VISÃO AMPLIADA Antecipe fatos com as informações

Сomentários

Transcrição

VISÃO AMPLIADA Antecipe fatos com as informações
www.graphprint.com.br
Desde 1998 imprimindo credibilidade - ANO 17 - Nº 144 - Junho 2014
VISÃO AMPLIADA
Antecipe fatos com as
informações certas
EXPOPRINT
Confira as novidades
muito além
das cores
Visite o estande da oKi na expoPrint 2014
e conheça de perto a tecnologia que amplia
suas possibilidades de impressão.
Os visitantes poderão conferir uma vitrine
exclusiva com produtos finais, impressos em
toner branco ou transparente.
oKi na expoprint 2014.
estande 15g, de 16 a 22
de julho, em são paulo.
C941
(tamanho A3)
impressora 5 Cores
Com TeCnologia leD
C711WT
(tamanho A4)
impressão leD
Com Toner branCo
/okidatadobrasil
www.oki.com.br
Central de Atendimento OKI
11 3444 - 6747 (Grande São Paulo) | 0800 11 55 77 (Demais Localidades)
EDITORIAL
Apita o árbitro
Na preleção, antes de começar o “torneio” ExpoPrint, convocamos
você para acompanhar de perto a prévia do que será apresentado
no evento que vai se desenrola daqui a alguns dias. Com isso, o
visitante pode jogar sua partida com conhecimento técnico e tático
dos lançamentos que virão. E são muitos, pode ter certeza.
Com uma defesa segura, esta edição mostra como foi a entrega
das taças do 13º Prêmio GRAPHPRINT, que contou com engajamento
coletivo de todas as equipes. Com a presença de 308 jogadores do
campeonato gráfico, o evento reuniu um time atento aos caminhos
que estão sendo traçados pelos novos tempos da comunicação.
Aproveitamos a oportunidade para agradecer a todos os profissionais que se dispuseram a entregar os troféus. Parabéns especiais
aos vencedores. Juntos, vamos rumo ao 14º Prêmio GRAPHPRINT. A
pesquisa contou com a auditoria da Premium Auditores.
Já no setor de meio de campo a edição vem com o quarteto mágico formado pelas matérias de workflow para digital, equipamentos
para impressão promocional e editorial, distribuição de papel e a
competitividade. Num rápido lançamento, o leitor pode conhecer as
novidades mais recentes do ambiente gráfico. Para fazer a transição do meio para o ataque, vêm as matérias que colocam em destaque a Heidelberg e a Samab como história viva da distribuição. O
técnico dessa vez é a vinheta Legislação. O grande lance tático dessa leitura é fundamentar como deve ser o processo de avaliação e
definição da categoria de risco no processo de fabricação, operação
ou adaptação de uma máquina ou equipamento, seja ele novo ou
usado. “Utilizamos as ‘EM 954-1 e NBR-14153’ para nortear nosso
exemplo de acordo com os parâmetros utilizados para definição das
diferentes categorias dos dispositivos de segurança conforme seu
grau de risco. Ao avaliar o funcionamento do equipamento devemos observar todos os pontos de risco presentes em sua operação
nas diferentes perspectivas”, informa Daniel Bernardinelli Correa,
consultor de NR12 da Usitecma e professor do Senai Theobaldo de
Nigris.
Para dar uma visão mais ampla da partida chegou ao Brasil a Two
Sides, que foi criada em 2012, na Inglaterra, e hoje se tornou a principal campanha mundial de difusão da sustentabilidade da comunicação impressa. Já presente nos principais países europeus, além
de Estados Unidos, Austrália e África do
Sul, acaba de ganhar também o reforço
do Brasil no time.
Por fim, convidamos você para ser o
nosso centroavante, o famoso camisa
9. Contamos com sua leitura, que certamente trará recursos para tornar sua
pontaria mais bem afiada. Com informação de qualidade, ao chegar na cara do
gol, o jeito é balançar o barbante. Com
um estilo sintomático.
Saudações GRAPHPRINTENSES!
Fábio Sabbag
GRAPHPRINT JUN 14
3
Ano 17 • N.° 144 - Junho 2014
Sumário
CAPA - Fábio Sabbag e Talita Correia
Diretor Presidente
Agnelo de Barros Neto ([email protected])
10
Diretora Financeira
Samantha de Barros ([email protected])
Publicidade
Érica Brandão ([email protected])
13º Prêmio
GRAPHPRINT
Editor chefe
Marcos Mila (MTb 26.418) ([email protected])
Hora de comemorar
Editor
Fabio Sabbag (MTb 66.400) ([email protected])
Edição de Arte
Geraldo de Oliveira ([email protected])
Diagramação
Talita Correia ([email protected])
Revisão
Marcello Bottini
Editor de Fotografias
Yuri Zoubaref ([email protected])
Gerente de TI
Carlos Eduardo Manrubio Cabral
([email protected])
Mailing e Assinaturas
Fernando Clarindo ([email protected]
Impressão e Acabamento
Gráfica Elyon
GRAPHPRINT é uma publi­cação mensal da
AGNELO EDITORA E CO­­­M ÉR­C IO LTDA. Cir­
culação Na­cional. Diri­gida às in­dús­trias gráficas,
de em­­ba­lagens, foto­litos e bureaus, editoras,
agências de pu­blici­dade, fornece­dores, univer­
sida­des, escolas técni­cas, consula­dos, órgãos
go­verna­mentais e entidades de classe.
INTERNATIONAL SALES
Multimedia, Inc. (USA) - 7061 Grand National
Drive, Suite 127, Orlando, FL 32819-8398
Tel +1 (407) 903-5000 - Fax +1 (407) 363-9809
US Toll - Free 1-800-985-8588
E-mail: [email protected]
ASSESSORIA JURÍDICA
26
DISTRIBUIÇÃO DE
PAPEL
Serviço é muito mais
do que distribuir o
insumo principal da
impressão
32
WORKFLOW
Rua José Tobias Santos, 37 A
CEP 05121-050, São Paulo, SP, Brasil.
Tel(11) 3832-7979 - Fax (11) 3832-2850
Brasil Int’l CODE (55)
E-mail: [email protected]
4
GRAPHPRINT JUN 14
Cada vez mais
adaptados e
prontos
3
8
38
44
PRÉVIA EXPOPRINT
Conheça as novidades
Editorial
Apita o árbitro
Acontece no mercado
Saiba o que rolou no mercado
Legislação
Aplicando a NR-12 na Indústria Gráfica
- Parte 2 - Por Daniel Bernardinelli
Correa,consultordeNR12daUsitecma
e professor do Senai Theobaldo de
Nigris
Balanço
40 Queda na produção
42
Cenário
A favor da comunicação impressa
Empresa em destaque
73
69
74
Samab mostra planos novos
Empresa em destaque
Heidelberg estica parcerias
PROMOCIONAL E
EDITORIAL
Ferramentas de precisão,
com ajustes versáteis
GRAPHPRINT JUN 14
5
Empresas anunciantes desta edição
Agfa17
Heliocolor33
Arjowiggins
International Paper
3ª capa
Bottcher13
Kodak25
Bremen27
Lamimax29
Calcgraf59
Metalgamica41
Canon
Muller Martini
4ª capa
45
Colacril51
Oki Data
EckartEncarte
Overlake35
EFI | Metrics
Printcor49
67
2ª capa
Epson37
Prolam23
Expoprint65
SPP KSR
Forma Certa
19
Stilgraf57
Gráfica Elyon
61
UV Pack
Heidelberg7
6
Encarte
GRAPHPRINT JUN 14
53
Encarte
Vivid71
Speedmaster. Imbatível.
Enquanto os outros falam, nós imprimimos. Use seu smartphone ou
tablet para baixar o aplicativo gratuito em SpeedmasterUnbeatable.com
e digitalizar a área cinza à esquerda. Saiba mais sobre a Heidelberg:
www.SpeedmasterUnbeatable.com
Heidelberg do Brasil
Alameda Africa, 734/756 • Polo Empresarial Tamboré • 06543-306
Santana de Parnaíba • SP • Tel. 11 5525-4500 • Fax 11 5525-4501
[email protected] • www.br.heidelberg.com
acontece
no mercado
Bacciottini Group passa
a ser representada pela
Gutenberg no Brasil
A Gutenberg anuncia mais uma empresa de
renome internacional para sua lista de representadas: Bacciottini Group, fabricante de
dobradeiras e furadeiras. Os modelos da Bacciottini oferecem soluções tanto para a pequena impressora digital quanto para impressoras
tradicionais.
De acordo com a Gutenberg, as máquinas da
Bacciottinitêmcomodestaqueaaltavelocidade
e programas de fácil utilização para o operador.
A empresa destaca a Pit Stop 36, da nova linha
de furadeiras automáticas e dobradeiras com
largura de trabalho de 36 centímetros.
Colecionadora de
prêmios
A Paper Express foi premiada pela 14ª vez consecutivanoWorldCalendarAward,realizadoem
Chicago (EUA). O calendário da Paper Express
recebeu duas pratas e uma menção honrosa
nas categorias melhor impressão, fotografia
e design. O calendário 2014, conhecido como
Aves, apresenta a beleza, leveza, delicadeza e
o multicolorido das aves que habitam o Brasil.
Aves 2014 é o resultado da parceria entre a
Paper Express, o fotógrafo Fabio Colombini, o
designer gráfico Mauro Lima, da Comdesenho,
e os papéis Burgo, da Vivox.“Participamos deste concurso desde 2000 e fomos reconhecidos
pelo júri há 14 anos, com certeza, porque encantamos os jurados com a qualidade das fotos, a excelência do design e uma impressão
primorosa”, fala Fabio Mortara, diretor da Paper
Express.
8
GRAPHPRINT JUN 14
Outsourcing de TI agiliza negócios
A tecnologia da informação (TI) vem sendo largamente utilizada na geração de
informações úteis para a tomada de decisões, agilizando processos e viabilizando
inovações que geram valor para as instituições. No complexo ambiente industrial
a TI estão presentes nos escritórios e também nas áreas de desenvolvimento de
produtos, processos e na linha de produção propriamente dita.
Poroutrolado,aconstanteevoluçãotecnológicarequerinvestimentosemdesenvolvimento ou aquisições de sistemas adequados às necessidades dos negócios,
além da contratação de pessoas especializadas. Gerir todo esse processo, que
passa pela equipe de desenvolvimento, suporte, manutenção da infraestrutura e
atualização das aplicações, muitas vezes, faz com que as empresas percam o foco
no core de seus negócios Para solucionar essa demanda, o outsourcing deTI pode
ser estratégico.
Segundo Sergio Junqueira, diretor da filial da Triad Systems, em Manaus (AM), o
outsourcingdeTIpodeserconsideradoumageraçãodevalordentrodasorganizações, já que permite uma resposta rápida às exigências e mudanças de mercado.
Garantir o foco no core business da empresa e promover mais produtividade com
reduçãodecustossãobenefíciosapontadosquandooassuntoéoutsourcingdeTI.
“O outsourcing deTI garante um melhor desempenho e o acesso rápido a melhorias e atualizações de sistemas, assim como a profissionais altamente capacitados”, destaca Junqueira. Em Manaus a Triad Systems atende as empresas Honda,
Yamaha, Harley-Davidson, Philips e Coca-Cola, prestando serviços de fábrica de
software e outsourcing de mão de obra.
Dados do Gartner mostram que em 2018 cerca de 20% do faturamento das cem
maiores empresas virão de inovações resultantes de novas experiências de valor
entresetores.Essainovação,aliadacomacompetitividade,dinamizaolançamento
de novos produtos e serviços. Com este desafio, a adoção do outsourcing, tanto da
equipe de tecnologia como do desenvolvimento de sistemas, pode ser uma estratégia adequada para reduzir o “time to market”.
acontece
no mercado
Plataforma Isidora é homologada
pela rede AlphaGraphics Brasil
A rede AlphaGraphics Brasil acaba de homologar a plataforma
Isidora (web to print) para uso de suas lojas. As lojas da AlphaGraphicstambémpoderãooptarpelousodaplataformabrasileira
gráfica de web to print.
“Para nós, é um orgulho sermos homologados pela AlphaGraphics. O nosso modo de trabalhar se afina com o sentido de inovação apresentado pela rede o que nos deixa muito entusiasmados com as possibilidades para os dois lados criadas por essa
novaparceria.Pensada por quem entende do setor, com suporte
local e com a experiência de já ter lidado com as plataformas internacionais,aIsidora,nomehomônimoaodaprimeiratipologia
gráfica brasileira, já está implantada em diferentes clientes em
várias regiões do país com aplicações de e-commerce, o chamado B2C e principalmente de B2B”, diz Andrea Costa, diretora da
Isidora
ParaaAlphaGraphicsadecisãodetrabalharcomumaplataforma
brasileira permite, além das aplicações já incorporadas no dia a
dia das lojas, o desenvolvimento de ações conjuntas visando novosnichosdemercado.“AAlphaGraphicsbuscaconstantemente
inovações para acompanhar as exigências do mercado e parceiros sólidos que possam oferecer a nossa rede de franquias, soluções que sejam valorizadas pelos nossos clientes. Para nós é um
grande prazer estar junto da Isidora em alguns novos projetos”,
fala Rodrigo Abreu, presidente da rede AlphaGraphics Brasil.
Gomaq fecha primeiro trimestre
com aumento de 12%
A Gomaq, empresa que atua no mercado de distribuição de equipamentosdeimpressãoesoluçõesdeoutsourcing,encerrouoprimeiro trimestre de 2014 com crescimento de 12%. O aumento na
carteira de clientes e o bom momento do setor de gerenciamento
de impressão, que cresce de forma constante nos últimos anos de
acordo com o IDC Brasil, sustentaram esse crescimento.
ParaDaniloMunhos,coordenadordemarketingdaGomaq,osbons
resultadosforamalavancados,ainda,pelosinvestimentosrealizados em 2013 na área de logística e na equipe de atendimento da
empresa.“Os esforços e investimentos da companhia na ampliação da equipe e no suporte logístico foram os principais responsáveis pelo bom desempenho”, explica o executivo.
Xerox reúne revendedores de todo o Brasil
A Xerox promoveu no dia 24 de abri no Hotel Grand Mercure, em São Paulo, o Encontro de Canais. O evento, que acontece anualmente,
reuniu cerca de 200 representantes das revendas e distribuidores de todo o país.
OpresidentedaXeroxBrasil,RicardoKarbage,iniciouoencontroressaltandoosresultadosdacomercializaçãoecapilarizaçãodeprodutos
por meio de canais.“Destaco a importância cada vez maior do canal, que já representa 65% da receita do nosso faturamento em todo o
país”, afirmou.
Entre os lançamentos destacados no Encontro de Canais foram apresentadas as novas impressoras da Xerox, voltadas para pequenas e
médiasempresas:Phaser3610eWorkCentre3615.OXeroxPrintBack
permitequearquivossejamenviadosparaimpressãomesmoforado
escritório ou de casa, garantindo desse modo a otimização do tempo
de trabalho ao retornar de uma reunião, por exemplo.
Outra novidade anunciada aos canais foi a implantação de mudança
naestruturadenegócio:em2014orevendedorteráacessoaoportfólioXeroxcompletoindependentedosegmentoaoqualsejadirecionado, fato que proporciona aumento no alcance dos canais e amplia as
oportunidades de negócios.
GRAPHPRINT JUN 14
9
13º Prêmio GRAPHRINT
O reflexo dos campeões
No dia 29 de maio, em São Paulo, no Espaço Infinitto, foi realizada a
festa do 13º Prêmio GRAPHPRINT
Patrocínio
APOIO - BANDA
APOIO
10
GRAPHPRINT JUN 14
APOIO - BAR
13º Prêmio GRAPHRINT
Tradicional evento do setor gráfico, a 13ª edição do Prêmio GRAPHPRINT reuniu os líderes
do setor gráfico mais uma vez. Com a presença de 308 convidados, a festa teve um público atento aos caminhos que estão sendo traçados pelos novos tempos da comunicação.
Emseudiscursodeboas-vindas,AgnelodeBarrosNeto,diretor-presidentedaAgneloEditora, ressaltou a resiliência dos empresários que atuam no setor gráfico: “Agradeço a
todos que confiam em nosso trabalho e às empresas que patrocinam e apoiam o evento.”
Paraabrilhantaraindamaiso13ºPrêmioGRAPHPRINT,ocantorDomPaulinoLimaditouo
ritmo do show, que teve o patrocínio da Bergraf Acabamentos Gráficos.
Aproveitamosaoportunidadeparaagradeceratodososprofissionaisquesedispuseram
a entregar os troféus. Parabéns especiais aos vencedores. Juntos vamos rumo ao 14º
Prêmio GRAPHPRINT. A pesquisa contou com a auditoria da Premium Auditores.
Confiança no mercado. Agnelo de Barros Neto,
diretor presidente da Agnelo Editora: “Agradeço
a todos que confiam em nosso trabalho e às
empresas que patrocinam e apoiam o evento.”
Imagem registrada. Leandro Reis, gerente de
produto da Koenig & Bauer do Brasil, ganhou a
máquina fotográfica Canon Powershot
Para recuperar as energias. Rubem
Walter Lima (à esquerda), executivo da
RWL Soluções Digitais, ganhou um final
de semana, com direito a acompanhante,
na pousada Bromélias, em Paraty (RJ)
GRAPHPRINT JUN 14
11
13º Prêmio GRAPHRINT
Depoimentos:
Prestador de serviços
Forma Certa
“O Prêmio GRAPHPRINT representa bastante, pois é uma maneira de mensurar de forma legítima o trabalho desenvolvido
pela Forma Certa. Ganhamos pelo quinto ano consecutivo. É o
reflexodotrabalhodesenvolvidopelaequipedaFormaCerta.”
Fabricio Lemos, diretor da Forma Certa
Chapas
Agfa
“É uma honra para a Agfa conquistar novamente os prêmios nas categorias relacionadas ao nosso core business, na área de pré-impressão, por seu um prêmio tão
representativoemquetodosalmejamvencer.Éoreconhecimentodomercadoque
reforçaaindamaisnossoposicionamentobaseadonocomprometimentoebusca
constante para fornecer não apenas produtos inovadores, mas sim um modelo de
negócio que traz ao cliente segurança e atendimento constante.»
Eduardo Sousa, gerente de marketing Latam da Agfa
IBF
“É muito bom ser premiado e o reconhecimento faz parte. Ficamos muito felizes com a premiação. Agradeço, principalmente,
aos clientes.”
Liberto Viscuso, diretor de vendas da IBF
Sistemas para provas
Epson
“Estamos felizes por mais uma vez conquistar o prêmio, que é
o retorno do trabalho de toda a equipe.”
Helena Dasper, marketing, e Jú Simões, gerente comercial,
ambas executivas da T&C
12
GRAPHPRINT JUN 14
13º Prêmio GRAPHRINT
Equipamentos para pré-impressão
Agfa
Kodak
“É uma ótima emoção ganhar o prêmio que denota a opinião
do mercado em relação aos produtos. É sempre bom ser reconhecido pelo trabalho em desenvolver produtos que são
relevantes para os clientes. Agradeço aos nossos clientes que
votaram na Kodak.”
EnioZucchino,gerentedemarketingparaimpressãocomercial da Kodak
Papel Imprimir e Escrever revestido / Papel Imprimir e
Escrever não revestido / Papel cartão / Papel Reciclado
Suzano
“Osprêmiossãoresultadosdemuitoinvestimentoemdesenvolvimentodeproduto,
em pesquisa, para que possamos ter o melhor produto para oferecer aos nossos
clientesnoBrasil.ContamoscomoapoiodasequipesnosEstadosUnidosedaEuropa
para buscar as melhores tecnologias para adaptar aos nossos produtos.”
Leonardo Grimaldi, diretor comercial da Suzano
14
GRAPHPRINT JUN 14
Papéis Especiais
Arjowiggins
“Ganhar o prêmio é um reflexo de reconhecimento de todo um trabalho de qualidade em produtos e serviços que a empresa tem para o
mercado.Onossoprincipalfocoéatenderaomercadocomqualidade.”
Ronald Carvalho Dutton, diretor da Arjowiggins CreativePapers
Papel autoadesivo
Colacril
“A Colacril é uma marca forte e conhecida quando falamos de autoadesivo
eesteéumreconhecimentodomercadoeéassimquequeremoscontinuar
nos posicionando.”
Janaína Fernandes, analista de marketing
“São 30 anos de experiência com produtos inovadores e com um trabalho
de treinamento e, principalmente, essa parceria com o mercado gráfico.”
Lucia Fico, coordenadora de produtos
Tintas para impressão plana
Cromos
“É muito importante para a Cromos este prêmio. Foi um ano
difícil para todos e isso torna a conquista mais forte.”
Sandra Mara Fernandes, coordenadora de vendas da Cromos
Tintas para impressão rotativa
Flint Group
“O prêmio é muito relevante e importante, pois a revista é muito
consagrada e conceituada no mercado. É um prêmio muito importante e dedico-o a todos os colaboradores da companhia.”
PedrodeRezende,supervisordevendasdomercadonacionalde
tintas da FlintGroup
GRAPHPRINT JUN 14
15
13º Prêmio GRAPHRINT
Equipamentos para impressão plana
Heidelberg
“A Heidelberg é uma empresa confiável para os clientes, oferecendo
qualidade em produtos e serviços.”
Bernardo Blumberg, gerente de equipamentos
Equipamentos para impressão rotativa
Goss
“Eu acho que é um trabalho, que foi realizado por toda uma
equipe e que foi reconhecido por clientes e parceiros.”
Vitor Dragone, diretor executivo da Goss
Equipamentos para impressão digital
HP
“É uma grande honra receber o prêmio devido ao renome do
prêmio na indústria.”
Suely Araujo, gerente de marketing HP do Brasil
Vernizes base água / Vernizes UV
Overlake
“Trabalhamos duro para apresentar sempre soluções novas para o mercado. O nosso DNA é inovação e o mercado percebe isso. Retornamos o reconhecimento ao cliente por meio de lançamentos de novos produtos. O prêmio também motiva ainda mais a equipe e a gestão,
sobretudoagoraqueestamospreparandoumpacoteexcepcionalparaaExpoPrint.Écommuitagratidão,orgulhoealegriaquerecebemos
o prêmio. É o dia que nós relaxamos e falamos obrigado.”
Francisco Veloso, diretor da Overlake
16
GRAPHPRINT JUN 14
Tecnologia de Chapa Livre de Produtos Químicos
A Agfa, líder mundial em chapas sem processamento
químico, comemora 500 instalações da
chapa :Azura no Brasil, em apenas 3 anos.
Gráfica TMX. A 500ª :Azura instalada no Brasil:
“É uma imensa satisfação, para nós da TMX, sermos o cliente de número 500 no Brasil a utilizar a chapa :Azura.
Já conhecíamos o produto pela sua enorme aceitação e importância no mercado gráfico e o desempenho dela
nos impressionou positivamente pela simplicidade operacional, estabilidade e qualidade de impressão, além
do atendimento técnico e comercial local da Agfa, fundamentais em nosso mercado.”
Paulo Figueiredo Junior - Sócio-proprietário da TMX, conceituada gráfica em São Gonçalo/RJ.
É o compromisso da Agfa em construir um futuro melhor para as próximas gerações!
Agfa Graphics
[email protected]
Tel.: 11 5188.6400
www.agfa.com.br
ISO 14001 • ISO 9001 • OHSAS 18001
13º Prêmio GRAPHRINT
Adesivos
Henkel
“Emummercadocadavezmaiscompetitivo,acirradoecommuitosconcorrentes,émuitoimportanteserlembradocomooprincipalfornecedor
de adesivos. Para nós é muito gratificante.”
Nilton Sasso da Henkel
Serviços de Acabamento Gráfico (Prestadores
de Serviços Terceirizados)
UV Pack
“Isso se deve a muito trabalho, dedicação, inovação e a um trabalho
em equipe.”
Gislai de Oliveira, supervisora comercial da UV Pack
Equipamentos para Acabamento
Müller Martini
“Esse prêmio é uma tradição da Müller Martini no Brasil. É o
reconhecimento dos clientes e do mercado.”
César Eduardo Del Nero, vendedor técnico
Insumos para Acabamento (Filmes para
Termolaminação/Laminação/Plastificação etc.)
Prolam
“ÉsuperimportanteparaaProlamestaconquista.EstamoscomoPrêmio GRAPHPRINT desde o começo e temos feito bastante sucesso.”
Sergio Bonoto, diretor comercial da Prolam
18
GRAPHPRINT JUN 14
13º Prêmio GRAPHRINT
Distribuidor de Insumos Gráficos
Metalgamica
“É com muito prazer que recebemos este novo troféu, o 12º da Metalgamica. Parabenizamos a todos os vencedores e gostaríamos de agradecer nossos colaboradores,
parceiros e principalmente nossos clientes que mais uma vez nos elegeram como a
melhor empresa na distribuição de insumos gráficos.”
Dacio Calvi, diretor geral da Metalgamica
Distribuição (Revenda de Papéis)
SPP-KSR
“Das 13 edições do prêmio GRAPHPRINT é, felizmente, a 12ª vez que
somosreconhecidospelosnossosclientes.Comosabemosdaseriedade
do prêmio e todos os critérios de escolhas, ficamos muito honrados por
sermos vencedores da categoria.”
Roberto Lazarato, gerente executivo nacional de vendas da SPP-KSR
Software de Gerenciamento Gráfico
EFI
“O prêmio é resultado de um trabalho ao longo do tempo, de desenvolvimento,deumaequipebastantecompetentequetemos
dentro da empresa.”
Osmar Souza Barbosa, gerente de operações
GRÁFICAS
PROMOCIONAL – STILGRAF
“Atribuoesseprêmioànossaequipe,quetemdesenvolvidoum
trabalho fenomenal. Eu dedico o prêmio a eles e a todos os
nossos clientes.”
Sérgio Franco, diretor-presidente da Stilgraf
20
GRAPHPRINT JUN 14
13º Prêmio GRAPHRINT
EDITORIAL PLANA – LEOGRAF
“É uma novidade muito boa, o editorial é uma coisa nova para
a Leograf.”
Fábio Gabriel do Santos, sócio e proprietário do Grupo Leograf
GRÁFICA EDITORIAL ROTATIVA – PLURAL / GRÁFICA
SUSTENTÁVEL - PLURAL
“É uma satisfação muito grande ser reconhecida por uma das
maiores premiações da indústria gráfica do Brasil, que é o Prêmio
GRAPHPRINT, da Agnelo Editora. Sabemos que a premiação é muito
criteriosa. É um reconhecimento que, para nós, tem muito valor, pois
é feita uma eleição com profissionais de várias editoras, agências,
empresas de comunicação. Para nós, é fundamental e muito bom ter
o retorno do nosso trabalho.”
Andrea Rozon, coordenadora de marketing da Plural
GRÁFICA DE EMBALAGENS - ANTILHAS
“ÉmuitoimportanteoreconhecimentodaAntilhas,queéumaempresa
com muitos anos de mercado. É uma consagração para a empresa.”
Antonio Carlos Sanches, diretor de operações da Antilhas
GRÁFICA DIGITAL – ALPHAGRAPHICS
“Para nós é uma grande honra receber um prêmio de uma
grande instituição como a GRAPHPRINT.”
FernandoCasimiro,coordenadoroperacionaldaAlphaGraphics do Brasil
GRAPHPRINT JUN 14
21
13º Prêmio GRAPHRINT
Personalidades
Personalidade da Indústria Gráfica (fornecedor)
SERGIO LUIZ CANELA, GERENTE GERAL DEVENDAS DE RELAÇÕES EXTERNAS DA INTERNATIONAL PAPER
“Éumreconhecimentomuitogrande,ficofelizpeloreconhecimentodosamigos.Tenho
muito tempo de mercado e acho que é a combinação do relacionamento com o setor e
colegas da indústria gráfica e indústria de embalagem. Fico muito feliz com a homenagem e agradeço bastante.”
Personalidade da Indústria Gráfica
(Dirigente)
AntônioEugênioMoreiraCabral,diretor-presidente
da Leograf
“São 33 anos de gráfica e o que mais me dá prazer nesse
prêmioetermuitosparceiroseamigostrabalhandoconosco.”
Personalidade da Indústria Gráfica (Área
de Produção)
ERNESTO FERREIRA, GERENTE DE PCP DA STILGRAF
“O prêmio se deve ao trabalho, competência e aos longos
anos de luta.”
Personalidade da Indústria Gráfica
(Área de Vendas)
ANTONIOCARLOSBESSA(TECO),VENDEDORDAMAISTYPE
“Estou muito feliz com o resultado. Eu nasci na gráfica em
queeutrabalho.Hánoveanoseravendedordosegmento;
vim crescendo, aprendendo e evoluindo a cada ano.”
Personalidade da Indústria Gráfica (Área de
Marketing)
CLAUDIA BARBOSA SIA, GERENTE DE MARKETING DA ANTILHAS
“É superimportante esse prêmio, pois estou no mercado há cinco anos construindomuitasrelações.AAntilhaséumaempresaquevemcrescendomuito
nos últimos 10 anos e, por isso, nosso trabalho vem no caminho certo. Estou
emocionada, muito obrigada.”
22
GRAPHPRINT JUN 14
Um impresso gráfico bem acabado vale mais.
Com filmes para termolaminação Prolam,
a beleza, durabilidade e, principalmente,
a rentabilidade do seu trabalho são valorizados.
E só a Prolam oferece soluções completas de
filmes e equipamentos para termolaminação.
Conheça como valorizar mais seu negócio em: www.prolam.com.br/ovosdeouro
PROLAM FOSCO • PROLAM ALTO BRILHO • PROLAM PRATA • PROLAM BIO
PROLAM 3D • PROLAM SOFT TOUCH • PROLAM SCUFF FREE
11 3616.3404 • 21 2580.9394 • 51 3344.3842 • 81 3242.4506 | www.prolam.com.br
13º Prêmio GRAPHRINT
24
GRAPHPRINT JUN 14
distribuição de papel
Além da distribuição, a gestão
Aindústriagráfica,inegavelmente,viveummomentodetransiçãoque
temaconvergênciacomoumdosfatorespreponderantes.Aáreade
distribuiçãotambémviveanovafaseondeserviçoémuitomaisdoque
distribuir o insumo principal da impressão
Fábio Sabbag
Os números levantados até o momento refletem que em 2013 a
produção brasileira de celulose cresceu 7,3%, e a de papel, 1,6%,
nacomparaçãocom2012.Dejaneiroadezembrodoanopassado
foram produzidos 15 milhões de toneladas de celulose e 10,4 milhões de toneladas de papel.
As exportações do setor totalizaram US$ 7,1 bilhões no ano, o que
representa um aumento de 7,5% sobre o valor de 2012. Foram
exportados 9,4 milhões de toneladas de celulose e 1,8 milhão de
26
GRAPHPRINT JUN 14
toneladasdepapel.AEuropasemantevecomooprincipaldestino
da celulose brasileira e gerou aproximadamente 40% da receita
comasvendasexternasdoproduto,seguidapelaChinaeAmérica
do Norte, respectivamente, com cerca de 30% e 20%.
Emrelaçãoaopapel,areceitadeexportaçãoacumuladaregistrou
1% de crescimento, na comparação com o ano anterior, totalizando US$ 1,9 bilhão. A América Latina segue como principal mercado para o produto e foi responsável por aproximadamente 56%
Distribuição de Papel
dessa receita, seguida pela Europa e América do Norte, responsáveis por 14% e 13%, respectivamente. Os embarques para a América no
Norte cresceram 35% no ano.
As vendas de papel no mercado doméstico foram de 5,7 milhões de toneladas, acumulando alta de 2,9% no ano, em comparação com
2012, o que indica estabilidade no mercado nacional.
Ao longo de 2013 o setor obteve importantes conquistas na luta contra a prática de desvio de finalidade do papel imune, destinado à produção de livros, jornais e revistas. A exigência da rotulagem das embalagens desse papel, o comprometimento da cadeia produtiva com
a ação e, principalmente, a nacionalização do Sistema de Reconhecimento e Controle das Operações com Papel Imune (Recopi) foram os
fatos mais relevantes. No caso do Recopi, o setor espera que os governos estaduais implantem o sistema o mais brevemente possível, a
fim de fechar as brechas para o desvio.
Outraaçãoimportantefoiacriaçãodohotsitewww.papelimune.org.br,emconjuntocom
Afeigraf,Andipa eAbigraf, para divulgar a campanha de conscientização contra uso indevido do papel imune e que destaca o termo de compromisso voluntário, assinado pelas
empresas associados dessas entidades, firmando a legalidade de suas operações com
papel imune.
Vitor de Paula Andrade, presidente da Associação Nacional dos Distribuidores de Papel
(Andipa):
“Cabe-nos agora continuar trabalhando para que vigore também a
redução dos impostos, a terceira base do tripé que vai sustentar o
efetivo combate aos desvios do papel imune e permitir um futuro
menos turbulento ao mercado papeleiro, em especial para o segmento
de distribuição.”
GRAPHPRINT JUN 14
27
Distribuição de Papel
Leonardo Grimaldi, diretor de operações comerciais da UNP da SPP-KSR:
“Acreditamos que as distribuidoras têm papel fundamental junto às
gráficas para que estas possam melhorar a sua gestão de capital de
giro, diminuindo o estoque empregado no seu negócio.”
Na opinião deVitor de Paula Andrade, presidente da Associação
Nacional dos Distribuidores de Papel (Andipa), o setor vive um
processo de transformação, de formação de uma nova cultura
que deve privilegiar as boas práticas.“Cabe-nos agora continuar
trabalhando para que vigore também a redução dos impostos, a
terceira base do tripé que vai sustentar o efetivo combate aos
desvios do papel imune e permitir um futuro menos turbulento
ao mercado papeleiro, em especial para o segmento de distribuição”, argumenta o presidente.
Transição
Aindústriagráficainegavelmenteviveummomentodetransição
que tem a convergência como um dos fatores preponderantes.
Por isso, revelamos agora como as distribuidoras trabalham para
apresentar produtos e serviços diferenciados. “A aproximação
junto aos clientes e o entendimento das suas necessidades criam
subsídios para que a distribuidora deixe de atuar apenas como
umaintermediadoraentreafábricaeomercadoerealmentepasse a atuar de forma agregadora e facilitadora no fornecimento de
produtos e soluções.Também acreditamos que as distribuidoras
têm papel fundamental junto às gráficas para que estas possam
melhorar a sua gestão de capital de giro, diminuindo o estoque
empregado no seu negócio”, fala Leonardo Grimaldi, diretor de
operações comerciais da UNP da SPP-KSR.
Cipriano Queiroz de Lima, diretor da Central, diz que a empresa busca constantemente produtos inovadores e de baixo custo
como alternativas para os clientes, nacionais ou importados. Já
a A Labate, de acordo comThomas Meyer, diretor operacional, há
20 anos trabalha com os melhores fornecedores da indústria papeleira, por isso fica naturalmente atualizada. “O nosso foco se
manterá na excelência na prestação de serviços e em atender as
gráficas e editoras com a máxima qualidade”, argumenta Meyer.
Marcio Burssed, diretor comercial daWG Papéis, aposta em visão
diferenciada:“Somos uma empresa com visão futurista, acreditamosemummercadopromissor,emborasejaacontramãodomercadoatualmente.Acreditamosqueoclientesemprevaitrabalhar
comquemlhedeuapoio,segurançaeconfiabilidadenasnegocia-
Marcio Burssed, diretor comercial da WG Papéis:
“Tínhamos um percentual de 12% de crescimento e superamos este
número. Nosso crescimento está na vertical, mantendo a qualidade do
atendimento, que é nossa principal preocupação.”
28
GRAPHPRINT JUN 14
Distribuição de Papel
Cipriano Queiroz de Lima, diretor da Central:
“O nosso destaque é a agilidade no atendimento ao cliente com uma gama
diversificada de produtos. A nossa grade de produtos busca ofertar sempre a
necessidade do mercado consumidor.”
ções e produtos comercializados, agindo com
clareza, discernimento, honestidade, competência e agilidade.”
Fortalecimento
A SPP-KSR cresceu em 2013 e continuará
crescendo, mas por ser uma divisão comercial da Suzano Papel e Celulose S/A, empresa de capital aberto, não publica abertura dos
números específicos da SPP. “O ano de 2014
é de grandes investimentos para a SPP-KSR.
A distribuidora está investindo em uma nova
plataforma tecnológica e, a partir do quarto
trimestre, estará totalmente integrada à Suza-
no, utilizando as últimas tecnologias em CRM e CTI para melhor atender nossos
clientes”, avisa Grimaldi.
Por isso, a SPP-KSR também contratou uma nova e maior equipe comercial para
as vendas pulverizadas do papel cut-size (sulfite) que hoje está distribuída em todas as 19 filiais.“Acreditamos que ao estarmos mais próximos dos nossos clientes conseguiremos melhor entender as suas necessidades e assim nos tornar a
primeira opção no momento da compra de papéis gráficos ou de escritório.Também certificaremos até o final do ano todas as nossas 19 filiais com selo FSC-COC.
Atualmente possuímos nove filiais certificadas”, garante o diretor de operações
comerciais da UNP da SPP-KSR.
Já a Central, em 2013, registrou crescimento no resultado, antes dos impostos,
de 21% em relação a 2012. “O mesmo foi resultado de melhores margens de
contribuição e de reduções das despesas e custos operacionais. A previsão de
crescimento para 2014 é de 10%. O nosso destaque é a agilidade no atendimento
ao cliente com uma gama diversificada de produtos. A nossa grade de produtos busca ofertar sempre a necessidade do mercado consumidor. Para tanto, a
nossa área de suprimentos está sempre em contato com novos fornecedores.
Novas parcerias representam inovação em produtos, fato, importante para um
GRAPHPRINT: Hoje o setor de distribuição enfrenta qual desafio? Como ultrapassá-lo?
Central
SPP-KSR
“O desafio do setor de distribuição são os ajustes constantes
na sua grade de produtos e serviços para os nossos clientes”,
fala Queiroz de Lima.
“Certamente o maior desafio é o combate ao desvio da finalidadedopapelimune.Asúltimasmedidasadotadasparatanto,
como a identificação específica via rótulo na embalagem do
produto, assim como adoção do Recopi por mais estados, devemtrazerimpactospositivosedevolveraomercadodepapel
a rentabilidade furtada pelos desvios”, diz Grimaldi.
Labate
“O maior desafio é a queda de demanda somada à inadimplência. Para ultrapassar, devemos sempre usar critérios bem
definidos na reposição dos nossos estoques e ter uma linha de
crédito baseada nos mais rígidos critérios, tudo isso sempre
buscando expandir a nossa base de clientes e regiões atendidas”, diz Meyer.
30
GRAPHPRINT JUN 14
WG Papéis
“O desafio que sempre enfrentou como os altos impostos e
mercado competitivo. A maneira de honrar nossos compromissos e continuar crescendo é por meio do trabalho, marketing e uma equipe comprometida”, garante Burssed.
diferencial no produto final do cliente”,
argumenta Queiroz de Lima.
Com crescimento de 6 % em 2013 e
expectativa para 2014 de crescer 8 %,
a Labate atualmente destaca a agilidade de entregas e disponibilidade de
produtoscomodiferenciais competitivos.“As gráficas não possuem estoque
de papel, cabe ao distribuidor atender
essa demanda no menor tempo possível. A tradição é o nosso maior trunfo, o
cliente, há 20 anos, sabe que a Labate
possui, de fato, uma entrega excelente,
produtos dos melhores fornecedores
nacionais e internacionais; somos uma
empresa fácil de trabalhar, os negócios
fluem e o cliente não precisa fazer esforço para comprar conosco. O nosso
respeitocomcadaparceiroéprimordial
para essa excelência em atendimento”,
completa Meyer.
Burssed enfatiza que a WG Papéis tem
Thomas Meyer, diretor operacional da Labate:
“O nosso foco se manterá na excelência na prestação de serviços e em
atender as gráficas e editoras com a máxima qualidade.”
cumprido as metas internas e até
superado: “Tínhamos um percentual de 12% de crescimento e superamos este número. Nosso crescimento está na vertical, mantendo
a qualidade do atendimento, que é
nossa principal preocupação. Os
destaques da empresa são a diversificação de produtos e o atendimentopessoal.Nossosvendedores
internos conhecem seus clientes e
os visitam periodicamente, gerando um estreitamento nas relações
onde o cliente deposita confiança e
parceria”, argumenta.
GRAPHPRINT: Fale sobre as novas parcerias e como elas trarão vantagens para o cliente.
Labate
“Começamos recentemente a comercializar os produtos da APP, de origem asiática. Dessa forma, além dos tradicionais papéis
nacionais e europeus, que o cliente está acostumado a encontrar na Labate, agora ele tem mais uma opção”, avisa Meyer.
SPP-KSR
“Em março de 2011, houve a integração das operações da KSR Distribuidora à SPP-Nemo. A fusão gerou um grupo de 19 filiais estrategicamente localizadas em todo o Brasil e consolidou a SPP-KSR, divisão da Suzano Papel e Celulose, como a maior
distribuidora de papéis e produtos gráficos da América do Sul. O processo de integração ocorrido em 2011 deu origem a uma
distribuidoracomcercade20milclientesativos,epotencialdeatenderumuniversode50mil,considerandográficas,papelarias,
revendaseclientesdomercadocorporativo,commaiorabrangênciadoraiodeatuação,umacestadeprodutosmaiscompleta,e
maior proximidade com as gráficas de pequeno porte. A partir da incorporação da KSR, o mercado de papelarias e de clientes de
papelcut-size(sulfite)setornoutambémfocodaempresa.Temosinvestidonocrescimentodapulverizaçãoedistribuiçãoregional, utilizando as 19 filiais da SPP-KSR que já distribuíam produtos gráficos, para estar mais próximos do mercado de papelarias
e empresas que utilizem este produto”, explica Grimaldi.
WG Papéis
“Nosso foco atualmente está voltado para embalagem, por isso formamos parceria com a fabricante Ibema, de quem somos
distribuidores exclusivos no Rio de Janeiro e em atendimento a todo o estado. Estamos trabalhando com a Oji Papéis, Grupo
Bignardi e Bonet”, fala Burssed.
GRAPHPRINT JUN 14
31
Workflow
Sem interferências ao desenrolar
da produção
Sistemas de workflow estão cada vez mais adaptados e
prontos parta lidarem com as demandas provenientes do
web to print, por exemplo
Fábio Sabbag
RecenteestudopublicadopelaMesseDusseldorf,organizadorada
Drupa, mostrou que o cenário da tecnologia de impressão está
mudando. A pesquisa revelou a crescente importância da impressão digital: 65% de todas as gráficas entrevistadas possuem
globalmente uma produção de impressão digital e 5% são exclusivamente gráficas digitais; 85% de todas as gráficas comerciais
(mundialmente)possuemimpressãodigitale31%afirmaramque
25% ou mais do volume de negócio resulta da impressão digital.
Comparativamente,38%dasgráficasquetrabalhamcomeditoras
e 57% das gráficas de embalagem não possuem qualquer capacidadedeimpressãodigital;éumreflexodosmodelosdenegócio
32
GRAPHPRINT JUN 14
mais convencionais, que exigem formatos de impressãomaistradicionais e tiragens mais longas. A conclusão é que a impressão
digital, pelo visto, precisa ainda aumentar sua participação no
segmentodeembalagem,comexceçãoàproduçãodeetiquetas,
onde o seu uso já está muito mais generalizado.
Com a expansão da impressão digital no mundo, ferramentas são
criadas para o perfeito andamento do workflow. Manuel Antonio
Maria,supervisordeprodutoimpressãodigitaldaHeidelberg,diz
quenaempresaoconceitodeintegração,chamadodeHEIFlexibility, tem a preocupação de dar aos clientes não só as ferramentas
de workflow, mas o conceito da importância desta integração em
Workflow
ummomentotãocompetitivocomoagora.“Paratanto,alémdasferramentasatuais,como
nosso software Prinect Pre Press Manager, responsável por analisar arquivos, correções
de forma automática, segura e livre de erros, temos nosso Prinect Remote Acess para
aprovação remota dos trabalhos para agências, editoras entre outros. Quando falamos
de expansão de impressão digital, o Prinect Digital Print Manager possibilita e facilita
todoessecaminho deflexibilidade e integração entre os equipamentos offset e digital de
forma harmoniosa e produtiva, fazendo com que não só os custos de produção estejam
controlados,mastambémoaumentodamargem,porcausadaeficáciadaprodução”,diz.
Vlamir Marafiotti, gerente de produtos da Agfa Gevaert do Brasil, diz que quando se trata
Manuel Antonio Maria, supervisor de produto impressão digital da Heidelberg:
“Além das ferramentas atuais, como nosso software Prinect Pre
Press Manager, responsável por analisar arquivos, correções de
forma automática, segura e livre de erros, temos nosso Prinect
Remote Acess para aprovação remota dos trabalhos para agências,
editoras entre outros.”
GRAPHPRINT JUN 14
33
Workflow
Vlamir Marafiotti, gerente de produtos da Agfa Gevaert do Brasil:
“A Agfa criou e tem várias ferramentas para dar inteligência ao sistema de
workflow das gráficas, sejam elas 100% digitais ou mistas.”
de workflow, imediatamente vêm os sistemas de automação de
fluxo de trabalho, que viabilizam segurança e produtividade, ou
seja, o cérebro de todo o sistema da gráfica. “Para isso, a Agfa
criou e tem várias ferramentas para dar inteligência ao sistema de
workflow das gráficas, sejam elas 100% digitais ou mistas. Essas
ferramentas gerenciam os arquivos desde a entrada, via internet
ou não, fazem a normalização dos arquivos, o mais otimizado imposicionamento,oprocessamentoatéaescolhadodispositivode
impressãofinal,tudopraticamentesemintervençãodooperador
e totalmente automático”, explica Marafiotti.
SalvadorSindona,gerentedeprodutodaAlphaprint,observaquea
impressãosobdemandaeafortetendênciadeintegraçãodaárea
gráfica com os demais canais digitais vão requerer cada vez mais
um alto nível de automação nos processos.
Nicole Seeder, diretora da América Latina da OneVision, fala que
o mercado de impressão digital já é bem explorado globalmente
pela OneVision, pois o crescimento desse segmento no Brasil tem
chamado muito a atenção para as ferramentas como oWorkspace, que analisa automaticamente as estatísticas de trabalhos.“Os
módulos de Asura, Amendo, Solvero, Inksave PRO trabalham de
formaintegrada,agilizandoofluxoeautomatizandoosprocessos
gráficos de forma segura e com qualidade. As oportunidades de
Workspace estão vinculadas a forma de comercialização e acesso
dosclientes,carregararquivosviae-mail,especialmentepormeio
do sistema web to print por e-commerce e utilização de job ticket,
que permite que o workflow seja totalmente flexível. As soluções
daOneVisionsuportamimpressõesdigitais,comoCannon,HP,Kodak, Konica Minolta, Ricoh, Xerox, entre outras”, explica Nicole.
Novidades
Manoel Maria diz que o Prinect Digital Print Manager é uma poderosa ferramenta de produtividade e integração para aplicativo de
fluxodetrabalhoautônomoouintegrado.“Nossosequipamentosde
impressãoDigitalLinoprintC751eLinoprintC901,conectadoscom
essaferramenta,fornecemaosclientesaltíssimaperformanceeassertividadedeprodução.TrabalhandocomnossoPrinectWorkflow
temos diferenciais,comogerenciamentopadronizadodofluxode
trabalhoPrinectparaimpressãooffsetedigital;planejamentocentralizado e custos reais dos trabalhos de impressão offset e digital
efluxodetrabalhoorientadoparaodocumento,desdeaimposição
atéoacabamento.Resumidamente,oDPMpodecalcular,planejare
controlarcomeficiênciaaprodução.Quandofalamosdeprodução
Salvador Sindona, gerente de produto da Alphaprint:
“Para integrar com inteligência é indispensável focar o equilíbrio
técnico-financeiro no escopo do projeto.”
34
GRAPHPRINT JUN 14
Workflow
Nicole Seeder, diretora da América Latina da One Vision:
“Os módulos de Asura, Amendo, Solvero, Inksave PRO trabalham de
forma integrada, agilizando o fluxo e automatizando os processos
gráficos de forma segura e com qualidade.”
híbrida, ainda há mais vantagens”, explica
osupervisordeprodutoimpressãodigital
da Heidelberg.
A Agfa lançará na Expoprint o :Asanti e o
:Asanti StoreFront, que são sistemas de
workflowdigitalquefazemtodaaautomação para a impressão digital,“onde um sistema interage com todas as máquinas de
impressãodigital,alémdapossibilidadede
ter um sistema de impressão sob demanda,e-commerce,gerenciandoospedidos,
faturas, estoque e a logística de entrega”,
adianta Marafiotti.
Já a Alphaprint trabalha como o Enfocus
Switch,que,deacordocomSindona,automatizatotalmenteagestãodearquivosdigitais,inclusivecriação,compartilhamento
e recepção. “Conecta-se a softwares aplicativos de terceiros em seu fluxo de trabalho, integrando soluções em fluxo de trabalhopersonalizado”,completa.Sindona.
A OneVision explica que o Asura é a soluçãonormalizadoradesenvolvidaparalidarcomostrabalhosdiários,aumentando
a segurança. Converte arquivos de clientes em produção e captura problemas,
Um produto:
Verniz
SELOJGICAAMENTE
Verde
ECO
TO
E
R
R
O
C
jÁ!
MAIS de
VISITE-NOS NA
evitando o custo de reimpressões e reduzindo custos. “Já o Amendo é a solução
para melhoria automática da qualidade
de imagens, gerando arquivos perfeitos
paraaimpressãooupublicaçãoonline,de
acordocomasespecificaçõesindividuais,
emelhoriaautomáticadeimagens,garantindo excelente nível de qualidade, redução significativa do tempo de tratamento
de imagem. Com o Inksave Pro é possível economizar tinta e ao mesmo tempo
aumentar a qualidade de impressão. Ao
balancear o uso de tinta preta, a imagem
permaneceviva,brilhanteecolorida,economizandotempoedinheiro,semalterações visuais no antes/depois. Por fim, o
Mirado permite publicar em diferentes
plataformas digitais, como tablets, smartphones e web, em um único processo”,
detalha Nicole.
40
empresas JÁ
ADERIRAM, e a sua?
EXPOPRINT
LATIN AMERICA 2014
PAVILHÃO D
STAND 26-D
OUÇA A NATUREZA, SEJA ECOLOGICAMENTE CORRETO NOS ACABAMENTOS GRÁFICOS.
Descubra a exclusiva linha de vernizes ECOLAKE FR, à base de água e UV formulados com matérias-primas que geram menos
impacto ambiental, viabilizando seus projetos. Entre em contato e saiba como utilizar o selo VERNIZ VERDE em seus impressos.
www.overlake.com.br Tel. (11) 2462 0938 – Fax (11) 2488 8690
UTILIZE
ECOLAKE FR
E USE ESSE
SELO EM SEUS
IMPRESSOS
GRAPHPRINT JUN 14
35
Workflow
GRAPHPRINT: Quais os principais desafios para se estabelecer um workflow completo e eficiente quando
a demanda é proveniente da impressão digital? Substratos diferenciados, por exemplo, são encarados
com propriedade?
Agfa
“No meu entender, este é o principal desafio. Se o workflow não tiver total integração entre os sistemas, como a comunicação entre um sistema de e-commerce ou lojas virtuais enviando arquivos totalmente variados em formatos e substratos
diferenciados, onde o sistema tem que interpretar fazer a melhor montagem para o acabamento e enviar para o melhor formatodeequipamentodeimpressão,aísimpodemosdizerquetemosumsistemapreparadoparaumagráficacomdemanda
digital. A Agfa demonstrará estes softwares, entre outros, com apresentações ao vivo em nosso estande na Expoprint ou
em nosso showroom no Senai de Barueri (SP), onde nosso foco está voltado para a automação de software para workflow”,
avisa Marafiotti.
Alphaprint
“Para integrar com inteligência é indispensável focar o equilíbrio técnico-financeiro no escopo do projeto. Muitas vezes
observamos que as gráficas se perdem nos encantos tecnológicos em detrimento dos elementos relevantes no resultado
final”, observa Sindona.
Heidelberg
“Atualmenteháumprocessoconstantedeaprendizadoquantoàutilizaçãodasferramentasparaimpressãodigital.Odesafio de nossos clientes, do mercado e dos fabricantes é fazer com que toda essa tecnologia seja utilizada na sua totalidade.
A equipe Heidelberg tem acompanhado de perto nossos clientes, utilizando esses recursos, e não mede esforços para que
eles possam tirar o máximo dessas ferramentas.Trabalhamos também para melhorar estas ferramentas a partir das solicitações do mercado e também observar atentamente as questões dos custos delas. Enfim, acreditamos que este é o eterno
aprendizado em busca da evolução. Substratos diferenciados são uma das análises que fazemos com bastante responsabilidadeehojenossosequipamentosdeimpressãodigitaltêmamplaspossibilidadesdeimpressão,nãosóemgramaturas,
mas também em papéis especiais. Vale a pena conferir”, indica o supervisor de produto impressão digital da Heidelberg.
OneVision
“Nos casos dos softwares de automação da OneVision os mesmos proporcionam uma parametrização simples e interativa
e também permitem múltiplas filas, ou seja, a parametrização de uma mesma impressão em vários tipos de substratos e/
ou ainda com outputs em diferentes equipamentos, ou seja, permitindo um nível de automação acima de 90%. Do ponto
de vista de mercado, a OneVision entende que ainda existe um grande potencial a ser desenvolvido no nível de automação,
inclusive nos segmentos de impressão digital o nível de automação é ainda muito baixo no continente latino-americano, o
queafetaaprodutividade,alémdaperdadeoportunidadedereduçãodedesperdícios,nãoproporcionandoatãodesejada
competitividade”, fala Nicole.
36
GRAPHPRINT JUN 14
legislação
Aplicando a NR-12 na Indústria
Gráfica - Parte 2
Por Daniel Bernardinelli Corra, consultor de NR12 da
Usitecma e professor do Senai Theobaldo de Nigris
Apresentaremos um exemplo de como
deve ser o processo de avaliação e definição da categoria de risco no processo
de fabricação, operação ou adaptação de
uma máquina ou equipamento, seja ele
novo ou usado. Utilizamos as “EM 954-1 e
NBR-14153” para nortear nosso exemplo
de acordo com os parâmetros utilizados
para definição das diferentes categorias
dos dispositivos de segurança conforme
seu grau de risco.
Ao avaliar o funcionamento do equipamento devemos observar todos os pontos
de risco presentes em sua operação nas
diferentes perspectivas (ajudante, manutenção ou transeuntes), seguindo os parâmetros apresentados na tabela a seguir:
Primeiro, analisamos o grau de severidade de um possível acidente, que pode tanto ser fatal, como um simples arranhão.
Fazemos isso para cada um dos pontos de
risco presentes no equipamento.
Depois avaliamos frequência na qual o operador fica exposto a determinado ponto de risco.
Terminamos determinando qual é a possibilidade de evitar ou diminuir o risco de
acidente nesse ponto.
Dessa forma podemos definir a classe de
risco de cada um dos pontos de riscos de
acidente e com isso escolher o dispositivo
de segurança adequado.
Definição das classes de
risco:
Usando como referência a tabela anterior,
em nosso exemplo analisamos a seguinte
situação:
38
GRAPHPRINT JUN 14
O sr. José, operador da guilhotina, precisa cortar 500 folhas de papel 240g
no formato A3 de uma resma de 66x96 para o setor de impressão offset
imprimir uma pasta com abas de blocos de anotação, o acabamento será
realizado por uma faca especial no setor de corte vinco e enviado para o
cliente em único pacote.
Observe que a situação ilustrada é absolutamente comum no dia a dia de
uma gráfica e para a entrega final do trabalho será necessário processar
500 folhas na guilhotina, impressora offset e corte vinco, porém, vamos
nos atentar apenas a alguns detalhes do trabalho na guilhotina linear do
sr. José:
1° passo:
Detalhes da operação:
O operador precisa elevar a resma de papel, que costuma ser desajeitada,
realizando um grande esforço físico.
Severidade do ferimento.
S1 ou S2?
S2 – Risco Grave, pois o acidente pode causar danos permanentes ao sr.
Legislação
José (problemas na coluna).
Frequência de exposição ao risco.
F1 ou F2?
F1 – Baixa frequência de tempo (o operador faz a
operação durante um curto período e para outros trabalhos a operação é desnecessária).
Possibilidade de evitar o perigo ou limitar o dano.
P1 ou P2?
P1 – Possível em condições específicas (utilização do
elevador de pilha).
Conclusão do risco
Categoria de risco (1 ou 2). Com a possibilidade de
eliminação total do risco se adotado dispositivo de
elevação de pilha de papel.
2° passo:
Operação.
O sr. José empurra o pacote de papel até o esquadro
frontal e encosta-se no esquadro lateral, posiciona a
medida de corte (programável ou não), aciona o corte,
retira o pacote de papel cortado e a prensagem do
balancim.
Severidade do ferimento.
S1 ou S2?
S2 – Risco Grave, pois o acidente pode causar danos
permanentes ou ser fatal (corte ou prensagem das
mãos do sr. José).
Frequência de exposição ao risco.
F1 ou F2?
F2 – Alta frequência de exposição (o sr. José realiza
a operação diversas vezes durante seu turno de trabalho).
Possibilidade de evitar o perigo ou limitar o dano.
P1 ou P2?
P2 – quase impossível (o ambiente da faca e prensagem precisa ficar exposto para a entrada e saída da
pilha de papel)
Conclusão do risco
Risco classe (4). Necessidade de instalação de dispositivo de segurança certificado categoria “4” para
diminuir o risco de acidente controlando a descida da
faca e do balancim.
3° passo:
Operação.
O operador retira os pacotes de papel já cortados no
formato A3.
Severidade do ferimento.
S1 ou S2?
S1 – Ferimento leve.
Conclusão do risco
Risco classe (B), devido ao menor peso da pilha de papel
já cortada e a altura da mesa da guilhotina, o operador não
tem problemas ergonômicos, podendo sofrer apenas ferimentos leves, como pequenos cortes nos dedos pelo canto
do papel.
Conclusão
Descrevemos as três operações principais que o sr. José
realizou na execução do corte da resma e foi possível identificar e demonstrar as diferentes categorias de risco presentes na guilhotina durante a operação. No entanto o documento final de análise de risco que antecede os projetos
de execução para adequação da guilhotina a NR-12 precisa
conter todos os pontos de risco presentes na máquina ou
na operação do sr. José para execução dos trabalhos. Incluímos a necessidade de adotar o conceito de “falha segura” nos pontos de risco categoria “4”, pois esses, mesmo
que monitorados por cortinas de luz, precisam atender as
exigências de segurança impostas na nova NR-12 e precisam passar pelo mesmo processo de avaliação dos demais
pontos.
Alguns exemplos de pontos de risco a
serem observados para dar continuidade
ao estudo:
Mesa do esquadro frontal:
É possível acessar o ponto de risco com a máquina em
movimento?
Embaixo da mesa do esquadro frontal:
Existe alguma engrenagem da fita do esquadro ou algum
possível ponto de prensagem?
Comando:
O equipamento possui botão de emergência certificado?
O equipamento possui chave de segurança e ou procedimento para seu acionamento?
Manutenção:
Existe procedimento para a execução da manutenção? O
painel elétrico da máquina possui chave geral com dispositivo de cadeado?
Após o procedimento de análise de risco conforme apresentado no exemplo, devem ser realizados o projeto executivo, projeto para a eliminação do risco, emissão de certificado ART e o treinamento operacional.
GRAPHPRINT JUN 14
39
balanço
Indústria gráfica fecha 2013
com queda na produção
No consolidado do ano, o setor registrou resultado negativo de 6,7% na
produção física e prevê nova retração para 2014
A indústria gráfica brasileira, que reúne mais de 20 mil empresas,
encerrou 2013 com faturamento consolidado de R$ 44 bilhões,
como informa a Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf ), com base em levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O resultado, porém, não é motivo de comemoração: por trás dele
há uma queda na produção física de 6,7%, com o agravante de
que o setor havia registrado crescimento negativo (-4,3%) também no exercício anterior.
Paradoxalmente, os investimentos das empresas do setor em
equipamentos e tecnologias para manter o parque gráfico brasileiro atualizado continuaram altos – US$ 1,17 bilhão no ano,
apenas 3% menos do que o investido em 2012 e pouco inferior à
média de US$ 1,3 bilhão dos últimos seis anos.
O segmento editorial foi a principal vítima do baixo desempenho, com retração de 12,1%. Problemas como o irrisório índice
deleituradobrasileiro(1,8livro/ano,segundoaAgênciaSenado),
a concorrência da web no mercado de jornais e revistas, o tímido crescimento da massa real de salários (a baixa renda é um
dos grandes entraves ao consumo de livros, jornais e revistas) e
principalmenteaforteimportaçãodeprodutoseserviçosgráficos
ajudam a explicar esse resultado.
Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério
doDesenvolvimento,IndústriaeComércioExterior(Secex-MDIC),
a balança comercial de produtos e serviços gráficos registrou, em
2013, US$ 279,1 milhões de exportações, contra US$ 548,6 milhões de importações. No ano, o Brasil importou 2% mais do que
em 2012 e exportou 6% menos.
Os itens editoriais, como impressão de livros e revistas, responderampelomaiorvolumedasimportaçõesbrasileirasdeprodutos
e serviços gráficos: US$ 185,9 milhões e 28 mil toneladas. China
(28%), Estados Unidos e Hong Kong (15% cada) foram os principais beneficiados pelas importações nacionais. Entre os exportadores, o destaque coube ao segmento de embalagens – US$
108,1 milhões e 66,9 mil toneladas, correspondentes a 38,7% das
40
GRAPHPRINT JUN 14
vendas do setor para outros países.Venezuela, Uruguai e Argentina foram os principais destinos do segmento no exterior.
Noquesitoempregos,houvereduçãode5.684postosdetrabalho,
deacordocomoCadastroGeraldeEmpregadoseDesempregados
do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Apesar do ajuste, o
setor mantém-se na posição de grande empregador, com quase
219 mil vagas.
Para 2014, a projeção é de nova queda, mas menos acentuada.
“Devemos fechar o ano com declínio de 1,7% na produção física.
A reversão dessa tendência parece difícil diante da ausência de
indíciosdemudançasnocenárioeconômico.Oambienteexterno
continuadesfavorávelaoBrasil,einternamente,insegurançasjurídicas, tributárias e de infraestrutura desencorajam investimentos”, avalia Fabio Arruda Mortara, presidente da Abigraf.
Insumos de Qualidade
A Metalgamica, há 40 anos, compromete-se em fabricar e distribuir
os melhores produtos e insumos gráficos para sua empresa.
metalgamica.com.br
Empresa premiada
12 vezes consecutivas
Consulte-nos!
MET031
Linha completa de insumos e produtos gráficos.
Seja um revendedor Metalgamica!
.com.br
cenário
Chega ao Brasil a campanha mundial
em favor da comunicação impressa
Empenhadas em difundir
a sustentabilidade da
comunicaçãoimpressa,42
entidades empresariais
unem forças para apoiar
o estabelecimento daTwo
Sides no Brasil
Criada em 2012, na Inglaterra, a Two Sides é
aprincipalcampanhamundialdedifusãoda
sustentabilidadedacomunicaçãoimpressa.
Já presente nos principais países europeus,
alémdeEstadosUnidos,AustráliaeÁfricado
Sul, acaba de ganhar também o reforço do
Brasil no time.“A adesão a esse movimento
nos insere na mais bem-sucedida iniciativa
mundial de difusão da sustentabilidade da
comunicação impressa. Vamos trabalhar
comdeterminaçãoparamostrarquesomos
uma atividade essencial à vida das pessoas
eaobomfuncionamentodasociedade,sem
falar na importância da nossa cadeia produtiva na geração de empregos, tributos, tecnologiaseoutrosvaloresagregados”,afirma
Fabio Arruda Mortara, presidente nacional
da Associação Brasileira da Indústria Gráfica
(Abigraf) e do Sindicatos das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo (Sindigraf-SP).
Articulado pelo Sindigraf-SP, o lançamento
trouxe o diretor da Two Sides no Reino Unido, Martyn Eustace.“O ingresso do Brasil na
campanhaéumaótimanotícia.Somenteem
2013 a produção brasileira de celulose alcançou cerca de 15 milhões de toneladas, e
a de papel, 10,4 milhões de toneladas. Além
42
GRAPHPRINT JUN 14
Comunicação impressa já. A assinatura do protocolo de intenções aconteceu na sede da
Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na capital paulista
de ser uma das economias mundiais que mais crescem, o Brasil cria a todo momento
projetos novos e ambiciosos para o setor da comunicação impressa. O Brasil está se
tornando rapidamente um líder em silvicultura, e estamos entusiasmados com a possibilidade de mesclar a fantástica história de sustentabilidade desse país aos fatos
que a Two Sides comunica globalmente sobre o papel e a indústria da comunicação
impressa”, declarou Eustace.
A assinatura do protocolo de intenções foi feita na sede da Federação das Indústrias do
Estado de São Paulo (Fiesp), na capital paulista, e conta com a subscrição de 42 entidades representativas das atividades da cadeia. Somadas, elas reúnem cerca de 80 mil
empresas, geradoras de 615 mil empregos diretos e faturamento na casa dos US$ 40
bilhões.EntidadescomoaAssociaçãoNacionaldeJornais(ANJ),aAssociaçãoNacional
dos Editores de Revistas (Aner) e a Associação Brasileira das Empresas de Rotativas
Offset (Abro) são algumas apoiadoras de primeira hora da iniciativa.
Ações
Paraestabelecerumdiálogoesclarecedorcomasociedade,sensibilizandoformadores
de opinião, setor público, educadores, fornecedores e consumidores de produtos impressos, aTwo Sides prevê ações variadas. A primeira delas é a publicação e divulgação
do livro“Comunicação Impressa e Papel – Mitos e Fatos”, conteúdo de embasamento
científico que prova a sustentabilidade da cadeia. Em maio, a campanha entrou no ar.
Também estão disponíveis anúncios variados para diferentes públicos.“À medida que
Cenário
a campanha avança, haverá a tropicalização das peças”, diz Mortara. Outra frente de ação será o combate pontual de mensagens
e iniciativas, públicas e privadas, que erroneamente associem a
impressão à falta de sustentabilidade.
“A ANJ considera muito oportuna e acertada essa campanha. A
mídia impressa é produzida de forma sustentável e veicula as
informações que, segundo todas as pesquisas, são as de maior
credibilidade.Osjornaishojesãomultiplataforma,masoimpresso
segue sendo a plataforma mais nobre”, declara Christiano Nygaard, membro do conselho de administração da ANJ e diretor de
mercado leitor e operações do jornal O Estado de São Paulo.
Pluralidade favorece a informação
Parece estranho uma campanha de valorização da comunicação
impressa com site e peças para veiculação em rádio e TV? “Precisamos mostrar de forma mais clara para as pessoas a ideia
de que o eletrônico não chegou para canibalizar o impresso. Ele
é uma maneira complementar de as pessoas se informarem”,
explica Fernando Costa, primeiro vice-presidente da Associação
Nacional de Editores de Revistas e diretor de assinaturas da Editora Abril. Também Mortara considera que antagonizar as diferentes mídias cria uma falsa contradição que deve ser combatida.“A difusão do conhecimento e da informação se favorece da
pluralidade. Quanto mais culta e educada uma população, tanto
maior o acesso e o consumo que ela faz de internet, jornais,
revistas e livros, sem que uns excluam os outros”, defende o
presidente da Abigraf. É o que comprova a Pesquisa Brasileira
de Mídia 2014, divulgada em fevereiro pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, que constatou que
o consumo de jornais, revistas e internet aumenta conforme o
nível de renda e de escolaridade do brasileiro. “A Two Sides reforça a percepção de que a mídia impressa é e continuará sendo
atraente, prática e sustentável, além de imbativelmente confiável”, finaliza Mortara.
Em 2013, a leitura foi a atividade ligada à cultura mais praticada pelo brasileiro
Pesquisa da Fecomércio (RJ) sobre os hábitos culturais dos brasileiros revela que 35% dos entrevistados citaram a leitura de
livros como a principal atividade cultural realizada
Mesmo com o resultado positivo, o
índice de brasileiros que disseram
não ter lido nenhum livro no ano passado foi de 59%, alegando não ter o
hábito da leitura. Os que afirmaram
não gostar de ler ou que preferem outras atividades culturais foram 32%,
enquanto que 7% informaram não ter
condições financeiras para pagar pelos livros ou acham os preços muito
altos. O estudo da Fecomércio/RJ entrevistou mil pessoas em 70 municípios brasileiros.
Outro estudo, que ouviu 2.400 pessoas, em 150 municípios brasileiros,
realizado pelo Sesc em parceria com
a Fundação Perseu Abramo, revelou
que um em cada três brasileiros nunca leu um livro. A pesquisa, divulgada
Fato: leitura é preferencial entre os brasileiros
recentemente, procurou saber também sobre outras atividades culturais realizadas pelos brasileiros, como televisão, internet, ida a museus, espetáculos,
entre outros.
GRAPHPRINT JUN 14
43
prévia expoprint
Guie-se pelas novidades
A ExpoPrint ocorre de 16 a 22 de
julho de 2014, no Transamerica
Expo Center, em São Paulo
Para explorar com precisão as oportunidades presentes
na feira, o empresário precisa estar atento ao que acontece na área gráfica. Para isso, publicamos uma prévia
do que será exposto daqui a alguns dias durante a ExpoPrint.
A organizadora do evento informa que para evitar filas e
de quebra concorrer a um iPad é fundamental também
fazer o cadastro antecipado para visitar a feira pelo link
www.expoprint.com.br/pt/visitar/cadastro.
ANconsulting
Visando a ampliação do uso e disseminação do conceito de web to print no Brasil, a plataforma Isidora estará com uma promoção especial
para os visitantes da ExpoPrint: a montagem de lojas semiprontas com preços acessíveis a qualquer gráfica que queira se iniciar na venda
pela internet. Além disso, novos planos de adesão serão oferecidos.
Para os associados Abigraf, em acordo fechado com a entidade, a plataforma desenvolveu uma oferta ainda mais especial: um desconto
significativo no valor da implantação da plataforma em qualquer de suas modalidades.
A. Ulderigo Rossi
Há quase 75 anos atuando no Brasil, A. Ulderigo Rossi estará com suas opções de acabamento. As espiraladeiras AU Rossi sofreram sua
maissignificativaalteração:noprocessodecortedoarame,aspontasautomaticamentesãoenroladas,formandoumaargolaemvoltada
última espiral.
Outraespiraladeira produzida pela A. Ulderigo Rossi, a E-CL, espiraladeira coil loop, é um equipamento semiautomático para produzir espirais de fios de arame galvanizados e de fios metálicos, revestidos com plástico ou nylon, para colocar em cadernos escolares de todos
os tipos e ainda produtos acabados preparados para a introdução de espirais.
Sua produção média é de 3,5 mil cadernos colegiais e 2,5 mil universitários de 100 folhas em oito horas ou 2,5 mil colegiais e 1,5 mil
universitários de 200 folhas em oito horas. O equipamento é acompanhado de 3 matrizes produtoras para cadernos de 96 a 200 folhas.
Adecol
Com seu portfólio completo em exposição, a empresa enfatiza o hotmelt PUR. De acordo com Alexandre Kiss II, diretor comercial, o PUR,
cola à base de poliuretano reativo, formulado totalmente no Brasil, é a mais nova tecnologia de aderência da indústria gráfica.“É um produtoformuladoespecificamenteparanossoclimaemercado. OPURéumadesivoqueemcontatocomaumidadedoaroudossubstratos
inicia sua reticulação, tornando-se um adesivo termofixo, oferecendo alta adesão e flexibilidade. Após sua cura, seu filme se torna não
reativável, proporcionando maior vida útil para o produto final. O PUR da Adecol é destinado à aplicação de lombada de livros e oferece
benefícios que fazem a diferença para os clientes e para os livros”, avalia.
A empresa conta ainda com a equipe técnica que estará à disposição para discutir a fundo as características dos produtos e iniciar projetos
de adesivos com formulações sob medida para qualquer aplicação necessária.
44
GRAPHPRINT JUN 14
Prévia ExpoPrint
Afigraf
Após o grande emprenho de seu departamento de engenharia, a empresa desenvolveu o Disco da Freza Corona e as Pastilhas de Metal
DurodaFrezadeAcabamentoCoronaqueatingem,deacordocomOrlandoLima,supervisordevendas,rendimentoegraudeacabamento
idênticosàspeçasoriginaisalemãs.“Háaindaafacilidadedemantermosumestoquepermanentedepeçasdereposiçãocomprazomédio
de entrega quase imediato, três dias em média. Ainda oferecemos facas em aço bimetal de maior resistência e durabilidade”, avisa Lima.
Na Expoprint, o visitante tem a chance de adquirir facas em pronta entrega com preços extremamente competitivos.
Agfa
A Anapurna M2540 é o modelo flatbed da linha. A impressora é específica para
mídias rígidas ou em folhas.“Softwares e workflow são soluções em que a Agfa
estaráliderandoasinovaçõesdosegmentocomalgunsdosworkflowsmaiscompleto da indústria. As novas gerações de chapas offset sem processamento químico, novidades na família :Azura, a chapa verde mais aceita no mercado e a N94-VCF,achapavioletasemprocessamentoquímico,tambémestarãonoevento.Há
novidades em CtP, com lançamentos em formato 4up e 8up”, fala Eduardo Sousa,
gerente de marketing América Latina.
A Agfa estará presente não apenas com os produtos e lançamentos tecnológicos, mas com uma equipe apta e à disposição para levar aos
seus visitantes as principais tendências e necessidades do mercado gráfico mundial.“Venham nos visitar, experimentar novos conceitos
de impressão e de conceitos de modelos de negócio que poderão auxiliá-los a entregar e surpreender seus clientes”, convida Sousa.
Fit for future markets.
Ventura MC
A máquina de costura – com
Blocos de livros, onde cadernos com
tamanhos diferentes estão sendo costurados
nas suas posições pré-determinadas e
independentes, mesmo à velocidade máxima?
A opção
faz da Ventura MC a
primeira máquina de costura no mercado com
a capacidade de posicionar cadernos com
tamanhos variáveis em posições diferentes
dentro do mesmo bloco!
Faça você também «Tween» com os seus
clientes, usando a Ventura MC com a opção
!
Destaque-se dos seus concorrentes, abrindo novos mercados!
O Mercado da Impressão Digital está ganhando espaço rapidamente, e nos abre
novas visões! Com seus sistemas de acabamento para as áreas offset e digital,
a Müller Martini posiciona você no mercado com novas perspectivas e modelos!
Os nossos sistemas híbridos preparam você para enfrentar o amanhã dos seus
clientes com eficiência, agilidade, flexibilidade e qualidade.
Müller Martini – your strong partner.
Müller Martini Brasil
[email protected]
www.mullermartini.com.br
Prévia ExpoPrint
Alphaprint
A empresa mostra um leque de opções com soluções que vão desde a pré-impressão ao
acabamentocommuitasnovidadesemumestandecommaisde500metrosquadrados.
Dentre as marcas confirmadas estão, na área de pré-impressão, Kodak, Esko, B2Cprint,
DirectSmile, GMC, Pixfizz, Enfocus e X-Rite.
No ramo de impressão estarão os grandes líderes mundiais, como EFI, HP Indigo, Hans
Gronhi, Océ/ Canon e Epson. Já para o setor de acabamento estarão presentes Duplo,
Esko,Petratto,Ricall,Samed,Morgana,Innovazioni,Wholenberg,YocoeMeccanotécnica,
além de soluções em consumíveis –Alchemy Plastics, Cathay APP, Gilman Brothers, HP,
Kodak,MagnumMagnetics,Maxima,Océ,Oracal,Pressline,SihlSilvatrim,Tultraflex,Vanson, AlphaMidia – marca própria da Alphaprint - e INX.
Amica Systems
Atuando no desenvolvimento de várias soluções personalizadas de impressão a jato de tinta para diversas aplicações, incluindo impressão por varredura e impressão digital de passe único, ou“single-pass”, a companhia apresenta os sistemas de impressão a jato de tinta
Morpho e Venus - tanto na versão monocromática como colorida.
A tecnologia tem emprego em vasta gama de aplicações, tais como:VDP (impressão de dados variáveis), impressão de rótulos, impressos
de segurança e embalagens.
Dentre as principais características técnicas estão: cabeças de impressão com tecnologia DOD piezo elétrica; alta resolução: 600x600dpi;
alta velocidade: até 400m/min e largura de impressão flexível: de 54mm a 432mm.
Besser Druck
A empresa vem com a manta antimarcas Super See, que permite ao operador facilmente identificar a zona que precisa de limpeza.“É a
única com tratamento UV, que evita o acúmulo de tinta e garante maior durabilidade. Durante a feira apresentaremos nossos principais
produtos e serviços, além de toda informação sobre os equipamentos fabricados pelas empresas que representamos no Brasil. A nossa
participaçãonaExpoPrinttemcomoobjetivocontribuircomprodutosdequalidadealinhadosaocustobenefícioquetodográficobrasileiro
necessita”, fala Leonardo Intrieri, gerente de vendas.
Böttcher
Aempresa apresenta 15 novidades na linha química e seis na linha de blanquetas, além do inovador rolosubstituto
da tecnologia Rilsan.“Os destaques são o Golden Pearl, um rolo especial para offset substituto do Rilsan; BöttcherTop8600,umablanquetadealtíssimodesempenhoparaoffsetplana;BöttcherTop1001,chapadeenvernizamento
de quinta geração; Böttcherin Offset UV XL - solvente UV para chapas não forneadas; e BöttcherFount S-3007
K- solução de fonte homologada para eliminação de álcool isopropílico”, explica Cleber do Nascimento, gerente
comercial.
“A visita em nosso estande propiciará o contato com a mais recente tecnologia, alinhada a serviços consultivos
diferenciados,disponíveisparaobteromáximoresultadodosequipamentos,tornandoaempresagráficacadavez
mais competitiva e com menores custos. Venha nos visitar no Pavilhão B - Estande 54B- Avenida E esquina com
Rua 11”, completa Nascimento.
46
GRAPHPRINT JUN 14
Prévia ExpoPrint
Bremem
Clóvis César Lange, diretor geral, avisa que a empresa lança a interface visual mais interativa para o
usuário.“Além disso, entramos de vez no mercado de cloud computing, com B.I, Backup em nuvem e
outras ferramentas. A Bremen Sistemas possui um ERP com estrutura flexível, leve, rápida e eficiente,
capaz de se adaptar rapidamente ao mercado. Nosso software está pronto para atender, micro, pequenas, médias e grandes gráficas em todo o país, tornando a vida do empresário gráfico muito mais
simples, segura e econômica”, fala Lange.
Ainda de acordo com o diretor geral, a expectativa de mercado para o segundo semestre, após a ExpoPrint, é bem otimista:.“A Bremen Sistemas tem como desafio em 2014 consolidar o crescimento de
2013 e continuar crescendo, trabalhando mais próximos dos nossos clientes, em uma relação de real
parceria e visão, para que possamos chegar juntos às melhores soluções com bons resultados para
ambos os lados”, completa.
Calcgraf
A Calcgraf programou uma série de lançamentos que abrangem seus dois principais produtos: oWebgraf, sistema de gestão na internet
voltado para as pequenas e médias empresas, e o GPrint, ERP, adequado às necessidades das médias e grandes gráficas.
Um dos destaques será a solução para web to print envolvendo portal de acesso dos clientes aos serviços da gráfica e permitindo o gerenciamentodepedidosviainternet.Consultas,comprasrecorrentes,entreoutrasoperações,serãoviabilizadaspeloportal,aproximando
o cliente da gráfica.
Canon
De acordo com Luciano Quidicomo Neto, gerente sênior de revendas da
Canon,aempresalançaráosseguintesequipamentos:IPRC7011VP(voltado para média produção, colorida,com finalização em linha); Arizona (para
impressãoemgrandes formatossobreumagrandevariedadedemateriais
rígidos,tecnologiaUV);VarioPrint 135(paramédia produção,monocromática, mercado editorial); VarioPrint 6000 Plus (para alta produção de folha
cortada, monocromática).
“O objetivo da companhia é agilizar o dia a dia das gráficas, oferecendo equipamentos altamente resistentes e de qualidade e que, ao
mesmo tempo, proporcionem redução de custos no uso dos equipamentos. A Canon possui uma linha de impressoras e consolida o portfóliocomaincorporaçãodeequipamentosOcé,partedoGrupoCanon.Alémdisso,temossoftwaresdeimpressãoqueajudamempresas
a reduzir custos e organizar seu parque”, fala Quidicomo Neto.
Control Union
Bruna Cavalieri, do departamento comercial, fala que a empresa é a maior certificadora do Brasil no programa florestal FSC.“Estamos
iniciando no mercado com a ISO 9001 e lançaremos este serviço na feira”, avisa.
GRAPHPRINT JUN 14
47
Prévia ExpoPrint
Coralis
A empresa lança eXact Scan, que é um instrumento de medição de cores portátil e que escaneia todas as cores da folha de maneira muito
rápida e prática.“Durante a feira ofereceremos um diagnóstico gratuito para saber em que nível de controle sua empresa se encontra e
quaisseriamospróximospassosparamelhorarexponencialmenteosresultados,independentementedotamanhoesegmentodagráfica.
A Coralis oferece ao mercado cursos, consultorias, softwares e equipamentos para gerenciamento de cores. Somos a empresa líder em
controle de cores e distribuidora oficial há mais de 20 anos das maiores e melhores marcas do mundo, como X-Rite, Pantone, GTI, Leneta,
NEC, Colorix, entre outras”, fala Ricardo Gargalaca, diretor geral.
Cromos
A empresa mostra a linha Cromos Nature, que, de acordo com Fabio Rigitano, gerente nacional de vendas,
é considerada a top premium line.“A linha pertence à família de nossa Innov+, para offset planas, porém
apresenta superioridade em vários aspectos durante e após a impressão. É um produto de forte conceito
ecológico por ser totalmente formulado com óleos vegetais renováveis, portanto ideal para utilização em
projetos que tenham relação com conceito de consciência ambiental. É uma tinta certificada pela Norma
ISO 12647 e certificada com SeloVerde pela National Association of Printing ink Manufactures (Napim). É
uma tinta livre de halogênios, se enquadrando nas exigências e necessidades de todo o mercado.
A empresa apresenta ainda produtos para sublimação, com o lançamento da linhaTransfer Sublime e para
linha de metalgrafia três novidades: Metaltech e Metaltech UV, além de da Innov+, para off-set planas. A
Cromos Tintas comemora 70 anos e seu estande está pronto para abordar o tema “Cromos, o mundo em cores”.
Crown
Em 2014, a Crown finalizou a mudança de todas as suas cores de fitas hot stamping metálicas para a composição conhecida no mercado pelo código XP77.“Além disso, houve um
up grade neste mesmo código, com melhorias que ressaltaram ainda mais a qualidade do
produto. Os visitantes têm a oportunidade de conhecer uma empresa com uma variedade de composições de fitas hot stamping que abrange todos os substratos utilizados pelo
mercado. Além do hot stamping decorativo, estão à disposição informações sobre outros
mercados em que atuamos, como o de hologramas de segurança e o cold stamping para
flexografia”, fala Tobias Meyer, técnico.
Ainda de acordo com Meyer, a indústria gráfica passa por um período de mudanças e, para alguns segmentos, até de incertezas.“Percebemos que as empresas que se destacam são aquelas que conseguem oferecer um algo a mais aos clientes, e neste algo a mais, sem
dúvida, os acabamentos especiais são protagonistas”, completa.
Dalim
A empresa apresenta os mais recentes upgrades noTwist 7, o premiado
pacote de workflow de produção de mídia. Em 2014, o Twist celebrou
20 anos, desfrutando de uma extraordinária longevidade nesta categoria de software. “O ES4 é um pouco mais do que prova e ciclos de
aprovação. Agora que nós suportamos todos os tipos de formatos de
imagem, incluindo nosso motor de workflow para produzir arquivos
EPUB3 e a adição de um mecanismo de imposição baseado em JDF, começamos a ir além dos arquivos impressos, integrando elementos
de aprovação necessários para gerenciar e produzir campanhas crossmedia”, fala Bertin Sorgenfrey, gerente de marketing internacional
da Dalim Software.
48
GRAPHPRINT JUN 14
GL Systems Certification
Prévia ExpoPrint
Diginove
A Diginove apresenta em parceria com a Xerox do Brasil (estande D74) as soluções para acabamento das vincadeiras Morgana e da laminadora Foliant. No espaço Xerox, que será dividido em cinco ilhas com segmentos diferentes, será possível conhecer a linha de produção
de um fotoálbum, por exemplo. Da família Morgana, estará em demonstração o modelo Autocreaser PRO 50, uma vincadeira que conta
com exclusivo sistema macho/fêmea.
ADiginoveapresentapelaprimeiravezemumeventonoBrasilamarcaFoliantcomomodeloFoliantVegaA,desenvolvidoparaprocessos
de laminação em baixas e médias tiragens que trabalha com tecnologia de precisão para separação de folhas por meio de um sistema
composto por um par de cilindros cujo controle e monitoramento pode ser realizado a partir da unidade de gerenciamento de máquina.
Druck Chemie
Eduardo Rodrigues Franklin, diretor, conta que a empresa apresenta a distribuição de vernizes do
tipo (fosco, semibrilho e brilhante), colas (PU e PUR), Uniwash 5.0 (agente de lavagem de limpeza,
com alta qualidade e preço atrativo) e Silicone 693 de alta viscosidade com um teor de sólidos de
60%.
“Osvisitantespodemconheceroportfóliodeprodutosdeprimeiralinhaeserviços,alémdaoportunidadedeseaprofundarconhecendo
os diferenciais da empresa como certificação ISO 9001 e excelência de serviços. Nosso objetivo é fortalecer laços de relacionamento, criar
novos e trocar experiências com os visitantes da feira, o que será uma experiência enriquecedora”, avisa Franklin.
Durst
ARotatekBrasildivulgouumacordocomaDurstLabel,fabricantedeimpressorasinkjetpararótuloseembalagens.Oacordofoicelebrado
para distribuição no mercado brasileiro dos produtos da linha Label.
O principal benefício com a parceria é o de ter suporte local para máquina, consumíveis e manutenção. De acordo com a empresa, tudo
será garantido pela Rotatek Brasil com o suporte autorizado da Durst.
Em 2014, a Rotatek pretende intensificar a parceria com a Hönle, da Alemanha, parceira da companhia para integrações de sistemas UV.
“Divulgaremos material sobre sistema de cura LED e sobre o sistema de cura UV com gás inerte para o segmento de embalagem. Na
Europa, estas duas tecnologias estão despontando como alternativa a outras soluções”.
EFI
Para que os visitantes possam conhecer o amplo portfólio integrado da
empresa, a EFI estará em dois estandes próximos. No espaço da Alphaprint
(número 26-B, Rua 9), distribuidora dos equipamentos inkjet no Brasil, estarão as impressoras Vutek e Rastek. Entre os lançamentos está a H1625,
impressora LED para grandes formatos. Já no Pavilhão C, estande de número 32, a EFI apresentará as soluções de gerenciamento de operações e
de cores, respectivamente representadas pelas linhas EFI Metrics e Fiery.
Durante o evento, os executivos e especialistas da EFI mostrarão as atualizaçõesrecentesdossoftwares,comoopremiadoIQuote,móduloorçamentistadesenvolvidopelaequipebrasileiradosistemaEFIMetrics.Alémdisso,
a empresa fomentará a importância do trabalho integrado de suas linhas, para garantir maior automação dos clientes.
50
GRAPHPRINT JUN 14
Prévia ExpoPrint
Etirama
AfabricantedemáquinasflexográficasapresentaarevisoradealtaperformanceEtirama.Oequipamentoéidealparaindústriaderótulos
e etiquetas autoadesivas, na linha de acabamento, revisando e eliminando os defeitos na bobina do trabalho já impresso.
Comtecnologiaeuropeia,amáquinatemsistemaderevisãoautomáticoepossuicontroleatravésdeservomotores.Oequipamentoestá
emexposiçãonoestandedaempresa,juntamentecomumaimpressorarotativaflexográficamodeloES3500,ambasemfuncionamento.
Eurostar
ADuplicopy/Eurostarapresentasualinhadeprodutosatualizada.TambémdivulgaarepresentadaAbezeta,queéumadistribuidoradeinsumosgráficosdaEuropa(Espanha)queveioparaoBrasillançarseumaisimportanteprodutoparaomercadobrasileiro:chapastérmicas,
chapas CTcP e chapas convencionais.
“Estamos com nossa equipe para atender e apresentar nossos produtos, estreitar relacionamento e negociar fornecimentos futuros. A
Eurostarestácomsua equipeerepresentantes de todoBrasil para forneceromelhoratendimento possívela seus clientes”,falaFioravante
M. Junior, diretor industrial - Unidade Lapa.
Ferrostaal
O lançamento é a impressora Ryobi 920- 05 cores (com tecnologia LED-UV) e a MGI JetVarnish 3D para acabamento completo de sacolas.
“O visitante pode conhecer conceitos inovadores, ver impressões e acabamentos diferenciados e buscar novos horizontes. A Ferrostaal,
entendendo o momento de nossa indústria, leva aos clientes soluções e caminhos para sair da guerra de preço de uma forma acessível,
simplificada e madura”, convida Janio Coelho, gerente geral da Ferrostaal.
A quAlidAde ColACril Conquistou um dos PrinCiPAis
Prêmios do merCAdo GráFiCo brAsileiro.
Desde a sua fundação, em 1984, a Colacril
mantém o foco na qualidade e por isso, vem
recebendo o reconhecimento do mercado
gráfico nacional.
Este ano a Colacril teve mais uma importante
conquista: o 13º Prêmio Graphprint na categoria
Fornecedores - Papel Autoadesivo, através da
indicação de gráficas, consultores especializados,
agências e bureaus.
Um prêmio que reflete a confiança do mercado
na Colacril e nos dá a certeza de estarmos no
caminho certo. Afinal, o compromisso com
a qualidade sempre foi e continuará sendo o
nosso principal papel.
(44) 3518.3500
www.colacril.com.br
Inovando por você.
GRAPHPRINT JUN 14
51
Prévia ExpoPrint
Flint Group
MauricioKoch,gerentedeprodutos,destacaalinhaArrowtek908biorrenovávelparaimpressãoemmáquinaplanacomreversão,fabricada no Brasil. Há também a linha Xcura le de cura UV de baixa energia (lâmpadas LED) proveniente da Europa.
“O portfólio do Flint Group é composto de tintas para impressão rotativas coldset e heatset, tintas para impressão em máquinas planas,
tintaspararotogravura,flexografiabandalargaebandaestreita,fotopolímeros,produtosparaflexografia,blanquetasequímicosauxiliares
para impressão. Profissionais de todos os segmentos de atuação do Flint Group estarão à disposição para levar ao cliente a solução completa para seu negócio”, explica Koch.
Fujifilm
A divisão gráfica apresenta as mais recentes soluções de impressão digital. A empresa
aposta em novos padrões de qualidade de imagem, impressão com tintas especiais como
branca e velocidades diferenciadas. Há ainda mídias de grande formato e soluções de
software para aumentar a produtividade e eficiência dos impressores.
A Jet Press 720 é uma impressora digital em formato B2, ou meia folha, com tecnologia
inkjet. Já a Onset R40i é o mais recente lançamento da Série Inca Onset que utiliza cabeças
de impressão Fujifilm Dimatix Spectra.
GMG
A GMG está entre os softwares de alta tecnologia presentes na ExpoPrint 2014. De acordo com
Kelly Gorra, do departamento de marketing da GMG Américas, “estamos entusiasmados em
participar da ExpoPrint Latin America 2014. A feira tornou-se um local ideal para a indústria;
estamos ansiosos para encontrar muitos de nossos clientes e parceiros para apresentarmos as
novas soluções GMG”.
“A mais recente versão do ColorServer é mais rápida do que nunca, com enorme economia de tempo através da conversão de cores totalmente automática deseus arquivos e agora é capaz de processar arquivos de dados variáveis em formato PDF-VT. O ColorServer também
pode fazer a conversão de CMYK para RGB ser usado com a tecnologia ColorMaster”, relata Kelly.
Gomaq
AdistribuidoradeequipamentosdeimpressãoapresentaduplicadoreseimpressorasdealtaprodutividadedamarcaRiso.OmodeloComColor9050permiteimpressãoemumavelocidadedeaté150ppm.“OsequipamentosdamarcanãogeramemissõesdeCO2,têmprocesso
de impressão a frio e têm baixíssimo consumo de energia”, explica o gerente de vendas da Gomaq, Eduardo Magalhães, acrescentando
que com velocidade de até 150ppm é ideal para impressão de folders, manuais, miolos de livros, jornais, cartazes, entre outros.
Já os duplicadores digitais podem ser usados para a impressão de apostilas, malas diretas e folders.
Graphimport
JoãoRicardoAlmeida,sócioegerentedaempresa,avisaqueaGraphimportapresentaaparceria
comaC&P,dosEstadosUnidos,fabricantedasguilhotinasSaber.“Osequipamentosapresentam
inúmeros recursos técnicos que as colocam entre os melhores do mundo, porém com custos
competitivos”, fala Almeida.
O visitante pode conhecer também a linha de produtos da Graphimport que inclui impressoras
offset(planaerotativas),impressorasdigitais,acabamentosparaimpressãodigital,dobradeiras,
contadoras de folhas, além de uma gama completa de papéis especiais para impressão digital.
“Com 40 anos de atuação no mercado gráfico brasileiro, a Graphimport participa de sua terceira
Expoprint procurando apresentar ao mercado o melhor em produtos e serviços, amparado por sua longa tradição”, conclui.
52
GRAPHPRINT JUN 14
Prévia ExpoPrint
Grupo Bignardi
O Grupo Bignardi apresenta grandes novidades para os mercados de papel reciclado, impressão digital e produtos para embalagens.
“A ExpoPrint é um evento de grande importância no mercado de impressão. Além de ser uma oportunidade que a comunidade gráfica
possui de conhecer as novidades que as empresas apresentam ao mercado, sendo um excelente canal para fortalecer relacionamento e
estabelecer parcerias”, relata Sonia Rodrigues, gerente de marketing da Bignardi Papéis.
Grupo Furnax
O Grupo Furnax apresenta os lançamentos de fornecedores e parceiros. Um dos destaques em seu estande de 440m² será a impressora Komori de grande automação embarcada e tecnologia de ponta. A empresa mostra a corte e vinco automática Hércules 1060 com
aquecimentoparacortedesubstratosplásticos,papel,cartãoemicro-ondulado.Paracompletar,seráexibidaatermolaminadoradefilme
BOPPfrenteeversoeadobradeiradefolhas Hércules.Alémdoestandeprincipal,
o grupo estará presente com sua equipe técnica e comercial nos estandes da
Zenbo, da Jinbao, da Zhengrun e da Uchida.
Paraleloàfeira,aempresaaindarealizaráumshowroom.Oeventoacontecenos
dias 17, 18, 20 e 21 de julho na cidade de Itapevi (SP). A empresa disponibilizará
vans. Os clientes interessados em visitar as instalações, deverão comparecer às
8h00 no estacionamento do Transamérica Expo Center.
Totalizandoumaáreade920m²,oGrupoFurnaxaindaaproveitaráaoportunidade para comemorar seus 20 anos no mercado brasileiro.
Guarani
A empresa lança as guilhotinas Guarani da linha Evolution Plus totalmente adequadas
às exigências da NR-12 (Norma Requlamentadora - NR-12 do Ministério do Trabalho e
Emprego).
De acordo com Arnaldo de Zorzi Júnior, diretor industrial, os visitantes terão informações
sobre as modificações necessárias para a adequação das guilhotinas à NR-12 e verificar
a possibilidade de adequação de guilhotinas em campo à referida norma.“A Guarani, tradicionalmente, sempre procurou estar na vanguarda da tecnologia e, desta forma, ao ter
conhecimento da regulamentação da NR-12, investiu tanto do ponto de vista financeiro
quantonodesenvolvimentodenovosfornecedoresquegarantissempormeiodecertificaçãoqueoscomponentesatendamaonível4,conformedeterminaçõesdareferidaNormaRegulamentadora.AExpoPrintéumaexcelente
oportunidade para mostrarmos à comunidade gráfica o resultado de nosso empenho”, avisa De Zorzi Júnior.
Gutenberg
A Gutenberg anunciou recentemente que passou a representar mais uma marca no Brasil: o Bacciottini Group que atua na área de dobradeiras automáticas e furadeiras.
A nova FM High Speed é o equipamento de mais alto desempenho pit stop, com uma velocidade de produção máxima de até 14 mil folhas
porhora.Odesempenhoépossívelgraçasaonovosistema“DirectDrive”,patenteadopeloBacciottiniGroup.OvisitantedaExpoPrintverá
também a pit stop Dgline 8000, outro produto Bacciottini. A máquina de perfuração e vinco também é equipada com a tela touchscreen
colorida de sete polegadas e fácil operação. A máquina alcança velocidades de até 8 mil folhas por hora - A4 com um vinco.
A Gutenberg expõe ainda os equipamentos de suas representadas Busch, Primera, Xanté, AU Rossi, Bacciottini, Perfecta e Zechini. Curta a
página no Facebook: www.facebook.com/gutenbeg.
54
GRAPHPRINT JUN 14
Prévia ExpoPrint
HP
AempresadestacaaHPIndigo7800eaHPIndigows6800,queforamlançadasmundialmenteemjunho
eexpostaspelaprimeiravezemtodocontinenteamericano.Asinovaçõesqueosnovosmodelostrazem
permitemnovasaplicações,melhoriasimportantesnogerenciamentodecoresemaiorprodutividade.
“Alémdasnovasmáquinas,teremosaHPIndigo10000emfuncionamento,queéaprimeiraimpressora
emformatomeiafolhadigitaldomercado.Háaindaagamadeparceirosdesoluçõeseumavastagama
deamostrasdecasosreaisdeclientesbem-sucedidoscomatecnologiaIndigotantonoBrasilcomono
mundo”, fala Fernando Alperowitch, diretor de negócios Indigo e Ink Jet Rotativas.
AlperowitchconvidaaindaparaparticipardoseminárioDscoopDays,queserárealizadode14a15dejulho.“SãoapresentaçõesdeclientesIndigode
diversas partes do mundo, nas mais diferentes aplicações, que falam sobre seus desafios e sucessos, todos com tradução simultânea”, explica.
Heidelberg
Com o maior estande da feira, com 1,2 mil metros quadrados, a empresa enfatiza seu portfólio para gráficas
comerciais, promocionais e de embalagens, digitais e offset de todos os portes. A Heidelberg faz um investimento forte, com mais de 100 profissionais do Brasil, da América Latina e de outras partes do mundo. Seu
estande contempla duas áreas principais: a HEI Flexibility, voltada para companhias de pequeno e médio
portes; e a HEI Productivity, para gráficas mais industriais de altíssima produtividade.
A empresa lança no Brasil a tecnologia LE UV (Low Energy UV - ultravioleta com baixo consumo de energia),
quegarantesecagemimediatamesmoparaosmaiscomplexostrabalhosenvolvendoaplicaçõesespeciais
em uma alta variedade de substratos. A impressora digital Linoprint C 901 Plus.
Heliocolor
A fabricante lança a linha de vernizes à base de água com participação de matérias-primas oriundas de fontes renováveis denominada de
Ecolacqua Renewable.“Trata-se de uma linha completa com vernizes alto brilho, brilho, resistentes a atrito, foscos, acetinados e blister.
Estaremos presentes com pessoas da área comercial e também da área técnica, aptas a indicar os melhores produtos para fins específicos”, convida Flávio de Castro, gerente de marketing da Heliocolor.
Ibema
Para o diretor comercial da Ibema, Jorge Grandi, a feira é o ponto de encontro mais importante do setor gráfico brasileiro, um evento de
relevância internacional que reúne as principais empresas do setor.“A Ibema, na posição de uma das maiores fabricantes de papel cartão
do Brasil, não poderia ficar de fora de um acontecimento como este, que movimenta positivamente o mercado de papel”, diz.
A Ibemaconta comoito produtos que oferecem qualidade, resistência, além de um leque variado de aplicabilidade.“Neste ano,osnossos
carros-chefe Supera e Speciala completam 10 anos de comercialização no mercado. A longevidade desses produtos, já consolidados no
mercado, prova a qualidade de nossos papéis e, principalmente, expressa a preocupação da Ibema em desenvolver tipos de papel cartão
que preencham as necessidades dos clientes gráficos”, relata Grandi.
IBF
A empresa mostra as chapas digitais ecológicas térmicas e violeta.“No estande, os clientes terão demonstrações ao vivo dos produtos
em lançamento com aferição de características e resultados.Temos grande expectativa de fechamento de negócios não só no mercado
interno como também no mercado latino-americano”, diz Marcelo Araújo Chimelli, diretoria comercial.
IDS
A IDS Sistemas vem com foco em soluções para gráficas rápidas e mostra equipamentos de seus fornecedores Accufast, Duplo, Höhner
e Streamfeeder.
Entreosdestaques,aIDSmostraatecnologiaparamontagemdelivretosgrampeadosdaHöhnerFoldnakM2(manual)edaDuplo500Pro
Digital Booklet (automática), a solução de corte/vinco Duplo DC615, a torre para alceamento Duplo DSC 10/20, o alimentador de folhas
StreamfeederV710ea etiquetadora de cartões Accufast XLR. Além disso a IDS é Representante exclusiva da Garrido Printing Equipments
que terá seu Stand 16E ao seu lado e apresentará como destaques a montadora de capas HC30L e a seladora automática F50.
GRAPHPRINT JUN 14
55
Prévia ExpoPrint
Inovação Ambiental
DeacordocomLuizMauroLoraFranco,coordenadordeconsultoria,treinamentoseprojetosdaInovaçãoAmbiental,“émuitoimportante
participardaExpoPrintpordiferentesmotivos.EsteéomaioreventográficoqueexistenaAméricaLatina;osetorindustrialgráficoémuito
importanteparanós;temosumaforteatuaçãonessesegmento;eacreditamosqueesteéomomentoparaampliarmosnossaparticipação.
A indústria gráfica demanda por novas práticas ambientais e de gestão, e o que temos a oferecer é exatamente isso”.
A Inovação Ambiental tem uma atuação no licenciamento ambiental e regularização junto aos órgãos municipais, estaduais e federais. O
trabalho é desenvolvido há pelo menos cinco anos, com sucesso.Também atua na consultoria em esquemas de certificação como ISO e
FSC.
Jinbao
Apresenta máquina serigráfica automática.
KBA
O destaque da empresa é a impressora Rapida 105-6 L, exposta em configuração seis cores, mais verniz. De acordo com a fabricante, o
equipamento possui grande flexibilidade de uso e rápido tempo de acerto, o que o torna ideal, sobretudo, ao segmento de embalagens.
ComfoconoconceitoExtremePerformance,Flexibility,Diversity,aempresa vemcomnovastecnologiasdeconfiguraçõescomooDrivetronic(procedimentossimultâneosdetrocadeserviços),UVconvencional,HRUV,LED,Inert-UVedesenvolvimentoprópriodoscassetesde
secagem, alguns controles de cores utilizando menor área da folha, flexibilidade na impressão de papel, cartões, plásticos e lenticulares,
além de vários tipos de vernizes. A KBA Brasil mostra ainda a dobradeira MBO M80.
Kodak
No estande, os visitantes encontram quatro áreas: Comercial &Transacional, Editorial & Jornal, Embalagem e Soluções de Segurança.
AKodakapresentarásualinhadeprodutosparaimpressãodigital,pré-impressão,embalagemegerenciamento de workflow. Entre os destaques, estão os CtPTrendsetter Q1600, um equipamento térmico
com configuração semiautomática de entrada e saída de chapas, velocidade de 15 chapas/hora e suporte à tecnologia SquareSpot, híbrido com o CtP Kodak Flexcel NXWide-C Imager;Trendsetter Q800,
com abastecimento e saída automática para até 40 chapas, e velocidade de 42 chapas/hora no modo
Automático com sistema AutoLoader;Trendsetter News em configuração híbrida (outra novidade da
Kodak para a feira); o CtP Achieve T400 em configuração S-Speed e o CtP Magnus Q800.
A empresa demonstra as Chapas Kodak Sonora XP e Sonora News, ambas livres de processamento
químico e água. Na área de impressão digital, a Kodak expõe a solução Nexpress SX3300, um equipamento cinco cores com velocidade
de 6000 páginas/hora, e a linha de cabeçotes de impressão Prosper S30 operando em conjunto com uma impressora offset da Rotatek.
Konica Minolta
Para o evento, a multinacional japonesa faz a estreia da bizhub Press C1070P. Conceituada como um equipamento de impressão digital
colorida de alta velocidade, a bizhub Press C1070P é um equipamento de 71 páginas/minuto, resolução de 1200x1200 dpi, e console de
controlecommonitorde15”comfunçõestouchscreen.Flexível,oqueequipamentopermite,ainda,queseconectediretamenteummouse no hardware para realizar as configurações utilizando o monitor.
Alémdonovomodelo,aKonicaMinoltaapresentaaimpressoradigitalbizhubPressC70hc,posicionadapelaempresacomoumasolução
paraosegmentográficodiferenciadoeparaomercadofotográfico.Agrandevantagemestánatecnologiade impressãoquepossibilitaa
reprodução de alta qualidade de imagens com grande riqueza de tons, chegando próximo ao gamut sRGB. Além disso, estará presente o
equipamento high end bizhub Press C8000, que tem velocidade máxima de 80 páginas/minuto e resolução de 1200x1200 dpi.
56
GRAPHPRINT JUN 14
Prévia ExpoPrint
Konita Brasil
A empresa, que oferece chapas positivas térmicas e convencionais para impressão em processo offset, considera a ExpoPrint uma referência para o mercado. De acordo com o diretor da Konita Brasil, Dalmar Baeta Lopes,“uma feira como a ExpoPrint, referência na América
Latina, é muito importante para o setor. Os negócios se aquecem e o mercado passa a conhecer novas soluções e as tendências para os
próximos anos”.
Lopes ressalta também a busca de novos espaços dentro do mercado para as empresas expositoras.“É muito bom estar presente entre
osexpositores da ExpoPrint,pois sabemos queos maiores players do mercado e muitos potenciais clientes estarão ali buscandosoluções
para as suas empresas”.
Liderusi
Carlos Marutti, supervisor de inovações, diz que a empresa atua no fornecimento de peças offset para
a América latina e vai mostrar na feira a nova linha de insumos e peças, como, por exemplo, a chapa do
“contra perfect”jacket de ultraperformance. Há ainda a apresentação da manta antimarcas para o cilindro de transferência e os novos recursos on-line para encontrar as peças desejadas.
Lexus Groupe
A empresa lança o Pantone Plus Series verão 2014, atualizado com 84 novas cores.“A dupla de guias Formula Guide com e sem brilho já
apresenta todas as novas cores em ordem cromática dentro de uma prática caixa. Nosso desconto de 10% em todos produtos Pantone
Plus Series, mediante o adesivo holográfico em nosso flyer, será entregue apenas no nosso estande e será válido para as compras efetuados no ato ou em até 30 dias após o evento”, avisa Blanca Liane, diretora executiva.
Metalgamica
Enfatiza no evento a parceria com máquinas seladoras automáticas e manuais SMI.“Uma das
melhores fabricantes mundiais do segmento e totalmente adaptáveis para a indústria gráfica
de pequeno, médio e grande porte”, fala Alan Gios, gerente de marketing.
Além de visualizar de perto uma das máquinas automáticas da SMI, os visitantes poderão
conhecermelhortodososprodutosdefabricaçãoprópriadaMetalgamica(químicosecolas)e
tambémvertodososprodutosdedistribuiçãopormeiodeparceriascomAgfa,Dupont,Trelleborg,TintasCromos,PapelcalibradoPunktPapier,filmepoliolefínicoDeltaTH,póanti-decalque
e muitos outros produtos.
Morgana
A Morgana é um dos parceiros que está presente no estande da Alphaprint durante a ExpoPrint 2014. Com
soluçõescompletasemacabamentosparaoparquegráficodecopiadoras,gráficasdigitaiseempresascom
pequenas tiragens, serão expostos equipamentos para dobra e vinco como a Digicreaser 33, a Autocreaser
Pro 50 e a Docufold Pro.
58
GRAPHPRINT JUN 14
Prévia ExpoPrint
MP Brasil
Lucas Rodrigo Santos, gerente de vendas, conta que a empresa apresenta o catálogo versão
6/2014comnovospadrõesdefitas hot-stamping e a novalinhadehotstamping CCLPREcom alta
performance e preço competitivo, além das laminações especiais.
“Os visitantes irão conhecer as soluções em acabamentos decorativos que a MP Brasil pode
ofereceraomercadográfico,taiscomo:fitashot-stampingmetálicas,holográficas,coldfoil,hologramas de segurança e placas de acerto. Atuando no segmento gráfico desde 1999, verificamos
a necessidade de auxiliar nossos clientes a ampliar a utilização de hot-stamping, resultando em
um maior valor agregado aos seus produtos. Com essa estratégia, nossa participação no mercado tem aumentado consideravelmente
ano a ano e esperamos que com o sucesso da ExpoPrint 2014 tenhamos um segundo semestre com crescimento expressivo nas vendas”,
avalia Santos.
Oki
São dois lançamentos: a C941, um equipamento cinco cores com tecnologia de impressão LED e a C711WT, que atua com tecnologia de
impressão LED com toner branco.“A impressora C711WT pode ser utilizada de forma simples e com custos acessíveis, permitindo a impressão com vários tipos de papéis, incluindo tranfers, papéis coloridos e transparentes, em formato A4 e gramaturas de até 250 gramas.
Já o modelo C941 possibilita a impressão multimídia no formato A3+, em gramaturas de até 360g/m², com toner branco e transparente”,
fala Márcio Marquese, gerente de marketing.
Aempresaprometeumatendimentoespecializado,amostrasdeimpressãoepossibilidadesdeprodutofinalemumavitrinecomcanecas,
camisetas, convites, cartões de visita, entre outros produtos.
One Vision
A empresa mostra as novas versões do portfólio de softwares com interface mais intuitivas e simples. O workspace permite uma rápida
visualização em tempo real de cada trabalho, integrando-se a todos os módulos de Asura, Amendo, Inksave, Plug Inksavein, G4 Export,
PlugFITin, PlugCROPin e Solvero.
“OsistemaabertoemodulardaOneVisionpermiteaintegraçãodesuassoluçõesdesoftwareemtodoequalquerambientedetrabalhode
pré-impressão.Osnossospesquisadoreseespecialistas daAlemanhaestarãopresentescomdemonstraçõesexclusivasdecadamódulo
do nossa “premidia factory””, fala Nicole Seeder, diretora América Latina.
Perfecta / Gutenberg
UmarepresentadaGutenbergqueestánaExpoPrintéaalemãPerfecta,presenteemmaisde70países.OdestaqueéaguilhotinaPerfecta
132TS,dealta velocidade. O carregamento da tabela traseira com inúmeras opções permite criar produtos individuais. A máquinapossui
largura de mesa de corte de 1320mm, com altura da mesa de corte de 870mm e menor corte de 20mm.
É ideal para folhas como papel, papelão ou até mesmo filmes e chapas, borracha, couro, lixa e muitos outros materiais na forma de pilhas
ou sozinhos. A elevadora de pilhas de papel BS H 5-1200 também está no estande. A Perfecta Automatic Jogger BSB 3 L é outra atração.
A mesavibratória fazcom que toda a pilha de papel fique alinhada, preparação fundamental para que o material entre na guilhotinae seja
cortado. O equipamento garante uma preparação especial do papel, especialmente para baixas gramaturas.
60
GRAPHPRINT JUN 14
Prévia ExpoPrint
Pitney Bowes
O Mailstream Engage é uma solução projetada para combinar a impressão a laser e dados
variáveiscomumprodutodeacabamentodeúltimageração,criandoumaltoimpactopara
campanhasdemarketingdireto.“Pormeiodecomunicaçõespersonalizadasparaclientes,
aumenta-se o impacto e a taxa de resposta das campanhas em até 10 vezes”, fala Silvio
Maemura, CEO da Pitney Bowes Brasil.
Comesteequipamentopode-seadicionarcartõesdevisita,cartõesdefidelidadeoucartões
de resposta diretamente na correspondência, além disso, o equipamento insere até três
folheterias dentro da mesma comunicação. “Vamos mostrar que a Pitney Bowes é muito
mais do que sistemas de franqueamento. Essa é a disposição reinante hoje na empresa e
sintetiza uma mudança estratégica, direcionando-a ao segmento gráfico comercial”, instiga Maemura.
Pressline
Gilberto Silva dos Passos, especialista em engenharia de produção, conta que a empresamostraoduplosuportederoloscomcoladorautomático(comAutoSplicercom
duasbandasdepapelindependentes);eosecadorinfravermelhoquepodeseradaptado a torres de impressão cold set para obter uma impressão semicomercial com
ótima qualidade. A empresa mostra ainda o autolavador de blanquetas.
“A Pressline oferece três linhas de impressoras rotativas offset de simples largura e
simples circunferência com faixa de velocidade entre 30 a 40 mil cópias por hora, com
diferentescombinaçõesdedobraparaobterformatosdistintos,permitindoaousuário
imprimirjornais,revistas,periódicosoulivros,comqualidade,agilidadeebaixocusto
de setup. A expectativa da Pressline é fornecer soluções de melhorias para otimização da produção em impressoras rotativas offset. Oferecemos soluções customizadas para a indústria gráfica de pequeno, médio e grande porte”, avisa.
Prolam
A empresa destaca a linha de filmes para termolaminação com novas e diferenciadas
apresentações visuais que abrem novas oportunidades de negócios.“Além dos filmes
dalinhaProlam,apresentaremosnovaspossibilidadesdetermolaminaçãoetrêstermolaminadoras diferentes para pequeno, médio e grande porte”, adianta Marcos Marcello,
gerente de marketing.
QuadTech
Junto com sua representante Caltronic Automação Industrial, a QuadTech apresenta registros de cor, injeção de tinta digital, controle de
cores e soluções de inspeção de bobinas da QuadTech para gráficas comerciais e de impressão de jornais.
Os visitantes vão aprender sobre controles de prensa automatizados projetados para permitir que as gráficas brasileiras maximizem as
oportunidadesdomercadolocal.“PorcausadasmudançaseconômicasrecentesnoBrasil,ospadrõesdequalidadedeimpressãoaumentaram de maneira bem dramática e as gráficas locais estão enfrentando uma nova série de desafios de produção”, comenta José Carlos
Valverde, gerente de vendas da QuadTech para a região da América Latina.
62
GRAPHPRINT JUN 14
Prévia ExpoPrint
Q.I. Press Controls Latin America
A empresa mostra a nova câmera mRC-3D para controle automático de registro, Fan-out, corte
e Side-lay. Essa câmera é chamada de 3D, pois possui, na verdade, não um, mas dois sensores
CMOS RGB que funcionam como dois olhos humanos e permitem que a câmera“enxergue”em
3D. “Ou seja, assim como nossos olhos, a câmera percebe a distância e focaliza automaticamente a imagem. Com isso, é possível posicioná-la o mais próximo possível da unidade de impressão, antes do forno, onde o papel ainda é muito instável e a distância do papel até a câmera
varia constantemente. Assim, corrigem-se os erros de registro, corte, fan-out e side-lay muito
intenso no processo de impressão”, explica Júlio Coutinho, diretor geral.
A empresa apresenta ainda os novos desenvolvimentos técnicos, assim como os mais recentes
sucessos em instalações de sistema da Q.I. Press Controls na América latina.
Quimagraf
Realiza o lançamento da campanha“Cardápio de Produtos”, onde a Quimagraf serve aos seus
clientes o que tem de melhor em produtos para a indústria gráfica, aplicando consultoria e
fazendo a implantação por meio de técnicos treinados.“É um estande descontraído, onde o
cliente será bem servido, ficará à vontade e trocaremos informações sobre as ações que poderão ajudá-lo a melhorar a qualidade, performance, logística do seu estoque, solucionar problemas e viabilizar os custos da sua gráfica”,
convida Dirceu Assini, gerente de vendas.
Ricoh
Comportfóliocompleto,queincluidesdesoluçõesdemercadoparaosegmentodeentradadefolhasoltaatésoluçõesparaaltaprodução
de formulário contínuo, a Ricoh apresenta também produtos coloridos para todos os segmentos de produção: PRO C5110, PRO C751EX,
PROC901GraphicsArtseIP5000,onovoequipamentomonocromáticoPRO8110,oprodutodegrandeformatoMPCW2200SPeolançamento Pro L4160.
Há ainda uma solução central que foi projetada para conduzir o futuro do workflow da produção digital, que vai da captura dos dados até
a entrega, chamado Total Flow.
Roland DG
Para as gráficas de médio e pequeno porte a Roland DG Brasil leva seus equipamentos UV que
permitem a impressão diretamente nos substratos e são ideais para produção de embalagens,
como filmes BOPP, polietileno, PET, PVC e até mesmo filme Shrink (filme termoencolhível).
As duas impressoras fazem provas de cor para aprovação final, antes da produção em larga escala, e no caso da LEC, reproduz o desenho da embalagem no próprio substrato do produto final,
tornando a aprovação do cliente muito mais concisa.
Já a VersaUV LEF-20 também pode ser usada para impressão direta em frascos de perfumes, cosméticos, maquiagens, entre outros.
Rotatek
Alexandre Dalama, gerente de produto, conta que a empresa lança a impressora híbrida Omni com largura de impressão de 520 a
1200mm, repetições de 500 a 820mm que combina processos de impressão e acabamento em linha, com troca de formatos por camisas.
“TemoscomonovidadeaparceriacomaDurstLabelnosegmentoimpressãodigitalrotativainkjetUV.Comisso,oferecemosaimpressora
TAU 330”, diz Dalama.
A apresentação da Rotatek na feira enfatiza as novas formas de utilizar as tecnologias disponíveis, mostrando como as impressoras rotativas híbridas podem diminuir o setup de cada trabalho.“Nosso estande mostra a forma mais prática de trocar os formatos de impressão
de camisas, sistema sleeve. Descobrir como a impressão digital rotativa inkjet UV pode diminuir seu custo de impressão para pequenas e
medias tiragens é outra meta da Rotatek”, explica Dalama.
GRAPHPRINT JUN 14
63
Prévia ExpoPrint
Rubbercity
Sonia Marinera, gerente de vendas, fala que a empresa apresenta compostos desenvolvidos para revestimentos em cilindros com alta
resistência térmica, mantendo excelentes propriedades físico-químicas e com maior durabilidade em máquina.
“Pesquisando segmentos diversos que utilizam cilindros emborrachados, sentimos a necessidade de buscar soluções a fim de nacionalizar os mesmos. Compartilhamos com engenheiros e operadores de equipamentos as dificuldades em conseguir revestimentos que
tenham a mesma durabilidade, com bom desempenho e acabamento superficial excepcional. Como resultado, chegamos a compostos
inovadores com resultados excelentes, reduzindo o tempo da máquina parada, além de reduzir consideravelmente os custos com manutenção. Desenvolvemos revestimentos com dupla camada, seja em poliuretano, nitrílica ou silicone, que suportam alta temperatura
mantendo resistência mecânica. Este é o nosso diferencial: desenvolver e aprimorar sempre”, convida Sonia.
Senai
O Senai leva seu amplo conhecimento à ExpoPrint Latin America 2014, que ocorre de 16 a 22 de julho de 2014, em São Paulo. Será uma
forte presença, com palestras, atividades educacionais e parte prática.
OSenaivaiapresentarumaamplagradedecursosoferecidospelasquatroescolasqueatendemosetorgráfico.Outraimportanteatividade
é uma grade de palestras, em diferentes horários, ministradas pelos professores das escolas. Os visitantes terão à disposição estações de
trabalho com softwares de simulação de impressão, para que os profissionais e estudantes possam testar suas competências. As Editoras
Senai e Sesi estarão divulgando seus portfólios, que já contam com diversas obras que podem interessar aos profissionais e estudantes.
Slem
Rosangela Eleutheriou, diretora administrativa, diz que a empresa destaca a representação dos rolosWestland/
GroupWork para pequenos formatos da linha de máquinas Heidelberg.“Nossa empresa é qualificada e especializada na assessoria, compra e venda de equipamentos, peças e assistência técnica na linha de máquinas seminovasHeidelberg,oferecendoequipamentoscomgarantiadeatéumano.Acreditamosquenosegundosemestre,
após a final da Copa do Mundo, a indústria gráfica terá de explorar melhor o potencial de sua empresa com a
diferenciação de produtos e serviços”, aguarda Rosangela.
Starlaser
OlançamentoéoPackz-EditorProfissionalparadesenvolvimentodeembalagenseetiquetas.Há
ainda o PDF nativo, solução multiplataforma; cabines de luz Just; GMG (software para gerenciamento de cores); Enfocus (software para controle de processo de pré-impressão); Xrite (equipamentos de medição e controle) e papéis especiais para prova contratual.
A empresa mostra ainda a linha Eizo de monitores profissionais para retoque de imagem; Canon e
Epsoncommodelosdeimpressoraparaprovas;AdobeeBarbieri(espectrofotômetrodeprecisão).
Sun Chemical
Cristina Barros, key account manager, fala que a multinacional divulga produtos inovadores em todas as linhas e lança um segmento de
produtos:“AfamíliadeadesivosdelaminaçãodealtaperformanceSunLam.InicialmentedesenvolvidapelaDICparaoexigentemercado
asiático,ofereceexcelentedesempenho,mesmoemcondiçõesextremasdeprodutosalimentíciosesuascondiçõesdeprocessamento”,
adianta Cristina.
AfamíliadeadesivosdelaminaçãoSunLamconsisteemprodutosbaseágua,produtosbasesolventeelivresdesolvente,designadospara
atender as necessidades de todas as principais aplicações de embalagens flexíveis globalmente.“A Sun Chemical é a maior fornecedora
mundial de tintas e pigmentos, e traz para a América Latina um portfólio de produtos para a indústria gráfica, bem como serviços relacionados, com o objetivo de trazer soluções sustentáveis e inovadoras para o nosso mercado”, completa Cristina.
64
GRAPHPRINT JUN 14
expoprint. com.br
A MAIOR FEIRA GRÁFICA DA AMÉRICA LATINA
EL MAYOR EVENTO DE LA INDUSTRIA GRÁFICA EN AMÉRICA LATINA
THE LARGEST EVENT OF THE GRAPHIC ARTS INDUSTRY IN LATIN AMERICA
TRANSAMÉRICA | SÃO PAULO | BRASIL
16 A 22 DE JULHO DE 2014
Ao efetuar o seu cadastro gratuito,
você ainda recebe informações sobre
o mercado gráfico e as novidades dos
expositores da ExpoPrint.
JULY 16TH TO 22ND • 16 AL 22 DE JULIO
Aproveite e ainda concorra a um iPad!
www.expoprint.com.br
ASSOCIADOS AFEIGRAF | ASOCIADOS AFEIGRAF | AFEIGRAF MEMBERS
APOIO ENTIDADES | APOYO ENTIDADS | ENTITIES SUPPORT
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE
FORMULÁRIOS, DOCUMENTOS E GERENCIAMENTO
DA INFORMAÇÃO
APOIO INTERNACIONAL | APOYO INTERNATIONAL | INTERNATIONAL SUPPORT
REALIZAÇÃO | REALIZACIÓN | REALIZATION
PANTONE 368C
Cool Gray 10C
ORGANIZAÇÃO E PROMOÇÃO | ORGANIZACIÓN Y PROMOCIÓN | ORGANIZATION AND PROMOTION
prévia expoprint
Sys Graphic Comércio e Serviços
Marinaldo Lira Ponchet, diretor executivo, avisa que o lançamento é o CtP modelo DX830.“É um
dos modelos mais rápidos do mercado utilizando chapas convencionais, destinado a todos os
segmentos. Apresenta produtividade em torno de 45 chapas/h e resolução de 2400/2540 dpi”,
assegura Ponchet.
Na feira, de acordo com o diretor executivo, o equipamento terá um preço especial que será estendidoaosdemaisitensquecompõemasolução,taiscomo,softwaredeimposição(Dynagram),
workflow(Xitron/Enfocus), rips e processadora.“Somos representantes de diversos fabricantes
domercadomundial,comoDynagram,Xitron,Eastcom,Burguess,Heights,Tianzhicai,BridgeHead,entreoutros.Comercializamosumlequedeprodutos,taiscomoguilhotina,máquinasdedobraautomáticaefornecemostambémtodos
os tipos de chapas e ainda peças via importação para offset e rotativa”, garante Ponchet.
T&C
Com várias de suas representadas, aT&C tem, em funcionamento, o lançamento da Epson para impressão direta em camisetas, a Epson
Surecolor SC-F2000.
ASurecolorSC-F2000imprimediretamenteemmaterial100%algodãoouemmateriaiscombinadoscomummínimode50%dealgodão.
OequipamentovemcomosoftwarededesignGarmentCreator,quepermiteimprimircamisetasescurasutilizandotintabrancasemterde
pré-editaraimagem,jáqueosoftwarecriaeimprimeautomaticamenteumasubcamadabranca.OSurecolorSC-F2000éumequipamento
que imprime em substratos de algodão, ideal para personalizar camisetas, bonés, bolsas.
Techkon
Aempresalançaosdensitômetrosqueunificamtrêsdispositivo:densitômetrodereflexãoparaimpressõesemcoresCMYK,filmedetransmissão e uma lupa de alta precisão para o controle visual dos resultados. Pela primeira vez na América Latina, aTechkon tem expectativa
positiva para a feira e aproveita a oportunidade para apresentar todas as soluções para a indústria de impressão.“O controle da qualidade
é essencial para o sucesso na indústria gráfica”, fala Corinne Périgaud, vendas e marketing da companhia alemã.
Toyo Ink
De acordo com Andre Nato Machado, gestor comercial, e Sergio Pera, diretor geral, ambos executivos daToyo Ink, a fabricante nipônica
mostra a moderna fábrica de tintas gráficas no Brasil. “Com sede em Jundiaí, essa fábrica é 100% nova e trás todo know-how de 117
anos de história daToyo Ink. Essa fábrica vai abastecer todo mercado latino-americano com o máximo de tecnologia que se dispõem no
mundo. A fábrica inicia com a produção de tintas offset SheetFed (Planas) 100% vegetais 0%VOC, incluindo cores especiais para sistemas
óleo-resinosos e por cura UV.Também iniciaremos a produção local de tintas líquidas para embalagens flexíveis à base de solventes para
sistemas flexográficos e rotogravura”, explicam.
Em seu estande, aToyo apresenta o conceito de venda no Brasil, concentrando em produtos nobres e serviços diferenciados aos clientes.
“Temos grande expectativa, pois estaremos já com a fábrica em pleno funcionamento para atender as demandas das eleições 2014 e das
novas unidades de máquinas com cura por UV de baixo consumo de energia, como LED UV, e H-UV”, anunciam.
Tünkers do Brasil
O lançamento é a mesa conjugada de encadernação MCE 5x1. De acordo com o gerente de máquinas gráficas daTünkers do Brasil, João
GuilhermeVaz de Oliveira,“agora o sonho de todo gráfico pode se tornar realidade. Boa produção com pouca mão de obra num espaço
físicopequeno,alémdeinvestimentobaixocomapossibilidadedefinanciamentosnacionais,permitindoassimqueasempresasreforcem
sua competitividade internacionalmente”.
A coladeira Liliput 500, outro sucesso lançado na ExpoPrint 2006 e remodelada em 2009, ganha o acessório de cola animal quente com
controleautomáticodetemperaturaedeviscosidadeparafazerpartedamáquina.AmáquinadedobrarabasMDA750lêautomaticamente o tamanho da capa, sem ajuste prévio.
66
GRAPHPRINT JUN 14
ENQUANTO
OS OUTROS
PROMETEM
A LUA, A EFI LHE
OFERECE
O FOGUETE
A EFI™ possui tudo o que a sua empresa precisa para decolar.
Soluções de web-to-print, cross media, sistema de gestão EFI Metrics,
controladores Fiery®, impressoras de grandes formatos VUTEk® e de
rótulos e etiquetas Jetrion®. Acesse: www.efi.com | www.metrics.com.br
Visite nosso estande no Expo Transamérica Pavilhão C stand # 32C | 16 à 22 de Julho de 2014 | SP, Brasil
©2014 EFI. Todos os direitos reservados
Prévia ExpoPrint
Uchida
Apresentação enfoca equipamentos voltados ao acabamento de impressão digital.
UV Pack
A empresa aposta em serviços de laminação de filmes PET ou BOPP em bobinas de cartão ou papel e tem como diferenciais a laminação
em registro, peel off em linha (filmless / transfer), com largura máxima de até 1600mm e utilização de adesivos à base d´água.
Há ainda serviços de cortadeira com precisão dimensional e precisão para corte em registro; filmes com lentes Fresnel e ampla gama de
filmes com holografias ou hologramas. Diferenciais: pode ser produzido com ou sem requisito de registro com a impressão, e a solução
pode ser 100% customizada à necessidade do projeto do cliente.
“Os visitantes vão conhecer mais detalhadamente os novos produtos que lançamos. Vamos discutir a maneira de operacionalizar os
novos negócios desde a concepção do projeto. Através da utilização destes novos produtos será possível enobrecer as embalagens com
sustentabilidade ambiental”, fala Ninian Stewart, diretor.
Vivid
Aempresaesperaformarumaequipederevendedoresqueatuaránomercadobrasileiro,abrangendotambém
as Américas do Sul e Central. A companhia tem sua base no Reino Unido e atua em design e fabricação de
sistemas de laminação.
ComrevendedoresautorizadosjáestabelecidosnosEstadosUnidos,CanadáeÁfricadoSul,alémdepaísesna
Europa,aVividdesejaexpandirsuaparticipaçãonomercadoglobal.OsistemadelaminaçãoMatrixdaempresa é o laminador que atua desde SRA3 até trabalhos B1, impressas digitalmente ou litográfica, para trabalhos
como cartões de visitas, cardápios de restaurantes, capas de livros e brochuras.
A Vivid também produz o Easymount com uma gama de sistemas de laminação de formato largo.
VSP
MárciaLima,coordenadorademarketing,adiantaqueaempresamostraemprimeiramãoasnovas
cores na linha dos perolados e duas novas linhas de revestimentos com toques mais que especiais
(tanto soft, quanto tecido), ambas tratadas para impressão.
“OprincipalfocodaVSPéfazerdessafeiraumagrandevitrineparaadivulgaçãodosprodutos.Pensandoassim,investimosemumestandemaisamplo,atrativoebemcoloridocomdestaqueparaos
lançamentos,alémdeprodutosfinalizadosemateriaisimpressosemdiversosprocessosgráficos”,
diz Marcia.
AVSPatuanodesenvolvimentoefabricaçãodepapéisexclusivos,explorandoumuniversodecores,texturas,toqueseacabamentoscomefeitos
especiais.Asprincipaislinhassão:Relux,Sparkle,Prisma,CrystalColor,Smooth,Luxcent,alémdeumaamplagamadeenvelopes,pastaseplacas.
Weko
OssistemasdeaplicaçãodepódaWeko(WPA)comoassériesWeko-APbaseiam-senaconcepçãodeinstalaçãomodular.Foramconcebidosparaapreparaçãodamisturadepóear,bemcomoparaumaaplicaçãodepórepetidaeprecisaeextremamenteuniforme.Simultaneamente,ossistemasdaWeko-AP
trabalham de forma muito mais eficiente.
ComossistemasdeaplicaçãodelíquidosdaWekoO(WFA),comoWeko-RFDi,opapelsedeixareumidificardeformasegura.Destaforma,recebeaspropriedadesoriginaisdevolta,seencontraemposiçãoplanae,alémdisso,nãoestácarregadoestaticamente.AWeko-RFDiaplicaáguatambémemquantidades
pequenasnaaplicaçãodepulverizaçãodedosagemexataesemprereproduzível.Issoeconomizarecursosvaliososelheofereceporissomuitaflexibilidade.
Zenbo
Conta com equipamentos de fechamento automático de sacolas em folha.
Zhengrun
Empresa divulga equipamentos de caixa rígida.
68
GRAPHPRINT JUN 14
Equipamentos para
Promocional e Editorial
Ações para respostas imediatas
Ferramentas de precisão, com ajustes versáteis, dão às impressoras
possibilidadesreaisdecompetirjuntoaonovotempodaindústriagráfica
Fábio Sabbag
De acordo com pesquisa da Fecomércio (RJ) sobre os hábitos culturais do brasileiro, a leitura de livros surge como a atividade cultural mais praticada no Brasil em 2013. Segundo o estudo, a leitura conquistou um percentual de 35% dentre os
entrevistados, ficando à frente de outras atividades, como cinema (28%), apresentações musicais (22%), peças de teatro
(11%),exposiçõesdearte(8%)eespetáculosdedança(7%).DesdeoiníciodolevantamentorealizadopelaFecomércio,em
2007, a leitura de livros tem se destacado como atividade cultural mais citada entre o público.
Mesmo com o crescimento recente, mais da metade dos brasileiros que não leram nenhum livro no ano passado (59%)
disse não ter o hábito da leitura. Em seguida, 32% afirmaram que não gostam de ler ou que preferem outras atividades
GRAPHPRINT JUN 14
69
Equipamentos para Promocional e Editorial
Janio Coelho, gerente comercial da Ferrostaal:
“Para que a impressão seja uma fonte rentável de negócios
apresentamos máquinas que fogem do conceito de offsets
comuns, que trazem ao investidor novos horizontes, valores
agregados únicos e entregas em tempos confiáveis.”
culturais. Já no setor de mídia, após um primeiro semestre preocupante,
o mercado aqueceu e fechou 2013 com R$ 32,2 bilhões de investimentos
publicitários brutos em mídia, crescimento de 6,81% em relação a 2012,
segundo dados do Projeto Inter-Meios divulgados recentemente. Ainda de
acordo com o estudo, o meio impresso foi bastante afetado. Jornais caíram
3,8%, e revistas, 7,5%.
Comofabricantesdeequipamentostantoparaomeioeditorialcomoparao
promocional, os players da indústria gráfica desenham novidades em busca da eficiência completa. “Para que a impressão seja uma fonte rentável
de negócios apresentamos máquinas que fogem do conceito de offsets comuns,quetrazemaoinvestidornovoshorizontes,valoresagregadosúnicos
e entregas em tempos confiáveis. É isso que a Ferrostaal busca em seus
parceiros fabricantes e temos uma linha realmente fora dos padrões do dia a
dia. Acho ainda que a impressão digital complementa muito bem estes segmentos. Com as opções que temos disponíveis, com esta nova força Ryobi
MHI, as ações e respostas que temos obtido criam uma expectativa muito
boa para este ano que terá a Expoprint. Nossa preocupação para esta feira
é sermos diferentes, assim como as gráficas precisam ser”, indica Janio
Coelho, gerente comercial da Ferrostaal.
Na opinião de Alexandre Magno, gerente de produto da manroland, apesar
de haver gráficas com um bom nível de trabalho atualmente, no geral, o momento não é dos mais auspiciosos no mercado de promocional.“As razões
são as mais diversas, desde capacidade instalada bem acima da deman-
da até a concorrência com outras mídias. As gráficaspromocionaisestãoaprendendoatrabalharnum
mercado de verbas mais curtas e margens menores”,
detalha.
Ainda de acordo com Magno, o mercado gráfico vem
se caracterizando pela diminuição das tiragens. Nesse sentido, o trabalho do fornecedor é desenvolver
soluções que aperfeiçoem a produtividade de seus
clientes, como é o caso do sistema DirectDrive, da
manroland,citaogerentedeproduto.“Outravertente
do trabalho que propomos é ajudar a rentabilizar o
negóciodenossosclientes,propondoconfigurações
técnicasquevisemenobreceroimpresso.Paratanto,
temos o cold-foil, sistemas de dupla torre de verniz,
equipamentoshíbridoseimpressãoemlinhacomdados variáveis. São soluções técnicas para se diferenciar e se distanciar um pouco da briga existente no
impresso convencional”, explica.
Eduardo Sousa, gerente de marketing da Agfa para a
América Latina, observa um bom momento no mercado promocional e aborda as soluções que a Agfa
oferece ao mercado: “Nosso portfólio de impresso-
Alexandre Magno, gerente de produto da manroland:
“Outra vertente do trabalho que propomos é
ajudar a rentabilizar o negócio de nossos clientes,
propondo configurações técnicas que visem
enobrecer o impresso.”
70
GRAPHPRINT JUN 14
Equipamentos para Promocional e Editorial
Eduardo Sousa, gerente de marketing da Agfa para a América Latina:
“Nosso portfólio de impressoras de grande
formato inkjet UV permite que o gráfico de
embalagem, promocional, comercial e sign e
display se diferencie e ofereça um novo conceito de
impressão.”
ras de grande formato inkjet UV permite que o gráfico de embalagem, promocional, comercial e sign e display se diferencie
e ofereça um novo conceito de impressão. Portanto há uma nova
forma de atender outras necessidades dos clientes que não eram
possíveis antes da tecnologia de impressão UV em grande formato da Agfa. Além disso, a internet tem se mostrado um pouco
aquémemtermosderetornodecampanhaspromocionais,jáque
muitos migraram para esta mídia. Além do forte potencial que a
impressão inkjet UV de grande formato tem apresentado, como
personalização, dados variáveis, efeitos de impressão, tiragens,
teste de prateleira, mock-ups, etc, entre outros, a Agfa acredita
muito no produto impresso sendo comprado via web to print por
meio do Agfa Apogee Storefront, com recursos de impressão que
enaltecem o impresso, além do gerenciamento de cores”, indica
Sousa.
Novidades para o promocional
A Agfa vem com o SW / Workfkow, uma solução web to print inserida no workflow principal o Agfa Apogee.“O Agfa StoreFront é
GRAPHPRINT JUN 14
71
Equipamentos para Promocional e Editorial
um software aberto que se comunica com qualquer sistema de
pré-impressão do mercado gráfico, além de a Agfa ter um portfóliobemvariadodeequipamentosinkjetparaimpressãodigital
que atende a área de sign e display. Todos os equipamentos são
conectados ao software StoreFront de forma automática de um
pedido via web, bem como equipamentos de terceiro também.
Esta é uma forma de garantir ao cliente uma variedade de produtos e segurança de atendimento. Investir em impressão digital é
absolutamentenecessárioparamanter-secompetitivoeoferecer
um pacote de soluções completas para os seus clientes, e pode
significar manter o seu negócio saudável ou permitir que seus
concorrentes o façam por você. As novas Jeti Titan S e HS da Agfa
Graphics definem novo padrão de qualidade de impressão. Com
base no sucesso da série Jeti Titan de impressoras cura UV grande formato,recentemente reconhecida por sua superioridade na
IDEAllianceemEstudodeSistemaLargoeGrandeFormatosInkjet,
a nova JetiTitan S combina qualidade de impressão excepcional e
alta produtividade”, fala Sousa.
No que concerne ao mercado promocional, observa Magno, temosumadiminuiçãodastiragens,fazendocomqueostemposde
acertotenhamumaimportânciafundamentalnofluxodetrabalho
das gráficas.“Esse fluxo, obviamente, envolve também os setores
depré-impressãoeacabamento.Contudonaimpressãooffsetem
si, contamos com a tecnologia DirectDrive (DD), a qual possibilita
temposdeacertoextremamentereduzidos,poisosprocessosinerentes às trocas de trabalho (trocas de chapa, lavagens, etc.) são
executados de maneira simultânea e não de maneira sequencial,
como é o usual”, fala o gerente de produto da manroland.
Coelho enfatiza que há boas novidades agora que a incorporação da Mitsubishi pela Ryobi está em plena atividade. “Agora se
chama Ryobi MHI. A V3000LS, formato 1,050 x 750mm, traz ao
mercado configurações especiais e com tecnologia única LED
-UV”, completa.
Novidades para o editorial
Um dos destaques da Ferrostaal para o mercado editorial é a
V3000TP1,050x750mm,quepodeserconfiguradacomoitooudez
cores,trazendoatecnologiaTranslink,queeliminaavirada/tombo
dopapelnareversão,umposicionamentoapenasdepinça,velocidade de 16.200 PH, espessura que pode ir de 0.04 a 0.8mm, cura
LED-UV.“Este modelo traz a este mercado: produção, qualidade e
entregasantecipadasúnicas.Surgeumanovaproduçãoentreoffset
planaerotativasquepodeseencaixarmuitobem.Outraexcelente
opção é a Ryobi MHI 920 oito ou dez cores formato 64 x 92 com
aproveitamentoexcelentedepapele30%dereduçãocomcustos
dechapas.Temosdoismodelosdestesatuandoemeditorialecom
secagem LED, com resultados fantásticos”, argumenta Coelho.
Magno destaca que no mercado editorial geralmente temos impressoras oito cores com reversão para impressões coloridas e
impressoras de duas cores com reversão para impressões em preto e branco. “Temos, no Brasil, dois clientes com impressoras do
modeloDirectDrive,sendoumaoitocoreseoutradezcores.Ambos
encontram-se satisfeitos com a citada tecnologia, pois aliam a reconhecidaprodutividadedalinhaRoland700comaeficáciadeuma
tecnologiaquevemaoencontrodeummercadocaracterizadopor
menores tiragens”, garante o gerente de produto da manroland.
GRAPHPRINT: Você acredita que a impressão digital contribui para a diminuição de margens nestes segmentos? Por quê?
Agfa
“Não!Pelocontrário,aimpressãodigitalajudaaincrementaroprodutoimpressocompersonalizaçãoeregionalizaçãonopré-impresso,complementodetiragens,reimpressão,grandeformato,sinalização,atenderumaurgênciadetempodeentrega,entreoutros.Tudo
isso permite aumentar as margens e atender novas necessidades do cliente final”, fala Sousa.
Ferrostaal
“Acho que a impressão digital complementa muito bem estes segmentos”, diz Coelho.
manroland
“Não. O que realmente vem contribuindo para a diminuição das margens não está relacionado a um único fator isolado, mas a alguns
fatores que estão interligados. Na base de tudo está a vivência de um ciclo econômico de baixo crescimento, aquém das necessidades
do País. Com isso, enfraquece-se a demanda como um todo, com seus óbvios desdobramentos no mercado gráfico. Outra consequência negativa inserida nesse cenário é a impossibilidade de os aumentos dos custos de produção, como papel, dissídio, entre outros,
serem repassados de maneira integral ao cliente final, acarretando em um achatamento das margens praticadas”, avalia Magno.
72
GRAPHPRINT JUN 14
empresa em destaque
A história viva da distribuição
Distribuidora de papel,com mais de90anos de existência,traça novos
planos para o inédito momento da indústria de impressão
Fundada em 1921, como Sociedade Finlandeza Ltda, a quase
centenária Samab nascera focada na distribuição de papel
imune. Com o passar dos anos e antevendo demandas, a distribuidora definiu que em 2013 ampliaria sua plataforma de
negócios abrindo o escopo de atuação para o fornecimento
da linha comercial também. Com isso, atualmente, os clientes
passaram a contar com a oferta de cuchê, cartonado, adesivados, craft, entre outros.
“Como é um negócio novo, a plataforma vem alcançando bons
resultados, aumentando sua participação no faturamento da
companhia. Como estamos na fase de decolagem, as taxas de
crescimento são de dois dígitos. Nosso objetivo é que nos próximos cinco anos se torne uma plataforma tão robusta como
é a de papel imune”, aposta Roger Michaelis, CEO da Samab,
acrescentando que há negócios novos em pauta, como, por
exemplo, os insumos para impressão digital. A empresa vive
o momento de prospecção dos melhores fornecedores.
Não distante do meio gráfico, a Samab, apoiada em sua responsabilidade histórica de melhorar o negócio de seus clientes, sentiu que a inclusão de novas tecnologias trouxe novos
desafios pela frente. Por isso, vem se preparando para os
novos tempos. “Nossa relação de negócios com os clientes
não se trata necessariamente de preço. Estamos atentos a
tudo que envolve a consolidação das parcerias, como ações
de pós-venda, qualidade e a continuidade no fornecimento.
Quanto à tecnologia sabemos que raramente uma destrói a
outra. Há, no entanto, certa sobreposição que vem para ampliar alguns mercados. Olhando dessa forma, a impressão
digital tem seu campo assim como o offset tradicional. As
tecnologias convergem e em alguns casos teremos trocas”,
analisa Michaelis.
Caminhos
Sem usar a palavra obstáculos, o CEO da Samab enxerga os
caminhos do setor de distribuição recheados de alguns desafios motivadores. “Acreditamos em desafios, o próprio mercado passa por um processo de consolidação e há uma série
de novas regulamentações, como o Recopi, que passa por reformas. A própria etiquetagem do papel imune vem com mais
força para enfim chegarmos a uma definição mais clara sobre
o uso de papéis para fins específicos”, aponta.
Entra, então, neste ponto, o foco em atender o mercado de
forma mais específica, justificando assim a miríade de produtos e soluções oferecidas pela distribuidora.“Nosso grande desafio é crescer nesses mercados com propostas diferenciadas às demandas apresentadas. Há mais de 90 anos
a Samab preza pela qualidade e pelo serviço para sempre
atualizar sua ação e gestão. Olhamos com atenção para as
regiões onde há possibilidade de desenvolvermos mercado.
Ainda não posso divulgar números, mas em breve teremos
novidades quanto à capilaridade da empresa, que tem em seu
DNA a distribuição, que, consequentemente, é diretamente ligada à capilaridade”, explica Michaelis.
Recentemente, a distribuidora consolidou investimentos em
três filias (Fortaleza, Rio de Janeiro e Porto Alegre), além de
ampliar sua estrutura em São Paulo para de 17 mil metros
quadrados de depósito, passando a atuar com dobro da capacidade logística.“Sou otimista, acredito no Brasil, um país
que incluiu recentemente 30 milhões de pessoas na classe
de consumo. Todo o material de impressão tem espaço para
crescimento. A mídia natural do promocional, por exemplo,
é o papel; a leitura crescente é outro ponto positivo para o
setor, pois as pessoas têm mais condições de adquirir informação confiável. Evidentemente há a questão da maturidade,
não somos um mercado que consome per capita, o que já é
natural na Europa, nos Estados Unidos e no Japão. O Brasil
reserva um futuro muito interessante pela frente. E a Samab
confia no mercado”, conclui Michaelis.
GRAPHPRINT JUN 14
73
empresa em destaque
Ações da Heidelberg miram a
ampliação de seu portfólio digital
Aotrabalharcomparceriasefocoemtecnologiadejatodetinta,aHeidelbergbusca
desenvolver novas soluções digitais para impressão comercial e de embalagens
AestratégiachamadaSynerjetixsignificaodesenvolvimentoconjuntodesistemasdeproduçãodejatodetintaindustrializadospara
permitir que as gráficas ofereçam aplicações criativas e de qualidadesuperiorcomequipamentosconfiáveisqueatendamaospadrões de qualidade comprovada Heidelberg.
“Olhamos a tecnologia de jato de tinta como um meio para novas
aplicações,dentroeforadenossosetor.Éporissoquecombinamos
nossoknow-howcomodenossosparceiros,criandosistemasbem
integrados. Primeiramente, e acima de tudo, queremos trabalhar
com nossos parceiros para melhorar a qualidade das aplicações
de jato de tinta e, assim, aumentar a confiança de nossos clientes
nestatecnologia”,explicaStephanPlenz,membrodoconselhode
administração,responsávelpeladivisãodeequipamentosdaHeidelberg.
Onovoprojetoécompostoporumsistemadeimpressãodigitalem
linha,baseadonatecnologiadejatodetintadaFujifilmintegradoa
uma impressora de etiquetas Gallus.“Hoje, apenas 5% de todas as
etiquetassãoimpressasdeformadigital.Entretanto,asdemandas
por soluções de impressão customizadas, econômicas e versáteis
nestesegmentodemercadoestãocrescendo.Estamostrabalhando
com nossos parceiros Fujifilm e Gallus para apresentar uma soluçãoqueatenderáessasdemandasperfeitamente.Aplicaçõespara
impressão industrial serão lançadas na próxima fase”, diz Jason
Oliver, chefe da unidade de negócios digitais da Heidelberg.
Projetos em ação
Emparalelo,aHeidelbergeaFujifilminiciaramumprojetoconjunto
paradesenvolvernovossistemasdeimpressãodigitalcombaseem
jato de tinta para os mercados de impressão comercial e de embalagens.Navisãodafabricante,emboraaimpressãodigitalbaseada
emeletrofotografiatenhaamadurecido,ossistemasdejatodetinta
industrializados,paraaplicaçõesdeimpressãoplanadealtaqualidade e produtividade, começam a surgir somente agora.
Paraqueprojetosfuturospossamfazerusointegraldetodooknow-how de impressão digital disponível no setor e em outras áreas,
aHeidelbergestabeleceuumconselhoconsultivo.Osmembrosdo
conselhosãoespecialistasemtecnologiaemercado,usuáriosdigi74
GRAPHPRINT JUN 14
Parceria e foco em tecnologia jato de tinta. Heidelberg investe em
estratégias diferenciadas em sinergia com fabricantes que conhecem
os desafios do segmento digital
tais e alguns clientes da empresa.“Ao fornecer uma estrutura forte
para a estratégia Synerjetix da Heidelberg, o conselho consultivo
asseguraqueodesenvolvimentodoprojetosebeneficiedeumfeedbackimparcialeindependente,oquepermitereduzirnossotempo
de comercialização ao melhorarmos nossa eficiência”, diz Oliver.
Além disso, a fabricante alemã celebra o quarto ano de parceria
com a empresa japonesa Ricoh. Com isso, a Heidelberg oferece os
sistemas de impressão digital da Ricoh sob os nomes Linoprint C
901 e Linoprint C 751. Os sistemas oferecem apoio aos clientes em
aplicaçõesdigitaiseoffsetcombinadasedetiragemcurta,podendo
aindaserintegradosaofluxodetrabalhodagráficaPrinectpormeio
do software Prinect Digital Print Manager.
“A parceria com a Ricoh tem sido um sucesso em todos os aspectos. Quando se trata de impressão digital, temos, agora, uma rede
globaldevendaseserviçosondepodemosexpandirnossasopções
demercado.ClientesquecompraramsoluçõesdanossalinhaLinoprintCestãoexplorandonovasoportunidadesdenegóciocomvalor
agregado,comoasaplicaçõeshíbridasqueutilizamatecnologiade
impressão offset e digital combinadas”, conclui Oliver.
rio de janeiro
pequim
marrocos
cancun
havana
fidji
marfim
cartagena
sahara
alaska
jamaica
madrid
Color Plus Arjowiggins
Solicite seu catálogo e conheça
o mundo de cores da linha Color Plus®.
roma
brasil
ibiza
bahamas
são francisco
nice
buenos aires
majorca
>> 28 cores sólidas e 4 cores metalizadas
>> 5 gramaturas diferentes: 80, 120, 180, 240 e 250g/m2
>> Color Plus® é pioneiro e 100% brasileiro
>> Distribuição e entrega em todo o país
>> Certificação de sustentabilidade
>> Qualidade de atendimento
Paper Point: 0800 163 631
: www.facebook.com/ArjowigginsCreativePapersBrasil
paperdotstudio
[
tahiti
porto seguro
mar del plata
Com quase 30 anos de tradição no mercado, Color Plus®
é uma linha de papéis coloridos na massa,
que possibilita um acabamento de ótima qualidade
para os mais diversos tipos de materiais impressos,
como folhetos, envelopes, pastas, embalagens
e até esculturas, com cores firmes
e excelente printabilidade.
aspen
amsterdam
toronto
los angeles
transformando papéis
em obras de arte.
grécia
paris
32
cores
santiago
milano
tóquio
®

Documentos relacionados

agnelo editora revist a graphprint ano xvii - nº 146

agnelo editora revist a graphprint ano xvii - nº 146 Mailing e Assinaturas Fernando Clarindo ([email protected] Impressão e Acabamento Gráfica Elyon

Leia mais

agnelo editora revist a graphprint ano xvii - nº 143

agnelo editora revist a graphprint ano xvii - nº 143 Gerente de TI Carlos Eduardo Manrubio Cabral ([email protected]) Mailing e Assinaturas Fernando Clarindo ([email protected] Impressão e Acabamento Gráfica Elyon

Leia mais

FORMATOS DIFERENCIADOS / GRANDES

FORMATOS DIFERENCIADOS / GRANDES Mailing e Assinaturas Fernando Clarindo ([email protected] Impressão e Acabamento Gráfica Elyon

Leia mais