A educação pública precisa de um acordo melhor

Сomentários

Transcrição

A educação pública precisa de um acordo melhor
Ao terminar de ler
isso, favor passar para
um membro da sua
comunidade.
Uma decisão do Supremo Tribunal,
proferida este ano, confirmou que a ação
do governo era ilegal e inconstitucional.
Porém, o governo ainda continua se
recusando a restaurar as garantias e
a providenciar o financiamento e as
condições de que os alunos precisam.
Por que as crianças ainda estão
esperando?
A dra. Lynn Miller, professora de
aconselhamento psicológico da UBC,
chama de “absurda” a proporção
crescente de conselheiros para alunos.
Em 2002, aquelas proporções eram de
1 conselheiro para 360 alunos, mas os
Projetos de Lei 27 e 28 retiraram os níveis
de relação professor-aluno do contrato, de
modo que agora em 2011, chegam até a
1 conselheiro para 1,200 alunos. “Isto tira
dos alunos a sua melhor chance de
se sairem bem na escola.”
Um novo projeto de pequisa de grande
escala dos Estados Unidos diz que há uma
forte correlação, baseada em todo o estado,
entre ter um professor-bibliotecário na
escola e os resultados de leitura. O estudo
foi publicado no School Library Journal
em sua edição de setembro de 2011.
A pesquisa abrangeu os resultados da 4a.
série durante um período de 5 anos, de
2004 a 2009.
British Columbia Teachers’ Federation
100 – 550 West 6th Avenue
Vancouver, BC V5Z 4P2
604-871-2283 ou disque gratis 1-800-663-9163
www.bctf.ca
October 2011 CCD11-0190
Reduções de impostos que beneficiam
empresas e assalariados de rendas mais
altas são os principais responsáveis pela
grande queda nas receitas do governo
durante o período de 2000 a 2010, diz um
relatório publicado recentemente pelo
Centro Canadense para Alternativas de
Políticas sobre o sistema de impostos de
BC. Esta perda equivale a $3,4 bilhões
que estariam no tesouro provincial se o
governo de BC tivesse recolhido a mesma
proporção da economia provincial em
impostos como em 2000. Como o CCPA
indica, estes $3,4 bilhões extras em
receitas do governo seriam suficientes para
equilibrar o orçamento de BC e pagar pelos
serviços públicos tão necessários.
Os professores tomam
uma posição
Esperávamos ter melhorias já em vigor
para os estudantes neste outono, e
progresso na mesa de negociação, mas
apesar de muitos meses de discussão,
houve muito pouco progresso. Como
resultado disso, os professores votaram
para tomar uma posição e iniciar uma
campanha de somente-ensinar durante a
qual eles irão descartar as muitas tarefas
administrativas que foram tirando tempo
de ensino e aprendizagem. A mobilização
profissional, aprovada pelo Conselho de
Relações Trabalhistas, foi concebida para
exercer pressão sobre nosso empregador
e governo mas não interferir com a
aprendizagem dos alunos.
Esperamos que esta mobilização enfatize
a necessidade do governo e empregador
sentarem-se à mesa com uma oferta
que levará a uma solução mutuamente
satisfatória.
Os professores estão determinados para
que esta rodada de negociações irá fazer
uma diferença.
Public education needs a better deal [Portuguese]
A educação
pública precisa
de um acordo
melhor
Os professores querem um
sistema de educação pública
de alta qualidade
Os professores estão lutando por um sistema
de educação pública que permita que cada
aluno tenha o apoio de que precisa para ter
sucesso.
Professores e alunos precisam de:
• tamanho e composição da turma que
permita que os professores atendam às
diversas necessidades dos alunos
• especialistas em aprendizagem para
apoiar alunos com necessidades especiais
e aqueles cujos variados estilos de
aprendizagem requerem assistência
adicional ou um programa modificado.
Os professores querem
fazer uma diferença
Em toda a província, os professores têm
se manifestado abertamente sobre o nível
decrescente de fundos e recursos para a
educação pública.
Na atual rodada de negociação, os professores
estão decididos a alcançar as melhorias que
são necessárias. Nossos objetivos são simples.
Estamos tentando alcançar:
• condições de ensino que ofereçam apoio
a todos os alunos, incluindo tempo de
preparação
• um salário justo e razoável
• soluções locais para condições locais.
O governo e a Associação de Empregadores das
Escolas Públicas da Colúmbia Britânica (BCPSEA)
vieram à mesa de mãos vazias várias vezes,
tentando impor um inviável mandato abaixo
de zero. Zero direitos, nenhuma compensação,
e exigências por concessões destinadas a corroer
a situação profissional dos professores.
Diferenças salariais de
professores a partir de
setembro de 2011
A maioria dos professores em BC estão na
Categoria 5, que representa um professor com
cinco anos de educação universitária e grau
de Bacharel em Educação.
Se os professores de BC não receberem um
aumento de salário para 2011-12, um professor
de Vancouver no salário máximo (Categoria 5)
irá ganhar:
• $13.529 menos do que um professor
de 1° Grau em Toronto
• $14.463 menos do que um professor
de 2° Grau em Ottawa
• $21.001 menos do que um professor em
Edmonton.
O que significa um mandato de 0% para os professores de BC?
• Até setembro de 2011, a diferença salarial entre um professor de Edmonton e um
professor de Vancouver, com 10 anos de experiência de ensino, na Categoria 5,
irá aumentar de $16.860 para $21.001.
• Até setembro de 2011, a diferença salarial entre um professor de Lethbridge e um
professor de Prince George, com 10 anos de experiência de ensino, na Categoria 5,
irá aumentar de $16.676 para $20.809.
$200 milhões proporcionariam um aumento de 1% para todos os trabalhadores do setor público;
$600 milhões, o custo do novo telhado no BC Place, proporcionariam um aumento de 3%.
14.000
Número de turmas com quatro ou mais alunos com um
Programa de Educação Individualizada (IEP)
12.000
10.942
10.313
9.559
10.000
10.959
12.240
2009/10
2010/11
Antes de 2002 haviam garantias no
acordo coletivo que lidavam com o
tamanho das turmas, necessidades
especiais, e apoio de um especialista
em educação. Em 2002, tais
disposições foram eliminadas do
acordo coletivo pelo governo e,
como resultado, as condições
pioraram dramaticamente.
10.985
8.000
6.000
4.000
2.000
0
2005/06
2006/07
2007/08
2008/09
Mudança nas posições de professor especialista em aprendizagem
de tempo integral para 2001-2011
Programa de
Especialização
2001–02
2005–06 2007–08 2009–10 2010–11
Mudança
de 02-2001 a 11-2010
Serviços de
biblioteca
921,8
741,3
730,0
685,8
644,7
–277,1
Aconselhamento
991,0
901,7
915,8
909,9
885,0
–106,0
Educação especial
4.051,5
3.357,9
3.446,5
3.403,4
3.313,9
–737,6
Inglês como
segundo idioma
1.015,6
848,7
791,2
786,1
687,5
–328,1
205,9
197,1
190,9
185,2
195,3
–10,6
7.185,8
6.046,7
6.074,4
5.970,4
5.726,4
–1.459,4
Educação dos
aborígenes
Total

Documentos relacionados