94 - Gazeta do Vale

Сomentários

Transcrição

94 - Gazeta do Vale
Vale do Sapucaí. 14 de maio de 2010. Edição 94. Ano 1. Edição concluída às 22h15 do dia 13
[reivindicação] Funcionários querem pagamento de adicional e melhores condições de trabalho
Servidores da justiça clamam
por melhorias no trabalho
LUÍS CÉSAR FONSECA
Luís César Fonseca
[email protected]
Em Cambuí, funcionários do judiciário pararam em frente ao Fórum Paiva Júnior
Cambuí
Tudo pronto para a festa
dos 118 anos
6
LUÍS CÉSAR FONSECA
Depois dos professores
da rede estadual de ensino,
agora foi a vez dos servidores
da Justiça de Minas Gerais
fazerem a paralisação das
atividades. O ato ocorreu
nesta quarta-feira, 12,
envolvendo os funcionários
da 1ª Instância do estado. Em
Cambuí, um ato ocorreu no
final da tarde, em frente ao
Fórum Paiva Junior, mas,
durante todo o dia, o
expediente só foi realizado
com 30% de funcionários.
Segundo a manifestação,
organizada pelo Sindicato dos
Servidores da Justiça de 1ª
Instância de Minas Gerais
(Serjusmig), apesar de
prestarem o mesmo tipo de
serviço que os servidores de
outros estados, “Minas se
destaca como um dos estados
Santa R. do Sapucaí
Novo hospital também
atenderá pelo SUS
que pior remuneram seus
trabalhadores”.
Para Marcos Francisco
Pereira, delegado do sindicato
na Comarca de Cambuí (que
envolve também as cidades de
Bom Repouso, Senador Amaral
e Córrego do Bom Jesus), o
pedido é para que sejam
cumpridas as leis aprovadas
pela Câmara dos Deputados,
reajustando salário dos
funcionários, “e que o Tribunal
de Justiça de MG, através da
Corte Superior, acha melhor não
cumprir”, disse.
Essa paralisação foi
decidida em assembleia,
realizada em Belo Horizonte.
Uma das reclamações é o
pagamento do adicional de
desempenho, que já foi
aprovado pela Assembleia
Legislativa de Minas Gerais, em
substituição ao quinquênio,
excluído pelo então governador
e hoje pré-candidato ao
Senado, Aécio Neves (PSDB).
5
DIVULGAÇÃO
Esse adicional seria pago de
forma retroativa a 2003.
Outros pontos foram
reivindicados pelo movimento,
como a melhoria nas condições
de trabalho e reajuste salarial
de servidores, que já está
defasado. “Minas Gerais é o
estado que melhor paga juízes
e desembargadores, mas é um
dos piores para pagar os
funcionários”, completa o
diretor do sindicato.
Para se ter uma ideia,
Marcos conta que, para atuar
como oficial de justiça, ele
chega a percorrer cerca de 200
km diários, para um reembolso
(manutenção do veículo e
gasolina) de R$6,50. “Isso sem
contar os riscos de acidentes e
até mesmo os riscos da
profissão, pois sou eu quem
penhoro, busco e apreendo, e
corremos um certo risco. Não
andamos armados e vamos
sozinhos, em lugares que nem
celular pega”, explica.
Minas Gerais
Governo e grevistas da
educação se reúnem
3
DIVULGAÇÃO/ALMG
O presidente da ALMG (c) conduz reunião com grevistas
Cidade se prepara para comemorar mais um aniversário
Camanducaia
Prefeitura faz reparo em
ruas da cidade
6
Conceição dos Ouros
Agricultura familiar
abastece escolas
O prefeito Paulinho (centro) com os proprietários do hospital
6
Paraisópolis
Cursos marcam semana
do enfermeiro na cidade
5
Córrego B. Jesus
Câmara devolve projetos
ao Executivo
3
Opinião/Esportes
2
Editorial
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
A semana das listas
DIVULGAÇÃO
esta semana, dois
assuntos ocuparam
a pauta dos noticiários: a votação no Congresso Nacional do Projeto Ficha Limpa e a convocação
da Seleção Brasileira de Futebol. São dois assuntos
completamente antagônicos,
mas que, ao final, possuem
uma certa semelhança.
O Projeto Ficha Limpa é
de autoria da iniciativa popular. Ele foi concebido através de uma ONG e arrecadou mais de 1,6 milhão de
assinaturas em todo país,
número suficiente para torná-lo um projeto de lei.
Porém, muita discussão
entre os nobres deputados foram feitas. Há duas justificativas para isso: a primeira, atrasar a votação e fazer com que
o mesmo não fosse válido
para o pleito de 2010; segunda, tentar livrar a cara daqueles que têm algum processo
em tramitação na justiça.
Como todos vocês sabem, o Ficha Limpa impede
que qualquer candidato a
cargo público, com quaisquer
tipos de processos, concorram nas eleições. E é justamente isso que aflinge boa
parte dos nobres deputados.
Pois bem. Nesta semana
ele foi, enfim, votado e aprovado no Congresso. Segue
agora para o Senado Federal. Mas lá, a conversa é outra. Com a desculpa de que
há várias medidas provisórias trancando a pauta, os senadores alegam não terem
tempo para votá-lo antes de
5 de junho, data limite para
que qualquer alteração eleitoral seja aplicada ainda nas
eleições de outubro.
A lista com os nomes dos
deputados com algum processo corre na internet. Ao
todo, 153 parlamentares não
poderiam disputar as eleições
deste ano.
Mas, com uma emenda
aqui e outra ali, eles conseguiram que esses ‘nobres’ cidadãos, possam usufruir des-
N
Para
se direito. Cabe agora ao
Senado, ter a mesma ‘dedicação’ que os deputados tiveram para votar a lei.
Mudando de área, mas
onde também houve uma lista, foi a convocação da seleção brasileira, pelo técnico
Dunga.
O clamor popular era para
o chamado dos ‘meninos da
Vila’ para a Copa da África.
Bem, eles não foram convocados e Dunga explicou os
motivos pelo não chamamento da dupla Neymar e
Paulo Henrique Ganso. E foi
simples: “eles não têm experiência suficiente com a camisa da seleção e, exemplos
recentes, mostram que não
funciona”.
Por um lado Dunga está
certo e coerente com sua
forma de pensar. Seria uma
injustiça deixar de lado jogadores que confiou durante
esses três anos e meio no comando da seleção, conquistando dois títulos: a Copa
América (sobre a Argentina)
e a Copa das Confederações
(contra os Estados Unidos).
Além disso, foi esse grupo
que garantiu a vaga para a
Copa com três rodadas de
antecedência.
A única surpresa, digamos assim, foi o chamado de
Grafite para o lugar de Adriano, o ‘Imperador’. Esperava-se o contrário. Mas, como
temos observado recentemente, o atacante flamenguista não tem dado tanta
importância assim para sua
profissão: a falta de comprometimento com o time em
que joga refletiu na opinião
de Dunga, que quer jogadores compromissados com a
camisa amarela.
Enfim, o que nos resta
agora é torcer para que este
grupo traga o sonhado hexacampeonato para cá.
Lista por lista, tanto a dos
deputados quanto a da seleção, causou muito furor nesta semana. E convenhamos,
lista suja, só lá em Brasília.
refletir
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
“Não faça o que mais gostaria de fazer. Faça o
que seu adversário menos gostaria que fizesse”.
Expediente
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
Gazeta do Vale Editora Ltda
(CNPJ 09.561.233/0001-38)
Redação: rua Sancho Vilela, 95, Ozório Machado, Santa Rita do Sapucaí/MG
CEP 37540-000 (Caixa Postal - 71) - Telefone: (35) 3471-1459 / 3471-0273
Sucursal: rua Padre Caramuru, 102, Centro, Cambuí/MG, CEP 37600-000
Telefone: (35) 3431-3047
E-mail: [email protected]
Site: www.jornalgazetadovale.com.br
Diretora comercial: Mariângela Teles Marques
Diretor financeiro: Gerson Benedito de Oliveira
Diretor geral: Luís César Fonseca
Publicitário: Manoel Ferraz
Diagramação e Jornalista Responsável: Luís César Fonseca (Mtb
09485 JP MG)
Periodicidade: semanal
Tiragem: 6.000 exemplares
Impressão: Gráfica Express (Pouso Alegre)
Circula em Pouso Alegre, Itajubá, Santa Rita do Sapucaí, Cachoeira de Minas,
Conceição dos Ouros, Paraisópolis, Consolação, Cambuí, Córrego do Bom
Jesus, Senador Amaral, Bom Repouso, Estiva, Camanducaia, Monte Verde e
Gonçalves
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
Gazeta do Vale >> 14 de maio de 2010
Nauta Tavares Ferrer de Oliveira
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
Temos passado por muitas experiências dolorosas nos
tempos atuais como cristãos.
Vivemos situações que exigem de cada um de nós uma
maior certeza da presença de
Deus conosco e a certeza de
que conseguiremos “sobreviver às tempestades e transportar os montes”.
Mas esta segurança que necessitamos tão urgentemente
passa pela nossa fé em nível
individual. Cada um de nós encontra forças para vencer os
“Golias” de sua vida diária através de sua fé em Cristo. Esta é
a promessa para cada um de
nós. Sofremos perdas materiais, crises financeiras, afetivas,
mortes de pessoas amadas,
desestruturação das famílias.
Muitas vezes, diante de
tanto sofrimento, sentimonos tentados a imaginar um
evangelho sem sofrimento,
perdas, angustias, etc. Mas
seria isto possível? Uma vida
cristã completamente isenta
de lutas e dos muitos altos e
baixos pelos quais passaram
muitos no passado, inclusive
Nossa cruz de cada
dia como símbolo de
vitória
os discípulos?
Ao lermos a Bíblia e examinarmos alguns aspectos
mais comuns da proposta de
vida cristã nela contida, a
partir das palavras do próprio Jesus, isto parece improvável. Senão, vamos lembrar
algumas passagens.
No evangelho de João
16.33: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo...” É o incentivo que Jesus nos dá depois de explicar que não estaríamos sozinhos após o seu retorno à
glória celeste, mas o Espírito
Santo – o Consolador nos
assistiria nos momentos críticos de nossas vidas.
Portanto, no meu entendimento, é desta forma que devemos vivenciar ou levar diariamente a “nossa cruz de
cada dia”. Devemos ver na
cruz a manifestação do poder
de Deus conosco. A cruz é a
nossa marca diante do mundo. É o nosso maior legado.
Como discípulos de Jesus, devemos ter clareza de que não
morremos somente para nós
mesmos: a cruz que carregamos é sinal de que morremos
também para o mundo, para
as coisas que não nos dizem
respeito e que como cristãos
que somos não fazem parte do
nosso viver diário. Por outro
lado, a cruz é para nós também sinal de vitória, sinal de
nossa glória antecipada, no
evangelho de João 12.26.
Pelo que tudo indica, não
é possível um cristianismo só
de vitórias, sem sofrimento
ou perdas na caminhada. Isto
não somente porque Cristo
morreu numa cruz, mas porque a cruz deve ocupar o
centro da vida do cristão.
Portanto, devemos levar a
nossa cruz diariamente como
estímulo à superação de nossas limitações através da fé
em Jesus, que tudo pode.
Nossa cruz, a cruz que levamos a cada dia, longe de
representar um peso insuportável, uma carga ou símbolo
de derrota, deve ser vivenciada como certeza de Vitória. Certeza da presença de
Deus conosco. A minha oração, portanto, é para que os
momentos de perda e angústia nos proporcionem a oportunidade de crescimento humano e espiritual, rumo à glória eterna. Mesmo diante de
um momento doloroso,
como a perda de meu pai José Luiz Tavares, a quem
tento homenagear após sua
partida junto aos braços do
nosso eterno Deus. Que ele
tenha encontrado sua paz e
o seu descanso eterno no lar
celestial.
Com carinho, sua filha
Nauta Tavares F. de Oliveira
Ronaldo Carvalho
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
A ACEVALE - Associação Comercial e Empresarial
do Vale da Eletrônica de
Santa Rita do Sapucaí realizou a sua quarta Mostra do
Comércio entre os dias 23 e
25 de abril. O evento aconteceu no Ginásio Alcidão,
como é chamado o recinto
de esportes de Santa Rita do
Sapucaí, nome dado através
de projeto de lei do então
vereador Daniel Mendes ao
ex-prefeito e esportista José
Alcides Rennó Mendes. A
cidade tem, também, um outro ginásio de esportes na
região da Nova Cidade, o
Ginásio Poliesportivo Jacques Bresller, outro grande
esportista da cidade.
Na matéria do Gazeta do
Vale, que registrou o evento, o presidente da Acevale,
o comerciante José Norberto Dias, abordou um assunto realmente polêmico para
todas as cidades de nossa
região: a proliferação de barracas de fora nas festas religiosas locais. Nas próximas
semanas, o problema vai tornar a aparecer com a comemoração do dia de Santa
Rita, 22 de maio, que é padroeira, para a comunidade
As Santas Ritas e as
barracas
católica, de algumas cidades
em nossa região: Santa Rita
do Sapucaí, que já se chamou
Santa Rita da Boa Vista, Extrema, que já se chamou Santa Rita da Extrema e Santa
Rita do Caldas que já se chamou Santa Rita do Rio Claro. Além de outras, em São
Paulo, como Santa Rita do
Passa Quatro, cidade natal
do compositor Zequinha de
Abreu, autor do clássico
‘Tico-Tico no Fubá’, imortalizado por Carmen Miranda,
grande cantora brasileira nascida em Portugal. Alguns
compositores, certamente
seus inimigos, asseguram que
‘Tico-Tico no Fubá’ é cópia
do primeiro movimento do
Concerto para Piano Opus
15, de Beethoven. Como
não sou chegado em música
clássica, prefiro a música alegre e brejeira de Zequinha de
Abreu. A saga de Zequinha
de Abreu foi contada no cinema pelo filme dos estúdios da Vera Cruz, com Anselmo Duarte no papel do
compositor e Tônia Carrero
fazendo Branca, sua mulher.
Desculpe-me meu paciente
leitor. Comecei a divagar.
Custo me conter quando começo escrever sobre cinema.
Mas estava registrando a
fala do presidente da Acevale a respeito da vinda das
famosas barraquinhas nas
festas religiosas da região.
Tem toda razão o presidente José Norberto Dias, meu
amigo Beto. Estas barracas
não pagam impostos, não
criam postos de trabalho,
não pagam aluguel, vendem
produtos de qualidade e procedência duvidosas, não respeitam nenhuma norma sanitária e levam nosso dinheiro
para fora, deixando um rastro de sujeira, papeis usados,
restos de comida e ocorrências policiais. A alegação de
que o povo das cidades gosta de passear, frequentar e
comprar nas barraquinhas
não impede que o comércio
local ofereça, também, as
mesmas atrações, como co-
midas, bebidas, doces, utensílios domésticos, aparelhos
de som e os inevitáveis touros mecânicos.
Tudo isto o comércio local pode e deve oferecer às
pessoas durante as festas.
Basta um pouco de imaginação e criatividade, sem impedir a vinda das barracas de
fora. Se oferecermos produtos de boa qualidade, preços
acessíveis e boas condições
de higiene, as barracas de fora
perderão o interesse e não
aparecerão mais. Tudo dentro da imutável lei da oferta e
da procura. Já se disse aqui
neste espaço: o negócio é
bom quando é bom para todas as partes. O atual deputado federal Celso Russomano, na época apresentador de
programa popular, tinha um
famoso bordão: “Estando
bom para ambas as partes...”.
Este é o caso. Se os comerciantes locais agirem com agilidade, agressividade e competência, poderão ganhar os espaços que hoje são das barracas de fora. Aí sim teremos
um bom negócio: bom para o
comércio e bom o povo. Parabéns ao presidente Beto.
Agora, mãos à obra.
Ulysses Gomes
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
Deu o que falar a convocação da seleção feita ontem
pelo técnico Dunga. A meu
ver, as escolhas não agradaram a maioria: “Chamou esse,
que não joga um terço daquele outro, que ficou de fora...”
Mas a principal justificativa do
técnico para suas decisões
nos faz pensar em 2006, quando uma seleção de estrelas
parecia fazer algo corriqueiro
nos gramados e decepcionou
a nação. Dunga disse ontem
aos jornalistas: “Algumas coisas que pautamos foram o
comprometimento, a atitude,
paixão, a emoção de jogar na
seleção.” Lembramos 2006 e
calamos. Talvez ele esteja com
a razão.
Quem não busca trabalhar
e conviver com pessoas motivadas? Começar um projeto novo com quem tem brilho nos olhos, enfrentar desafios ao lado de quem demonstra comprometimento e
garra faz toda a diferença!
Vejo que a palavra motivação exerce um grande efeito
sobre as pessoas. É muito citada atualmente no mundo do trabalho. E alguns agem até como
se pudéssemos fabricá-la e comercializá-la em cursos e pales-
Dunga e a
seleção da vida
tras. Mas a motivação age
como uma força interior, uma
intenção que leva a pessoa a fazer ou agir desta ou daquela maneira. Uma faísca, uma centelha
que determina se eu fico sentado no sofá ou vou dar uma corrida. Se vou aperfeiçoar aquele
trabalho ou se deixo como está
para ver como é que fica.
Entendo que o que motiva
uma pessoa pode não motivar
outra: situações, diálogos, metas colocadas vão funcionar de
maneira extremamente personalizada. Instigante para um, um
balde de água fria para outro...
A grande questão é o próprio
sujeito descobrir o que o motiva e procurar situações que propiciem esta vivência. Circunstâncias motivadoras diferentes
vão fazer a vida ter um sabor
variado e propiciar mais prazer
na superação de desafios.
Outra palavra em que a declaração de Dunga me fez pensar é na proatividade, esta menos conhecida, mas não menos
importante. O significado de
proatividade, segundo o dicio-
nário, é a capacidade de se antecipar a situações, necessidades e problemas futuros. Isso
significa, para começar, que a
pessoa proativa tem senso de
prontidão. Não espera a casa
cair para ir procurar estacas.
Mas o psicólogo judeu que
teve experiências marcantes
num campo de concentração,
Viktor Frankl, foi quem cunhou a expressão e a exemplifica no seu livro Em Busca
de Sentido, de 1946: “Nós
que vivemos em campos de
concentração podemos nos
lembrar que os homens que
percorriam as barracas para
confortar os outros, abriam
mão de seu último pedaço de
pão. Eles podem ter sido poucos em número, mas sustentaram prova suficiente de que
tudo pode ser tirado de um
homem, exceto uma coisa: a
última de suas liberdades. O
poder de escolher sua atitude em um determinado arranjo circunstancial — a escolha
de seu próprio caminho”. Ou
seja, a liberdade de escolher
como agir, testada até em situações de privação máxima,
como o campo de concentração, realça a dignidade do ser
humano. Dignidade que se
mostra em fazer escolhas coerentes com os valores que se
tem. Tomar ciência deste poder e não projetar sobre outras pessoas a responsabilidade pelas suas escolhas e, em
suma, pela própria felicidade.
Isto diferencia um sujeito com
brilho nos olhos de outro que
apenas passa pela própria
vida, como um figurante de
um espetáculo do qual nem
conhece o roteiro.
Copa do Mundo mexe
com o brasileiro. E esta começou bem. O que Dunga
está querendo não é pouca
coisa. Ele quer gente feliz no
campo. Se vamos conseguir
trazer
a
taça,
não
dependerá apenas disso.
Mas se, pessoalmente, conseguirmos colocar um pouco
mais de motivação e proatividade em nossas vidas, a
vitória começa a caminhar
conosco, a cada dia.
Ulysses Gomes, ex-vereador em Itajubá e graduado
e pós-graduado em Administração Pública.
Gazeta do Vale >> 14 de maio de 2010
Política
3
[greve] Depois de muito pedir, encontro foi intermediado pelo presidente da ALMG, Alberto Pinto
Governo de Minas e professores se
reúnem em Belo Horizonte
DIVULGAÇÃO/ALMG
Luís César Fonseca*
[email protected]
esta quarta-feira,
12, ao atender um
convite do presidente da Assembleia
Legislativa de Minas Gerais
(ALMG), Alberto Pinto Coelho (PP), para se reunir com
representantes do Sindicato
Único dos Trabalhadores em
Educação (Sind-UTE), a secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena,
propôs a retomada da pauta
encaminhada à entidade no dia
15 de abril e garantiu que não
haverá demissões. Após a reunião na ALMG, Renata Vilhena reafirmou que o Governo
de Minas permanece aberto ao
diálogo e que é indispensável
para a categoria a criação de
um grupo de trabalho para revisar a carreira do magistério,
“uma vez que há uma série de
gratificações que incidem sobre o vencimento básico”, disse Vilhena.
Em relação ao corte do ponto, a secretária explicou que o
corte já foi efetuado e “na medida em que houver a reposição dos dias de aula paralisados”, o Governo de Minas poderá repor financeiramente os
N
dias cortados.
A secretária Renata Vilhena ressaltou ainda que a criação
do grupo de trabalho, composto
por
representantes
da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e da categoria vai
permitir a definição de carreira
que “seja mais justa, mais simples e até mesmo mais transparente, permitindo que a população conheça de fato o valor da
remuneração do professor e dos
demais servidores da educação”. A secretária voltou a afirmar que o Governo de Minas
espera que a categoria cumpra
a decisão da Justiça e retorne
imediatamente ao trabalho.
Renata Vilhena deixou claro que o Governo manterá as
negociações com o retorno
imediato dos professores às
salas de aula. “Houve um apelo
para que eles voltem às aulas
para que não haja mais prejuízo em relação às crianças que
estão perdendo conteúdo escolar. Terminado o movimento, nós devemos começar a revisão da carreira”, ressaltou.
Limite legal - Renata Vilhena voltou a reiterar que o
Governo entende as reivindicações da categoria, mas esclareceu que há impedimento
legal e financeiro para conceder qualquer aumento salarial
além dos 10% já concedidos.
“Seja pela legislação eleitoral,
que colocou o prazo até o dia
6 de abril para que fosse dado
qualquer tipo de reajuste, seja
pela Lei Federal de Responsabilidade Fiscal, uma vez que
eu já tenho o meu limite comprometido de pagamento de
pessoal. Então, nós também
não podemos descumprir a lei.
Nós só podemos dar passos
de acordo com as nossas possibilidades legais”, reafirma.
No encontro não houve
discussão de aumento salarial. A secretária Renata Vilhena esclarece que o piso, de
acordo com decisão liminar do
Supremo Tribunal Federal
(STF), corresponde ao conjunto de remuneração pessoal.
“Nós já pagamos acima da remuneração, acima do piso nacional, que é de R$ 1.024,00
para 40 horas semanais. Para
as 24 horas semanais seriam
R$ 614,00 e nós estamos pagando R$ 935,00’, explicou a
secretária. “Nossa proposta é
fazer a revisão da carreira e
não simplesmente aumentar o
vencimento básico”, afirma.
O outro lado - Por sua
vez, o Sind-UTE/MG mantém
a decisão pela greve, tomada
Presidente do Sisempa
usa tribuna da Câmara
Da redação*
[email protected]
O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos
de Pouso Alegre (Sisempa),
Luiz Antonio dos Santos, o
‘Campanha’, utilizou a tribuna livre, durante a Sessão
Ordinária desta segundafeira, 11, com o objetivo de
apresentar a posição do sindicato em relação aos projetos 239 e 240, de autoria
do Executivo, que dizem
respeito ao Reajuste Salarial e ao Pagamento Adicional de Periculosidade e
Insalubridade.
Segundo Campanha, o prefeito teria enviado o projeto
para a Câmara sem ter fechado a discussão com o sindicato. Outro ponto levantado por
ele foi que o executivo não teria condições de aumentar o
salário, porém, existiriam gastos desnecessários e criticou a
criação de secretarias, aprova-
da recentemente na Câmara.
O representante do Sisempa falou ainda sobre a
necessidade de apreciação
de emendas e apoio dos vereadores em relação às posições apresentadas pelo sindicato e encerrou sua fala
ressaltando alguns itens do
Estatuto do Servidor, que na
visão dele, deveriam ser retirados do projeto.
*Com informações da
Ascom/Câmara Municipal
DIVULGAÇÃO
Campanha usa a tribuna e cobra posição do executivo com relação ao reajuste salarial
Governo, deputados e professores sentaram à mesa para debater a questão da greve
em assembleia realizada na terça-feira, 11. Os rumos do movimento serão definidos na próxima assembleia, dia 18 de maio,
às 14h, na Praça da Assembleia
Legislativa, em Belo Horizonte.
Em boletim emitido na tarde de ontem, o Sind-UTE/MG
disse que, como resultado da
reunião, conseguiu reverter a
demissão dos designados, que
estava em curso na manhã do
dia 12 de maio. Também foi
revertido o corte de salários
dos servidores em greve.
O comunicado, assinado
pela coordenadora geral do
sindicato, Beatriz da Silva Cerqueira, também informa que
“O Governo de Estado apresentou uma proposta em relação às possibilidades de incorporação de gratificações
como mecanismo de modificar os vencimentos básicos. O
Sind-UTE/MG submeterá todas as questões conquistadas
para deliberação da categoria.
Apenas após a posição dos/
as trabalhadores/as em educa-
ção em greve, o sindicato fechará qualquer negociação”.
Uma reunião extraordinária foi convocada para hoje,
sexta, 14, com o Comando
Estadual da Greve para tratar
dos novos fatos apresentados.
“Salientamos a importância da
unidade da categoria para
manter a mobilização, conforme definido em assembleia
geral”, completa.
*Com informações da Agência Minas e do SindUTE-MG
Vereadores devolvem
projetos em CBJ
Pedro Henrique Martins
[email protected]
A Câmara Municipal de Vereadores de Córrego do Bom Jesus realizou na noite de quartafeira, 12, a 7º Reunião Ordinária
do ano. Dois projetos de leis estavam pautados para entrar em
discussão. O Projeto de Lei 12/
2010 é a Lei de Diretrizes Orçamentárias, responsável por orientar a elaboração e execução do
orçamento anual de 2011 e tratar de vários outros temas, como
alterações tributárias, gastos com
pessoal, política fiscal e transferências da União.
Após a análise do presidente da Câmara, o vereador Carlos Henrique da Silva (PP), decidiu juntamente com os demais
vereadores por não colocar em
votação nesta reunião. Os edis
irão analisar melhor o projeto
e só depois será colocado novamente em pauta.
Já o Projeto de Lei 13/
2010 fala sobre a criação do
Fundo Municipal de Turismo
(FUMTUR). O documento
diz que o FUMTUR será um
instrumento de captação e
aplicação de recursos, com a
finalidade de proporcionar
apoio e suporte financeiro às
ações municipais nas áreas de
responsabilidade da Secretaria Municipal de Turismo,
conforme disposto no artigo
7º Lei Municipal 1044/2009.
Este projeto também não foi
colocado em votação.
O parecer da Comissão de
Justiça, Legislação e Finanças,
presidida pelo vereador, Antônio Clemente de Alvarenga,
diz que há imperfeições no texto do projeto. O mesmo optou por devolver ao Executivo para que possam corrigir os
erros que, para ele, podem ser
de digitação. Resolvido o problema o projeto volta a ser discutido na próxima reunião mar-
cado para o dia 26 de maio.
Durante a Reunião Ordinária, o administrador geral da
Associação Municipal de Arte,
Esporte e Cultura (Amaec),
Clodoaldo Antônio da Costa,
ocupou a tribuna da Câmara
com o objetivo de divulgar a
população correguense e principalmente aos vereadores, o
balancete final da verba que
Eletrobrás Furnas doaram a
associação em abril deste ano
através do Programa Eletrobrás e Furnas Social.
Durante os minutos que
ocupou a tribuna, o administrador deixou claro para os
vereadores como está a situação financeira da instituição.
“Trabalhos com parcerias, só
assim para o projeto dar certo. Financeiramente falando
estamos trabalhando no limite, mas pagando tudo em dia.
Sobre a verba recebida, é
mais uma conquista da Diretoria 2009/2011”, finaliza.
4
Política
Vereadores questionam
secretário em Santa Rita
Cintia Ferreira
[email protected]
Na reunião da Câmara Municipal de Santa Rita do Sapucaí da última terça-feira, 11, foi
lida a resposta de um requerimento de autoria do vereador
Clarismon Inácio (PSDB) que
solicitava ao Executivo o desassoreamento da galeria de
águas pluviais existente no Bairro Fernandes. Em resposta ao
pedido, o secretário de Obras,
Rogério dos Santos Costa, afirmou que já foi feita esta limpeza e que, para este ano, já está
na programação da Secretaria
de Obras este desassoreamento. Os vereadores questionaram a resposta do secretário e
afirmaram que a limpeza não foi
executada. “Se foi feito, foi
muito mal feito”, assegura João
Paulo Sampaio (PDT).
Seis requerimentos foram
enviados ao executivo na última reunião, entre eles, um de
autoria do vereador Clarismon
Inácio que trata sobre o atendimento particular no hospital
Antônio Moreira da Costa. O
parlamentar afirmou que as
pessoas que possuem Plano
de Saúde particular têm prio-
ridade no atendimento médico, sendo encaminhadas para
a porta da frente da instituição, enquanto os cidadãos
mais carentes têm que esperar pelo atendimento. A solicitação interroga o prefeito se
ele tem conhecimento sobre a
vantagem que alguns pacientes conveniados têm tido, se
essa prática é legal, e o que o
executivo pretende fazer para
solucionar o problema.
Os vereadores aprovaram
ainda um Projeto de Lei que
altera a Lei Plurianual e autoriza a abertura de crédito especial no exercício de 2010.
Essa alteração é necessária
para implantar na cidade o
Centro de Atendimento Sócio Infantil (Case). A instituição será responsável em oferecer proteção social, como
serviço de ação continuada a
crianças e adolescentes em
situação de vulnerabilidade
social. “O projeto é muito
importante e a Câmara tem
que apoiar essa ação, que visa
diminuir os problemas dos
menores na criminalidade, nas
drogas e nas situações de vulnerabilidade”, expõe o vereador Magno Magalhães Pinto (PT).
Gazeta do Vale >> 14 de maio de 2010
Fábrica gera empregos
em Consolação
Luís César Fonseca
[email protected]
A cidade de Consolação tem
como principal vocação a produção agrícola, principalmente a
plantação de morango. Mas, há
alguns meses, uma nova atividade vem gerando emprego no
município: a produção de gesso.
Promessa de campanha do atual prefeito, Paulo da Costa Dias
(PSDB), ainda no primeiro mandato, a fábrica já funciona a todo vapor, chegando a produzi até 1,3 mil
placas/dia. Contando atualmente
com nove funcionários, a expectativa é duplicar esse número.
Segundo o assessor jurídico da
Prefeitura Municipal, Caio Diego
Nogueira, “esse era um sonho do
prefeito, desde a campanha do
primeiro mandato, mas não era
possível por conta da estrada. As
placas são sensíveis e poderiam
quebrar com o atrito”, explicou.
A partir do momento que o
asfalto entre Consolação e Paraisópolis ficou pronto, foi dada a
largada para a construção do galpão, onde se encontra a fábrica.
“Fizemos um regime de concessão de uso por 10 anos, mas com
a promessa de geração de 21
empregos”, explicou.
Diego completa que esse é o
primeiro “fruto do asfalto” e que
isso pode impulsionar ainda mais
o desenvolvimento do município.
Geral
Gazeta do Vale >> 14 de maio de 2010
5
[resposta] O médico também diz que não é de sua autoria e-mail enviado à Câmara na semana passada
Dr. David diz que novo hospital
também atenderá pelo SUS
FOTOS: DIVULGAÇÃO
Mila Oliveira
[email protected]
médico Dr. David
Kallás, um dos proprietários do hospital ‘Maria Thereza
Rennó’, em Santa Rita do
Sapucaí, em entrevista à Gazeta, conta como vai ser o
atendimento no novo estabelecimento de saúde. Segundo o médico, o prédio
encontra-se em fase de detalhes finais e a inauguração
está prevista para após o mês
de setembro deste ano. Kallás afirma que o hospital vai
ter atendimento particular,
para conveniados de planos
de saúde e pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Beneficiará tanto a população local como a de toda a região,
recebendo pacientes que
procurem por atendimento
médico de qualidade”.
No entanto, ele comenta
que a atual preocupação dos
proprietários é com relação à
infraestrutura e acesso ao local, que ainda não estão apropriados. “Nossa preocupação
é com a população carente,
com os de fora da cidade e com
aqueles que não possuem
transporte individual. Precisa-
O
mos viabilizar o acesso para
uma linha de ônibus, táxis e
outros meios, para assim permitir o atendimento de pessoas desprovidas de transporte
individual.Na lamentável impossibilidade de termos uma via
de acesso segura, vamos redimensionar o hospital, priorizando ou adequando formas de
atendimento. Mas, não acreditamos nessa hipótese. Confiamos no espírito público e humanitário de todos”.
A respeito do suposto email enviado pelo médico ao
vereador Magno Magalhães
(PT), ele comenta que o texto apresentado na reunião da
Câmara no dia 27 de abril não
é de sua autoria. “O e-mail a
mim atribuído em sessão da
Câmara não é de minha autoria, e não expressa meus
sentimentos em relação
àquela instituição, ao
vereador Hudson e sua família. Aqueles que me conhecem sabem que não é de meu
costume o uso de tais palavras e ofensas. Além de ser
eu incapaz de produzir um
texto apócrifo”.
O médico acrescenta que
tem grande respeito pela Câmara de Vereadores e fala que
jamais teve a intenção de denegrir a imagem da corpora-
ção e seus membros. “O autor do referido e-mail envioume o mesmo como correspondência, em caráter particular e sigiloso, confiando-me
o seu desabafo em relação à
rejeição do requerimento 084/
2010. Nas mesmas condições,
repassei-o para tomada de
conhecimento ao vereador
Magno que, a meu pedido,
havia apresentado o requerimento para apreciação do plenário da Câmara. Na obrigação de preservar o sigilo do
autor do e-mail, reservo-me o
direito de não revelar-lhe o
nome, manifestando, entretando, meu repúdio a qualquer
tentativa de atribuir-me sua
autoria”.
Kallás diz ainda sobre o
requerimento rejeitado pela
Câmara, que houve confusão de interpretação de interesses. Ele explica que o
requerimento pedia apenas
informações sobre quais
providências a administração municipal poderia tomar
para melhorar o acesso e
infraestrutura em torno do
HMTR. ”Caberia ao poder
executivo, pelo que se pretendia, analisar o que poderia ou não ser feito, dentro
da lei. De posse de um
parecer jurídico e adminis-
trativo da Prefeitura teríamos melhores condições de
avaliar a situação e, então,
trabalharmos no rumo certo. Com a rejeição do requerimento, ficamos surpresos e frustrados no nosso legítimo direito de inquirir e peticionar”.
Para finalizar, o médico
conta que o HMTR é apenas
parte integrante de um projeto
para desenvolver a tecnologia
e a indústria eletro-médica no
Vale da Eletrônica. “Ele é um
meio para atingirmos um objetivo maior, qual seja o desenvolvimento científico, econômico, social e cultural de nossa
sociedade, diminuindo as distâncias entre as classes sociais
através do crescimento e desenvolvimento integrado. Há,
por parte de alguns, confusão
de informações a pretexto de
eventual prejuízo a ser suportado pelo atual hospital da cidade com a inauguração do
MTR. Perguntaria qual o grau
de concorrência e malefíciao
que o Inatel trouxe para a ETE?
Obviamente nenhum. O mesmo aplica-se aos dois hospitais,
que serão igualmente particulares e conveniados ao SUS.
Atenderão, porém, pelo que se
pretende, a níveis de complexidade diferentes. As escolas
Local onde os ônibus deveriam fazer o retorno - impraticável
Devido à tração de veículos pesados, ruas estão esburacando
honram Santa Rita, nós também a engrandeceremos”.
A reportagem procurou o
vereador Hudson Carvalho
para saber mais detalhes so-
bre o e-mail e possíveis tomadas de providências sobre
o assunto. Porém, até o fechamento desta edição não
obtivemos resposta.
Profissionais de enfermagem
Posto Policial é
recebem treinamento em ‘Paraíso’
inaugurado
Da redação
[email protected]
Dia 12 de maio é o Dia Internacional da Enfermagem e,
para comemorar a data, foi
elaborada a semana da enfermagem na (EPEP) Escola Politécnica de Ensino Paraisopolense. A semana foi composta
por eventos voltados para a
área da saúde, e contou com
a participação e colaboração
de profissionais relacionados.
No dia três de maio, os alunos do curso de enfermagem
participaram de uma Roda Terapia Comunitária, realizada por
Milene Aguiar juntamente com
Selma Ribeiro Mota Gonçalves,
técnica de enfermagem e terapeuta ocupacional, e Eliane
Souza Cardenes Barbosa, agente comunitária.
Nos dias quatro e cinco
de maio, as palestras e treinamentos oferecidos aos alunos de enfermagem foram
elaboradas e apresentadas
pelos bombeiros civis Ednaldo Aparecido de Souza, Hollian Elias da Silva, Anderson
Aparecido Pereira e Michele
Cristiane Paulino Campos,
que abordaram o tema ‘Primeiros Socorros’, juntamente com Sheila Aparecida dos
Santos, enfermeira padrão,
que faz pós-graduação em
Urgência e Emergência.
Michele, integrante do
corpo de bombeiros e técnica de Segurança do Trabalho, conta que o evento foi
muito satisfatório e gratificante. “Os alunos foram participativos em todos os momentos do treinamento, além
de muitas perguntas na parte teórica, teve grande en-
FOTOS: DIVULGAÇÃO
Alunos de enfermagem têm noção de primeiros socorros durante a semana
volvimento na parte prática”.
Ela explica que a os treinamentos oferecidos tentaram passar aos alunos situações do dia-a-dia, que acontece fora do ambiente hospitalar. “Temos que utilizar de
iniciativa, criatividade e conhecimento para socorrer
uma vítima a fim de evitar o
agravamento das lesões podendo chegar ao falecimento da vitima”. Durante o
evento foram realizadas simulações acidente de trânsito, parada cardio-respiratória, fraturas, engasgos entre
outras situações de risco.
Para finalizar a semana comemorativa, no dia 6 de maio,
Everton de Assis Ferreira,
instrutor Proerd (Programa
Educacional de Resistência às
Drogas e à Violência, da Polícia Militar) da região, ministrou uma palestra sobre a realidade das drogas. Ele explica que é importante instruir os
futuros profissionais. “As palestras fazem que o estudante tenha uma breve noção do
assunto drogas, elucidando a
realidade que encontrará depois de formado”.
ANUNCIE AQUI!
LIGUE:
(35) 3431-3047
Da redação
[email protected]
O prefeito municipal de
Pouso Alegre, Agnaldo Perugini (PT), inaugurou no sábado, 8, o Posto Policial no Bairro São João e na oportunidade
também entregou uma nova
ambulância que vai ficar à disposição dos moradores do
bairro. O Posto Policial do São
João é um trabalho conjunto
entre Prefeitura Municipal, Policia Militar e Associação de
Moradores do Bairro São João.
A nova ambulância faz parte
dos investimentos na área de
saúde. O objetivo da administração 2009-2012 é renovar a
frota de veículos e, em parceria com as associações de moradores, melhorar a qualidade
do transporte de saúde nos
bairros do município.
Agnaldo Perugini enfatizou
a importante parceria que vem
sendo realizada com a Polícia
Militar e reafirmou o compromisso antigo que tem com o
Bairro São João. “Temos um
grande compromisso com o
bairro São João. Nos próximos
dias vamos entregar a reforma
da Capela, o campo de futebol
e vamos intensificar a limpeza e
pavimentação do bairro”, afirmou Perugini.
O setor da Polícia Militar
no Bairro São João tem como
objetivo principal aproximar a
população dos bairros aos serviços prestados para a comunidade. No setor serão gerenciados os serviços de policiamento 24 horas, rádio patrulhamento, registros de ocorrência, policiamento preventivo, comunitário e atendimento de ocorrências. A PM, em
parceria com a Prefeitura, irá
criar mais setores nas regiões
do município: central, no Bairro São Geraldo, Cidade Jardim, Faisqueira e Foch. Segundo o Capitão Cássio, a parceria com a se faz fundamental
na implantação dos serviços
de policiamento nos bairros.
“Quando a Prefeitura trabalha
em parceria com a PM conseguimos realizar um trabalho
melhor e mais próximo das comunidades dos bairros. Em
Pouso Alegre, o prefeito Agnaldo Perugini está auxiliando
a PM na realização desse projeto”, afirmou.
A nova ambulância faz
parte da aquisição da administração que está investindo na melhoria do transporte da Secretaria de Saúde. O
presidente da Associação de
Moradores do Bairro São
João, Wilson Tadeu Lopes,
acredita que atualmente as
associações de bairro conseguem dialogar com a Prefeitura. “O prefeito Agnaldo
Perugini sempre foi muito
envolvido com associações
de bairros e vem atendendo
as solicitações que sempre
melhoram a vida das comunidades”, afirmou Wilson.
Segundo Jesus Nazareno,
um dos fundadores da associação de moradores e motorista da ambulância do
bairro, o novo veículo irá
ajudar muito a população local. “Estamos muito satisfeitos com essa ação do prefeito no bairro São João. A
ambulância que estávamos
usando estava muito velha”,
afirmou Jesus.
Cidades
6
Gazeta do Vale >> 14 de maio de 2010
118 anos de Cambuí terá Agricultura familiar reforça
cardápio em Ouros
shows na praça
DIVULGAÇÃO
Da redação
CARLA BARBOSA
Carla Barbosa
[email protected]
[email protected]
O município de Cambuí
comemora no dia 24 de maio,
segunda-feira, 118 anos de
emancipação político-administrativa. Um grande evento foi programado pela administração para comemorar
a data. Serão quatro dias de
festa no centro da cidade,
com direito a shows, apresentações culturais e desfile
das escolas municipais.
As festividades começam
no sábado, 22, com o show
de Mazinho Quevedo e Banda, no Largo do Mercado, a
partir das 21h. A promessa
No dia 7 de maio, na Escola
Estadual João Ribeiro de Carvalho, em Conceição dos Ouros,
aconteceu a chamada pública de
aquisição dos alimentos de agricultura familiar (PAA), para compra direta dos produtos.
De acordo com o artigo 21, da
Resolução CD/FNDE nº. 38 de
16/07/2009, as escolas municipais
e estaduais que recebem repasse
do FNDE (Fundo Nacional da
Educação) devem adquirir no mínimo 30% do valor recebido, em
gêneros diretamente da agricultura familiar, sendo que para a aquisição dos produtos não é necessária licitação.
O agricultor familiar pode vender até R$ 9 mil no ano e o preço
é o praticado no mercado atual.
A única exigência é a de que o
agricultor tenha a DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf - Programa Nacional de Fortalecimento
da Agricultura Familiar).
A diretora da Escola Estadual
João Ribeiro de Carvalho, Sônia
Cristina Faria Siqueira, procurou o
escritório local da Emater, que é a
entidade articuladora deste projeto,
e solicitou a chamada pública. Com
a iniciativa, as escolas, a exemplo
da João Ribeiro, poderão contar
com alimentos de qualidade, oriundos do próprio município.
Até o momento, a escola já
contratou o valor de R$ 4,5 mil,
beneficiando seis agricultores que
entregarão os produtos entre maio
a agosto. Dentre os gêneros estão banana, mandioca, ponkan,
alface, beterraba, cenoura, fubá,
maracujá, couve, repolho e feijão.
Uma nova chamada será realizada no segundo semestre,
DIVULGAÇÃO
O violeiro Mazinho Quevedo
A banda de rock Electra, que se apresentará em Cambuí
é de uma apresentação ressaltando a música raiz regional e sertaneja, marca deste
que é considerado um dos
maiores expoentes da música popular brasileira.
No domingo, 23, um dia
cheio de atividades. Às 13h, no
Guadalajara Clube de Campo,
acontece o Torneio de Xadrez.
Às 14h, no Estádio Monte
Castelo, dois amistosos entre
Cambuí e Santos FC (categorias sub-15 e sub-17). À noite,
a diversão está garantida com
o show da Banda Electra.
A solenidade cívica ocor-
re na segunda, 24. A partir
das 10h30, haverá desfile
das escolas municipais e todo
ato correspondente. Às 19h,
missa em ação de graças na
Igreja Matriz de Nossa Senhora do Carmo e, para encerrar, um dançando na praça todo especial, com a Banda do 20º Batalhão da Polícia Militar, de Pouso Alegre.
As comemorações serão
encerradas no domingo, 30,
com a apresentação da ‘Banda do Bem’ – Projeto Plantando Música e Colhendo
Bandas, no Paço Municipal.
‘PMC’ recupera ruas
Fátima Cerqueira
ASCOM/Prefeitura Camanducaia
A Prefeitura Municipal de
Camanducaia, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, está executando etapa de recuperação de bloquetes, guias e sarjetas no
Bairro São José. O programa
prioriza vias urbanas que
atendem um grande fluxo de
veículos e pedestres.
Segundo o prefeito Celio de
Faria Santos (PTB), o plano de
trabalho para este ano é uma
resposta aos problemas das
vias da cidade, castigadas por
uma série de problemas decor-
rentes das chuvas, da idade da
malha viária e também do aumento da frota de veículos.
“Estamos colocando o maquinário nas ruas e estradas para
resolver os problemas e mudar
o cenário”, garante, acrescentando que as obras estão sendo realizadas com recursos
próprios do município.
Inatel
Inatel fecha parceria em
feira de radiodifusão
Na semana de 10 a 15 de
abril, o Inatel participou da NAB
Show 2010, a maior feira mundial focada exclusivamente no
setor de radiodifusão, promovida pela National Association
of Broadcaster, em Las Vegas,
nos Estados Unidos.
O estande do Inatel ficou
localizado no pavilhão brasileiro, apoiado pela APEX (Agência Brasileira de Promoção de
Exportações e Investimentos)
e pelo Sindvel (Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos,
Eletrônicos e Similares do Vale
da Eletrônica). O Instituto
apresentou seus serviços de
pesquisa, desenvolvimento tecnológico e capacitação nas áreas de radiodifusão, mais especificamente as competências
no segmento de TV digital.
A comitiva do Inatel foi composta pelo pró-diretor de Desenvolvimento de Tecnologias
e Inovação, professor Marcelo
de Oliveira Marques, e pelos
gerentes Executivo e Técnico da
área de Desenvolvimento de
Hardware do Inatel Competence Center (ICC-Hardware),
professores Carlos Augusto
Rocha e Luciano Leonel Mendes, respectivamente.
Diversos empresários das
principais empresas de comunicação e fabricantes de equipamentos de transmissão e recepção de TV digital, das indústrias nacionais estrangeiras,
estiveram presentes no pavilhão brasileiro, assim como representantes de várias áreas do
Governo Federal.
Para o professor Marcelo
Marques, a participação na
NAB abre oportunidades de
desenvolvimento para o Inatel.
“Nossas competências institucionais são expostas ao mercado, possibilitando-nos maior visibilidade dos serviços tecnológicos que podemos oferecer,
gerando abertura para o estabelecimento de novas parcerias em projetos de P&D e Inovação”. Outra questão relevante diz respeito ao posicionamento do Inatel neste segmento,
continua Marques. “Ao participarmos de eventos específicos
como este, os empresários brasileiros que vão à NAB, e não
são poucos, passam a reconhecer o Inatel como uma instituição em que poderão buscar os
engenheiros com uma forte formação na área de radiodifusão
para trabalharem em suas empresas, aumentando assim as
oportunidades de emprego para
os nossos engenheiros”, avalia.
Tendências tecnológicas
e nova parceria - A TV digital em 3 dimensões (HDTV-3D)
foi a grande tendência destacada nesta edição da NAB, segundo o gerente Técnico do ICCHardware, professor Luciano
Leonel Mendes. Fabricantes
apresentaram suas soluções para
captação de imagens, edição, codificação de vídeo. Na área de
radiodifusão, a tecnologia de
Redes de Frequência Única (Single Frequency Network - SFN)
foi o destaque. A SFN é uma
rede em que um número de
transmissores opera na mesma
frequência. A tecnologia adotada pelos padrões europeu
(DVB-T) e americano (ATSC)
de transmissão digital apresentava problemas, não funcionando da forma esperada, segundo
explica Mendes, acrescentando
que a feira mostrou que as solu-
ções já vêm sendo apresentadas
por diversos fabricantes.
Desde o ano passado, por
meio de uma parceria com o
Inatel, a Linear realiza transmissão digital de sinais operando em rede de frequência
única. O sinal é transmitido na
frequência de 707 MHz e exibido pelo canal experimental
da Band (53UHF).
A participação em eventos de nível técnico fora do
país faz parte de uma estratégia de internacionalização
do Inatel. Para Mendes, feiras como a NAB servem
como referência para nortear
o trabalho dos desenvolvedores, pois apontam tendências, apresentam desafios e
mostram novas funcionalidades tecnológicas. “Isto é importante para o contato com
nossos clientes, que muitas
vezes não sabem ao certo das
funcionalidades possíveis.
Cabe a nós ressaltarmos isso
a ele de forma a torná-lo mais
competitivo”, explica.
Além disso, possibilita o contato direto com empresas do
exterior, facilitando novas parcerias, como ocorreu neste ano.
O Inatel fechou uma parceria com
as empresas UBS (Unique Broadband Systems), empresa canadense que atua com broadcast
e a Axcera, empresa norte-americana de comunicação digital,
para desenvolver tecnologias de
suporte à TV digital.
“A iniciativa do Sindvel em
reunir as empresas de Santa
Rita em um pavilhão é muito
positiva, pois aumenta a confiança em nossos trabalhos,
facilitando a promoção de
nossa competência”, conclui.
para que o projeto tenha continuidade na cidade.
Segundo a extensionista de
bem-estar Social da Emater, Aline
Oliveira Guidis, esta é uma oportunidade muito importante dada
aos agricultores, pois permite que
comercializem seus produtos no
próprio município, por um preço
justo, sem depender de atravessador, mas ressalta que para isto
é necessário que o produtor esteja preparado.
Ainda de acordo com Aline todos são beneficiados. “A escola
sabe quais produtos estão sendo
oferecidos aos seus alunos, podendo rastrear a origem e qualidade”.
Wagner irá abastecer a escola
Geral
Gazeta do Vale >> 14 de maio de 2010
7
[agricultura] Safra 2010 do morango pode bater recorde em MG
Bom Repouso, PA e
Estiva se destacam
Da redação*
[email protected]
colheita do morango
em Minas Gerais já começou em alguns municípios do sul do Estado e vai predominar a partir de
junho. De acordo com dados da
Emater-MG, instituição vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), esta safra deve superar
a de 2009, que alcançou 85 mil
toneladas, porque os produtores
aumentaram a utilização de tecnologia nas lavouras.
Segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os dados da produção de morango vêm mostrando crescimento nos três últimos
anos. Em Minas Gerais, a produção de morango está concentrada
em 27 municípios, sendo 20 localizados na região Sul, que responde
por 95% da safra. As lavouras que
A
Resumo
respondem pelos 5% restantes da
produção mineira estão localizados
nas regiões Central e Alto Paranaíba. Os municípios que lideram o
ranking mineiro do fruto são Bom
Repouso, Pouso Alegre e Estiva,
responsáveis por 57,3 mil toneladas, ou 72,2% da safra estadual.
O coordenador regional de
Horticultura da Emater de Pouso
Alegre, Raul Maria Cássia, enfatiza
que o aumento da produtividade,
ou produção por hectare plantado, tem papel expressivo na estimativa de crescimento da safra de
morango. Ele acredita que o índice
de produtividade, neste ano, deve
superar o registrado no período
anterior. “Em 2009, a área plantada foi de 1,7 mil hectares (3,6% inferior à de 2008) e isso não impediu o crescimento da safra”, ele enfatiza. “Para este ano, a possibilidade de aumento da produção é maior, ainda que a área plantada permaneça quase igual à de 2009, porque os agricultores estão intensificando a utilização de tecnologia”,
disse o coordenador.
Um dos recursos utilizados pelos
produtores é a ferti-irrigação, que
consiste na conjugação da irrigação
por gotejamento com adubação das
plantas cultivadas em túneis (estufas)
com proteção de plástico. De acordo com Raul Cássia, esse sistema, além
de aumentar o rendimento da planta, possibilita o alongamento da colheita. “O plantio é feito em fevereiro/março e julho/agosto e a colheita,
que começa 50 dias depois, apresenta rendimento médio de uma caixa
de 1,15 quilo por planta e pode durar até dois anos seguidos”, afirmou.
Na propriedade de André Paulo de Oliveira, em Pouso Alegre, a
colheita da primeira safra começa
em junho, e ele diz que vai obter
uma safra volumosa e de qualidade
porque “as chuvas do início do ano
ajudaram”. O produtor explica que,
no ano passado, enfrentou problemas com o excesso de água, apesar
da proteção dos túneis de plástico.
Em 2009, André Paulo colheu, em
1,4 hectare, cerca de 60 mil caixas
de 1,30 quilo e obteve preços entre
R$ 2,00 e R$ 4,00 por caixa, vendendo apenas na própria região.
“Cultivamos 110 mil pés e agora são
130 mil pés em 1,6 hectare”, disse.
Exportar é a meta - As providências necessárias à exportação
de morango começaram a ser adotadas há três anos. Em 2009 uma
delegação de representantes de produtores mineiros de vários segmentos foi a Portugal com o objetivo de
se informar sobre esse mercado que
tem interesse na fruta e em outros
produtos da agricultura. O produtor Anilton Rodrigues Silva, vicepresidente da Associação dos Pequenos Produtores de Morango do
Bairro dos Garcias, em Bom Repouso, participou do grupo e diz que os
contatos com cooperativas parceiras de uma grande rede portuguesa
de supermercados foram positivos.
“Estamos aumentando a produção
porque uma das exigências do comprador é a entrega semanal de um
volume de 5 mil quilos do morango
extra”, afirmou Silva.
semanal de novelas
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
Viviane teme ser reconhecida, mas continua subindo o
morro. Ricardo lembra de
uma discussão que teve com
Francisca quando Jane se
afasta. Viviane vai até Manoel, que não a reconhece. Daniel fica feliz ao ver Breno e
tenta se comunicar com ele.
Madame Gilda liga para Vicente, mas não consegue falar direito com ele por causa
de Zenilda. Sofia conta que
ouviu a conversa de Vicente
e Gilda e avisa a Beatriz que
existe um complô contra ela
na mansão. Viviane tenta descobrir uma pista de seu pai.
Daniel teme pela segurança de
Viviane. Magali tenta colocar
ordem na casa para conseguir
cozinhar.
Leal reclama da presença de
Hélia, mas acaba concordando com a reunião. Faustaço
conta para Zeca que Niemann
está reunido com seus pais.
Jannis não aprova a atitude
de Túlio. Maureen convence
Nara a aceitar o apartamento no Titã. Goretti repreende
Dodô por fazer Katrina ir
embora do Pilhanatural. Leal
e Hélia reclamam dos temas
a serem apresentados por
Niemann, mas resolvem continuar a reunião. Ramón diz a
Ditta que não vai deixar seus
filhos ficarem com ela. Pasquale aconselha Túlio a falar
o que sente para Jannis. Nelinha conversa com Jannis sobre a proposta de Túlio e a
menina fica pensativa.
A emissora não forneceu o último
capítulo da novela, que vai ao ar
nesta sexta-feira. A partir de segunda estreia Passione.
Horóscopo
da semana [www.joaobidu.com.br]
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567
Atente-se a prazos e pagamentos, pois imprevistos poderão
causar atrasos e complicar as coisas no serviço. Cuidado com falsos amigos e planos ruins. Na paixão, o diálogo será essencial. A
volta de alguém que já balançou
seu coração está nos planos astrais. Fique esperto(a)!
Reaja ao desânimo e lute pelo que
quer. Quem está firme no trabalho
deve mostrar seus talentos e vigiar
a concorrência: não comente seus
planos. Há sinal de inconstância
no amor: calma! Concentrar-se
em suas tarefas é o melhor a fazer
neste período em que tudo está
meio estagnado.
O Sol vai triplicar suas chances de
sucesso! Com seus talentos
realçados, deixará a concorrência
para trás rapidinho. Diferenças de
opinião podem tumultuar o
romance, evite brigas. É bem
provável que você esteja menos
tolerante, busque os bons amigos
que irão abrandar suas emoções.
Trabalho em equipe trará bons
resultados. Siga seu sexto sentido
ao tomar decisões e não misture
trabalho com amor, pois o romance pode afetar sua produtividade e até sua reputação. Ao
ter disposição para dizer o que
pensa, você tornará suas amizades mais íntegras e profundas.
Evite tomar decisões precipitadas
e fuja de riscos ou terá problemas.
Cultive sua fé se quiser atrair boas
energias. É melhor adiar uma viagem. No amor, contenha seu
lado aventureiro. Você precisa
demonstrar mais paciência em
suas atitudes, pois só com calma
irá plantar boas sementes.
Se o seu objetivo é prosperar, valorize suas experiências, observe
cada detalhe do que faz, busque
qualidade e bons resultados. Boa
fase no romance, seu entusiasmo
será contagiante. Pratique alguma
atividade física se estiver só, pois
acabará encontrando uma companhia especial.
Conte com a força do Sol para
atingir suas metas e melhorar de
vida. Um esporte pode ajudar a
controlar a irritação. Nada de
insegurança, o apoio de quem ama
será tudo de bom. Você receberá
carinho suficiente para perceber
o quanto é importante na vida de
seus amigos e familiares.
Você deverá ter determinação para
chegar aonde almeja. Conquiste
suas metas com empenho, diálogo,
bons argumentos e não ligue para
falsos pressentimentos. Na paixão,
cuidado com rival. Provocar discussões pode ser uma forma de autoafirmação. Por isso, reflita melhor
sobre o que vai dizer.
Terá vontade de mudar o que não
te satisfaz, seja o trabalho ou o romance. Não desanime com imprevistos, mas cuidado com dívidas e
ações na justiça. Um encontro
pode animar seu coração. Estude
para estar bem-preparado(a). Essa
é a fórmula para ter segurança ao
reivindicar um aumento.
A fase está repleta de oportunidades, foque-se em suas prioridades
e não gaste energia com bobagens.
Quanto mais competente for,
maior será seu reconhecimento.
A paixão está protegida. Saia da
rotina. Mudar o caminho que faz,
colocará você em contato com
pessoas diferentes e fará bem.
Você saberá equilibrar melhor o
trabalho com os outros setores da
sua vida. Que tal deixar sua casa
mais gostosa? Prazer, conquista e
namoro serão os destaques agora. Saiba aproveitar! Acredite na
sorte que te acompanha e, com
muita moderação, arrisque em
sorteios, jogos ou loteria.
Será fácil conquistar o espaço que
merece se agir com firmeza. A
pressa pode causar acidentes. Ótimo momento para curtir sua casa
e as pessoas queridas. Amor em
alta: fortaleça a união! Para quem
está solteiro(a), Vênus promete
um romance marcante e que vai
fincar raízes em seu coração!

Documentos relacionados

46 - Gazeta do Vale

46 - Gazeta do Vale abrindo uma janela” Autor Desconhecido

Leia mais

58 - Gazeta do Vale

58 - Gazeta do Vale CEP 37540-000 - Telefone: (35) 3471-1459 Sucursal: rua Padre Caramuru, 102, Centro, Cambuí/MG, CEP 37600-000 Telefone: (35) 3431-3047 E-mail: [email protected] Site: www.jornalgazet...

Leia mais

nômades HAMC

nômades HAMC Gazeta do Vale Editora Ltda (CNPJ 09.561.233/0001-38) Redação: rua Sancho Vilela, 95, Ozório Machado, Santa Rita do Sapucaí/MG CEP 37540-000 (Caixa Postal - 71) - Telefone: (35) 3471-1459 / 3471-02...

Leia mais

03 - Gazeta do Vale

03 - Gazeta do Vale no bom diálogo com todos os meios de comunicação, pois, no final, estamos todos no mesmo barco. Obrigado!

Leia mais

13 - Gazeta do Vale

13 - Gazeta do Vale maior número escolhe os melhores” Carlos Lacerda

Leia mais

27 - Gazeta do Vale

27 - Gazeta do Vale das saudades. Vai com Deus, e descanse em paz!

Leia mais