Formulário para avaliação de periódicos para ingresso na SciELO

Сomentários

Transcrição

Formulário para avaliação de periódicos para ingresso na SciELO
Formulário para avaliação de periódicos para ingresso na SciELO
Título: Revista Peruana de Medicina Experimental y Salud Pública
Fascículos analisados: 2009 26(1); 2009 26(2); 2009 26(3)
Site: http://www.scielo.org.pe/scielo.php?script=sci_serial&pid=17264634&lng=es&nrm=iso
1. Corpo Editorial
Opine sobre a representatividade do Corpo Editorial da revista, considerando sua abrangência
geográfica e diversidade institucional, bem como observando a contribuição e competência de
seus membros.
O Corpo Editorial da revista é composto por um número apreciável de pesquisadores, com origem
diversa. Além dos nativos, há uma forte presença de editores sediados nos Estados Unidos da
América; encontram-se pesquisadores de países europeus e apenas dois da região da América
Latina. A diversidade de atuação deles é extensa cobrindo, supostamente, um amplo leque
disciplinar da área de Saúde Pública (digo supostamente, pois a ausência de informações nos
campos existentes é significativa). Assim, por exemplo, o pesquisador brasileiro constante da
lista, além da ausência de sua posição na FIOCRUZ, não tem disponível registro no CV Lattes para
sua identificação mais precisa. Como é de se esperar, o maior contingente é de pesquisadores
sediados no Peru. Pelas informações disponíveis é um grupo, da perspectiva quantitativa e
qualitativa, em condições de apoiar editorialmente os objetivos da revista.
2. Conteúdo
A partir da análise do conteúdo dos artigos dos 3 (três) últimos fascículos da revista, opine
sobre os aspectos relacionados abaixo.
a) Caráter científico da revista, considerando os artigos/ensaios originais de pesquisa ou reflexão,
e sua coerência com a orientação temática da revista.
As informações disponíveis mostram que a revista cobre como pretende, um conjunto extenso de
temas ligados, predominantemente, à área de Saúde Pública. São artigos assinados em múltipla
autoria, destacando-se a presença de alguns com investigadores de outros países como Espanha e
Estados Unidos. Registra-se artigos provenientes de países da Região, como México, Venezuela e
Brasil. Do ponto de vista da Saúde Pública os temas são abrangentes, incluindo estudos
epidemiológicos, de organização de serviços e políticas públicas de saúde o que indica a
preferência dos editores, a despeito do nome do periódico incluir “medicina experimental”.
b) Caráter científico da revista, considerando a propriedade e atualidade nos artigos de revisão e
debates, quando houver.
Nos fascículos disponíveis não se encontram textos de revisão (propriamente ditos) ou debates.
c) Qualidade com relação à metodologia e estrutura dos artigos/ensaios.
SciELO SAÚDE PÚBLICA
São Paulo, fevereiro - março de 2010
Formulário para avaliação de periódicos para ingresso na SciELO
Título: Revista Peruana de Medicina Experimental y Salud Pública
Fascículos analisados: 2009 26(1); 2009 26(2); 2009 26(3)
Site: http://www.scielo.org.pe/scielo.php?script=sci_serial&pid=17264634&lng=es&nrm=iso
Os fascículos disponíveis trazem como referidos acima, um amplo leque de temas coerente com
os objetivos da revista. Do ponto de vista metodológico, a totalidade dos artigos, em especial
aqueles que utilizam dados quantitativos, restringe-se a aspectos exclusivamente descritivos. Não
se utilizam de procedimentos analíticos necessários a melhor exploração dos dados. De outro
lado, para levantamento de dados os estudos fazem se valer de questionários elaborados
localmente, cuja validação é questionável, bem como em algumas situações ignoram a existência
de questionários já validados internacionalmente. Os ensaios são apresentados de modo claro,
entretanto tratando, em geral, os temas sem a profundidade requerida.
d) Qualidade dos elementos gráficos do periódico (imagens, tabelas, gráficos, impressão).
Os aspectos gráficos, em termos de sua qualidade, atendem aos requisitos de um periódico
científico.
3. Arbitragem por pares
Opine sobre o processo de arbitragem por pares utilizado pela revista, comparando-o aos
processos adotados por outras revistas nacionais e internacionais da área, quanto aos
aspectos indicados abaixo.
a) Apresentação dos procedimentos adotados pela revista para análise e aprovação dos artigos.
Os procedimentos para análise dos artigos seguem o fluxo de recomendações para tanto. O
processo coordenado por um editor envolve editores associados e consultores que avaliam os
trabalhos encaminhados, com julgamentos que incluem apreciações diretas e aquelas com
possibilidades de revisão, uma vez identificadas situações com necessidade de correções. O fluxo
de análise tem uma disposição esperada para um periódico científico, observando-se a importante
presença de revisores de corretores de estilo.
b) Informações do formulário utilizado pela revista para avaliação de artigos.
Não está disponível o formulário o que impede sua análise.
c) Abrangência geográfica, diversidade institucional, contribuição e competência do grupo de
revisores.
Assim como o corpo editorial, o grupo de revisores é amplo (a lista apresenta 119 nomes de
pesquisadores) e bastante diversificado, procurando atender aos extensos objetivos da revista.
Compreendem revisores de vários países de idioma espanhol, bem como português (Brasil) e
inglês (EEUU) o que indica a abrangência buscada pela revista. O grupo de revisores (para os
quais existe informação completa) é composto por profissionais qualificados e em condições de
contribuir para a qualidade dos trabalhos.
4. Comentários
SciELO SAÚDE PÚBLICA
São Paulo, fevereiro - março de 2010
Formulário para avaliação de periódicos para ingresso na SciELO
Título: Revista Peruana de Medicina Experimental y Salud Pública
Fascículos analisados: 2009 26(1); 2009 26(2); 2009 26(3)
Site: http://www.scielo.org.pe/scielo.php?script=sci_serial&pid=17264634&lng=es&nrm=iso
a) A área de orientação profissional tem suficiente densidade que justifique a entrada do periódico
na Coleção SciELO Brasil?
Em termos gerais a revista cobre um extenso e relevante temário da área de Saúde Pública.
Chama a atenção o caráter eminentemente descritivo dos artigos, o que implica uma densidade
relativa para compor uma coleção do SciELO Brasil. Com tal metodologia, os artigos aproximamse mais da situação de relatos de investigações, sem um necessário componente analítico
presente.
b) Atribua um conceito ao periódico, considerando a área em análise.
(
) prioritária
(
) importante
(X) importância relativa
(
) não relevante
5. Indique os melhoramentos necessários e comentários específicos a serem
comunicados ao editor:
Publicar artigos com componente analítico denso e ensaios com profundidade de análise mais
consistente.
( x ) Declaro não possuir nenhum vínculo ou interesse próprio na avaliação deste
periódico.
Nome do parecerista: Moisés Goldbaum
Instituição: ABRASCO/Faculdade de Medicina da USP
Cargo: Editor científico da Revista Brasileira de Epidemiologia/Professor-doutor
Data da avaliação: 16 março de 2010
Assinatura:
SciELO SAÚDE PÚBLICA
São Paulo, fevereiro - março de 2010

Documentos relacionados