1) Nas palavras hora, migalha e quase detecta-se a

Сomentários

Transcrição

1) Nas palavras hora, migalha e quase detecta-se a
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
COORDENADORIA DE CONCURSOS – CCV
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA
ÁREA TÉCNICO-ADMINISTRATIVA
EDITAL Nº 121/2009
CARGO
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
CADERNO DE PROVAS
PROVA I
– Língua Portuguesa – Questões de 01 a 20
PROVA II – Conhecimentos Específicos – Questões de 21 a 50
Data: 02 de agosto de 2009
Duração: 04 horas
Coloque, de imediato, o seu número de inscrição e o número de sua sala nos
retângulos abaixo.
Inscrição
Sala
Prova I – Língua Portuguesa
20 questões
TEXTO 1
AS PROFISSÕES DO FUTURO
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
(...)
Se nunca foi fácil conquistar as condições básicas para ser cidadão, com emprego, renda, saúde e
lazer, o desafio torna-se ainda maior ao incluir o acesso ao conhecimento como uma das condições
fundamentais para o exercício da cidadania. Mas (...) sem uma ampla mobilização que afinal coloque a
radicalização da cidadania em primeiro lugar, a busca de conhecimento e emprego pode dar em nada.
(...)
As manchetes de jornais e revistas consagraram a divisão entre 'velha' e 'nova' economia. Mas a
distinção tende a desaparecer: simplesmente a nova economia penetra todos os setores da velha
economia. Agricultura é coisa antiga? As plantações do futuro terão sementes e chips de controle.
Fabricar panos ou toalhas é coisa de tecelão, trabalhador manual? O setor têxtil modernizou-se e hoje
exibe os mais sofisticados sistemas de design gráfico e automação industrial. O zelador do prédio era
uma pessoa que no máximo consertava um cano ou cuidava dos faxineiros? Os prédios inteligentes
exigem zeladores que mais parecem administradores de empresas ou prefeitos. Enquanto isso, surgem
novas profissões: coordenadores de projetos, gerentes de terceirização, programadores visuais
multimídia, administradores de comunidades virtuais, engenheiros de redes.
Essa economia que está surgindo, totalmente nova ou renovando o que já existe, funciona com base
em redes de conhecimento. Portanto, transformar-se num elo de uma cadeia de transmissão de
conhecimento é a melhor forma de ficar próximo a um bom emprego. (...) Não basta já ter algum
diploma pendurado na parede. Há quem diga que os diplomas deveriam ser dados com prazo de
validade, como leite e outros produtos perecíveis. Para competir no mercado de trabalho, não basta ter
uma competência, é preciso ser competitivo, ou seja, estar disposto a reformular e atualizar
continuamente conhecimentos, habilidades e atitudes. O trabalhador do futuro, seja qual for a sua
especialidade ou setor, precisa estar habituado à gestão do próprio conhecimento. E desde os primórdios
da humanidade é evidente que sabedoria e conhecimento só se atualizam quando proliferam as relações
entre pessoas que ensinam, debatem, experimentam, pesquisam e dialogam.
(...)
O paradoxo dramático da nossa época, tão exigente em competição e competências, é que nem as
escolas estão preparadas para esse novo sistema nem as empresas conseguem resolver suas carências de
mão-de-obra especializada. Enquanto isso, o desemprego aumenta. Antigamente era o agricultor que ia
para a cidade ou o estivador que perdia o posto no porto. Agora são os trabalhadores de 'colarinho
branco', que estavam aparentemente seguros em escritórios e burocracias, os que perdem seus postos
para robôs, softwares, agentes virtuais e sistemas automatizados de administração de empresas e
organizações.
Um olhar mais atento identifica que o desemprego tende a ser mais alto nas populações desprovidas
de acesso a conhecimento, informação, educação. Nas populações com grau mais elevado de
escolaridade, as opções de emprego continuam se multiplicando, e as empresas só se queixam de falta
de mão-de-obra especializada. Ou seja, há nas empresas uma procura por trabalhadores que as escolas
estão sendo incapazes de oferecer.
Conclusão: quanto melhores forem as condições de vida e a distribuição de renda no país, ou seja,
quanto melhores forem as condições de acesso ao conhecimento, mais gente terá acesso às
oportunidades da nova economia do conhecimento, centrada na inovação, na expansão de redes e na
ampliação da cidadania.
SCHWARTZ, Gilson. As profissões do futuro. São Paulo: Editora Publifolha. Disponível em:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u351846.shtml
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Língua Portuguesa
Pág. 2 de 15
01. Segundo o texto 1, é correto afirmar que:
A) é impossível, na economia atual, a prática da cidadania.
B) a velha economia era propícia ao exercício da cidadania ideal.
C) a nova economia é contrária a atividades passadas, como a agricultura.
D) é indispensável a expansão da cidadania para a democratização do conhecimento.
E) o controle do Estado, em algumas atividades econômicas, elimina as desigualdades.
02. “As profissões do futuro” dizem respeito àquelas que:
A) conciliam competências e espírito competitivo.
B) emergem como novas profissões na moderna economia.
C) se submetem à automação independente da ação humana.
D) excluem as ciências sociais e humanas em favor das tecnológicas.
E) consagram os colarinhos brancos como detentores do saber tecnológico.
03. A “radicalização da cidadania” (linha 04) a que alude o autor pressupõe:
A) o equilíbrio entre os aspectos positivos da velha e da nova economia.
B) o retorno à distinção entre o paradigma da velha e o da nova economia.
C) a abertura do mercado para os que não tiveram acesso ao conhecimento.
D) o regresso ao humanismo, que suprime a competição em favor da competência.
E) a conjunção entre melhor padrão de vida para as pessoas e acesso ao conhecimento.
04. O paradoxo de nossa época é considerado dramático, porque:
A) a tecnologia tende a substituir o homem.
B) há problemas insolúveis na nova economia.
C) há conflitos entre a oferta e a procura de mão-de-obra.
D) as tensões do mercado prenunciam uma grave crise econômica.
E) inexiste especialização para novas profissões da atual economia.
05. Segundo o texto, a automação ameaça de fato:
A) os engenheiros de rede.
B) os coordenadores de projeto.
C) os trabalhadores da indústria têxtil.
D) os trabalhadores de ‘colarinho branco’.
E) os administradores de comunidades virtuais.
06. A expressão “ou seja” (linha 37) indica, no contexto:
A) aproximação entre ideias.
B) incoerência entre ideias.
C) atenuação de ideias.
D) supressão de ideias.
E) mudança de ideias.
07. O texto “As Profissões do Futuro” é, predominantemente, de natureza:
A) descritiva, porque opõe a velha à nova economia.
B) argumentativa, porque advoga as qualidades do trabalhador do futuro.
C) expositiva, porque é neutro quanto às virtudes e defeitos da velha economia.
D) descritiva, devido à riqueza de adjetivos e advérbios de modo, conforme parágrafo 4º.
E) narrativa, historiando a atualização do conhecimento desde os primórdios da humanidade.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Língua Portuguesa
Pág. 3 de 15
08. Assinale a alternativa em cuja frase o autor provê uma informação como fato partilhado pelo leitor, sem
necessidade de justificativa.
A) “Nas populações com grau mais elevado de escolaridade, as opções de emprego continuam se
multiplicando, e as empresas só se queixam de falta de mão-de-obra especializada” (linhas 33-35).
B) “Portanto, transformar-se num elo de uma cadeia de transmissão de conhecimento é a melhor forma
de ficar próximo a um bom emprego” (linhas 16-17).
C) “...é evidente que sabedoria e conhecimento só se atualizam quando proliferam as relações entre
pessoas que ensinam, debatem, experimentam, pesquisam e dialogam” (linhas 23-24).
D) “Para competir no mercado de trabalho, não basta ter uma competência, é preciso ser competitivo, ou
seja, estar disposto a reformular e atualizar continuamente conhecimentos, habilidades e atitudes”
(linhas 19-21).
E) “Ou seja, há nas empresas uma procura por trabalhadores que as escolas estão sendo incapazes de
oferecer” (linhas 35-36).
09. O conectivo da frase “Enquanto isso, o desemprego aumenta” (linha 27) exprime:
A) oposição.
B) concessão.
C) conclusão.
D) explicação.
E) proporcionalidade.
10. Assinale a alternativa em que o número de fonemas é maior que o número de letras.
A) nunca (linha 01).
B) pessoas (linha 24).
C) próximo (linha 17).
D) paradoxo (linha 25).
E) trabalhador (linha 21).
11. Uma consoante palatal nasal é representada no dígrafo da palavra:
A) “portanto”
B) “colarinho”.
C) “manchete”.
D) “profissões”.
E) “trabalhador”.
12. Assinale a alternativa em que há uma correta relação entre a palavra e seu processo de formação.
A) ensinam (linha 24): prefixação.
B) seguros (linha 29): derivação regressiva.
C) mão-de-obra (linha 35): composição.
D) incapazes (linha 36): sufixação.
E) expansão (linha 39): parassíntese.
13. Assinale a alternativa em que o sufixo altera a classificação morfológica da palavra primitiva.
A) “cidadania”(linha 03).
B) “faxineiros” (linha 11).
C) “engenheiros” (linha 14).
D) “atitudes” (linha 21).
E) “habilidades” (linha 21).
14. Assinale a alternativa em que a associação entre a palavra e sua classificação morfológica está correta.
A) “nada” (linha 04) – advérbio de negação.
B) “que” (linha 23) – pronome relativo.
C) “Portanto” (linha 16) – conjunção explicativa.
D) “desde” (linha 22) – conjunção temporal
E) “mais” (linha 38) – pronome indefinido.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Língua Portuguesa
Pág. 4 de 15
15. Assinale a alternativa em que a função sintática do pronome relativo é a mesma do seu antecedente.
A) “Mas (...) sem uma ampla mobilização que afinal coloque a radicalização da economia em primeiro
lugar...” (linhas 03-04).
B) “O zelador do prédio era uma pessoa que no máximo consertava um cano ou cuidava dos faxineiros”
(linhas 10-11).
C) “Os prédios inteligentes exigem zeladores que mais parecem administradores de empresas ou
prefeitos” (linhas 11-12).
D) “Essa economia que está surgindo (...) funciona com base em redes de conhecimento (linhas 15-16).
E) “... há nas empresas uma procura por trabalhadores que as escolas estão sendo incapazes de oferecer”
(linhas 35-36).
TEXTO 2
NÃO HÁ VAGAS
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11
O preço do feijão
não cabe no poema. O preço
do arroz
não cabe no poema.
Não cabem no poema o gás
a luz o telefone
a sonegação
do leite
da carne
do açúcar
do pão.
12
13
14
15
16
O funcionário público
não cabe no poema
com seu salário de fome
sua vida fechada
em arquivos.
17
18
19
20
21
Como não cabe no poema
o operário
que esmerila seu dia de aço
e carvão
nas oficinas escuras
22
23
24
25
26
27
─ porque o poema, senhores,
está fechado: "não há vagas"
Só cabe no poema
o homem sem estômago
a mulher de nuvens
a fruta sem preço
28
29
30
O poema, senhores,
não fede
nem cheira.
GULLAR, Ferreira. Toda Poesia. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1980. p. 224 .
16. Com os versos “O funcionário público/não cabe no poema/com seu salário de fome/sua vida fechada/em
arquivos” (versos 12-16), o poeta:
A) condena o funcionalismo público pela má distribuição de renda.
B) recusa o funcionário público em geral como matéria de poesia.
C) rejeita o funcionário público cujos altos salários contrastam com a fome do povo.
D) mostra admiração pelo funcionalismo público, embora não queira cantá-lo em versos.
E) critica o funcionalismo público pela ausência de transparência nos atos administrativos.
17. Com o trecho grifado em “O poema, senhores,/não fede /nem cheira (versos 28-30), o poeta:
A) ressalta o caráter irrelevante da poesia frente às necessidades humanas.
B) mostra que dá pouca importância à forma como se faz um poema.
C) contrapõe o caráter abstrato do poema à realidade cotidiana.
D) exalta a neutralidade na composição e leitura dos poemas.
E) critica a alienação política e social dos poetas brasileiros.
18. O termo grifado em “Como não cabe no poema...” (verso 17) é:
A) conjunção comparativa e relaciona duas estrofes.
B) conjunção integrante, porque une as duas estrofes.
C) conjunção consecutiva, relacionando o verso 16 ao 17.
D) pronome relativo, porque liga o verso 16 à estrofe seguinte.
E) preposição e instaura conformidade entre os versos 12 e 18.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Língua Portuguesa
Pág. 5 de 15
19. Assinale a alternativa que avalia corretamente a concordância do verbo caber nos versos abaixo.
I. “Não cabem no poema o gás/a luz o telefone/a sonegação...” (versos 05-07).
II. “... não cabe no poema/o operário/que esmerila seu dia de aço” (versos 17-19).
III. “Só cabe no poema/o homem sem estômago/a mulher de nuvens/a fruta sem preço” (versos 24-27).
A)
B)
C)
D)
E)
No item II, a concordância se justifica pela posposição do sujeito.
A forma singular no item III é facultativa devido à posição do sujeito.
O singular dos itens II e III se justifica pelo fato de o sujeito ser simples.
O plural no item I é obrigatório devido ao fato de o sujeito ser composto.
No item I, o singular é gramaticalmente possível pela concordância com poema.
20. Assinale a alternativa em que o termo grifado é classificado como complemento nominal.
A) “sonegação do leite” (versos 07-08).
B) “mulher de nuvens” (verso 26).
C) “salário de fome” (verso 14).
D) “fruta sem preço” (verso 27).
E) “dia de aço” (verso 19).
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Língua Portuguesa
Pág. 6 de 15
Prova II – Conhecimentos Específicos
30 questões
21. Dado o circuito elétrico apresentado na figura, encontre a tensão e a corrente na resistência R L (Os
valores de todos os resistores são dados em Ohms).
A)
B)
C)
D)
E)
V = 24V; I = 0,07A.
V = 18V; I = 0,05A.
V = 24V; I = 0,10A.
V = 30V; I = 0,08A.
Nenhuma das alternativas anteriores.
22. Dado o circuito apresentado na figura, cuja fonte de tensão alternada Vi é igual a [10sen(ωt)]V, responda
qual a tensão máxima na resistência do circuito, supondo que a tensão direta no diodo é de 0,7V.
A)
B)
C)
D)
E)
3,3V.
9,3V.
10,0V.
10,7V.
Nenhuma das alternativas anteriores.
23. Dado um circuito transistor com as seguintes características: corrente de base I B = 10µA; corrente de
coletor IC = 1mA. Sabe-se que o transistor se encontra na região ativa. Responda qual o valor da corrente
de emissor (IE) e qual o valor do ganho de corrente βCC.
A) IE = 1mA; βCC = 100.
B) IE = 1,01mA; βCC = 50.
C) IE = 0,99mA; βCC = 100.
D) IE = 0,99mA; βCC = 50.
E) IE = 1,01mA; βCC = 100.
24. Os multímetros são instrumentos essenciais para medidas elétricas. Com relação à utilização do
voltímetro e do amperímetro, podemos afirmar:
A) o voltímetro deve ser associado em paralelo e o amperímetro em série com o elemento do circuito.
B) o voltímetro deve ser associado em série e o amperímetro em paralelo com o elemento do circuito.
C) tanto o voltímetro como o amperímetro devem ser associados em paralelo com o elemento do circuito.
D) tanto o voltímetro como o amperímetro devem ser associados em série com o elemento do circuito.
E) podemos associar o voltímetro e o amperímetro indistintamente em série ou em paralelo sem risco de
queimar o instrumento de medida.
25. Qual o número binário que vem logo após (10101)2?
A) (10100)2.
B) (10110)2.
C) (10111)2.
D) (11110)2.
E) Nenhuma das alternativas anteriores.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Conhecimentos Específicos
Pág. 7 de 15
26. Simplifique a expressão abaixo utilizando os conceitos da álgebra de Boole.
x = ABC + AC
A) x = ABC + AC .
B) x = BC + AC .
C) x = ABC + AC .
D) x = ABC + ABC .
E) Nenhuma das alternativas anteriores.
27. Um técnico em eletrônica, utilizando um voltímetro, observa que a diferença de potencial em cima do
resistor R2, na figura, é de 3,75V. Marque a alternativa correta.
A)
B)
C)
D)
E)
O diodo está partido e, portanto, a corrente através dele é igual a zero.
O circuito não apresenta nenhum defeito e está funcionando corretamente.
Os resistores R1 e R2 estão em curto.
O resistor R1 está em curto.
Nenhuma das alternativas anteriores.
28. Veja o circuito retificador de meia onda apresentado na figura. A tensão eficaz no primário do
transformador (VEF-pri) é igual a 220V. Responda qual a tensão média na resistência do circuito, supondo
que a tensão direta no diodo é de 0,7V e que a relação de espiras entre o primário e o secundário do
transformador é de 10:1, ou seja, para cada 10 espiras no primário existe uma espira no secundário.
A) (22 2 + 0,7) V.
B) 21,3 V.
C) 22,7 V.
22 2 − 0,7
) V.
π
22 2 + 0,7
E) (
) V.
π
D) (
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Conhecimentos Específicos
Pág. 8 de 15
29. Um circuito retificador em onda completa com uma resistência de carga igual a 5kΩ, opera a partir de
uma tensão de entrada de 120VEF (tensão eficaz no primário do transformador) e frequência de 60Hz,
através de um transformador com TAP central e relação de transformação de 5:1. Os diodos do circuito
apresentam uma tensão direta de 0,7V. Qual a potência máxima (P Max) e qual a potência média (PMed)
dissipadas na resistência de carga?
(12 2 − 0,7)
( 24 2 − 0,7)
) W; PMed = (
) W.
5
5
(12 2 − 0,7) 2
(24 2 − 1,4) 2
B) PMax =
W;
P
=
W.
Med
5 × 103
5π × 103
(12 2 − 0,7)
( 24 2 − 0,7)
C) PMax = (
) mW; PMed = (
) mW.
5
5
(12 2 − 0,7) 2
(24 2 − 1,4) 2
D) PMax =
mW;
P
=
mW.
Med
5 × 103
5π × 103
A) PMax = (
E) Nenhuma das alternativas anteriores.
30. Qual o resultado da seguinte operação de subtração (67FH - 2A4H), sendo que estes números estão
escritos na base hexadecimal?
A) 3DBH.
B) 3FFH.
C) DD4H.
D) AAH.
E) 3DCH.
31. A saída simplificada z do circuito combinacional apresentado na figura é igual a:
A) z = AB + C .
B) z = AB + BC .
C) z = ( A + C ) ⋅ ( A + B + C ) .
D) z = C ( A + B ) .
E) Nenhuma das alternativas anteriores.
32. O Transistor pnp apresentado na figura possui β = 70. Encontre o valor de RC tal que o valor de VC
(tensão do coletor) seja igual a 6V.
A)
B)
C)
D)
RC = 1,0kΩ.
RC = 3,0kΩ.
RC = 1,2kΩ.
RC = 2,2kΩ.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Conhecimentos Específicos
Pág. 9 de 15
E) RC = 2,0kΩ.
33. Uma fonte regulada utiliza um regulador zener cuja tensão do diodo zener é V Z = 6,8V para uma corrente
IZ = 50mA. O zener possui uma resistência incremental rZ = 50Ω. A tensão de entrada da fonte VI é igual a
15V nominais (Veja figura). Qual a diferença de potencial entre os pontos A e B do circuito (VAB)?
A)
B)
C)
D)
E)
VAB = 7,2V.
VAB = 7,0V.
VAB = 6,4V.
VAB = 6,0V.
VAB = 5,8V.
34. Um circuito retificador de meia onda com filtro capacitivo utiliza um capacitor eletrolítico com
valor C = 220µF. Sabendo que a tensão de entrada do circuito é de 220V (valor eficaz) com frequência
de 60Hz e que a resistência de carga RL = 2,2kΩ, o valor da tensão de ondulação (tensão de ripple - Vr)
na resistência de carga vale (assuma 2 = 1,41 ):
A)
B)
C)
D)
E)
Vr = 2,00V.
Vr = 1,50V.
Vr = 1,10V.
Vr = 0,50V.
Vr = 0,23V.
35. Dado o circuito apresentado na figura abaixo, com o FET NMOS operando com uma corrente de dreno
iD = 0,9mA, quais os valores da resistência de dreno RD e da tensão de dreno VD? Sejam a tensão de
limiar Vt = 2V, o parâmetro de transcondutância µnCox = 20µA/V2, a largura do canal de condução do
FET W = 100µm e o comprimento de seu canal de condução L = 10µm:
A)
B)
C)
D)
E)
RD = 5,6kΩ e VD = 5V.
RD = 5,6kΩ e VD = 4V.
RD = 15kΩ e VD = 5V.
RD = 15kΩ e VD = 4V.
RD = 10kΩ e VD = 2V.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Conhecimentos Específicos
Pág. 10 de 15
36. Dado o amplificador operacional apresentado na figura abaixo, cuja tensão de entrada V I é uma senóide
de amplitude igual a 2V, sua tensão de saída V0 é dada por:
A)
B)
C)
D)
E)
uma onda quadrada com amplitude igual a 2V.
uma senóide com amplitude de 20V e defasada de 180º em relação a VI.
uma senóide com amplitude de 2V e defasada de 180º em relação a VI.
uma senóide com amplitude de 2V e em fase com VI.
uma tensão contínua e igual a 20V.
37. Para que a saída X do circuito apresentado na figura abaixo possua valor lógico igual a 1, é necessário
que as entradas A, B e C possuam os seguintes valores lógicos:
A)
B)
C)
D)
E)
A=0; B=0; C=0.
A=1; B=0; C=1.
A=0; B=1; C=1.
A=1; B=1; C=0.
A=1; B=1; C=1.
38. Marque a opção correta.
A) Um amplificador operacional ideal possui ganho de malha aberta infinito.
B) Um transistor de efeito de campo MOSFET necessita de uma corrente de gate alta para funcionar na
região de saturação.
C) O diodo zener é um regulador de tensão que precisa ser ligado em série com a carga para que o
mesmo funcione corretamente.
D) O diodo retificador de silício é um dispositivo eletrônico linear que possui uma barreira de potencial
em sua junção PN de aproximadamente 0,7V.
E) O transistor bipolar NPN se encontra na região ativa quando sua corrente de base I B é maior que zero
e quando o potencial de sua base é maior que o potencial de seu coletor (VB > VC).
39. O laboratório de eletricidade do Departamento de Física da UFC possui um galvanômetro cuja corrente
de fundo de escala (IG) é igual a 50µA e cuja resistência interna (RG) é igual a 50Ω. Para se construir um
amperímetro analógico com fundo de escala de aproximadamente 50mA, utilizando este galvanômetro,
faz-se necessário:
A) ligar em paralelo com o galvanômetro uma resistência com valor de 0,05Ω.
B) ligar em série com o galvanômetro uma resistência com valor de 0,05Ω.
C) ligar em paralelo com o galvanômetro uma resistência com valor de 50Ω.
D) ligar em série com o galvanômetro uma resistência com valor de 50Ω.
E) ligar dois galvanômetros em série.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Conhecimentos Específicos
Pág. 11 de 15
40. Um técnico em laboratório deseja projetar uma fonte de alimentação contínua com tensão média de 25V
na resistência de carga. A tensão e a frequência da rede elétrica são, respectivamente, 220V (tensão
eficaz) e 60Hz. O técnico deseja utilizar somente um retificador em ponte, sem filtro capacitivo e sem
regulação. A tensão direta sobre cada diodo é igual a 0,7V. Marque a alternativa correta.
A)
B)
C)
D)
E)
A corrente média através dos diodos é de (12,5π + 0,7) A.
A tensão máxima sobre a resistência de carga é de (12,5π + 1,4) V.
A corrente média através da resistência de carga é de (12,5π + 0,7) A.
A tensão de pico inverso sobre cada um dos diodos é de (12,5π + 0,7) V.
A relação de espiras do transformador deve ser de 14 (catorze) espiras no primário para 1 (uma)
espira no secundário.
41. O circuito apresentado na figura possui as seguintes características: VI = 200V (±10%), o diodo regulador
zener possui rZ=10Ω, Vz=50V para IZ=20mA, IZmin=5mA e IZmax=40mA. O valor de RS para que o zener
regule entre IZmin e IZmax é:
A)
B)
C)
D)
E)
4,00kΩ.
3,75kΩ.
3,25kΩ.
1,00kΩ.
0,51kΩ.
42. Três capacitores iguais podem ser associados de quatro maneiras diferentes, como segue:
Em qual das associações a capacitância total do conjunto é maior?
A) Associação (1).
B) Associação (2).
C) Associação (3).
D) Associação (4).
E) A capacitância total é igual para todas as associações.
43. Uma fonte de tensão apresenta uma tensão em circuito-aberto de 10V e uma corrente em curto-circuito
de 25A. Sendo assim, o valor da resistência interna da fonte é:
A) 0,4Ω.
B) 2,5Ω.
C) 10Ω.
D) 25Ω.
E) A fonte possui resistência interna nula.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Conhecimentos Específicos
Pág. 12 de 15
44. No circuito abaixo, admita que o diodo é ideal. Qual o valor da tensão V0 quando a chave se encontra na
posição A e quando a chave se encontra na posição B?
A)
B)
C)
D)
E)
3V para a chave na posição A e 0V para a chave na posição B.
0V para a chave na posição A e 3V para a chave na posição B.
5V para a chave na posição A e 3V para a chave na posição B.
0V para a chave na posição A e 0V para a chave na posição B.
5V para a chave na posição A e 5V para a chave na posição B.
45. Os Flip Flops da figura têm todas as suas entradas J e K colocadas em nível lógico 1. Sabendo que no
instante inicial todas as saídas Q0, Q1 e Q2 possuem nível lógico zero, responda qual a função deste
registrador.
A)
B)
C)
D)
E)
Contador crescente de 0 a 7.
Contador decrescente de 7 a 0.
Contador crescente de 1 a 8.
Contador decrescente de 8 a 1.
Nenhuma das alternativas anteriores.
46. A tensão de entrada VI(t) do circuito apresentado na figura é um pulso de 2V com duração de 1ms,
conforme apresentado na figura. A tensão de saída V0 produzida pelo amplificador operacional no
instante de tempo t = 1ms é igual a:
A)
B)
C)
D)
E)
0V.
10V.
15V.
20V.
100V.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Conhecimentos Específicos
Pág. 13 de 15
47. Polarizar um transistor significa estabelecer uma corrente contínua constante no emissor do mesmo
(IE = constante). Essa corrente tem que ser calculada de forma que a mesma seja insensível às variações
da temperatura ambiente e às grandes variações do ganho de corrente β encontradas entre transistores do
mesmo tipo. Para tornar IE (no circuito da figura) insensível às variações de temperatura e do β, é correto
afirmar que:
A)
B)
C)
D)
E)
é necessário estabelecer VBB>>VBE e RE>>(RB/(β +1)).
é necessário estabelecer VBB>>VCE e RE<<(RB/(β +1)).
é necessário estabelecer VBB<<VCE e RE<<(RB/(β +1)).
é necessário colocar o circuito em um ambiente de temperatura controlada.
Não se pode controlar a variação da corrente IE se o β variar.
48. Dado o circuito amplificador apresentado na figura, o ganho de tensão alternado (vc / vs) é dado por:
A)
B)
C)
D)
E)
vc
vs
vc
vs
vc
vs
vc
vs
vc
vs
RS
.
rπ + RS
1
− RC
.
RC + RS
re
− g m RC
.
re + RS
1
RS
.
RC + RS
rπ
− g m RC
.
rπ + RS
= g m RS
=
=
=
=
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Conhecimentos Específicos
Pág. 14 de 15
49. Dado o circuito apresentado na figura, com o FET Q2 operando com uma corrente de dreno iD = 0,9mA,
encontre a corrente (ID1) e a tensão (VD1) de dreno do FET Q1. Os dois FETs são iguais e possuem as
seguintes características: tensão de limiar Vt = 2V, parâmetro de transcondutância µnCox = 20µA/V2,
largura do canal de condução W = 100µm e comprimento de canal de condução L = 10µm:
A)
B)
C)
D)
E)
ID1 = 0,5mA e VD1 = 5,5V.
ID1 = 0,9mA e VD1 = 5,5V.
ID1 = 1,0mA e VD1 = 5,0V.
ID1 = 0,4mA e VD1 = 8,0V.
ID1 = 1,5mA e VD1 = 2,5V.
50. Em relação ao circuito abaixo, é correto afirmar (β = 100):
A)
B)
C)
D)
E)
O transistor Q1 está cortado e o transistor Q2 se encontra na região de saturação.
A tensão entre o emissor e o coletor (VEC) de Q2 é igual a 18,1V.
O transistor Q1 se encontra na região ativa e o transistor Q2 se encontra na região de saturação.
A corrente de emissor (IE1) de Q1 é igual à corrente de emissor (IE2) de Q2.
A corrente de base (IB1) de Q1 é igual a duas vezes a corrente de emissor (IB2) de Q2.
Técnico de Laboratório / Eletroeletrônica
Conhecimentos Específicos
Pág. 15 de 15

Documentos relacionados

Eletrônica Básica - Oficina de Robótica

Eletrônica Básica - Oficina de Robótica primeira faixa indica o primeiro número. segunda faixa indica o segundo número. terceira faixa indica o multiplicador. quarta faixa indica a tolerância.

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO DE FÍSICA – 2º EM

ESTUDO DIRIGIDO DE FÍSICA – 2º EM ESTUDO DIRIGIDO DE FÍSICA – 2º EM 01 – (Vunesp) Dado o circuito a seguir, onde G é um galvanômetro e ε uma bateria, calcule X em função das resistências R1, R2 e R3, para que a corrente por G seja ...

Leia mais

M-1104b-1100-Aluno-Por

M-1104b-1100-Aluno-Por 6. Observe as tensões VRL , VCE e Vcc. Qual relação existente entre elas? ______________________________________________________________________ ____________________________________________________...

Leia mais

EE610 Eletrônica Digital I - DSIF

EE610 Eletrônica Digital I - DSIF do inversor formado por Q3 e Q4. • O sinal set deve permanecer em nível alto até que o processo regenerativo aconteça durante o chaveamento. Devido a simetria do circuito, todas observações anterio...

Leia mais

Apost. de Eletrônica - Cap. 2

Apost. de Eletrônica - Cap. 2 podendo ser simétrica ou assimétrica. O princípio de funcionamento é o mesmo definido nos subitens B e C. As fontes V1 e V2 podem ser substituídas, acrescentando mais diodos de acrescentado produzi...

Leia mais

Manual do Proprietário

Manual do Proprietário assistência qualificado. Quando for necessário efectuar qualquer um destes trabalhos, peça a um instalador qualificado ou a um técnico de assistência qualificado para efectuar estes trabalhos. Um i...

Leia mais

ELT313_Lab4r

ELT313_Lab4r uma grande surpresa. O sinal de saída Vo será Kazuo Nakashima & Egon Luiz Muller Jr

Leia mais

1) Nas palavras hora, migalha e quase detecta-se a

1) Nas palavras hora, migalha e quase detecta-se a distinção tende a desaparecer: simplesmente a nova economia penetra todos os setores da velha economia. Agricultura é coisa antiga? As plantações do futuro terão sementes e chips de controle. Fabri...

Leia mais

1) Nas palavras hora, migalha e quase detecta-se a

1) Nas palavras hora, migalha e quase detecta-se a distinção tende a desaparecer: simplesmente a nova economia penetra todos os setores da velha economia. Agricultura é coisa antiga? As plantações do futuro terão sementes e chips de controle. Fabri...

Leia mais

1) Nas palavras hora, migalha e quase detecta

1) Nas palavras hora, migalha e quase detecta distinção tende a desaparecer: simplesmente a nova economia penetra todos os setores da velha economia. Agricultura é coisa antiga? As plantações do futuro terão sementes e chips de controle. Fabri...

Leia mais