Goiânia, 23 de novembro de 2014 - Centro Cultural Oscar Niemeyer

Сomentários

Transcrição

Goiânia, 23 de novembro de 2014 - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Goiânia, 23 de novembro de 2014
1
2
I – SUMÁRIO
I - Apresentação, 04
II - Ocupação dos Espaços, 05
III – Receitas e Despesas, 07
IV – Evolução de Público, 08
V - Sinopse dos Eventos, 09
VI - Apresentações da Orquestra Filarmônica de Goiás (OFG), 56
VII - Grupo de Teatro do CCON – Verus GladiAtores, 80
3
I - APRESENTAÇÃO
Um dos grandes desafios do Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON) foi oferecer aos seus
usuários um local aprazível, seguro e com diversificadas ações culturais, onde não deixamos de atender
nenhum segmento e pudemos ter uma vasta agenda de atividades, o que torna este espaço um centro de
excelência da cultura goiana.
Nada disso seria possível, sem o apoio e parceria da Agência Goiana de Transportes e Obras
Públicas (Agetop), onde a sensibilidade do presidente Jaime Rincón, conseguiu aumentar ainda mais a
beleza da Esplanada Juscelino Kubitscheck, com moderna iluminação, melhorias do Palácio da Música
Belkiss Spenzièri, belíssimo paisagismo, e apoio constante em todas nossas ações.
Através do Termo de Utilização de Uso (TAU), vários produtores, artistas, empresas, associações,
entidades filantrópicas e segmentos do governo puderam, a preços módicos, usar os espaços do Palácio da
Música Belkiss Spenzièri, do Monumento aos Direitos Humanos, do auditório Lygia Rassi e da Sala Célia
Câmara, bem como do Museu de Arte Contemporânea (MAC) e as das duas galerias (DJ Oliveira e Cléber
Gouvêa); igualmente do prédio da Biblioteca, incluindo nele eventos que ocorreram no restaurante
panorâmico, no Auditório Tadeu Batista e nas salas de cinema Glauber Rocha e João Bênnio e na Esplanada
Juscelino Kubistchek, além até mesmo do nosso estacionamento.
As diversas atividades culturais que por aqui passam são um demonstrativo da efervescência
cultural goiana e da oportunidade de oferecermos o que há de melhor a quem dela necessita. O Centro
Cultural Oscar Niemeyer não mediu esforços para vencer os entraves burocráticos e trazer alegria, lazer e
entretenimento aos seus usuários.
Apresentamos mais do que um relatório anual: o resultado de ações planejadas e executadas,
acompanhadas por profissionais comprometidos e da mais alta capacitação técnica, cujos resultados nos
colocam em primeiro lugar em mídias espontâneas e de maior cobertura pela imprensa goiana.
O Centro Cultural Oscar Niemeyer nasceu do sonho coletivo, mas também da visão de indivíduos
que dedicaram vidas para realizar sonhos através da cultura, e a estes homenageamos por seus desideratos
através de nosso trabalho e dedicação.
Nasr Nagib Fayad Chaul
Chefe do Gabinete Gestor do Centro Cultural Oscar Niemeyer
4
II - OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS - 2014

Palácio da Música Belkiss Spenzièri
04 Eventos do Governo: 5.800
08 Shows: 10.400
18 Apresentações da Orquestra Filarmônica de Goiás (OFG): 9.350
05 Palestras, Seminários, Cursos: 10.080
03 Festivais: 12.000
TOTAL: 47.630

Esplanada Juscelino Kubitscheck
05 Shows: 9.500
04 Projetos do Pipas, Raios e Papagaios (CCON): 2.000
04 Projetos do Dança Comigo: 1.000
03 Festas: 2.800
02 Exposições: 26.000
300 dias - Média de 150 /dia para o Público de Patinação, Skate, Ciclismo e Aeromodelismo: 45.000
TOTAL: 86.300

Monumento aos Direitos Humanos:
08 edições do Café de Ideias: 2.950
03 Palestras: 750
02 Exposições (Sala Célia Câmara): 5.000
TOTAL: 8.700
5

Prédio da Biblioteca:
03 palestras no Auditório Tadeu Batista: 400
05 Evento de dança (Pavimento Paulo Bertran): 1.150
03 Casamentos (Restaurante Panorâmico): 1.100
02 Festas (Restaurante Panorâmico): 850
TOTAL: 3.500

Museu de Arte Contemporânea (MAC) e Galerias:
04 Exposições no MAC: 43.000
05 Exposições na Galeria DJ Oliveira: 19.200
02 Exposições na Galeria Cléber Gouvêa: 15.000
01 Exposição do MAC no Hospital de Urgência de Goiânia: 15.000
10 Edições da Feirinha: 12.800
TOTAL: 105.000

Orquestra Filarmônica de Goiás (OFG):
18 Apresentações no Palácio da Música Belkiss Spenzièri: 9.350
03 Apresentações no Teatro do SESI: 1.400
08 Apresentações no Teatro Goiânia: 4.350
01 Apresentação no Teatro Rio Vermelho: 2.000
01 Apresentação no Teatro UFG (quarteto de Cordas): 200
03 Apresentações igrejas: 700
01 Apresentação no Hospital de Urgência de Goiânia (Quarteto de Cordas): 200
04 Apresentações na Turnê Estadual: 1.750
05 Apresentações na Turnê Nacional: 3.480
TOTAL: 21.630

Grupo de Teatro do CCON – Verus GradiAtores:
16 Cursos, Palestras e Oficinas: 469
09 Apresentações: 355
07 Apresentações do Cineclube: 140
TOTAL: 964
TOTAL GERAL: Correspondente ao período de 1º. de Janeiro a 23 de novembro de 2014
273.724
6
III – RECEITAS E DESPESAS DO CCON
RECEITAS
DESPESAS
Aluguel dos Espaços (TAU):
R$ 438.380,00
Aluguel do Cinema:
R$ 22.470,38
Recurso do Tesouro (Orquestra Filarmônica):
R$ 1.499.600,00
Fundo Produzir (Janeiro e Fevereiro de 2014):
R$ 248.543,32
Secretaria de Estado da Cultura (Café de Ideia):
R$ 100.000,00
Café de Ideias 1o. Semestre:
R$ 182.500,00
Secretaria da Educação (Café de Ideias):
R$ 137.000,00
Secretaria da Educação (Pipas, Raias e Papagaios):
R$ 32.000,00
FUNDO ROTATIVO:
Empenhado: R$ 80.060,00
Gasto: R$ 62.537,00
R$ 460.850,38
R$ 2.262.180,30
7
IV – EVOLUÇÃO DE PÚBLICO
LOCAL
Palácio da Música Belkiss Spenzièri
2011
2012
2013
2014
TOTAL
24.500
59.000
61.900
47.630
193.030
Esplanada JK
3.150
3.850
15.700
86.300
109.000
Monumento aos Direitos Humanos
1.000
2.345
5.150
8.700
17.195
Prédio da Biblioteca
3.150
1.600
51.170
3.500
59.420
12.200
13.400
10.000
105.000
140.600
-
9.300
19.310
22.594
51.204
44.000
89.495
163.230
273.724
570.449
MAC e Galerias
Eventos Externos e OFG (2014)
Total Geral
8
V – SINOPSE DOS EVENTOS
25 de janeiro de 2014 – (Gravação de DVD da Banda Dominus)
Nascida em um ambiente estritamente familiar, a Dominus é a realização do sonho de quatro irmãos que
pretendiam oferecer uma música jovem e alegre aos participantes do grupo de oração que
frequentavam. A ideia foi muito bem aceita e o sonho modesto tomou outras proporções. A gravação do
DVD foi em comemoração aos 25 anos da banda.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 1.300
30 de janeiro de 2014 – (Palestra sobre Paulo Leminsk, com Justen Santana)
Palestra "Paulo Leminski, o carnavalizador de Curitiba", com o poeta e tradutor também curitibano Ivan
Justen Santana. Mestre em Letras pela Universidade de São Paulo (USP) com dissertação sobre Paulo
Leminski; abordou as biografias que Leminski escreveu, reunidas na edição Vida.
Prédio da Biblioteca (Auditório Tadeu Batista) - Público: 100
9
12 de fevereiro de 2014 – (Gravação do DVD de Gabriel & Rafael)
Gravação do DVD de Gabriel & Rafael - Dez despedidas, com participações de Cristiano Araújo e Thiago
Brava. Evento realizado somente para convidados.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 1.500
08 de março de 2014 – (Show Essa Noite Vai Ter Sol )
Marcando o encerramento da temporada
da Exposição Múltiplo Leminski em Goiânia
foi realizado o show musical ‘Essa Noite vai
ter Sol’, com a cantora Estrela Ruiz
Leminski, filha de Paulo Leminski, e
participação especial da cantora Zélia
Duncan.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 1.000
10
10 de março de 2014 (Palestra sobre Motivação para os músicos da OFG )
Palestra com o ex-secretário de Estado de Gestão e Planejamento Giuseppe Vecci, sobre motivação, aos
componentes da Orquestra Filarmônica de Goiás (OFG), e abertura dos ensaios com o novo Maestro
Titular, Neil Thomson.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri - Público: 80
13 de março de 2014 (Café de Ideias – Palestra com Jorge Forbes)
Jorge Forbes, psicanalista, que proferiu a palestra: "Psicanálise do século XXI, como viver na globalização",
realizada no Auditório Lygia Rassi e Sala Célia Câmara, do Monumento aos Direitos Humanos do Centro
Cultural Oscar Niemeyer.
Monumentos aos Direitos Humanos – Público: 500
11
24 de março de 2014 (Evento da Academia da Polícia Militar)
Goiás conta com 1.300 policiais temporários para reforçar a segurança em todo o Estado e mais 1.100
efetivos estão em formação da Academia de Polícia. Este ano é o ano da segurança pública em Goiás! Foi
com este pensamento que o governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, juntamente com o
comandante geral da Polícia Militar, coronel Sílvio Benedito Alves, participou da formatura de 800 novos
policiais militares temporários.
A mega formatura foi no Palácio da Música Belkiss Spenzieri. no Centro Cultural Oscar Niemeyer , na
manhã desta segunda-feira (24) , e contou, ainda, com as presenças do vice-governador de Goiás, José
Éliton, do Secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, do alto comando da PM, autoridades
políticas, familiares e amigos dos formandos.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 1.500
27 a 30 de março de 2014 (VI Edição do Goyaz Festival)
O melhor do Jazz em Goiânia. Consolidado como o maior festival no segmento musical instrumental do
Centro-Oeste e um dos maiores do país, o Goyaz Festival promoveu um verdadeiro caldeirão de sons,
misturando as criações regionais, nacionais, internacionais e passando por inúmeros gêneros musicais do
Jazz a World Music. Entre as atrações apresentaram: Nana Vasconcelos, Makimatrio e convidados, Trio
Corrente, Fabiano Chagas e Orquestra Filarmonica de Goiás. Entrada Franca.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri - Público: 5.000
12
28 de março de 2014 (Café de Ideias, com Viviane Mosé)
Palestra "Como a filosofia pode nos ajudar a enfrentar a crise contemporânea”, com a mestra e doutora em
filosofia pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) - Público: 300
03 de abril de 2014 (Programa Cidadão Seguro - DETRAN)
Governador Marconi Perillo, em evento realizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer, apresentou dados
estatísticos do Programa “Goiás Cidadão Seguro”, da Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO), onde na
oportunidade lançou o que ele, chamou de “pacto pela paz na sociedade”, convidando e conclamando o
poder público e a sociedade a se unirem em busca de alterar a legislação penal, de forma que os criminosos
permaneçam nas cadeias, e não sejam soltos com pouco tempo, como sempre ocorre hoje, e nessa
opinião, comungo a mesma linguagem, reforçando a sua indignação, pois as leis possuem as suas brechas.
Mesmo as dificuldades existentes, os números comparativos de todas as modalidades de crimes ocorridos
em Goiás no primeiro trimestre de 2014 são melhores do que os de 2013, demonstrando, através de dados
estáticos, como afirmou o governador, a diminuição e a escalada descendente da violência.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 1.300
13
08 de abril de 2014 (Lançamento Opus Urbano)
Com o objetivo de incentivar e reconhecer o trabalho realizado pelos corretores de imóveis de
Goiânia, a Opus Inteligência Construtiva realizou, no Palácio da Música, no Centro Cultural Oscar
Niemeyer, o Meeting Opus Urbano
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 1.000
10 de abril de 2014 (Café de Ideias, com Demétrio Magnoli)
Palestra com o geógrafo e sociólogo Demétrio Magnoli, "O Brasil, 20 anos depois do Plano Real". O Plano
Real, de 1994, assinalou muito mais que uma ruptura com a economia da inflação. O Brasil rompia, naquele
momento, com uma extensa tradição política cujas raízes encontram-se no varguismo e que se desdobrou,
com características peculiares, no ciclo militar. Duas décadas mais tarde, aquela negação foi negada. A
ruptura da ruptura deu-se com a ascensão e a consolidação do lulopetismo, que representa uma retomada
e uma atualização do varguismo. A natureza restauradora do lulopetismo verifica-se pelo exame do sistema
político e do sistema econômico.
Currículo: Demétrio Magnoli, sociólogo e doutor em Geografia Humana, integra o Grupo de Análises da
Conjuntura Internacional da USP (GACINT-USP). É autor de diversas obras, como O corpo da pátria
(Unesp/Moderna), Uma gota de sangue (Contexto), Liberdade versus Igualdade (Record) e A vida louca dos
revolucionários (Leya). Atualmente, é colunista dos jornais Folha de S. Paulo e O Globo e comentarista de
Política Internacional do Jornal das Dez, da Globo News.
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) – Público: 350
14
16 de abril de 2014 (Jubileu de Cristal da UEG)
A Universidade Estadual de Goiás comemorou o seu Jubileu de Cristal no Palácio da Música do Centro
Cultural Oscar Niemeyer, em jantar para 500 convidados. Durante o evento, foi entregue o 1º. Prêmio UEG
de Jornalismo, contemplando jornalistas e veículos de comunicação que publicaram matérias e reportagens
relevantes para o ensino superior em Goiás.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri - Público: 1.000
24 de abril de 2014 (Palestra com Daniel Costa)
Palestra promovida pelo Museu de Arte Contemporânea de Goiás (MAC), com o artista Daniel Costa, que
marcou a pré-estreia da Mostra de Arte Urbana no Brasil Central, em exposição na Galeria Cléber Gouvêa
do MAC.
Prédio da Biblioteca (Auditório Tadeu Batista) - Público: 150
15
27 de abril de 2014 (Skate Rock Sessions 2014)
Shows com Hellbenders; Francisco, El Hombre (Campinas - SP); Shotgun Wives; Beavers; pista de skate,
ambiente Skate Shop. #qtovaleoshow
Esplanada Juscelino Kubistchek - Público: 3.000
26.04 a 30 de maio de 2014 (Exposição de Arte Urbana no Brasil Central - MAC)
Exposição de Arte Urbana realizada na Galeria de Arte Cleber Gouvêa. Entrada Franca.
Museu de Arte Contemporânea (Galeria Cleber Gouvêa) - Público: 10.000
16
04 de maio de 2014 (Projeto Pipas, Raias e Papagaios)
Projeto desenvolvido pelo Centro Cultural Oscar Niemeyer, na Esplanada JK, para confecção de pipas, muita
música e diversão.
Esplanada Juscelino Kubistchek - Público: 500
08 de maio a 29 de agosto de 2014 ( Pitágora e Godá - Exposição Totalitarium)
Abertura das exposições Totalitarium e Aurora Tecnicolor - O Museu de Arte Contemporânea de Goiás
(MAC), trouxe a exposições Totalitarium e Aurora Tecnicolor dos artistas plásticos goianos Pitágoras e
Rodrigo Godá. As mostras apresentaram 110 obras que ficaram em exibição de 8 de maio a 6 de julho.
Museu de Arte Contemporânea (MAC) – Público: 15.000
17
12 a 14 de maio de 2014 (XV Semana Jurídica da Uni-Anhanguera)
Maior evento jurídico destinado a acadêmicos de direito do Centro-Oeste Brasileiro, com renomados
palestrantes nacionais e internacionais. Aberto para acadêmicos de direito, organizado pela Coordenação
do Curso de Direito e Coordenação e Marketing da Uni-Anhanguera, Centro Universitário de Goiás.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri - Público: 3.000
13 de maio de 2014 (Projeto Dance Comigo)
Idealizado pelo Professor Heber Nunes, com apoio do Centro Cultural Oscar Niemeyer, realizado no pilotis
do Museu de Arte Contemporânea (MAC), com aulas de dança de vários estilos. Aberto ao Público.
Esplanada Juscelino Kubistchek - Público: 200
18
16 a 18 de maio de 2014 (Bananada 2014)
Um dos maiores eventos do rock alternativo em Goiás, chegou com sua 16ª. edição na capital goiana, com
realização da A Construtora Música e Cultura em parceria com a Petrobras.
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público: 1.500
19 de maio de 2014 (Café de Ideias – Fernando Cabeira)
Palestra: A DECADÊNCIA, A DESILUSÃO E O ESQUECIMENTO DA POLÍTICA
O declínio do homem e da coisa pública estão em processo de aceleração desde os anos 80. O Estado
encontra-se enfraquecido e sem radares apropriados para compreender os novos arranjos e os modos de
vida pós-modernos. É visível a decadência dos processos de representação, parlamentos e câmeras, que
tornam os “políticos” representantes indesejados. A complexidade é ainda maior em virtude do
fortalecimento do individualismo – o “eu-mínimo”, que se sustenta em precárias condições materiais e
subjetivas, busca agora outras formas para fazer Política".
Currículo: Escritor, jornalista e ex-deputado federal pelo Rio de Janeiro. É conhecido pela sua atuação no
Partido Verde brasileiro (do qual é membro-fundador), defendendo posições polêmicas em questões
consideradas como tabus na cultura política brasileira (como a profissionalização da prostituição, o
casamento homossexual e a descriminalização da maconha). É comentarista da Rádio CBN e apresenta um
programa no canal Globo News.
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi): Público: 500
19
21 de maio de 2014 (Palestra da ADESG-GO)
Cineclube ADESG-GO – Apresentou: Segredos da Tribo de José Padilh. Um documentário que relata os
primeiros estudos feitos por antropólogos com os índios ianomâmis, na parte venezuelana da Floresta
Amazônica. Em 1960, estes pesquisadores teriam sido responsáveis por uma série de abusos sexuais,
assassinatos e violações médicas com a população indígena. Duração: 110 minutos. Apoio D&M Produções
Audiovisuais. Entrada Franca
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) – Público: 250
20.05 a 29 de junho de 2014 (Exposição Impedimentos)
O Museu de Arte Contemporânea de Goiás do Centro Cultural Oscar Niemeyer apresentou
exposição Impedimento do artista mexicano Demián Flores. A mostra foi resultado da parceria entre o
Centro Cultural Oscar Niemeyer, o MAC|Goiás e a Embaixada do México no Brasil. Com entrada franca.
Impedimento é uma mostra multidisciplinar em torno do tema futebol e das possibilidades da criação de
jogos lúdicos que possibilitam a interação de sinais, símbolos e imagens, tanto históricos como políticos da
cultura contemporânea. De acordo com o artista, a interação gera rearranjos e campos de tensão onde
elementos relacionados com a identidade nacional, a memória e a vida cotidiana se intercalam através da
crítica, da sátira, do bom humor e da reflexão.
Trata-se de uma exposição itinerante da Secretaria de Relações Exteriores do México, composta por vídeos,
impressões digitais, uma instalação de 148 balões, um desenho mural de vinil de dimensões variáveis e
uma escultura de concreto e esmalte de 20cm de diâmetro.
Museu de Arte Contemporânea – MAC (Galeria Cléber Gouvêa) – Público: 3.000
20
22 de maio de 2014 (86º. ENIC)
Encontro Nacional da Indústria da Construção Civil (ENIC), com jantar e Show com Grace Carvalho e Grupo
Quasar. Para convidados.
Esplanada Juscelino Kubistchek: Público: 1.500
24 e 25 de maio de 2014 – (Goiás Inline)
Evento realizado pelo Goiás Inline (comunidade, formada pelos praticantes de patinação e roller), com
apoio do Centro Cultural Oscar Miemeyer, worshop com o patinador Rodrigo Morgado.
Esplanada Juscelino Kubistchek - Público: 500
21
24 de maio de 2014 – (Varietê na Mostra)
Concurso de performances artísticas realizadas na Esplanada JK, realizado pela Arte Plena, com o intuito de
valorizar o artista circense que executa seus mais variados e excêntricos números, com premiações aos três
primeiros colocados.
Esplanada Juscelino Kubistchek - Público: 300
24 de maio de 2014 – (Pipas, Raias e Papagaios)
Projeto desenvolvido pelo Centro Cultural Oscar Niemeyer, na Esplanada JK, para confecção de pipas, muita
música e diversão.
Esplanada Juscelino Kubistchek - Público: 500
22
26 de maio de 2014 – (Modernizar para Servir – DETRAN)
O congresso aconteceu no Centro Cultural Oscar Niemeyer e teve como objetivo a uniformização
dos procedimentos realizados e a revitalização do Planejamento Estratégico do órgão para o
período 2014-2018. Participaram da abertura do evento, o deputado federal Heuler Cruvinel, o
secretário da Fazenda, José Taveira Rocha, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do
Estado de Goiás, Coronel Carlos Helbingen Júnior, os diretores do Detran-GO Horácio Mello
(Técnica) e Manoel Araújo (Gestão Planejamento e Finanças).
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 2.000
31 de maio de 2014 – (Gravação do DVD/Blue Ray do Biquíni Cavadão)
Gravação do DVD/Blue Ray "Me leve sem destino", no Palácio da Música Belkiss Spenzièri do Centro
Cultural Oscar Niemeyer, em comemoração aos 30 anos de carreira.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri - Público: 1.500
23
01 de junho de 2014 – (Projeto do CCON – Pipas, Raias e Papagaios)
Projeto desenvolvido pelo Centro Cultural Oscar Niemeyer, na Esplanada JK, para confecção de pipas, muita
música e diversão.
Esplanada Juscelino Kubistchek - Público: 500
24
02 a 08 de junho de 2014 – (Festival Internacional de Dança de Goiás)
Participação do Ballet do Senegal; Quasar Cia de Dança; Dançarte Cia de Dança e bailarinhos convidados
Amanda Gomes e Edson Barbosa. Workshops com Brian McSween - Ballet Clássico - EUA; Global Bob Dancehall - Jamaica; Jennifer Archibald - Dança Contemporânea - EUA; Alexandre Magno - Jazz - EUA; David
Çim - Dança de Rua - EUA; Marlene Lago - Ballet Clássico - Uruguai; Andreia Dias - Dança Contemporânea Portugal; Adriano Vielea - Ballet Clássico - Brasil.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri - Público: 4.000
25
04 de junho de 2014 (Abertura do GOFaschion 2014)
Abertura do GOFaschion 2014 no auditório Lygia Rassi, com a presença da primeira-dama do Estado,
Valéria Jayme Perillo.
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) – Público: 300
04 de junho de 2014 (Palestra e Exposiçã de Hugo França)
Hugo França nasceu em Porto Alegre, em 1954. Em
busca de uma vida mais próxima da natureza,
mudou-se para Trancoso, na Bahia, no início da
década de 80, onde viveu por 15 anos. Lá,
percebeu o grau de desperdício na extração e uso
da madeira, vivência que pautou seu trabalho.
Desde o final dos anos 1980, desenvolve
"esculturas
mobiliárias",
expressão
usada
primeiramente pela crítica Ethel Leon e adotada
pelo designer por sua precisão em descrever a
produção que ele executa a partir de resíduos
florestais e urbanos - árvores condenadas
naturalmente, por ação das intempéries ou pela
ação do homem.
As peças criadas pelo designer nascem de um
diálogo criativo com a matéria-prima: tudo
começa e termina na árvore. Ela é a sua
inspiração; suas formas, buracos, rachaduras,
marcas de queimada e da ação do tempo provocam
sua sensibilidade e o conduz a um desenho
cuidadosamente escolhido, uma intervenção
mínima que gera peças únicas.
Na busca para apresentar o que há de novo em desenvolvimento sustentável, o Centro Cultural Oscar
Niemeyer trouxe Hugo França no dia 5 de junho para participar da abertura da exposição que leva seu
nome.
A mostra ficou em cartaz até o dia 15 de junho e contou com peças escolhidas especialmente pela nossa
nova parceira em Goiânia, a ID+D.
26
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) – Público: 1.500
06 de junho de 2014 (Palestra GOFaschion)
Palestra realizada no Auditório Lygia Rassi, do Monumento aos Direitos Humanos, com Luiz Faccioni.
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) – Público: 200
06 de junho de 2014 (Abertura do Exposição do Designer Hugo França)
Exposição de Hugo França no prédio do Monumento aos Direitos Humanos, com a presença da primeiradama Valéria Perillo, que aconteceu até o dia 15 de junho, e apresentou um diálogo criativo com a matériaprima que é marca registrada do designer.
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) – Público: 3000
27
07 de junho de 2014 – (A Melhor Festa do Ano)
Evento realizado pela Boate Villa Mix, na Esplanada JK do Centro Cultural Oscar Niemeyer, com atrações de
Ultrahouse, Rafael Brusadim, Diego Falleiros, Marcela Moura, Joe Paes e Flávio Ribeiro.
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público: 2.000
15 de junho de 2014 – (Projeto Dance Comigo)
Projeto Dance Comigo Idealizado pelo Professor Heber Nunes, o festival é um evento particular, com apoio
do Centro Cultural Oscar Niemeyer, que acontece duas vezes por mês no pilotis do Museu de Arte
Contemporânea (MAC) do CCON. Professores de dança de várias escolas goianas ensinam vários estilos de
dança.
28
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público: 200
30 de junho de 2014 – (Projeto Dance Comigo)
Projeto Dance Comigo Idealizado pelo Professor Heber Nunes, o festival é um evento particular, com apoio
do Centro Cultural Oscar Niemeyer, que acontece duas vezes por mês no pilotis do Museu de Arte
Contemporânea (MAC) do CCON. Professores de dança de várias escolas goianas ensinam vários estilos de
dança.
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público: 200
19 de junho de 2014 – (Exposição Reconhecimento de Padrões)
Exposição inédita composta por vídeo com instalação interativa em doze canais de vídeo e cinco de áudio,
e um conjunto de imagens digitais do artista multidisciplinar Fernando Velázquez, com curadoria de Gilmar
Camilo.
Museu de Arte Contemporânea de Goiás (MAC) – Galeria DJ Oliveira – Público: 350
29
20 de junho de 2014 – (Cursos de Teatro - GladiAtores)
Konstantin Stanislavski foi o fundador do Teatro de Arte de Moscou que, até hoje, é uma das mais
importantes escolas de teatro do mundo. Lá se pesquisava, estudava, desenvolvia e se produzia teatro.
Stanislavski é conhecido como o maior mestre da historia da atuação. A sua busca era uma interpretação
verdadeira, fugindo do antigo exagero teatral. Por isso, alguns atores e dramaturgos goianos formaram o
grupo com o primeiro nome de “Verus” significando verdadeiros. Na escola de Stanislavski, além de os
alunos e atores aprenderem a arte da interpretação, ele tinham aulas dança, ginástica, esgrima, outras
espadas de combate, tropeços, voz, dicção, movimento, boxe, trabalho com máscara e muito mais. Para
reproduzir essa intensidade de treinamento, os atores também são chamados de “GladiAtores”. Por hora,
serão estudados a história do teatro, dramaturgia, interpretação, educação física, circo, combate cênico,
trilha sonora e arte reciclagem. Verus também foi o nome de um grande gladiador, o único a ter uma luta
registrada no poema de Marcus Valerius Martialis, que ainda é conhecido nos atuais. Nesta luta Verus e
Priscus duelaram com tal perfeição que ambos foram declarados vitoriosos e premiados pelo Imperador
Tito com a liberdade.
Cursos de Drama, Ferramentas Sonoras, Iluminação Teatral e Interpretação, pela Companhia de Teatro
GladiAtores do Centro Cultural Oscar Niemeyer.
Prédio da Biblioteca - Público: 400
27 de junho de 2014 – (Feirinha do Oscar)
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy da Lya Promoções e Eventos. É inspirada na feira gastronômica da
Praça Benedito Calixto em São Paulo. Oferecem ótimas opções de fast food, pratos, bebidas artesanais,
uma variada opção de doces e sobremesas, exposição de artistas plásticos, artesanato, oficinas
gastronômicas durante todo o dia e música ao vivo. A criançada também se diverte com a presença de
personagens e uma área destinada à eles, com pula-pula e piscina de bolinhas. A intenção é apresentar ao
30
público o trabalho sensacional dos nossos artistas goianos e valorizá-los ainda mais. A Feira acontece das
11h às 19h.
Galeria DJ Oliveira do MAC - Público: 600
29 de junho de 2014 – (Exposição de Demián Flores - MAC)
Exposição do artista plástico mexicano Demián Flores, expostas na galeria de arte DJ Oliveira do Museu de
Arte Contemporânea de Goiás (MAC).
Museu de Arte Contemporânea (Galeria DJ Oliveira) – Público: 3.000
03 a 04 de julho de 2014 – (Oficina com Carlinho de Jesus)
Quem dança seus males espanta - Carlinhos de Jesus ministrou oficina no Centro Cultural Oscar Niemeyer,
dentro do projeto Arraia do Cerrado, promovido pelo Governo do Estado de Goiás, através da Goiás
Turismo.
Prédio da Biblioteca - Público: 300
31
14 de julho de 2014 – (Projeto Dance Comigo)
Projeto Dance Comigo Idealizado pelo Professor Heber Nunes, o festival é um evento particular, com apoio
do Centro Cultural Oscar Niemeyer, que acontece duas vezes por mês no pilotis do Museu de Arte
Contemporânea (MAC) do CCON. Professores de dança de várias escolas goianas ensinam vários estilos de
dança.
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público: 200
27 de julho de 2014 – Feirinha do Oscar
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy da Lya
Promoções e Eventos. É inspirada na feira
gastronômica da Praça Benedito Calixto em São Paulo.
Oferecem ótimas opções de fast food, pratos, bebidas
artesanais, uma variada opção de doces e
sobremesas, exposição de artistas plásticos,
artesanato, oficinas gastronômicas durante todo o dia
e música ao vivo. A criançada também se diverte com
a presença de personagens e uma área destinada à
eles, com pula-pula e piscina de bolinhas. A intenção é
apresentar ao público o trabalho sensacional dos
nossos artistas goianos e valorizá-los ainda mais. A
Feira acontece das 11h às 19h.
MAC - Auditório DJ Oliveira – Público: 1.200
32
03 a 06 de agosto de 2014 (Agroenviron 2014)
O Centro Cultural Oscar Niemeyer sediou o IX Simpósio Internacional de Agricultura e Meio Ambiente
(Agroenviron 2014. Organizado pela Universidade Federa de Goiás (UFG), em parceria com o Instituto
Federal Goiano (IFG), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e outras instituições, o evento contou
com mais de 400 participantes, oriundos de 29 países que compõem o Comitê Científico de Seleção. Neste
ano, o tema central do evento foi "Impactos dos agrossistemas no ambiente: desafios e oportunidades".
Centrando-se nesse tema da conferência, os cientistas-chave de opinião foram convidados e trabalharam
na apresentação dos pontos de vista do estado-da-arte neste tema.
33
Conteúdo Programático: O solo e a água: conservação e gestão; As políticas agrícolas e ambientais; A
sustentabilidade ambiental; Inovação tecnológica; Educação.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 2.000
27 de julho de 2014 – Feirinha do Oscar
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy da Lya Promoções e Eventos. É inspirada na feira gastronômica da
Praça Benedito Calixto em São Paulo. Oferecem ótimas opções de fast food, pratos, bebidas artesanais,
uma variada opção de doces e sobremesas, exposição de artistas plásticos, artesanato, oficinas
gastronômicas durante todo o dia e música ao vivo. A criançada também se diverte com a presença de
34
personagens e uma área destinada à eles, com pula-pula e piscina de bolinhas. A intenção é apresentar ao
público o trabalho sensacional dos nossos artistas goianos e valorizá-los ainda mais. A Feira acontece das
11h às 19h.
MAC - Auditório DJ Oliveira – Público: 1.400
14 de agosto de 2014 – (Palestra MAC)
O Museu de Arte Contemporânea de Goiás do Centro Cultural Oscar Niemeyer promove a palestra Técnicas Atóxicas
para Preservação de Acervos Museológicos que vai foi ministrada pelo professor Stephan Schafer, conservador e
restaurador alemão conhecido pela técnica exclusiva de desinfestação de acervos museológicos sem a utilização de
produtos tóxicos.
A palestra foi realizada no auditório Tadeu Batista do Centro Cultural Oscar Niemeyer e dirigida aos profissionais de
museus, galerias, arquivos, bibliotecas, colecionadores de obras de arte e outras instituições que lidam com acervos.
Integrou o projeto de preservação do acervo do Museu. O conservador abordou três temas: o controle de pragas em
acervos de museus, bibliotecas e arquivos através de métodos alternativos atóxicos; a gestão integrada de pragas
como metodologia de prevenção e as técnicas de conservação preventiva de acondicionamento e guarda de obras
vulneráveis em microclima e atmosferas.
Stephan Schafer é professor e docente responsável pela área de conservação e restauro de pinturas e arte
contemporânea no Departamento de Conservação e Restauro da Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências
e Tecnologia. Durante o ano de 2004 foi pesquisador convidado no grupo de "Molecular Painting Studies" dos projetos
de pesquisa "De Mayerne" e "Van Gogh" no Instituto Holandês de Física Atômica e Molecular (AMOLF) em Amsterdã
inclusive sobre as técnicas e materiais de "Vincent van Gogh".
Em 1993 graduou-se como mestre em conservação e restauração de arte e patrimônio cultural na Universidade de
Ciências Aplicadas, Departamento de Conservação e Restauro, Colônia, Alemanha.
Recebeu uma bolsa Fulbright como cientista-pesquisador e tornou-se assistente convidado na Universidade de
Delaware, EUA onde executou pesquisa ao lado de Prof. Richard Wolbers de 1994 até 1996. Durante este período,
continuou seus estudos ao nível pós-graduado em química analítica, ciências dos materiais e museologia na
Universidade de Delaware, Estados Unidos, como também trabalhou no estúdio de conservação de pinturas no
Museu Henry Francis DuPont em Winterthur Delaware junto com Prof. Richard Wolbers e Profa. Wendy H. Samet.
Em 1996 radicou-se no Brasil, onde ingressou e trabalhou por dois anos como pesquisador visitante em projetos de
pesquisa no Instituto de Química Orgânica na Universidade de São Paulo (USP).
É sócio-diretor da Stephan Schäfer Conservação e Restauração Ltda., empresa de serviços de conservação e
consultoria especializada em conservação de arte contemporânea e conservação preventiva, trabalhos de
desinfestação com métodos atóxicos e implementação de programas de Manejo Integrado de Pragas (MIP).
35
A empresa de Schafer foi responsável pelos trabalhos em acervos de museus, bibliotecas e instituições culturais e
religiosas, tais como: Centro Cultural São Paulo, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, Biblioteca do Convento do
Santuário Nacional de Aparecida, São Paulo; Mosteiro de São Bento de Salvador, Bahia; Conjunto das Bibliotecas da
Química da Universidade de São Paulo (USP); Biblioteca Mário de Andrade, São Paulo; Museu Paulista da USP (Museu
de Ipiranga) São Paulo; Biblioteca Central do Campus de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa
Portugal; Pinacoteca do Estado de São Paulo; Igreja Baptista de Haarlem, Holanda; Arquivos Nacionais - Torre do
Tombo, Lisboa - Portugal; Mosteiro de São Bento, Rio de Janeiro; dentre outros.
Museu de Arte Contemporânea (MAC) – Público: 350
16 de agosto de 2014 – (Festa de 15 Anos)
Festa de 15 anos de Lara Teixeira - Terraço
Prédio da Biblioteca (Restaurante Panorâmico) – Público: 300
29 de agosto a 30 de novembro de 2014 – (Exposição de Marcelo Solá)
Mostra Individual do artista Marcelo Solá, com apresentação de mais de 40 obras inéditas. A Mostra ficou
aberta ao público do dia 29 de agosto a 30 de novembro, com entrada gratuita. Depois de 16 anos (a última
exposição individual do artista foi em 1999, também no MAC|Goiás) Solá prestigiou o Museu com um
conjunto de desenhos e serigrafias produzidos nos últimos dois anos, especialmente para a exposição.
36
Também foi inédito o módulo Paraíso Invertido, que o artista idealizou para o espaço, estimulando o
expectador a entrar no universo de leitura e releitura dos objetos e suas funções. A mostra com curadoria
de Gilmar Camilo e Marcelo Solá, teve texto do curador Agnaldo Farias e fez parte do projeto de curadorias
compartilhadas do Museu de Arte Contemporânea de Goiás, que já apresentou, com sucesso de público
somente neste ano, obras dos artistas Pitágoras, Rodrigo Godá e Fernando Velázquez.
Museu de Arte Contemporânea (MAC) – Público: 8.000
31 de agosto de 2014 – (Feirinha do Oscar)
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy da Lya Promoções e Eventos. É inspirada na feira gastronômica da
Praça Benedito Calixto em São Paulo. Oferecem ótimas opções de fast food, pratos, bebidas artesanais,
uma variada opção de doces e sobremesas, exposição de artistas plásticos, artesanato, oficinas
gastronômicas durante todo o dia e música ao vivo. A criançada também se diverte com a presença de
personagens e uma área destinada à eles, com pula-pula e piscina de bolinhas. A intenção é apresentar ao
público o trabalho sensacional dos nossos artistas goianos e valorizá-los ainda mais. A Feira acontece das
11h às 19h.
MAC – Galeria DJ Oliveira – Público: 1.500
04 e 06 de setembro de 2014 – (Exposição de Carros Antigos)
37
XXVI Encontro de Veículos Antigos do Centro Oeste - O evento acontece há 26 anos e procura consagrar
antigomobilistas da região central do Brasil. O 26º Encontro de Veículos Antigos do Centro Oeste foi
realizado nos dias 5, 6 de setembro, das 9h às 20h e, dia 7 das 9h às 12h, no Centro Cultural Oscar
Niemeyer, e teve entrada gratuita.
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público: 6.000
04 e 06 de setembro de 2014 – (Casamento)
Evento particular da festa de casamento de Lais e Thiago, realizado no Restaurante Panorâmico do Prédio
da Biblioteca do Centro Cultural Oscar Niemeyer.
Prédio da Biblioteca (Restaurante Panorâmico) – Público: 400
09 a 10 de setembro de 2014 – (I Congresso Goiano de Gestão de Pessoas com Deficiências)
38
O Centro Cultural Oscar Niemeyer, sediou nos dias 9 e 10 de setembro, o I Congresso Goiano de Gestão de
Pessoas com Deficiência e Reabilitados do INSS. O objetivo do evento foi qualificar gestores de recursos ã
O evento foi uma realização do Fórum Goiano de Inclusão no Mercado de Trabalho da Pessoa com
Deficiência e Reabilitado pelo INSS (Fimtpoder), que tem por finalidade apoiar políticas públicas e
desenvolver estratégias para promover a inclusão das pessoas com deficiência e reabilitados pelo INSS no
mercado de trabalho. Durante o Congresso serão discutidos os problemas relativos à contratação desses
grupos vulneráveis. Segundo o Decreto nº 3.298/1999, pessoas com deficiência e reabilitado pelo INSS têm
direito a cotas em empresas com 100 ou mais empregados. Os recursos financeiros para a realização do
evento tiveram origem em multa por descumprimento de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)
firmado entre a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) e o MPT.
“A realização desse Congresso pretende possibilitar que todos nós possamos participar da construção de
uma sociedade verdadeiramente inclusiva, principalmente através dos esclarecimentos quanto a condutas
que vão contra esse ideal”, esclarece a procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho em Goiás,
Janilda Guimarães de Lima.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 1.000
08.09 a 20 de dezembro de 2014 – (CCON Arte - HUGO)
39
Abertura do CCON Arte no Hugo Hospital De Urgências de Goiânia (HUGO)
A noite foi especial para pacientes, acompanhantes e colaboradores. O Grupo de Cordas e o Quarteto de
Cordas da Orquestra Filarmônica de Goiás fizeram a abertura oficial do projeto “CCON Arte” do Museu de
Arte Contemporânea de Goiás. A exposição ficará até o dia 20 de dezembro nos seis andares do Hugo, com
51 telas expostas que desperta os olhares do público para pinturas que retratam paisagens, festas
populares e outros temas.
Hospital de Urgência de Goiânia – Público Estimado: 15.000
05.09 a 30 de novembro de 2014 – (Exposição Nos Caminhos Afros, dePierre Verger)
A exposição itinerante Nos Caminhos Afro apresentou um trabalho realizado pelo fotógrafo francês Pierre
Verger. Teve o patrocínio da Petrobras com o intuito de levar grandes obras que antes circulavam somente
na região Sudeste para novos públicos. Já esteve em Campina Grande (PB), Teresina (PI) e Campo Grande
(MS) e ficou em exibição em Goiânia, no MAC, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, até o dia 30 de
novembro.
Galeria DJ Oliveira do MAC - Público: 12.000
14 de setembro de 2014 – (Feirinha do Oscar)
40
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy da Lya Promoções e Eventos. É inspirada na feira gastronômica da
Praça Benedito Calixto em São Paulo. Oferecem ótimas opções de fast food, pratos, bebidas artesanais,
uma variada opção de doces e sobremesas, exposição de artistas plásticos, artesanato, oficinas
gastronômicas durante todo o dia e música ao vivo. A criançada também se diverte com a presença de
personagens e uma área destinada à eles, com pula-pula e piscina de bolinhas. A intenção é apresentar ao
público o trabalho sensacional dos nossos artistas goianos e valorizá-los ainda mais. A Feira acontece das
11h às 19h.
Galeria DJ Oliveira do MAC - Público: 1.000
24 de maio de 2014 – (Pipas, Raias e Papagaios)
Projeto desenvolvido pelo Centro Cultural Oscar Niemeyer, na Esplanada JK, para confecção de pipas, muita
música e diversão.
Esplanada Juscelino Kubistchek - Público: 500
41
16 a 18 de setembro de 2014 – (V EARQ – Encontro de Arquitetura e Desing)
Grandes nomes marcaram presença no 5º EARQ. No primeiro dia do evento (16 de setembro), Guto
Requena, Muti Randolph e Paulo Alves. Já no segundo dia (17 de setembro), o Encontro recebeu Henrique
Steyer, Jamile Tormann e Miguel Pinto Guimarães. E para fechando com chave de ouro, a data de
encerramento (18 de setembro), contou com a presença de Gilberto Elkis, Guilherme Torres e Pedro
Ernesto.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 4.000
42
19 a 27 de setembro de 2014 – (Feira Mundial do Artesanato)
FAM - Feira do Artesanato Mundial e a III Salão do
Artesanato Goiano apresentou um espaço em que
300 artesãos reuniram-se num caldeirão de cores,
formas, ritmos, danças e muitas surpresas. O
evento aconteceu de 19 a 27 de setembro no
Centro Cultural Oscar Niemeyer.
O Evento reuniu arte, cultura e diversas opções de
compras em 150 estandes.
43
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público Estimado: 20.000
20 de setembro de 2014 – (Casamento)
Evento particular da festa de casamento de
Lara Gomes e Guilherme, realizado no
Restaurante
Panorâmico
do
Prédio
da
Biblioteca do Centro Cultural Oscar Niemeyer.
Prédio da Biblioteca (Restaurante Panorâmico) – Público: 400
21 de setembro de 2014 – (Feirinha do Oscar)
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy da Lya Promoções
e Eventos. É inspirada na feira gastronômica da Praça
Benedito Calixto em São Paulo. Oferecem ótimas
opções de fast food, pratos, bebidas artesanais, uma
variada opção de doces e sobremesas, exposição de
artistas plásticos, artesanato, oficinas gastronômicas
durante todo o dia e música ao vivo. A criançada
também se diverte com a presença de personagens e
uma área destinada à eles, com pula-pula e piscina de
bolinhas. A intenção é apresentar ao público o trabalho
sensacional dos nossos artistas goianos e valorizá-los
ainda mais. A Feira acontece das 11h às 19h.
MAC - Auditório DJ Oliveira – Público: 1.200
44
26 a 28 de setembro de 2014 – (FIGO)
O Festival Internacional de Música em Goiás (Figo), Trata-se de uma mostra de música com foco em
erudito, jazz, blues e instrumental, abrindo espaço para cultura popular.Realizado na primeira edição em
Goiânia e Pirenópolis, o Figo se expande neste ano para mais um importante município goiano. Alto
Paraíso, localizado na região da Chapada dos Veadeiros, será também palco do Figo 2014. Além de
Pirenópolis e Alto Paraíso, o Figo 2014 ganha como sede a bela estrutura do Centro Cultural Oscar
Niemeyer, levando atrações ao palco do Palácio da Música. O evento consolida-se como festival-vitrine
para apresentações que mostram a força do estilo erudito de produção artística e reforça a vitalidade do
45
pulsante intercâmbio entre grupos goianos e internacionais. Principais atrações Bake Batuke; Fabiano
Chagas Quinteto; Escalandrum (ARG); Hermeto Pascoal (AL); Maracatu Alto do Riviera; Assum Trio; Ricardo
Leão (GO) e Siba e a Fuloresta (PE).
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 3.000
28 de setembro de 2014 – (Skate Rock Sessions 2014)
Shows com RAEL (São Paulo - SP); Calando Nego; Dom Casamata e Faroeste. Pista de Skate e ambiente
Skate Shop. ENTRADA: #QTOVALEOSHOW
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público: 2.000
30.09 a 30 de novembro de 2014 – (6 x SIMULTÂNEA)
A mostra apresentou obras de seis artistas - Anna Behatriz Azevedo, Dalton Paula, Helô Sanvoy, Paul
Setúbal, Rava e Santhiago Selon - que se destacaram na produção da arte contemporânea em Goiás nos
últimos dez anos. Tratou-se de um recorte da produção individual de cada um deles, que perpassa por
diversas linguagens como desenho, fotografia, vídeo, instalação, performance, grafite e intervenções. Os
artistas abordaram questões sobre a sociedade contemporânea como o corpo, o silenciamento, a
efemeridade, a alteridade, a intimidade, o meio urbano, a impossibilidade de comunicação, o cotidiano e a
46
política. A curadoria foi compartilhada entre Gilmar Camilo e os artistas expositores; os textos do crítico de
arte e curador Divino Sobral; a coordenação da ação educativa é do artista e professor Carlos Senna Passos.
A mostra foi contemplada pelo Fundo de Arte e Cultura de Goiás e ficou em cartaz de 30 de setembro a 30
de novembro de 2014, com visitação de terça a sexta, das 10 às 16 horas e sábado e domingo das 11h às
17h.
Museu de Arte Contemporânea (MAC) – Público: 12.000
03 de outubro de 2014 – (Café de Ideias – Luiz Carlos Bresser Pereira)
Palestra do economista e ex-ministro, Luiz Carlos Bresser Pereira. Tema: O novo desenvolvimentismo e a
construção política do Brasil. O grande crescimento do Brasil ocorreu durante o Ciclo Nação e
Desenvolvimento, entre 1930 e 1980. Foi quando o Brasil formou uma nação forte e se industrializou.
Desde então vivemos o Ciclo Democracia e Justiça Social, que logrou diminuir a desigualdade, mas não
levou o Brasil de novo a altas taxas de crescimento. Currículo: Economista, professor emérito da Escola de
Economia de São Paulo. Desde 2003, oferece regulamente um seminário de um mês na École d’Hautes
Études em Sciences Sociales, em Paris. Foi Ministro da Fazenda, da Administração Federal e Reforma do
Estado, e da Ciência e Tecnologia.
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) – Público: 300
04 de outubro de 2014 – (KISS & FLY)
47
O famoso clube novaiorquino Kiss & Fly inaugurou
nova temporada em Goiânia, agora assinado pela
marca de champagne Veuve Clicquot.
Atrações especiais e surpresas foram programadas
pelo empresário Vinícius Toledo.
Galeria DJ Oliveira – Público: 350
12 de outubro de 2014 – (Skate Rock Sessions 2014)
Shows com Wry (Sorocaba/SP); Seafever; Cherry Devil; Trivoltz. Pista de Skate - Ambiente Skate Shop,
aberto a partir de 15:00 horas, na Esplanada JK do Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON).
Entrada: #QTOVALEOSHOW.
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público: 1.500
19 de outubro de 2014 – Feirinha do Oscar
48
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy da Lya Promoções
e Eventos. É inspirada na feira gastronômica da Praça
Benedito Calixto em São Paulo. Oferecem ótimas
opções de fast food, pratos, bebidas artesanais, uma
variada opção de doces e sobremesas, exposição de
artistas plásticos, artesanato, oficinas gastronômicas
durante todo o dia e música ao vivo. A criançada
também se diverte com a presença de personagens e
uma área destinada à eles, com pula-pula e piscina de
bolinhas. A intenção é apresentar ao público o trabalho
sensacional dos nossos artistas goianos e valorizá-los
ainda mais. A Feira acontece das 11h às 19h.
MAC - Auditório DJ Oliveira – Público: 1.200
23 de outubro de 2014 – (Fashion Week 2014)
Fashion Week 2014 - Em sua VII Edição o Fashion Week conquistou o atributo de maior evento de moda do
Centro-Oeste. Co,m um público de mais de 3 mil pessoas, o GFW contou com seis atores globais,
demonstrações de 80 lojas atacadistas de Goiânia, visitantes e compradores de todo o Brasil, e t0 modelos
entre Goiânia, São Paulo e Rio de Janeiro. Uma produção de Luara Rocha e Davi Aquino, contando com a
organização geral de Neiva Evangelista, fez do Fashion Week o único evento goiano que contou no
calendário nacional da moda.
Museu de Arte Contemporânea (MAC) - Galeria DJ Oliveira – Público: 3.500
19 de outubro de 2014 – Feirinha do Oscar
49
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy da Lya Promoções
e Eventos. É inspirada na feira gastronômica da Praça
Benedito Calixto em São Paulo. Oferecem ótimas
opções de fast food, pratos, bebidas artesanais, uma
variada opção de doces e sobremesas, exposição de
artistas plásticos, artesanato, oficinas gastronômicas
durante todo o dia e música ao vivo. A criançada
também se diverte com a presença de personagens e
uma área destinada à eles, com pula-pula e piscina de
bolinhas. A intenção é apresentar ao público o trabalho
sensacional dos nossos artistas goianos e valorizá-los
ainda mais. A Feira acontece das 11h às 19h.
MAC - Auditório DJ Oliveira – Público: 1.200
26 de outubro de 2014 – (Festa Hallowen)
Festa particular no terraço do prédio da biblioteca.
Prédio da Biblioteca (Restaurante - Público: 350
31 de outubro de 2014 – (Café de Ideias – Ismail Xavier)
50
Conferência "O Cinema e as outras artes" proferida pelo professor Ismail Xavier no Auditório Lygia Rassi do
Monumento aos Direitos Humanos. O que é Cinema? Qual relação do cinema com o teatro, a literatura, música, artes
plásticas, artes digitais, poesia. Ismail Xavier (prof da USP e convidado da Sorbonne e New York University). Entrada
franca, no Café de Ideias do Centro Cultural Oscar Niemeyer.
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) – Público: 300
31 de outubro de 2014 (Café de Ideias – Professor Ismail Xavier)
Conferência "O Cinema e as outras artes" proferida pelo professor Ismail Xavier, professor de cinema da USP.
Escreveu vários livros sobre cinema e imagens, dentro eles, O discurso cinematográfico, O olhar e a cena, Alegorias do
subdesenvolvimento. Professor visitante na New York University e Sorbonne-Paris.
Monumento aos Direitos Humanos – Auditório Lygia Rassi – Público: 300
02 de novembro de 2014 – Feirinha do Oscar
51
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy
da Lya Promoções e Eventos. É inspirada na
feira gastronômica da Praça Benedito Calixto
em São Paulo. Oferecem ótimas opções de fast
food, pratos, bebidas artesanais, uma variada
opção de doces e sobremesas, exposição de
artistas
plásticos,
artesanato,
oficinas
gastronômicas durante todo o dia e música ao
vivo. A criançada também se diverte com a
presença de personagens e uma área destinada
à eles, com pula-pula e piscina de bolinhas. A
intenção é apresentar ao público o trabalho
sensacional dos nossos artistas goianos e
valorizá-los ainda mais. A Feira acontece das
11h às 19h.
Esplanada Juscelino Kubistchek – Público Estimado: 2.000
09 de novembro de 2014 – Feirinha do Oscar
Idealizada por Ly Souza e Yara Godoy
da Lya Promoções e Eventos. É inspirada na
feira gastronômica da Praça Benedito Calixto
em São Paulo. Oferecem ótimas opções de fast
food, pratos, bebidas artesanais, uma variada
opção de doces e sobremesas, exposição de
artistas
plásticos,
artesanato,
oficinas
gastronômicas durante todo o dia e música ao
vivo. A criançada também se diverte com a
presença de personagens e uma área destinada
à eles, com pula-pula e piscina de bolinhas. A
intenção é apresentar ao público o trabalho
sensacional dos nossos artistas goianos e
valorizá-los ainda mais. A Feira acontece das
11h às 19h.
MAC (Galeria DJ Oliveira) – Público Estimado: 1.500
52
08 de novembro de 2014 – Festa Mimosa
A tradicional festa brasiliense Mimosa chegou no dia 8, sábado, no terraço do Centro Cultural Oscar
Niemeyer. No local, um bazar com produtos de artistas e artesãos locais, feira de vinil, livros e um
minifestival gastronômico.
Prédio da Biblioteca – Restaurante – Público: 500
11 de novembro de 2014 – (VI Salão Nacional de Arte Fotográfica de Goiás)
53
Evento organizado pelo Clube da Objetiva, com premiações para os melhores trabalhos, de membros dos
fotoclubes, devidamente inscritos na Confederação Brasileira de Fotografia, com suas obrigações sociais
regularizadas e atualizadas.
As obras admitidas são as produzidas por procedimentos essencialmente fotográficos, cujas imagens
tenham sido captadas por meio de emulsões fotográficas ou de modo digital e impressas por qualquer tipo
de equipamento, em papel fotográfico, sensível à luz ou de impressoras a jato de tinta, não estando
sujeitas a qualquer tipo de critério, tema, assunto ou técnica adotada.
Monumento aos Direitos Humanos (Sala Célia Câmara) – Público: 2.000
54
21 de novembro de 2014 – (Café de Ideias – Cacá Diegues)
Vida de cinema, o cineasta e a construção do Brasil
O cineasta, a história do Brasil: O ruim do passado é que ele não pode ser mudado; o bom é que ele já
passou. Podemos dizer também que o passado não passa. Ele convive com a gente em cada decisão que
tomamos no presente. O passado só larga de nosso pé quando estamos construindo alguma coisa. Depois
que passa o susto, ele ataca de novo. É preciso portanto estar sempre construindo alguma coisa, seja lá o
que for.
Currículo: Cacá Diegues é cineasta, dirigiu filmes como Bye Bye Brasil, Deus é Brasileiro, Joanna Francesa,
Chica da Silva. Atualmente está produzindo seu novo filme, "O grande circo místico" e publicou "Vida de
cinema", que conta sua trajetória.
Monumento aos Direitos Humanos (Auditório Lygia Rassi) – Público: 400
55
14 de novembro de 2014 a 08.02.2015 – (Exposição Daniel Costa)
Museu de Arte Contemporânea de Goiás abre exposição Daniel Acosta Desenho + Escultura + Mobiliário
O Museu de Arte Contemporânea de Goiás abriu a exposição do artista plástico gaúcho Daniel Acosta no
dia 14 de novembro próximo, sexta feira, às 20:30 horas. As obras foram produzidos pelo artista
especialmente para o MAC|Goiás e constituem-se de 22 desenhos, 3 esculturas relevos de madeira, além
de uma peça de mobiliário deck room, que dialogam com a arquitetura do espaço expositivo do museu
projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer.
Daniel Acosta é artista visual e pesquisador, possui mestrado e doutorado em Artes pela Universidade de
São Paulo e graduação em Desenho e Plástica pela Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul.
Em sua pesquisa poética discute as relações entre arte, design e arquitetura. Desenvolve desde 2006, um
conjunto de trabalhos situados entre os contextos da arquitetura portátil e mobiliário urbano. Possui
trabalhos permanentes, mobiliário/arte, no Centro Cultural São Paulo e Sesc Bom Retiro. Participou da
Bienal Internacional de São Paulo e Bienal de Artes Visuais do Mercosul. Atualmente é professor da
Universidade Federal de Pelotas.
Durante a abertura da exposição de Daniel Acosta, o MAC|Goiás vai promover o lançamento dos catálogos
das exposições Marcelo Solá e 6 X Simultânea, que também estão em cartaz no museu. As publicações
apresentam as imagens das obras expostas, as trajetórias dos artistas e análises críticas de seus trabalhos.
No caso da exposição 6 X Simultânea, a análise sobre os artistas Santiago Selon, Helô Sanvoy, Anna Behatriz
Azevêdo, Paul Setúbal, Dalton Paula e Rava é do curador independente Divino Sobral. No caso da exposição
de Marcelo Solá, a análise é do crítico Agnaldo Farias. Os catálogos do MAC|Goiás integram o projeto de
comunicação do museu, que, desde o início de 2011, lança, juntamente com as exposições, catálogos,
folderes, cartazes e material didático para ser distribuído a instituições de cultura e ensino, estudantes e
pesquisadores.
A exposição Daniel Acosta Desenho + Escultura + Mobiliário fica em cartaz até 8 de fevereiro de 2015. A
entrada é franca.
Museu de Arte Contemporânea (MAC) – Público Estimado: 10.000
56
23 de novembro de 2014 – (Festival das Cores)
O evento será realizado no dia 23 de novembro no Centro Cultural Oscar Niemeyer com muita cor, músicas
e as melhores atrações: Arthur Aguiar (Malhação); Lucca Diniz (Malhação); Daniel Marques (Malhação);
Renê Thristan (Chiquititas); Mateus Ferraz e Vitória (dupla); Chris Leão (Capa da Capricho e Dj) Dj Flash
Crossover
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Publico: 1.300
57
VI – APRESENTAÇÕES DA OFG
10 de março de 2014 – (Primeiro Ensaio da OFG e Palestra de Giuseppe Vecci)
A Orquestra Filarmônica de Goiás realizou seu primeiro ensaio conjunto, já sob a regência do maestro Neil
Thomson. Na oportunidade, antes do ensaio, houve uma palestra inaugural para os músicos e equipe
administrativa, proferida pelo economista Giuseppe Vecci, além de um café da manhã de boas-vindas a
toda a equipe.
Palácio da Música Bekiss Spenzièri – Público: 150
13 de março de 2014 (Apresentação da Temporada 2014 da OFG no Palácio das Esmeraldas)
58
A Orquestra Filarmônica de Goiás realizou seu coquetel de lançamento da Temporada 2014. Na solenidade
oficial, o chefe do gabinete gestor do CCON, Nasr Chaul, deu as boas-vindas à Temporada 2014. Em
seguida, o calendário anual foi divulgado em discurso proferido pela superintendente da Filarmônica, Ana
Elisa Santos.
Após a apresentação do calendário da Temporada 2014, convidados e imprensa foram brindados com a
primeira apresentação do ano sob a regência do maestro Neil Thomson. Ao final do miniconcerto, o
Secretário de Gestão e Planejamento, Leonardo Vilela, proferiu um breve discurso representando o
Governador Marconi Perillo. Ao final, foi servido um coquetel para os presentes.
Palácio das Esmeraldas (Salão dona Gercina Borges) – Público: 300
20 de março de 2014 – (Abertura Temporada da OFG)
No concerto de abertura da Temporada 2014 da Orquestra Filarmônica de Goiás, o Palácio da Música
Belkiss Spenzièri recebeu ontem cerca de 1.300 pessoas que se deliciaram com música clássica. Sob a
regência do maestro britânico Neil Thomson e com o aclamado pianista José Feghali como solista, a
Filarmônica executou as obras Guia dos Jovens para a Orquestra, Op. 34, de B. Britten; Rapsódia sobre um
Tema de Paganini, Op. 43, de S. Rachmaninov e a Sinfonia Nº 4 em Fá Menor, Op. 36, de P. Tchaikovsky.
Palácio da Música Bekiss Spenzièri – Público: 1.300
30 de março de 2014 – (Concerto para a Juventude - CCON)
59
A primeira apresentação da série Concertos para a Juventude foi regido pelo maestro britânico Timothy Henty e com
participação do pianista canadense Ian Parker, que fechou o programa do Goyaz Festival e teve a casa cheia.
DOMINGO: 11h - Concertos para a Juventude - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Thimothy Henty
Solista: Ian Parker (Piano)
Programa: P. Tchaikovsky - Concerto Nº 1 para Piano e Orquestra em Si Bemol Menor, Op. 23; H. VillaLobos - Sinfonietta Nº 1; J. Brahms - Variações sobre um tema de Haydn, Op. 56ª
Palácio da Música Bekiss Spenzièri – Público: 1.300
31 de março de 2014 – (Concerto Didático - CCON)
Aconteceu ontem a primeira edição dos Concertos
Didáticos da Temporada 2014 da Orquestra Filarmônica
de Goiás. Esses concertos são direcionados às crianças
com idade entre nove e quatorze anos, estudantes da
rede pública e particular de ensino. Durante 45 minutos,
os alunos apreciaram a música de concerto e receberam
informações sobre os instrumentos, naipes da
orquestra,
repertórios
e
compositores.
Estiveram presentes nessa primeira edição os alunos do
Colégio Estadual Prof. Wilmar Gonçalves da Silva e
também da Escola Municipal Georgeta Rivalino
Duarte. Este projeto busca alcançar os mais jovens com
um pouco do universo de uma orquestra e despertar
sua curiosidade para a música clássica, fomentando a
formação de plateia e incentivando o surgimento de
novos músicos e musicistas.
Palácio da Música Bekiss Spenzièri – Público: 250
08 de ABRIL de 2014 – (Teatro SESI)
60
08 de abril - terça-feira
20h30 - Filarmônica no SESI - Teatro SESI
Regente: Claus Eflad
Solista: Daniel Guedes (Violino)
Programa:
C.M. Weber - Abertura da ópera O Franco Atirador
J. Sibelius - Concerto para Violino e Orquestra em Ré menor, Op. 47
W. A. Mozart - Sinfonia Nº 41 em Dó Maior, K 551, Júpiter
Teatro do SESI – Público: 600
13 de abril de 2014 – (Centro Cultural UFG)
13 de abril - domingo
11h - Concertos de Câmara - Centro Cultural UFG
Sexteto de Cordas e Sopros da Filarmônica: Diana Bakardjiev (oboé), Paulo Sérgio Perez (clarineta), Luciano
Pontes (violino 1), Marcos Silveira Bastos (violino 2), Cleverson Cremer (viola), Mariana Amaral (violoncelo).
Programa:
W.A. Mozart - Quarteto para Oboé, Violino, Viola e Violoncelo em Fá Maior, KV. 370
C. M. Weber - Quinteto para Clarinete, dois Violinos, Viola e Violoncelo, Op. 34
Centro Cultural UFG – Público: 300
17 de abril de 2014 – (Teatro Goiânia)
61
17 de Abril - quinta-feira
20h30 - Quinta Clássica - Teatro Goiânia
Regente: Neil Thomson
Solista: Fábio Zanon (violão)
Programa:
H. Villa-Lobos - Bachianas Brasileiras Nº 4, Prelúdio
M. Arnold - Concerto para Violão e Orquestra, Op. 67
M. Ravel - Ma Mère l´Ogue
Teatro Goiânia – Público: 800
30 de abril de 2014 – (Abertura da Turnê Nacional)
30 de abril - quarta-feira
20h30 - Concertos Especiais: Abertura da Turnê Nacional - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Neil Thomson
Solista: Ittai Shapira (violino)
Programa:
M. Camargo Guarnieri - Abertura Concertante
A. Dvorák - Concerto para Violino e Orquestra em Lá Menor, Op. 53
P. Tchaikovsky - Sinfonia Nº 2 em Dó Menor, Op. 17
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 600
02 de maio de 2014 – (Turnê Nacional - Curitiba)
62
Sexta-feira, 2 de maio
A Filarmônica se apresentou no Teatro Canal da Música em Curitiba-PR. Essa foi nossa segunda
apresentação na Turnê Nacional e tivemos casa cheia e um público muito receptivo, que ovacionou a
orquestra de pé ao final do espetáculo.
Teatro Canal da Música – Público: 800
04 de maio de 2014 – (Turnê Nacional – São Paulo)
Neste último domingo, a OFG se apresentou na Sala São Paulo, considerada a melhor sala de concertos da
América Latina. A Filarmônica teve casa cheia também no templo da música clássica brasileira e a
apresentação foi ovacionada por longos minutos por uma plateia admirada.
O concerto teve a participação do violinista israelense Ittai Shapira como solista convidado e regência de
nosso regente titular Neil Thomson.
No programa, executamos o Concerto para Violino e Orquestra em Lá Menor, Op. 53, do Dvorák, e também
a Sinfonia N°2 em Dó menor, Op. 17, de Tchaikovsky.
Sala São Paulo– Público: 1.200
18 de maio de 2014 – (Teatro Goiânia)
63
18 de maio - domingo
11h - Concertos para a Juventude – Teatro Goiânia
Regente: Aylton Escobar
Solista: Ovanir Buosi (Clarineta)
Programa:
Aylton Escobar - Duas Epígrafes Sonoras
W.A. Mozart - Concerto para Clarineta e Orquestra em Lá Maior, K. 622
G. Bizet - Sinfonia em Dó Maior
Teatro Goiânia – Público: 650
19 de maio de 2014 – (Concerto Didático - CCON)
Esses concertos são direcionados às crianças com idade entre nove e quatorze anos, estudantes da rede
pública e particular de ensino. Durante 45 minutos, os alunos apreciaram a música de concerto e
receberam informações sobre os instrumentos, naipes da orquestra, repertórios e compositores.
Este projeto busca alcançar os mais jovens com um pouco do universo de uma orquestra e despertar sua
curiosidade para a música clássica, fomentando a formação de plateia e incentivando o surgimento de
novos músicos e musicistas.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 250
21 de maio de 2014 – (Abertura do ENIC)
64
A Orquestra de Câmara da Filarmônica de Goiás foi a atração principal da solenidade de abertura do 86º
ENIC - Encontro Nacional da Indústria da Construção. A abertura contou com a presença da presidente
Dilma Rousseff, o Governador Marconi Perillo dentre outras autoridades do ramo. No programa, obras de
Mozart, Vivaldi, Piazzolla e Guerra- Peixe.
Teatro Rio Vermelho – Público: 2.000
23 de maio de 2014 – (Piracanjuba)
23 de maio – sexta-feira
A cidade de Piracanjuba recebeu a Orquestra Filarmônica
de Goiás (OFG), para a abertura oficial do 33º. Festival
das Orquídeas. Uma belíssima festa ao lado do belíssimo
Palácio das Orquídeas, que contou com um concerto
especialmente dedicado ao evento e participação de
autoridades políticas e de vários municípios.
Palácio das Orquídeas – Público: 750
29 de maio de 2014 – (Teatro Goiânia)
65
29 de maio - quinta-feira
20h30 - Quinta Clássica - Teatro Goiânia
Regente: Neil Thomson
Programa:
C. Santoro - Ponteio
F. Mignone - Sinfonia Tropical
R. Schumann - Sinfonia Nº 1 em Si Bemol Maior, Op. 38, "Primavera"
Teatro Goiânia – Público: 400
08 de junho de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
08 de junho - domingo
11h - Concertos para a Juventude - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Alessandro Borgomanero
Solista: Marcelo Barboza (Flauta)
Programa:
C. Reinecke - Concerto para Flauta e Orquestra em Ré Maior, Op. 283
F. Schubert - Sinfonia Nº 9 em Dó Maior, D. 944, "A Grande"
Palácio da Música Belkiss Spenzièri: 500
15 de junho de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
66
15 de junho - domingo
11h - Concertos para a Juventude - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: David Rabinovich
Programa:
J. S. Bach - Suíte Orquestral Nº 3 em Ré Maior
J. Haydn - Sinfonia Nº 45 em Fá Sustenido Menor, Hob. 1:45, "A Despedida"
J.P Rameau - Suíte Dardanus
W.A. Mozart - Sinfonia Nº 38 em Ré Maior, K. 504, "Praga"
Palácio da Música Belkiss Spenzièri: 400
26 de junho de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
26 de junho - quinta-feira
9h - Ensaio Aberto - Centro Cultural Oscar Niemeyer
20h30 - Concertos Especiais - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Neil Thomson
Solista: Arnaldo Cohen (Piano)
Programa:
F. Mendelssohn - Abertura Ruy Blas, Op. 95
F. Mendelssohn - Concerto Nº 1 para Piano e Orquestra em Sol Menor, Op. 25
J. Brahms - Sinfonia Nº1 em Dó Menor, Op. 68
Palácio da Música Belkiss Spenzièri: 1.200
06 de julho de 2014 – (Palmeiras de Goiás)
67
s de iás)
Praça São Sebastião: 600
17 de agosto de 2014 – (Rio Verde - GO)
Centro Cultural Dona Gercina: 380
68
17 de agosto de 2014 – (Centro Cultural da UFG)
17 de Agosto - domingo
11h - Concertos de Câmara - Centro Cultural UFG
Quarteto de Cordas da Filarmônica: Luciano Pontes (violino 1), Marcos Silveira Bastos (violino 2), Cleverson
Cremer (viola), Mariana Amaral (violoncelo)
Programa:
H. Villa-Lobos - Quarteto de Cordas Nº 1
A. Dvorak - Quarteto Nº 12 em Fá Maior, Op. 96, "Americano"
Centro Cultural da UFG: 200
24 de agosto de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
24 de agosto - domingo
11h - Abertura do II Concurso Nacional Jovens Solistas - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Marshal Gaioso
Solista: Leon Keuffer (violino)
Programa:
E. M. Cunha - Movimento para Orquestra
F. Mendelssohn - Concerto para Violino e Orquestra em Mi Menor, Op. 64
L. V. Beethoven - Sinfonia Nº 2 em Ré Maior, Op. 36
Centro Cultural Oscar Niemeyer – Público: 250
25 de agosto de 2014 – (Conserto Didático no Centro Cultural Oscar Niemeyer)
69
Esses concertos são direcionados às crianças com idade entre nove e quatorze anos, estudantes da rede
pública e particular de ensino. Durante 45 minutos, os alunos apreciaram a música de concerto e
receberam informações sobre os instrumentos, naipes da orquestra, repertórios e compositores.
Este projeto busca alcançar os mais jovens com um pouco do universo de uma orquestra e despertar sua
curiosidade para a música clássica, fomentando a formação de plateia e incentivando o surgimento de
novos músicos e musicistas.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 300
31 de agosto de 2014 – (Concurso Jovem Solista - CCON)
31 de agosto – domingo
A Orquestra Filarmônica de Goiás realizou neste
domingo, as audições do seu II Concurso
Nacional de Jovens Solistas.
Confira que foram os candidatos e vencedores:
- Thierry de Lucas Neves - Violino (Concerto em Sol Menor n.1 - Max Bruch)
- Francisco Vanderlei Alves dos Santos - Clarinete (Fantasia di Concerto - Luigi Bassi)
- Pyero Raphael Jaime de Melo - Flauta (Concerto em Mi Menor - Mercadante)
- Miguel Balloussier Fernandes Braga - Violoncelo (Concerto n.1 - Saint Saens)
- Pedro Junior da Silva Ramiro - Violino (Concerto em Si Menor n.3 - Saint Saens)
- Rafael Duarte Ruiz Costa - Piano (Concerto em Sol Menor Op.25 - Mendelson)
1º vencedor - Jovens solistas: Miguel Balloussier e Thierry de Lucas
2º vencedor – Revelação: Rafael Duarte Ruiz Costa
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 150
70
02 de setembro de 2014 – (SESI)
02 de setembro - terça-feira
20h30 - Filarmônica no SESI - Teatro SESI
Regente e piano: Jean Louis Steuerman
Programa:
W.A. Mozart - Abertura da Ópera O Empresário, K. 486
W.A. Mozart - Concerto Nº 17 para Piano e Orquestra em Sol Maior, K. 453
L. V. Beethoven - Sinfonia Nº 6, Op. 68, "Pastoral"
Teatro do SESI – Público: 400
08.09 a 20 de dezembro de 2014 – (CCON Arte - HUGO)
Abertura
do
CCON
Arte
no
Hugo
Hospital
De
Urgências
de
Goiânia
–
HUGO
-
A noite foi especial para pacientes, acompanhantes e colaboradores. O Grupo de Cordas e o Quarteto de
Cordas da Orquestra Filarmônica de Goiás fizeram a abertura oficial do projeto “CCON Arte” do Museu de
Arte Contemporânea de Goiás. A exposição ficará até o dia 20 de dezembro nos seis andares do Hugo,
com 51 telas expostas que desperta os olhares do público para pinturas que retratam paisagens, festas
populares e outros temas.
Hospital de Urgência de Goiânia – Público Estimado: 100
71
08 de setembro de 2014 – (Conserto Didático no Centro Cultural Oscar Niemeyer)
Esses concertos são direcionados às crianças com idade entre nove e quatorze anos, estudantes da rede
pública e particular de ensino. Durante 45 minutos, os alunos apreciaram a música de concerto e
receberam informações sobre os instrumentos, naipes da orquestra, repertórios e compositores.
Este projeto busca alcançar os mais jovens com um pouco do universo de uma orquestra e despertar sua
curiosidade para a música clássica, fomentando a formação de plateia e incentivando o surgimento de
novos músicos e musicistas.
Centro Cultural Oscar Niemeyer – Público: 300
16 de setembro de 2014 – (SESI)
16 de setembro - terça-feira
20h30 - Filarmônica no SESI - Teatro SESI
Regente: Neil Thomson
Solista: Pablo Rossi (piano)
Programa:
J. Brahms - Concerto Nº 1 para Piano e Orquestra em Ré Menor, Op. 15
E. Elgar - Variações Enigma, Op. 36
Teatro SESI – Público: 400
18 de setembro de 2014 – (Teatro Goiânia)
72
18 de setembro - quinta-feira
20h30 - Quinta Clássica - Teatro Goiânia
Regente: Neil Thomson
Solista: Pablo Rossi (piano)
Programa:
J. Brahms - Concerto Nº 1 para Piano e Orquestra em Ré Menor, Op. 15
E. Elgar - Variações Enigma, Op. 36
Teatro Goiânia – Público: 300
28 de setembro de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
28 de setembro - domingo
11h - Concertos para a Juventude - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente e Violino: Cláudio cruz
Programa: L.V. Beethoven - Abertura Rei Estevão, Op. 117; W.A. Mozart - Concerto Nº 4 para Violino e
Orquestra em Ré Maior, K. 218; L. V. Beethoven - Sinfonia Nº 8 em Fá Maior, Op. 93
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 1.150
73
29 de setembro de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
Concerto Didático no Palácio da Música Belkiss Spenzièri do Centro Cultural Oscar Niemeyer.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 350
02 de outubro de 2014 – (Filarmônica na Igreja Rosa Mística)
Igreja Rosa Mística: 200
74
09 de outubro de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
09 de outubro - quinta-feira
20h30 - Quinta Clássica - Teatro Goiânia
Regente: Jorge Rotter
Solista: Horácio Schaefer (viola)
Programa: C. Nielsen - Saga Sonho, Op. 39; B. Bartók - Concerto para Viola e Orquestra; J. Brahms - Sinfonia
Nº 2 em Ré Maior
Teatro Goiânia – Público: 500
13 de outubro de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
23 de outubro - quinta-feira
9h - Ensaio Aberto - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Neil Thomson
Solista: Vencedor do II Concurso Nacional Jovens Solistas
Programa:
F. Suppé - Abertura da opereta Cavalaria Ligeira
D. Auber - Abertura da ópera o Cavalo de Bronze
Lehár - Valsa Ouro e Prata
Delibes - Pizzicato do Balé Sylvia
Coates – Cinderella
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 400
75
24 de outubro de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
24 de outubro - sexta-feira
11h - Concertos Especiais: Aniversário de Goiânia - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Neil Thomson
Solista: Vencedor do II Concurso Nacional Jovens Solistas
Programa:
F. Suppé - Abertura da opereta Cavalaria Ligeira
D. Auber - Abertura da ópera o Cavalo de Bronze
Lehár - Valsa Ouro e Prata
Delibes - Pizzicato do Balé Sylvia
Coates – Cinderella
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 500
02 de novembro de 2014 – (Concerto para Juventude - CCON)
02 de novembro - domingo
11h - Concertos para a Juventude - Centro Cultural
Oscar Niemeyer
Regente: Luis Otavio Santos
Soprano: Marília Vargas
Contratenor: Pedro Couri
Programa:
J.D. Castro Lobo - Abertura em Ré Maior
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 1.000
76
03 de novembro de 2014 – (Concerto Didático - CCON)
Concerto Didático no Palácio da Música Belkiss Spenzièri do Centro Cultural Oscar Niemeyer.
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público: 300
04 de novembro de 2014 – (Concerto nos Bairros: Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Sta. Edwirges)
Igreja Santa Edwirges – Público: 500
77
06 a 08 de novembro de 2014 – (III Workshop Internacional de Regência)
III Workshop Internacional de Regência com Neil Thomson. Participaram 19 músicos, entre alunos efetivos
e ouvintes.
13 de novembro de 2014 – (Teatro Goiânia)
13 de novembro - quinta-feira
20h30 - Quinta Clássica - Teatro Goiânia
Regente: Yishai Steckler
Solista: Johannes Gramsch (Violoncelo
Programa: B. Smetana - Abertura da ópera A Noiva Vendida
P. Tchaikovsky - Variações Sobre um Tema Rococó para Violoncelo e orquestra, Op. 33
A. Dvorák - Sinfonia Nº 9 em Mi Menor, Op. 95, "Do Novo Mundo"
Teatro Goiânia – Público: 650
78
17 de novembro de 2014 – (Uberlândia - MG)
A Filarmônica viajou para Uberlândia (MG), onde participou dos Concertos Tribanco. A apresentação
aconteceu no Teatro Municipal da cidade, que ficou lotado de apreciadores de boa música.
Uberlândia (MG) - Público: 500
17 de novembro de 2014 – (Uberlândia - MG)
Quinta Clássica
Regente: Yishai Steckler ( Israel)
Solista: Johannes Gramsch ( Violoncelo/ Alemanha)
Local: Teatro Goiânia
Teatro Goiânia: Público: 500
79
06 de dezembro de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
06 de dezembro - sábado
9h - Ensaio Aberto - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Neil Thomson
Programa: Tributo a John Williams
Os Cowboys – Abertura; JFK - Tema Principal; Memórias de uma Gueixa - Valsa do presidente; A Marcha de
1941; Guerra nas Estrelas - Através das Estrelas - O Ataque dos Clones; Contatos Imediatos do Terceiro
Grau – Suíte; Superman - A Marcha dos Vilões; Cavalo de Guerra; Dartmoor, 1912; Guerra nas Estrelas –
Suíte
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público estimado: 1.300
07 dezembro de 2014 – (Centro Cultural Oscar Niemeyer)
07 de dezembro - domingo
11h - Concertos para a Juventude - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Neil Thomson
Programa: Tributo a John Williams; Os Cowboys – Abertura; JFK - Tema Principal; Memórias de uma Gueixa
- Valsa do presidente; A Marcha de 1941; Guerra nas Estrelas - Através das Estrelas - O Ataque dos Clones
Contatos Imediatos do Terceiro Grau – Suíte; Superman - A Marcha dos Vilões; Cavalo de Guerra
Dartmoor, 1912; Guerra nas Estrelas – Suíte
80
Palácio da Música Belkiss Spenzièri – Público estimado: 1.300
17 dezembro de 2014 – (LOCAL A DEFINIR)
17 de dezembro - quarta-feira
20h30 - Concertos Especiais - Local a definir
Regente: Eliseu Ferreira
Soprano: Ângela barra e Coros convidados
Programa: Concerto de Natal
E. Humperdinck - Overture (Hansel und Gretel); G. Verdi - Coro dos Ferreiros (Ill Trovatore); G. Verdi - Ah
Fors´è Lui (La Traviata); J. Strauss - Valsa do Imperador; C. Gounod - Je Veux Vivre (Romeu e Julieta);
G.Verdi - Va Pensiero, Coro dos Escravos Hebreus (Nabucco); L. Anderson - A Christmas festival; P.
Tchaikovsky - Valsa (A Bela Adormecida); L. Anderson - Sleigh Ride; G. Puccini - O Mio Babbino Caro (Gianni
Schicchi); V. Bellini - Casta Diva (Norma); G. Verdi - Gloria all´Egitto e Grande Marcha (Aida); G. Puccini - Um
Bel Dí Vedremo (Madame Butterfly); A. Borodin - Danças Polovetsianas (Príncipe Igor)
18 dezembro de 2014 – (LOCAL A DEFINIR)
18 de dezembro - quinta-feira
20h30 - Concertos Especiais - Centro Cultural Oscar Niemeyer
Regente: Eliseu Ferreira
Soprano: Ângela barra e Coros convidados
Programa: Concerto de Natal
E. Humperdinck - Overture (Hansel und Gretel); G. Verdi - Coro dos Ferreiros (Ill Trovatore); G. Verdi - Ah
Fors´è Lui (La Traviata); J. Strauss - Valsa do Imperador; C. Gounod - Je Veux Vivre (Romeu e Julieta);
G.Verdi - Va Pensiero, Coro dos Escravos Hebreus (Nabucco); L. Anderson - A Christmas festival; P.
Tchaikovsky - Valsa (A Bela Adormecida); L. Anderson - Sleigh Ride; G. Puccini - O Mio Babbino Caro (Gianni
Schicchi); V. Bellini - Casta Diva (Norma); G. Verdi - Gloria all´Egitto e Grande Marcha (Aida); G. Puccini - Um
Bel Dí Vedremo (Madame Butterfly); A. Borodin - Danças Polovetsianas (Príncipe Igor)
81
VII – VERUS GLADIATORES
5.1. O que é o grupo:
Verus GladiAtores Konstantin Stanislavski foi o fundador do Teatro de Arte de Moscou que, até
hoje, é uma das mais importantes escolas de teatro do mundo. Lá se pesquisava, estudava, desenvolvia e
se produzia teatro.
Stanislavski é conhecido como o maior mestre da historia da atuação. A sua busca era uma
interpretação verdadeira, fugindo do antigo exagero teatral.
Por isso, alguns atores e dramaturgos goianos formaram o grupo com o primeiro nome de “Verus”
significando verdadeiros. Na escola de Stanislavski, além de os alunos e atores aprenderem a arte da
interpretação, ele tinham aulas dança, ginástica, esgrima, outras espadas de combate, tropeços, voz,
dicção, movimento, boxe, trabalho com máscara e muito mais. Para reproduzir essa intensidade de
treinamento, os atores também são chamados de “GladiAtores”. Por hora, serão estudados a história do
teatro, dramaturgia, interpretação, educação física, circo, combate cênico, trilha sonora e arte reciclagem.
Verus também foi o nome de um grande gladiador, o único a ter uma luta registrada no poema de
Marcus Valerius Martialis, que ainda é conhecido nos atuais. Nesta luta Verus e Priscus duelaram com tal
perfeição que ambos foram declarados vitoriosos e premiados pelo Imperador Tito com a liberdade.
O projeto
O projeto GladiAtores, na sua parte formal, visa à polarização das artes dramáticas e a criação de
um produto teatral como identidade do Centro Cultural Oscar Niemeyer, trazendo espetáculos para
apresentações no CCON, atraindo os profissionais, apreciadores da arte e também curiosos. A segunda
parte da polarização teatral objetiva a montagem de três espetáculos, para depois levá-los a outros palcos.
Dentre os espetáculos que serão produzidos, está uma peça voltada aos deficientes visuais, que é a ação
social direta do projeto. É um espetáculo família, utilizando ferramentas físicas que já estão à disposição
dos atores. É quase um espetáculo de mímica e que qualquer pessoa consegue entender, pode ser um
grupo de adultos ou de crianças. Depois, virá o espetáculo adulto, dramático, que é para que os atores
usem tudo aquilo que é possível dentro da interpretação e da dramaturgia. Todos os espetáculos serão
originais, escritos e produzidos durante o trabalho desenvolvido pelos GladiAtores e os alunos do projeto
Na parte da pesquisa, serão estudadas a história do teatro e da dramaturgia, além da parte
funcional da dramaturgia e da interpretação. Isso engloba a interpretação para cinema, as ferramentas
físicas de combate cênico, técnicas de circo e as ferramentas sonoras, onde entra a voz, a dicção, a música,
82
a partitura, a trilha sonora, os efeitos sonoros e o que é conhecido como arte reciclagem, que utiliza
objetos, que não são próprios para a produção de sons, mas que serão transformados para dar suporte
sonoro aos espetáculos.
As oficinas
A parte da pesquisa é aberta e será divulgada nas redes sociais, entre outros recursos da internet,
para que as pessoas possam participar, a qualquer momento, sem necessidade de inscrição, seguindo
apenas as regras de convivência social e artística. Tem ainda o bloco de conhecimento itinerante, no qual
serão convidados os grupos teatrais e estudantes, para as oficinas. A primeira oficina será entre os dias 17 e
22 de dezembro de 2012. Complementando, serão ministradas aulas contínuas, que não podem acontecer
em palestras e oficinas, como, por exemplo, as aulas de violão, de esgrima e de circo, que exigem um
tempo maior para aprendizagem.
Quem é quem
Os estudos da história do teatro e dramaturgia serão conduzidos por Carlos Rabelo, tendo como
referências obras de autores como Léon Moussinac, Augusto Boal, Edwin Wilson e Alvin Godfarb, dentre
outros. Nos aspectos práticos da dramaturgia, os autores pesquisados serão David Ball, Richard Toscan e
Lajos Egri, não excluindo outras obras de importância para o aperfeiçoamento da arte dramática.
Carlos Rabelo é dramaturgo de duas formas: ele tanto escreve quanto estuda dramaturgia. Carlos é
especialista em história do teatro, mas, seu forte é a tradução, visto que a grande parte das obras de
qualidade, ainda não são traduzidas para a língua portuguesa. Ele domina seis línguas, portanto, pode
traduzir cinco: sueco, inglês e ainda consegue ler o francês, italiano e espanhol e, é óbvio, o português.
A Teoria da Interpretação terá a condução de Clegis de Assis, que é formado pela UFG, dramaturgo,
poeta e mestre em interpretação. O foco do trabalho será a interpretação como é vista no “show business”
ocidental, portanto, não tem o objetivo de explorar novas linguagens, mas, de estudar as formas que são
usadas comercialmente. Para isso, Clegis prepara o seu material com base em autores como Konstantin
Stanislavski, Robert Barton, Toby Cole e Helen Krich Chinoy e ainda Larry Silverberg.
Para os estudos que lidam, especificamente, com a interpretação para cinema, o escalado é o ator
Alan Foster, que usa referências adicionais, como Tony Barr e Michael Caine. Alan é formado em Mídia e
Artes Cênicas pela Savannah College of Art and Design (Geórgia-EUA), mestre em combate cênico, com
foco em esgrima; e interpretação para cinema.
Reginaldo Mesquita coordenará os estudos das Ferramentas Sonoras, usando obras de Pasty
Rodenburg, porém a ideia principal do seu trabalho será exploratório, com o aprendizado de instrumentos
musicais, uso de material ambiente e exploração da voz como instrumento do ator. Reginaldo é formado
em Letras e músico, há mais de 10 anos. Ele é professor de música do Sesc e faz parte do quadro de
funcionários do CCON.
Já Marcelo Marques estará à frente dos estudos das Ferramentas Físicas, que também tem o
caráter exploratório, guiado pelas obras “Body Voice Imagination”, de David Zinder e “Fisiologia do
83
Exercício”, de Marcartinei Cacht, além de técnicas circenses, com a “Introdução à Pedagogia das Atividades
Circenses”, de Marco Bortoleto. Marcelo Marques é formado pela Universidade do Circo e em Artes
Cênicas pela UniRio; e ainda em Educação Física pela UEG. Atualmente, ele é professor numa Faculdade na
área de Medicina.
O trabalho de Marcelo Marques contará com o setor de “Combate Cênico”, tendo o sabre como
ferramenta física, com a adoção das regras expressas no livro “Actors on Guard”, de Dale Anthony Girard.
Allan Foster
Cursos e Oficinas:


Oficina de Combate Cênico em parceria com o SESC Centro de 26 de julho a 2 de agosto 2014:
10 participantes;
Curso de Interpretação às segundas e quartas, começo 11 de agosto 2014: 12 participantes

Curso de Iluminação Teatral aos domingos, começo 10 de agosto 2014: 8 participantes

Curso de Ferramentas Sonoras aos domingos, começo 10 de agosto 2014: 14 participantes

Curso de Drama às terças e quintas, começo 4 de agosto 2014: 17 participantes

Clube do Combate Cênico começo 15 de agosto: 3 participantes
Apresentações:

Primeira apresentação de "Como Nascem Os Heróis" na escola Veiguinha dia 01 de setembro: 40
participantes.

Segunda apresentação de "Como Nascem Os Heróis" na escola Veiguinha dia 01 de setembro: 40
participantes.

Apresentação de "Como Nascem Os Heróis" no Teatro Basileu França dia 12 de setembro: 45
participantes.

Apresentação de "Como Nascem Os Heróis" na ADIFEGO dia 15 de setembro: 35 participantes.

Apresentação de "Como Nascem Os Heróis" na ADIFEGO dia 22 de setembro: 35 participantes.

Apresentação de "Xirtam vs Agniroc" no Teatro IFG dia 31 de outubro às 20:30h.
84

Apresentação de "Como Nascem Os Heróis" no Teatro IFG dia 28 de novembro às 20:30.

Apresentação de "Alfândega" no Teatro Goiânia dia 04 de dezembro.

Apresentação de "O Bom Cercado" no Teatro Goiânia dia 05 de dezembro.
Cineclube Em Parceria com a ADESG:

Exibição do filme "Clarão/Chuva Negra" dia 20 de Agosto: 20 participantes

Exibição do filme "A Casa na Rua 92" dia 3 de Setembro: 20 participantes

Exibição do filme "Katyn" dia 17 de Setembro: 20 participantes

Exibição do filme "Monsieur Verdoux" dia 08 de outubro: 20 participantes*

Exibição do filme "Rollersball" dia 22 de outubro: 20 participantes

Exibição do filme "No mundo dia 2022" dia 05 de novembro: 20 participantes

Exibição do filme "Noite de Ano Novo" dia 19 de novembro: 20 participantes
Palestras e oficinas:

Palestra "Pré-produção" para o curso de Direitos Humanos da UFG dia 24 de setembro:
120 participantes;

Palestra "Escrita Dramática" para o curso de Direitos Humanos da UFG dia 24 de setembro: 120
participantes;

Oficina de "Interpretação" para o curso de Direitos Humanos da UFG dia 22 de outubro: 21
participantes;

Oficina de "Dramaturgia" para o curso de Direitos Humanos da UFG dia 22 de outubro: 11
participantes;
85

Oficina de "Direção" para o curso de Direitos Humanos da UFG dia 22 de outubro: 7 participantes

Oficina de "Música" para o curso de Direitos Humanos da UFG dia 22 de outubro: 6 participantes

Oficina "prática de direção" para o curso de Direitos Humanos da UFG dia 12 de novembro: 30
participantes;

Oficina de "Iluminação" Teatral para o curso de Direitos Humanos da UFG dia

Oficina de "Stanislavsky" para Compania Rhema dos dias 8 a 12 de dezembro: 20 participantes

Oficina de "Combate Cênico" data estimada de 14 a 21 de dezembro.
86

Documentos relacionados

49 Janeiro

49 Janeiro parte o nosso apoio à cultura, aqui continuaremos a divulgar alguns eventos de interesse. Patente na Shed76, até ao final de fevereiro, está a exposição Getting Through, que integra a Trienal de Ar...

Leia mais