minhoca gigante

Сomentários

Transcrição

minhoca gigante
poliquetos
minhocas
Vermes cilíndricos com corpo
segmentado (dividido em anéis).
Metameria (segmentação) completa
(interna e externa).
Aquáticos e terrestres (locais úmidos
– solo e vegetação).
Simetria bilateral.
Triblásticos, protostômios,
celomados.
sanguessugas
Do latim
-annulus = anel
-eidos = forma
TEGUMENTO
Epiderme com cutícula permeável.
Glândulas mucosas (manutenção
da umidade).
Células fotorreceptoras e sensitivas.
Cerdas quitinosas (locomoção e
fixação) - critério de classificação.
SISTEMA DIGESTÓRIO
Tipo completo com digestão
extracelular.
Papo – armazenamento.
Moela – trituração dos
alimentos.
Intestino – com uma dobra
interna para aumentar a
superfície de absorção
(tiflossole).
* Restos de alimentos não
aproveitados juntamente
com a terra formam o húmus.
SISTEMA CIRCULATÓRIO
Tipo fechado (sangue circula
no interior de vasos).
2 vasos principais (dorsal e
ventral) ligados por 5 pares
de vasos laterais contráteis
(corações).
Hemoglobina dissolvida no
plasma.
SISTEMA RESPIRATÓRIO
Respiração cutânea (pele
vascularizada – difusão indireta).
*As trocas gasosas somente
são possíveis mantendo a pele
úmida.
SISTEMA EXCRETOR
Rede de vasos sanguíneos do
sistema circulatório com forma de
tubos de pequeníssimo calibre.
Formado por um par de
nefrídeos presentes em
cada segmento do corpo.
nefróstoma
Nefrídeos
nefroducto
nefridióporo
Produto de excreção – amônia.
Absorve
excretas
Elimina
excretas
SISTEMA NERVOSO
Tipo ganglionar
ventral
Gânglios cerebroides
1 par de gânglios por segmento
Monoicos e dioicos.
Desenvolvimento direto e
indireto (larva trocófora).
Fecundação externa.
* Em minhocas e
sanguessugas, a
fecundação ocorre
no interior de um casulo
formado pelo clitelo.
REPRODUÇÃO EM MINHOCAS
CLASSE POLYCHAETA
(muitas cerdas)
Marinhos.
Dioicos.
Tentáculos na cabeça.
Parapódios (expansões
laterais que contém as
brânquias).
Desenvolvimento indireto.
Sem clitelo.
Poliquetas (Polychaeta)
•do grego, o polys = muitas e chaeta = cerda.
•As cerdas atuam na locomoção e estão presas aos parapódios, pequenas
expansões laterais organizadas aos pares em cada metâmero;
•Todos marinhos;
•Apresentam dois hábitos de vida: errante (móvel) e séssil (fixado);
•Os poliquetas são dioicos, possuem fecundação externa e o desenvolvimento é
indireto.
poliquetos
CLASSE OLIGOCHAETA
(poucas cerdas)
Terrestres e dulcícolas.
Monoicos.
Desenvolvimento direto.
Com clitelo.
Ex: minhocas.
Oligoquetas (Oligochaeta)
•Do grego, oligo = poucas e chaeta = cerda.
•As cerdas atuam na locomoção;
•Vivem em ambientes de água doce e terrestres úmidos;
•As minhocas têm corpo revestido por muco, reduzindo o
atrito durante a locomoção;
•São animais escavadores que se alimentam de matéria
orgânica vegetal e animal (alguma vezes de fungos)
existentes na terra;
•Organismos muito utilizados em agricultura para adubação
do solo.
CICLO
REPRODUTIVO DA
MINHOCA
CÓPULA
Troca recíproca de
espermatozóides
Adesão pelas
papilas
copulatórias
CICLO
REPRODUTIVO DA
MINHOCA
INSEMINAÇÃO
CRUZADA
CÓPULA
Troca recíproca de
espermatozóides
Adesão pelas
papilas
copulatórias
Receptáculo seminal
inseminado
CICLO
REPRODUTIVO DA
MINHOCA
Receptáculo seminal
inseminado
Separação das
parceiras
INSEMINAÇÃO
CRUZADA
Casulo
mucoso
CÓPULA
Troca recíproca de
espermatozóides
Adesão pelas
papilas
copulatórias
Óvulos
Formação do casulo
mucoso e ovulação em seu
interior
CICLO
REPRODUTIVO DA
MINHOCA
Receptáculo seminal
inseminado
Separação das
parceiras
INSEMINAÇÃO
CRUZADA
Casulo
mucoso
Óvulos
Formação do casulo
mucoso e ovulação em seu
interior
Deslisamento do casulo e
liberação dos
espermatozóides
acumulados nas vesículas
CÓPULA
Espermatozóides
Troca recíproca de
espermatozóides
Adesão pelas
papilas
copulatórias
Óvulos
CICLO
REPRODUTIVO DA
MINHOCA
Receptáculo seminal
inseminado
Formação do casulo
mucoso e ovulação em seu
interior
Separação das
parceiras
INSEMINAÇÃO
CRUZADA
Casulo
mucoso
Óvulos
Deslisamento do casulo e
liberação dos
espermatozóides
acumulados nas vesículas
CÓPULA
Espermatozóides
Troca recíproca de
espermatozóides
Adesão pelas
papilas
copulatórias
Óvulos
FECUNDAÇÃO
EXTERNA
Libertação do casulo
com ovos
Casulo
Ovos
CICLO
REPRODUTIVO DA
MINHOCA
Receptáculo seminal
inseminado
Formação do casulo
mucoso e ovulação em seu
interior
Separação das
parceiras
INSEMINAÇÃO
CRUZADA
Casulo
mucoso
Óvulos
Deslisamento do casulo e
liberação dos
espermatozóides
acumulados nas vesículas
CÓPULA
Espermatozóides
Troca recíproca de
espermatozóides
Adesão pelas
papilas
copulatórias
Casulo
Óvulos
FECUNDAÇÃO
EXTERNA
Libertação do casulo
com ovos
Casulo
Minhocas jovens
DESEMVOLVIMENTO
EMBRIONÁRIO
Ovos
CICLO
REPRODUTIVO DA
MINHOCA
Receptáculo seminal
inseminado
Formação do casulo
mucoso e ovulação em seu
interior
Separação das
parceiras
INSEMINAÇÃO
CRUZADA
Casulo
mucoso
Óvulos
Deslisamento do casulo e
liberação dos
espermatozóides
acumulados nas vesículas
CÓPULA
Espermatozóides
Troca recíproca de
espermatozóides
Adesão pelas
papilas
copulatórias
Casulo
Óvulos
FECUNDAÇÃO
EXTERNA
Libertação do casulo
com ovos
Casulo
Minhocas jovens
DESEMVOLVIMENTO
EMBRIONÁRIO
Ovos
OBS: As minhocas são benéficas ao solo, pois facilitam a
aeração, infiltração de água e produzem o húmus.
MINHOCA GIGANTE
• Megascolides australis vive em Gippsland, uma área ao sul da Austrália.
• A também conhecida como minhoca-gigante-de-gippsland produz casulos de oito
centímetros que podem demorar até 14 meses pra eclodir.
• Os filhotes já nascem com cerca de 17 centímetros de comprimento e levam
cerca
CLASSE ACHAETA OU
HIRUDINEA (sem cerdas)
Terrestres e aquáticos
(principalmente).
Monoicos.
Desenvolvimento direto.
Com clitelo.
Presença de ventosas
(locomoção e fixação).
Ex: sanguessugas.
Hirudíneos (Hirudinea)
•São as populares sanguessugas;
•Não possuem cerdas nem parapódios;
•São dulcícolas ou terrestres (terra úmida);
•Maioria de hábito parasita , utilizando uma ventosa anterior
para se fixar ao corpo do hospedeiro, geralmente um
vertebrado;
•Secretam pela ventosa anterior a proteína Hirudina.
Sanguessugas – tratamentos alternativos

Documentos relacionados

Anelideos - WordPress.com

Anelideos - WordPress.com – Poliquetos: muitas cerdas; – Aquetos: sem cerdas. Oligoquetos: minhocas. ✔ Apresentam poucas cerdas por anel. ✔ Não há parapódios (pequenas projeções do corpo que auxiliam a locomoção) nem cabeça...

Leia mais

título: pergunta que motivou a pesquisa

título: pergunta que motivou a pesquisa -a diferença entre uma pesquisa escolar e uma pesquisa científica é que a primeira é a coleta de informações, enquanto a segunda exige reorganização de conteúdos, com as próprias palavras do pesqui...

Leia mais

- Blog Biologia | Prof. Fernando Belan

- Blog Biologia | Prof. Fernando Belan • Faringemusculosa(suga a terra) • Papo dilatado: armazena e amolece • Moela: tritura o alimento. • Intestino: digestão química • Tifossole:

Leia mais