Residência na Barra do Sahy - mdc . revista de arquitetura e

Сomentários

Transcrição

Residência na Barra do Sahy - mdc . revista de arquitetura e
42
corte transversal
mínimo denominador comum 2 desdobramentos recentes da arquitetura moderna
nitsche arquitetos associados s/c ltda.
Residência na Barra do Sahy
lua nitsche
pedro Nitsche
joão nitsche
planta
Nossa intenção foi criar uma casa funcional
por meio de processo construtivo racional, dando
prioridade à rapidez e ao baixo custo. Para isto
projetamos espaços de dimensões regulares resul­
tantes da estrutura modular. Foram dispostos line­
armente 3 módulos para os quartos e banheiros e
3 módulos para os ambientes de estar e serviços. A
comunicação se faz apenas pela varanda externa,
eliminando-se a circulação interna. Daí resulta
melhor aproveitamento da área construída e total
independência de cada ambiente.
Dois fatores se apresentavam: umidade
excessiva e temperaturas elevadas. Para evitar a
absorção da umidade do solo propusemos uma
plataforma de concreto suspensa do chão; para
combater o acúmulo de umidade do ar permitimos
a ventilação cruzada em todos os ambientes. Para
amenizar o calor, propusemos um grande plano de
cobertura “solto” do volume da casa, criando um
vão através do qual o ar circula constantemente;
os beirais largos protegem contra chuvas fortes e
contra a incidência direta do sol.
Optamos por materiais industrializados e que
pudessem ser montados na obra. Para a plata­
forma de piso foram utilizadas lajes pré-moldadas
de concreto; sobre este plano foram construídas
paredes em alvenaria de blocos de concreto e
montada a estrutura de madeira coberta por telhas
termo-acústicas de alumínio. Para o fechamento
optamos por painéis de alumínio e vidro.
A amplitude do espaço, reforçada pela continui­
dade do piso, e os painéis de vidro de correr nos
dois lados transmitem a sensação de leveza, onde
os limites entre o dentro e o fora se diluem. n
Local: Rua Gabriel Tavares, 172 Barra do Sahy
São Sebastião – SP
Área do terreno: 805,77m2 Área interna (útil): 126m2
Área de projeção da cobertura: 190m2
Área de laje (plataforma de piso): 336m2
Construção: de julho a dezembro de 2002.
Colaboradores: Marina Mermelstein
Fotos: Nelson Kon
Contato: [email protected]
desdobramentos recentes da arquitetura moderna 2 mínimo denominador comum
43