em cinco dias - Camila Bondar Sieben

Сomentários

Transcrição

em cinco dias - Camila Bondar Sieben
+ ROTEIRO
5
NOVA YORK
Foto: Kenny Louie
EM CINCO DIAS
NOVA
YORK
EM CINCO DIAS
+
Descubra o melhor de Nova York.
Explore a mais cosmopolita das metrópoles e sinta-se no
centro do mundo contemporâneo. Aproveite o que há de
melhor em cultura, arte, lazer, gastronomia e compras. As
possibilidades são infinitas na cidade que nunca dorme.
Sumário
Como utilizar o roteiro
4
Resumo6
Dia 1
7
Dia 2
12
Dia 3
19
Dia 4
25
Dia 5
32
Informações Gerais
36
Entendendo Nova York
36
Como se locomover
39
Compras41
Alimentação42
Informações úteis
43
Foto: Sakeeb Sabakka
Sumário
Como utilizar o roteiro
Este roteiro pretende servir de orientação para seu passeio, ser uma referência dentro do
tempo que você dispõe para explorar o destino. Procuramos listar e organizar, além dos pontos
essenciais e indispensáveis, aquelas atrações marcantes e encantadoras que caracterizam a cidade, sempre agregando informações adicionais com um toque personalizado de quem conhece
bem o destino.
O roteiro foi pensado para ser percorrido a pé, com eventuais deslocamentos maiores entre
turnos, quando podem ser utilizados os meios de transportes públicos. Nestes casos, procuramos sempre alternar regiões que possuam deslocamentos fáceis e diretos, sem baldeações. Não
se esqueça de que a melhor forma de conhecer um lugar é caminhando mesmo, por isso vista
sapatos confortáveis, procure não carregar peso e desfrute cada esquina, monumento ou prédio.
Olhe sempre para cima: a paisagem muda completamente acima do nível dos olhos e pode ser
surpreendente!
Tenha em mente que você é quem estabelece o ritmo de seu passeio, a velocidade aplicada
ao roteiro deve ser definida conforme o seu jeito. Dependendo da sua disposição, das suas preferências e da forma de desfrutar o passeio, o seu roteiro pode variar. Para cumprir o roteiro por
nós sugerido, procure respeitar os turnos ou programe-se para alongar ou encurtar o tempo em
algumas atrações à sua escolha.
Leve também em consideração os seguintes pontos importantes para eventualmente reorganizar este roteiro:
Seu estilo
Gosta de museus? Planeje o tempo de acordo com o seu interesse.
Prefere desfrutar a natureza? Dedique um tempo especial para parques e praças, se o clima
for favorável.
Gosta de compras? Reserve um período considerando o horário do comércio, que muitas vezes vai até bem tarde. Uma boa opção é reservar o final do dia para não ter que andar carregado
por muito tempo, levando os pacotes direto para o hotel.
Já esteve diversas vezes neste destino? Dedique mais tempo para as atrações alternativas
deste roteiro. Visite museus específicos e relaxe nos restaurantes sugeridos.
Foto: Ramy Majouji
Como utilizar o roteiro
Como utilizar o roteiro
A época
A estação vai definir o seu roteiro. Invernos mais rigorosos limitam a programação ao ar livre.
Dias de chuva exigem opções alternativas, quem sabe até um city tour! Além disso, os horários
das atrações variam conforme as estações.
Os horários
Confira sempre os horários e tarifas, eles estão sempre mudando. Atente para os fechamentos em feriados e para os dias de gratuidade das atrações, mas leve em consideração que os
locais estarão bem mais cheios em horários gratuitos.
Os dias da semana
A ordem dos dias do roteiro é nossa sugestão, mas você é quem decide em função do período da sua viagem. Leve em conta o dia da semana na hora de desfrutar aquele parque ou museu,
de passear por uma região central e de comércio, ou até mesmo de curtir aquele restaurante ou
show.
Esperamos que este roteiro possa
contribuir efetivamente para que sua
experiência de viagem seja completa
e inesquecível. Não esqueça que mais
informações sobre o destino podem
ser encontradas no guia da cidade no
site planetaotimo.com.
Agora é só fazer as malas, pegar o
passaporte e partir.
Boa viagem!
Foto: Makus Lukacevic
Equipe Planeta Ótimo
Resumo
Resumo
Dia 1
Dia 2
MANHÃ
TARDE
NOITE
Metropolitan Museum of Art
Madison Avenue
5th Avenue
Grand Central Station
New York Public Library
Bryant Park
Times Square
Jantar
Theater District
9/11 Memorial & Museum
One World Trade Center
Battery Park
Estátua da Liberdade
Financial District
South Street Seaport
Jantar
Dia 3
Dakota Building
Central Park
MoMA
Empire State Building
34th Street
Macy’s
Jantar
Dia 4
Chinatown
Little Italy
SoHo
West Village
High Line Park
Chelsea Market
Jantar
Williamsburg
Brooklyn Bridge Park
Brooklyn Bridge
Century 21
Jantar
Dia 5
Dia 1
Dia 1
MANHÃ
• Metropolitan Museum of Art
TARDE
•
•
•
•
Madison Avenue
5th Avenue
Grand Central Station
New York Public Library / Bryant Park
NOITE
• Times Square
• Jantar
• Theater District
Dia 1
Manhã
Foto: karedotcom127
Metropolitan Museum of Art
museus
O Met é um dos maiores e melhores museus de arte do munGratuito, sugere doações de US$25
do. Suas coleções incluem mais de dois milhões de obras de
para adultos, US$17 para idosos e US$12
arte que abrangem 5.000 anos de cultura mundial, desde a
para estudantes.
pré-história até a atualidade e de todas as partes do globo. É
Dom-Qui 10h-17h30. Sex-Sáb 10h-21h.
um museu colossal que ocupa quatro quarteirões nobres na
Fechado 01/Jan, 25/Dez, Thanksgiving e
Museum Mile na 5th Avenue, junto ao Central Park, recebenprimeiro domingo de maio.
do cerca de cinco milhões de visitantes por ano. O museu
apresenta o melhor da criatividade humana, do esplendor da antiga arte grega, romana, egípcia e
islâmica aos grandes mestres europeus, arquitetura moderna e arte contemporânea.
Foto: Arad
Foto: Jean-Christophe Benoist
+
Sugestões de Restaurantes para o Almoço
$
Via Quadronno
25 E 73rd Street
Culinária Italiana
$$
$$$
154 E 79th Street
Culinária Vegetariana
1000 Madison Avenue
Culinária Italiana
Candle 79
Sant Ambroeus
Dia 1
Tarde
Foto: Gryffindor
Madison Avenue
bairros e ruas
compras
5th Avenue
bairros e ruas
compras
Uma das avenidas mais prestigiadas da cidade, suas lojas exclusivas e sofisticadas lhe deram fama
mundial. Entre a 82nd e a 105th Street existem nove museus que compõem a Museum Mile, entre eles o Metropolitan Museum of Art, o Solomon R. Guggenheim Museum e o Jewish Museum,
além de ateliês de estilistas famosos e de firmas de advocacia e finanças. Depois de percorrer a
Madison Avenue até a 57th Street, retome a 5th Avenue na altura da 59th Street para experimentar
o famoso piano gigante da FAO Schwartz e conhecer a moderníssima Apple Store, na região
do Waldorf Astoria Hotel. Seu trecho mais sofisticado vai até a 42th Street, onde está a Public Library, a impressionante biblioteca, com o agradável Bryant Park ao seu fundo. Além de lojas há
diversos pontos de interesse que tornam seu percurso uma interessante experiência urbana. Junto
à 34th Street encontra-se o Empire State Building. Ao percorrer a avenida avistamos a Saint
Patrick’s Cathedral, o Rockefeller Center e a Trump Tower, e desfrutamos de belas vitrines
de lojas de grife como Fendi, Gucci, Prada, Versace, Cartier, Dolce & Gabbana e Saks.
Foto: Gryffindor
Foto: Gryffindor
A Madison Avenue, no sofisticado Upper East Side, é considerada a rua de compras mais luxuosa
do país, exibindo a elegância atemporal e ao mesmo tempo contemporânea tão característica da
cidade. Lojas dos mais prestigiados designers, galerias de arte, salões de beleza e restaurantes
exclusivos marcam presença, além do Whitney Museum of American Art. Percorra a Madison Avenue na sua parte mais atraente, que vai da 79th à 57th Street, antes de retomar novamente a 5th
Avenue.
Foto: Diliff
Dia 1
Tarde
Grand Central Terminal
arquitetura
Foto: Alex Proimos
Importante marco arquitetônico da cidade, é a maior estação de trem do mundo quanto ao número de plataformas e ponto de grande visitação. Finalizada em 1913 e revitalizada há cerca de dez
anos, é ricamente ornamentada com esculturas de deuses gregos no seu exterior e um espetacular relógio avaliado em torno de 15 milhões de dólares. A imponente pintura do teto do Grand
Concourse é um céu estrelado, restaurado após dano causado pela nicotina. Abriga eventos de
arte no Vanderbilt Hall, possui lojas, padarias e delis no Grand Central Market, ótimos restaurantes
no Dining Concourse, e o legendário Grand Central Oyster Bar.
New York Public Library
arquitetura
bibliotecas
Foto: Leifern
Segunda maior biblioteca pública americana e terceira do mundo, o grandioso prédio principal
vale um percurso. O prédio em mármore do início do século XX é suntuoso, rico em detalhes, com
uma escadaria externa magnífica ladeada por dois leões esculpidos em mármore que se tornaram
o símbolo da instituição.
Bryant Park
parques e praças
O parque oferece um agradável e grande gramado muito popular como área para lanches, descanso e sede de numerosos eventos. Disponibiliza um rinque de patinação gratuito muito frequentado.
O parque foi inteiramente escavado em 1980 para receber as novas instalações da vizinha New
York Public Library e depois reconstruído sobre a estrutura subterrânea que abriga os arquivos.
Dia 1
Noite
Foto: kennymatic
Times Square
bairros e ruas
compras
Considerado o coração da cidade, o cosmopolita Times Square fica no cruzamento da Broadway
com a 7th Avenue, entre a 42nd e 43th Street. Parcialmente fechado para automóveis e movimentado 24 horas por dia, suas luzes que nunca se apagam dão uma eterna sensação de dia, com
suas grandes animações e imensos outdoors muito iluminados nas fachadas e marquises. Sentar-se na escadaria vermelha e observar a movimentação e luzes frenéticas é uma experiência visual
imperdível. Suas lojas ficam abertas até altas horas da madrugada e os restaurantes e lanchonetes
estão sempre cheios.
+
Sugestões de Restaurantes para o Jantar
$
Ellen’s Stardust Diner
Foto: Matt H. Wade
1650 Broadway
Culinária Americana
Theater District
$$
$$$
200 W 44th Street
Culinária Italiana
155 W 51st Street
Culinária Mediterrânea
Carmine’s
bairros e ruas
Le Bernardin
entretenimento
O influente Theater District é constituído por 40 teatros que apresentam grandes produções. Os
musicais da Broadway são imperdíveis e podem ser apreciados também por aqueles que não dominam a língua inglesa. É importante comprar ingressos com antecedência. Porém, se a decisão
de assistir uma peça for de última hora, o TKTS, que se localiza embaixo da escadaria do Times
Square, oferece os assentos que estão disponíveis para o mesmo dia com desconto.
Dia 2
Dia 2
MANHÃ
• 9/11 Memorial & Museum
• One World Trade Center
TARDE
•
•
•
•
Battery Park
Estátua da Liberdade
Financial District
South Street Seaport
NOITE
• Jantar
De
Dic
ixe
em par
um a faz
dia er e
de ste
sem rot
an eiro
a!
a:
Dia 2
Manhã
Foto: skinnylawyer
9/11 Memorial & Museum
museus
monumentos
No coração do novo complexo do World TraGratuito para o memorial. Para o
museu, US$24 adulto, US$18 idosos e
de Center, o Memorial é composto por duas
US$15 até 17 anos. Gratuito às terças
enormes piscinas localizadas nas marcas das
das 17h às 20h.
Torres Gêmeas. Cada espelho d’água possui
Memorial: Diariamente 7h30-21h.
aproximadamente um hectare, com cascaMuseu: Dom-Qui 9h-20h e Sex-Sáb
tas que partem das laterais e se direcionam
9h-21h.
ao seu centro. Fileiras de árvores cercam as
piscinas e demarcam os limites exatos dos antigos prédios, criando um eco
vivo das estruturas destruídas. Os nomes das quase 3.000 vítimas dos ataques
de 11 de setembro de 2001, no World Trade Center, no Pentágono e a bordo do
Voo 93, bem como aquelas do atentado de 1993 ao World Trade Center, estão
inscritos em painéis de bronze que cercam as piscinas. Ao lado do memorial,
o 9/11 Museum exibe artefatos, fotos, vídeos e relatos que contam a história
da tragédia sob vários ângulos, testemunhos emocionantes dos eventos. Com
arquitetura arrojada, exibe as marcas dos pilares das torres, partes do prédio
e o muro de contenção das fundações. Organizado de forma emocionante,
relata a tristeza e absurdo da tragédia de uma maneira estranhamente poética.
One World Trade Center
panorama
arquitetura
Inicialmente chamado de Freedom Tower, é o prédio mais alto
US$32. Há descontos para crianças
do hemisfério ocidental e um dos mais altos do mundo. Seu
e idosos.
observatório proporciona uma vista imperdível, e durante o perDiariamente 9h-0h (06/Mai-07/Set)
curso de elevador os visitantes assistem a um filme espetacular
ou 9h-20h (08/Set-05/Mai).
que simula um elevador envidraçado mostrando a evolução da
cidade desde 1500, incluindo uma rápida visão das torres gêmeas. É o edifício principal do novo
complexo do World Trade Center, que contará com outros três edifícios de escritórios, além do
9/11 Memorial & Museum. A construção é parte de um esforço para lembrar e reconstruir o complexo original do World Trade Center, marco inesquecível no skyline de Manhattan.
Dia 2
+
Sugestões de Restaurantes para o Almoço
$
Ho Yip
110 Liberty Street
Culinária Chinesa
Foto: Gryffindor
Tarde
Battery Park
$$
$$$
120 Greenwich Street
Culinária Americana e Italiana
20 Battery Place
Culinária Italiana
Blue Planet Grill
Gigino at Wagner Park
parques e praças
Após sair da região do World Trade Center, caminhe pelo Battery Park, de onde partem balsas
para Liberty Island, Ellis Island, Governors Island e Staten Island. O parque possui um calçadão
que proporciona uma linda vista para o Rio Hudson e é muito frequentado em dias amenos. Ao
fundo é possível observar a Estátua da Liberdade. Na região estão o Museum of Jewish Heritage
e o Skyscraper Museum.
Dia 2
Estátua da Liberdade e Ellis Island
Tarde
monumentos
museus
A Estátua da Liberdade Iluminando o Mundo, instalada na LiberUS$18. Há descontos para crianças
ty Island, foi um presente de amizade do povo da França para os
e idosos. US$3 para acesso à coroa.
Estados Unidos. Símbolo universal de liberdade e democracia,
é o marco mais conhecido da cidade. Do seu deck de observação as vistas da cidade e do porto são excelentes. Continua-se no mesmo ferry até Ellis Island, parte integrante do monumento.
Mais de 12 milhões de imigrantes ali desembarcaram entre 1892 e 1954 como o primeiro ponto
de entrada para a América, representando o alcance do sonho ameriDica:
cano. O Immigration Museum ilustra a viagem dos imigrantes com
É recomendável comprar o
documentos históricos fascinantes e fotografias e o American Family
passeio com antecedência.
Immigration History Center apresenta os manifestos dos navios com
os nomes dos passageiros. O concorrido acesso às ilhas se dá através das balsas que saem do
Battery Park, próximo ao Clinton Castle. O passeio dura cerca de três horas, descendo nas duas
ilhas. No trajeto, procure ficar na balsa à direita na ida e à esquerda na volta, para melhores panoramas. Para aqueles que querem evitar as filas do ferry para as ilhas e se satisfazem com uma
visão próxima da estátua, o Staten Island Ferry é uma excelente opção. Além de apreciar uma
das vistas mais espetaculares de Manhattan a partir do sul da ilha, o passeio é gratuito, saindo do
Battery Park. A viagem de ida dura 30 minutos e existem muitas áreas abertas na espaçosa balsa.
Quando chega a Staten Island, todos passageiros devem descer da balsa: basta ir ao prédio da
estação e, em seguida, embarcar na balsa novamente para retornar.
Dia 2
Tarde
Financial District
bairros e ruas
No Financial District locais históricos e as altas finanças se encontram lado a lado nas estreitas
ruas que remetem aos dias que a cidade era uma vila holandesa. Entre os pontos de interesse
estão a Trinity Church, a New York Stock Exchange (NYSE - Bolsa de Valores de Nova York),
a escultura Charging Bull, e ainda o Federal Hall, o primeiro capitólio dos EUA onde George
Washington fez o seu juramento como primeiro presidente do país. A Wall Street é o coração
financeiro da cidade e um dos principais polos mundiais, símbolo do mercado financeiro americano, onde se localizam as principais bolsas.
1. Charging Bull
Localizada no parque Bowling Green, a
escultura feita em bronze criada por Arturo Di Modica é considerada o símbolo
do mercado financeiro de Nova York.
A figura do touro representa otimismo,
agressividade e prosperidade financeira. Diz a lenda que quem toca em seus
chifres, focinho ou testículos terá prosperidade econômica.
2. Trinity Church
3. New York Stock Exchange
4. Federal Hall
5. Wall Street
Linda igreja construída em estilo gótico,
sua maior atração é o antigo cemitério
em anexo, onde estão sepultadas algumas personalidades importantes das
história americana.
O local serviu como primeiro capitólio
dos EUA e lá foi empossado o primeiro
presidente do país, George Washington.
Atualmente funciona como um museu
comemorativo de eventos que ocorreram ali.
A NYSE é a maior bolsa de valores do
mundo. Seu prédio, construído em estilo neoclássico é imponente. Infelizmente, desde o atentado de 11 de setembro, não é permitido acesso ao público.
Continue caminhando pela rua e observe os edifícios modernos, sede das
principais insituições financeiras do
mundo.
Dia 2
South Street Seaport
Tarde
arquitetura
entretenimento
Foto: Gryffindor
Na zona leste de Lower Manhattan, o bairro histórico revitalizado é uma das atrações mais recentes, e dispõe de uma variedade de lojas, restaurantes e locais de entretenimento ao longo das
ruas de paralelepípedos. A área que ocupa doze quarteirões junto ao East River é o porto original
da cidade. O porto abriga uma frota de navios históricos restaurados, no Seaport Museum nas
proximidades. O local é palco de concertos de verão e regatas. Um destino popular no domingo
é a feira ao ar livre Fulton, que fornece aos nova-iorquinos e visitantes uma variedade de alimentos
frescos, petiscos e artesanato. O projeto de revitalização continua, com obras que visam transformar e modernizar completamente o Seaport District.
Dia 2
+
Noite
Sugestões de Restaurantes para o Jantar
$
Barbalu
225 Front Street
Culinária Italiana
$$
$$$
24 Peck Slip
Culinária Japonesa
261 Water Street
Churrascaria
Suteishi
Mark Joseph Steakhouse
Sul de Manhattan
Foto: Siriusly
Dia 3
Dia 3
MANHÃ
• Dakota Building
• Central Park
TARDE
• MoMA
NOITE
•
•
•
•
Empire State Building
34th Street
Macy’s
Jantar
Dia 3
Manhã
Foto: Michael Coghlan
Dakota Building
arquitetura
Foto: David Shankbone
O soberbo edifício de 1884, localizado junto ao Central Park, é o prédio mais exclusivo da cidade,
símbolo de luxo e bem-viver. Em estilo eclético e predominantemente Art Noveau, se tornou famoso por ter sido residência de John Lennon e local de seu assassinato em 1980, quando entrava
no prédio. Yoko Ono ainda reside no edifício. Já foi lar de diversas celebridades, como Lauren
Bacall, Judy Garland, Roberta Flack, Rudolf Nureyev, Boni e Leonard Bernstein. Observe (da rua!)
o magnífico jardim interno através do pórtico que lhe dá acesso, originalmente para carruagens.
Foto: Ed Yourdon
Dia 3
Central Park
Manhã
parques e praças
Localizado no centro de Manhattan, com impressionantes 3km2 de área entre a 59th e a 110th
Street, o parque é um contraponto ao denso concreto da metrópole, com seus campos e bosques
exuberantes, lagos e trilhas. O parque é grande demais para ser visitado em um turno, mas vale à
pena explorá-lo um pouco, principalmente em dias amenos. O Mall é o grande corredor arborizado, cenário de filmes e séries de TV. O Great Lawn, extenso gramado para descanso e convivência, é muito frequentado no verão. O Central Park Zoo, pequeno zoológico localizado na parte
sul, foi cenário do filme Madagascar e faz sucesso com as crianças. O Strawberry Fields é um
tributo a John Lennon onde há um mosaico com a inscrição “Imagine”. O Conservatory Garden,
na altura da 105th Street, é o único jardim formal do parque, com paisagismo em três estilos: inglês, francês e italiano. O Delacorte Theater é conhecido por abrigar o concorrido evento gratuito de verão Shakespeare in the Park. A Bow Bridge, o Wollman Rink e o Belvedere Castle
oferecem lindas vistas do próprio parque e dos edifícios do entorno.
1. Strawberry Fields
Strawberry Fields é uma seção de 10.000m2 do Central
Park dedicada a John Lennon. Fica localizada em frente ao
Dakota Building, onde o músico viveu e morreu. Lá fica o
mosaico com a inscrição “Imagine“, um presente da cidade
de Nápoles.
2. Bow Bridge
Considerada um dos locais mais românticos de Nova York,
a Bow Bridge é uma das mais antigas pontes de ferro fundido da América. Oferece uma linda paisagem e é frequentemente escolhida como cenário de ensaios fotográficos.
3. Bethesda Fountain
A fonte foi criada em comemoração ao sistema de abastecimento de água Croton, o primeiro a trazer água doce para
a cidade, em 1842. No centro da fonte está a estátua do
“Anjo das Águas“. Junto à fonte está o Bethesda Terrace,
que oferece um linda vista do parque.
4. The Mall
Cenário de diversos filmes, o Mall é uma grande passarela
de pedestres em linha reta. Sua parte sul é conhecida como
“Literary Walk“ e contém estátuas de poetas, escritores e
personalidades importantes.
5. Wollman Rink
A tradicional pista de patinação no gelo do Central Park
funciona de novembro a março. De maio a setembro o local
é transformado em um parque de diversões para crianças.
Dia 3
+
Tarde
Sugestões de Restaurantes para o Almoço
$
Five Guys
43 W 55th Street
Haburgueria
$$
$$$
69 W 55th Street
Culinária Italiana
40 W 57th Street
Culinária Japonesa
PizzArte
Museum of Modern Art (MoMA)
Nobu 57
museus
O MoMA foi o primeiro museu dedicado à era moderna. AbriUS$25. Há descontos para estudantes
ga mais de 150 mil objetos de arte, apresentando mestres
e idosos. Gratuito para crianças de até 16
como Matisse, Picasso e Van Gogh. A coleção inclui formas
anos. Gratuito nas Sextas das 16h-20h.
de arte moderna como cinema e design industrial, além das
Sáb-Qui 10h30-17h30. Sex 10h30-20h.
mídias tradicionais, acessível a todos os públicos. Sempre na
Fechado 25/Dez e Thanksgiving.
vanguarda, o museu não pretende apenas apresentar o melhor da arte contemporânea, mas também promover a compreensão da arte moderna expandindo
a definição de “arte”, proporcionando uma experiência renovadora e buscando criar um diálogo
entre o estabelecido e o experimental, o passado e o presente, em um ambiente sensível às questões da arte moderna e contemporânea.
Foto: eschipul
Dia 3
Noite
Foto: Alistair McMillan
Empire State Building
panorama
34th Street
bairros e ruas
Foto: Eric Kilby
O legendáUS$52. Há decontos para
rio prédio de
crianças e idosos.
102 andares,
Diariamente 8h-2h (último
famoso por
elevador sobe à 1h15).
sua aparição
no filme King Kong, é um ícone da cidade.
Tornou-se o símbolo maior da busca do homem do século XX de alcançar o impossível. É o resultado da corrida para o céu iniciada com a construção da torre Eiffel, uma
competição de poder e técnica que resultou numa série de arranha-céus cada vez
mais altos. Foi o prédio mais alto do mundo
por 40 anos, até a construção das torres
gêmeas. Em estilo Art Déco, tem belos detalhes e um lobby ricamente decorado em
mármore. É um prédio encantador que
captura a essência de Nova York, além de
proporcionar uma vista indescritível de seus
observatórios nos andares 86 e 102.
arquitetura
compras
Uma importante rua comercial, a rua disponibiliza ótimas opções de compras, tais como a Macy’s,
Uniqlo, Forever 21, Banana Republic, H&M, B&H Photo & Video, American Eagle, Gap, Sephora
e Victoria Secret, entre outras. Além do forte comércio, a rua tem como atrações o Empire State
Building e o Hammerstein Ballroom.
Dia 6
Noite
Foto: Mike Strand
Macy’s
compras
A famosa loja de departamentos, no Herald Square, é consideraSeg-Sáb 9h-22h e Dom 11h-21h.
da ”a maior loja do mundo”, um paraíso de compras de 10 andares que ocupa um quarteirão inteiro. Com 150 anos, a loja pioneira foi o primeiro prédio a utilizar escadas rolantes. O modelo de madeira inovador ainda está em
uso. Promove a tradicional parada do Thanksgiving Day, muito popular na cidade, com um grande
desfile de balões de gás hélio gigantescos.
+
Sugestões de Restaurantes para o Jantar
$
Pitopia
1369 Broadway
Culinária Israelense
$$
$$$
Macy’s
Culinária Italiana
72 W 36th Street
Churrascaria
Stella 34 Trattoria
Keens Steakhouse
Dia 4
Dia 4
MANHÃ
• Chinatown
• Little Italy
• SoHo
TARDE
• West Village
• High Line Park
• Chelsea Market
NOITE
• Jantar
Foto: chensiyuan
Dia 4
Chinatown e Little Italy
Chinatown
Anteriormente concentrada apenas abaixo da
Canal Street, hoje a área se expandiu e ocupa
parte da região original da Little Italy, abrigando imigrantes de diversas regiões da China,
Taiwan, Vietnam, Tibete, Malásia e Camboja.
Com as características típicas das áreas de
imigração do oriente, a região é vibrante, com
enorme variedade de estabelecimentos comerciais, barracas e inúmeros restaurantes.
Little Italy
Bairro da imigração italiana, em 1920 a comunidade totalizava cerca de 400 mil imigrantes e
descendentes. A história da Little Italy está en-
Manhã
bairros e ruas
trelaçada com a história da máfia americana.
Atualmente ainda há características desta imigração, mas a área tipicamente italiana se mistura e vai desaparecendo com a expansão do
SoHo e da Chinatown, que abriga imigrantes
chineses e de outros países do Leste Asiático.
A região ao norte do bairro, perto da Houston
Street, perdeu sua cultura italiana e se transformou em região de boutiques da moda, conhecida como NoLIta (“North of Little Italy”).
A parte mais característica está na Mulberry
Street entre Broome e Canal Street, repleta de
restaurantes italianos populares entre os turistas. A Grand Street possui diversas opções de
lojas de produtos italianos, padarias e cafés.
1. Columbus Park
O parque é uma área agradável da região, frequentada principalmente por residentes de Chinatown. É comum encontrar moradores jogando
damas, xadrez ou praticando algum esporte ou
dança oriental no local.
2. Mott Street
Considerada o coração de Chinatown, a Mott
Street é uma das ruas mais antigas e movimentadas do bairro.
3. Canal Street
A grande avenida de Chinatown é conhecida por
abrigar diversas lojas de produtos falsificados,
principalmente relógios, carteiras e bolsas.
4. Mulberry Street
A Mulberry Street é a principal rua de Little Italy,
onde encontram-se diversas cantinas e bazares
típicos da cultura italiana.
Foto: Ingfbruno
Dia 4
SoHo
Manhã
bairros e ruas
arquitetura
Em meados do séc. XIX, o SoHo ( “South of Houston”) se desenvolveu como um distrito industrial,
sendo adotado o uso do ferro fundido nas fachadas decorativas das construções por ser este
um material barato, flexível, resistente e de rápida execução. As fachadas de ferro decorado, as
escadas de incêndio externas ornamentadas, as colunas coríntias, as grandes janelas e os belos
lobbies caracterizam a particular arquitetura do bairro. Após um período de decadência pela saída
das indústrias têxteis da região, o bairro se revitalizou a partir dos anos 60, num caso exemplar
de regeneração de áreas urbanas deterioradas. Artistas descobriram que os espaços industriais
então desocupados e baratos poderiam ser convertidos em lofts e estúdios. Os espaços amplos
e o pé-direito alto das fábricas eram especialmente atraentes para criação e armazenamento de
grandes peças de arte. Com badalados ateliers e luxuosas exposições nos anos 80, os preços
dos imóveis dispararam, levando artistas e diversas galerias a se mudarem para outras áreas,
como Long Island City, Williamsburg, Chelsea e Lower East Side. Além da arquitetura notável,
a vida cultural e comercial vibrante nas ruas históricas do bairro são muito atraentes. Broadway,
Greene Street, Mercer Street e Wooster Street concentram uma grande quantidade de lojas de
marcas famosas, principalmente no trecho entre a Prince Street e a Spring Street. Há também
excelentes restaurantes no bairro, reconhecidos tanto pela excelente cozinha como por seus ambientes elegantes.
1. Storefront Art and Architecture
A Storefront é uma pequena galeria de arte contemporânea sem fins lucrativos. Suas exposições
mostram o que há de mais moderno em arte,
design e arquitetura.
2. Opera Gallery
Uma das diversas galerias de arte do SoHo, a
Opera Gallery tem um acervo iincrível composto
por obras de artistas famosos ou não.
3. Subway Map Art
Feita em 1985, o desenho na calçada tem o formato da rede de metrô da cidade. Os pontos de
luzes de LED iluminam o local à noite.
Dia 4
Sugestões de Restaurantes para o Almoço
$
Olive’s
120 Prince Street
Sanduicheria
$$
$$$
222 Lafayette Street
Culinária Mediterrânea
218 Lafayette Street
Culinária Italiana
Ed’s Lobster Bar
Osteria Morini
SoHo
Foto: ingfbruno
+
Manhã
Foto: Rudi Riet
Dia 4
West Village
Tarde
bairros e ruas
Próximo ao High Line Park e ao Chelsea Market, o bairro preserva a aparência tranquila e íntima,
um reduto chique e sofisticado que remete a uma cidade europeia. Ao mesmo tempo, oferece
agitação através de uma profusão de restaurantes, boutiques e boas opções noturnas com seu
charme pitoresco.
1. St. Luke’s Place
Considerada uma das ruas mais charmosas de
Nova York, a St. Luke’s Place encanta a todos com
suas casas da década de 1850.
2. Narrow House
Localizada na 75 Bedford Street, uma pequena
casa chama a atenção. Ficou famosa por ser a
casa mais estreita de Nova York. Em 2013 foi vendida por mais de 3 milhões de dólares.
3. Prédio do seriado “Friends“
Uma das séries americanas de maior sucesso,
“Friends“ foi gravada em um estúdio na Califórnia.
Contudo, o prédio que aparece nas tomadas do
seriado como sendo a localização do apartamento
da Monica existe, e fica localizado na esquina das
ruas Grove e Bedford.
4. Bleecker Street
A Bleecker Street é a principal rua de West Village.
Bastante arborizada, o local é agradável para passear. Lá encontram-se filiais de boutiques famosas
e lojas alternativas e desconhecidas.
5. Magnolia Bakery
A tradicional confeitaria de West Village tem como
destaque o saboroso cupcake de baunilha. O local
ficou ainda mais famoso quando apareceu no
seriado “Sex and the City“. A personagem Carrie
costumava frequentar o local. Para o fãs da série, é
possível observar o prédio de residência da personagem principal, que fica na 66 Perry Street, bem
próximo à confeitaria.
Foto: Project 1080
Dia 4
High Line Park
Tarde
parques e praças
Foto: Gryffindor
Foto: Aleksandr Zykov
Inaugurado em 2009, o extraordinário High Line Park é uma nova paisagem urbana, cujo impacto
tem valorizado e renovado seu entorno. O parque público é elevado acima das ruas e foi projetado
preservando a estrutura histórica da linha de trens de carga. A antiga e abandonada ferrovia aérea,
ameaçada de demolição, foi convertida em um oásis urbano, um canteiro inusitado, um trecho
com vegetação refrescante que dá uma sensação de uma cidade estranha, ousada, futurista.
Chelsea Market
mercados
No descolado Meatpacking District, o complexo da antiga fábrica
Seg-Sáb 7h-21h. Dom 8h-20h.
da Nabisco ocupa dois quarteirões entre as 9th e 11th Avenue e as
15th e 16th Street, e se comunica com o High Line Park. É um grande e charmoso mercado de
alimentação, com excelentes e variadas opções.
Dia 4
+
Noite
Sugestões de Restaurantes para o Jantar
$
Bar Suzette
Chelsea Market
Creperia
$$
$$$
Chelsea Market
Culinária Italiana
Chelsea Market
Culinária Mediterrânea
Giovanni Rana
Cull & Pistol
West Village
Dia 5
Dia 5
MANHÃ
• Williamsburg
TARDE
• Brooklyn Bridge Park
• Brooklyn Bridge
• Century 21
NOITE
• Jantar
De
Dic
ixe
em par
um a fa
fim zer
de este
sem ro
an teiro
a!
a:
Foto: Rasmus Knutsson
Dia 5
Williamsburg
Manhã
bairros e ruas
O atual bairro da moda é endereço dos hipsters, a turma jovem descolada, consciente e com uma
grande energia criativa. É um local alternativo em franca revitalização, que une o antigo e o novo.
Williamsburg fica no Brooklyn e se conecta ao Lower East Side em Manhattan pela Williamsburg
Bridge, que tem passagens de fácil acesso para pedestres e ciclistas. De metrô, a viagem é segura e a linha L, com estações na 14th Street, funciona durante 24h sem baldeação. Outra opção e
fazer a travessia de barco, pegando o East River Ferry no Pier 11, à altura de Wall Street, ou entre
a 34th e a 35th Street. Nos últimos dez anos, a região perdeu gradativamente seu caráter industrial
e se tornou um polo revitalizado, com brechós, casas de arte e música eletrônica e ótimos cafés e
restaurantes. O comércio é intenso e a noite é sempre agitada na Bedford Avenue. A feira gastronômica Smorgasburg, que ocorre aos sábados, é concorridíssima no verão.
1. Bedford Avenue
A Bedford é a rua mais movimentada
de Williamsburg. O local conta com
diversas boutiques, cafés, bares e restaurantes.
2. McCarren Park
Com diversos espaços para a prática
de esportes, o parque é popular entre
os moradores do bairro. Conta com
uma grande piscina para os dias quentes de verão e no inverno funciona uma
pista de patinação no gelo.
3. Williamsburg Flea
5. Smorgasburg
4. East River State Park
6. Artists and Fleas
Tradicional mercado de pulgas da região, a feira acontece aos domingos. As
barracas vendem de tudo, de roupas a
objetos de decoração. Durante o inverno funciona sábados e domingos no
endereço 185 Wythe Avenue.
Localizado à beira do rio, o parque
oferece uma das mais belas vistas de
Manhattan.
A tradicional feira gastronômica ocorre
aos sábados em Williamsburg e aos
domingos no Pier 5 do Brooklyn Bridge
Park. As barracas vendem pratos dos
mais divesos tipos de culinária. Durante
o inverno funciona sábados e domingos
no endereço 185 Wythe Avenue.
Feira de artistas e designers, funciona
nos fins de semana. Vende artesanato,
roupas e artigos de decoração.
Dia 5
+
Tarde
Sugestões de Restaurantes para o Almoço
$
Juniper
112 Berry Street
Culinária Americana
$$
$$$
126 N 6th Street
Culinária de Fusão
102 Berry Street
Culinária Italiana
Baoburg
Oregano
Foto: Ingfbruno
Brooklyn Bridge Park
panorama
Às margens do East River, o parque que começa embaixo
da ponte do Brooklyn está em evolução com novas áreas
sendo inauguradas em etapas. É uma incrível área verde
com gramados, áreas de convivência e um passeio público que proporciona uma visão incrível de Manhattan. Diversas atrações, passeios, pontes e áreas de lazer vem sendo
adicionados, em uma renovação impressionante. O Pier 1,
com seus gramados e degraus de granito é excelente para
desfrutar do panorama de Manhattan. É o ponto de chegada do East River Ferry e do Water Taxi. O Pier 2 disponibiliza
quadras para diversas práticas esportivas, entre elas basquete, handebol, bocha, fitness e um rinque de patinação
coberto. O Pier 3 possui um espaço mais silencioso, com
lindos gramados. O Pier 4 possui uma praia e dá acesso ao
rio. O Pier 5 dedica-se à recreação esportiva, com campos
para futebol, lacrosse e rugby entre outros esportes de equipe, além de um ponto para pesca e área para piqueniques
e playgrounds. Nos domingos, exceto no inverno. abriga a
conhecida feira Smorgasburg, o grande mercado gastronômico ao ar livre. O Pier 6 oferece campos de vôlei, playgrounds e é o ponto de chegada do Governors Island Ferry, em
funcionamento somente nos fins de semana. Restaurantes,
lanchonetes, sorveterias e cafés estão disponíveis em diferentes pontos do parque.
parques e praças
Foto: Tiago Fioreze
Dia 5
Noite
Brooklyn Bridge
panorama
Marco na paisagem da cidade, a icônica ponte proporciona uma visão incrível da ilha de
Manhattan. Na época de sua inauguração era a maior ponte suspensa de aço do mundo e suas
torres eram a construção mais alta da cidade. A passagem para pedestres elevada permite a travessia de cerca de meia hora a pé, uma experiência inesquecível. Atravesse a ponte em direção
a Manhattan. Este é o melhor sentido para apreciar o skyline, pois a visão dos arranha-céus está
sempre à frente. No sentido contrário a vista está nas costas do caminho, sendo necessário se
virar para apreciá-la.
Century 21
compras
Famosa loja de departamentos em Nova York, oferece
Seg-Sex 7h45-22h, Sáb 10h-22h e Dom 11h-20h.
produtos de marca de conhecidos designers de moda
a preços imbatíveis de outlet. É uma excelente opção
para aqueles que querem comprar roupas de grife a preços baixos sem precisar sair de Manhattan em busca dos shoppings de descontos. Possui uma quantidade enorme de produtos que
demandam foco e organização do consumidor para realizar suas compras nas diversas seções
distribuídas em seis andares e um subsolo. Fica na 22 Cortlandt Street, entre a Church Street e a
Broadway, em frente ao Ground Zero.
+
Sugestões de Restaurantes para o Jantar
$
Zaitzeff Burgers
72 Nassau Street
Hamburgueria
$$
$$$
115 Broadway
Culinária Americana
15 John Street
Culinária Francesa
Trinity Place Bar & Rest Brasserie Les Halles
Foto: wilhelmja
Informações Gerais
Entendendo Nova York
Nova York é dividida em 5 boroughs (distritos): Manhattan, Bronx, Queens, Brooklyn e Staten
Island. Os boroughs, por sua vez, estão subdivididos em bairros.
Manhattan é uma ilha, onde fica a maioria das atrações turísticas, além de ser o centro financeiro da cidade. É muito fácil se localizar em Manhattan. Downtown, refere-se à parte sul da ilha,
Midtown refere-se à parte central e Uptown, à parte norte. Em Downtown fica o centro financeiro,
e lá as ruas tem nomes e não há avenidas. A partir da Houston Street as ruas recebem números
e as avenidas, perpendiculares às ruas, também (em sua maioria). Quanto menor o número, mais
ao leste fica a avenida. A Broadway quebra a ortogonalidade do urbanismo de Manhattan e corta
a ilha em diagonal. Em Midtown fica a Times Square e a parte mais chique da 5th Avenue. Em
Uptown fica o Central Park, as elegantes áreas residenciais de Upper West Side e Upper East
Side e o Harlem, um bairro com uma antiga fama de ser perigoso, mas que tem mudado muito
nos últimos tempos.
A 5th Avenue separa o lado leste do oeste das ruas e os endereços à leste dela recebem a
letra “E” (de East) e os que ficam à oeste dela recebem a letra “W” (de West). Por exemplo, a 34th
Street pode ter dois edifícios no número 205, mas um fica no lado leste da rua (205 E 34th Street)
e outro fica no lado oeste (205 W 34th Street), e eles podem estar a quarteirões de distância!
Os bairros de Manhattan:
SoHo
Chelsea
O nome é uma abreviação de South of
Houston, por estar ao sul da Houston Street.
O bairro é charmoso e descolado e muitos
artistas moram em seus lofts.
O Chelsea é um bairro residencial, lar de
muitas galerias de arte. O lado oeste do bairro
é atraente e boêmio, enquanto o lado leste é
apático e sem graça.
Informações Gerais
TriBeCa
Little Italy
Abreviação de Triangle Below Canal (triângulo abaixo da rua Canal), TriBeCa começou
a ganhar notoriedade quando os preços dos
imóveis do SoHo começaram a subir e muitas pessoas viram no bairro uma alternativa
mais barata e com muitas de suas vantagens.
Tem muitos restaurantes e inúmeras galerias
de arte.
Localizada ao norte de Chinatown, a pequena região mantém preservada a cultura
italiana e oferece muitos mercados e restaurantes dedicados à culinária da Itália.
Lower East Side
O bairro é uma mistura de culturas. Conserva a história de seus imigrantes judeus,
latinos e asiáticos e hoje em dia é uma região bastante requisitada por jovens, principalmente devido às ótimas opções de bares
e restaurantes que ela oferece.
West Village
O West Village é um bairro descontraído
e extremamente charmoso, com muitas opções de bares, restaurantes e confeitarias. Ao
norte fica o Meatpacking District, uma região
movimentada e festeira, que faz jus ao título
dado à Nova York de “cidade que nunca dorme”.
Greenwich Village
Descolado e boêmio, o bairro oferece diversas opções de bares e livrarias e é frequentado por jovens alternativos e estilosos.
Charmoso e aconchegante, o bairro é
moradia de diversos artistas e é frequentado
por estudantes (pois lá fica NYU) e turistas.
Suas pequenas lojas, padarias e confeitarias
são intimistas e fazem todo mundo se sentir
em casa.
Murra y Hill
Garment District
East Village
O bairro conserva muitas de suas construções históricas, tem uma localização conveniente perto de áreas movimentadas como
a Times Square e, mesmo com algumas opções de entretenimento, consegue manter
certa tranquilidade.
Também conhecido como Fashion District,
o bairro é importante na indústria da moda.
Tem diversos showrooms de marcas famosas
e concentra lojas e ateliês de designers. Algumas ruas, no entanto, podem parecer sórdidas
e nada atraentes.
Informações Gerais
Gramercy Park
Gramercy Park é um bairro tranquilo e elegante. Bastante arborizado, tem um parque
privado ao qual tem acesso apenas os moradores da área.
Chinatown
Habitado por muitos imigrantes chineses, o
bairro conserva muito da cultura de seus habitantes. Há muitos restaurantes chineses e lojas
que vendem de tudo. Muitas pessoas passam
lá para comprar bolsas que imitam modelos de
marcas caras e famosas.
Upper West Side
O Upper West Side é um bairro chique,
mas informal, lar de ricos que encontraram nele
uma alternativa menos opulenta ao Upper East
Side. À noite o bairro é calmo e silencioso.
Hell’s Kitchen
A região já foi lar dos pobres. Era uma área
suja e malcuidada, mas sua situação tem mudado ultimamente. Devido à sua localização
próxima à Times Square, seus imóveis valorizaram muito e o bairro tem passado por um
período de renovação.
Flatiron District
Nele ficam o icônico Flatiron Building e o
Madison Square Park. O bairro é agradável e
tem um ritmo mais tranquilo.
Midtown West
Midtown West é agitada 24 horas por dia
e é a principal zona turística da cidade. Lá fica
a Time Square com seus famosos painéis iluminados. Com grande concentração de hotéis e restaurantes é o local escolhido pela
maioria dos turistas para se hospedar.
Upper East Side
Residência dos ricos e famosos, é no
Upper East Side que fica tudo o que há de
mais clássico e elegante: museus, cafés e
boutiques. É o bairro ideal para quem deseja
tranquilidade e exclusividade.
Midtown East
Lar de boutiques e restaurantes refinados,
é um dos principais centros de compras de
Nova York. Durante o dia funcionam endereços de muitos escritórios de Nova York e a
noite é tranquila e silenciosa.
Informações Gerais
Como se locomover
Nova York é um ótimo lugar para andar a pé. O ambiente é agradável e não há melhor maneira de se conhecer a cidade. Para distâncias longas (ou dias muito frios!), o transporte público de
Nova York é muito bem estruturado e acessível. O metrô é, sem dúvida, a maneira mais prática
e fácil de locomoção para o turista em Manhattan e chega a praticamente todos os lugares. Nos
outros boroughs, quando a rede de metrô não chega a determinados lugares, há diversas linhas
de ônibus que podem ser utilizadas.
A rede de transporte público de Nova York é controlada pela Metropolitan Transit Authority
(MTA). Para uso de ônibus e metrô é aconselhável a compra do MetroCard, que custa US$1 e
está à venda nas estações de metrô. Apesar de ser possível comprar bilhetes avulsos de ônibus
e metrô, o MetroCard permite baldeações entre linhas de metrô e/ou ônibus em um período de
até 2 horas (no caso de troca de linhas de metrô, não é permitido sair da estação), contando na
mesma tarifa. Há dois tipos de MetroCard:
• Pay-Per-Ride é possível carregar o MetroCard com valores a partir de US$5 e a cada
utilização (em um período de até 2 horas) é descontado dos créditos o valor de US$2,50.
• Unlimited Ride permite o uso ilimitado das linhas de metrô e ônibus (com exceção dos
ônibus expressos) por determinado período. É possível comprar um Unlimited Ride MetroCard por um período de 7 dias consecutivos (US$30) ou 30 dias consecutivos (US$112).
Metrô
Ferry
Nova York tem uma rede de metrô completa e é o meio mais rápido de se chegar a
qualquer lugar. O bilhete avulso (Single-Ride)
custa US$2,75. Se utilizar um MetroCard Pay-Per-Ride, o valor descontado dos créditos a
cada utilização é de US$2,50.
O Staten Island Ferry sai do Battery Park,
no sul de Manhattan, e vai até Staten Island.
É gratuito e o passeio é ótimo para visualizar a
Estátua da Liberdade, pois o ferry passa bem
perto dela. Além disso é possível apreciar uma
linda vista do skyline de Manhattan.
Informações Gerais
Ônibus
Ônibus Turístico
As linhas de ônibus são uma ótima complementação ao sistema de metrô de Nova York.
O bilhete avulso (single-Ride) custa US$2,75
e pode ser comprado a bordo do ônibus em
moedas (no valor exato, pois não devolvem
troco). Se utilizar um MetroCard Pay-Per-Ride, o valor descontado dos créditos a cada
utilização é de US$2,50. Horários e rotas estão disponíveis no site do MTA. O bilhete para
utilização das linhas express custa US$6.
Para quem gosta de passeios turísticos em
ônibus aberto, existe o New York Hop On and
Hop Off All Loops Tour. O passe pode ser comprado para 48 ou 72 horas e você pode subir
e descer do ônibus quantas vezes quiser. Existem diversas rotas.
Táxi
Carro
Definitivamente não é recomendável estar
de carro em Nova York. É muito difícil (e caro)
encontrar vagas de estacionamento e os
congestionamentos são recorrentes. Quem
deseja utilizar o carro para conhecer outras
cidades, recomenda-se alugá-lo apenas no
momento da saída de Nova York.
Em Nova York os táxis são amarelos (os
famosos Yellow Cabs) e há muitos em Manhattan mas, em determinados horários, é
muito difícil encontrar algum disponível pelas
ruas. Para saber se o veículo está disponível,
basta verificar se a luz do número do táxi no
teto está acesa. Se estiver desligado, então
ele está ocupado. Alguns táxis aceitam cartão de crédito e é costume no local dar uma
gorjeta ao taxista de 15% do valor da corrida.
Não é obrigatório, mas extremamente recomendável. Se o taxista passar por algum pedágio, ele incluirá o valor deste na sua tarifa.
Uma boa ferramenta é o Taxi Fare Finder, que
dá o valor aproximado da rota a ser utilizada.
Informações Gerais
A 5th Avenue é conhecida pela sua grande concentração de lojas de marcas famosas, principalmente entre a 42th Street e a 59th Street. Além dela há também a Madison Avenue, principalmente no trecho entre a 57th Street e a 79th Street, que vem ganhando a preferência de muitas
boutiques, como a Dolce & Gabbana e a Giorgio Armani, e hoje em dia é a avenida mais chique de
Nova York. A própria 57th Street, principalmente entre a 5th Avenue e a Madison Avenue, também
tem diversas lojas de grifes como a Louis Vuitton, a Chanel e a Miu Miu.
A 34th Street é uma boa opção de compras para quem quer fugir do glamour da 5th e da
Madison e ainda assim encontrar ótimas opções de compras em lojas como a Macy’s, a Victoria’s
Secret, a Uniqlo, e a Abercrombie & Fitch.
O SoHo também é um bom local para as compras. A Broadway, principalmente entre Houston e a Grand Street, possui muitas das lojas que há em Midtown, como a Guess, Gap, Banana
Republic, entre outras, além de o bairro oferecer muitas boutiques simpáticas e desconhecidas.
Em West Village, na Bleecker Street, entre a Perry Street e a Christopher Street, também há
muitas boutiques, como a Michael Kors e a Ralph Lauren, e o passeio por lá é muito agradável.
Na esquina da Bleecker Street com a 11th Street fica a famosa Magnolia Bakery e vale a pena
experimentar os seus cupcakes durante o passeio!
A Macy’s é uma das maiores lojas do mundo e vale a visita. A Century 21 é um clássico de
Nova York, e oferece roupas de grife com grandes descontos. Além dela, a T.J. Maxx, também
oferece roupas de marcas famosas a preços muitos baixos.
Há dois shoppings outlets que os turistas de Nova York podem visitar. O Woodbury é um
grande shopping outlet a céu aberto, com mais de 200 lojas, e fica a 75 km de Manhattan. O Jersey Gardens é menor, mas mais próximo, e fica a 30 km de Manhattan. Para quem pretende fazer
muitas compras, os outlets podem valer a visita, caso contrário a distância é grande e é possível
encontrar boas opções de compras dentro de Manhattan. Nem sempre os preços dos outlets são
menores.
Para quem pretende comprar jóias, a 47th Street é conhecida como “The Diamond District”
e 90% dos diamantes que entram nos Estados Unidos passam por este local. Há mais de 2.600
joalheiros independentes e essa concorrência garante um preço mais baixo e ótima qualidade.
Nos Estados Unidos, o imposto sobre valor agregado (VAT) não está incluso no preço dos
produtos. Na cidade de Nova York, o imposto é de 8,875% sobre as compras. Portanto, acrescente este percentual ao valor da etiqueta do produto para saber quanto ele vai lhe custar. Roupas
e calçados cujo valor unitário não exceda US$110 estão isentas deste tipo de imposto.
Foto: Insapphowetrust
Compras
Informações Gerais
Alimentação
Não faltam opções de restaurantes em Nova York. Aliás, a cidade concentra excelentes e renomados chefs que dividem sua arte com os milhares de visitantes da cidade. E há opções para
todos os gostos e para todos os bolsos. O Chelsea Market e o Eataly são bons lugares para
visitar quando se está com fome. Ambos vendem especiarias e uma grande variedade de alimentos, o passeio é agradável e há bons restaurantes on-site.
É costume dar gorjeta (tip) nos restaurantes e o valor geralmente não vem incluso na conta.
Dê 15% do valor da conta como reconhecimento a um bom serviço e 20% quando for excelente.
Informações Gerais
Informações úteis
Moeda
Dólar Americano
DDI
+1
DDD
212
Idioma Oficial
Inglês
Fuso Horário
UTC-5 (existe horário de verão)
Visto
É necessário visto para entrar nos EUA. O visto de visitante dura
até 10 anos e permite múltiplas entradas de até 6 meses
Vacinas Obrigatórias
Nenhuma
Documentos Obrigatórios
• Passaporte
• Visto
Voltagem
120V, plug tipo A & B
Feriados
•
•
•
•
•
•
•
•
•
•
1o de janeiro Ano Novo
3a segunda-feira de janeiro Aniversário de Martin Luther King Jr.
3a segunda-feira de fevereiro Dia do Presidente
última segunda-feira de maio Dia da Memória
4 de julho Dia da Independência
1a segunda-feira de setembro Dia do Trabalho
2a segunda-feira de outubro Dia de Colombo
11 de novembro Dia dos Veteranos
4a quinta-feira de novembro Ação de Graças (Thanksgiving)
25 de dezembro Natal
www.planetaotimo.com

Documentos relacionados

em educação, moda e tecnologia

em educação, moda e tecnologia NEW YORK HISTORICAL SOCIETY—O primeiro museu inaugurado em Nova Iorque, reabriu ao público em 2011 depois de ter sido submetido a uma renovação ao longo de três anos no valor de 70 milhões de dólar...

Leia mais

cIDaDE DE NOVa IOrQuE

cIDaDE DE NOVa IOrQuE em aço) que se situa em frente ao canto sudoeste do Madison Square Park. Em tempos um bairro maioritariamente comercial, é hoje em dia uma área que ostenta hotéis de moda, lojas de marcas, lounges ...

Leia mais