CEO da Solar Energy do Brasil, Hewerton Martins

Сomentários

Transcrição

CEO da Solar Energy do Brasil, Hewerton Martins
SOLAR ENERGY
DO BRASIL
#1 EM ENERGIA RENOVÁVEL
ATUAÇÃO NACIONAL
PROJETOS DE MICRO
E MINI GERAÇÃO DISTRIBUIÍDA
REN 482 - ANEEL
RESIDENCIAL
COMERCIAL
PROJETOS REGISTRADOS
ANEEL – 12-05-2014
FONTE: BIG ANEEL
MICRO GERAÇÃO
QUANTIDADE DE PROJETOS
TOTAL
87
Solar Energy
27
Outros
60
TOTAL
Solar Energy
Outros
09
CONCESSIONÁRIAS
11
34,68 kW
3
9,74 kW
6
12 kW
1
1,5 kW
1
2,3 kW
2
3,61 kW
3
14,66 kW
POTÊNCIA - kW
427,8
78,49
349,31
PROJETOS SOLAR ENERGY
MICRO GERAÇÃO
0 A 100 kW
QUANTIDADE DE PROJETOS
TOTAL
75
Solar Energy
41
Processo de Inst.
34
1
11,52 kW
2
3,29 kW
18 - CONCESSIONÁRIAS
01 - COOPERATIVA
2
21,12 kW
1
2,4 kW
1
4,32 kW
28
97,22 kW
4
48,38 kW
14
38,2 kW
3
8,81 kW
2
4,7 kW
3
6,31 kW
14
58,33 kW
POTÊNCIA - kWp
TOTAL
304,6
Solar Energy
159,4
Processo de Inst.
145,2
PRINCIPAIS BARREIRAS VENCIDAS:
 Desconhecimento da REN482
 Não cumprimento dos prazos estabelecidos no PRODIST
 Licenciamento ambiental para instalação em telhado Exigência de projeto elétrico do imóvel e planta civil,
plantas da rede de distribuição da concessionária Ausência de medidor bidirecional adequado para
Bifásico, uso de medidor SmartGrid - Exigência de poste de 4 mil reais Conta de Luz da Micro Geração
incorreta, inexistente ou em excell (todas concessionárias)
 Falta de padronização ou definição da DSV (não é mais necessário)
 Certificação dos Inversores pelo Inmetro NBR 16149 (exigência lista ABRADEE)
AÇÕES: 6 NOTIFICAÇÕES DE RECLAMAÇÃO PARA ANEEL
Acionamento via Ouvidoria das Concessionárias sem retorno
CONQUISTAS PARA CRESCIMENTO DA MICRO E MINI GERAÇÃO
 Linha de Crédito Incentivada (realidade atual 1,5% ao mês)
 Isenção do ICMS sobre a Geração Distribuída
 Incentivo tributário para equipamentos fotovoltaicos – Ex: (17% icms inversor)
RESULTADOS
EFETIVOS
Certificação SELO SOLAR
Uma forma de incentivo e divulgação
07 – Mato Grosso do Sul
01 – Santa Catarina
03 – Rio de Janeiro
http://www.selosolar.com.br/quem-possui/
CELESC
•
Primeiro Selo Solar de Santa Catarina foi conferido para uma casa em Videira, no
Meio-Oeste do Estado, no dia 17 de abril.
•
A residência de Marcelo Colle recebeu a certificação do Instituto Ideal como um
reconhecimento pelo uso da eletricidade solar.
Videira-SC
SOLAR 200
1,61 kW
Instalação Certificada
com o SELO SOLAR
ENERSUL
LÚCIO
Campo Grande-MS
11,04 kW
Instalação Certificada
com o SELO SOLAR
ESTACIONAMENTO ECOLÓGICO
Campo Grande-MS
11 kW
www.solarenergy.com.br
FOTOS DA CERIMÔNIA DE
ENTREGA DO SELO SOLAR AOS
CLIENTES DA SOLAR ENERGY
7 Certificações no MS
LIGHT
Rio de Janeiro - RJ
São Conrado
8,28 kW
UNIVATES - UNIVERSIDADE
Lajeado-RS
2,3 kW
#1
Primeiro do
RS registrado.
Rio de Janeiro - RJ
São Conrado
11,52 kW
ABNT
NBR-16149
Tecnologia Solar Energy
SENAI-PR
Curitiba-PR
2,3 kW
24
MONITORAMENTO ON LINE
DA GERAÇÃO SOLAR

Documentos relacionados

Ferramentas de apoio à geração distribuída

Ferramentas de apoio à geração distribuída • Projetos contratados levarão a 14,3GW até 2018 • Segunda fonte + competitiva do país (R$ 130,00/MWh) • Chui I e II liberadas em 22.06 para operação comercial

Leia mais