apostila da 3 serie

Сomentários

Transcrição

apostila da 3 serie
1
ETAPAS DE EVANGELIZAÇÃO ESCOLAR
do Guia Curricular do Ensino Religioso da Arquidiocese
Terceira Etapa – 3a. Série - DEUS COMUNICA
Índice
1 – Até os animais se comunicam
1ª Apostila 2 – Como a gente se comunica com os animais
3 – Comunicação de gente com gente
4 – Dialogando
5 – Tarzan e os bichos
2ª Apostila 6 – O rei Jururu
7 – Mônica e sua turminha
8 – Meu maior amigo
9 – As coisas e objetos também transmitem mensagens
3ª Apostila 10 – Meus amigos e eu
11 – Deus se comunica
12 – Deus comunica: a Anunciação à Maria
13 – Jesus vai a uma festa de casamento
4ª Apostila 14 – Jesus foi ao encontro de um homem muito pecador: Zaqueu
15 – Jesus conta a historia do “Bom Samaritano”
16 – Jesus ama as crianças
17 – Deus fala ao homem mesmo pecador
5ª Apostila 18 – Deus falou a Moisés
19 – Jesus, mensagem viva de Deus
20 – Jesus falava e ensinava o povo
21 – Preparação para o Natal: O anúncio da vinda de Jesus
6ª Apostila 22 – O nascimento de Jesus é anunciado à Maria, José e Isabel
23 – O imperador de Roma também entrou no plano de Deus
24 – Deus se comunica aos pobres: Jesus e os pastores. Natal.
Revisto no essencial pelo
Prof. Pe. Edísio Silva.
Material necessário:
Bíblia de Jerusalém ou outra.
Guia Curricular do Ensino Religioso da Arquidiocese.
Um caderno de desenho em branco para atividades.
Diretoria Arquidiocesana de Ensino Religioso
Av. Higienópolis, 890 – Fone: 3826-0133 R.233
Expediente:2as. e 6as. Feiras, das 14 às 17 horas.
Onde se pode encontrar os 24 planos de aulas da 3ª etapa.
2
DEUS COMUNICA – PASSOS PARA A 3ª ETAPA
1
ATÉ OS ANIMAIS SE COMUNICAM
CASAL DE POMBOS
GATA X GATINHOS
NINHO DE PASSARINHOS GALINHA X PINTINHOS
CANAL: arrulhos – miados – pios – cacarejos
MENSAGEM: fome – medo – perigo – prazer
COLMÉIA
- FORMIGUEIRO
REBANHO – MANADA – ALCATÉIA – BANDO
1º PASSO: COMUNICAÇÃO: animal x animal.
(FRENTE)
AS PESSOAS PODEM SE COMUNICAR
COM OS ANIMAIS
cavalo x cavaleiro
menino x cão
pastor x rebanho
menina x gato
CANAL: sentidos condicionados
MENSAGEM: medo – segurança – cólera – prazer
Dor.
A COMUNICAÇÃO: GENTE X ANIMAL É LIMITADA
Ex: cão não entende futebol.
:2º PASSO: GENTE X ANIMAL.
ESQUEMA DA COMUNICAÇÃO
canal
E ----------------------mensagem
EMISSOR
CANAL: sentidos: ver
gostar apalpar
R
RECEPTOR
ouvir
cheirar
(VERSO)
E
GENTE
R
COMUNICAÇÃO ENTRE SERES DE
PLANOS DIVERSOS
- POSSIBILIDADES
- RECIPROCIDADE
- LIMITAÇÕES.
3
2
A COMUNICAÇÃO ENTRE AS PESSOAS PODE SER AMPLA
RELAÇÕES DE:
COLEGAS – PAIS X FILHOS – PROF. X ALUNOS
AMIGOS – PATRÃO X EMPREGADO – ESPOSOS.
AMOR – PARTICIPAÇÃO - SOLIDARIEDADE
LIBERTAÇÃO – CONTESTAÇÃO - OPRESSÃO
COMPETIÇÃO Etc.
- Possibilidades
- Reciprocidade
- Limitações.
CANAIS: sentidos – presença – palavra
percepção – compreensão.
MENSAGEM: aceitação – rejeição.
3º PASSO: COMUNICAÇÃO: GENTE X GENTE.
(frente)
DEUS QUER COMUNICAR-SE COM A GENTE
CANAIS: natureza – irmãos
JESUS – CRISTO
Bíblia – acontecimentos
IGREJA.
MENSAGEM: perdão – PAZ – JUSTIÇA
Verdade – alegria – LIBERTAÇÃO.
4º PASSO: COMUNICAÇÃO: DEUS X gente
gente X DEUS.
(verso)
DEUS É ESPÍRITO.
Não podemos nos comunicar com Deus por meio
dos sentidos, MAS
pela:
FÉ – ESPERANÇA – AMOR.
E
X
R
de planos diferentes
-POSSIBILIDADES
-RECIPROCIDADE
- LIMITAÇÕES.
4
3
GENTE É MAIS GENTE QUANDO SE COMUNICA
Solidão e incomunicação são negativas:
GERAM:
angústia medo - sofrimento
ex. pessoas isoladas na multidão.
PRESOS – DOENTES – IDOSOS – EXCEPCIONAIS
AVULSOS – IMIGRANTES.
5º PASSO: INCOMUNICAÇÃO X LIMITAÇÃO.
A COMUNICAÇÃO COM DEUS PODE SER PLENA E
PROFUNDA
Deus quer se comunicar
ple-na-men-te:
chama – convida – orienta – educa – conversa – ama –
doa – liberta – salva.
6º PASSO: Na comunicação DEUS X
a iniciativa é sempre de Deus.
GENTE,
não recebe
não comunica
canais ociosos
sem mensagens.
Ex: presos incomunicáveis
surdos-mudos – cegos
QUANDO?
A QUALQUER MOMENTO.
ONDE?
EM QUALQUER LUGAR.
A QUEM?
crianças – velhos
pobres
– ricos
negros
– brancos
ignorantes – sabidos
mulheres – homens.
5
4
A COMUNICAÇÃO COM DEUS SÓ DEPENDE DE NÓS.
DEUS É SEMPRE O EMISSOR,
você quer ser o receptor?
OUVIR DEUS – ORAR – AMAR – OBEDECER.
CRER EM JESUS - CRISTO.
Amar e servir os irmãos
COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO.
TENHA UM CORAÇÃO DE POBRE
livre – aberto – desapegado
sem
PRECONCEITOS – ORGULHOS – RANCOR
7º PASSO: RESPONDER A DEUS.
DEUS QUER COMUNICAR SUA PRÓPRIA VIDA,
não apenas mensagens, não apenas dons,
MAS
A SI MESMO.
“EU VIM PARA QUE TENHAM VIDA” ·
8º PASSO: DEUS SE COMUNICA
A COMUNICAÇÃO EM DEUS É TOTAL E
PERFEITA
O PAI comunica TUDO AO FILHO,
O FILHO recebe TODA comunicação do PAI,
O ESPÍRITO é o JÚBILO da comunicação
do PAI e do FILHO.
ma.
A SS Trindade nos chama a PARTICIPAR
de SUA COMUNICAÇÃO,
de SUA VIDA.
7
3ª. ETAPA
DEUS COMUNICA
Esclarecimento:
O Objetivo da 3ª etapa é conscientizar-se de que a comunicação é essencial a todo ser vivo,
pois até os animais se comunicam entre si.
Partir da comunicação:
animal x animal
Gente x animal
Gente x gente.
Para chegar à comunicação:
Deus x gente
Gente x Deus por Jesus Cristo.
Apresentaremos um esquema bastante conhecido de comunicação que não é difícil para
alunos de 3ª e 4ª série, a quem se destina.
E----------CANAL--------------R
EMISSOR
MENSAGEM
RECEPTOR
1ª AULA: Até os animais se comunicam
1.Objetivo: - Saber que os animais se comunicam de muitas maneiras, entre as quais emitindo
sons que são suas vozes.
- Nesse caso, o emissor e receptor são do mesmo nível (bichos), o canal seriam os sons
e as mensagens: dor, cólera, prazer e medo.
2.Motivação: - Vocês já viram galinha com pintinhos?
- Como a galinha se comunica com eles e vice-versa?
mensagem
não saiam de perto: há perigo
Galinha
pintinho
----------------------------------(emissor)
cróc-cróc-cróc
(receptor)
(canal)
(Arranjar figuras e recortes da galinha e de pintinhos).
As vozes dos animais: O pinto – pia, o Gato – mia, Cão – late, Leão – ruge, Boi – muge, Cavalo –
relincha, Rã – coaxa, galinha – cacareja, Pombo – arrulha etc.
Deixar as crianças falar:
Como faz o gato quando aparece um cão?
Como faz a galinha quando aparece um gato?
Como faz o pintinho quando não vê a galinha?
8
Gata com gatinhos – Mas não é somente por meio de sons que os animais se comunicam: a
gata lambe os gatinhos, deita-se, deixa que eles mamem, ronrona. Todos estão felizes: prazer.
Periquitos australianos – O periquito estava sozinho na gaiola. Estava triste. Quieto, mal se
movia. Trouxeram-lhe outro periquito ou periquita, ele logo se animou. Aproximou-se, tocou-o
com o biquinho, coçou-lhe a cabecinha, emitindo sons: prazer.
Assim, em toda comunicação tem aquele que chama (emissor), aquele que responde
(receptor) a mensagem transmitida através do canal; sons, presença, aproximação, lambidas,
bicadinhas etc.
Jesus gostava de observar a natureza. Um dia ele disse:
“Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e pedrejas aqueles que te são enviados: quantas
vezes eu quis reunir teus filhos, como a galinha reúne os pintinhos sob as asas, mas tu não
quiseste.”
(Memorizar)
3.Oração: - Senhor, tornai-me atento às lições da natureza.
É o Senhor que nos quer ensinar através delas.
4.Canto: - Teu Nome:
1. Teu nome, Senhor, é tão bonito,
Tu moras no céu, lá nas alturas,
Até as criancinhas que ainda mamam,
Já sabem que vences o inimigo.
2. Olhando pro céu que tu fizeste,
Eu vejo as estrelas, vejo a lua,
E entendo que o homem vale muito,
Pois tudo pra ele Tu fizeste.
3. Menor um pouquinho do que os anjos,
Mas cheio de graça e de valor,
De ti recebeu poder e força
De tudo vencer e dominar.
4. Os bois e as ovelhas nos currais
E o gado que pasta pelos campos,
Os peixes do mar e os passarinhos,
E tudo que corta o ar e as águas.
5.Atividades: Recortar e colar – ninho de passarinhos com filhotes ou animais com seus
filhotes. Pesquisar as vozes dos animais: como faz o lobo, o burro, o corvo, a ovelha, o pato, o
ganso etc.
6.Atitude cristã de viva: Tratar bem os animais. Observar como os animais se comunicam.
9
2ª aula
Como a gente se comunica com os animais
1.Objetivo: - Saber que o homem pode se relacionar com os animais e haver até reciprocidade
entre ambos.
- Saber que os animais podem ser domésticos, amestrados e condicionados.
- Saber que o relacionamento: gente x bicho é limitado / por tratar-se de seres da
natureza diversa.
2.Motivação: Deixar as crianças falar sobre os seus bichinhos: passarinhos, cães, gatos, outros.
Como você faz para chamá-lo? Como ele responde? E ele pode chamar você? Como?
Como você pode saber se ele está contente, com medo, com raiva?
Você já viu os animais no circo? Os bichos conhecem seus donos? Como saber?
O teu cachorrinho poderia jogar dominó ou cartas contigo?
Torcer por seu time? Entender os desenhos da TV?
E
Vem cá, que te dou um osso!
Menino
voz – gesto - chamada
R
Cão
E
Abre a porta que eu quero entrar R
cão
Uivar- arranhar a porta
menino
A Bíblia está cheia de mensagens em que Deus se serve dos animais, para dizer ao povo que ele
não está recebendo sua comunicação.
Memorizar: “O BOI CONHECE O SEU DONO E O JUMENTO A MANJEDOURA DE SEU
SENHOR, MAS ISRAEL É INCAPAZ DE CONHECER, O MEU POVO NÃO PODE
ENTENDER”
Isaías 1, 2ss
Jesus se compara ao pastor, e o povo às ovelhas em Jo 10, 3ss
Memorizar: “AS OVELHAS OUVEM A VOZ DO PASTOR, E ELE CHAMA CADA UMA
PELO PRÓPRIO NOME. CAMINHA À FRENTE DELAS E ESTAS O SEGUEM, PORQUE
CONHECEM A SUA VOZ”.
3.Oração espontânea: Ex: “Senhor, até os cães conhecem a voz do seu dono e respondem, e
eu acho difícil entender o teu apelo e dar a minha resposta”
4.Cantos: Teu Nome – CRIANÇA FELIZ.
5.Atitude cristã de vida: - Tratar bem os animais.
- Ter consciência de que você é mais do que um bicho.
- O bicho come como bicho, dorme como bicho etc.
Você come como gente, dorme como gente etc.
- Bicho se comunica como bicho, não fala.
Você se comunica como gente, você fala, dialoga, conversa.
10
3ª aula
Comunicação de gente x gente
1.Objetivo: - Saber que a gente não é bicho, e muito menos objeto.
(Reportar-se às aulas da 2ª etapa)
- Saber que a comunicação gente x gente tem mais possibilidades por se tratar de
seres da mesma natureza: pessoas.
- Experienciar a multiplicidade de canais de comunicação entre pessoas.
2.Motivação: - Dialogar com os alunos. Por ex: Gosta de TV?
TV e Rádio:Que programas você acompanha? Quanto tempo você gasta por dia com a TV? A TV
já atrapalhou a vida de sua família? Suas lições? Por quê? Que mensagens você recebe da TV?
Você ouve programas de rádio? Quais? Que mensagens o rádio emite?
Ver, ouvir, falar, sentir e pegar: Pela TV e pelo rádio você é sempre e só receptor passivo?
Os sentidos: Ver as pessoas com quem convivemos:
Atenção, carinho, perceber se estão bem.
Ouvir – o que nos dizem, responder. Não deixar a pessoa falando sozinha. Ex: quando a mãe
chama.
Falar sinceramente. Com simplicidade. Com educação.
Cumprimentar: afagar, proporcionar carinho, abraçar e beijar com simplicidade e ternura.
Jornais, livros, revistas e cartas: O que você lê? Jornais? Revistas? Quais? Livros? Você escreve
cartas, bilhetes?
Um rosto (Presença): Mas a melhor comunicação é a presença viva da pessoa. Quais as pessoas
que você gostaria de ver diariamente?
Dialogar com a classe. Perceber quem está sendo o emissor, o receptor. Quais as
mensagens que estamos emitindo, recebendo? Quais os canais mais usados?
3.Cantos: “Sempre encontrando”
(Guia) “Como é bom e agradável”
4.Oração espontânea: Por ex: “ Senhor, eu vos agradeço pelas oportunidades que tenho de me
encontrar e me comunicar com tantas pessoas, todos os dias. Fazei que os nossos encontros e as
nossas comunicações sejam positivas.”
5.Atividades: - Formar grupinhos de 5 alunos e conversar sobre as suas preferências (durante uns
10 minutos).
- A seguir cada um fará o esquema da comunicação escrevendo ou desenhando quem
foi o emissor – receptor – canal e mensagens.
DEUS DISSE: “NÃO É BOM QUE O HOMEM ESTEJA SÓ.
VOU FAZER UMA AUXILIAR QUE LHE CORRESPONDA”.
Gen 2,18
Memorizar.
“
COMO É BOM, COMO É AGRADÁVEL
11
HABITAR TODOS JUNTOS, COMO IRMÃOS.”
Salmo 133
Memorizar.
6.Atitude cristã de vida: - Criticar os programas de TV mais populares. Perceber quais as
mensagens que transmitem.
- Trazer estas críticas para serem comentadas na próxima aula.
4ª aula
DIALOGANDO
1.Objetivo: - Fazer experiência de que a boa comunicação é recíproca.
O diálogo é uma ponte de ida e volta.
- Dialogar é comunicação em que cada um é sucessivamente emissor e receptor. Dar e
receber.
- Comunicação em que um só é emissor e outros são receptores é defeituosa.
- É dialogando que surge a amizade – compreensão – correspondência – amor – carinho –
simpatia – serviço – fraternidade.
2.Motivação:
Grupos de amigos em comunicação e alegria: Com que colegas você conversa sempre? Por
quê?
Com que colegas você nunca conversa? Por quê?
Por que não dialogar com todos?
- Você acha difícil dialogar com alunos de outras classes? De outras escolas? De outra rua? De
outra cor? De outra religião?
- Ser amigo de todos. Mas ter amigos preferidos. Não rejeitar ninguém.
- Quais são as pessoas da minha casa? Converso como todas? Todos conversam comigo?
Ex: às vezes, temos má impressão de alguém. Nunca nos aproximamos dele. Um dia acontece que
conversamos com esse alguém. Percebemos que é uma pessoa muito interessante. Ficamos amigos.
Aquela má impressão era falsa. Ou outras vezes, a pessoa é mesmo muito chata. Mas após algum
tempo ela mudou. Ficou diferente. Nós não podemos guardar, para sempre, impressões que temos
de certas pessoas. As pessoas mudam. Transformam-se.
Ex. de serviço e fraternidade: O aniversário do Seu Antônio, o vizinho. Tem 5 filhos, todos na
escola. Eles têm um bom relacionamento na rua. No dia de seus anos, a esposa Dona Gracinda e
seus filhos conseguiram dar uma bela festa surpresa. A festa foi toda preparada nas casas dos
vizinhos, para o Seu Antônio não saber. Foi uma bela surpresa. O Seu Antônio ficou muito feliz.
Festejaram todos juntos.
3.Canto – “Sempre Encontrando” – “Como é bom e agradável”
“DEUS CRIOU O HOMEM À SUA IMAGEM, À IMAGEM DE DEUS ELE O CRIOU,
HOMEM E MULHER ELE OS CRIOU”
Gen 1,27
Memorizar.
4.Oração espontânea: Pai-Nosso de mãos dadas.
12
5.Atividades: - Pesquisar, na classe ou em casa, qual é a pessoa mais querida, mais procurada.
Saber porque todos a procuram.
- Conversar com aquele colega de quem todos se afastam, na classe, nas escolas ou
na rua.
- Desenhar o esquema de comunicação com esta pessoa, ver quais os canais e
mensagens que você recebeu dela.
6.Atitude cristã de vida: - Ir conversar, escrever um bilhetinho postal à pessoa mais idosa ou
mais doente ou excepcional quem você conhece.
5ª aula – TARZAN E OS BICHOS
1 – Objetivo: Perceber a complexidade e as inúmeras possibilidades de comunicação gente x
animais:
- O amor, a amizade, a mansidão como positivos nessas relações.
- Discernir que Tarzan é um personagem fictício e procurar na realidade quem se lhe assemelha:
Índios, seringueiros do Amazonas, vaqueiros do Pantanal de Mato Grosso etc.
2 – Motivação e Diálogo: Quem já viu filmes de Tarzan? Daktari? Elza, a leoa? Na TV? No
cinema?
(Deixar as crianças falar)
Figura de macacos – chitas – Como era a comunicação, o relacionamento das pessoas com os
bichos?
Figura de elefantes – búfalos – Qual o melhor relacionamento? O violento: matar, caçar,
enjaular? Fazer arapucas, estilingues, ou fazendo amizade com os bichos? Por quê?
- Como se faz para amansar, ensinar pombas, pássaros, gatos, cães? É com carinho, mansamente,
com amor, com jeito. Ex: Simba Safári, Parques Nacionais da África, E.U.A etc, Zoológico.
São Francisco de Assis e o irmão Lobo: História para contar:
Há muitos séculos atrás, havia uma aldeia na Itália que era atacada por um grande lobo que, à
noite, roubava cabritos, carneiros, coelhos e até crianças. Os camponeses tinham muito medo do
lobo e se escondiam dentro das casas, não tinham coragem de atacá-lo.
Então recorreram a São Francisco de Assis, apresentando as queixas contra o lobo. São Francisco
foi à aldeia e quando chegou à noite, a população se trancou em casa, tremendo de medo.
Francisco ficou sozinho na rua à espera do lobo. Quando o lobo chegou, Francisco foi ao seu
encontro e lhe falou assim:
- Irmão Lobo, que maldades são essas que ouço falar que tu fazes? Devorar cabritos, carneiros e
até crianças dos homens?
O Lobo abaixou o focinho, quieto, parecendo entender.
- Talvez, irmão Lobo, roubes porque tens fome, então vamos fazer um trato: tu nunca mais
roubarás os camponeses. E estes deixarão para ti, todas noites, latas de comida nas portas de suas
casas. Então, o lobo foi-se embora para a floresta.
Todas as noites, os camponeses colocavam latas com restos de comida na rua para o irmão Lobo,
que nunca mais roubou cabritos nem crianças.
3 – Oração e Cantos: “Senhor Deus, vós criastes todos os animais que habitam as selvas.
Todos eles são obra de vossas mãos”.
13
- Senhor Deus, como são variados os animais e feras que criastes. Como são fortes, belos, ágeis,
magníficos! Senhor, tudo fazes bem!”.
Canto: Louvado seja. Ver no folheto de cantos, N° 30.
4 – A Palavra de Deus:
DEUS MODELOU, ENTÃO, DO SOLO / TODAS AS FERAS SELVAGENS / E TODAS AS AVES
DO CÉU / E AS CONDUZIU AO HOMEM / PARA VER COMO ELE AS CHAMARIA. / CADA
QUAL DEVIA LEVAR O NOME / QUE O HOMEM LHE DESSE / O HOMEM DEU NOMES A
TODOS OS ANIMAIS / ÀS AVES DO CÉU E / A TODAS AS FERAS SELVAGENS.
Gênesis, 2, 19 e 20.
“Deus fez as feras segundo sua espécie, os animais domésticos segundo sua espécie e todos os
répteis do solo segundo sua espécie, E DEUS VIU QUE ISSO ERA BOM”
Gênesis, 1, 25.
“Façamos o homem, à nossa imagem e semelhança e que ele domine sobre os peixes do mar, as
aves do céu, os animais domésticos e todos os répteis que rastejam sobre a Terra.”
Gênesis, 1, 26.
BEM - AVENTURADOS OS MANSOS / PORQUE HERDARÃO A TERRA.
Mt 5,4
5– Atividades: Recortar e colar, fazer montagens, desenhar animais e gente.
- Dramatizar o episódio de S. Francisco e o irmão Lobo.
6– Atitude cristã de vida: Tratar bem os animais. Vivenciar atitudes de amizade, mansidão e
amabilidade, com as pessoas e os bichos.
6ª aula – O REI JURURU
1 – Objetivos: Perceber que algumas pessoas se fecham e não se relacionam com ninguém.
- A incomunicação é negativa, porque as pessoas não recebem mensagens de ninguém, não se
interessam, se concentram em si mesma;
- Estas pessoas não crescem, não progridem, são tristonhas e infelizes.
2 – Motivação e Diálogos: O REI JURURU
O rei Jururu tinha um grande palácio, muito rico, dentro de um enorme jardim cheio de
árvores, flores etc.
Ele vivia só, em seu palácio, cercado por altas muralhas com guardas para que ninguém
entrasse.
Tudo era tão triste que até os passarinhos e borboletas, besouros e formigas, abelhas e
lagartixas, resolveram retirar-se dali.
14
Não havia ninguém nos bancos sob as árvores, nem cantos de pássaros, nem zumbido de
abelhas, nada. As rosas desabrochavam e desfolhavam, sem que ninguém as visse.
Era o domínio do Rei Jururu.
Um dia o rei Jururu ficou doente e chamaram o médico que constatou: coração bom,
pressão normal, tudo em ordem. Então, por que o Rei estava doente?
Então o médico aconselhou o rei a abrir os portões do seu jardim e deixar as crianças entrar.
Assim se fez.
A criançada, meninos e meninas, encontrando os portões abertos entraram a correr pelos
jardins do rei. Riam, pulavam, davam cambalhotas na grama. Até os passarinhos voltaram a fazer
seus ninhos nas árvores do parque real.
Voltaram as borboletas, abelhas, lagartas e formigas. Era uma vida sem fim. Risadas,
trinados, zumbidos, gorgeios etc.
O rei saiu para passear no jardim e observar as pessoas que lá estavam. Conversou com as
pessoas, brincou com os meninos, até pegou uma criança no colo.
Desse dia em diante o Rei sarou e os portões do parque nunca mais se fecharam. O rei
Jururu virou o rei Contente.
- Dialogar com as crianças sobre a história. Fazer ver que ninguém pode ser feliz sozinho.
O homem foi feito para se relacionar com os outros e até com os bichos.
3 – Canto e Oração: “Senhor, como é bom ter amigos. Obrigado!”
“Senhor, meu Deus, uma festa é uma reunião de amigos. O céu é uma festa onde está Jesus,
Maria sua Mãe e todas as pessoas queridas que já morreram.”
(outras orações espontâneas)
Canto: Sempre encontrado. Cristo é a felicidade. Ver no folheto de cantos.
1. Andar sem temor pela vida / E sentir o valor de se ter liberdade / Poder abraçar um amigo /
E sentir o valor de uma grande amizade. /
Refrão: Cristo é a felicidade / Cristo é a felicidade / Sem ter amor nesta vida não há / quem
seja feliz de verdade.
2. Sentir que se está sempre perto de Deus / e nele encontrar a verdade / sorrir com a paz de
um menino, ao olhar / para o sol que começa a brilhar.
4 – A Palavra de Deus:
“NÃO É BOM QUE O HOMEM ESTEJA SÓ”.
Gênesis 2, 18
“COMO É BOM E AGRADÁVEL VIVER JUNTOS COMO OS IRMÃOS” – Salmo.
“AMAI-VOS UNS AOS OUTROS.”
“Que haja entre vós união de sentimento, espírito de compaixão, amor fraterno,
misericórdia, humildade. Não retribuaís o mal com o mal”- 1 Pd 3, 8
5 – Atividades: Desenhar o que a história do Rei Jururu lhe sugeriu.
6 – Atitude cristã de vida: Ser um bom amigo. Saber dizer: oi! Bom dia! Com licença!
Muito obrigado! Faz favor! Conversar com as pessoas. Fazer algum serviço como: comprar pão,
leite para a mamãe. Ajuntar o lixo, varrer etc.
15
7ª aula – MÔNICA E SUA TURMINHA
1 – Objetivos:- Perceber vários tipos de relacionamentos entre pessoas.
- Discernir e criticar relacionamentos positivos e negativos.
- Discernir personagens fictícios de pessoas que têm existência real.
2 – Motivação e Diálogo: Trazer recortes das histórias em quadrinhos da Mônica, Cebolinha,
Cascão etc.
- Criticar atitudes de relacionamento destes personagens. Justificar porque os
relacionamentos são positivos ou negativos.
Ler a parábola do Bom Samaritano em Lc 10, 29ss
“Um homem descia de Jerusalém a Jericó, e caiu no meio de assaltantes que após havê-lo
despojado de tudo e espancado, foram-se embora, deixando-o semi-morto.
Casualmente, descia por este caminho um sacerdote; viu-o e passou adiante. Igualmente
um levita, atravessando este lugar, viu-o e prosseguiu.
Certo samaritano, em Viagem, porém, chegou junto dele, viu-o e moveu-se de compaixão.
Aproximou-se, cuidou de suas chagas, derramando óleo e vinho, depois colocou-o em seu próprio
animal, conduziu-o à hospedaria e dispensou-lhe cuidados. No dia seguinte, tirou dois denários e
deu-os ao hospedeiro, dizendo: - Cuida dele, e o que gostares a mais, em meu regresso te pagarei.
Qual dos três, em sua opinião, foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes?
Dialogar com as crianças sobre esta parábola de Jesus. Mostrar que o próximo é todo aquele de
quem nos aproximamos. É todo homem. Depende de nós ser o próximo.
3 – Oração e Canto: Senhor, quando eu vir alguém precisando de mim, dai-me forças para
não fugir. Dai-me forças para eu me aproximar e ajudá-la. (Outras orações espontâneas feitas
pelas crianças.)
Canto: Cristo é a felicidade. Sempre encontrado. Como é bom. (Do folheto)
4 – Atividades: - Dramatizar a parábola do Bom Samaritano. Desenhar.
- Recortar os quadrinhos da Mônica e escolher só as atitudes positivas e fazer
uma colagem. Explicar porque a atitude é positiva.
5 – Atitude cristã de vida: Descobrir na nossa vida diária, quais são as possibilidades de
relacionamentos positivos. Ex. quando a mãe, a avó, a tia chamar, responder com bons modos.
Atender ao que elas nos pedirem: desligar a TV na hora de dormir, ou para fazer a lição. Ir buscar
um copo de água, ou procurar algum objeto perdido (óculos, chaves etc.). Atender quem bate à
porta, pôr e tirar a mesa. Lavar a louça e guardá-la etc. Ser um parceiro leal nas brincadeiras; no
jogo saber perder. Gostar de brincar.
8ª aula – MEU MAIOR AMIGO
1 – Objetivos: - Perceber que eu também posso me comunicar com os animais, cães, gatos,
pássaros, com pessoas: colegas, irmãos, família, professores etc.
- Perceber que só as pessoas, só gente pode se comunicar com Deus, que é o
nosso maior amigo.
16
- Perceber que Deus, nosso maior amigo, quer muito se comunicar com a gente.
2 – Motivação e diálogo: Você tem um bichinho? Qual? Ele conhece você? Como você pode
saber? Ele entende o que você quer? Como?
O cão, o gato, as pombas, podem conhecer outros animais e algumas pessoas. Mas não podem
conhecer Deus. Por quê? Porque eles só conhecem por meio dos sentidos (ver, ouvir, cheirar,
pegar etc.) e Deus é invisível e os animais não podem conhecer. Mas você pode. Os homens
podem conhecer Deus. Só os homens, só gente pode conhecer Deus. Aliás Deus fez o homem para
poder conhecê-lo. Deus deu este poder a gente. Porque Deus quer muito se comunicar com a gente.
Não podemos ver Deus, porque ele é invisível, ele é Espírito, ele não tem um corpo, não ocupa
lugar no espaço. O poder que Deus nos deu para conhecê-lo chama-se FÉ. Pela fé, nós podemos
conhecer Deus, dialogar com ele, fazer pedidos. A fé é um dom de Deus para nós. É um presente
precioso. Deus nos ama muito, por isso nos deu este presente da fé para que nós pudéssemos nos
comunicar com ele, e ele conosco. Deus fala com e gente. E ele está sempre pronto a nos escutar
com atenção e amor. Ex:
A história de Samuel – 1 Samuel, 3, 4ss.
“Um jovem, chamado Samuel estava a serviço de um velho sacerdote chamado Eli.
Samuel fora consagrado ao templo. Uma noite, Samuel estava deitado, quando ouviu que o
chamavam: - Samuel, Samuel! Ele respondeu: - Já vou! E correu para o seu patrão e disse: Pronto, senhor, estou aqui! Porque o senhor me chamou? – Não te chamei, disse Eli; volta a
deitar-te. Ele foi deitar-se. Deus chamou novamente: - Samuel, Samuel! Levantou-se e foi ter com
Eli, dizendo: - Tu me chamaste, aqui estou! – Eu não chamei, filho meu, disse Eli, vai deitar-te!
Samuel não sabia que era Deus que o estava chamando.Deus chamou Samuel pela terceira vez.
Ele se levantou, aproximou-se de Eli e disse: aqui estou, porque me chamaste. Então Eli que era
sacerdote, compreendeu que era Deus que chamava o menino e disse a Samuel!: - Vai deitar-te e,
se te chamar de novo dirás: - Fala Senhor, que o teu servo ouve! E Deus falou para Samuel o que
ele ia fazer.”
Deus mesmo quer ser conhecido por nós, e puxar conversa com a gente:
1°) Ele nos mostra o céu, a Terra, o mar, os animais, e pergunta: Quem os fez?
2°) Ele nos dá inteligência, coração, compreensão, para conhecermos nossos colegas, amigos, a
família e pergunta: Quem os fez?
3°) Ele nos faz conhecer-nos a nós mesmos: nossas mãos, olhos, ouvidos, nosso corpo. Ele
pergunta: Quem fez você?
4°) Ele mesmo nos interroga, chamando a atenção do nosso coração, dizendo: Eu queria falar com
você. Você quer falar comigo? Vamos conversar. Eu criei você, porque eu quero bem a você. Eu
amo você. Você quer me conhecer? Você me quer bem?
Deus não quer falar só com Samuel, Deus quer falar com cada um de nós. Então, vamos fazer
silêncio e dizer como Samuel:
3 – Oração e Canto: “Senhor Deus, sei que me conhece e que me amas e desejas todo o bem
para mim. Eu também quero conhecer-te e quero amar-te de todo o meu coração”.
Oração: posição cômoda, com os olhos fechados:
FALA SENHOR / QUE TEU SERVO OUVE!
Posição: com as mãos ou braços estendidos:
1 SAMUEL 3
17
PAI- NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU / SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME / VENHA NÓS O
VOSSO REINO / SEJA FEITA A VOSSA VONTADE / ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU.
Mt 6, 9ss
(Silêncio)
Canto: Glória, Glória, Aleluia! (ver no folheto de cantos)
Teu Nome (também no folheto)
4 – A Palavra de Deus:
MAS TU, QUANDO ORARES, ENTRA NO TEU QUARTO E , FECHANDO A PORTA, ORA AO
TEU PAI OCULTAMENTE; E TEU PAI, QUE VÊ O QUE ESTÁ OCULTO, TE
RECOMPENSARÁ.
Mt 6,6
OUVIREI O QUE O SENHOR DEUS TEM A DIZER A MIM; PORQUE TEM PALAVRAS DE
PAZ PARA O SEU SERVO.
SALMO.
5 – Atividades: - Desenhe você conversando com um bicho, com uma pessoa e com Deus.
- Monte uma colagem sobre a sua conversa com Deus.
- Escreva uma carta ou uma oração para Deus.
6 – Atitude cristã de vida: Dialogar com Deus é orar, rezar, fazer preces. Vamos conversar
com Deus a qualquer hora do dia ou da noite. Nos perigos, quando temos medo, na hora de dormir,
etc. Podemos orar de joelhos, com os olhos fechados, em pé. com as mãos estendidas ou com as
mãos postas. Sentados e até deitados na cama. Podemos orar andando na rua, na igreja, no ônibus,
em qualquer lugar. Deus está em toda a parte e sempre atento para os escutar.
9ªaula – AS COISAS E OBJETOS TAMBÉM TRASMITEM MENSAGENS
1 – Objetivos: - Perceber que as coisas, os objetos transmitem mensagens.
- Alguns objetos e coisas têm valor de símbolo, por causa das mensagens que
transmitem.
- Perceber que adorar objetos é idolatria.
2 – Motivação e Diálogo: Professor, prepare figuras ou traga para a sala o seguinte: BOLA,
PANDEIRO, PÃO, COPO, TRAVESSEIRO.
Conversar com as crianças para descobrir que mensagens transmitem as coisas acima; ex:
BOLA: Jogo, brincadeira, alegria.
PANDEIRO: Barulho, alegria, ritmo, amigos.
PÃO: Fome, refeição, família, partilha.
COPO: Água, sede, chuva, filtro.
TRAVESSEIRO: Fofura, sono, cama, descanso.
Pedir outros exemplos como: chinelo, fogão, chuveiro, balanço, tambor, mala, casa, livro etc.
Então os objetos, as coisas são também emissores, estão nos mandando mensagens por sua
simples presença. Nós somos os receptores. Muitas vezes nós oferecemos um presente por causa
da mensagem que ele emite.
Que mensagens recebemos de:
CARRO, MESA, TV, ALIANÇA, OURO, CRUZ, DINHEIRO, VELA?
18
Há coisas que emitem mensagens tão vigorosas, tão fortes, que até chegam a se impor às pessoas.
Alguns objetos podem até serem adorados. A idolatria é a adoração de objetos e coisas. Vamos ver
o que aconteceu ao povo hebreu que adorou um bezerro de ouro, no tempo de Moisés. Ver o livro
do Êxodo na Bíblia, cap. 32.
O Bezerro de Ouro
“Certa vez Moisés, o grande líder do Povo Hebreu, subiu ao monte para conversar com Iavé. Era
assim que eles chamavam o Senhor Deus.
Como demorasse muito, o povo arrecadou todas as jóias de ouro, fundiram uma estátua de bezerro
e o adoravam dizendo: este é o nosso Deus!
Nisso Moisés vinha descendo da montanha onde recebera a comunicação de Deus, cuja mensagem
eram os Dez Mandamentos, gravados numa pedra. E o primeiro mandamento era:
OUVE, ISRAEL, O TEU DEUS É O ÚNICO DEUS,
SÓ A ELE ADORARÁS E SERVIRÁS.
Quando Moisés viu a algazarra que o povo estava fazendo, dançando, cantando e adorando a
bezerro de ouro, ficou indignado e atirou a pedra da lei e espatifou o bezerro de ouro, reduziu-o a
pó e fez o povo engolir”.
- Conversar com a classe sobre o episódio.
A idolatria é uma injustiça, uma mentira e uma ilusão, porque só Deus é Vivo, só ele é o nosso
Criador, só Dele dependemos e só ele merece a nossa adoração. Os ídolos são obras das mãos dos
homens.
Existe idolatria hoje? Você já viu quem adora um carro novo, uma TV colorida, uma casa,
dinheiro, conforto, pessoas?
Sim, hoje existem muitos ídolos que são adorados. É uma falsidade, porque todas estas coisas
podem ser reduzidas a pó como o bezerro de ouro, e não nos podem salvar.
3 – Oração e Canto: “SENHOR DO CÉU E DA TERRA / VÓS SOIS O DEUS VIVO / QUE
ME CRIASTES / EU VOS ADORO.”
Estimular a participação da classe em outras orações espontâneas.
Canto: GLÓRIA! GLÓRIA! ALELUIA! Ver no folheto de cantos.
4 – Atividades: Desenhar ou recortar e colar em seu caderno de religião, coisas e objetos e sua
mensagem.
-Pesquisa: Tomar a Bíblia, procurar o livro do Êxodo, cap.32 e ler o trecho do bezerro de ouro. Se
quiser pode fazer uma ilustração da adoração do bezerro ou do carro ou do dinheiro, da TV ou
outro ídolo moderno.
5 – Palavra de Deus:
Êxodo 34, 6 e seguintes
“IAVÉ! IAVÉ! DEUS DE TERNURA E DE PIEDADE / LENTO PARA A CÓLERA / RICO EM
AMOR E FIDELIDADE / QUE GUARDA O SEU AMOR A MILHARES / TOLERA A FALTA, A
TRANSGRASSÃO E O PECADO.
OUVE, POVO MEU, QUERO FALAR-TE:
Ó ISRAEL, SE ME ESCUTASSES!
NÃO HAJA NO MEIO DE TI DEUS ALHEIO,
EU SOU O SENHOR, TEU DEUS,
19
MAS O MEU POVO NÃO ME QUIS ESCUTAR A VOZ,
ISRAEL NÃO ME ATENDEU. SALMO 81
6 – Atitude cristã de vida: - Perceber na sua vida, nas suas coisas, quantos ídolos você tem.
Quantas horas por dia você passa na frente da TV? Sem fazer nada?
- Na hora de fazer a lição, desligar a TV.
- Na hora de dormir, desligar a TV.
10ª aula – MEUS AMIGOS E EU
1 – Objetivos: - Perceber que não podemos viver sem amigos.
- Perceber que somos todos iguais.
- O direito de sermos respeitados.
- O dever de respeitar os outros.
2 – Motivação e Diálogo: Um caso. “Um dia, Viviane estava só em casa. Ligou e desligou a
TV várias vezes em canais diferentes. Procurou algo para comer, olhou pela janela.
Nesse momento, percebe o Beto, a Sueli e o Cacá, conversando na rua. Saiu em disparada
para encontrar-se com eles. A Sueli estava contando prosa que ganhara um par de “Keds” lindos!
O Cacá franziu o nariz: - Grande coisa! O Beto estava com os olhos arregalados. Como ele
gostaria também de ter uns, novinhos e limpos.
Então Sueli resolveu mostrar o “Keds” para eles. Era branco com barras azuis, forrado de
plástico, sofisticado. O Cacá sentiu uma pontinha de inveja, porque os seus eram mais feios e
estavam sujos.
Resolveram brincar de “acusado”. (Vocês sabem brincar de acusado?) Cacá e Sueli foram
esconder-se, Beto e Viviane voltaram o rosto para a parede, contando ...1, 2,3, 4, ....até 10. Pronto!
Nesse momento, o Cacá que enfiara os pés numa poça de lama, deu um pisão no “Keds”
novo da Sueli. Ela começou a chorar. Aí vieram todos. Cacá repetia, que foi sem querer! Beto e
Viviane agradavam a Sueli. – Não chora, Sueli,o “Keds” é lavável, fica limpo outra vez.
A Sueli dizia: - Agora ele tem que me pedir desculpas. Beto e Viviane apoiaram: -É sim,
Cacá, você precisa pedir desculpas à Sueli. Então o Cacá falou: - Tá bom! Desculpa, sim, Sueli,
foi sem querer!
A Sueli enxugou os olhos com o braço, porque não tinha lenço, e foram brincar de novo.”
- Conversar com a classe sobre a estória, julgar a atitude de cada personagem. Mostrar a
obrigação de respeitar os outros, de perdoar e pedir perdão ou desculpas.
3 – Oração e Canto: - Vamos pensar se nós devemos pedir desculpas a alguém, se nós fizemos
a alguém o que não gostaríamos que nos fizessem...
(Um momento de silêncio...)
“Jesus, dai-me coragem de pedir desculpas.
Jesus, dai-me bastante amor para perdoar.”
Canto:- Belo pra mim (ver folheto)
20
4 – A Palavra de Deus:
NÃO FAÇAS A NINGUÉM/ AQUILO QUE NÃO GOSTARIAS
QUE TE FIZESSEM.
Tobias 4,16
SE PERDOARDES AOS HOMENS A SUAS OFENSAS/
TAMBÉM VOSSO PAI CELESTE VOS PERDOARÁ.
Mateus 6,14
5 – Atividades: -Dinâmica de grupo: Dividir a classe em grupos.
VER os problemas de relacionamento existentes entre eles.
JULGAR, fazer um julgamento. Cada um de nós erra e acerta.
AGIR, pedir desculpas ou perdão. Dizer SIM, EU ERREI; nesse
ou em outra ocasião.
-Fazer um trabalhinho de artes, um quadrinho de madeira
6 – Atitude cristã de vida:
• Respeitar nossos amiguinhos e exigir que nos respeitem.
• Procurar a pessoa que ofendemos e pedir desculpas.
• Procurar a pessoa que nos ofendeu e conversar com ela.
momento
-Tobias 4,16 – pintar e envernizar
21
11ª Aula – DEUS SE COMUNICA
1 – Objetivos: a) Saber que além da comunicação com as pessoas, nós precisamos
nos
comunicar com Deus.
b) Saber que se trata da comunicação entre seres de natureza diversa: Deus, natureza divina, nós,
natureza humana. Por isso a comunicação não se faz por meio dos sentidos. Não é complicado,
mas é muito especial porque exige FÉ da nossa parte.
c) Perceber que Deus tenta comunicar-se conosco de muitas maneiras: por ex: através da natureza
e dos nossos irmãos.
2 – Motivação e diálogo:- Procurar figuras de:
PAISAGEM BONITA – UM CRIOULINHO – FLOR – UMA CRIANÇA BRANCA
PÁSSAROS – BORBOLETAS
Deus sempre tem vontade de comunicar-se com as pessoas. Mas a gente está interessada
em outras coisas e não dá atenção a Ele. Então podemos imaginar o seguinte. Estória:
“O SENHOR DEUS, que é invisível, querendo comunicar-se com os homens, cria a
natureza: montanhas altíssimas, cachoeiras de água pura e cristalina, árvores frondosas com flores
deslumbrantes e frutos saborosos”.
O SENHOR DEUS, sendo invisível, comunica-se através das coisas que só Ele sabe e
pode fazer. Mas a gente sobe nas montanhas, canaliza a água das cachoeiras, derruba as árvores, e
nem percebe a comunicação de Deus.
Então O SENHOR DEUS cria aves delicadas de canto mavioso, borboletas deslumbrantes,
animais enormes como o elefante, engraçado como o tamanduá. Coisas que só Ele sabe e pode fazer.
Mas a gente caça todos os bichos, para o Zôo, para o circo, para colecionar, e nem pensa que é uma
maneira de Deus falar conosco.
Então O SENHOR DEUS faz nascer todos os dias milhares de criancinhas crioulinhas ,
japonesinhas, loirinhas, tão bem feitinhas, com olhinhos, unhinhas e tudo, como SÓ ELE SABE E
PODE FAZER.
Mas a gente não entende nada, carrega a criança, dá banho na criança, dá vacina na criança e
não percebe que Deus, que está presente (Ele é o Amigo Invisível), o que Ele que dizer.”
Conversar com a classe sobre a estória que é verdadeira. Refletir sobre todos os modos de
Deus comunicar-se conosco.
3 – Oração e Canto:
SENHOR DEUS, AJUDA-ME OUVIR-TE NO CANTO DOS PÁSSAROS
E NO GAGUEJAR DOS NENÊS QUE NÃO SABEM FALAR.
Outras orações espontâneas da classe.
Canto: - Belo pra mim. O sol já raiou. Louvado Seja.
(ver no folheto)
4 – A Palavra de Deus: MUITAS VEZES E DE MUITOS MODOS,
22
DEUS FALOU A NOSSOS PAIS, PELOS PROFETAS.
HOJE ELE NOS FALA POR SEU FILHO JESUS,
PELO QUAL TAMBÉM FEZ O UNIVERSO.
Hebreus 1,1.
5 – Atividades: - Jogral. Ensaiar com a classe o seguinte:
Lado A
Lado B
• Quando o dia amanhecer...
Louvado seja Deus
• Quando o sol brilhar...
Louvado seja Deus
• Quando a chuva cair...
Louvado seja Deus
• Quando a mamãe me chamar
Deus me fala
• Quando a aula começar...
Deus me fala
• Quando a professora ensinar
Deus me fala
etc.
etc.
- Desenhos e recortes das múltiplas maneiras pelas quais Deus quer nos falar.
- Pesquisar e copiar no caderno de religião o CÂNTICO DAS CRIATURAS de São Francisco
de Assis.
6 – Atitude cristã de vida: - Fazer um minuto de silêncio para perceber a
comunicação de
Deus.
- Olhar uma flor, uma criança e um amigo e perceber Deus presente falando-nos por meio deles.
- Conversar com Deus, com Jesus.
12ª Aula – DEUS COMUNICA: A ANUNCIAÇÃO À MARIA
1 – Objetivos: - Saber como Deus comunicou-se à Maria na Anunciação.
• Tomar conhecimento de como Maria recebeu a mensagem de Deus e como
respondeu.
• Despertar em nós o amor à Maria, a quem Deus escolheu para ser a Mãe de seu
próprio filho, Jesus Cristo.
• Preparar em nós atitudes de atenção e receptividade às comunicações de Deus.
2 – Motivação e diálogo: - Preparar uma estampa da Anunciação.
“No sexto mês, o Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a
uma virgem desposada com um homem, chamado José, da casa de Davi; E O NOME DA VIRGEM
ERA MARIA. Entrando aonde ela estava disse-lhe: ALEGRA-TE CHEIA DE GRAÇA, O
SENHOR ESTÁ CONTIGO! Ela ficou intrigada com esta palavra e pôs-se a pensar qual seria o
significado de saudação. A Anjo, porém, acrescentou: Não tenhas medo, Maria! Encontraste graça
junto de Deus. EIS QUE CONCEBERÁS E DARÁS À LUZ UM FILHO; E O CHAMARÁS COM
O NOME DE JESUS. Ele será grande, será chamado FILHO DO ALTÍSSIMO! Maria porém, disse
ao anjo: “Como é que vai ser isso, se eu não conheço homem algum? O Anjo respondeu: O
ESPÍRITO SANTO virá sobre ti, e o poder do Altíssimo vai te cobrir com a sua sombra: por isso, o
SANTO que nascer será chamado de FILHO DE DEUS. Para Deus, com efeito, nada é impossível.
Disse então Maria: EU SOU A SERVA DO SENHOR, FAÇA-SE EM MIM SEGUNDO TUA
PALAVRA! E o Anjo retirou-se.” Lucas 1, 26 a 38.
23
- Conversar com a classe sobre o texto. Responder às perguntas ao nível da classe. Podem aparecer
questões sobre concepção, nascimento e sexo. A professora dará os esclarecimentos necessários ao
nível da classe, deixando outras questões para as aulas de ciências ou de moral. Mas não pode
deixar as perguntas sem respostas.
Deus comunica-se à Maria:
Mensagem: você quer ser a Mãe do Filho de Deus?
Deus ------------------------------------------------------------------------------------ Maria
Canal: Anjo
E
R
Mensagem: Como?
Sim!
Maria ---------------------------------------------------------------------------------E
canal: resposta oral
Deus
R
Deus comunicou-se à Maria através do Anjo, um enviado, um mensageiro, por delicadeza, por
respeito à liberdade de Maria.
Maria era atenta, receptiva e logo percebeu a comunicação. Primeiro pensa em silêncio e pergunta:
COMO? Depois de tranqüilizada pelo Anjo responde: SIM!
3 – Canto e Oração: - OBRIGADO, MARIA POR TERES DITO SIM!
MARIA, ENSINA-ME A DIZER – SIM – A DEUS.
MARIA, ENSINA-ME A PERCEBER AS MENSAGENS DE DEUS.
- Outras orações espontâneas.
Canto: Ave Sempre Bela (ver no folheto)
4 – A Palavra de Deus:
ALEGRA-TE CHEIA DE GRAÇA,
O SENHOR ESTÁ CONTIGO!
Lucas 1, 26
5 – Atividades: Dramatização: representar o diálogo do Anjo com Maria, e a personagem
principal – DEUS – fica invisível, não fala, mas pode fazer expressões corporais.
Desenhar: o Anjo pode ser representado por um raio de sol, Maria por uma
jovem de 15 anos.
Copiar: o texto de Lucas 1, 26 a 38, no caderno de religião, ilustrando-o com
desenhos ou recortes.
Pesquisa: em que trecho de Lucas 1 se encontram os versículos da AVE
MARIA?
6 – Atitude cristã de vida: Como Maria, saber acolher mensagens que Deus nos envia todos
os dias, para vivermos alegres, trabalharmos com coragem, estudar. Rezar a Ave Maria.
24
13ª aula – JESUS VAI A UMA FESTA DE CASAMENTO
Observação: Estas quatro aulas visam apresentar Jesus como modelo de relacionamento humano.
1 – Objetivo: Apresentar Jesus como uma pessoa sensível, delicado, social.
- Jesus atendeu ao pedido de sua mãe, Maria.
- Jesus e Maria colaboraram na festa do casamento dos parentes.
- O milagre aconteceu por causa do pedido de Maria e pela obediência dos empregados.
- O milagre demonstrou a natureza divina de Jesus.
2 – Motivação: Prepare figuras de festas de casamento: gente, noivos, comes e bebes, músicas e
danças.
Diálogo: Jo 2, 1ss: - No tempo de Jesus, as festas de casamento duravam sete dias. Jesus e Maria
tinham sido convidados pelos noivos, que eram seus parentes. Maria foi antes, para ajudar. Jesus
chegou depois, lá pelo terceiro ou quarto dia de festa. Ele chegou com seus amigos. A festa estava
muito animada, comes, bebes, músicas e danças.
De repente, Maria percebeu que o vinho, que era a bebida principal, estava acabando. Ela,
então, aproximou-se de Jesus e disse: - “Eles não têm mais vinho”. Jesus respondeu: “Nós não
temos nada com isso”, mas Maria chamou os empregados dizendo: “Fazei tudo o que ele vos
disser”. Jesus, então, ordenou aos empregados que enchessem de água as maiores vasilhas que
tivessem. Eram seis talhas ou jarros de pedra, como havia naquele tempo, e que serviam para pôr
água e lavar as mãos. Nesse tempo não havia nem torneiras, nem pias.
Em seguida, Jesus mandou os empregados tirarem um copo daquela água e levar ao chefe da
festa. Não era mais água. Era o vinho mais delicioso como eles nunca tinham experimentado.
Ninguém na festa percebeu o milagre que Jesus havia operado. Mas os criados, Maria e os
amigos de Jesus viram. Então eles acreditaram em Jesus: que Jesus tinha poderes extraordinários
sobre a natureza.
Jesus fez este primeiro milagre, em atenção a Maria sua Mãe, e também uma gentileza para
os noivos.
- Conversar sobre o episódio: Jesus atendeu o pedido de Maria. Não deixou que os noivos
ficassem envergonhados, quando faltasse o vinho. Colaborou com a festa, assim como Maria. Deu
um belo presente de casamento!
3 – Oração e Cantos:
“JESUS E MARIA, EU QUERO TÊ-LOS COMO CONVIDADOS NOS MEUS
MOMENTOS DE FESTA E ALEGRIA.”
MARIA, EU QUERO OUVIR O TEU CONSELHO
E FAZER TUDO O QUE JESUS DISSER.
Cantar: “Cristo é a felicidade” e “Sta. Maria do Caminho” – ver folheto.
25
4 – Palavra de Deus: - Para memorizar
ENTÃO MARIA FALOU AOS SERVENTES:
“FAZEI TUDO O QUE ELE VOS DISSER”. Jo 2,5
5 – Atividades: - Dramatização desta cena.
- No caderno de religião: cópia de Jo 2,1 ss.
- Recortar e colar figuras de festas de casamento, sobrepondo as figuras de Jesus e
Maria (um moço e uma senhora).
6 – Atitude cristã de vida: - Aceitar convites para festas. Apresentar-se bem nas festas, e
relacionar-se com educação. Oferecer-se para ajudar. Fazer tudo o que Jesus diz em seu Evangelho.
14ª Aula – Lc. 19, 1-10
JESUS FOI AO ENCONTRO DE UM HOMEM MUITO PECADOR:
ZAQUEU.
1 – Objetivo: - Perceber como Jesus relacionava-se com pessoas tímidas que o
queriam ver, ainda que fossem pecadoras.
- Perceber como o encontro sincero com Jesus muda a vida das pessoas.
2 – Motivação e diálogo: - Figuras de multidões, pessoas trepadas nas árvores,
prédios, telhados, postes etc. como quando o Papa veio ao Brasil.
Lc. 19, 1-10: Jesus chegou a uma cidade chamada Jericó, acompanhado de grande multidão. Havia lá um
homem chamado Zaqueu que era rico e chefe dos cobradores de impostos. (Os publicanos muitas
vezes extorquiam dinheiro do povo, cobrando a mais. Zaqueu era o chefe dos publicanos).
Zaqueu procurava ver quem era Jesus, mas não o conseguia, por causa da multidão, pois era
de baixa estatura.
Correu então à frente e subiu numa árvore para ver Jesus que iria passar por ali.
Quando Jesus chegou ao lugar, levantou os olhos e disse: - “Zaqueu, desce depressa, pois
hoje devo ficar em tua casa”.
Ele desceu imediatamente e recebeu-o com alegria.
À vista do acontecido, todos murmuravam, dizendo: - “Foi hospedar-se na casa de um
ladrão”.
Zaqueu de pé, disse ao Senhor: - “Senhor, eis que eu dou a metade dos meus bens aos pobres,
e se roubei a alguém, vou restituir-lhe o quádruplo”.
Jesus lhe disse: - “Hoje, a salvação entrou nesta casa, porque ele também é um filho de
Deus”.
COM EFEITO, O FILHO DO HOMEM (JESUS) VEIO PROCURAR E SALVAR O QUE
ESTAVA PERDIDO.
Porque Zaqueu era ladrão? Qual foi a mudança que a visita de Jesus causou na vida de Zaqueu?
Quanto Zaqueu prometeu dar aos pobres? A quem Zaqueu prometeu restituir quatro vezes mais?
26
3 – Oração e Cantos:
JESUS, COMO ZAQUEU, EU TAMBÉM QUERO TE VER.
SENHOR, EU TE CONVIDO PARA VIRES À MINHA CASA.
Cantos: “Cristo é a felicidade”.
“O Sol já raiou”- Guia .
4 – Palavra de Deus: - para memorizar:
O FILHO DO HOMEM VEIO PROCURAR E SALVAR O QUE ESTAVA PERDIDO. Lc 19,10.
HOJE DEVO FICAR EM TUA CASA.
Lc 19,5
5 – Atividades: - Desenhar Jesus e Zaqueu trepado na árvore.
- Recortar e colar figuras de dois homens, Jesus na rua e Zaqueu na
árvore. Copiar no caderno de religião Lc 19, 1-10.
- Dramatização: personagens: Jesus, Zaqueu, a multidão, os fofoqueiros.
- Faça um gráfico representativo da fortuna de Zaqueu , do que ele deu aos pobres,
e do que ele restituiu ao quádruplo. P. ex:
restituiu
ficou
DEU aos pobres
6 – Atitude cristã de vida: - Ser honesto e justo. Restituir o que emprestei ou o que
eu “peguei” sem licença do dono. Procurar encontrar-se com Jesus, e pedir a Ele que nos ajude a
ser honestos e justos. Respeitar todas as pessoas, mesmo os marginais que também são filhos de
Deus. Não ser fofoqueiro como os que acharam ruim que Jesus fosse se hospedar na casa de um
pecador.
15ª aula – JESUS CONTA A HISTÓRIA DO BOM SAMARITANO
1 – Objetivos: - Saber quem é o meu próximo.
- Tomar conhecimento de que Jesus nos propõe um tipo de relacionamento em
que sejamos próximos uns dos outros.
- Aprender que no relacionamento com os outros, muitas vezes, devemos dar o
primeiro passo e dirigir a primeira palavra.
2 – Motivação e Diálogo: Gravuras e recortes de imigrantes sem terra, crianças com fome
etc.
Lc, 10, 30-37:
“Um homem descia de Jerusalém a Jericó e caiu nas mãos de assaltantes que, após havê-lo
despojado e espancado, foram-se embora, deixando-o semimorto.
27
Casualmente , descia por este caminho um sacerdote, viu-o e passou adiante.
Igualmente um levita, atravessando este lugar, viu-o e prosseguiu.
Certo samaritano (estrangeiro) em viagem, porém, chegou junto dele, viu-o e moveu-se de
compaixão.
APROXIMOU-SE, cuidou de suas chagas, derramando óleo e vinho, depois colocou-o em
seu próprio animal, conduziu-o à hospedaria e dispensou-lhe cuidados.
No dia seguinte, tirou dois mil reais e deu-os ao hospedeiro, dizendo: Cuida dele, e o que
gastares a mais, em meu regresso, te pagarei.
Qual dos três, em tua opinião foi o homem que caiu nas mãos dos assaltantes? Então o que
havia perguntado respondeu: Aquele que usou de misericórdia para com ele. Jesus então lhe
disse: - “Vai e também tu faze o mesmo”.
Por que o sacerdote não se aproximou do ferido? O que ele teria pensado?
Por que o levita não se aproximou do ferido? O que ele teria pensado?
Por que o samaritano aproximou-se do ferido? O que ele teria pensado?
Aproximar-se é chegar perto, dar o primeiro passo em direção à pessoa que precisa, que sofre,
dizer-lhe a primeira palavra.
O samaritano (estrangeiro) não conhecia o ferido, não era parente, nem a mesma nacionalidade,
nem da mesma religião, talvez nem da mesma língua. Mas foi o único que amou o próximo. Que
se aproximou.
3 – Oração e Canto:
SENHOR, DAI-ME CORAGEM DE ÀS VEZES DIZER A PRIMEIRA PALAVRA,
DE DAR O PRIMEIRO PASSO EM DIREÇÃO À PESSOA QUE PRECISA.
CANTO: “Belo pra mim” – no folheto.
4 – Palavra de Deus: para memorizar.
AMARÁS O SENHOR TEU DEUS / DE TODO CORAÇÃO / DE TODA ALMA / COM TODA
TUA FORÇA / E DE TODO O ENTENDIMENTO / E A TEU PRÓXIMO COM A TI MESMO.
Lc 10, 27
E QUEM É O MEU PRÓXIMO?
Lc 10, 29
5 – Atividades: Desenhar o que a história sugere.
- Recortar e colar uma figura de ferido ou doente e a pessoa que o socorre.
- Copiar em seu caderno de religião Lc 10, 29-37 ou em seu caderno de língua
portuguesa.
- Dramatização: personagens: o sacerdote, o levita, o samaritano, o ferido, os
assaltantes.
6 – Atitude cristã de vida: - Procurar uma pessoa que precisa de mim, na escola, em casa,
na rua.
- Dialogar com o próximo. Ajudar e amar o próximo.
28
- Dizer a primeira palavra ao meu colega de classe que fica sempre de lado.
- Ajudar em casa a pessoa que mais precisar; ex: a avó, a mãe, o irmãozinho etc.
16ª aula – JESUS AMA AS CRIANÇAS -
Mc 10, 13-16
1 – Objetivos: - Apresentar o relacionamento de Jesus com as crianças.
- Saber que Jesus gosta das crianças, de todas.
- Não criar obstáculos para afastar as crianças dele.
- Jesus apresenta a criança como modelo para os adultos, por sua autenticidade.
2 – Motivação e Diálogo:
Cartaz mostrando Jesus com as crianças de todas as cores, Mães de favela com
crianças. Creches etc. Marcos 10, 13-16:
Então, lhe trouxeram algumas crianças para que as tocasse, mas os discípulos os
repreendiam.
Jesus, porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim os pequeninos, não os
afasteis, porque deles é o reino de Deus.
Em verdade vos digo: Quem não receber o Reino de Deus como uma criança, de maneira
nenhuma entrará nele.
Então, tomando-as nos braços e impondo-lhes as mãos, as abençoava.
- Quem teria trazido as crianças a Jesus? As mães? O irmãozinho maior? Eram crianças da rua?
Da favela?
- Por que os discípulos (amigos de Jesus) as repreenderam? Porque faziam muito barulho?
Estavam sujas? Piolhentas? Maltrapilhas?
- Qual foi à reação de Jesus? Jesus indignou-se.
- O que Jesus disse das crianças? Por que o Reino de Deus é das crianças, e dos que com elas se
parecem? A criança pode ser malcriada, dizer nomes feios, ser agressiva, mas ela mostra o que é:
é sincera, autêntica, simples, sem segundas intenções.
- O que Jesus fez com as crianças? Abraçou-as, beijou-as, fez-lhes carinhos, pegou-as no colo.
Impôs-lhes as mãos e as abençoou.
- O que as crianças fizeram com Jesus?
3 – Oração e Cantos:
JESUS, EU SOU CRIANÇA, EU TAMBÉM QUERO GANHAR UM CARINHO SEU.
JESUS, ABENÇOA-ME COMO ABENÇOASTES AS CRIANÇAS AQUELA VEZ.
Canto: “Criança feliz”, Guia.
“Belo pra mim”, idem no folheto de cantos.
4 – Palavra de Deus: para memorizar.
DEIXAI VIR A MIM OS PEQUENINOS / NÃO OS AFASTEIS PORQUE DELES É O REINO DE
DEUS. Mc 10
29
EM VERDADE VOS DIGO:
QUEM NÃO RECEBER O REINO DE DEUS COMO UMA CRIANÇA
DE MANEIRA NENHUMA ENTRARÁ NELE. Mc 10.
5 – Atividades: - Fazer cartazes, colagens, recortes, composições, dísticos.
- Copiar com letra bonita, Mc 10, 13-16, em seu caderno de religião, ou em seu
caderno de língua portuguesa.
- Dramatização – Personagens: Jesus, os discípulos, as crianças.
6 – Atitude cristã de vida: Correr ao encontro de Jesus, todos os dias como uma criança. O
encontro com Jesus traz alegria e felicidade. Ser autêntico, não fingido, simples.
O que é “ser criança”? Seria ingenuidade? Ignorância? Credulidade? Não ter responsabilidade?
- Não. Há muitas crianças que trabalham em casa, até cozinham, olham seus irmãos menores.
Crianças responsáveis.
- Ser criança é aceitar a vida, reagir com autenticidade, ser ela mesma, viver a vida plenamente
como ela é.
17ª aula – DEUS FALA AO HOMEM MESMO PECADOR
1 – Objetivos: - Saber que Deus fala e sempre falou aos homens.
- Saber que Deus fala nos chamando.
- Saber que a Bíblia nos ensina que Deus falou com Adão.
- Ter algumas noções sobre os caps. 1, 2 e 3 do Gênesis.
- Suscitar em nós atitudes de escuta e ação.
2 – Motivação e Diálogo: Ler Gênesis 3, 8 e seguintes.
“O Senhor Deus chamou o homem e disse-lhe: “Onde estás”? Ele respondeu: “Ouvi o ruído dos
teus passos no jardim e, cheio de medo porque estou nu, escondi-me.”
O Senhor Deus perguntou: “Quem te disse que estás nu? Comeste, porventura, algum dos frutos
da árvore da qual te proibi comer?”
O homem respondeu: “A mulher que trouxeste para junto de mim ofereceu-me o fruto e eu comio.”
O Senhor Deus perguntou à mulher: “Porque fizeste isso?” A mulher respondeu: “A serpente
enganou-me e eu comi”.
Então o senhor Deus disse ao homem: “Porque ouviste as palavras da tua mulher e comeste o
fruto da árvore, maldita seja terra por tua causa. E dela só arrancarás alimento à custa de penoso
trabalho em todos os dias de tua vida. Produzir-te-á espinhos e abrolhos, e comerás a erva dos
campos.
Comerás o pão com suor do teu rosto, até que voltes à terra de onde foste tirado: porque tu és pó
em pó te hás de tornar.
O Senhor Deus fez a Adão e à sua mulher umas túnicas de peles e revestiu-os”.
Algumas sugestões para o diálogo: O nosso objetivo nesta aula será o de perceber que Deus
sempre está à procura do Homem. “Adão, onde estás?” – Que Deus sempre está falando ao
Homem; que o repreende por seus pecados, mas mostra-lhe a salvação e até “faz para eles uma
túnica de peles”.
30
Mas quando se trata de Adão e Eva, surgem entre os alunos, muitas noções e idéias deturpadas
que fazem parte da cultura popular. Cabe então à professora dialogar com eles, fazê-los falar, e
então fazer colocações corretas como por ex;
- Você sabe que a palavra “Adão” na Bíblia quer dizer simplesmente homem, ou antes, homens?
- Você sabe que a narração de “Adão e Eva, na Bíblia, não significa o pecado de um homem
com uma mulher, e muito menos que eles fizeram alguma coisa má, como esposos que eram?
Então o que é?
- O pecado de Adão e Eva conhecido por “pecado original” refere-se às más inclinações da nossa
natureza humana. Estas más inclinações (egoísmo, ódio, inveja, etc.) levam à morte.
- A Igreja ensina que a narração de “Adão e Eva” não deve ser interpretada ao pé da letra. A
crendice popular sempre invoca a “maça” como fruto proibido.
Este cap. do Gênesis fala da “árvore da ciência do bem e do mal”, isto é, não prestar contas a
ninguém do que fazemos. Independência total, ser o dono de si e de suas ações. O que é uma
ilusão. O homem depende de tudo (do ar, da água, da terra, do fogo etc.), de todos, da família, da
sociedade etc. As nossas ações boas ou más são sempre sociais e repercutem na família, na
escola, na sociedade e um dia Deus nos perguntará “Fulano,.............o que fizeste? Por que
fizeste?”
Prestaremos contas de todas as nossas ações.
3 – Canto e Oração:
“Senhor Deus, sinto dentro de mim más inclinações: quero tudo só pra mim, fico com raiva dos
outros, tenho preguiça de estudar e trabalhar...peço-vos por Jesus Cristo que me ajudeis com
vosso Poder.”
“Senhor Deus, eu sou mau, perdoai-me e ajudai-me a ser bom”
Cantar “Segura na mão de Deus” – ver no folheto de cantos.
4 – A Palavra de Deus:
O SENHOR DEUS CHAMOU O HOMEM, E
DISSE-LHE: ONDE ESTÁS? Gn 3, 8
COMERÁS O PÃO COM O SUOR DO TEU ROSTO!
5 – Atividades: leitura – diálogo – comentários – desenho – colagem – dramatização.
6 – Atitude cristã de vida: - Reconhecer diante de Deus que somos egoístas e muitas vezes
somos maus. Pedir perdão a Deus e a às pessoas que ofendemos. Reconhecer que somos
dependentes.
- Atenção a Deus, quando ele nos chamar. Responder a Deus.
18ª aula – DEUS FALOU A MOISÉS
1 – Objetivos: - Perceber que Deus é Vivo e fala com as pessoas.
- Perceber que Deus procurou Moisés e dialogou com ele.
31
- Saber que Moisés quis escapar da missão que Deus lhe ordenou.
- Perceber que Deus também me procura, me fala, e me ordena fazer coisas para o
meu próprio bem e para o bem dos outros.
2 – Motivação e Diálogo: Êxodo 3, 1ss e 4, 1ss
Moisés era pastor e tomava conta das ovelhas no campo.
Um dia, Deus quis me chamar sua atenção e fez um arbusto seco pegar fogo sem se acabar.
Moisés viu aquilo, achou extraordinário e dirigiu-se para lá para ver de perto.
Nisso Deus chamou-o, e disse: “Moisés, Moisés!” Ele respondeu: “Aqui estou”. Deus disselhe: “Eu sou o Deus de teu pai, Deus de Abraão.” Moisés escondeu o rosto, pois não se atrevia a
olhar para Deus.
O Senhor, porém, continuou: “Eu vi a miséria do meu povo no Egito e bem assim tenho
ouvido o seu clamor por causa dos seus opressores. Conheço, pois, a sua dor. Estou decidido a
libertá-lo das mãos dos egípcios e a conduzi-lo desta terra, para uma terra fértil e espaçosa, uma
terra que produz leite e mel. Vai! Envio-te ao Faraó (rei do Egito) para que tires do Egito o MEU
POVO.”
Moisés disse a Deus: “Quem sou eu para ir ter com o Faraó e tirar os filhos de Israel do
Egito? Deus respondeu: Eu estarei contigo. Moisés disse a Deus: Quando eu for ter com os filhos
de Israel e lhes disser que o Deus dos seus pais me enviou para junto deles, se me perguntarem
qual é o SEU NOME, que lhes responderei?
Deus disse então a Moisés: “Responderás o seguinte: EU SOU AQUELE QUE SOU! EU
SOU envia-me a vós! Eles escutarão a tua voz. Irás, com os anciãos de Israel, ter com o rei do
Egito e dir-lhe-eis: - O Senhor, o Deus dos hebreus apareceu-nos. Permite-nos que caminhemos
para o deserto, para oferecer sacrifícios ao Senhor nosso Deus. EU SEI que o rei do Egito não
vos deixará partir, mas eu o castigarei, e depois deixará vocês saírem”.
Moisés respondeu: “Eles não me vão escutar, dirão que o Senhor não me apareceu. Ai!
Senhor! Eu não sei falar, nunca soube, tenho a língua presa, e sou gago.”
O Senhor disse-lhe: “Quem deu a boca ao homem? Quem faz o mudo, o surdo, o homem
que vê e o cego? Não sou eu O SENHOR? Vai, pois; EU estarei contigo quando falares, e
ensinar-te-ei o que hás de dizer”.
Moisés disse: “Ai! Senhor, dai esta missão a outro”.
Então o Senhor encolerizou-se com Moisés e disse-lhe: “Não existe Arão, teu irmão? Ele
fala com muita facilidade. Falarás com ele. Quando falardes, EU estarei com a tua boca e com a
boca dele e ensinar-vos-ei o que deveis fazer”.
Diálogo: - Como foi que Deus chamou a atenção de Moisés?
- Quem falou primeiro? O que Deus mandou Moisés fazer? Por quê?
- Moisés obedeceu logo? Por quê?
- Qual foi a promessa que Deus fez a Moisés?
3 – Canto e Oração: Fala, Senhor, teus amigos escutam! Aleluia! Senhor eu quero
escutar a tua voz, e quero obedecer o que mandares.
4 – PALAVRA DE DEUS:
EU VI A MISÉRIA DO MEU POVO,
OUVI O SEU CLAMOR,
CONHEÇO A SUA DOR.
ESTOU DECIDIDO A LIBERTÁ-LO
32
DAS MÃOS DOS OPRESSORES.
Ex 3,1 ss
5 – Atividades: - Leitura dialogada: uma parte da classe lê o que Deus disse e a outra,
o que Moisés respondeu. Copiar.
- Dramatização. Desenho. Colagem. Jogral.
- Fazer um cartaz com a Palavra de Deus (como acima).
6 – Atitude cristã de vida: - Perceber os sinais de Deus na nossa vida, assim como o
arbusto ardente foi o sinal de Deus para Moisés.
- Ser atento para ouvir a voz de Deus e fazer o que Ele
nos mandar. Deus nos manda: crescer – aprender –
brincar – ajudar os outros – estudar etc.
19ª Aula: - Jesus, mensagem viva de Deus
1 – Objetivos: - Recordar que Deus fala aos homens de muitas maneiras, por meio de Abraão,
Moisés etc.
- Saber que a maneira mais importante é que Deus nos fala por seu Filho, JESUS CRISTO.
- Perceber que JESUS CRISTO por sua própria humanidade, presença, palavras, atitudes e ações
é a mensagem viva de Deus a todos os homens.
- Saber que tudo o que Deus tem a nos dizer se resume em JESUS CRISTO – PALAVRA VIVA
DO PAI.
2 – Motivação e diálogo: - Mateus 8,1 ss – Ao descer Jesus do monte, seguiam-no multidões
numerosas, quando, de repente, um leproso se aproximou e se prostrou diante dele, dizendo:
“Senhor, se queres, tens poder para purificar-me”. Ele estendeu a mão e tocando-o, disse: “Eu
quero, sê purificado”. E imediatamente ele ficou livre de sua lepra.”
Mateus, 9,25-31:
Partindo Jesus dali, puseram-se a segui-lo dois cegos, que gritavam e diziam: “Filho de Davi,
tem compaixão de nós!” Quando entrou em casa, os cegos aproximaram-se dele. Jesus lhes
perguntou: “Credes vós que tenho poder de fazer isso?”
Eles responderam: “Sim, Senhor!” Então tocou-lhes os olhos e disse: “Seja feito segundo a
vossa fé”. E os seus olhos se abriram. Jesus, porém, admoestou-os com energia: “Cuidado para
que ninguém o saiba”. Mas eles, ao sair dali, espalharam a sua fama por toda aquela região.
Mateus 11, 2-5:
João Batista que estava preso, ouvindo falar a respeito das obras de Cristo, enviou a ele os
seus discípulos para lhe perguntarem: “És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?”
Jesus respondeu-lhes: “Ide contar a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos recuperam a
vista, os coxos andam, os leprosos são purificados e os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e os
pobres são evangelizados”.
- Conversar com os alunos sobre os milagres que Jesus fazia.
Jesus tem o poder de Deus para curar e salvar todos os homens.
33
A presença viva de Jesus é a mensagem que Deus nos ama e não quer ninguém triste ou
doente ou oprimido. Jesus tem poder para libertar os homens das doenças, da miséria, da
opressão e da morte. ELE É O SALVADOR!
3 – Oração: - “Senhor, abri os meus olhos
às maravilhas do vosso amor.
Eu sou cego sobre o caminho,
curai-me, eu vos quero ver”.
Canto:
“Glória, Glória, Aleluia!” (do folheto de cantos)
4 – A PALAVRA DE DEUS: SENHOR, SE QUERES,
TENS PODER PARA PURIFICAI-ME!”
Mt, 8
“EU QUERO, SÊ PURIFICADO”
Mt, 8
5 – Atividades: - Pesquisa no Evangelho. Cópia no caderno de religião.
Desenho – recortes- colagem de fotos de cegos, paralíticos etc. e
escrever: “Senhor, ajudai os cientistas a descobrir os remédios para curar as
doenças; em vez de inventarem mais bombas para matar”.
6 – Atitude crista de vida: - Ter um carinho e uma atenção especial para com os
deficientes, excepcionais , velhinhos. Rezar com eles. Relatar a eles os milagres de
Jesus.
20ª Aula – Jesus falava e ensinava o povo
1 – Objetivos: - Saber que Deus Fala e Ensina por meio de Jesus Cristo.
- Jesus Cristo é a mensagem viva de Deus.
- Jesus ensina por meio de parábolas, isto é, pequenas histórias tiradas do povo em que ele viveu.
- As palavras e parábolas que Jesus contava devem ser lidas não só uma vez, mas muitas vezes,
durante toda nossa vida, porque elas têm uma sabedoria muito grande que não compreendemos
de uma só vez.
2 – Diálogo e Motivação: - No tempo de Jesus Cristo, havia muitos pobres, mendigos e
desempregados. Toda essa gente rodeava Jesus. Precisavam de tudo: emprego, comida, casa
remédios, etc. Jesus tinha muita pena deles e achava que eles não mereciam isso, que era injustiça.
Mateus, 9, 35-36
“Jesus percorria todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas (Casas de oração dos
judeus) e pregando o Evangelho do Reino, enquanto curava toda sorte de doenças e enfermidades.
Ao ver a multidão, teve compaixão dela, porque estava cansada e abatida como ovelhas sem
pastor”.
34
Mateus, 13 - A PARÁBOLA DO SEMEADOR
“Eis que o semeador saiu a semear e, ao semear, uma parte da semente caiu à beira do caminho
e as aves vieram e a comeram.
Outra parte
caiu em lugares pedregosos, onde não havia muita terra. Logo brotou, porque a terra era pouco
profunda. Mas, ao surgir o sol, queimou-se, por não ter raiz, secou.
Outra ainda caiu entre os espinhos.
Os espinhos cresceram e a abafaram.
Outra parte, finalmente, caiu em terra boa e
produziu fruto, à razão de cem, sessenta e trinta por um”.
Comentar com a classe essa parábola:
- Por que Jesus era sempre acompanhado por uma multidão?
- Por que Jesus gostava deles?
- O que significa a parábola do semeador?
- A SEMENTE É A PALAVRA DE DEUS. A terra é o nosso coração.
3 – Oração e canto:
Jesus, eu quero receber a tua palavra,
Fazei que meu coração seja uma terra boa
Que dê muito fruto.
Canto: “A palavra de Deus é semente”
Cantai ao Senhor
1- Cantai ao Senhor, um cântico novo (3 vezes)
Cantai ao Senhor, Cantai ao Senhor.
2- Porque ele fez, ele faz maravilhas (3 vezes)
3- É Ele quem dá o Espírito Santo.
4- Jesus é o Senhor, Amém, Aleluia.
5- Louvai ao Senhor, Amém, Aleluia.
4 – A PALAVRA DE DEUS
“A TERRA BOA PRODUZIU MUITO FRUTO,
À RAZÃO DE CEM, SESSENTA E TRINTA POR UM”.
Mt,13
5 – Atividades: - Desenhar a semente caindo em cada um dos tipos de terra. Pesquisar Mateus,
cap. 13. Copiar.
- Arrumar três caixinhas ou latinhas com 3 qualidades diversas de terra: 1) muito
dura; 2) com muito mato; 3) terra boa, fofa, para plantar.
6 – Atitude cristã de vida: - Você tem o Evangelho de Jesus?
Procure em Mateus cap. 13 e leia a parábola do semeador.
Pare, pense pedindo a Jesus que está vivo entre nós para ensinar você.
Seja você aquela terra boa fértil, onde a semente lançada por Jesus, produz cem por um.
35
21ª aula – O ANÚNCIO DA VINDA DE JESUS
1 – Objetivos: Saber que a vinda de Jesus é o acontecimento máximo da história: Deus envia seu
Filho para salvar a humanidade.
- Esse acontecimento teve uma longa preparação. Muitos profetas e, entre eles Isaías, o
anunciaram, toda a história do Antigo Testamento antes de Cristo foi uma preparação.
- Jesus é o Emanuel, que quer dizer, Deus conosco, isto é: Deus morando no meio de
nós para sempre.
- Atitudes de fé, confiança, esperança, alegria e paz.
2 – Motivação e diálogo: - Levar a Bíblia e mostrá-la, dizendo: A história está dividida em
duas partes: antes de Cristo, o Antigo Testamento (mostrar na Bíblia) e depois de Cristo, o Novo
Testamento.
A vinda de Jesus ao mundo é o maior acontecimento da história, porque Jesus não é um
homem qualquer, mas é o próprio Filho de Deus que se encarnou e se fez homem para poder melhor
comunicar-se conosco e nos salvar.
Há 1.800 anos a.C., houve um homem chamado Moisés. Ele se comunicava com Deus, e Deus
conversava muito com ele. Então Deus disse a Moisés: - ver Deuteronômio 18, 18:
“Vou suscitar para eles um profeta como tu, do meio de seus irmãos. Colocarei as minhas
palavras em sua boca e ele lhes comunicará tudo o que eu lhe ordenar”.
Depois de 700 anos a.C., houve também um grande profeta chamado Isaías, que falava as
palavras de Deus. Isaías assim escreveu:
Isaías 40, 3:
“Voz do que clama no deserto:
preparai o caminho do Senhor,
aplainai as suas veredas”.
E também, Isaías 7, 14:
“Eis que a virgem conceberá
E dará à luz a um filho
E o chamarão com o nome de Emanuel,
Que significa: Deus está conosco”.
Quando Jesus nasceu, o mundo conhecido era governado pelo Imperador de Roma. E nesse
momento não havia guerras. Foi então que Jesus nasceu em Belém, na Palestina.
Veja no mapa (pág. Seguinte) onde ficam Roma e Belém:
36
O apóstolo Paulo escreveu na Carta aos Gálatas, do Novo Testamento, isto é, após Cristo:
Gálatas: 4,4
“QUANDO, PORÉM,
CHEGOU A PLENITUDE DO TEMPO,
ENVIOU DEUS O SEU FILHO,
NASCIDO DE UMA MULHER”.
e o apóstolo João escreveu: - João 3, 16: “POIS, DEUS AMOU TANTO O MUNDO
QUE ENTREGOU O SEU FILHO ÚNICO,
PARA QUE TODO O QUE NELE CRER NÃO PEREÇA,
MAS TENHA A VIDA ETERNA”.
Com o nascimento de Jesus Cristo, começa a era cristã, com a qual contamos os anos. E hoje
estamos no ano de 2006 depois de Cristo.
3 – Oração e Cantos: “Senhor, eu creio, mas aumentei a minha fé!”
“Eu creio em Jesus Cristo, Filho Único de Deus, Ele é Nosso Senhor!”
Cantos: “Glória, Glória, Aleluia!” e “Jesus Cristo é o Senhor!”
4 – Atividades: Recortes, colagem, figuras de velhos: um será Moisés, outro será Isaías. Fazer
cartazes pondo as palavras que eles escreveram sobre Jesus.
- Também recortar e colar figuras de homens que serão,
p. ex., João e Paulo, acrescentando as respectivas palavras.
- Pesquisar e fazer o mapa do Mar Mediterrâneo colocando as cidades como Roma, Belém, os
países como Itália e Palestina do Mundo Antigo.
- Pesquisar a parábola dos maus vinhateiros: Marcos, 12.
5 – A PALAVRA DE DEUS: Carta de Paulo aos Hebreus: 1, 1ss
“MUITAS VEZES E DE MODOS DIVERSOS,
FALOU DEUS OUTRORA AOS PAIS PELOS PROFETAS,
AGORA, NESTES DIAS QUE SÃO OS ÚLTIMOS,
FALOU-NOS POR MEIO DE SEU FILHO,
A QUEM CONSTITUIU HERDEIRO DE TODAS AS COISAS,
E PELO QUAL FEZ OS SÉCULOS”. Hb 1,1
6 – Atitude cristã de vida: Acolher e salvação de Jesus. Receber Jesus Cristo em sua mente e
em seu coração. Pensar em Jesus e obedecer a seu mandamento de amar e ajudar os outros. Obter
uma estampa de Jesus Cristo e fazer um pôster, olhar para ele e dizer:
“TU ÉS O CRISTO JESUS, O FILHO DE DEUS VIVO!
TU ÉS O DEUS CONOSCO!”
37
22ª Aula
O NASCIMENTO DE JESUS É ANUNCIADO À MARIA, JOSÉ E ISABEL
1 – Objetivos: Perceber como Deus se comunica com diferentes pessoas de modos diversos.
- Deus mesmo vai preparando a chegada de Jesus com o maior carinho.
- Jesus Cristo é o maior acontecimento da história e Ele é a melhor comunicação de
Deus aos homens.
2 – Motivação e diálogo: - Recortar uma figura de jovem, muito meiga, colar e
ANÚNCIO FEITO À
MARIA
AVISO A JOSÉ
desenhar um raio de luz vindo do céu sobre ela. Escrever
nesse raio:
“ALEGRA-TE, CHEIA DE GRAÇA!”
- Recortar figura de jovem pensativo, colar e pintar um raio
de luz sobre ele, com estas palavras:
“JOSÉ, NÃO TENHAS MEDO! MARIA SERÁ MÃE
DO FILHO DE DEUS. TU LHE DARÁS O NOME
DE JESUS!”
- Recortar duas figuras femininas: uma jovem e outra de
idade. Raios de luz coloridos sobre ambas, com as
palavras:
“TU ÉS BENDITA ENTRE AS MULHERES
E BENDITO É O FRUTO DO TEU VENTRE!”
- Recortar a aula nº12 da terceira etapa e reler Lucas 1,26 a 38.
Depois de se comunicar através da natureza, dos profetas, Deus envia seu Filho Jesus para se
comunicar conosco, não só com palavras, mas também com seu olhar, seu sorriso, suas atitudes,
ações, milagres e, sobretudo, com sua morte e ressurreição.
A vinda de Jesus, na história dos homens, é o fato mais importante. Por isso a história se divide
em antes de Cristo e depois de Cristo.
Jesus Cristo é o Emanuel, o Deus conosco. Deus veio morar entre os homens. Jesus veio para
ficar. Ele disse:
“EU ESTAREI COM VOCÊS PARA SEMPRE, ATÉ O FIM DO MUNDO!”
VISITA A ISABEL
O anúncio à Maria:
Deus escolheu uma mãe para seu Filho. A escolhida foi Maria, uma menina de uns quinze
anos que estava noiva de José.
Então Deus comunica-se a ela por meio de um Anjo. O Anjo Gabriel. O Anjo dialoga com
Maria. Veja na aula nº12 o que o Anjo disse à Maria e o que Maria disse ao Anjo. Maria aceitou. É
desse diálogo que nos vem à oração da AVE MARIA. Maria tornou-se a mãe de Jesus, é também a
MÃE DE DEUS, porque JESUS É DEUS.
O anúncio a José:
José é esposo de Maria com a missão dada por Deus de protegê-la e sustentá-la, assim como ao
menino Jesus. Todos pensavam que José fosse o pai natural de Jesus. Mas Jesus é diferente e não
tem pai na terra. Só Deus é o Pai de Jesus.
José ficou assustado com esse fato tão importante, mas Deus se comunicou a ele em sonho, por
meio de um Anjo dizendo:
38
“JOSÉ, NÃO TENHA MEDO!
MARIA VAI TER UM FILHO,
PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO,
E TU LHE PORÁS O NOME DE JESUS!”
Visita à Isabel:
Quando Deus se comunicou a Maria, contou também que sua prima Isabel ia ter um filho. E
ela já era de idade, estava muito cansada e precisava de ajuda.
Maria, que era muito boa e gostava de Isabel, saiu muito depressa e foi ficar com ela para
servi-la nos trabalhos domésticos: fazer fogo, cozinhar, fazer pão, lavar roupa, fazer roupinhas de
nenê etc.
Quando Maria saudou Isabel, Deus se comunicou à Isabel pela voz de Maria e Isabel descobriu
todo segredo de Maria e respondeu:
“TU ÉS BENDITA ENTRE TODAS AS MULHERES
E O FRUTO DO TEU VENTRE É BENDITO”.
3 – Oração e Canto:
“Pai do céu, como sois bom por enviar vosso Filho Jesus, para ficar conosco para sempre e nos
salvar”.
“Obrigado, Maria por teres aceitado ser a mãe de Jesus!
Alegra-te, ó cheia de graça, tu és bendita entre todas as mulheres
e bendito é o fruto de teu ventre, Jesus!”
“José, você foi muito feliz, por viver com Jesus e Maria,
cuidar deles e protegê-los aqui na terra”.
Canto: Maria de Nazaré (Pe. Zezinho)
1. Maria de Nazaré,
Maria me cativou,
Fez mais forte a minha fé
E por filho me adotou.
Às vezes eu paro e fico a pensar
E sem perceber me vejo a rezar
E meu coração se põe a cantar
Pra virgem de Nazaré.
Menina que Deus amou e escolheu
Pra mãe de Jesus, o Filho de Deus,
Maria que o povo inteiro elegeu
Senhora e Mãe do Céu. Ave Maria...
2. Maria que eu quero bem,
Maria de puro amor,
Igual a você ninguém,
Mãe pura do meu Senhor.
Em cada mulher que a terra criou,
Um traço de Deus Maria deixou,
Um sonho de mãe Maria plantou,
39
Pro mundo encontrar a paz
Maria que fez o Cristo falar,
Maria que fez Jesus caminhar,
Maria que só viveu pra seu Deus,
Maria do povo meu.
4 – PALAVRA DE DEUS:
O ANJO GABRIEL FOI ENVIADO POR DEUS
A UMA CIDADE DA GALILÉIA CHAMADA NAZARÉ,
A UMA VIRGEM DESPOSADA COM UM HOMEM,
CHAMADO JOSE, DA CASA DE DAVI
E O NOME DA VIRGEM ERA MARIA. Lc 1, 26-27
ALEGRA-TE, CHEIA DE GRAÇA
O SENHOR ESTÁ CONTIGO! Lc 1, 28
ISABEL FICOU REPLETA DO ESPÍRITO SANTO E
COM UM GRANDE GRITO, EXCLAMOU:
BENDITA ÉS TU ENTRE AS MULHERES,
E BENDITO É O FRUTO DO TEU VENTRE. Lc 1, 42
5 – Atividades: - Confeccionar cartazes como os da motivação.
- Dramatizar as três cenas.
- Copiar no caderno de religião: Lc 1, 26-27,
Lc 1, 41-42; Mt 1, 20-21 e o canto.
6 – Atitude cristã de vida: Ser alegre. Não ter medo. Louvar e agradecer a Deus por Jesus
Cristo. Escutar Deus. Fazer uma visita a alguém que precisa de ajuda. Por ex: vovó – mamãe – um
idoso – um doente.
23ª aula - O IMPERADOR DE ROMA TAMBÉM ESTAVA NO PLANO DE
DEUS
1 – Objetivos: Saber que Deus se comunica também através dos acontecimentos políticos,
sociais etc.
- O Imperador Romano, sem saber, colaborou com o plano de Deus, porque Jesus
devia nascer em Belém, e se não fosse pelo recenseamento, Maria teria ficado em Nazaré.
- Saber que Maria e José obedeceram às ordens do Imperador, e por isso Jesus nasceu
fora de casa, em Belém.
- Formar atitudes de atenção aos fatos políticos, sociais etc., para perceber através
deles qual é a mensagem de Deus para os dias de hoje.
2 – Motivação e diálogo:
CABEÇA DE UM
IMPERADOR
No tempo em que Jesus nasceu, o Imperador Romano, que era
César Augusto, mandava no mundo inteiro.
40
UM CASAL DE
NORDESTINOS
COM UM JEGUE
(burrico)
Maria e José, saíram de sua casa em Nazaré e foram a Belém, por
causa do recenseamento. Foi uma longa viagem, mais de 150 kms.
O que é um Imperador? Hoje existem Imperadores? Quais são os homens mais poderosos que
existem hoje? O que é um recenseamento?
Maria e José obedeceram às ordens do Imperador e fizeram uma viagem longa: José ia a pé e
Maria sentada num jegue. O que é um jegue? Você já viu algum? Maria estava grávida. Eles devem
ter sofrido muito nessa viagem. As estradas eram de terra, cheias de subidas e descidas, cheias de
poeira. A água era pouca. Vocês conhecem hoje pessoas, casais pobres que vêm de longe? Que
chegam aqui em São Paulo e não têm onde ficar?
Maria e José chegaram a Belém, mortos de cansaço e não tinham onde ficar. Ninguém quis
recebê-los.
Por causa disso Jesus nasceu num estábulo de animais. José certamente limpou, ajeitou um
pouco. Você já viu um estábulo, uma estrebaria? O que é isso? É limpo ou é sujo? Provavelmente,
havia um monte de capim seco, para os bois e cavalos comerem. Eles descansaram e dormiram no
capim. Maria deve ter levado uma sacola com faixas e panos. Assim eles arrumaram uma
manjedoura para Jesus. O que é manjedoura ? Foi aí que Jesus nasceu. Ele que era o dono do mundo.
A gente sempre coloca alguns animais. Quais?
Se Maria e José não tivessem obedecido à ordem do recenseamento não teriam ido a Belém.
Deus queria que seu Filho Jesus nascesse em Belém. Isso Deus já o revelara ao profeta Miquéias
5,1, mais de 500 anos a.C:” E tu, Belém, terra de Judá, de modo algum és a menor, entre as cidades
da Judéia, pois de ti sairá um Chefe que será um guia que apascentará Israel, o meu povo”.
Lucas 2 – “Naqueles dias, apareceu um edito de César Augusto, ordenando o recenseamento de
todo o mundo habitado. Este recenseamento foi o primeiro, enquanto Quirino era governador da
Síria. E todos iam se alistar, cada um na própria cidade. Também José subiu da cidade de Nazaré, na
Galiléia, para a Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém, por ser da casa e da família de Davi, para
se inscrever com Maria sua mulher, que estava grávida. Enquanto lá estavam, completaram-se os
dias para o parto, e ela deu à luz seu filho primogênito, envolveu-o com faixas e reclinou-o numa
manjedoura, porque não havia um lugar para eles na hospedaria”.
3 – Oração e Canto:
“Jesus, Maria, José, eu sou apenas um menino,
mas, se eu estivesse em Belém,
eu daria o meu lugar para vocês”.
“Jesus, tu és o Emanuel, o Deus conosco.
Fica sempre perto de mim”.
Canto: NOITE FELIZ (ver as três últimas aulas da 1ª etapa)
41
4 – PALAVRA DE DEUS:
NÃO HAVIA LUGAR PARA ELES!
NÃO TENHAS MEDO, MARIA!
ENCONTRASTE GRAÇA JUNTO DE DEUS.
EIS QUE CONCEBERÁS E DARÁS À LUZ UM FILHO
E O CHAMARÁS COM O NOME DE JESUS!
ELE SERÁ GRANDE,
SERÁ CHAMADO FILHO DO ALTÍSSIMO!
Lc 1, 30-32
5 – Atividades: Modelagem com argila. Fazer as figuras de Maria, José e Jesus, o jegue, o boi
etc.
- Arrumar o presépio com palha, plantas etc.
- Dramatizar: José e Maria, batendo de porta em porta e pedindo pousada, até que alguém
oferece um lugar, mas no estábulo.
- Recortar e armar um presépio.
- Copiar Lc 1, 26-38 ou Mt 1, 18-25 no caderno de religião.
6- Atitudes cristãs: Obedecer às leis justas. Pagar as contas. Convide o seu colega mais pobre,
para almoçar com você. Peça antes à sua mãe.
24ª aula – JESUS E OS PASTORES – Deus se comunica aos pobres
1 – Objetivos: Saber que Deus não faz diferença entre as pessoas pobres ou ricas. Todas são
iguais.
- Saber que o nascimento de Jesus devia ser conhecido por toda a humanidade, ate os confins
de Terra.
- Atitude de alegria e gratidão pelo nascimento de Jesus.
2 – Motivação e diálogo:
Quando Jesus nasceu, Deus ficou tão contente, que quis
Campo – pastores – anunciar a todo mundo.
Rebanho – anjos –
Céu estrelado
Na mesma hora, ainda de noite, enviou Anjos, primeiro aos mais pobres
que eram os pastores.
Que são pastores? O que eles fazem? Eles dormiam no campo com seu rebanho.
Que é rebanho? Que são carneiros – ovelhas – cordeiros?
Lc 2, 8 – Na mesma região, havia uns pastores que estavam nos campos e que durante as
vigílias da noite, montavam guarda ao seu rebanho.
O anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor envolveu-os de luz, e ficaram tomados de
grande temor.
O Anjo, porém, disse-lhes: “Não tenhais medo! Eis que eu vos anuncio uma grande alegria,
que será para todo o povo.
42
Nasceu-vos hoje um Salvador, que é o Cristo-Senhor, na cidade de Davi. Isto vos servirá de
sinal, encontrareis um recém-nascido envolto em faixas e deitado numa manjedoura.
E de repente, juntou-se ao Anjo, uma multidão do exército celeste a louvar a Deus dizendo:
“GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS
E PAZ NA TERRA
AOS HOMENS QUE ELE AMA”
Quando os Anjos os deixaram, em direção ao céu, os pastores disseram entre si:
“Vamos já Belém, e vejamos o que aconteceu, o que o Senhor nos deu a conhecer!”
Foram então às pressas, e encontraram Maria, José e o recém-nascido deitado numa
manjedoura.
Vendo-o contaram o que lhes fora dito a respeito do menino, e todos os que ouviam ficavam
maravilhados com as palavras dos pastores.
Maria, contudo, conservava cuidadosamente todos esses acontecimentos e os meditava em seu
coração.
E os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham visto e ouvido,
conforme lhes fora dito”- Lc 2,8 ao 20.
Que é um Anjo? O Anjo tem corpo? Tem asas? O Anjo é um espírito de luz, criado por Deus. Não
tem corpo, nem asas. É um mensageiro de Deus. A Bíblia fala muito em Anjos que trazem
mensagens de Deus.
Os pastores eram as pessoas mais pobres e marginalizadas da cidade. Tomavam conta de
animais, entre os quais viviam. Eram desprezados pelos ricos. Eles foram os primeiros a receberem
a notícia do nascimento de Jesus. Para Deus não existem pobres e ricos.
2 – Oração e Canto:
“Pai do Céu, muito obrigado por nos teres enviado teu Filho
querido, Jesus Cristo, para ficar conosco todos os dias”.
Canto:
1- Alegres cantemos hinos triunfantes
Corramos contentes todos a Belém
Eis já nascido nosso Rei Eterno!
Ó vinde adoremos, ò vinde, adoremos
Jesus a nossa graça, o nosso bem!
2- Irmãos, acolhemos ao Deus pequenino,
Que nasce tão pobre e salvar-nos vem
Cantemos felizes a Jesus Menino.
3 – A PALAVRA DE DEUS:
GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS
E PAZ NA TERRA AOS HOMENS
QUE ELE AMA.
Lc 2,14
NÃO TENHAIS MEDO!
EIS QUE EU VOS ANUNCIO
UMA GRANDE ALEGRIA;
QUE SERÁ PARA TODO O POVO!
43
NASCEU-VOS HOJE UM SALVADOR
QUE É O CRISTO-SENHOR. Lc 2, 10-11
4 – Atividades: Dramatização desta cena: Anjos, pastores e Jesus, Maria e José.
- Desenhar um lindo quadro campestre à noite, com rebanhos, pastores e anjos.
- Recortar figuras de homens pobres que trabalham à noite, por ex., os lixeiros; hoje
eles seriam os primeiros a receberem o anúncio.
- Copiar Lc 2, no caderno de religião.
- Jogral: Anjos e pastores.
- Dança de pastores e pastorinhas.
- Pesquisa: em Mateus 2, 1-12 – O anúncio aos Reis Magos do Oriente.
FESTA: - PREPARAR UMA FESTA DE NATAL NA ESCOLA. CONFRATERNIZAÇÃO E
AMIZADE ENTRE TODAS AS CATEGORIAS DA COMUNIDADE ESCOLAR.
- Esta festa pode ser antecipada.
5 – Atitudes cristãs: Ser alegre, agradecido, louvar a Deus.
Não pense só em ganhar presentes, mas em confeccionar você mesmo os presentinhos que vai dar.
Sinta-se alegre, em paz, porque Deus te ama e ama também a todos os homens, a todo o povo.
Agradeça e louve a Deus que mandou seu Filho Jesus para ficar sempre junto com a gente.
Faça uma bela festa de Natal na escola e mande-nos o convite.