RISCOS DE DOENÇA CARDÍACA PARA MULHERES

Сomentários

Transcrição

RISCOS DE DOENÇA CARDÍACA PARA MULHERES
RISCOS DE DOENÇA
CARDÍACA PARA
MULHERES
Estar mais consciente sobre o coração não é simplesmente conhecer os
sinais que podem significar que você tem uma doença cardíaca. Também
significa entender os fatores que podem aumentar seu risco de doença
cardíaca como mulher.
PRESSÃO ARTERIAL
As chances de desenvolver pressão arterial alta aumentam se você está
acima do peso, não tem uma dieta saudável, ingere quantias excessivas
de álcool ou não faz exercícios regularmente. Colesterol alto, diabetes
e histórico familiar de pressão arterial alta também podem aumentar
1
seu risco. Você pode diminuir sua pressão arterial significativamente
por meio de uma dieta saudável, inclusive reduzindo gordura saturada
e sódio nos alimentos que consome. Manter um peso saudável, ser
fisicamente ativo, limitar a quantidade de álcool que você ingere e não
fumar pode também diminuir a pressão arterial.
COLESTEROL ALTO
Saber a diferença entre colesterol bom e colesterol ruim é importante.
Mulheres com alto teor de colesterol têm duas vezes mais chances de
2
desenvolver doenças cardíacas. Especificamente, mulheres com o nível
3
mais alto de colesterol ruim (LDL) correm o risco três vezes mais, e
aquelas com o nível mais baixo de colesterol bom (HDL) têm um risco seis
4
vezes maior. Ruim, o colesterol LDL aumenta de forma constante após
5
a menopausa devido à queda em estrogênio. Para reduzir os níveis de
colesterol ruim e aumentar o bom, adote uma dieta com baixo teor de
gordura saturada, opte por frutas e verduras frescas, limite a quantidade
de gordura animal e laticínios que você consome, e acrescente mais peixe
à sua dieta. Cuidado com as gorduras e óleos que foram processados para
ficar sólidos e espalháveis à temperatura ambiente; eles são chamados
de óleos vegetais hidrogenados e devem ser evitados. Consulte a tabela
abaixo para números de colesterol ideal.
ESTRESSE E SAÚDE MENTAL
Mulheres com sintomas de depressão têm 50% mais chance de sofrer
6
doença cardíaca. Mulheres também têm mais tendência à depressão
do que homens depois de um ataque cardíaco, o que pode aumentar o
risco de ter outro ataque. Como o estresse provoca tensão, é importante
conhecer seu próprio corpo. Mantenha uma atitude positiva liberando
o estresse por meio de exercícios ou conversando sobre seus problemas
com um amigo ou um profissional de saúde mental licenciado[EMB1] .
FUMO7
Fumar faz com que sejam formadas placas nos vasos sanguíneos e
pode causar coágulos. Também reduz o HDL colesterol bom , aumenta
a pressão arterial e pode causar batimentos cardíacos irregulares que
podem levar a parada cardíaca. Resultado final: mulheres que fumam têm
muito mais risco de desenvolver doença cardíaca. O risco de desenvolver
doença cardíaca diminui em 33% apenas dois anos após parar de fumar.
E o risco baixa para o nível de não fumante em 10-14 anos após largar o
8
cigarro. Aconselhamento, programas para largar o cigarro, tratamentos
de substituição de nicotina e outros recursos estão disponíveis para ajudálo a parar de fumar.
OBESIDADE E INATIVIDADE
Mulheres que estão acima do peso têm um maior risco de desenvolver
doença cardíaca, mesmo se não tiverem outros fatores de risco. Uma
medida de gordura corporal é o IMC – Índice de Massa Corporal. Recursos
como Calculadora de IMC e Tabela de IMC estão disponíveis para ajudá-lo
a descobrir seu Índice de Massa Corporal:
Calculadora de IMC
Tabela de IMC
Mesmo uma perda mínima de peso ajuda a reduzir o risco de doença
cardíaca, bem como a controlar o diabetes. Tente manter ou perder peso
por meio de um equilíbrio entre atividade física, consumo de calorias e
programas de apoio. Em termos de exercício, 30 minutos de atividade
física de intensidade moderada (como uma caminhada rápida) todos os
dias pode ajudar a perder peso e mantê-lo longe.
CONHEÇA SEUS NÚMEROS8
Se você não sabe qual é sua pressão arterial, níveis de colesterol e outros
números importantes, descubra. É fácil e pode ajudá-lo a assumir o
controle da saúde do seu coração.
Colesterol Total
Colesterol LDL-C
Colesterol HDL-C
Triglicérides
Pressão Arterial
Glicemia
IMC
IDEAL
<200 mg/dl
< 100 mg/dl
> 60 mg/dl
< 150 mg/dl
< 120/80 mmHg
< 110 mg/dl
18,5 a 24,9
ANORMAL
>240 mg/dl
>160 mg/dl
< 40 mg/dl
> 150 mg/dl
>140/90 mmHg
110 mg/dl ou mais
> 24,9
CONVERSE COM SEU MÉDICO
A melhor fonte de informação sobre a saúde do coração é uma conversa
com seu médico. Seguem algumas perguntas a serem feitas:
•
Qual é a diferença entre doença cardíaca, ataque cardíaco e
insuficiência cardíaca?
•
•
•
•
•
Quais são meus fatores pessoais de risco para doença cardíaca?
Que tipo de exercício físico é ideal para mim?
Com base no meu histórico e fatores de risco, o que especificamente
devo fazer para diminuir o risco de doença cardíaca?
Que tipos de exame são utilizados para diagnosticar doença cardíaca?
Quais são minhas opções de tratamento?
Se você tiver sintomas, insista no tratamento. E se você achar que seus
sintomas não estão sendo tratados com a agressividade necessária,
busque uma opinião médica adicional. Assuma o controle da sua saúde, e
você ficará surpreso com o que pode fazer.
1
American Heart Association. Understand Your Risk for High
Blood Pressure. http://www.heart.org/HEARTORG/Conditions/
HighBloodPressure/UnderstandYourRiskforHighBloodPressure/
Understand-Your-Risk-for-High-Blood-Pressure_UCM_002052_Article.jsp.
Acessado em 10 de abril de 2014.
2
Lloyd-Jones DM, et al. (2003). Arch Intern Med;163:1966-1972.
3
Gordon DJ, et al. (1989). Circulation;79:8-15.
4
Lloyd-Jones, D., et al. (2009). Circulation, 119:e21-e181.
5
Shai I, et al. (2004). Circulation;110:2824-2830.
6
Whang W, Kubzansky LD, et al. (2009).J Am Coll Cardiol; 53:950-8.
7
American Heart Association. Smoking and Cardiovascular
Disease. http://www.heart.org/HEARTORG/GettingHealthy/
QuitSmoking/QuittingResources/Smoking-CardiovascularDisease_UCM_305187_Article.jsp. Acessado em 10 de abril de 2014.
8
American Heart Association. Heart Disease and Stroke Statistics, 2004
Update.
As informações fornecidas são para fins de antecedentes gerais e não pretendem substituir diagnóstico ou
tratamento médico por um profissional qualificado. Você deve sempre consultar seu médico sobre qualquer
questão de saúde especialmente antes de tentar uma nova medicação, dieta, programa de condicionamento
físico ou abordagem para questões de saúde.

Documentos relacionados

Mulheres e Doenças no Coração

Mulheres e Doenças no Coração Conheça a história de saúde das pessoas da sua família para saber se você tem tendência a desenvolver uma doença cardíaca. Visite o seu médico e pergunte a ele se você tem risco aumentado para dese...

Leia mais