por não
litar a abertura das cutículas, fazendo
conseguirem reter sua umidade natu-
com que os cabelos percam a hidrata-
ral e pigmentos de
coloração”, explica.
Cabelos coloridos
e tonalizados precisam de cuidados
especiais. A especialista garante que
é essencial investir
em shampoos e
condicionadores específicos para esse
tipo de cabelo. “Eles
possuem componentes que neu-
“O cabelo
exposto ao sol
sofre dilatação
natural das
cutículas, o
que torna
os fios mais
vulneráveis”
CUIDADOS ESPECIAIS
ção natural. Por
isso, repor essa
umidade é
LOIRAS: Todos conhecem
histórias de loiras que entraram
na piscina e ficaram com o cabelo
esverdeado. Isso acontece porque
alguns cloros contém o pigmento
azul. “Antes de entrar na piscina,
proteja os fios com leave-in com
ação anticloro. Muitas receitas
tiram o esverdeado, mas a melhor é
o comprimido de AAS (ácido aspártico salicílico) diluído em 150 ml de
água morna, aplicados no lavatório”, comenta a especialista.
fundamental
para a vitalidade
dos fios.
Os cabelos
tingidos também
necessitam de
recuperação e
reposição dos
aminoácidos
perdidos por
meio de proces-
tralizam as cutículas e ativam a cor,
sos químicos. Procure tratamentos
fazendo com que o processo de tintura
com máscaras para blindar os fios e
dure por mais tempo”, esclarece. Outra
recuperar os nutrientes.
MORENAS: Como explicamos, a
alta temperatura deixa os cabelos
bastante ressecados. E as morenas não estão livres disso. “Cortar
as pontas a cada três meses e
usar sérum reparador é ideal
para evitar o aparecimento das
famosas ‘pontas duplas’. Portanto,
dica importante tem a ver com a
temperatura da água. Procure lavar o
Segundo a especialista, chapinhas,
cabelo com água morninha sempre,
babyliss e secadores em altas
pois as altas temperaturas facilitam a
temperaturas danificam as cutícu-
abertura das cutículas. Água fria tam-
las dos cabelos, principalmente dos
bém não é muito recomendada, pois
descoloridos. O uso constante pode
ela não retira a sujeira e a oleosidade
amarelar e quebrar os fios. “O fio
excessiva do couro cabeludo.
loiro é vazio, fino e oco, como um
é fundamental hidratar os cabelos
constantemente para repor a
umidade natural que eles perdem
durante o verão”, diz.
10 mulher brasileira
Nós já estamos cansadas de saber
as cutículas baterem umas nas
da importância do protetor solar
outras com os movimentos repetiti-
para a pele na hora de ir à praia, não
vos de fricção e também queimam
é? Mas muitas mulheres esquecem
essas ‘paredes’, causando a quebra
que os cabelos também precisam de
de fios. Se quiser um cabelo radian-
proteção contra o ressecamento. Para
te nesse verão, evite o uso desses
isso, utilize um leave-in com fator de
aparelhos e hidrate o máximo que
proteção UV ou um protetor capilar.
puder”, sugere.
Dreamstime
canudinho. Esses aparelhos fazem
RUIVAS: Cabelos ruivos e vermelhos são sensíveis às altas temperaturas e tendem a desbotar mais
rápido caso não sejam tomados os
devidos cuidados. “Para dar vida a
cores quentes como essas, as máscaras de ativação de cor são ótimas
opções. Esse tipo de produto possui
ativos e corantes que deixam a
cor mais viva a cada aplicação. Ao
mesmo tempo que mantém a hidratação nos fios”, explica.
SONHO DE CONSUMO
GUIA DE SPAS
Vista da piscina do UXUA Hotel
e SPA em Trancoso (BA)
Spa Resort: UXUA Casa Hotel
Day Spa: SPA Mitra by
& SPA Trancoso (BA)
L´Occitane Minas Gerais
Esse SPA conta com uma linha
O SPA conta com três unidades
exclusiva de tratamentos e
no estado: Belo Horizonte,
produtos naturais. A massagem
Sete Lagoas e Lagoa Santa.
relaxante e a baiana, com pedras
Oferece banhos hidratantes,
quentes, são alguns dos tratamentos
massagens relaxantes e progra-
especiais oferecidos.
mas especiais para proporcionar
um momento revigorante.
Spa Holístico: Elements SPA
É tempo
de relaxar!
by Banyan Tree Hotel Tivoli
Spa Médico: SPA Med Soro-
São Paulo (SP)
caba Campus Sorocaba (SP)
Voltado para as tradições orientais,
Esse SPA conta com o atendimento
o spa tem uma abordagem mais
de uma clínica médica e é perfeito
holística, que enfatiza o toque
para quem busca uma programação
humano e as especiarias naturais.
de emagrecimento e bem-estar.
PERGUNTA RÁPIDA: QUANTAS HORAS DO DIA VOCÊ TIRA
O Day SPA é outra alternativa interessante para dar
PARA RELAXAR? NA CORRERIA DO COTIDIANO, ONDE FICA-
uma pausa no cotidiano, sem precisar viajar. São
MOS TÃO ENVOLVIDAS COM O TRABALHO, CASA E A FAMÍLIA,
estabelecimentos sem estrutura de hospedagem, mais
ACABAMOS ESQUECENDO DE RESERVAR UM TEMPINHO
baratos, que apresentam diversos tratamentos, desde
SPAs. Verdadeiros resorts que proporcionam momentos privilegiados voltados
para o seu conforto, beleza e saúde.
Tradicionalmente, os SPAs ficavam afastados dos centros urbanos e eram voltados
apenas para tratamentos realizados com
água ou vapor, mas hoje, eles existem de
diferentes maneiras. O SPA Médico é para
quem deseja emagrecer com saúde, já o
massagens relaxantes até a requinta-
O Day Spa é
uma alternativa
interessante para
dar uma pausa no
cotidiano sem
precisar viajar
Os valores variam muito conforme o
tipo de tratamento e a quantidade de
dias. Um Day SPA, por exemplo, pode
variar de R$ 50 a R$ 2 mil. Em resorts,
o pacote de sete dias custa, em média,
de R$ 900 até R$ 10 mil. Lembre-se
que durante a baixa temporada você
pode aproveitar preços promocionais.
SPA Resort é localizado dentro de hotéis
e mistura qualidade de vida com lazer. Além disso, existe o SPA
Antes de arrumar as malas e aproveitar uma tempora-
Esporte, focado em atividades físicas, o SPA Naturista, voltado
da para recuperar as energias, tenha em mente o seu
para processos naturais de saúde e alimentação, o SPA Holístico,
objetivo e pesquise qual SPA tem mais a ver com seu
direcionado ao equilíbrio do corpo e mente e por aí vai...
estilo de vida.
12 mulher brasileira
SPAs oferecem tratamentos
de beleza e bem-estar para
todos os gostos
da aromaterapia.
Divulgação – UXUA Hotel & Spa
PARA NÓS MESMAS. Para isso servem os
Renata Melo - Spa Mitra
Dê uma pausa no estresse
cotidiano e passe um dia num SPA
VIAGEM
VOCÊ SONHA EM FAZER UMA
Repleto de lojas, ateliês e
restaurantes, o Caminito
é uma das principais
atrações turísticas de
Buenos Aires
VIAGEM INTERNACIONAL E NÃO
CONSEGUE CONJUGAR DOIS FATORES
O moderno Puerto Madero,
bairro mais nobre da
Capital Argentina, repleto
de boas opções para a noite
FUNDAMENTAIS, QUE SÃO O
TEMPO E O DINHEIRO? POIS QUE
TAL CONSIDERAR BUENOS AIRES?
Para te ajudar a optar pela capital da
por Raphael Crespo
Argentina num próximo roteiro de
viagem, a Mulher Brasileira
montou um guia com aquelas atrações
consideradas imperdíveis.
Sempre encantadora, Buenos Aires
se tornou um destino ainda mais
atraente para os brasileiros nos
últimos 20 anos, especialmente com
a estabilidade cambial alcançada após
o Plano Real, que tornou a moeda
do Brasil consideravelmente mais
valorizada que a do país vizinho.
Além disso, a distância favorece uma
nte
a praça dia
A belíssim
ao
n
o
ci
n
fu
onde
do palácio
o
Naci nal
Congresso
viagem de curta duração, como num
fim de semana prolongado. Um voo
fotos: Dreamstime
direto de São Paulo, por exemplo, dura
Mi Buenos Aires
querido!
Conheça a capital da
Argentina, primeiro
destino internacional de
muitos brasileiros
14 mulher brasileira
Puerto Madero
Considerado atualmente o centro
apenas duas horas e 40 minutos. Cada
financeiro e gastronômico da Capital
vez mais as companhias aéreas estão
Argentina, Puerto Madero era uma
investindo nesse destino. Somente
das áreas mais degradadas da cidade,
neste mês de janeiro de 2015, por
até passar por um gigantesco processo
exemplo, duas capitais brasileiras
de revitalização iniciado nos primeiros
ganharam voos diretos para a capital
anos da década de 1990, que, ao longo
da Argentina: Recife e Salvador.
de duas décadas, transformou o bairro
no mais valorizado de Buenos Aires.
Não há qualquer burocracia quando
se organiza uma viagem para Buenos
Hoje repleto de endereços residenciais,
Aires, pois não é necessário visto e
comerciais e hotéis divididos em
nem sequer passaporte. Você pode
arranha-céus que mudaram a paisagem
entrar na Argentina somente com
local, Puerto Madero tem uma vida
uma carteira de identidade válida e
Congresso Nacional
ao imponente Congresso Nacional,
em bom estado.
O Centro Histórico de Buenos Aires,
mas não sem antes passar pelo
formado pelos bairros de Monserrat
histórico Café Tortoni, o mais famoso
O bairro, às margens do Rio da Prata,
Não por acaso, a charmosa Capital
e San Telmo, é repleto de belezas
da cidade, palco de intelectuais do
tem atrações imperdíveis, como a
Argentina se tornou, para muitos
arquitetônicas, que vão do eclético
final do século XIX e início do século
Puente de la Mujer (Ponte da Mulher)
brasileiros, um sinônimo para a
ao neoclássico. Na Plaza de Mayo
passado. Próximo dali fica a Avenida 9
– única obra do renomado arquiteto
primeira viagem internacional,
(Praça de Maio), por exemplo, você
de Julio, onde está localizado o famoso
espanhol Santiago Calatrava na
especialmente para casais, por se
encontra a Casa Rosada, sede do
Obelisco de Buenos Aires, além do
América Latina – e a Fragata Presidente
tratar de uma cidade belíssima e cheia
governo argentino. Saindo de lá,
Teatro Colón, considerado um dos
Sarmiento, o primeiro navio da
de opções para lá de românticas.
pela Avenida de Mayo, você chega
principais teatros de ópera do mundo.
Argentina, transformado num museu.
noturna agitada e ótimos restaurantes.
Recoleta
Outro bairro nobre, na Recoleta você
Van Gogh, Cézanne e Rodin. O Cemitério
encontra o Museu Nacional de Belas
da Recoleta também é um ponto
Artes, que guarda em seu grande acervo
turístico, por guardar obras de arte e os
obras de artistas argentinos, além de
restos mortais de grandes personalidades
gênios das artes como Picasso, Monet,
argentinas, como Evita Perón.
O DULCE DE LECHE
VIAGEM
Não deixe de provar os tradicionais doces argentinos. Se preferir trazer de volta para casa só
o doce de leite, você pode usar
como recheio no seu próprio
alfajor feito em casa.
Receita de Alfajores
INGREDIENTES
O Tango
O Cemitério da Recoleta guarda obras
de arte e os restos mortais de grandes
personalidades, como Evita Perón
Na música “Mi Buenos Aires querido”, o cantor e
compositor Carlos Gardel cantou: “terra florida, onde
minha vida vai acabar”. Quis o destino que o maior
nome da música argentina viesse a falecer em Medelin,
na Colômbia, num desastre de avião. Mas sua obra foi
fundamental para a popularização do tango no mundo, a
partir da década de 1920. Casas de tango estão entre as
LA BOCA
principais atrações de Buenos Aires, como o samba no Rio
de Janeiro e o axé em Salvador.
Apesar de ser um dos
bairros mais pobres de
Buenos Aires, La Boca
é uma das regiões mais
visitadas por turistas,
especialmente por causa
da Rua Caminito, localizada
numa área conhecida como
Vuelta de Rocha, de frente
para o Rio Riachuelo. As
casas coloridas são repletas
de lojinhas de lembranças
turísticas, ateliês e
restaurantes. Visite durante
o dia, quando as cores das
casas vibram. Evite o lugar
à noite, quando é grande o
risco de assaltos. La Bombonera
Localizado no bairro La Boca, a menos de meio quilômetro
do Caminito, o Estádio Alberto Jacinto Armando é a casa do
Boca Juniors, o time mais popular da Argentina. O apelido
de La Bombonera se deve ao seu formato retangular, que
lembra uma caixa de bombons. É um dos maiores templos
do futebol mundial e uma visita imperdível.
16 mulher brasileira
Massa
tHEFNBOUFJHB
tYÓDBSBEFBÎÞDBS
tPWP
tHFNBT
tYÓDBSBTEFGBSJOIBEFUSJHP
tDPMIFSFTTPQB
EFNFM
tDPMIFSTPQB
EFCJDBSCPOBUPEFTØEJP
tDPMIFSFTTPQB
EFGFSNFOUPFNQØ
Recheio
t%PDFEFMFJUF
Cobertura
3 tabletes de chocolate ao leite
MODO DE PREPARO
Massa
#BUBBNBOUFJHBDPNPBÎÞDBSPPWPFBTHFNBTFSFTFSWF
À parte, misture a farinha de trigo, o mel, o bicarbonato
de sódio e o fermento em pó. Junte à mistura de manteiga reservada até ficar lisa e macia. Deixe descansar por
cerca de 30 minutos. Abra a massa com um rolo entre
dois filmes plásticos, deixando com espessura de 0,5cm.
Com um cortador, recorte círculos de cerca de 5 cm de
diâmetro e arrume-os em uma assadeira untada e polvilhada com farinha de trigo. Asse em forno médio (180°C),
preaquecido, por cerca de 8 minutos. Retire do forno.
Recheio e montagem
Depois de frios, una dois discos com uma camada
de doce de leite retirando o
excesso. Reserve.
Cobertura
Derreta o chocolate
e banhe os alfajores.
Coloque-os sobre papel
alumínio ou papel
manteiga e deixe secar.
A arte da superação
MULHERES GUERREIRAS
por Raphael Crespo
O Dia Internacional da Mulher já está aí. E para
homenagear nossas leitoras, preparamos uma edição
especial. Conheça e inspire-se com as histórias de
brasileiras de sucesso em suas áreas de atuação
NESTE INÍCIO DE 2015, NOSSA REVISTA
belas histórias de vida, também estão
na qual vendia coxinhas por R$ 1 numa
CHEGA À 12ª EDIÇÃO. MAS DESDE O
neste especial: Roberta Sudbrack e Ana
franquia com 60 pontos pelo Brasil.
PRIMEIRO NÚMERO, LANÇADO NO JÁ
Ribeiro, que, de brinde, nos ensinam
LONGÍNQUO ANO DE 2011, RECONHE-
algumas de suas deliciosas receitas.
Outra história impressionante é a da pu-
CEMOS E PROCURAMOS RESSALTAR A
blicitária mineira Cris Guerra, que perdeu
FORÇA, A BELEZA E A DETERMINAÇÃO
o pai de seu filho dois meses antes de dar
DA MULHER BRASILEIRA. O DIA 8 DE
MARÇO É COMEMORADO MUNDIALMENTE COMO O “DIA INTERNACIONAL
DA MULHER”. E apesar de respirarmos
o universo feminino pelos 365 dias do
ano, decidimos aproveitar o simbolismo
da data para prestar uma homenagem
a todas as mulheres do nosso país.
Nas próximas páginas, você verá um
especial com as histórias de sucesso e
superação de brasileiras em diversas
áreas de atuação.
No esporte, destacamos a trajetória vi-
“Sempre precisei
superar desafios
e obstáculos na
minha vida, mas
nunca desisti,
nunca baixei a
cabeça ou me
senti derrotada”
toriosa e cheia de obstáculos da craque
à luz e conquistou leitores de todo o país
ao lançar o blog “Para Francisco”, com
cartas emocionantes para o menino que
acabara de nascer. “Hoje estamos assim:
Papai em algum lugar bem bonito e a Mamãe aqui, nós dois a cuidar de você, filho,
e em você o amor que nos une feito
mágica. Como ele mesmo dizia, a gente
faz uma grande dupla. Se era a hora de
o Papai ir, você foi o jeito que Deus encontrou pra gente continuar vivendo esse
amor. Esse amor que não cabe”, diz um
dos primeiros posts de Cris.
Falando de saúde, trazemos a luta da
Jaqueline, musa da Seleção Brasileira e
Conversamos também com Lucinha
jornalista Fernanda Thedim contra a
uma das melhores jogadoras de vôlei
Araújo, mãe de Cazuza, que reuniu for-
balança – ela perdeu nada menos que
do mundo. “É complicado dizer qual foi
ças após a morte de seu único filho para
55 Kg e lançou um livro para contar sua
o momento mais difícil. Sempre precisei
iniciar uma cruzada contra a AIDS.
história – e entrevistamos a enfermeira
superar desafios e obstáculos na minha
Gilze Maria, que venceu um câncer de
vida, mas nunca desisti, nunca baixei a
Na área de negócios e empreendedo-
mama e criou o Instituto Neo Mama, para
cabeça ou me senti derrotada”, contou
rismo, temos a bilionária história de
dar apoio e informações a mulheres que
Jaqueline, em entrevista exclusiva.
Luiza Trajano, presidente do grupo de
sofrem do mesmo mal.
varejo Magazine Luiza, e a jovem Lore-
18 mulher brasileira
Duas das chefs mais importantes da
na Fornaciari, que em pouco menos de
Prepare-se para se emocionar e se inspi-
alta gastronomia brasileira, ambas com
quatro anos transformou uma lojinha
rar com essas mulheres guerreiras!
A melhor chef
A trajetória de
sucesso da obstinada
e autodidata
Roberta Sudbrack
do Brasil
“MINHA INQUIETAÇÃO NÃO
ME PERMITE ESTAGNAR OU
ACREDITAR NA FAMA. MEU
GRANDE BARATO É ME DESAFIAR
TODOS OS DIAS”. A AFIRMAÇÃO É
DE ROBERTA SUDBRACK, EM
INGREDIENTES
t8 coxas com
sobrecoxas de pato
tMJUSPTEFDFSWFKB
BRASILEIRA. Considerada a
clara
melhor chef mulher do Brasil
tHEFQBTTBT
brancas
por dez entre dez críticos
tHEFQBTTBT
de gastronomia, e uma das
e do mundo, a gaúcha radicada
no Rio de Janeiro faz 20 anos de
profissão em 2015 e não para de
bolar novos projetos. Se existe um
topo na carreira? Para Roberta,
pretas
tHEFEBNBTDPTFDP
tHEFBNFJYBTFN
caroço seca
tNMEFUVDVQJ
tHEFDPVTDPVT
de sêmola
que nos ensina duas receitas
tGPMIBTEF
nesta edição, o que interessa é
jambu fresco
continuar a subir sempre.
t4BM
t1JNFOUBEPSFJOP
moída na hora
“O reconhecimento existe e,
claro, traz alegria. Mas sempre
me sinto subindo uma escada sem
degrau final. Se importar muito com
a ‘fama’ nos afasta da realidade, nos
leva a uma estagnação, a entregar
coisas inferiores a nós mesmos e
consequentemente às pessoas. Quero
sempre o melhor para o meu cliente.
Por isso, me imponho como exercício
diário a realidade, o batente da
cozinha e os sonhos”, afirma.
MODO DE
PREPARO
Pré-aqueça o forno
a 180º C. Tempere
as coxas e sobrecoxas com sal e
pimenta do reino e
coloque-as num tabuleiro ou refratário
com frutas secas
e a cerveja. Cubra
Roberta Sudbrack posa em uma
grande mesa de seu restaurante.
Reunir pessoas em torno de uma boa
comida é uma das obsessões da chef
20 mulher brasileira
Nascida em Porto Alegre (RS),
com papel alumínio
Roberta foi morar com os avós em
e asse por cerca de
Brasília ainda criança. A cozinha está
2 horas ou até que
presente em sua vida desde a infância,
especialmente por causa da avó
Iracema: “ela sempre foi uma cozinheira
de mão cheia e sempre que eu estava
por Raphael Crespo
foto Leo Aversa
PATO NO CUSCUZ DE TUCUPI
ENTREVISTA À MULHER
melhores entre os chefs do país
MULHERES GUERREIRAS
o pato fique bem
macio. Mantenha
a temperatura
constante para evitar ressecamento. Retire o papel alumínio
e regue o pato com o líquido do
cozimento, até que fique bem
dourado. Retire o pato com cuidado e coe o caldo. Reserve as frutas. Misture o tucupi com
30 ml do líquido
coado, aqueça
e corrija o
tempero.
Cozinhe as
folhas de
jambu na mistura e reserve.
Hidrate o cuscuz
aos poucos com água morna
até que fique al dente. Num prato
fundo, coloque o cuscuz, cubra
com o tucupi, as folhas de jambu
e o pato assado.
brincando ou chegando da escola, os
cheiros que vinham da cozinha eram um
convite para ficar ali perto, ainda que sem
saber exatamente o porquê”, lembra.
O COMEÇO DE TUDO
E foi justamente por causa da avó que
Roberta ingressou pela primeira vez num
negócio de comida. Após um momento
difícil, que foi a morte de seu avô, ela
precisou ajudar a sustentar a casa e
viu numa carrocinha de cachorroquente a forma de fazer isso.
Roberta abriu um bufê e começou a
Fernando Henrique Cardoso
ocupou entre 1995 e 2002, quando,
promover jantares em Brasília. Em
encantou-se por sua comida e a
além de preparar a comida diária
tQFSBTCFNmSNFT
um desses, na casa de um ministro,
convidou para ser a primeira chef
da família do presidente, realizou
t.BOUFJHBTFNTBM
o então presidente da República
do Palácio da Alvorada, cargo que
diversos banquetes para autoridades,
INGREDIENTES
t"ÎÞDBSEFDPOGFJUFJSP
celebridades e chefes de estado do
t$BOFMBFNQØ
mundo todo.
t$BOFMBFNQBV
tHEFNBTTBphyllo ou
massa folheada
t.BOUFJHBEFSSFUJEB
tHEFUBQJPDBEFDBSPÎP
tNMEFØMFPEFDBOPMB
Toffee
“Acho que até hoje vivo, de uma
forma transformada, a tristeza da
perda do meu avô. Dar a volta por
MULHERES GUERREIRAS
TORTINHA DE PERA E TAPIOCA
tNMEFDSFNFEFMFJUFGSFTDP
“Minha formação é
totalmente autodidata,
mas teve muitos cortes
e escorregões”
uma forma de homenageá-lo”, conta
Roberta. “Vender cachorro-quente
não foi fácil, mas foi um aprendizado
incrível, uma boa escola para o
que sou hoje. Ajudou a consolidar
meus alicerces, minha base e meus
princípios”, conta a chef.
e cheio de novidades. Além
de completar duas décadas
rapidamente, com manteiga, numa frigideira antiaEFSFOUFQSÏBRVFDJEB1PMWJMIFDPNBÎÞDBSEFDPO-
na profissão, a chef celebra
feiteiro e doure ligeiramente. Deixe esfriar numa
os dez anos do restaurante
peneira para eliminar o excesso de umidade. Corte
que leva seu nome. “O
as folhas de massa phyllo em quadrados de 20 cm.
Roberta Sudbrack quebrou
Abra três folhas da massa e pincele cada uma com
tabus, influenciou e se
Feche como um envelope. Repita esse processo
morar nos Estados Unidos e estudar
com as outras folhas e o restante da pera. Pincele
escorregões. Nos Estados Unidos, me
aproximei novamente da cozinha, pois
fazia quentinhas com comida brasileira
para vender e ajudar no meu orçamento.
com menus degustação
que mudam diariamente”,
relembra.
Coloque em papel absorvente para
retirar qualquer excesso de gordura.
Nestes primeiros meses,
5FNQFSFDPNBÎÞDBSFDBOFMBBmN
Roberta já coloca para
de formar uma espécie de farofinha.
rodar seu food truck, com
uma volta às origens,
PBÎÞDBSFBÈHVBOVNBQBOFMBFMFWFBPGPHPBUÏ
quase três anos. Pedia os programas das
adquirir cor de caramelo. Acrescente aos poucos
22 mulher brasileira
Brasil que trabalhou apenas
retire com a ajuda de uma escumadeira.
minha formação de cozinheira, durante
atleta para uma Olimpíada”, relembra.
o primeiro restaurante do
a tapioca. Assim que subir à superfície,
Aqueça o creme de leite fresco. Coloque
área – e treinava diariamente, como um
ousada para a época. Fomos
Aqueça o óleo de canola e frite rapidamente
voltei para o Brasil e dei início sozinha à
aqui não tínhamos quase nada nessa
muito própria e muito
quente, pré-aquecido, até dourar e ficar crocante.
Toffee (caramelo)
poderiam me dar uma base clássica – por
firmou com uma proposta
com manteiga derretida por fora e leve ao forno
Não completei o curso de veterinária,
escolas estrangeiras de gastronomia, que
cuidou da alimentação dos atletas.
Descasque as peras, corte em finas fatias e salteie
Roberta conseguiu juntar dinheiro para
autodidata, mas teve muitos cortes e
Olímpicos, em Londres (2012), quando
O ano de 2015 será marcante
outra e recheie com duas colheres da pera salteada.
“Minha formação é totalmente
uma delegação brasileira em Jogos
MODO DE PREPARO
O negócio deu certo, virou um trailer e
e o chamado da cozinha foi mais forte.
2005, e foi a primeira chef a acompanhar
UM ANO CHEIO
manteiga derretida. Disponha uma por cima da
veterinária. Mas o curso não durou muito
Roberta Sudbrack no Rio de Janeiro, em
tHEFBÎÞDBS
tDPMIFSFTEFTPQBEFÈHVB
cima e cuidar da mulher que ele mais
amou na vida era, além de um dever,
Daí para o estrelato foi um pulo. Abriu o
o creme de leite e cozinhe em fogo moderado, até
mDBSDSFNPTP1PMWJMIFBUPSUJOIBDPNBÎÞDBSEF
confeiteiro, assim que retirar do forno, e depois
polvilhe a farofinha de tapioca e enfeite com a
canela. Sirva com o caramelo quente.
para servir seu cachorroquente pelo Rio de Janeiro.
E já tem um lugar para
A deliciosa
sobremesa de
peras com tapioca
assinada por
Roberta Sudbrack
TFSWJSTFVTIBNCÞSHVFSFT
caseiros, que fazem sucesso
em seu restaurante às
quartas-feiras, na chamada
Sudburguer Night.
MULHERES GUERREIRAS
O CENÁRIO DA ALTA
Órfã aos sete anos de idade,
nunca sem deixar de sonhar
Maravilhosa. Foi vendedora
Fiquei sabendo de um curso
GASTRONOMIA NO MUNDO,
Ana foi criada na casa onde
e estudar. Formou-se técnica
de seguros, babá, empregada
no restaurante dele, consegui
HISTORICAMENTE, SEMPRE
sua mãe trabalhava como
em contabilidade e, em 1987,
doméstica e fez congelados
fazer e eles gostaram do
FOI DOMINADO PELOS
empregada doméstica.
deixou Araçuaí para realizar
para vender, até conseguir sua
meu trabalho. Fiquei lá por
HOMENS. E NO BRASIL
Ainda adolescente, seguiu
o sonho de conhecer o Rio de
primeira oportunidade num
dez anos. Celidônio foi o meu
NUNCA FOI DIFERENTE.
pelo mesmo caminho, mas
Janeiro e vencer na Cidade
restaurante.
grande guru no começo. Ele
PELO MENOS NÃO ATÉ UMA
OBSTINADA E SIMPÁTICA
MINEIRA, DA PEQUENA
ARAÇUAÍ, CHEGAR AO RIO
DE JANEIRO EM MEADOS
me dizia: ‘se você tiver de
QUICHE LORRAINE
À BRASILEIRA
cidade. Acabei indo com eles.
Aquilo me motivou muito!”,
Após seis meses eles voltaram
relembra Ana.
INGREDIENTES
Massa
ficar. Só voltaria de cabeça
Ainda quando trabalhava no
CAMINHO PELAS COZINHAS
tHEFGBSJOIBEFUSJHP
erguida para a minha cidade.
Clube Gourmet, Ana começou
Aí, surgiu a oportunidade
um curso de hotelaria. Uma
de trabalhar com o chef José
de suas colegas de classe
Hugo Celidônio, no extinto
namorava Pierre Landry, do
Clube Gourmet.
restaurante Le Saint Honoré,
QUE PODE SER CONSIDERADA
peneirada
tHNBOUFJHBTFN
sal em cubos
A PRIMEIRA MULHER A
tPWP
ASSUMIR O POSTO DE CHEF
tHEFTBM
DE UM RESTAURANTE CINCO
ESTRELAS NO PAÍS.
“A maioria das chefs são donas
de restaurantes. Agora, chef
profissional, mesmo, para
assumir uma cozinha de um
tHEFBÎÞDBS
tNMEFÈHVBCFNHFMBEB
Recheio
tHEFCBDPOQJDBEPFGSJUP
tHEFNVTTBSFMBSBMBEB
grossa
tHEFRVFJKPDPBMIP
ralado grosso
restaurante de alta gastronomia,
tPWPT
eu fui a primeira no Brasil, sim.
tNMDSFNFEFMFJUFGSFTDP
No Le Saint Honoré”, relembra
t4BMQJNFOUBFOP[NPTDBEB
Ana, que nos brindou com três
a gosto.
de suas receitas.
Chef
24 mulher brasileira
simpatia, estamos feitos!’.
COMEÇAR A TRILHAR SEU
FALANDO DE ANA RIBEIRO,
Conheça Ana Ribeiro, de
ex-empregada doméstica a
destaque na alta gastronomia
competência o que tem de
um carioca e se mudou para a
DA DÉCADA DE 1980 E
CARIOCAS. ESTAMOS
pioneira
“Uma amiga casou-se com
MODO DE PREPARO
Numa bancada ou vasilha, coloque a
farinha de trigo, a manteiga, o ovo,
PTBMFPBÎÞDBS.JTUVSFCFNTFN
sovar e vá juntando a água aos
poucos, até obter uma massa
leve e homogênea. Cubra e leve à
geladeira por 30 minutos. Depois,
por Raphael Crespo
fotos Virna Santólia
abra a massa e forre uma forma
com fundo removível. Fure a massa
com o garfo e volte à geladeira por mais 30
minutos. Coloque o bacon e os queijos. Bata os ovos,
o creme de leite e tempere a gosto. Regue a mistura
por cima da massa e leve ao forno pré-aquecido a
180ºC por 40 minutos, para assar e dourar.
para Araçuaí, mas eu decidi
MULHERES GUERREIRAS
FRANGO EMBRIAGADO COM LEGUMES CAIPIRAS
INGREDIENTES
TAPIOCA RECHEADA COM
COMPOTA DE GOIABA E REQUEIJÃO
Frango
MODO DE
PREPARO
tGSBOHPLH
DPSUBEPFUFN-
Frango
INGREDIENTES
perado a gosto
Corte e tempere o
Tapioca
tHBSSBGBEFDFSWFKBQSFUB
frango de véspera,
400 g de goma de tapioca fresca
(600ml)
ou três horas antes
1 pitada de sal ou a gosto
tDFCPMBTNÏEJBTCFNQJDBEBT
do preparo com sal, pi-
Goiaba
tMJUSPEFDBMEPEFHBMJOIB
menta, alho e vinagre, tudo
8 goiabas vermelhas médias, descascadas e
tbouquet garni (salsa, tomilho,
a gosto. Aqueça o óleo e frite
cortadas em quatro, sem as sementes.
MPVSPBJQPBMIPQPSØFPV
o frango aos poucos, até ficar
HEFBÎÞDBSDSJTUBM
cebolinha)
levemente dourado, e escorra.
2 litros de água
tEFOUFTEFBMIPQJDBEPT
Reserve o frango. Depois, numa
1 pedaço de canela médio
tGPMIBEFMPVSP
panela com um pouco de óleo,
4 unidades de cravo-da-Índia
doure a cebola até caramelizar,
1 folha de louro
sem queimar, junte o alho e o
Requeijão
frango frito. Refogue bem e
1 litro de leite integral
tNMEF
regue com a cerveja. Deixe por
100 g manteiga sem sal
óleo para
alguns minutos para evaporar o
50 ml de vinagre branco
fritar
álcool, junte o louro e o bouquet
4 g de sal
t&SWBTGSFT-
garni e coloque o caldo de gali-
cas picadas
nha aos poucos. Antes de termi-
MODO DE PREPARO
nar o cozimento, adicione o
Tapioca
amido de milho, diminua
Numa tigela, misture a goma de tapioca com
o fogo e mexa para
o sal e reserve. Aqueça em fogo médio uma
Legumes
não grudar, tendo o
frigideira antiaderente e peneire uma camada
tNBYJYFTDPSUBEPTFNRVBUSPF
cuidado de não des-
fina e uniforme da goma. Quando soltar da
fazer o frango. Acerte
frigideira, vire o outro lado, cozinhe por cerca
Após o fechamento do Le Saint Honoré,
o tempero, desligue o
de três segundos e retire. Repita o processo
em 2007, ela permaneceu como
fogo e polvilhe as ervas
até terminar toda a goma. Depois, é só rechear,
funcionária do hotel, que passou a ser
tHEFBNJEPEFNJMIP
dissolvido em um
pouco de água
a gosto para
polvilhar
cozidos al dente
tRVJBCPTDPSUBdos transversais
tDIVDIVFN
frescas para servir com os
decorar e servir.
lascas, cozido
legumes caipira e, se desejar,
Goiaba
al dente
com um pouco de arroz.
/VNBQBOFMBNJTUVSFPBÎÞDBS
tHEF
Legumes
abóbora assada em cubos al
dente
t'PMIBTEFDPFOUSPFTBMTB
Numa frigideira, aqueça o azeite,
adicione o quiabo e deixe tostar
um pouco. Depois, jogue o
chuchu, o maxixe, a abóbora e as
tHEFB[FJUFEFPMJWB
ervas. Tempere a gosto e sirva
t4BMFQJNFOUBEPSFJOPBHPTUP
bem quente.
certa”. Mas ele me disse: ‘pode vir,
Bocuse, por sinal, viria a
porque você vai ficar!’. Eu fui e fiquei
cruzar o caminho de Ana
até o hotel fechar”, relembra Ana.
em sua trajetória no Le Saint
Honoré. Em 2003, numa
O Le Saint Honoré foi um restaurante
eleição de funcionários do mês
histórico do Rio de Janeiro, responsável
do hotel Meridien, ela ganhou
pela introdução da cozinha francesa
40 dias em Paris, com direito a
as especiarias, o louro e água.
Faça uma calda rala, junte as
goiabas e cozinhe em fogo
baixo até ficarem macias.
Retire do fogo, esfrie e leve à
geladeira.
Requeijão
Ferva 800 ml do leite. Desligue o fogo e junte o
administrado pela rede espanhola
Iberostar. O restaurante mudou
de nome, para L’Etoile, e Ana se
tornou a chef principal, posto
que ocupava antes na ausência
do francês Dominique Oudin,
então comandante da casa à
época do fechamento.
Depois, trabalhou nos resorts da
no Brasil. Localizado no 37º andar do
uma passagem por Lyon, para
vinagre para talhar. Descanse por 10 minutos e
Iberostar na Bahia e passou por
onde ela acabou conseguindo um estágio.
poderia trabalhar em qualquer lugar
extinto Hotel Meridien, foi inaugurado
trabalhar diretamente com
coe em peneira para descartar o soro. Coloque
alguns restaurantes do Rio, como La
O chef francês encantou-se por seu
do hotel, menos na cozinha”, conta
em 1979, com a chancela do francês
o papa da chamada nouvelle
a massa no liquidificador com a manteiga e
Cigalle e Fazenda Urbana. Atualmente
trabalho e a chamou para trabalhar com
Ana. “Um ano e alguns meses depois,
Paul Bocuse, considerado por muitos
cuisine. “Fui a primeira mulher
o sal. Ferva os 200 ml restantes do leite e vá
faz parte do grupo de Ecochefs do
Instituto Maniva, ao lado de grandes
nomes como Claude Troisgros e Flávia
eles precisaram de um sous chef
críticos gastronômicos de todo o mundo,
brasileira a trabalhar com ele.
juntando aos poucos aos demais ingredientes,
(subchef). E o Pierre me convidou.
e pela prestigiada escola americana
O próprio Paul Bocuse me
batendo até obter um creme liso e homogê-
“O gerente me disse que era proibido
Cheguei a falar com ele: ‘não vou sair
Culinary Institute of America, em Nova
disse isso. Ganhei esse prêmio
mulher trabalhar na cozinha. Eu
do Gourmet se não for uma coisa
York, como o “Chef do Século XX”.
e aproveitei muito”, conta Ana.
ele, mas o gerente do hotel não permitiu.
26 mulher brasileira
neo. Acerte o sal e deixe gelar antes de usar.
Quaresma, dois de seus melhores
amigos na profissão.
Por cima
por Raphael Crespo
foto Fernando Piancastelli
dos bloqueios
As vitórias e
superações da
craque Jaqueline,
musa da Seleção
Brasileira de vôlei
MULHERES GUERREIRAS
UMA DAS JOGADAS MAIS
também jogador de vôlei, atualmente
a ser condenada a nove meses de
IMPRESSIONANTES NO VÔLEI, QUE
um dos principais da Seleção Brasilei-
suspensão, num primeiro julgamento,
LEVANTA QUALQUER TORCIDA,
ra. Ambos ainda eram adolescentes
mas conseguiu provar que não havia se
É AQUELA CORTADA IMPIEDOSA
quando começaram a namorar, e hoje
dopado intencionalmente e teve a pena
QUE FAZ A BOLA PASSAR POR
são casados. Em 2001, com apenas
reduzida para apenas três meses.
CIMA DO BLOQUEIO E QUICAR COM
17 anos, Jaqueline foi convocada para
FORÇA NA QUADRA ADVERSÁRIA.
a Seleção Brasileira, para a disputa
Logo no ano seguinte, conseguiu a
POR ATUAR COMO ATACANTE DE
do Campeonato Mundial Juvenil, e
maior glória de um atleta: sua primeira
PONTA, A JOGADORA JAQUELINE JÁ
voltou com o título da competição e o
medalha de ouro em Jogos Olímpicos,
FEZ ALGUMAS CENTENAS, TALVEZ
troféu de melhor jogadora.
em Pequim, na China. Tudo estava de
MILHARES, DE PONTOS COMO ESSE
volta nos eixos. Foi campeã italiana e
EM SUA CARREIRA VITORIOSA.
Apontada como uma das grandes
melhor jogadora do campeonato na
Mas a superação de obstáculos na
promessas do vôlei brasileiro e já
temporada 2008/2009, pelo
vida dessa pernambucana de 31
convocada para a Seleção adulta, a
Scavolini/Pesaro. Sob o comando do
anos não se resume aos oponentes
em disputas por
medalhas. Em
sua história há
também sérias
lesões, um doping
involuntário e
até uma gravidez
perdida.
“É complicado dizer
qual foi o momento
“Sempre
precisei superar
desafios e
obstáculos na
vida, mas nunca
desisti, nunca
baixei a cabeça”
mais difícil. Sempre
atacante viveria,
técnico da Seleção Brasileira José Rober-
em 2002, os
to Guimarães voltou a jogar no Brasil,
primeiros dramas
em Osasco, e oficializou a relação com
de sua carreira.
Murilo, que já durava mais de 10 anos.
Uma cirurgia no
joelho a deixou
Mas a boa fase não duraria muito. E
seis meses
no ano de 2011, tudo voltou a degrin-
parada. Passado
golar. Jaque passou por uma cirurgia
um semestre de
recuperação, no
segundo dia da
volta aos treinos,
torceu o mesmo
joelho e precisou
precisei superar desafios e obstácu-
passar por mais uma intervenção.
los na minha vida, mas nunca desisti,
Para completar, uma trombose pro-
nunca baixei a cabeça ou me senti
vocada pelo rompimento de uma veia
derrotada. Não sem ao menos tentar.
da mão direita fez com que ela cor-
Superei tudo. Sempre fui muito
resse o risco de ter o braço amputado.
confiante e decidida. E sempre estive
Diante de tantas lesões, Jaqueline
cercada de pessoas que me ajudaram
ficou dois anos parada.
e estiveram ao meu lado, me dando
força e carinho. Hoje, olho para trás
De volta às quadras no final de 2004,
e vejo que todos esses problemas
pelo Rexona/Ades (RJ), Jaqueline não
foram superados, me fizeram ama-
demorou muito para assumir o posto
durecer, crescer e ser cada vez mais
de principal jogadora da Seleção
forte”, afirma Jaqueline.
Brasileira. Em julho de 2007, no
entanto, às vésperas dos Jogos Pan
28 mulher brasileira
Após iniciar sua carreira em Recife,
-Americanos do Rio de Janeiro, sofreu
se mudou para São Paulo com apenas
um novo revés, ao ser flagrada num
14 anos, para jogar pelo Osasco. Foi
exame antidoping. Suspensa preven-
lá que conheceu o gaúcho Murilo,
tivamente por 60 dias, Jaque chegou
MUSA DAS QUADRAS
Considerada a musa da Seleção
Brasileira, Jaqueline tem uma
beleza exótica e que sempre
chamou muito a atenção. Com
1,86 m de altura e 71 Kg, ela
conta que a vaidade faz parte da
vida de uma jogadora, mas não é
prioridade. “Sou vaidosa, sim, mas
sem exageros. Gosto de me sentir
bonita, de estar bem comigo
mesma, de me cuidar. Isso já faz
parte do meu dia a dia. Mas dentro
de quadra sou uma jogadora
como outra qualquer. O esporte
de alto rendimento exige muito
do atleta, mas somos mulheres,
precisamos estar sempre bem,
felizes, bonitas. O carinho que
recebo dos fãs é algo maravilhoso,
é algo que prezo demais, procuro
estar sempre dando atenção,
retribuindo um pouco o que eles
fazem por mim”, diz a musa.
MULHERES GUERREIRAS
no joelho em fevereiro. Três meses
nuca contra a cabeça da líbero Fabi, que
Jaque voltou a jogar em altíssimo nível
depois, surpreendida com a notícia
vinha na cobertura. Chegou a desmaiar
em 2012 e foi um dos destaques da
de uma gravidez, acabou vivendo o
em quadra e teve uma lesão cervical,
Seleção Brasileira no bicampeonato
drama de um aborto espontâneo.
entre a parte inferior do crânio e os
olímpico, nos Jogos de Londres, sendo
considerada a melhor jogadora em
monte de coisa na cabeça, uma certa
insegurança, que era normal. Estávamos muito felizes, pois queríamos um
filho, e tudo aconteceu muito rápido.
Até mesmo a notícia da gravidez,
porque eu estava próxima de me apresentar à Seleção Brasileira e precisei
informar à comissão técnica, já que
precisaria me ausentar dos treinamentos. Aos poucos, tudo foi ficando mais
calmo”, relembra.
Com o apoio do técnico José Roberto Guimarães, Jaqueline voltou à Seleção, mas
sofreu um grave acidente na estreia dos
“Agradeço muito
ao Minas por
abrir as portas
para mim, me
recebeu com
muito carinho
e estou
me sentindo
em casa”
Jogos Pan-Americanos em Guadalajara,
quadra na disputa da medalha de ouro
contra os Estados Unidos.
Em 2013, interrompeu a carreira para
realizar o sonho de ser mãe. “Perdi
uma gravidez, mas acho que não era
para ser daquela vez. Sabíamos que
iria acontecer. Planejamos tudo muito
bem e hoje estou vivendo esse sonho.
Arthur completou um ano e é a maior
benção que poderíamos receber”,
comemora Jaque.
fotos: Roni Sanches
“Depois que sofri o aborto, veio um
Aos 31 anos, sendo metade deles na
pesada batida de clubes, dentro e fora
do Brasil, Seleção e muitas viagens,
Jaqueline encara a vida de forma
no México, ainda em 2011. Na partida
ombros. Duas vértebras da coluna foram
diferente após o nascimento de Arthur.
contra a República Dominicana, após
afetadas, mas, milagrosamente, não
E justamente por isso viveu um novo
amortecer um ataque do time adversá-
houve danos à medula. Acabou vendo
drama na carreira. Ficou o ano passado
rio no bloqueio, caiu para trás, tentando
pela TV, do Brasil, a conquista do ouro
inteiro sem clube, pois não queria sair
principais times de São Paulo e do Rio,
buscar a bola, e acabou chocando sua
por suas companheiras.
do país e não podia ser contratada pelos
por conta de sistema de ranqueamento
thur ostenta
O pequeno Ar
e as medalhas
toda sua fofura
pais atletas
olímpicas dos
da Confederação Brasileira de Vôlei, que
permite que cada time tenha apenas
duas jogadoras com pontuação máxima
– caso de Jaqueline – em seus elencos.
Acabou sendo salva pelo Minas.
“Foi uma situação nova e muito ruim.
Mas passou. Recebi propostas de fora
A vibração de Jaqueline
contagia as colegas da
Seleção Brasileira
30 mulher brasileira
Alexandre Arruda / Divulgação CBV
do país, mas não queria sair. Queria
ficar perto do meu filho, do Murilo, da
sas mudaram, porque agora eu tenho
picos do ano que vem, no Rio de Janeiro:
minha família. Hoje eu estou em Belo
alguém que depende demais de mim,
“é um sonho de todos. De nós, joga-
Horizonte, mas tenho ido a São Paulo
em quem eu penso o tempo todo. Não
doras, do público, dos torcedores. Nós
quando posso, Arthur já veio para cá
quero parar de jogar ainda, pois tenho
da Seleção Brasileira vamos trabalhar
também, estou tentando compensar
alguns anos de carreira em alto nível
muito para que a equipe chegue bem
de todas as maneiras a distância. Agra-
pela frente e estou sempre tentando
preparada e pronta para buscar uma
deço muito ao Minas por abrir as portas
equilibrar da melhor maneira esse lado
medalha, para poder lutar pelo ouro, por
para mim, um clube que é referência,
mãe com a profissão”, diz a jogadora.
esse tricampeonato. Vai ser muito bom
jogar em casa, com o apoio dos brasi-
que tem uma estrutura fantástica, me
recebeu com muito carinho e estou me
Entre as metas para a carreira está o
leiros. Esses Jogos do Rio vão ser muito
sentindo em casa”, diz a musa. “As coi-
lugar mais alto no pódio nos Jogos Olím-
especiais, com certeza!”, promete Jaque.
NO ANO DE 1988, A CARIOCA LUCINHA
ARAÚJO COMEÇAVA A VIVER O MAIOR
DRAMA DE SUA VIDA, QUE FOI VER
A MORTE BATENDO À PORTA DE SEU
ÚNICO FILHO, À ÉPOCA JÁ CONSIDERADO UM DOS MAIORES ARTISTAS DA
HISTÓRIA DA MÚSICA BRASILEIRA.
CAZUZA VIVIA SUA BATALHA CONTRA
A AIDS, FADADA À DERROTA, QUANDO
GRAVOU O DISCO “IDEOLOGIA”, CUJA
FAIXA-TÍTULO DIZIA: “EU QUERO UMA
PARA VIVER”. Pois se pudesse escolher,
Lucinha certamente gostaria de ter o filho
ao seu lado. Em vez disso, aos 78 anos de
idade, precisa se agarrar a uma ideologia
e sonha em ver erradicada a doença que
levou embora o grande amor de sua vida.
Uma
ideologia
para viver
MULHERES GUERREIRAS
por Raphael Crespo
Marcada pelas perdas do filho
ÞOJDP$B[V[BFEPNBSJEP
-VDJOIB"SBÞKPGB[EPDPNCBUFË
AIDS sua fonte de energia
Divulgação
VIVA CAZUZA
Roqueiro, poeta e porta-voz de uma
geração, Cazuza perdeu em 1990 a
batalha para a AIDS, doença que veio
Área externa e refeitório
da casa onde funciona a
Sociedade Viva Cazuza
a reboque de uma vida repleta de
excessos, inclusive com drogas, deixando o Rock Brasileiro órfão de um de
e doaram a renda para uma instituição
seus maiores ícones. Deixou pelo cami-
que cuidava de pacientes HIV positivos.
nho, além de uma obra riquíssima, uma
Assim me veio a ideia, no susto. Só
mãe devastada. Logo após sua morte,
muito tempo depois descobri o quanto
amigos do mundo da música fizeram
é difícil manter uma instituição, não só
um grande show em sua homenagem,
financeiramente falando. Hoje sei que
no Rio de Janeiro, e resolveram doar a
temos milhões de deveres e direitos
bilheteria para o Hospital Universitá-
quase nenhum, mesmo fazendo um
rio Gaffrée e Guinle, já naquela época
serviço que deveria ser feito pelo
uma referência no combate à AIDS.
governo”, afirma Lucinha, que vai tra-
Nascia ali o embrião da Sociedade Viva
balhar de segunda a sexta-feira, todas
Cazuza, ONG que Lucinha comanda até
as tardes, em seu escritório na sede da
hoje, com o objetivo de “dar assistên-
ONG, numa casa em Laranjeiras, Zona
cia a crianças e adolescentes carentes
Sul do Rio: “faço questão de estar pre-
portadores do vírus HIV, a pacientes
sente e de coordenar tudo pessoalmen-
adultos em tratamento na rede pública
te. Não sou de fazer nada pela metade,
na cidade do Rio de Janeiro e difundir
quando começo uma coisa me entrego
informações científicas sobre HIV/AIDS,
de corpo e alma”, conta.
além de esclarecimento de dúvidas para
Na época do Cazuza, a luta contra a
profissionais de saúde ou leigos”.
AIDS era muito mais difícil, uma luta
contra um inimigo desconhecido e que
ano que Cazuza faleceu. Vários artistas
se sabia ser invencível. No trabalho que
fizeram um show na Praça da Apoteose
32 mulher brasileira
Isac Luz
“A Viva Cazuza foi fundada no mesmo
tem na Sociedade Viva Cazuza, Lucinha
sabe que hoje tudo é um pouco mais
“Faço questão de
estar presente.
Não sou de
fazer nada pela
metade, quando
começo uma
coisa me entrego
de corpo e alma”
fácil, apesar de ainda não existir uma
cura para a doença.
“Naquela época a AIDS não tinha tratamento e as perspectivas de vida para
os pacientes eram muito pequenas.
Hoje existe mais de vinte antirretrovirais, que dão qualidade de vida ao
paciente. Mas, por outro lado, vemos
que a prevenção está ficando para o
segundo plano e o número de novos
casos de HIV vem aumentando entre
jovens de quinze a vinte e quatro anos.
Dá um desânimo ver uma notícia como
Cazuza, já debilitado pela AIDS, em show
da turnê de “Ideologia”, em 1988
MULHERES GUERREIRAS
essa. Acho que o Brasil está perdendo
A ONG
terreno na prevenção ao HIV. Acredito
Fundada em 17 de outubro
de 1990, a Fundação Viva
Cazuza começou junto
ao Hospital Universitário
Gaffrée e Guinle, no Rio de
Janeiro. Dois anos depois,
desligou-se da instituição e iniciou um trabalho
independente, fornecendo
medicamentos, exames e
assistência a pessoas caren-
que o sucesso do programa no início da
epidemia fez com que achassem que
pudessem descansar, agora vamos ter
que correr atrás do prejuízo” avalia.
No final do ano passado, Lucinha sofreu
mais uma grande perda, com a morte de
João Araújo, pai de Cazuza e seu marido
por 57 anos. Mais um recomeço, perto
dos 80 anos de idade. Mas como fazer
para seguir em frente?
tes portadoras do HIV. Em
1993, após a cessão de um
imóvel da Prefeitura, montou a primeira Casa de Apoio
Pediátrico do Município, para
fornecer abrigo, tratamento
médico, educação, reintegração familiar, lazer e
cultura a crianças carentes.
Hoje, conta também com
um Projeto de Adesão ao
Tratamento, atendendo
mensalmente 140 pacientes
EBSFEFQÞCMJDBEP3JP
Cristina Granato / Agência O Globo
Um dos dormitórios
das crianças da
Sociedade Viva Cazuza
34 mulher brasileira
“Com certeza o
meu trabalho faz
toda a diferença
e é por ele e
também pelo
Cazuza e pelo
João que levanto
todos os dias
de manhã para
trabalhar”
Lorena em sua fábrica,
com a matéria-prima de
seu sucesso: as coxinhas
Bruno Coelho/Folha de São Paulo
Empreendedora nata
Saiba como a jovem Lorena Fornaciari montou um
negócio de franquias vendendo coxinhas a R$ 1
COM APENAS 25 ANOS DE IDADE, A CAPI-
“A ideia de abrir uma loja para
Atualmente, a Zé Coxinha possui
“Sou uma pessoa que acredita que a
XABA LORENA FORNACIARI É GRADUA-
comercializar minicoxinhas surgiu
uma fábrica com 1.000 m2 de área
vida é para ser vivida e ficar só choran-
DA EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
da análise de mercado que fizemos a
construída, capaz de produzir
do não me traz de volta nem Cazuza,
E PÓS-GRADUADA EM MARKETING. PO-
partir do antigo negócio da família,
20 mil coxinhas por hora. O pequeno
nem João, por isso, sigo em frente. É o
DERIA SER APENAS MAIS UMA DESSAS
que era uma padaria. Identificamos a
aporte inicial já se converteu
melhor que tenho a fazer”, diz Lucinha.
JOVENS MUITO DEDICADAS AOS ESTU-
coxinha como um produto com apelo
em mais de R$ 2,5 milhões em
DOS, MAS ELA É BEM MAIS DO QUE ISSO.
comercial próprio e definimos que seria
investimentos. Lorena, que é
Quando perguntada se é o seu trabalho
Em 2011, ao lado do pai e do irmão, abriu
o carro-chefe do próximo negócio. A
diretora comercial e porta-voz
na Sociedade Viva Cazuza que a man-
uma pequena loja em Vila Velha (ES) para
quantidade, o preço, e a forma como
da empresa, acredita que este
tém de pé, diante de tantas pancadas
vender porções de 15 coxinhas, em copos
seria comercializada foram definidas
crescimento seja resultado da
e perdas proporcionadas pela vida,
de plástico, por apenas R$ 1 . Quase quatro
em um segundo momento”, conta
identificação de um nicho de mercado.
Lucinha é taxativa: “com certeza o meu
anos depois, após um investimento inicial
Lorena, que destaca que a marca
“Conseguimos preencher esse nicho
trabalho faz toda a diferença e é por ele
de R$ 60 mil, a marca Zé Coxinha tem nada
também é fruto do trabalho do seu
com um produto de qualidade a um
e também pelo Cazuza e pelo João que
menos que 60 pontos de venda espalha-
pai, Vitorino, e do irmão Victor, que
preço que já não existia mais”, diz a
levanto todos os dias de manhã para
dos por Espírito Santo, Minas Gerais, Rio
cuidam, respectivamente, das áreas de
empresária, referindo-se ao quase
trabalhar”, finaliza.
de Janeiro e Bahia.
produção e financeira.
simbólico valor de R$ 1.
MULHERES GUERREIRAS
por Raphael Crespo
Donato, tios de Luiza Helena, compra-
Deu-se início a um processo, coman-
egos e vontades de outros familiares
ram uma pequena loja de presentes,
dado por Luiza Helena, de muitas mu-
com participação nos negócios.
chamada ‘A Cristaleira’, em 1957. O
danças no modelo de gestão. O controle
negócio cresceu pelas cidades nos
operacional da empresa foi descen-
“Somos uma família pequena e sempre
arredores do estado de São Paulo e
tralizado, uma verdadeira façanha de
investimos na profissionalização da
alcançou a região do Triângulo Mineiro,
Luiza, que teve destreza para adminis-
empresa. A sucessão familiar nunca foi
em 1983. Dois anos antes, o Magazine
trar seus planos de crescimento com
uma obrigação ou um problema para nós.
Luiza já inovara, ao se tornar uma das
primeiras redes a implementar um
sistema de computação nas lojas.
Em 1986, foi inaugurado o Primeiro
Centro de Distribuição (CD), em Ribeirão
Preto (SP). E alguns anos depois, mais
precisamente em 1991, se deu o grande
Império
DE ACORDO COM UM LEVANTAMENTO REALIZADO PELA CONSULTORIA
ESPANHOLA MERCO EM PARCERIA
COM O IBOPE, E PUBLICADO NA
REVISTA EXAME, LUIZA HELENA
TRAJANO É A QUINTA NUMA LISTA
DOS 100 EMPRESÁRIOS MAIS RESPEI-
A história bilionária de Luiza
Helena Trajano, presidente
do Magazine Luiza, uma das
maiores redes de varejo do país
TADOS DO BRASIL. Mulher mais bem
colocada no ranking, a presidente do
por causa de herança. É verdade que a
profissional, já que nunca me acomodei
grupo Magazine Luiza acumula, junto
empresa foi criada, há quase 60 anos,
e estou sempre em busca de novos
com a fortuna proveniente de uma
por seus tios. Mas a atual presidente do
conhecimentos. E essa busca tem que
das maiores redes de varejo do país, o
grupo passou por todos os estágios pos-
ser constante, assim como a tentativa de
respeito por seu modo de gestão, que
síveis dentro da organização, inclusive
se aprimorar sempre, inovar. É importan-
transformou uma empresa familiar do
caixa de loja, antes de alcançar o topo.
te não se acomodar nunca”, conta Luiza
interior de São Paulo num verdadeiro
Helena Trajano, em entrevista exclusiva
à Mulher Brasileira.
império, com 736 lojas, oito centros de
“Tive uma trajetória de muito trabalho e
distribuição e mais de 24 mil funcioná-
muito aprendizado. Como comecei a tra-
rios, espalhados por 16 estados.
balhar muito jovem e passei por todos os
O COMEÇO
departamentos, cresci profissionalmen-
A origem do Magazine Luiza está na
Mas engana-se quem pensa que Luiza
te, de forma gradual e com embasamen-
cidade de Franca, no interior de São
Helena se tornou uma das maiores em-
to, pois tinha a experiência adquirida
Paulo. Tudo começou quando o casal
presárias do Brasil e da América Latina
no dia a dia, bem como a capacitação
Pelegrino José Donato e Luiza Trajano
36 mulher brasileira
dos negócios, o Magazine Luiza virou
uma holding LTD – termo do meio
empresarial, usado para classificar uma
“empresa-mãe”, que comanda diversas
foto: Divulgação
feminino
salto. Preparando-se para a expansão
operações e segmentos de um mesmo
grupo – e Luiza Helena, que já vinha se
destacando dentro da empresa, foi escolhida pela tia e matriarca da família para
ocupar o cargo de superintendente.
“Tive uma trajetória de muito
trabalho e aprendizado. Comecei
como caixa de loja e passei por
todos os departamentos”
Magazine Lu
iza em dois
momentos:
novíssima e
a
gigantesca
loja da margi
Tietê, em Sã
nal
o Paulo, e a
pioneira do
do varejo, em
império
Franca (SP)
A aquisição de grandes redes é uma
das estratégias que o Magazine Luiza
tem usado ao longo dos anos para
multiplicação do número de lojas. O
passo inicial foi dado com a compra
das Casas Filipe (1996), com sede no
Paraná e unidades no Mato Grasso do
Sul. Em 2003, o Magazine Luiza adquiriu as lojas Líder, de Campinas (SP). Na
sequência foi a vez da rede Wanel, na
também paulista cidade de Sorocaba,
passar para o comando do Magazine
Luiza. No ano seguinte, foi a vez de
invadir o Rio Grande do Sul, com a aquisição das Lojas Arno. Em 2007, ano em
que alcançou um faturamento de
R$ 2,6 bilhões, o Magazine Luiza
ganhou mais força e chegou até Belo
Horizonte, uma das mais importantes
capitais brasileiras. E no dia 22 de setembro de 2008, a empresa causou um
verdadeiro estardalhaço no mercado
varejista do país ao entrar na Grande
São Paulo com a inauguração simultânea de nada menos que 44 lojas.
Luiza e a foto da primeira
loja da empresa, em
Franca (SP)
Em 2009, Luiza Helena Trajano foi
eleita presidente do Instituto para
Desenvolvimento do Varejo (IDV)
no biênio 2009-2010. E no papel de
No Magazine Luiza é assim: se o meu
zine Luiza abriu lojas com terminais
representante do setor, levou ao então
filho ou algum sobrinho assume algum
multimídia, com vendedores orien-
Presidente da República, Luis Inácio
cargo na diretoria, ele faz isso por mérito.
tando os clientes na compra, que
Lula da Silva, a proposta para redução
Foi assim comigo e acredito ser essa a
era entregue em 48 horas. De forma
do IPI, o Imposto de Produtos Indus-
melhor gestão nesse caso. Em minha
criativa, pois não havia a necessi-
trializados, para toda a linha branca –
trajetória na empresa, tudo foi aconte-
dade de produtos em exposição ou
geladeiras, fogões, máquinas de lavar
cendo de forma muito natural e gradual,
no estoque, a empresa chegou com
e tanquinhos. Em 17 de abril daquele
sem problema nenhum com outros
mais facilidade a locais onde ainda
mesmo ano, Lula publicou, no Diário
membros da família”, afirma a presidente
não tinha presença física, como a
Oficial da União, a redução do imposto,
do Magazine Luiza.
cidade de São Paulo, o maior centro
com objetivo de estimular as vendas,
consumidor do Brasil.
gerar novos empregos e dar suporte à
Foi da mente visionária de Luiza
Publicitário e editor
FTQFDJBMJ[BEPFNDPOUFÞEP
digital, o carioca Mauro
Amaral é a pessoa por trás
da personagem virtual Lu,
uma vendedora do Magazine
Luiza, que mantém um blog
no portal do grupo para falar
de produtos .
i'BÎPDPOUFÞEPQBSBPQPSUBM
do Magazine Luiza desde
março de 2009.
A Lu nasceu em outubro
daquele mesmo ano. Ela
tem personalidade
própria e ação em
NÞMUJQMPTDBOBJT
E a estratégia de
DPOUFÞEPEPCMPH
está sempre
mudando.
Hoje, por
exemplo, o
foco é que
a Lu fale de
tecnologia e
lançamentos do
mundo web”,
afirma Mauro.
Entre outros
prêmios, Mauro
tem um Leão de
Ouro em Cannes
(2001) e criou a
produtora Contém
$POUFÞEPFN
com a “missão de
transformar as
mercado brasileiro”.
SUCESSO NA INTERNET
Em 1999, com a experiência adquirida
Dois anos depois, o Magazine Luiza
(hoje chamadas Lojas Virtuais). Num
nas vendas virtuais, foi lançado o site
abriu o capital da empresa e logo
projeto inovador, uma espécie de
www.magazineluiza.com, um dos
tornou-se uma das empresas mais
primórdio do e-commerce, o Maga-
gigantes do e-commerce brasileiro.
populares na Bolsa de Valores do Brasil.
Ainda em 2011, realizou a 13ª aquisição
muito valorizado pelas empresas,
de redes em sua história, com a compra
por possuir algumas características
das 121 Lojas do Baú da Felicidade,
próprias como intuição, capacidade de
junto ao Grupo Silvio Santos.
fazer várias coisas ao mesmo tempo e
uma atenção especial às pessoas.
Formada em Direito e Administração
de Empresas, Luiza Helena vê seu
A participação das mulheres em cargos
crescimento no mundo empresarial
de direção de empresas está crescendo
soluções reais para o
blogdalu.magazineluiza.com.br
mas ainda
de forma
natural e não
tendências em
da criação das Lojas Eletrônicas
38 mulher brasileira
O BLOG DA LU
cadeia produtiva.
Helena que saiu a inovadora ideia
MULHERES GUERREIRAS
enxerga, em
sua trajetória,
nenhum tipo
de preconceito por ser
mulher.
“Nunca sofri
preconceito
“As novas premissas
da administração
tornaram o jeito
feminino de gestão
muito valorizado
pelas empresas”
porque nunca
temos que
evoluir muito.
Uma das
formas de
melhorar
isso será a
aprovação
de cotas para
mulheres em
conselhos de
administra-
me permiti ter esse tipo de sentimento.
ção. Mas é um papel de extrema impor-
Acredito que o preconceito está mais
tância, que agrega valor e vem sendo
em nossas mentes do que na mente
cada vez mais respeitado”, finaliza.
das outras pessoas”, avalia a executiva,
que vê a mulher cada vez mais forte no
mundo empresarial, tanto entre executivos quanto entre empreendedores:
“as novas premissas da administração
tornaram o jeito feminino de gestão
Da esq. para a dir., a diretora de Gestão
de Pessoas, Telma Rodrigues com
os fundadores do Magazine Luiza,
Pelegrino Donato e Luiza Trajano
Donato, no dia em que a empresa entrou
na Bolsa de Valores, em 2011
“Hoje estamos assim: Papai em
algum lugar bem bonito e a Mamãe
aqui, nós dois a cuidar de você, filho,
e em você o amor que nos une feito
mágica. Como ele mesmo dizia, a
gente faz uma grande dupla. Se era a
hora de o Papai ir, você foi o jeito que
Deus encontrou pra gente continuar
vivendo esse amor. Esse amor que
não cabe” Trecho do primeiro
post do blog “Para Francisco”,
QVCMJDBEPFN
Perdas
e ganhos
por Raphael Crespo
foto Fernando Piancastelli
Conheça Cris Guerra, a blogueira que conquistou
o Brasil ao contar a história da perda do pai
de seu filho com sete meses de gravidez
ENTRE AS INÚMERAS
viúva e mãe que, no caso,
morte é o alívio de ver quem
TATUAGENS PELO CORPO,
sou eu. Muitos questiona-
você ama finalmente parar
A MINEIRA CRIS GUERRA
mentos. Muitos raciocínios.
de sofrer”, relembra Cris.
TEM A PALAVRA “ALE-
Muito aprendizado. E uma
GRIA” ESCRITA NO ANTE-
pressa em falar para o Fran-
O PAI DE FRANCISCO
BRAÇO DIREITO. QUEM VÊ,
cisco sobre seu pai, sobre o
Antes de conhecer o pai de
SEM CONHECER, ESSA MU-
mundo e sobre mim mesma
Francisco, Cris foi casada por
LHER LINDA, INTELIGEN-
(só por garantia).”
dois anos e meio com um
namorado com o qual já se
TE, BEM SUCEDIDA E COM
40 mulher brasileira
MULHERES GUERREIRAS
UM APURADÍSSIMO SENSO
Órfão de pai antes mesmo
relacionava por quatro anos.
DE MODA, NÃO IMAGINA
de nascer, Francisco é filho
Teve dois abortos espon-
QUE SUA VIDA É MARCA-
de uma órfã, pois Cris sofreu
tâneos com uma diferença
DA POR TRAGÉDIAS.
o primeiro grande baque em
de dez meses entre eles e
sua vida em 1994, quando
chegou a pensar que ser
Publicitária de formação,
tinha 24 anos. Após dois
mãe não era algo para ela.
Cris ultrapassou as frontei-
anos de tratamento, sua
Guilherme apareceu em sua
ras de Belo Horizonte e ficou
mãe perdeu a dura batalha
vida quando ambos haviam
conhecida em todo o Brasil
contra um câncer de mama
saído de seus casamentos,
com o blog “Para Francisco”,
descoberto tardiamente.
no final de 2004. Ficaram
cuja descrição já dá a ideia
Algum tempo depois, a mes-
juntos por um bom tempo,
da dor e das memórias que
ma doença atacou o pulmão
até assumirem o namoro em
decidiu compartilhar com o
de fumante de seu pai, que
julho de 2005, mas tiveram
filho, então recém-nascido,
não resistiu a uma metás-
um término em abril de 2006
e com o mundo: “Um homem
tase no cérebro e faleceu
e, na época, Cris chegou a
tem morte súbita, dois
em 2001, também após dois
pensar que não teria volta.
meses antes do nascimento
dolorosos anos se tratando.
do seu único filho. Assim
“São duas histórias bastante
“Parei de tomar anticoncep-
nasce este blog. Tentando
parecidas, no sofrimento
cional, pois achava que não
entender e explicar dois
provocado pela doença e
iríamos voltar. Mas come-
sentimentos opostos e
pelo tratamento, e com des-
çamos a nos encontrar de
simultâneos vividos pela
fechos infelizes, em que a
novo, com saudades, e
“Tento
entender e
explicar dois
sentimentos
opostos e
simultâneos
vividos pela
viúva e mãe
que, no caso,
sou eu”
“Tem dias que são o seu pai, Francisco. Amanhece, o sol
lá fora diz o nome dele, o silêncio do sábado chora a sua
ausência. E de repente tudo o que era alegria vira um
buraco. Tem dia que tudo o que andei se desfaz. E volta
uma tristeza aguda, a maior do mundo. Em dias como
esses, só você faz sentido. Porque você é a continuação
da nossa história. Tem dia que o sol pode brilhar lindo
lá fora, mas é um brilho triste. Tem dia que nem chove,
mas é dia de choro. Volta e meia tem um dia desses.
Mas tem sempre um outro dia, filho. Foi você que me
ensinou isso”, do blog “Para Francisco”, publicado
FN
nesse período, de forma im-
com a educação do Fran, a
pressionante – até hoje não
pessoa que faltava como
sei explicar, pois foram pou-
referência masculina para
cos encontros –, eu engra-
ele”, conta Cris.
videi. Eu nem pensava mais
nisso, achava que não podia
Pouco tempo depois de
mais engravidar. Quando
“Para Francisco” – que virou
descobri e contei pra ele, já
livro de mesmo nome em
estávamos tentando voltar
2008 e está em fase de
o namoro. Ele ficou radiante.
captação de recursos para
Viveu talvez os meses mais
virar filme, com a atriz Dé-
sublimes da sua vida, com a
bora Falabella já confirmada
expectativa da chegada do
para fazer o seu papel –, Cris
bebê”, relembra.
encarnou de vez o espírito
de blogueira e colocou no ar
Uma morte súbita levou
um diário sobre moda, com
Guilherme, no dia 17 de
seus looks favoritos.
janeiro de 2007. Francisco
Acima, Cris e Francisco.
Abaixo, foto publicada na capa
do livro “Moda Intuitiva”
42 mulher brasileira
Luta
MULHERES GUERREIRAS
por Leticia Martins
fotos Anna Carolina Negri
cor-de-rosa
A enfermeira Gilze Maria enfrentou
o câncer de mama, mas não desistiu de lutar.
Em 2001, criou o instituto Neo Mama,
onde dá apoio a milhares de mulheres,
com informação e carinho
nasceu apenas dois meses
BLOGUEIRA DE MODA
depois, em 21 de março.
“Tenho uma longa história
Em meio a fraldas, noites
com a moda, que foi funda-
mal dormidas, a dor pela
mental no processo de cons-
perda de um amor e alegria
trução da minha autoestima.
pela chegada do filho, Cris
Poucos dias após iniciar o
decidiu criar o blog “Para
‘Para Francisco’, também
MUITAS VEZES NOS
mama. Procurou seu gine-
Francisco”, em julho daquele
por intuição, num impulso
ENCONTRAMOS EM UM
cologista e fez os exames
mesmo ano.
milagroso, lancei o blog ‘Hoje
MOMENTO CRUCIAL DA
necessários para chegar a
Vou Assim’, primeiro blog
VIDA. É COMO ESTAR À
um diagnóstico. Mesmo já es-
“O Fran tem uma noção, mas
de looks diários do Brasil.
BEIRA DE UM ABISMO,
perando a notícia negativa,
não tem maturidade ainda
Eu inventei, sem querer,
ONDE VOCÊ TEM DUAS
levou um baque. “Foi muito
para ler sobre isso. Ele encara
essa história de look do dia
OPÇÕES: PULAR OU VOAR.
difícil, chorei bastante. Batia
bem, pois desde os três anos,
no país. Por conta do prazer
A ENFERMEIRA GILZE
o desespero, tinha pesadelos
quando ele me perguntou
de me vestir, sempre cuidei
MARIA ESCOLHEU VOAR,
constantes, e achava que era
sobre o pai, contei a ele o
da minha aparência e isso
E LEVOU COM ELA MAIS
o início do meu fim. Até que
que aconteceu. Frequentou
refletia no meu astral. Amo
DE 30 MIL MULHERES
resolvi procurar a minha fé
uma excelente psicóloga,
‘brincar de boneca’ comigo
QUE LUTARAM – E AINDA
e vi que a vida estava muito
que o ajudou a lidar com um
mesma. A moda me permite
LUTAM - CONTRA O CÂN-
mais a meu favor. Percebi
medo de perdas, natural
ser várias mulheres a cada
CER DE MAMA.
que eu tinha que fazer a
numa criança que perdeu
dia”, diz a blogueira, que
tantos antepassados antes
transformou essa paixão em
Aos 38 anos, durante um
de nascer. Fala naturalmente
outro livro, o “Moda Intuiti-
rotineiro autoexame, Gilze
sobre o pai, mas pouco. Ado-
va”, que, sem a pretensão
encontrou o nódulo. Por ser
Na época, a maior força
tou meu terceiro marido, o
de ditar regras, dá dicas de
enfermeira, sua experiência
vinha da família, que, para
Edmundo, como um pai. São
moda que funcionaram para
somada ao comportamento
Gilze, é um pilar importan-
grandes amigos. Com meu
ela, mas busca “impulsionar
do nódulo fez com que ela
tíssimo no enfrentamento
marido atual, o Alfredo, ele
cada pessoa a descobrir seu
tivesse logo a certeza de
completo e compromissado
tem um excelente relaciona-
próprio caminho, por meio do
que estava com câncer de
da doença.
mento também. Ele é duro
autoconhecimento”.
minha parte, ou ninguém
faria por mim”, conta.
MULHERES GUERREIRAS
“Para vencer
o câncer
é preciso
fé, força e
coragem”
“Por não saber o que me
foi durante uma das noites
a plataforma já ajudou mais
e próteses externas. Atua
falar – ninguém sabe – meu
de insônia entre as sessões
de 30 mil mulheres. No
também em campanhas
marido sempre me dizia,
que Gilze resolveu criar um
espaço físico do instituto,
institucionais e disponibili-
‘você já venceu!’ e acredite,
site que mudaria sua vida, e
mais de três mil mulheres já
za um espaço enorme para
aquilo me dava confiança.
a de milhares de mulheres.
foram atendidas.
as mulheres batalhadoras,
onze anos, e eu achava
“Comecei a escrever o
“Nosso objetivo é dar
espaço de leitura, aulas de
muito injusto ela perder
cancerdemama.com.br
assistência e suporte,
dança de salão, de automa-
a mãe pela segunda vez.
– que hoje passa por uma
conscientizar e promover
quiagem e muito mais.
Queria vê-la crescer, vencer
grande reformulação – e
campanhas de esclareci-
como pessoa. Cada vez que
o sucesso dessa iniciati-
mento junto à sociedade.
Em 2007, Gilze foi a
me abatia, me permitia
va me levou a diversos
Também trabalhamos para
responsável por trazer
sofrer naquele momento, e
programas de televisão,
resgatar a autoestima de
para o Brasil o “Outubro
logo depois pensava: pron-
telejornais e noticiários.
quem, por muitas vezes,
Rosa”. Comemorada em
to, agora chega. Hora de
A estrondosa repercussão
se desconhece diante do
todo o mundo, a campanha
continuar lutando. E assim
fez com que mulheres da
espelho depois da cirurgia e
estimula a participação
aparece com a pre-
da quimioterapia”, diz.
da população, empresas e
sença de um nódulo na
entidades a lutar contra o
mama, não doloroso e
com piscina, sala de yoga,
Minha filha, adotiva, tinha
foi, e assim
é!”, diz.
O cotidiano
em seguida
foi marcado
pela batalha
por sua vida,
que durou
ao todo sete
meses. Fez a
mastectomia,
cirurgia onde
realizou a
retirada total
da mama.
Quando
chegou o
resultado,
os médicos
minha
“Cada vez
que me
abatia, me
permitia
sofrer
naquele
momento, e
logo depois
pensava:
pronto, agora
chega.”
informaram que o câncer já havia
região, de
1
Geralmente, o primeiro
sinal da doença
endurecido. Sintomas
Santos, co-
ENTRE SONHOS E AÇÕES
câncer de mama. Também
meçassem
Para Gilze, câncer é
é apresentadora de um
a cobrar
combatido com informa-
programa na TV Educativa,
um lugar
ção. E ela procura todos
sobre saúde e qualidade de
onde pu-
os meios possíveis para
vida, chamado “Um toque
déssemos
isso. “Sempre tento mexer
pela vida”. Com tantas ta-
conversar
com as mulheres que me
refas, o cotidiano de Gilze
pessoal-
procuram. Quero ajudá-las
pode parecer exaustivo,
pois cerca de 90% dos
mente.
a alcançar seus sonhos e a
mas a disposição de sobra
tumores são detectados
Foi aí que
tentar realizá-los. Procuro
vem de seu amor pela vida
pela própria paciente.
surgiu o
promover ações que elas
e pelas pessoas.
Confira o passo a
Institu-
dificilmente vivenciariam.
to Neo
Quero que o Instituto seja
Após 15 anos e meio, a luta
Mama, em
sempre um sucesso, uma
de Gilze ainda é diária. “Te-
2001. Sem
festa. E que ele seja tão
nho consciência de que sou
muitas
vencedor quanto as mu-
portadora da doença, e não
pretensões
lheres que enfrentaram a
posso me descuidar”, diz.
a princípio,
doença”, conta.
Mesmo assim, mantém em
de atrevimento!”, comenta.
como o aumento da
mama, vermelhidão,
dor também devem ser
considerados.
2
Realize o autoexame
das mamas todo o mês,
passo no site:
cancerdemama.com.br.
3
Entre os 20 e 40 anos,
procure um médico para
realizar o exame de
mamas a cada dois anos.
Se estiver acima dos 40
sua cabeça uma mensagem
anos, faça o exame a
Treze anos após sua fun-
de esperança. “A luta não é
cada ano.
dação, a atuação do Neo
fácil, ninguém pode dizer
mas cheio
chegado à axila, e que seu
grau de malignidade era
Hoje, o site que deu início
Mama é muito ampla. Entre
isso, porque mente. O me-
alto. Deu início à quimiote-
ao Neo Mama, é o mais
muitas das suas ações, o
do que assola as mulheres
rapia: oito sessões acompa-
acessado do mundo em
grupo fornece fisioterapia,
que estão nesse enfren-
nhadas de muitos efeitos
língua portuguesa sobre o
atendimento psicológico,
tamento pode e deve ser
colaterais, como a queda
assunto. Com diálogo,
orientações jurídicas, nutri-
vencido! Para isso é preciso
de cabelos e náuseas. Mas
informações e depoimentos,
cionais, banco de perucas
fé, força e coragem!”, conclui.
44 mulher brasileira
FIQUE ATENTA
4
A mamografia deve ser
realizada todos os anos.
O exame pode detectar
um câncer de mama até
dois anos antes de ele
ser palpável.
Vencendo a
balança
por Leticia Martins
A luta da jornalista
Fernanda Thedim, que
após chegar aos 127 kg,
decidiu mudar de vida e
se tornou um exemplo
de determinação
fotos: Divulgação
mação foi marcado pelo
acompanhamento de um
endocrinologista e de um
preparador físico. No começo,
a rotina de exercícios era a
parte mais difícil. “Entrar em
uma academia, um ambiente
cercado de espelhos, só com
pessoas saradas, é muito
MULHERES GUERREIRAS
A DIETA
A jornalista seguiu a dieta da proteína, que é baseada
em baixo carboidrato e focada em proteínas magras.
Ela foi dividida em duas fases. Na primeira, a pessoa
não deve ultrapassar a média de 20 gramas de
carboidratos por dia. A perda estimada é de até 3,5
quilos por semana. Na segunda fase, a quantidade
diária de carboidratos aumenta para 40 gramas por dia.
Antes de começar qualquer dieta, procure um profissional.
complicado para quem foge
completamente a esse pa-
“Corpo novo, vida nova”,
A recompensa pelo esforço
drão. Pensei em desistir já no
onde a jornalista narra,
de todos esses meses de
primeiro dia. Mas o personal,
com muito bom humor, as
luta vem em forma de dispo-
que me acompanhou e me
mudanças de hábito que a fi-
sição. Fernanda se diz mais
ajudou muito, teve a habilida-
zeram se tornar uma pessoa
leve, pronta para enfrentar
de de introduzir os exercícios
mais saudável.
tanto as tarefas do cotidiano,
quanto desafios. Mais recen-
de forma vagarosa e sem
pressão”, comenta.
Com 1,75 m de altura, hoje
temente, quis aprender
Fernanda pesa 72 Kg, mas
outro esporte e agora se
A dieta também não foi fácil,
ainda luta contra a obe-
dedica ao kitesurfe, sua
já que ela permitia apenas
sidade, dia após dia. “A
mais nova paixão.
20 gramas de carboidratos
manutenção, no meu caso,
JÁ PENSOU COMO DEVE SER
a jornalista conta que chegou a
(como pães
é para o resto
Para outras mulheres
GANHAR UM SALÁRIO PARA
quebrar o banco de um restau-
e massas)
da vida. Não
que estão na luta contra a
AVALIAR PRATOS DOS ME-
rante. “Era um domingo, o lugar
LHORES RESTAURANTES DE
estava lotado e todos pararam
SUA CIDADE? POIS FERNANDA
para ver aquela cena da gorda
THEDIM, QUE TRABALHAVA
estatelada no chão. Acho que
COMO CRÍTICA DE GASTRONO-
foi a pior humilhação pela qual
MIA, TINHA ESSE EMPREGO DOS
passei por causa do meu excesso
SONHOS... Mas, após se ver com
de peso”, lembra.
127 kg, o que a classificava como
46 mulher brasileira
Esse período de transfor-
“A dieta posso bobear,
por dia, mas
Fernanda
ou volto a
permitia
logo arranjou
comer comuma maneira
apenas 20 pulsivamente,
de contornar
antes.
gramas de como
a situação.
Continuo me
“Como gosto
carboidratos exercitando
de cozinhar,
e mantendo
comecei a pespor dia” uma dieta
balança, Fernanda dá um
conselho precioso. “É muito
fácil pensar: ‘ah, não vou
na academia hoje porque
preciso trabalhar’. Na verdade, é mais cômodo ir
trabalhar, do que ir para
a academia. Por isso,
obesa mórbida, a jornalista deci-
TENTATIVAS FRUSTRADAS
diu mudar radicalmente. Em maio
Antes da transformação, o históri-
de 2012, deu início a uma rotina
co de dietas pelas quais Fernanda
e a adaptar aos alimentos
segunda a sexta para poder
Era o que eu sempre
de dieta e exercícios, que a trans-
já havia passado era extenso.
permitidos na minha dieta.
cometer algumas estripulias
repetia dentro da minha
formou por completo. Perdeu
Tentou a dieta da sopa, do suco,
Então, no lugar da massa de
no fim de semana”, conta.
cabeça”, aconselha.
55 Kg em apenas sete meses.
da lua, do tipo sanguíneo e... nada.
um canelone, eu usava fatias
quisar receitas
equilibrada de
seja mais forte do que
a sua melhor desculpa.
OS EXERCÍCIOS
Como não se sentia motivada o
de abobrinha para envolver
“Meu peso afetava por completo
suficiente para passar por todas
o recheio. Isso foi extrema-
minha autoestima. Eu tinha
as restrições durante um período
mente importante porque
Fernanda Thedim ia quatro vezes por semana à
dificuldade para me olhar no
tão longo de tempo, acabava
me dava a impressão de es-
academia e fazia um treino de alta intensidade,
espelho, não conseguia comprar
desistindo. Após essa série de
tar comendo normalmente,
alternando exercícios de musculação com
roupa em nenhuma loja e tinha
tentativas, sem sucesso, chegou
sem seguir uma dieta”, diz.
aeróbicos. Fazia três aparelhos e quinze minutos
muita vergonha de ir à praia”, diz
a cogitar a cirurgia de redução de
Fernanda. Em um dos episódios
estômago, mas o medo da opera-
O resultado de toda a força
treino durar cerca de 45 minutos.
mais marcantes daquela época,
ção a fez tentar mais uma vez.
de vontade é relatado no livro
de transport. Repetia a série três vezes, fazendo o
Assédio:
saiba mais
sobre isso
por Raphael Crespo
Mulheres ainda são
as maiores vítimas.
Aprenda a identificar
um assediador
e saiba como
se defender
De acordo com a psiquiatra e psicana-
É da responsabilidade da Justiça do
lista francesa Marie-France Hirigoyen
Trabalho o julgamento das acusações
– uma das grandes referências no as-
de assédio moral. E cabe à vítima
sunto e autora do livro “Assédio Moral
apresentar elementos suficientes que
- A Violencia Perversa no Cotidiano”,
provem que vem sofrendo deste mal.
obra lançada em 1998 e traduzida em
24 países –, 70% das vítimas do assé-
“Por isso, é muito importante que as ví-
dio moral são mulheres, especialmente
timas de assédio moral ajam com dupla
mulheres negras. E entre as classes
estratégia de defesa. A primeira coisa é
mais assediadas moralmente estão
resistir à agressão e às ofensas o tanto
professores, bancários, comerciários e
terceirizados.
Mas o que caracteriza o assédio
moral? “Podemos
dizer que é o abuso
e excesso de poder,
com seus reflexos
psicológicos e físicos no ambiente de
trabalho. Ocorre de
maneira repetitiva e
gera danos à saúde
“Podemos dizer
que o assédio
moral é o abuso
e excesso de
poder, com
seus reflexos
psicológicos
e físicos no
ambiente
de trabalho”
Dreamstime
quanto possível, ganhando, assim, tempo suficiente para,
em seguida, reunir
as provas indispensáveis e, logo depois,
buscar a orientação
de seu sindicato ou
de um advogado. O
assediado deve se
munir de todos os
elementos proba-
DIREITOS IGUAIS
Objetivos do Programa PróEquidade de Gênero e Raça:
t$POUSJCVJSQBSBB
eliminação de todas as
formas de discriminação
no acesso, remuneração,
tórios possíveis se
ascensão e permanência no
quiser buscar uma
emprego;
indenização. A
INICIATIVA DO GOVERNO FEDE-
do empregado, po-
RAL, POR MEIO DA SECRETARIA DE
dendo resultar em
POLÍTICAS PARA AS MULHERES
uma ação judicial”,
DO GOVERNO FEDERAL (SPM), COM
afirma o advoga-
O APOIO DA ENTIDADE DAS NA-
do Aparecido Inácio, autor do livro
testemunhas, documentos, cópias de
ÇÕES UNIDAS PARA IGUALDADE DE
“Assédio moral no mundo do trabalho”
memorandos, CDs ou DVDs, filmes,
GÊNERO E O EMPODERAMENTO DAS
(Editora Ideias e Letras).
circulares, e-mails. Admite-se também a
Justiça do Trabalho
se baseia em provas
convincentes. Pode
ser por meio de
gravação da conversa, se ela se der por
MULHERES (ONU MULHERES) E DA
48 mulher brasileira
CIDADANIA
t$POTDJFOUJ[BSFJODFOUJWBS
empregadoras e
empregadores em relação
às práticas de gestão
de pessoas e de cultura
organizacional que
promovam a igualdade
de oportunidades entre
mulheres e homens dentro
das organizações;
ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO
Segundo o especialista, o assediador
meio de um dos interlocutores”, diz o Dr.
TRABALHO (OIT - ESCRITÓRIO BRA-
“tanto pode ser o chefe, o gerente,
Aparecido Inácio.
SIL), O PROGRAMA PRÓ-EQUIDADE
o dono da empresa ou um preposto
DE GÊNERO E RAÇA VEM GERANDO
(também conhecido como encarregado
ASSÉDIO SEXUAL
FRUTOS E TRANSFORMANDO O AM-
ou supervisor). O assediador geral-
A Organização Internacional do Tra-
BIENTE DE TRABALHO DE DIVERSAS
mente busca desqualificar o subordi-
balho (OIT) definiu, dentro do conceito
EMPRESAS, PÚBLICAS E PRIVA-
nado e desmoralizá-lo, desestabilizan-
de assédio sexual, atos de insinuações,
DAS, EM ESPAÇOS MENOS HOSTIS E
do-o emocional e moralmente. Não
contatos físicos forçados e convites im-
COM CADA VEZ MAIS CHANCES DE
raro, isso se amplia e reflete em todo o
pertinentes, desde que apresentem as
CRESCIMENTO PROFISSIONAL PARA
ambiente de trabalho tornando o lugar
seguintes características: ser uma condi-
AS MULHERES. No entanto, muitas
desagradável, insuportável e hostil. Na
ção clara para obtenção ou manutenção
ainda sofrem com problemas dos mais
maioria das vezes, o assediado tende
de um emprego; influência nas promo-
diversos em seus empregos e dois são
a desistir do emprego ou, no caso do
ções da carreira do assediado; prejuízo
cultura organizacional no
extremamente graves: o assédio moral
serviço público, é muitas vezes forçado
no rendimento profissional, humilhação,
mundo do trabalho.
e o assédio sexual.
a pedir transferência”.
insultos ou intimidações à vítima.
t3FDPOIFDFSQVCMJDBNFOUF
o compromisso das
organizações com a
igualdade entre mulheres
e homens no mundo do
trabalho;
t1SPNPWFSBSFEF1SØ
Equidade de Gênero e Raça;
t%JTQPOJCJMJ[BSFEJWVMHBS
um banco de práticas de
igualdade entre mulheres
e homens e raça no âmbito
da gestão de pessoas e da
CIDADANIA
diretas
“O assédio
sexual
ofende a
honra, a
imagem, a
dignidade e
a intimidade
da pessoa”
do Governo Federal (SPM), por ter executado 100% das
metas propostas no Plano de Ação apresentado na 4ª
ocorrer por intimidação,
em que o ato, ainda que
caso em que não importa
praticado uma única vez, seja
a hierarquia, pois a pessoa
bastante grave”, completa.
Edição do Programa, iniciado em 2011.
pede demissão, ou por
Assim como no assédio
chantagem, aí, sim, um caso
moral, a vítima precisa se
Após o recebimento do selo, a adesão da Liquigás
diretamente ligado à hierar-
embasar de todas as provas
à 5ª. Edição do Programa Pró-Equidade de Gênero
quia”, explica o advogado.
possíveis para buscar na
e Raça foi decidida unanimamente pela Diretoria
“O assédio sexual ofende a
Justiça seus direitos e se
Executiva da Companhia, reforçando o entendimento
honra, a imagem, a dignida-
defender. Caso você seja
de e a intimidade da pessoa.
vítima de algum desses
Mas em relação ao assédio
assédios, procure guardar
moral, ele tem algumas
bilhetes e e-mails enviados
particularidades: a presença
pelo assediador, tente usar
de assediador e assediado no
novas tecnologias, como
mesmo ambiente; conduta
celulares com câmeras
sexual e a imediata rejeição
ou aparelhos de MP3 com
de integrar toda a força de trabalho da Companhia,
por parte da vítima; e a rei-
gravadores. Lembrando que
oferecendo canais de comunicação para que todos os
teração da mesma conduta
uma gravação de conversas
colaboradores e colaboradoras possam expressar suas
por parte do assediador. Este
não é considerada uma pro-
opiniões e propor melhorias nas relações de trabalho.
último caso não é imperativo
va legal caso não seja feita
para a comprovação de um
pela vítima.
de que esses valores são essenciais para a
formação da cultura de combate ao preconceito
e à discriminação dentro das empresas.
Na Liquigás, o Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça
é coordenado pela Ouvidoria, juntamente com a Gerência
de Recursos Humanos e com a Gerência de Relações
Institucionais, áreas que têm o papel fundamental
50 mulher brasileira
Teoria
Forma da
estrada
sinuosa
Tenho
conhecimento de
"(?) O
Extraterrestre",
filme
Significa
legal em
IML
Personagem de
"Alice no País das
Maravilhas" (Lit. inf.)
Feminino de "ator"
Os primeiros dentes
permanentes
365 Vontade da
dias grávida (pl.)
Adorno
do dedo
Endereço
de página
na internet
Carga
Aflição;
sofrimento
Teto de
edifícios
Cissa Guimarães, atriz
Adolescente do sexo
masculino
Pessoa des- (?) Salvaconhecida dor, país
Aqueles
que não
enxergam
(?) Batista,
apresentador
esportivo
Indícios;
pistas
(fig.)
(?) mal:
desagradar
Senhora
(abrev.)
pode sentir-se tão mal que
Centro de
Terapia
Intensiva
(sigla)
Ferramenta
da Morte
(Folcl.)
Letra do
Robin (HQ)
Agir;
operar
Divisões
do ciclo
da Lua
O céu da
boca (Anat.)
Conjunto
de galhos
solução
M
A D O
N E L
O S A
E R
A J E
G O S
O S
N
L
I C E
A T O
I
A
T
A D O
S S O
Gênero e Raça da Secretaria de Políticas para as Mulheres
assédio sexual, pois há casos
T
C
E
S A N H
E T
A
R A P
S I T E
A Z
L
L
C E
T I G I
A R
R
R
F O
P A L
R A S O
A
E U
M U S C
A G
O
Em 2013, a Liquigás recebeu o Selo Pró-Equidade de
“O assédio sexual pode
Conversa
fiada
(bras.)
O plano
alternativo
Atrevido;
saliente
© Revistas Coquetel
Predador
de galinhas
Descer
(do ônibus)
B
A S
L
S E I
L
R A P
E
V E S
S O
T
S R A
A T
N U
C H A
A O R
LIQUIGÁS GANHA SELO passatempo
www.coquetel.com.br
A vogal
do pingo
Ácido da
aspirina
Demora
de pagamento
Sem roupa;
despida
Levemente
queimado
Também,
em inglês
Confusão
(gír.)
Consoantes
de "dose"
Ulysses
Guimarães,
político
Chuva
miúda
O maior é
o fêmur