A( ) B( ) Simulado Discursivo 1.2 – 26/02/2014 3ª s

Сomentários

Transcrição

A( ) B( ) Simulado Discursivo 1.2 – 26/02/2014 3ª s
Nome:____ _______________________________________ nº_____
SALA - A( ) B( )
Simulado Discursivo 1.2 – 26/02/2014
3ª série do Ensino Médio
1. (Unicamp 2013) A história da doença de Chagas se inicia com uma tripla descoberta, ocorrida no interior de Minas
Gerais. Em abril de 1909, Carlos Chagas (1878-1934) comunicou ao mundo científico a descoberta de uma nova
doença humana. O agente causal da doença e seu vetor também haviam sido por ele identificados, ao final de 1908.
A descoberta de Chagas, considerada única na história da medicina, constitui um marco decisivo na história da
ciência e da saúde brasileiras, trazendo uma contribuição inovadora ao campo emergente da medicina tropical e dos
estudos sobre as doenças parasitárias transmitidas por insetos.
A doença de Chagas ainda preocupa, principalmente os moradores de Abaetetuba, no nordeste do Pará. De acordo
com a Secretaria de Saúde do Pará, só em agosto deste ano foram registrados 18 casos na região associados ao
consumo de açaí. No total, 365 casos foram contabilizados de janeiro a agosto de 2012. Nas regiões Sul e Sudeste
do Brasil, a transmissão dessa doença já foi relacionada ao consumo de garapa.
a) Indique o agente causal da doença de Chagas e seu vetor descritos pelo pesquisador em 1908-1909. Explique a
forma de transmissão dessa doença para humanos descrita por Chagas.
O causador da doença de Chagas é o protozoário Trypanosoma cruzi. Esse protoctista flagelado é
transmitido ao homem por meio das fezes contaminadas do inseto hemíptero conhecido popularmente por
barbeiro ou chupança.
b) Explique como o consumo de açaí ou de garapa pode transmitir essa parasitose. Como seria possível impedir
essa via de transmissão ao consumir esses alimentos?
O consumo de açaí ou garapa pode transmitir o protoctista porque, durante o processo desses alimentos e
bebidas ocorre a moagem. Junto com os vegetais podem estar barbeiros, ou suas fezes contaminadas com o
T. cruzi. A melhor forma de se evitar essa via de transmissão é a cuidadosa lavagem dos produtos antes de
serem processados para o consumo humano.
2. (Ufjf 2012) Observe a ilustração e leia a citação abaixo. Em seguida, responda ao que se pede.
Nascida nos quadros do Império Romano, a Igreja ia aos poucos preenchendo os vazios deixados por ele até, em
fins do século IV, identificar-se com o Estado, quando o cristianismo foi reconhecido como religião oficial. (...)
Estreitavam-se, portanto, as relações Estado-Igreja. (...) No Império Carolíngio, a aliança entre os reis e a Igreja foi
fundamental para a consolidação de ambos os poderes e, por vezes, a Igreja assumia funções que hoje
consideramos ser do Estado e este por sua vez interferia nos assuntos religiosos.
FRANCO JÚNIOR, Hilário. A Idade Média. Nascimento do Ocidente. São Paulo: Brasiliense, 2001. p.67,71
Sobre as relações entre Estado e Igreja, no período medieval, responda:
a) Qual a importância da Igreja Católica na administração dos reinos e impérios?
O estudante poderá destacar, dentre outras: que a Igreja era um poderoso senhor feudal e, nesta condição,
administrava vastos territórios (senhorios e cidades), exercendo a justiça e cobrando impostos. Essa
situação refere-se às terras pertencentes à Igreja Católica, na qual trabalhavam servos, como em um feudo
privado. Quanto aos reinos, havia forte relação entre os reis – principalmente os francos – e a Igreja, que
interferia na administração na medida em que muitos conselheiros e ministros do Rei eram membros do
alto clero.
b) De que maneira o poder régio contribuiu para a expansão da fé cristã?
O estudante poderá destacar, dentre outros elementos: a formação e envio de religiosos para promover a
conversão de pagãos; a organização e participação no movimento cruzadístico para combater os infiéis. Se
remontarmos a formação do Reino Franco e de seu primeiro rei, Clóvis, percebemos a aliança com a Igreja e
o combate a outros povos não cristãos como apoio ao Papa. A mesma aliança foi reforçada pelo líder franco
mais importante, o Imperador Carlos Magno, como demonstra a ilustração acima, coroado no dia de natal do
ano 800 pelo próprio Papa.
3. A coruja é um animal de hábitos noturnos que precisa comer vários ratos por noite. Um dos dados utilizados para
localizar um rato é o intervalo de tempo entre a chegada de um som emitido pelo rato a um dos ouvidos e a
chegada desse mesmo som ao outro ouvido. Imagine uma coruja e um rato, ambos em repouso; num dado instante,
o rato emite um chiado. As distâncias da boca do rato aos ouvidos da coruja valem d1 = 12,780 m e d2 = 12,746 m.
Calcule o intervalo de tempo entre as chegadas do chiado aos dois ouvidos.
Obs.: velocidade do som no ar = 340 m/s
V= d/t
t1= 12,780/340
t2= 12,746/340
-4
t=|t1 -t2| = 0,034/340 = 0,0001s = 10 s
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
The re-enchantment of everyday life
Enchantment is both the capacity of the world to charm us and the inspiration that comes upon us when we
open ourselves to the magic in everyday experiences. An enchanted world is alive and rich in personality. It reveals
itself to us in its beauty and poetic presence that ultimately make life feel worth living.
1
Over the years, we have taken such pride in our scientific and technological achievements that we have
come to imagine our entire lives as mechanical. We prize our rationality and quantifying methods, believing that they
2
offer unmatched reliability. We have even introduced them into our arts and our psychological studies and therapies.
But we pay a price for this kind of progress. We have lost much that quickens the heart and nurtures the
imagination. Our arts are marginalized as never before. Education has been reduced to information gathering and
training. Medicine neglects the soul and spirit, and focuses exclusively on the purely physical dimensions of the
person, using only mechanical and chemical means of healing. Politics appears obsessed with power and money
instead of genuine needs of communities. All of these aspects of modern life hurt the soul and, therefore, decrease
our humanity.
3
It's tempting to respond to these serious problems with remedies that remain within the paradigm of modern
culture instead of imagining an altogether different way of life. A philosophy of enchantment turns current values
upside down and asks that we step outside the frontiers of contemporary wisdom. Instead of rushing into the future,
we might profoundly appreciate the past, and instead of treating nature as an inert, inanimate substance - a resource
for making the merely physical world, we might grant it its soul and personality. We become enchanted and inspired
when we open our senses and our imagination to the song and speech of the world.
To live in an enchanting world we have to assume a receptive posture rather than an exclusively active one.
We can become skilled at allowing the world in, taking its secrets to heart and finding power outside of ourselves. This
is the chief teaching of the wise, who have explored the secret potentialities of nature and human ingenuity in every
period of history and in every culture. When, emptied of the debris of modernism, we enjoy the role of being a conduit
for the powers that lie outside us, the world floods us with its wisdom and support.
THOMAS MOORE
http://www.spiritualityhealth.com
4. (Uerj 2006) Observe os seguintes fragmentos:
Página 2 de 4
1) We have even introduced THEM into our arts (ref. 2)
2) It's tempting to respond to THESE SERIOUS PROBLEMS with remedies (ref. 3)
As palavras destacadas são exemplos de mecanismo de coesão textual.
Indique:
a) os referentes de THEM no fragmento 1;
nossa racionalidade e métodos de quantificação
b) dois dos problemas a que se refere o fragmento 2.
Dois dentre os problemas:
- a marginalização das artes
- a obsessão dos políticos por poder e dinheiro
- a redução da educação a coleta de informações e treinamento
- a preocupação da medicina com os aspectos físicos das pessoas e o uso de meios puramente mecânicos e
químicos de cura
5. [UnB-MODIFICADA] Cada estrutura lateral de uma torre metálica, em forma de uma pirâmide regular de base quadrada,
consiste de um triângulo isósceles ABC, de base BC, conforme representado na figura adiante. Para minimizar o número
de peças de tamanhos distintos na fabricação da torre, as barras metálicas BC, CD, DE, EF e FA têm comprimentos iguais.
Calcule a medida do ângulo BÂC.
6. (Unesp 1995) Considerando-se que o último verso da cantiga caracteriza um diálogo entre personagens;
considerando-se que a palavra "abutre" grafava-se "avuytor", em português arcaico; e considerando-se que, de
acordo com a tradição popular da época, era possível fazer previsões e descobrir o que está oculto, comendo carne
de abutre, mediante estas três considerações:
a) Identifique o personagem que se expressa em discurso direto, no último verso do poema;
A mulher.
b) Interprete o significado do último verso, no contexto do poema.
Ela considerou o poeta uma espécie de vidente, pois descobriu o seu sofrimento amoroso.
Página 3 de 4
7. (Unesp 2003) O valor considerado normal para a quantidade de ozônio na atmosfera terrestre é de
aproximadamente 336 U. D. (Unidades Dobson), o que equivale a 3,36 L de ozônio por metro quadrado de superfície
°
ao nível do mar e à temperatura de 0 C.
2
°
a) Calcule a quantidade de O3, em número de mols por m , nessas condições (336 U. D. no nível do mar e a 0 C).
b) Sabendo que um átomo de cloro (Cℓ) pode reagir com 100 000 moléculas de ozônio (um dos processos
responsáveis pela destruição da camada de ozônio), qual a massa de cloro, em gramas por metro quadrado,
suficiente para reagir com dois terços do ozônio nestas condições?
23
Dados: Massa molar do cloro (Cℓ): 35,5 g/mol. Número de Avogadro: 6,0 × 10 .
8. (UFC) A regionalização do espaço brasileiro tem sido trabalhada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
(IBGE) e por especialistas geógrafos que têm apresentado, ao longo dos anos, diferentes propostas de divisão
regional. Sobre o referido assunto, responda aos itens a seguir.
A. Cite a atual divisão regional adotada pelo IBGE.
O IBGE dividiu o Brasil em cinco macrorregiões geográficas, a saber: Norte,Nordeste, CentroOeste, Sudeste e Sul (divisão oficial).
B. Cite a divisão das regiões geoeconômicas (ou complexos regionais) no Brasil (proposta do geógrafo Pedro
Pinchas Geiger).
As regiões geoeconômicas (ou complexos regionais) do Brasil são: Amazônia, Centro-Sul e
Nordeste.
9. Quais as condições históricas que propiciaram o surgimento da Filosofia na Grécia?
As condições históricas que possibilitaram o surgimento da pólis foram a formação da pólis e toda a nova
organização social e política que as cidades estados exigiam. O surgimento da vida urbana, juntamente com
o aparecimento da política deu possibilidade para a prática filosófica do saber racional.
Página 4 de 4