3 de abril - Digital Flip

Сomentários

Transcrição

3 de abril - Digital Flip
QUINTA-FEIRA, 3 DE ABRIL DE 2014
viver &
www.ovale.com.br
3
2º Prêmio SFX de Literatura - Trecho do conto ‘O Lado Escuro da Lua’
A
noite estava tranquila e fresca após uma semana de
um calor escaldante. Uma leve brisa fazia esvoaçar
as cortinas das portas corrediças que davam para o
terraço. Eu estava sentando no sofá, de frente para o
terraço, bebericando um copo de whisky que já estava quase
vazio, enquanto observava os prédios em frente escurecendo
junto com a noite que caía.
Todos os dias, no final da tarde, eu sentava em frente ao
terraço e ficava esperando o anoitecer. Ficava observando as
silhuetas dos prédios enquanto a cidade ia adquirindo tons
cinza até que a escuridão tomava conta de tudo.
Terminei o whisky e consultei o relógio. Estava quase na
hora. Larguei o copo vazio em uma mesinha ao lado do sofá e
me levantei. Fui até o rack e liguei o aparelho de som. Peguei um
CD dos Communards. De todas as pessoas que eu conhecia, eu
era o único que os conhecia.
Escolhi uma música e liguei o aparelho. Enquanto se iniciavam os acordes de “So cold the night”, me servi de mais um
pouco de whisky. Com o copo na mão, caminhei até o terraço.
Lá havia uma luneta, pequena e vermelha, próxima à porta de
vidro corrediça que nunca fi cava aberta durante o dia. Só à
noite. À noite a porta era aberta e exibia a luneta que fi cava
posicionada de modo que fi casse de frente para os apartamentos do prédio do outro lado da rua, mais precisamente para a
porta de vidro do nono andar. A que tinha samambaias no
terraço. Comecei a olhar pela luneta após sentar-me em um
banco alto que fi cava ao lado dela e esperei.
Não precisei esperar muito. Ela era pontual, como sempre.
Após entrar no apartamento, largou a bolsa em um sofá,
colocou um CD no aparelho de som e começou a preparar uma
bebida, como sempre fazia. E começou a dançar. Como sempre.
Ela ia dançando enquanto bebia. Lentamente, languidamente.
Eu ficava me perguntando qual seria a música que estava
tocando? Seria a mesma música que estava tocando no meu
aparelho de som? Estaria ela também bebendo whisky? Ela
poderia ter muitas coisas em comum comigo, mas eu não tinha
como saber. Poderíamos até ser bons amigos, em outra situação, mas isso era algo praticamente impossível de acontecer.
Ela era como um personagem de um livro ou de um filme que
estava ali dançando e se exibindo só para mim. Era como se
fosse um ser de um outro mundo completamente diferente
existindo paralelo ao meu. Para ela, era como se eu não
existisse. Ela devia imaginar que alguém a observava enquanto
dançava. Ela sabia que era observada! Ela dançava na sala do
apartamento com a janela aberta, como se quisesse se mostrar
para alguém. Mas ela não sabia quantas pessoas a observavam.
Não conhecia seus rostos, seus nomes. Não sabia nada sobre
eles. Apenas dançava. Dava prazer a eles, dançando, da mesma
forma que eles davam prazer a ela, observando-a. Contudo, eu
gostava de imaginar que era o único, que ela dançava só para
mim, uma escrava que tinha como único objetivo me proporcionar prazer. O curioso é que não havia nada de sexual nesse gesto
de espreitar. Eu não me imaginava transando com ela, nem
mesmo batia uma punheta enquanto, anonimamente, a observava. Era mais como um jogo. Um jogo de gato e rato.
Predador e presa.
Lentamente, à medida que ia dançando, ela começou a tirar a
roupa. Primeiro, o sapato direito; depois, o esquerdo. Jogou-os,
cada um para um lado, displicentemente. Tudo isso próximo à
janela, como se ela soubesse que eu estava ali e quisesse que a
visse. E eu a via. Via enquanto ela ia desabotoando a blusa,
deixando o sutiã branco à mostra, contrastando com a pele
morena. Com a blusa aberta, ela continuou dançando e bebendo, sem tirá-la. Até que, após alguns instantes, virou-se e tirou a
blusa. Bem devagar. Continuou dançando de costas, ao mesmo
tempo em que largava o copo em uma mesa baixa e começava a
tirar o sutiã. A visão de suas costas nuas, se contorcendo, fez
com que eu bebesse todo o whisky de uma só vez e largasse o
copo. Este caiu no chão, o som da queda abafado pelo carpete, e
rolou pela sala. Ela continuava dançando, ignorando-me enquanto eu a observava.
TRECHO RETIRADO DO CONTO “O LADO ESCURO DA LUA”, DE CHICO ARAÚJO,
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA E ESCRITOR INICIANTE.
O CONTO INTEGRA A COLETÂNEA DE CONTOS E POESIAS DO 2º PRÊMIO SFX
DE LITERATURA 2014, QUE SERÁ LANÇADO NO DIA 5 DE ABRIL.
ATÉ O PRÓXIMO SÁBADO, O VALE VAI PUBLICAR TRECHOS DOS CONTOS
E POESIAS SELECIONADOS PELA PREMIAÇÃO.
Cruzadas
Sudoku
+Vendidos
Músicas
Passatempo de lógica, não necessita de operações matemáticas.Complete cada
tabuleiro (de nove quadrados) preenchendo os espaços vazios com os números
de 1 a 9, de modo que eles não se repitam em nenhuma fileira vertical, nem
horizontal, nem em cada quadrado
HORIZONTAIS: 1. Alta reputação no meio
em que vive - Parte do porto em que atracam os navios. 2. Preposição que forma
diversas contrações - Pequenas partículas de chocolate usadas em sorvetes, sobremesas etc. 3. Demandado. 4. Enrugado. 5. Festa pública nos terreiros de candomblé. 6. A linha que corresponde à
abertura do compasso - (Fig.) O instrumento da escrita. 7. Imposto Sobre Serviços - Estrutura que sustenta uma ponte.
8. (Pop.) Ato de prolongar um encontro
ou reunião festiva, indo a outro lugar com
o mesmo fim. 9. O direito dos escritores e
compositores. 10. Peça, em geral de metal, com rebaixo cilíndrico ou esférico
onde se aloja a ponta do eixo girante de
uma máquina - (Quím.) O lítio. 11. Permanência. 12. Meio... fora - O ator pernambucano Marco. 13. A cidade europeia onde é
entregue o prêmio Nobel - Borda de saias
ou vestidos.
1
‘Happy’
Pharrell Williams
Canção composta pelo próprio
Pharrell Williams, gravada para a
banda presente na animação
‘Meu Malvado Favorito 2’.
NIVEL MÉDIO
2
‘Lepo Lepo’
Psirico
3
‘Beijinho no Ombro’
Valesca Popozuda
4
‘Dark Horse’
Katy Perry ft Juicy J
5
‘Mozão’
Lucas Lucco
6
‘Can't Remember
To Forget You’
Shakira feat. Rihanna
7
‘Deusas do Amor’
Ivete Sangalo
& Claudia Leitte
8
‘Gaveta’
Fernando & Sorocaba
9
‘Talk Dirty’
Jason Derulo feat. 2 Chainz
NIVEL DIABÓLICO
CLAUDIA HOLLANDER
HORIZONTAIS: 1. Fama, Cais, 2. Em, Flocos, 3. Reclamado, 4. Rugoso, 5. Afoxé, 6. Raio, Pena, 7. ISS, Pilar, 8. Esticada, 9. Autroral, 10. Mancal, Li, 11. Estadia, 12. Ra, Nanini, 13. Oslo, Orla.
horóscopo
VERTICAIS: 1. Ferrari, Úmero, 2. Ame, Fase, Asas, 3.
Croissant, 4. Afluxo, Tucano, 5. Lage, Pitada, 6. Como, Picolino, 7. Acastelar, Air, 8. Iodo, Nadal, NL, 9.
Sso, Paralisia.
VERTICAIS: 1. Famosa fábrica italiana de
automóveis esportivos - Osso que vai dos
ombros ao cotovelo. 2. Um extremo da...
América - Lapso de tempo - A parte mais
vistosa das borboletas. 3. (Fr.) Pão com
massa fina e amanteigada, em forma de
lua crescente. 4. Convergência em quantidade considerável - Ave que possui um
grande bico. 5. A atriz Natália - Porção
mínima de qualquer coisa. 6. Conjunção:
à medida que - O nome do pequeno pinguim personagem dos desenhos do
Pica-Pau. 7. Defender com fortificações (Ingl.) Ar. 8. Elemento químico usado
em medicina como germicida - O tenista
espanhol Rafael - As iniciais do ator Latorraca. 9. Símbolo de su-sudoeste - Problema que faz perder total ou parcialmente
a sensibilidade e os movimentos voluntários.
INTELECTO
Hoje é exata a quadratura
do Sol com Plutão, que pode nos tensionar, mas por
sorte Mercúrio alia-se a Saturno e nos ajuda a dar a
volta por cima. Convém evitarmos a ambição excessiva e não nos exigirmos demais no trabalho. Felizmente esse excelente aspecto
de Mercúrio com Saturno
nos concede uma dose extra de inteligência aliada a
bom-senso. Esses astros
dão maior profundidade a
nossos processos mentais,
facilitam as atividades intelectuais e permitem que a
gente raciocine com maior
objetividade. Exatamente
por isso podemos ver as
coisas como são e evitar
qualquer dispersão de nosso potencial.
10
‘Royals’
Lorde
ÁRIES
Você pode aproveitar
esses dias para dar maior
atenção a sua necessidade de
mudança. Mercúrio e Saturno
fazem com que a sua força
psíquica esteja em alta, por isso
as suas mentalizações tendem
a realizar-se.
CÂNCER
Saturno e Mercúrio
estão em harmonia e
possibilitam que você se
mostre mais estável no amor e
transmita maior sensação de
segurança a quem gosta. Você
tende a mostrar-se flexível e
tolerante.
LIBRA
Mercúrio e Saturno
aliam-se no sentido de
movimentar a sua vida e fazem
com que os passeios, viagens
curtas e as caminhadas sejam
particularmente revigorantes.
Sua capacidade de
comunicação está em alta.
CAPRICÓRNIO
Mercúrio assinala uma
fase ótima para você
concentrar-se nas atividades
sociais. Você pode afirmar-se
vigorosamente. Aproveite a
fase para rever velhos amigos,
mas não se descuide dos atuais.
Reserve um tempo para si.
TOURO
Período ótimo para
você frequentar clubes,
associações e aliar-se às outras
pessoas em torno de interesses
relativos à coletividade como
um todo. Procure viajar e
mudar de ambiente.
LEÃO
O ótimo contato de
Mercúrio com Saturno lhe
torna muito mais perspicaz e
lhe dá condições de ver através
da aparência das coisas. Isso
evita que você cometa muitos
equívocos.
ESCORPIÃO
Sua vida sentimental
atravessa uma fase mais
equilibrada e harmoniosa. Os
astros facilitam o diálogo com
quem você ama e lhe permitem
colocar-se no lugar dos outros e
entendê-los.
AQUÁRIO
Sua objetividade está
em alta graças aos astros, que
estimulam seu lado realizador
e lhe ajudam a progredir. Esses
astros facilitam os assuntos
concretos e lhe estimulam a
estabilizar as finanças.
GÊMEOS
Dose extra de
inspiração para utilizar no
ambiente profissional. Você
pode ter ideias bastante
criativas, que lhe permitem
projetar-se. Pode incrementar
seus rendimentos.
VIRGEM
Dias muito divertidos,
favoráveis aos encontros
amorosos, ao lazer e a tudo que
lhe dê prazer e alegria. Saia,
curta a noite, vá ao cinema ou
teatro e trate de divertir-se.
Seja mais espontâneo.
SAGITÁRIO
Mercúrio favorece os
encontros, dá a maior força aos
romances e promete
momentos quentíssimos a dois.
OS astros fazem com que sua
necessidade de amar esteja em
alta. Aproveite!
PEIXES
Período agradável para
você, que pode curtir os
encontros, divertir-se e
desligar-se das preocupações
rotineiras. Ir ao teatro, a shows,
festas ou reuniões são ótimas
pedidas durante este período.