empresas mostram seu potencial e tecnologias

Сomentários

Transcrição

empresas mostram seu potencial e tecnologias
FALTAM 3 MESES
O grande evento internacional, no momento indicado
June 8-10, 2010
New Rome Fair, Italy
www.ngv2010roma.com
[email protected]
De 8 a 10 de junho, a NGV 2010 Roma será realizada em um contexto de
perspectivas promissoras e assim o asseguram diversos analistas. Além disso, o
marcado caráter internacional do 12º Congresso e Exposição Bienal da IANGV
fará possível a chegada de representantes dos cinco continentes que percorrerão
seus corredores. Isto propiciará que todos os mercados estejam representados e
aproveitem ao máximo o potencial de negócio.
June 8-10, 2010
New Rome Fair, Italy
www.ngv2010roma.com
[email protected]
Publicação mensal do gás veicular do Brasil
® Ano X Nº 108
Rio de Janeiro / República do Brasil
®
Março de 2010
[email protected]
www.ngvgroup.com
PROTAGONISTAS DA INDÚSTRIA FALAM DE SUAS PERSPECTIVAS
ESPECIAL
Compressores e dispensers:
empresas mostram seu
potencial e tecnologias
Em entrevista a Folha do GNV, uma das principais
empresas do ramo de treinamento de pessoal
para atuar em postos de abastecimento fala da
importância de recrutar e selecionar mão de obra
capacitada e especializada para este segmento.
Treinamento de Pessoal
Em conversa exclusiva com o jornal, executivos das empresas de compressores e dispensers mostram suas
opiniões, falam do mercado de gás veicular brasileiro, de suas expectativas, perspectivas e metas para esse ano.
REGIÃO NORTE
Amazonas
O Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente
autorizou que o gás vindo do gasoduto Coari-Manaus
seja utilizado como combustível para veículos.
12a Conferenza ed Esposizione Mondiale dell’Associazione
Internazionale dei Veicoli a Gas Naturale - IANGV
12th World IANGV Conference and Exhibition
Dall’8 al 10 giugno 2010
June 8-10, 2010
Nuova Fiera di Roma New Rome Fair
Padiglioni 10, 11 e area esterna
Pavilions 10, 11 and outdoor area
Roma, Italia Rome, Italy
Creating a Revolution
in Transport
Verso la Rivoluzione
nel Trasporto
www.ngv2010roma.com
[email protected]
Sponsor Principale
Main Sponsor
Sponsor Bronze
Bronze Sponsors
Un evento di
An event of
Ospitato da
Hosted by
Organizzato da
Organized by
4
Março 2010
Retomada das vendas
Folha do GNV As conversões de veículos para gás
rumo a Ásia veicular triplicam na cidade de Sorocaba
o mês de abril, a Folha do GNV
viaja até a China, para trazer os
temas atuais e as novidades que o
mercado asiático está preparando
para lançar, nesta ocasião na
NGV China 2010, evento que se realizará
na cidade de Pequim , de 13 a 15 de maio.
N
Em cinco meses o número de conversões de
veículos cresceu 328,57% na região, passando de
14 em setembro do ano passado para 60 em
janeiro de 2010. Os números são da Gas Natural
São Paulo Sul, distribuidora de gás natural
canalizado para 15 cidades na região Sul de São
Paulo, entre elas Sorocaba.
Também nesta edição, teremos o especial
com os fabricantes de eletrônicos e
válvulas, opinando sobre o mercado
nacional e internacional.
Tudo isso e muito mais em versão
bilíngüe, tiragem especial e com ótimas
oportunidades de negócios. Venha fazer
parte deste especial e anuncie conosco.
Consulte nossos canais de atendimento e
solicite a pauta jornalística e publicitária
de nosso jornal.
Folha do GNV – [email protected]
Tels: +55(21) 8572-1086
aumento na procura por kits de gás veicular é
constatada pelo Sindicato do Comércio Varejista
de Derivados de Petróleo de Sorocaba e Região
- Sincopetro. “O que temos notado é que está
havendo uma retomada da instalação de cilindros e de
pessoas que tinham retirado o kit e estão reinstalando”,
diz o presidente regional da entidade, Jorge Marques.
As oficinas responsáveis pelas vendas e instalação dos kits
de conversão estão comemorando o crescimento da
demanda e prevêem faturar ainda mais daqui para a
frente. “Já aumentou a procura, especialmente por causa
da elevação no preço do álcool”, informa a proprietária
de uma convertedora.
O
As conversões subiram 328,57% na região
Retomada das vendas
De acordo com dados da distribuidora da região, Gas
Natural São Paulo Sul, de setembro para outubro de
2009, o salto na instalação de kits foi de 200%, subindo
de 14 para 42 veículos. No mês seguinte, o número
chegou a 54, enquanto em dezembro houve queda para
39 carros alterados. Em janeiro foram 60 automóveis que
passaram pela conversão.
Cuidados necessários
O motorista que opta pela conversão do seu automóvel
para gás natural veicular precisa tomar algumas
precauções. A principal delas é verificar se o estabelecimento
onde será feito o serviço é reconhecido pelo Instituto
Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade
Industrial - Inmetro. Em Sorocaba, são seis as lojas
autorizadas. O cliente deve exigir que o estabelecimento
faça o teste de emissões, forneça nota fiscal tanto do
serviço quanto do kit e entregue o “Rol de Qualidade”
(um regulamento do Inmetro) totalmente preenchido.
Preço do GNV pode
cair em maio
Segundo Jorge Marques, presidente regional do Sindicato
do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de
Sorocaba e Região - Sincopetro, os valores serão
renegociados em maio. “A distribuidora faz o recálculo
da tarifa, analisando uma série de itens e a expectativa é
que haja nova redução no preço”, informa.
No mês de dezembro, já houve queda de 8% na tarifa do
energético. “É mais uma vantagem do gás natural, pois fica
praticamente o ano inteiro com o mesmo preço. É mais
estável e facilita para o motorista se organizar”, diz.
6
Março 2010
Há mais de duas décadas atuando no mercado gasífero
“Continuamos otimistas e acreditando que 2010
será o início de um ciclo virtuoso para o segmento”
Fundada na Argentina, a Agira participou ativamente da evolução do GNV no país. No Brasil, consolidou sua presença no mercado com a instalação
da unidade fabril de Pernambuco, as primeiras máquinas fabricadas aqui se encontram instaladas praticamente em todo território nacional.
tuando no mercado de
desenvolvimento de
compressores e soluções
tecnológicas para gás natural, a
Agira busca oportunidades de
crescimento dentro e fora do país,
desenvolvendo equipamentos de última
geração, com o principal objetivo de
entregar aos seus clientes a melhor
tecnologia do mundo e mantê-los
satisfeitos, oferecendo sempre serviços de
qualidade.
A
Sua alta performance em pesquisa,
desenvolvimento e comercialização a
posiciona com forte presença no mercado
latino americano, europeu e asiático.
Seus equipamentos têm alto índice de
eficiência e confiabilidade.
Em conversa com a Folha do GNV, o
diretor presidente da Agira Brasil, Marcus
Rino Martins, fala de como foi o ano de
2009 para a empresa e quais são as
perspectivas para o ano de 2010.
Para o setor de Bem de Capital o ano de
2009 foi atípico e bastante aquém de anos
anteriores. A crise financeira iniciada nos
Estados Unidos
minou a
confiança dos
mercados
financeiros em
todo o mundo e
paralisou os
investimentos
das empresas
afetando
diretamente
Marcus Rino Martins,
nosso setor.
Diretor Presidente da
Além disso, a
manutenção do Agira Brasil
preço do Gás
Natural em patamares relativamente altos
trouxe mais conseqüências negativas, disse.
Fábrica da empresa localizada no estado de Pernambuco
No nosso planejamento para 2009
sabíamos que teríamos um ano de
desafios e nos posicionamos para poder
superá-los. Foi um ano em que nosso
crescimento estagnou e nos voltamos
para realização de melhorias internas.
Desenvolvemos novas soluções de
tecnologia e disponibilizamos mais uma
opção de financiamento para nossos
clientes através do Cartão BNDES,
comentou Marcus.
Para este ano, a expectativa é que o
mercado interno cresça impulsionado
pelos sucessivos aumentos da oferta de
gás natural no país e a sinalização do
governo de tentar reduzir o seu preço
para os consumidores finais através dos
novos leilões. No mercado externo o
arrefecimento da crise financeira deve
impulsionar os negócios no segundo
semestre do ano.
Além disso, a grande pressão social para
as questões ambientais também deve
favorecer o nosso mercado como uma
alternativa limpa e economicamente viável
para os próximos anos.
As perspectivas são promissoras e nós
continuamos otimistas e acreditando que
2010 será o início de um ciclo virtuoso
para o segmento, finalizou o executivo.
Acreditando em um mercado forte
“Temos uma expectativa este ano para um
desenvolvimento justo e perfeito para longo prazo”
Com presença ininterrupta no mercado há 17 anos, a M.R.E Compressores é uma empresa que atua na reposição de peças para compressores de
alta pressão de empresas químicas, Petroquimícas, Pet e GNV, dando assistência técnica juntamente com a fabricação de qualquer peça, que esses
compressores venham a precisar para garantir seu bom funcionamento.
m mais um
especial da Folha
do GNV, Celso
Luiz Macedo,
Sócio Proprietário da
MRE Compressores,
conta um pouco da
experiência de sua
empresa, visão de
mercado, sua participação
no mercado internacional,
novidades e tecnologias.
E
A M.R.E Compressores é
uma empresa que visa
suprir a necessidade dos
clientes em relação a área
de venda de peças para
compressores de alta
pressão , como fabricação
de válvulas, anéis, gaxetas,
juntas, filtros,casquilhos,
trocadores de calor, entre
outras peças.
Atuamos no mercado
desde 1993, na área de
compressores de alta
pressão, no
desenvolvimento e
Mercado
Internacional
Celso Luiz Macedo,
Sócio Proprietário da MRE
Compressores
nacionalização de peças e
em Processos Químicos e
Petroquímicos, PET e GNV,
diz Celso Luiz.
Atualmente estamos
desenvolvendo junto aos
nossos fornecedores
externos matérias de
alta performance no
que se refere a anéis de
pistão, plásticos de
engenharia, acrescentou o
executivo.
Temos exportado
produtos e serviços para
America Latina e Caribe
o qual possuímos uma
filial em Lima, Peru,
onde acreditamos ser
um país com um
potencial enorme para
a área de GNV e ainda
se encontra carente em
relação aos serviços e
tecnologias.
Expectativas
para 2010
A condição em que o
mercado de GNV no
Brasil vive é de melhora,
aparentemente temos
uma expectativa este
ano para um
desenvolvimento
justo e perfeito para
longo prazo.
Desenvolvimento
sustentável
Só o fato de trabalharmos
com gás veicular nos dá a
garantia de contribuir com
meio ambiente, quanto à
responsabilidade social a
MRE/GNV vem apoiando
entidades como Rotary
Club onde projetos de
visão de Futuro, Combate
a Pólio, entre outros
projetos de grande
magnitude se fazem
presente no dia a dia desta
empresa.
Com a crescente demanda
por energia que
enfrentamos, temos que
procurar recursos extras
buscando melhores e mais
efetivas fontes de Energia.
O gás natural veicular é
uma ótima energia que em
sua utilização consegue-se
um rendimento melhor
por um preço mais em
conta do que os
combustíveis atuais.
Além do aspecto
financeiro temos ainda a
questão do meio ambiente,
que de longe o GNV é
menos prejudicial que os
outros combustíveis, pois
sua combustão é mais
completa liberando menos
gases, para atmosfera,
encerra Celso.
7
Março 2010
Três décadas de presença no mercado gasífero
Garantir a satisfação total desenvolvendo soluções
completas para os clientes em todo o mundo
Atuando no mercado de Gás Natural desde 1980, a Aspro hoje está presente com seus produtos e serviços em mais de 32 países da América
Latina, Ásia, Europa e Oriente Médio. Dentre eles: Paquistão, Rússia, Irã, Ucrânia, Alemanha e Índia, conquistando a participação em mais de 20% do
mercado mundial.
o especial de compressores e
dispensers da Folha do GNV,
André Guimarães, gerente
comercial da Aspro do Brasil fala
sobre como foi o ano de 2009 para sua
empresa, lançamentos de produtos, as
metas alcançadas e as perspectivas para o
ano de 2010.
N
“ O ano de 2009 foi marcado por um
significativo desaquecimento do mercado
de gás veicular em função da queda do
preço do álcool e aumento do preço do
Gás Natural agravado pela crise
econômica mundial que afetou os
planos de investimento das distribuidoras
de gás.
indústrias que utilizam empilhadeiras, os de alta
vazão para aplicação em veículos pesados, adaptou
sua linha de equipamentos para trabalhar com
pressões de entrada de 0,5 Kgf/cm2 e desenvolveu
alternativas tecnológicas que proporcionam economia
de energia e aumentam a eficiência do sistema já em
operação.
Adicionalmente a Aspro aprimorou o processo de
comunicação com o BNDES para agilizar a obtenção
de financiamentos em todo território nacional. Foi
também com grande satisfação que a Aspro
conquistou a certificação ISO 9001 em todo o
processo fabril, comercial e de assistência
técnica, que veio somar às certificações já
obtidas: ISO14001, OSHAS 18001, CE e outras.
A expectativa para 2010 é que os agentes da
cadeia do Gás Natural: produtores,
distribuidores e reguladores adotem uma
política de preço que devolva a
competitividade e credibilidade necessárias
ao desenvolvimento deste energético com
expressivo potencial de participação na matriz
energética do país”
A conjunção desses fatores,
conseqüentemente, teve impacto nas
vendas de compressores de GNV.
Para minimizar este efeito a Aspro buscou
desenvolver novos produtos para atender
a nichos que se apresentavam como
oportunidades de crescimento e também
procurou expandir-se para novos
mercados.
Na linha de equipamentos a Aspro lançou
os de pequena vazão para aplicação em
Fábrica da empresa localizada em Campo Largo, Paraná
André Guimarães,
Gerente comercial da
Aspro
8
Março 2010
A alta demanda obrigou a estender o espaço da Expo
O salão de exposição da NGV Roma é ampliado
Os organizadores do evento decidiram mudar a exposição de produtos e serviços para o pavilhão 11, aonde as dimensões para os estandes são
muito mais amplas que as do pavilhão 9 e a área externa se encontra sumamente acessível. A nova locação (pavilhão 10 para as Conferências e 11
para a Expo) propicia um maior aproveitamento e uma otimização logística do espaço.
forte demanda de empresas
provenientes de todo o mundo
para participar da NGV 2010
Roma fez com que os
organizadores optassem por um novo
salão de exposição, com maiores
dimensões que o anterior.
A
ESTANDE
A1
A2
A5
A9
A10
Portanto, a Expo agora se muda do
pavilhão 9 para o 11, que possui mais de
1.000 metros quadrados de superfície
neta.
É importante destacar que os salões de
Conferências se manterão no pavilhão 10.
O novo espaço permite desenvolver uma
melhor logística, que promove a circulação
do público visitante a todos os cantos da
exposição. Trata-se de lograr que todos os
estandes sejam apreciados e que nenhum
visitante perca nada. Com este mesmo
objetivo se localizou a sala de refeições
para delegados no final do pavilhão 11.
Também, no coração da Exposição, terá
seu espaço a sessão de posters, nas qual
poderão se aproximar todos os visitantes
para realizar consultas aos especialistas
que apresentarão seus trabalhos em
painéis.
É importante recordar que a entrada no
salão de exposição é livre e gratuita, com
a única obrigação de se
registrar.
Circulação ideal
Para visitar a área externa, aonde as
empresas expositoras contarão com
quatro módulos de 224 m2 cada um, o
público terá dois acessos, que permitem
também a interconexão com o
Congresso. Para transitar por um deles,
o mais próximo ao salão de refeições
para delegados e ao estande do
NGV Communications Group, haverá
uma passagem obrigatória: a
“piazza metano”.
A mesma está rodeada de estandes de
pequenas dimensões, pertencentes a
empresas que fizeram valer seu esforço
para estar em Roma e, desta forma, verão
potenciada sua presença.
Trata-se também de uma área recreativa e
de descanso, localizada em um espaço
preferencial e em comunicação com
outros sites relevantes.
Desta maneira, a organização dentro
do novo pavilhão assegura um
movimento circular que otimiza o
trânsito dos visitantes, vincula
estrategicamente cada um dos espaços
e permite que todas as áreas do sitio
estejam hierarquizadas.
Para maiores informações e para
fazer parte da NGV 2010 Roma, visite
o site oficial do evento:
www.ngv2010roma.com.
A13
A17
A18
A19
A20
A21
A23
B2
B6
B10
B14
B18
B19
B20
B21
B22
B23
B24
B25
B33
B35
C2
C8
C9
C10
C13
C17
C18
C26
D2
D6
D7
D10
D14
D18
D20
D22
D24
E2
E3
E8
E10
E11
E14
E17
E18
E19
E20
E21
E23
E24
E26
E27
F2
F6
F10
F11
F13
F14
F18
F20
F22
F24
F25
F26
F28
F30
F32
EMPRESA
Reservado
MTM - BRC
Fornovo Gas
Reservado
Greener Cities
Cavagna Group
Metatron
Raufoss/Ragasco
OMB Saleri
Cryostar
AEB srl
Kraus Global Inc.
IMW
Motonic
3B Fibreglass
Idromeccanica
Reservado
Dresser Wayne Pignone
Swagelok
Kwangshin
ITT Conoflow
ROTAREX Automotive
Reservado
TA
Reservado
Vitkovice Cylinders
Reservado
CNG Part Co Ltd (CNGauge)
Stafetta Quotidiana
Safe
Angi Energy
Xebec
Landi Renzo
Tenaris
Greenfield
Tartarini
Reservado
GNC Galileo
Kioshi
Gilbarco
ENI
EKC International FZE
Reservado
Weh GmbH Gas Technology
COUTH
Endress+Hauser Italia Spa
Emer Group
Atac Roma
Zavoli
Aspro GNV
Sinoma Science & Technology
(Suzhou)
Luxfer
LMF
BRC Fuelmaker
NGV2012 Chuncheon
NGV Communications Group
IANGV
NGVA Europe
Consorzio NGV System
Reservado
xperion ALPHA Composites
GmbH
Belletti Editore
G.I.& E.
Cramaro Italia & Cryotrucks
Aldesa Autogas Equipments
Vanzetti Engineering
Polargas S.r.l.
Gemels s.r.l.
R.T.I - RHPS
CompositeTechnical Systems
Versus Gas
Bujscholtz
Reservado
Reservado
Reservado
Reservado
Área externa
IVECO Irisbus
BRC Fuelmaker
9
Março 2010
A área exclusiva da organização, um ponto de encontro
NGV Group e um
estande com prêmios,
informação e surpresas
Um enclave de atração da NGV 2010 Roma
será o estande de 80 m2 onde estará localizado
o NGV Communications Group, organizador
deste encontro. Conheça todos os atrativos que
poderá encontrar neste ponto estratégico.
m frente a área da sessão de
posters, contíguo a “piazza
metano” e próximo ao salão de
refeições exclusivo para
delegados, estará localizado o estande do
NGV Communications Group. Este será
uma passagem obrigatória dos visitantes,
por sua proximidade a uma das duas
saídas do pavilhão que conectam com a
área externa da exposição.
E
O espaço da empresa será, também,
centro de diversas atividades, como por
exemplo, a entrega de prêmios aos três
melhores papers das Conferências que
acontecerão no pavilhão 10 da Nueva
Feria de Roma, em forma simultânea a
Expo.
No estande também serão realizados os
atos de assinatura de acordos para a
organização de futuras exposições
internacionais. Também, na casa do NGV
Communications Group serão entregues
os kits de imprensa aos jornalistas que
chegarão de todo o mundo.
Por outra parte –como o mundial de
futebol começa somente um dia depois da
finalização do evento, em 11 de junhohaverá concursos e prêmios relacionados
ao campeonato de África do Sul 2010.
Todos estes atrativos e mais -que irão
sendo somados à medida que se aproxima
o evento- transformarão este estande em
um epicentro da NGV 2010 Roma.
On-line e ao mundo
O estande do NGV Communications
Group será também o ponto onde
ajudará a imprensa local e internacional
a informar-se de todo o ocorrido tanto
nas Conferências como também sobre
os feitos mais salientes da Expo.
A partir deste local, além de atender
aos jornalistas de outras mídias, serão
realizadas entrevistas com os
protagonistas da indústria
(empresários, especialistas, funcionários
e representantes de câmaras e
associações - entre outros-) que
serão transmitidas ao vivo e através da
internet, de forma livre e simultânea a
todo o mundo. Além disso, através de
uma tela instalada no estande, as
mesmas poderão ser vistas pelos
visitantes da Expo.
The GVR, como mídia oficial, estará
encarregada da cobertura integral do
evento. Mas, enquanto esta é uma
revista que é parte de um grupo
integral de comunicação também
será apoiada pela redação internacional
do NGV Communications Group.
Esta será encarregada de transmitir
em tempo real e pela web o espírito do
evento do ano, sem restrições geográficas.
O titular da IANGV convoca para a NGV 2010 Roma
“Acompanhe-nos para
criar uma revolução no
transporte”
Richard Kolodziej convida empresários, associações e funcionários
relacionados ao negócio do gás veicular e aos meios de comunicação
de todo o mundo a participar do 12º Congresso e Exposição Bienal
da IANGV. As razões que explicam por que é o evento que reúne a
dinâmica indústria global no lugar e no momento certo.
Por Richard Kolodziej
Presidente da IANGV
pós um 2009 instável para
alguns, este ano já se
apresenta como uma grande
promessa através da NGV
2010, o 12º Congresso e Exposição
Bienal da IANGV (Associação
Internacional de Veículos a Gás
Natural), que acontecerá em Roma no
próximo mês de junho. O que
diferencia este evento dos demais é a
convergência de tempo e lugar.
Enquanto o segmento do GNV cria
uma silenciosa revolução no
transporte, retornamos aonde tudo
começou, a Itália, aonde reside a
indústria pioneira deste combustível no
mundo.
A
O GNV italiano continua dando
mostras de uma realidade que é
possível em qualquer outro lugar do
mundo. Em 2009, foram vendidos mais
de 130.000 unidades a GNV de fábrica,
o que representa mais de 6% das
vendas totais de veículos 0 Km.
Trata-se de um resultado
extraordinário em um dos mercados
automotores mais exigentes a nível
mundial e que poderá duplicar-se com
facilidade em outros lugares.
Os indícios da revolução do GNV no
transporte seguem surgindo cada dia.
O CEO da Fiat e Chrysler, Sergio
Marchionne, foi citado na publicação
“World in 2010” da The Economist:
“O gás natural é a única opção real e
imediata para substituir a gasolina”. E
do segmento de transporte pesado,
Lars Mårtensson, Diretor Ambiental da
Volvo Trucks, fez eco ao manifestar que
“o metano é, por ampla margem, a
melhor alternativa para substituir o
diesel”.
E isto não é trivial. A Fiat já se
converteu na primeira fornecedora de
Richard Kolodziej
veículos a gás natural do mundo,
enquanto que a Volvo Trucks prometeu
lançar durante este ano um motor que
utiliza a mistura diesel/gás natural e que
cumpre com a norma Euro V.
A melhor combinação
A NGV 2010 reúne todos os
elementos desta dinâmica indústria
global no lugar e no momento certo.
A combinação de um congresso de
vanguarda, mais de 2.500 m2 com os
últimos avanços em tecnologia e
produtos, e quatro dias para estabelecer
contatos, faz deste evento um encontro
obrigatório para 2010.
Como presidente da IANGV, convido
vocês a me acompanhar e fazer parte
desta revolução. Seja você operador de
frota, engenheiro da indústria
automotora, ou membro do setor de
gás natural veicular – sem importar seu
nível de interesse – a NGV 2010 Roma
é o lugar indicado para se interar de
todo o necessário e conhecer os
principais protagonistas para aproveitar
ao máximo o negócio do GNV.
Asseguro-lhes que recordará seu passo
pelo evento como uma das melhores
decisões que tomou durante este ano.
10
Março 2010
Há uma década treinando pessoal qualificado
“Resultados permanentes são obtidos através
de pessoas, o resto tende a ser passageiro”
A Mercado Base Sul é uma empresa especializada em selecionar, qualificar e treinar pessoal para atuar nas redes de postos de combustíveis. Criada
em 2000 por uma oportunidade de mercado, tem sede em Fortaleza, Rio de Janeiro, São Paulo, Florianópolis e Porto Alegre.
través de seu Diretor, Nelson
Bittencourt, a Mercado Base Sul,
empresa com 10 anos de
presença no mercado de
treinamento e desenvolvimento de
pessoal especializado para realizar
atividades em postos de abastecimento,
relata à Folha do GNV sobre o trabalho
que realiza brindando o suporte
necessário ao sucesso e a conquista dos
serviços prestados aos clientes.
A
Folha do GNV: Como está o mercado
atualmente? O volume de procura pelo
serviço prestado por sua empresa
cresceu?
Nelson: Cresceu muito, pois já é
percebido que o diferencial está na
percepção do que é consumido e num
mundo cada vez maior de commodities, o
que faz a grande diferença são as pessoas
e sua forma de se relacionar.
Folha do GNV: Existe algum projeto em
andamento?
Nelson: Sim, projetos de EAD para
fortalecer os treinamentos presencias, que
nunca serão substituídos!
Folha do GNV: Quais são os principais
clientes?
meses. Turmas de 20 participantes. Os
programas de pista de 40 a 50 horas. Turmas
de 35 participantes. Os de troca de óleo 20
horas.Turmas de 35 participantes. Os de loja
40 horas.Turmas de 25 participantes.
Nelson: Petrobras distribuidora e Rede
de Postos Buffon.
Folha do GNV: Como é feito o
treinamento de pessoal?
Folha do GNV: Como está a demanda
por treinamento para postos que utilizam
gás natural veicular?
Nelson: Para Revendedores temos uma
formação completa, Financeiro, MKT,
Gestão de Pessoas, Meio Ambiente, dentre
outros. Para Equipes de Pista oferecemos
treinamento em Atendimento, Produtos,
Segurança, Técnico em Lubrificação,
dentre outros. E para Loja oferecemos
treinamento em manipulação de
alimentos, noções de MKT e
Merchandising, dentre outros.
Folha do GNV: Porque é importante o
treinamento de pessoal para trabalhar em
postos de abastecimento?
Nelson: De que adianta ter tecnologia de
ponta, visual impecável, se as pessoas que lá
estão para atender não estão preparadas.
Resultados permanentes são obtidos
através de pessoas o resto tende a ser
passageiro; como preço baixo, por exemplo.
Nelson: Num crescente, principalmente
nas questões de segurança.
Folha do GNV: Em quais
cidades/estados a empresa atua?
Nelson: Brasil e Argentina
Folha do GNV: Gostaria de deixar
algum comentário?
Nelson Bittencourt, Diretor da
Mercado Base Sul
Folha do GNV: Quanto tempo dura o
treinamento? Quantas pessoas em média
são treinadas por mês?
Nelson: Os programas têm durações
diferentes, os de proprietários/revendedores
podem durar 100 horas, divididos em 10
Nelson: Sim, como você quer estar
financeiramente daqui a 5, 4, 2 anos?
Resultados são obtidos através de
pessoas! Como você quer o seu ambiente
de trabalho daqui a 6 meses. Pessoas são
movidas por suas motivações e lideres.
Motivação não é R$1,00 ou R$2,00 reais
por tampinha e sim gente desenvolvida e
que sabe por que acorda todos os dias!
Março 2010
11
12
Março 2010
Autorizado o uso do
gasoduto Coari-Manaus como
combustível para veículos
governador do estado do
Amazonas, Eduardo Braga,
divulgou no início do mês que
o Ibama - Instituto Brasileiro
do Meio Ambiente autorizou, nos
últimos dias de fevereiro, a utilização do
gás oriundo do gasoduto Coari-Manaus
como combustível para veículos.
Com isso, o estado aguarda apenas um
certificado da ANP - Agência Nacional
de Petróleo para oferecer o GNV
O
comercialmente a qualquer um interessado
em vender ou comprar o produto.
Braga disse que a autorização do Ibama
é parte do processo de “abertura” da
oferta do gás no Amazonas e que, a
partir deste mês, começa a distribuir as
autorizações aos interessados. Os
primeiros contemplados com a medida
serão os taxistas - hoje, cerca de 180
representantes da categoria utilizam o
energético como combustível.
Eduardo Braga, governador do estado do Amazonas
Vantagens econômicas e ambientais
O GNV é o combustível
mais competitivo no Paraná
Em 2009, a Companhia Paranaense de Gás - Compagas comercializou
cerca de 80 mil m³/dia para esse segmento – aproximadamente 10%
do total de gás natural distribuído. A empresa encerrou o ano com 30%
a mais de postos que em 2008, ou seja, mais seis estabelecimentos
passaram a comercializar o combustível no estado.
gás veicular se consolida no
Paraná como o combustível mais
competitivo do mercado.
Considerando o preço na bomba
e também o rendimento – que é maior
nos veículos movidos ao energético, a
economia ao usar o combustível gasoso
chega a, no mínimo, 55% em relação ao
álcool e 52% em relação à gasolina.
O
Outra vantagem para os motoristas do
estado que possuem gás veicular em seus
automóveis é o desconto de 75% no valor
do IPVA - enquanto os carros abastecidos
por gasolina e álcool pagam 2,5% sobre o
valor do automóvel, os proprietários de
carros com gás pagam apenas 1%.
De acordo com os especialistas, a
vantagem econômica do energético é
revelada quando se compara o preço
médio da gasolina, do álcool e do GNV e
as distâncias percorridas com cada
combustível.
O gás veicular é um combustível limpo,
menos tóxico e impossível de ser
adulterado. Os veículos movidos a gás
natural emitem até 90% menos gás
carbônico que um carro a gasolina.
Os veículos a gás podem ser bi ou
tricombustíveis, podendo rodar ou com
gás natural ou com os combustíveis
originais, sendo necessário apenas
apertar um botão próximo ao painel do
automóvel.
Atualmente, no Paraná, existem mais de
27 mil veículos circulando pelas ruas do
estado com gás natural. Para fazer a
instalação do kit GNV, o motorista deve
procurar uma oficina credenciada pelo
Inmetro. Os custos para a adaptação em
local especializado variam de três a quatro
mil reais.
www.ngvgroup.com • Acesse o maior portal de GNV do mundo
Março 2010
13
As estatísticas do gás veicular - NGV´s Statistic
Rodando 100Km / Running 100Km
Veículo
Vehicle
Gasolina / Gasoline
KM
R$
Álcool / Alcohol
KM
R$
Rodando 3000 km / Running 3000 km
Economia com GNV / NGV´s saving
GNV / NGV
KM
Gasolina / Gasoline
Álcool / Alcohol
R$
R$
R$
Popular
10
25,90
8.5
22,35
12
13,20
381,00
274,50
Kombi
7.5
34,50
6.5
29,20
9
17,55
508,50
349,50
F000/ C20
5.5
47,10
4.5
42,20
7
22,60
735,00
588,00
6
43,20
5
38,00
8
19,75
703,50
547,50
8
32,40
7
27,15
10
15,80
498,00
340,50
5
51,80
4
47,50
6
26,30
765,00
636,00
S-10/Ranger V6
Astra/Santana
Auto 6 cil
Gasolina 1 litro / R$ 2,59
Álcool 1 litro / R$ 1,90 GNV 1m3 / R$ 1,58
1.631.173 (Dezembro/December)
Quantidade média de conversões mensais
Average amount of monthly conversions
5.589 (Dezembro/December)
Quantidade de Postos de Abastecimento
Amount of fueling stations
1.782 (Fevereiro/February)
Estados Abastecidos com GNV
States supplied with NGV
20 (Fevereiro/February)
Cidades abastecidas com GNV
Towns with NGV
295 (Fevereiro/February)
M³ de gás vendidos por mês
CM of gas sold monthly
143.586.800 (Fevereiro/February)
Consumo diário por veículo
Daily vehicle consumption
3,14 m³ (Fevereiro/February)
Consumo mensal por veículo
Monthly vehicle consumption
88,0 m³ (Fevereiro/February)
Preço médio nacional do GNV
Average domestic price for NGV
R$ 1,58 (Fevereiro/February)
Preço médio nacional da gasolina
Average domestic price for Gasoline
R$ 2,59 (Fevereiro/February)
Preço médio nacional do álcool
Average domestic price for Alcohol
R$ 1,90 (Fevereiro/February)
Preço médio do diesel
Average price for diesel
R$ 1,99 (Fevereiro/February)
Fontes consultadas - Fonts
••Inmetro •• Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás
•• Assessoria Comunicação da ABEGÁS
•• Associação Brasileira de GNV •• Companhias Petrolíferas e
Empresas de Bandeira •• Fornecedores de Cilindros •• The Gas
Vehicles Report •• Prensa Vehicular •• Elaboração própria
Associação Brasileira das Distribuidoras de Gás Canalizado
Postos: distribuição no litoral atlântico
Stations: distribution per state
AM
CE
DF
RN
PB
PE
PI
AL
SE
BA
MG
ES
RJ
SP
SC
RS
PR
MT
MS
GO
Acesse a lista completa e detalhada
de postos em www.ngvgroup.com
Access the completed and detailed
stations list in www.ngvgroup.com
Alagoas - 36
Arapiraca
Atalaia
Maceió
Maragogi
Palmeira dos Índios
Penedo
Pilar
Rio Claro
São Miguel dos Campos
Amazonas - 1
Manaus
Bahia - 70
Alagoinhas
Camaçari
Candeias
Catú
Feira de Santana
Itaberaba
Salvador
Santo Antônio de Jesus
Simões Filho
Valença
Ceará - 80
Aracati
Canindé
Caucáia
Fortaleza
Horizonte
Itapajé
Itapipoca
Limoeiro do Norte
Maracanau
Pacatuba
Quixada
Russas
São Gonçalo do Amarante
Sobral
Distrito Federal - 2
Brasilia
Espírito Santo - 31
Aracruz
Cariacica
Colatina
Iburaçu
Linhares
Serra
Venda Nova do Imigrante
Viana
Vila Velha
Vitória
Goiás - 1
Goiânia
Mato Grosso - 5
Cuiabá
Várzea grande
Rondópolis
Mato Grosso do Sul - 11
Campo Grande
Três Lagoas
Minas Gerais - 93
Barbacena
Belo Horizonte
Betim
Confins
Congonhas
Contagem
Juiz de Fora
Matozinhos
Pedro Leopoldo
2
2
25
1
1
1
1
1
2
1
2
7
2
1
9
1
43
1
3
1
2
1
4
60
2
1
1
1
3
1
1
1
1
1
2
1
5
1
1
1
7
1
2
6
6
1
3
1
1
9
2
2
45
3
1
2
17
10
1
2
GNV
NGV
Álcool
Alcohol
Gasolina
Gasoline
Custo por m3 (ou litro) R$/ m3´s cost (or litre) R$
1.58
1,90
2,59
Gasto por dia (170km) R$/ Cost by day (170km) R$
27.2
45,90
54,40
0.16
0,27
0,32
680,00 1147,50
1360,00
Custo por km R$ / Cost by km R$
Gasto em 25 dias R$/ Cost in 25 days R$
Média de consumo R$/ Average consumption R$
10 km/m3
7 km/l
8 km/l
Gasto a mais em 25 dias/ Extra cost in 25 days
...
467,50
680,00
Araraquara
Araras
Atibaia
Barueri
Baurú
Boituva
Botucatu
Cabreuva
Caçapava
Caieiras
Cajamar
Campinas
Cesário Lange
Cordeirópolis
Cruzeiro
Cubatão
Diadema
Guaratinguetá
Guarujá
Guarulhos
Hortolândia
Indaiatuba
Itaquaquecetuba
Itatiba
Itú
Itupeva
Jacareí
Jaguariúna
Jundiaí
Laranjal Paulista
Lençóis Paulista
Limeira
Lorena
Louveira
Mairinque
Marília
Matão
Mauá
Miracatu
Mogi das Cruzes
Mogi-Guaçú
Mogi-Mirim
Mongagua
Osasco
Pariquera-Açu
Paulínea
Pindamonhangaba
Piracicaba
Poá
Porto Feliz
Porto Ferreira
Praia Grande
Ribeirão Preto
Rio Claro
Salto
Santo André
Santos
São Bernardo do Campo
São Caetano do Sul
São Carlos
São José dos Campos
São Paulo
São Roque
São Vicente
Sorocaba
Sumaré
Suzano
Taboão da Serra
Taubaté
Tatuí
Valinhos
Várzea Paulista
Votorantim
Sergipe - 37
Aracajú
Carmópolis
Estância
Itabaiana
Itaporanga D' Ajuda
Nossa Senhora da Glória
Nossa Senhora do Socorro
Propriá
São Cristóvão
3
1
2
1
2
1
1
1
2
2
1
17
1
2
1
2
7
3
1
17
2
3
1
3
3
1
4
1
9
1
1
5
1
1
1
1
1
2
1
6
2
2
1
13
1
1
3
4
2
1
1
2
2
4
2
12
1
16
6
2
18
231
2
1
15
2
3
1
5
2
4
1
1
Brasil: cidades com GNV
Brasil: Towns with NGV
GNV - Resumo Estatístico
Nacional Principais Indicadores
Domestic Statistics of NGV - Main Indicators
Quantidade de veículos convertidos
Estimated converted vehicles
Economia de R$ 680,00 / mês
Saving of R$ 680,00 / month
Ribeirão das Neves
Santa Luzia
São Brás do Suacuí
Sete Lagoas
Vespasiano
Paraíba - 42
Bayeux
Cabedelo
Caldas Brandão
Campina Grande
Guarabira
João Pessoa
Mamanguape
Patos
Remígio
Santa Rita
Paraná - 33
Campo Largo
Colombo
Curitiba
Londrina
Parananguá
Ponta Grossa
São José dos Pinhais
Pernambuco - 70
Abreu e Lima
Cabo de Santo Agostinho
Camaragibe
Caruarú
Goiana
Igarassú
Jaboatão dos Guararapes
Olinda
Paulista
Recife
Vitória de Santo Antão
Piauí - 1
Teresina
Rio de Janeiro - 513
Arraial do Cabo
Barra do Piraí
Barra Mansa
Belford Roxo
Cabo Frio
Campos dos Goytacazes
Casemiro de Abreu
Duque de Caxias
Engº Paulo de Frontin
Guapimirim
Itaboraí
Itaguaí
Macaé
Maricá
Mesquita
Magé
Nilópolis
Niterói
Nova Friburgo
Nova Iguaçú
Paracambi
Petrópolis
Piraí
Queimados
Resende
Rio das Flores
Rio das Ostras
Rio de Janeiro
São Gonçalo
São João de Meriti
São Pedro d'Aldeia
Seropédica
Teresópolis
Volta Redonda
Rio Grande do Norte - 74
Caico
Ceará-Mirim
Currais Novos
Goianinha
1
2
1
4
2
6
5
1
4
1
19
2
1
1
2
1
1
24
1
1
1
2
3
5
2
1
2
4
11
4
4
31
3
1
1
6
8
6
11
16
3
32
1
1
16
7
8
1
2
1
1
14
1
18
3
8
1
1
7
1
3
277
28
12
10
2
1
5
1
1
1
3
Itajá
Macaíba
Mossoró
Natal
Parnamirim
São Gonçalo do Amarante
Rio Grande do Sul - 70
Bento Gonçalves
Cachoeirinha
Canoas
Caxias do Sul
Charqueadas
Eldorado do Sul
Esteio
Farroupilhas
Garibaldi
Gravataí
Igrejinha
Lajeado
Osório
Novo Hamburgo
Pantano Grande
Passo Fundo
Pelotas
Porto Alegre
Santa Cruz do Sul
Santa Maria
São Francisco de Paula
São Leopoldo do Sul
Sapiranga
Sapucaia do Sul
Torres
Vacaria
Santa Catarina - 127
Araquari
Araranguá
Barra Velha
Biguaçu
Bom Retiro
Blumenau
Braço do Norte
Brusque
Chapecó
Cocal do Sul
Concódia
Criciúma
Curitibanos
Florianópolis
Forquilinha
Gaspar
Guaramirim
Içara
Indaial
Itajaí
Itapema
Jaguaruna
Jaraguá do Sul
Joinvelle
Lages
Morro da Fumaça
Navegantes
Orleans
Palhoça
Piçarras
Pomerode
Pouso Redondo
Porto Belo
Porto União
Rio do Sul
Rio Negrinho
Sangão
Santo Amaro da Imperatriz
São Bento do Sul
São Francisco do Sul
São José
Sombrio
Tijucas
Timbó
Tubarão
Urussanga
São Paulo - 485
Americana
Araçariguama
Araçatuba
1
6
8
37
10
6
1
3
7
8
1
1
2
2
2
3
1
1
2
1
1
1
1
20
2
1
1
2
1
3
1
1
3
1
1
2
1
11
1
5
1
1
1
11
1
8
1
2
1
1
3
4
2
2
4
9
2
1
2
1
3
1
1
1
1
1
1
1
1
1
1
1
16
1
3
2
6
1
2
1
2
23
1
4
1
1
1
4
1
1
Postos de Abastecimento - Últimos postos inaugurados / Refueling Stations - Last opened stations
1
80
2
74
42
70
1
36
37
70
93
31
513
485
127
70
33
5
11
1
N°
Bandeira
Trade
TOTAL 1.782
Tipo de
Posto
Station
Type
Endereço
Estado
Município
Dist.
Adress
State
County
Nª
Data
operação
Open
date
1.764 BRANCA Dual Rod. BR 101 S/nº Km 313
Rio de Janeiro
São Gonçalo
06 Nov.2009
1.765 BR
Dual Rua Gal. Chagas Santos, 961
São Paulo
São Paulo
08 Nov.2009
1.766 IPIRANGA Dual Rod. BR 101 Km 437 nº 1320
Santa Catarina
Sombrio
19 Dez.2009
1.767 BR
Dual Av. Marginal, 340
São Paulo
Mongagua
08 Dez.2009
1.768 BR
Dual Av. Getúlio Vargas, 1.485
São Paulo
Osasco
08 Dez.2009
1.769 BR
Dual Av. Ermano Marchetti, 1.238
São Paulo
São Paulo
08 Dez.2009
1.770 BR
Dual Av. Dr. João Medeiros Filho, 2.230
Rio Grande do Norte Natal
17 Jan.2010
1.771 BRANCA Dual Av. Assis Brasil, 8.703
Rio Grande do Sul Porto Alegre
21 Jan.2010
1.772 BRANCA Dual Rua José Barbosa da Cunha, 2
Rio de Janeiro
Maricá
05 Fev.2010
1.773 BRANCA Dual Rua Antônio Maria de Azevedo, 436
Rio de Janeiro
Nova Friburgo
06 Fev.2010
1.774 BRANCA Dual Rod. BR 393 Km 200 S/nº
Rio de Janeiro
Rio das Flores
06 Fev.2010
1.775 BRANCA Dual Av. Automóvel Clube, 23.500
Rio de Janeiro
São João de Meriti
05 Fev.2010
1.776 BRANCA Dual Rua Visconde e Silva, 80
Rio de Janeiro
Rio de Janeiro
05 Fev.2010
1.777 BR
Dual Av. Dr. João Medeiros Filho, 1.620
Rio Grande do Norte Natal
17 Fev.2010
A coluna Distrib. N° indica a empresa distribuidora de gás a que pertence o abastecimento. 1 Algás - 2 Bahiagás - 3 BR - 4 Cebgás - 5 Ceg - 6 Ceg Rio - 7 Cegás
- 8 Comgás - 9 Compagás - 10 Copergás - 11 Gás Brasiliano - 12 Gasmig - 13 Gaspisa -14 Msgás - 15 Mtgás - 16 Pbgás - 17 Potigás 18 São Paulo Sul - 19
Scgás - 20 Sergás - 21 Sulgás. Para maior informação sobre este quadro: (21) 2215-0799 / 2232-6798
www.ngvgroup.com • Acesse o maior portal de GNV do mundo
14
Oficinas de Conversão
Conversion workshops
Vendas de gás automotivo das distribuidoras - Sales of NGV from distributors
Últimos seis meses (em mil m3/dia) - Last six months ( in thousand m³/day)
Empresas
Companies
Setembro-09
September-09
Outubro-09
Octuber-09
Novembro-09
November-09
Dezembro-09
December-09
Janeiro-10
January-10
Março 2010
Fevereiro-10
February-10
Algás
Bahiagás
BR-Espírito Santo
Cebgás
Ceg
Ceg Rio
Cegás
Comgás
Compagás
Copergás
Sergás
Gás Brasiliano
Gasmig
Gaspisa
Msgás
Mtgás
Pbgás
Potigás
São Paulo Sul
Scgás
Sulgás
97,7
229,8
119,8
0,0
1981.2
375,9
187,3
1016.7
80,2
178,3
115,1
21,5
141,1
0,0
26,9
5,7
107,7
186,7
48,4
354,1
212,6
100,2
230,1
118,7
0,0
2073
428,7
196,2
1017
84,6
180,1
115,9
21,4
132,6
0,0
27,1
6,1
109,3
186,0
47,6
348,1
218,0
100,2
224,9
125,2
0,0
2115
398,7
184,0
958.4
83,1
180,8
104,2
21,6
135,7
0,0
26,7
5,7
107,7
183,2
52,0
363,7
217,3
107,8
216,7
131,0
0,0
2264.6
426,3
192,4
1016.5
86,2
191,8
107,3
22,5
134,5
0,0
26,9
0,6
115,2
197,7
49,1
377,4
230,8
99,9
215,2
122,9
0,0
2038.6
425,0
180,4
790.8
76,5
178,0
99,9
21,5
112,3
0,0
22,9
1,3
106,7
177,3
46,0
348,5
209,2
99,4
226,3
121,2
0,0
1741.6
359,8
181,0
959.9
81,5
181,8
99,4
22,3
113,4
0,0
24,2
5,0
105,1
179,4
47,5
369,6
209,7
TOTAL
5486.7
5640.7
5588.1
5895.3
5272.9
5128.1
Inst. Registradas (RTQ 33
Portaria 102 / 2002)
Alagoas (AL)
Amazonas (AM)
Bahia (BA)
Brasília (DF)
Ceará (CE)
Espírito Santo (ES)
Goiás (GO)
Mato Grosso ( MT)
Mato Grosso do Sul (MS)
Minas Gerais (MG)
Paraíba (PB)
Paraná (PR)
Pernambuco (PE)
Piauí (PI)
Rio de Janeiro (RJ)
Rio Grande do Norte (RN)
Rio Grande do Sul (RS)
Santa Catarina (SC)
São Paulo (SP)
Sergipe (SE)
TOTAL
Preços dos combustíveis no mundo
Worldwide fuel prices
País
4
0
21
4
5
12
1
0
3
22
6
14
12
0
156
5
44
74
102
5
490
Frota Nacional de GNV / Domestic NGV Fleet
Fonte / Source : IBP - www.ibp.org.br
Conversões anuais / Annual Convertions
Country
Argentina
Alemanha
Armênia
Áustria
Bangladesh
Bélgica
Bielorrússia
Bolívia
Bósnia & H.
Brasil
Bulgária
Canadá
Chile
China
Colômbia
Coréia
Croácia
Egito
Eslováquia
Espanha
Estados Unidos
Filipinas
Finlândia
França
Holanda
Índia
Indonésia
Irã
Islândia
Itália
Japão
Kirjiquistão
Latvia
Liechtenstein
Lituânia
Luxemburgo
Malásia
México
Maldova
Noruega
Nova Zelândia
Paquistão
Polônia
Portugal
Reino Unido
República Checa
Rússia
Sérvia & M.
Singapura
Suécia
Suíça
Tailândia
Tajiquistão
Trinidad & Tobago
Turquia
Ucrânia
Uzbequistão
Venezuela
Gasolina Gasolina Diesel GNV Economia Economia
GNV
GNV/
Aditivada Comum
(litro) U$S (litro) U$S (litro) (Nm3) Gasolina % Diesel %
U$S
Premium
Gasoline
(litre)
0.78
1.87
1.23
2.00
0.69
1.83
0.97
0.66
1.07
1.65
1.31
0.52
0.71
0.79
0.67
1.37
1.13
0.32
1.69
1.53
0.98
1.30
1.90
1.80
2.00
0.94
0.64
0.14
2.17
1.84
1.78
1.45
1.55
1.53
0.60
0.62
1.97
0.89
0.98
1.57
1.84
1.65
1.56
1.03
1.33
1.50
1.69
1.28
0.94
0.47
2.67
0.58
0.69
0.110
Regular
Gasoline
(litre)
0.62
1.13
1.87
0.65
0.77
0.85
1.53
0.71
0.75
0.53
1.12
0.16
0.45
0.10
2.05
1.68
0.77
1.05
1.36
0.53
0.57
0.66
1.90
0.85
0.89
1.34
1.24
0.86
0.72
0.43
2.52
0.53
0.48
U$S
Saving
Diesel NGV
NGV
(litre) (N.m3) Gasoline
0.59
0.28
64
1.59
1.32
29
1.10
0.42
66
1.74
1.37
31
0.45
0.13
81
1.40
1.10
40
0.77
0.38
61
0.50
0.22
67
0.98
0.42
61
1.21
0.90
45
1.24
1.11
15
0.40
0.26
50
0.42
0.27
62
0.67
0.46
42
0.34
0.28
58
1.36
0.55
60
1.16
0.46
59
0.20
0.08
75
1.63
1.23
27
1.38
1.07
30
1.16
0.51
48
1.27
0.32
75
1.45
1.57
17
1.49
1.29
28
1.49
0.82
59
0.71
0.39
59
0.48
0.26
59
0.015 0.019
86
2.08
1.32
39
1.61
0.78
58
1.53
0.87
51
0.90
0.33
57
1.09
0.30
71
1.48
0.71
51
1.25
0.94
39
1.27
0.92
40
0.75
0.24
60
0.45
0.26
58
0.57
0.24
64
1.76
0.60
69
0.55
0.49
45
0.82
0.57
42
1.27
0.73
50
1.49
0.72
61
1.66
1.35
18
1.48
1.24
21
0.90
0.28
73
1.20
0.95
29
1.26
0.76
49
1.58
1.46
14
1.46
1.16
9
0.79
0.25
73
0.59
0.22
61
0.24
0.18
62
1.98
1.23
54
0.53
0.25
57
0.48
0.15
78
0.068 0.002
98
Saving
NGV
Diesel
53
17
62
21
71
21
51
58
57
26
11
35
36
31
18
60
60
60
25
22
56
75
13
45
45
45
37
52
43
63
72
52
25
28
68
42
58
66
11
30
43
52
19
16
69
21
40
8
21
68
52
25
38
53
69
97
Fonte / Source: The GVR
Número de conversões por estado. Setembro 2009
Convertion numbers per state. September 2009
Fonte / Source: IBP - www.ibp.org.br
Consumo de GNV por Região
NGV Consumption per Regio
Fonte / Source: Abegás - www.ibp.org.br
Estado / State
Alagoas
Amazonas
Bahia
Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Pará
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rio de Janeiro
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
Santa Catarina
Sergipe
São Paulo
Cilindros Importados
TOTAL
Total
18.420
164
68.768
46.351
375
37.464
497
1.659
6.025
63.513
60
17.661
27.330
46.162
218
725.754
38.285
39.574
68.553
20.974
382.364
21.002
1.631.173
%
1.2
0
4.2
2.9
0
2.7
0
0.1
0.4
5.3
0
1.1
1.7
3.3
0
40.5
2.6
2.5
3.7
1.2
24.7
1.8
100
www.ngvgroup.com • Acesse o maior portal de GNV do mundo
Março 2010
Postos por Bandeira - Stations per trademark
Estatísticas Mundiais do GNV - Worldwide NGV statistics
Média Postos de Abastecimento
Postos em
mensal de
construção
Natural Gas Vehicles
Refueling Stations
Stations under
vendas em
N/m3
construction
Uso
Veículos
Uso
N/m³
Mang.
leves Ônibus Caminhões Outros
Público Partic.
Total
Cars- Buses Trucks Other monthly Total Public Private
Público Privado
sales
Mang. Total Public Private
LDVs
Use Use
average
Veículos a Gás Natural
País
Country
Alemanha
Argélia
Argentina
Armênia
Austrália
Áustria
Bangladesh
Bélgica
Bielorrússia
Bolívia
Bósnia & H.
Brasil
Bulgária
Burma
Canadá
Chile
China
Colômbia
Coréia
Croácia
Egito
Emirados A. U.
Eslováquia
Espanha
Estados Unidos
Equador
Filipinas
Finlândia
França
Georgia
Grécia
Holanda
Hungria
Índia
Indonésia
Irã
Irlanda
Islândia
Itália
Japão
Kirjiquistão
Latvia
Liechtenstein
Lituânia
Luxemburgo
Macedônia
Malásia
Maldova
México
Montenegro
Mozambique
Nigéria
Noruega
Nova Zelândia
Paquistão
Peru
Polônia
Portugal
Reino Unido
Rep. Dominicana
República Checa
Rússia
Sérvia & M.
Singapura
Suécia
Suiça
Tailândia
Taiwan
Tajiquistão
Tanzânia
Trinidad & Tobago
Tunez
Turquia
Ucrânia
Uzbequistão
Venezuela
Vietnã
77.000
72.127
1.513
125
125
1.820.601 1.820.601
101.352
69.971
9.831
2.825
100
1.700
4.637
4.597
34
180.000 168.412
3.233
143
143
5.500
5.500
116.292
7
7
1.631.173 1.631.173
60.236
60.000
216
22.821
2.902
18.290
12.140
9.500
240
8.064
8.055
9
500.000 320.000 150.000
303.549
24.358
1183
22.416
130
92
110.100 107.442
1.209
305
305
564
228
305
1.863
213
847
100.000
86.500
11.000
36
11
542
420
12.450
9.500
3.000
3.000
520
2.032
1.350
72
30
700.000 315.200
2.550
1.755
1.638.284 1.632.313
2
2
122
101
588.077 584.577
38.042
14.587
6.000
500
30
101
72
133
56
203
167
50
7
41.921
41.442
5.000
5.000
4.800
4.800
6
6
4
60
60
311
150
283
180
2.250.100 2.200.000
82.441
2.106
1.502
407
44
294
4
1
1
1.580
1.279
103.000
18.000
326
320
4.351
4.312
18.579
17.396
7.600
7.355
158.002 127.786
4
10.600
10.600
3
3
3.500
34
32
3.056
2.564
120.000
7.000
47.000
47.000
11.653
500
25
105
2.100
3.324
19.626
275
6
8.355
20
4
30.000
758
30
708
31
760
2.500
15
850
414
542
42
12.000
335
5.971
106
140
2
2.300
1.467
17
1.200
20.566
10
28
77
36
43
465
187
1
715
210
14
4
138
66
100
7
300
334
4
29
217
244
8.000
6
30
810
131
11.065
4
17
35.000
9
372
54
17.473
36
10.760.000 835
3
233.892.000 1.856
1.924 28.500.000 275
750
47
500.000
197
21.361.029 463
9
3.000.000
25
26.278.135 128
3
143.586.800 1.782
35 13.000.000
76
1.625
37
2.400
101
3.200.000
15
1.339
45.000.000 601
1
81.680.000 157
8
13.000
1
741 33.900.000 119
2
750.000
7
43
2.000.000
42
55.000.000 816
1
3
2
490.000
13
125
4
2
51
120.000
4
372.085 52.000.000 500
250
9
177.000.000 981
1
40.000
2
49.000.000 800
1.422
344
6.000 600.000
6
273
4
3
2
60.000
7
20.000
1
128
1.000.000
14
20.000
14
1
1
2
16
8
37
14
50.000
2.901
9.776.300
95
300
33
5
73
400.000
33
1
40
450.000
35
42.000 26.790.000 226
15.000
5
4
1
5.120.000
133
60 10.060.000 117
1.678
369
1
4.130.000
53
800.000
2
492
30.500
500
29.500
400.000
53.000 46.000.000
4.250.000
8.152.054
10
1
9
224
43
130
1
835
150
9
4
149
463
4
25
266
43
48
157
1
115
1
5
1
816
1
1
12
15
4
14
39
15
35
1
181
9
957
1
2
700
293
6
4
3
1
5
126
14
14
2
60
13
1
16
3.745
199
230
9
5
4
1
2
41
2
16
3
319
24
13
16
4
21
4.347
7
5
10
1.290
32
558
12
884
1
100
51
1
80
199
672
11
1
2
1
2
10
20
10
22
1
1
2
5
3
14
2.901
1.002
32
1
12
1
4
21
20
201
4
4
101
114
344
1
53
15
25
1
12
32
3
25
55
15
36
49
1
4
20
1
115
10
5
204
43
130
80
1
Última
Atualização
Last
Update
130
58
13
60
5
2
1
110
Compress.
823
3
75
37
85
15
1.140
15
60
8
21
117
Jun.'09
Out.'04
Jan. '10
Set. '09
Nov. '09
Jul. '09
Out. '09
Dez. '08
Dez. '07
Mai. '09
Dez. '07
Fev. '10
Set. '09
Out. '08
Dez. '07
Dez. '07
Out. '09
Jan. '10
Out. '09
Abr. '09
Jun. '09
Mar. '07
Abr. '09
Dez. '08
Set. '08
Fev. '09
Fev. '06
Jun. '09
Dez. '08
Jan. '08
Ago. '09
Nov. '09
Dez. '08
Abr. '09
Dez. '08
Out. '09
Out. '08
Set. '09
Jun. '09
Set. '09
Dez. '07
Dez. '07
Dez. '08
Jun. '09
Jul. '09
Mar. '07
Nov. '09
Dez. '07
Dez. '08
Mar. '06
Mai. '07
Mai. '05
Jun. '09
Mar. '07
Set. '09
Jan. '10
Ago. '09
Dez. '08
Dez. '08
Mai. '07
Jun. '09
Dez. '08
Abr. '09
Set. '09
Jun. '09
Jun. '09
Nov. '09
Abr. '05
Dez. '07
Jul. '07
Dez. '06
Out. '07
Jul. '08
Dez. '07
Dez. '07
Out. '09
Jan. '09
(a) O total geral não equivale ao número acumulado de veículos leves+ônibus+caminhões já que alguns países
só registram a população veicular a GNV total. Mesmo assim, posto que outros países/fontes deixaram de contabilizar os
veículos convertidos em base ao tipo de unidade, o total em cada país pode diferir da soma de leves+ônibus+caminhões.
Sem embargo, continuamos publicando as cifras fornecidas com antecedência sobre cada tipo de veículo para oferecer
ao leitor um panorama geral de cada mercado. Isto também é aplicável no caso dos postos de abastecimento.
Empresa
Company
BR
Ipiranga
Texaco
Esso
Forza
Quantidade
Amount
506
244
79
87
26
Empresa
Company
Shell
Repsol
Iqara
Alvo
Outros
Total
Quantidade
Amount
118
38
37
19
628
1.782
Resumo Latino americano - Latin American summary
Cidades
Postos de
Gás vendido
Conversões
com GNV
Abast.
por m3 mensal
veículos
Cities with Operac.
Gas sold m³
Conversions
NGV
Operat.
monthly
Vehicles
Argentina
329
1.856
233.892.000
1.820.601
Bolivia
6
128
26.278.135
122.812
Brasil
295
1.782
143.586.800
1.631.173
Colômbia
79
601
45.000.000
303.549
Chile
5
15
3.200.000
8.064
México
2
14
20.000
4.800
Peru
2
95
9.776.300
82.441
Trinidad & Tobago
11
13
1.800.000
4.000
Venezuela
26
150
8.152.054
15.000
Total
755
4.654
471.705.289
3.992.440
Países
Countries
150
601
1.782
95
1.856
128
Peru
Argentina
Uspallata 711
1268 Capital Federal Argentina
Tel: +54 11 43074559/5201/43006137
[email protected]
www.prensavehicular.com
Av. Brasil 3222 Oficina 403
A Magdalena del Mar
CP: Lima 17
[email protected]
www.ngvgroup.com
Itália
Coréia
■
Vicolo Gonzaga 13
46045 Marmirolo (Mn) Italia
Tel.: +39 0376 294055
[email protected]
www.thegvr.com
■
300-5 Changchon-Ri Namsan-Myun
Chuncheon-Si Kangwon-Do 200-911
Tel.: (82-33) 260-3419
Fax: (82-33) 260-3419
[email protected]
■
■
■
■
Brasil
Av. Rio Branco, 131 Sala 1.701
CEP: 20040-006 Rio de Janeiro - RJ
Tel: +55 21 8572-1086
[email protected]
www.folhadognv.com
Folha do GNV é uma publicação da NGV Communications
Group, editora e organizadora de feiras e congressos.
No Brasil publica além do Guia Brasileiro de GNV, mapas,
posters e outros. Na Argentina edita a Prensa Vehicular,
Guia Argentino de GNV, mapas, livros e folhetos.
Na Europa produz The Gas Vehicles Report e Guia de
GNV Europeu. Na Peru edita a Prensa Vehicular Peru.
Na Ásia publica Asian NGV Communications.
Registro de marca (Registry of trade marks) nº 1698214 Registro da propriedade intelectual
(Registry of copy -right) nº 223200.
Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus
autores, assim como os anúncios publicados são de
responsabilidade de suas empresas e agências anunciantes, não
comprometendo a opnião editorial.Fica proibida a reprodução
total ou parcial do material que integra essa edição.

Documentos relacionados

Fabricantes de cilindros no ramo nacional e internacional de

Fabricantes de cilindros no ramo nacional e internacional de •Debates com representantes dos provedores internacionais de tecnologia, com os principais agentes financeiros, e com especialistas do setor; •Sessões de perguntas e respostas; •Jantar oferecido pe...

Leia mais

Companhias de gás do sul do Brasil mostram seu crescimento no

Companhias de gás do sul do Brasil mostram seu crescimento no Frank Chen, presidente da Associação Brasileira do Gás Veicular – Abgnv, fala de suas perspectivas com relação ao combustível gasoso no Brasil.

Leia mais

A Itália se prepara para receber os principais protagonistas do setor

A Itália se prepara para receber os principais protagonistas do setor atendidos em Angra. A escolha do estabelecimento será feita pela Neogas que levará em conta a localização do posto, capacidade para comportar a carreta e impactos da atividade na vizinhança. De aco...

Leia mais

Madrid becomes the capital of the natural NGV

Madrid becomes the capital of the natural NGV no desenvolvimento deste combustível. A parir deste ponto, o mundo do metano debateu e construiu seu futuro.

Leia mais

Rio welcomes NGV elite

Rio welcomes NGV elite veicular no Brasil e já tendo passado dos 1.600 postos de abastecimento, o País realiza pela primeira vez o evento mundial, as Olimpíadas do gás natural veicular, a NGV 2008. este contexto o mercad...

Leia mais

Companhias de gás continuam com suas apostas no

Companhias de gás continuam com suas apostas no público: de 32 mil em 2006 para mais de 35 mil visitantes. O número de trabalhos técnicos também superou as edições anteriores: dos mais de 1.000 sumários entregues, cerca de 750 foram aprovados na...

Leia mais

Congresso Mundial a todo gás no Rio

Congresso Mundial a todo gás no Rio de mais moderno e sofisticado em soluções de produtos para GNV no mercado.

Leia mais

Os benefícios do uso do GNV

Os benefícios do uso do GNV Somente o Estado do Rio de Janeiro possui metade da frota nacional de veículos movidos a GNV. Esse foi um dos motivos que levou a cidade a ser escolhida como a sede do 11º Congresso Mundial de GNV....

Leia mais

Balanço 2005

Balanço 2005 Barra Mansa (RJ), e cerca de 240 mil kits de conversão/ano em sua fábrica, também localizada em Manaus, uma associação com a BRC, empresa líder mundial de kits de conversão. O mercado de GNV cresce...

Leia mais