Como é feito o diagnóstico da Doença de Parkinson?

Сomentários

Transcrição

Como é feito o diagnóstico da Doença de Parkinson?
Infosheet 3
Como é feito o diagnóstico
da Doença de Parkinson?
‘”Pensei que fosse a idade, mas o médico examinou-me e
Doença de
Parkinson
Aprenda sobre a
doença e como
lidar com ela
soube logo que era a Doença de Parkinson”
•Fazer o diagnóstico da Doença de Parkinson (DP) nem
sempre é fácil. Não existem testes específicos e o médico
chega ao diagnóstico depois de conversar com o doente e
verificar quais os sintomas que apresenta. Um diagnóstico
exacto é muito importante.
•Pelo menos dois dos três principais sintomas (lentificação
dos movimentos, rigidez muscular e tremor) têm de estar
presentes para estabelecer o diagnóstico de DP.
•Os primeiros sintomas da DP tendem a ser vagos e pode
demorar algum tempo a ser descoberta a causa. Os
primeiros sintomas mais frequêntes são o cansaço, a
lentificação, a falta de equilibrio e as dificuldades na
escrita, mas estes sintomas podem também pertencer a
uma série de outros diagnósticos.
•O tremor está presente em 70% dos doentes na altura do
diagnóstico. No entanto, pode não estar presente,
principalmente em pessoas mais velhas. Existem outras
causas para o tremor para além da DP. Em alguns
doentes com tremor, em caso de dúvida, um novo exame
de imagem ao cérebro pode contribuir para o diagnóstico.
Esta informação foi preparada por
membros profissionais e laicos do
Projecto Infopark
Últma actualizacão : 07/02/04
This project is funded by the
European Commission under the
Fifth Framework Quality of Life
Programme, Contract Number
QLK6 2000-00303
•A DP é a causa mais comum de “Parkinsonismo”, termo
utilizado para difinir pessoas com rigidez, lentificação dos
movimentos e tremores. Assim como a DP, o
Parkinsonismo pode ser o resultado de efeitos
secundários de um medicamento, por uma demência por
Corpos de Lewys ou por uma lesão cerebral como a
Atrofia multissistémica (MSA) e a Paralisia supranuclear
progressiva (PSA).
•É possível que, em alguns casos, demore alguns
meses a descobrir que os seus sintomas são
causados pela DP. À medida que os sintomas
evoluem e os músculos ficam mais rígidos, os
movimentos mais lentos e os tremores mais
pronunciados, o diagnóstico torna-se mais preciso.
•Especialistas na DP têm mais experiência em fazer o
diagnóstico e são quem melhor pode aconselhar
sobre quais as formas de lidar com a doença. Sempre
que possível, as pessoas com DP devem ser
encaminhadas para um médico com especial
interesse por esta doença.
PARA MAIS INFORMAÇÕES
O seu médico ou uma enfermeira especializada podem
explicar-lhe mais sobre os seus sintomas e sobre os
possíveis sintomas que pode vir a sofrer.
A Sociedade de Doença de Parkinson (tel 020 7931 8080)
também pode fornecer informação detalhada
http://www.parkinsons.org.uk
A Associação Portuguesa de doentes com a Doença de
Parkinson (APDPk) disponibiliza uma "help line" é: 93 899
32 22, que funciona apenas para aconselhamento não
médico, e possuí folhetos e revistas mensais que distribui
aos seus associados
Livros úteis:
Doença de Parkinson: Manual Prático por Alice Levi e
Joaquim Ferreira, 2003, Lidel editores.ISBN:972-757-282-0
‘Parkinson’s - the At Your Finger Tips Guide’, by Marie
Oxtoby and Adrian Williams, published in 2002 by Class
Publishing, London. ISBN 1 872362 96 6
Websites úteis:
Esta informação foi preparada por
membros profissionais e laicos do
Projecto Infopark
Adrienne Coles Info Office
http://www.coles.org.uk
Últma actualizacão : 07/02/04
Diagnosis of PD and Functional Imaging
http://www.epda.eu.com/articles/diagnosis19.htm
This project is funded by the
European Commission under the
Fifth Framework Quality of Life
Programme, Contract Number
QLK6 2000-00303
Motor de busca para a saúde incluindo a Doença de
Parkinson
http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?153

Documentos relacionados

Qual é a causa da Doença de Parkinson?

Qual é a causa da Doença de Parkinson? ƒExistem também algumas formas menos comuns de lesões cerebrais que podem ser confundidas com a DP, mas têm sinais adicionais chamados de “sintomas Parkinson Mais”. Estes incluem a atrofia multissi...

Leia mais

Como se ajuda a levantar e deslocar uma pessoa com doença de

Como se ajuda a levantar e deslocar uma pessoa com doença de Bairro da Liberdade, lote 13, loja 20, Campolide Telefone é: 213 850 042 e o fax é o mesmo número terminado em 1. Possui uma linha SOS: 93 899 32 22 que funciona apenas para aconselhamento não médi...

Leia mais

Terapias complementares para a doença de Parkinson

Terapias complementares para a doença de Parkinson O seu médico de família ou especialista podem responder a qualquer questão que tenha sobre as medicinas alternativas e complementares. A Sociedade de Doença de Parkinson (tel 020 7931 8080) também ...

Leia mais

Apoio efectuado pela GSK, em Portugal, a Associações de Doentes

Apoio efectuado pela GSK, em Portugal, a Associações de Doentes (ADL) | | Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson (APDPk) | GAT – Grupo Português de Activistas sobre Tratamentos de VIH/SIDA Pedro Santos | Liga Portuguesa Contra a Sida (LPCS) | Ser+ Associ...

Leia mais

Criação de um esquema de protecção social, em condições

Criação de um esquema de protecção social, em condições obstante a Doença de Parkinson não se traduzir na perda de capacidade intelectual, os doentes apresentam um pensamento mais lento (bradifrenia). Viver com este tipo de doença crónica degenerativa, ...

Leia mais