2015_Quem_Ganha_a_Guerra_

Сomentários

Transcrição

2015_Quem_Ganha_a_Guerra_
Quem Ganha a Guerra dos Tronos?
Moral, Força e Dinheiro na Disputa
pelo Poder.
João Gabriel Burmann da Costa
Agradecimentos
•
•
•
•
Marcelo Kanter e Júlia Rosa
Humberto Carvalho
Professor Nilo Piana de Castro
Professor José Miguel
Teorias de Relações Internacionais
• Realismo:
– “A realidade como ela é, e não como deveria ser.”
– “No estado de natureza, a vida seria desagradável,
bruta e breve.”
• Idealismo / Liberalismo:
– Os conflitos não são inevitáveis, e pode haver
mecanismos de cooperação que reduzam a
conflituosidade das interações.
Situação Inicial
•
•
•
•
•
Casa Reinante: Baratheon;
Aliança de Casamento com Lannister;
Mão do Rei: Arryn;
Stark ligados por motivos pessoais;
Tully: ligados por casamento a Stark e Arryn;
• Greyjoy derrotados; Tyrell apaziguados; e
Martell isolados.
Stannis Baratheon
• Experiência militar e Força Moderada
– Cerco de Ponta Tempestade;
– Batalha de Fair Isle;
– Derrota na Batalha de Água Negra.
• Grande disposição de Dinheiro, via Banco
de Braavos.
• Isolado Políticamente.
• “Poucas coisas são tão terríveis quanto
um homem verdadeiramente justo”;
• Religião como fator de coesão/rejeição:
poder Moral indeterminado.
O Rei-além-da-Muralha e os Povos Livres +
Patrulha da Noite (John Snow)
• Êxodo;
• Articulação de imensa aliança:
grandes conexões políticas.
• Força Moderada
• Sem Dinheiro;
• Falta de disciplina;
• Moral: luta pela sobrevivência.
Casa Lannister + Tyrrel + Martell
• Grande disponibilidade de
dinheiro: Minas de ouro;
• Grande Força: Capacidade de
mobilização militar e controle
do Exército Real.
• Baixo Poder Moral: baixa
popularidade e histórico
conturbado.
• Tyrell: Força, dinheiro, e o
“celeiro de Westeros”;
Daenerys Targaryen
• Falta de experiência política.
• Grande Força: Monopólio dos
Dragões.
• “Tirano”x”Basileu”: a conquista
do poder;
• Conquista de aliados;
• Experiência de emancipação e
aprendizado;
• Grande Moral: ideal de liberdade
no continente de Essos.
• Meios de pagamentos limitado.
Petyr Baelish, “Mindinho”
•
•
•
•
“No Caos há oportunidades”;
Falta de estratégia;
Fomento da instabilidade para ganhos táticos;
O improviso exclui planos de longo prazo;
Questões para Debate
• O Caos como “estratégia”;
• Caminhantes Brancos: o overlay e a ameaça
universal;
• A invasão de Daenerys: o surgimento de um
ator externo;
• A unificação, a Paz Perpétua e o Estado
Mundial;
• A Patrulha da Noite e o proto-exército;

Documentos relacionados