Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO a 1,5% Osteoartrite

Сomentários

Transcrição

Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO a 1,5% Osteoartrite
Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO a 1,5%
Eficácia e segurança comprovadas no tratamento da osteoartrite primária de
joelho, com menor ocorrência de efeitos adversos sistêmicos
Doutor
O objetivo deste informe cientifico é
demonstrar os benefícios do uso tópico da solução de
DICLOFENACO SÓDICO 1,5% no tratamento da osteoartrite
de joelho. Esse tratamento reduz os sintomas da doença
apresentando também bom perfil de segurança.
Os antiinflamatórios não-esteroidais via oral são comumente utilizados no
alívio dos sintomas da osteoartrite. No entanto, essas drogas podem
causar diversos danos ao organismo e efeitos adversos sistêmicos,
principalmente em nível gastrintestinal. Antiinflamatórios não-esteroidais
de uso tópico podem aliviar os sintomas dessa doença, promovendo
poucos efeitos adversos sistêmicos (1).
Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO a 1,5%:
Opção eficaz, segura e bem tolerada no alívio dos
sintomas da osteartrite primária (2).
Osteoartrite(3,4)
A osteoartrite (OA) é uma doença crônica e
multifatorial, que leva à incapacidade funcional
progressiva. O tratamento deve ser também
multidisciplinar e buscar a melhora funcional,
mecânica e clínica.
Segundo dados, 80% da população acima dos 75 anos
está sofrendo de osteoartrite. Pode surgir sem uma
causa aparente, sendo então considerada primária ou
idiopática ou ter um fator que favoreça seu
aparecimento que, nesse caso, é a chamada osteoartrite secundária.
A osteoartrite corresponde a um conjunto de problemas que resulta nas alterações das
articulações, principalmente nos joelhos, quadris, mãos e coluna vertebral.
Além de provocar dores, sensações de rigidez e edema (inchaço), a osteoartrite pode
ocasionar limitações funcionais, tais como:
9 Perda de movimentos;
9 Deformidades;
9 Incapacidade total do membro, de acordo com a articulação atingida.
Eficácia e segurança da solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO
no tratamento da osteoartrite primária de joelho (1).
Estudo randomizado, duplo-cego e veículo-controlado avaliou o uso de uma
solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO no tratamento de pacientes com
osteoartrite de joelho.
326 pacientes com osteoartrite de joelho foram
randomizados para receber por 12 semanas:
Grupo estudo: 164
pacientes
40 gotas de solução tópica
de DICLOFENACO
SÓDICO 4 vezes ao dia
Foram
-
-
Grupo controle:
162 pacientes
Veículo-controle
4 vezes ao dia
avaliados os seguintes parâmetros:
Avaliação global dos pacientes;
Função física e dor;
Rigidez e dor na caminhada;
Avaliações segundo o WOMAC (Índice de Osteoartrite das Universidades Western Ontario
e McMaster);
Segurança através da avaliação dos efeitos adversos, sinais vitais e presença de irritação
no local de aplicação.
Resultados:
- Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO foi significativamente mais
eficaz que o veículo controle em todos os parâmetros avaliados;
- Irritação cutânea no local de aplicação ocorreu em 41,4% dos pacientes
que receberam solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO e incluiu:
ressecamento (36,6%), rash (11%), parestesia, prurido e rash vesículobolhoso (0,6%);
- Em relação às queixas gastrintestinais, não houve diferenças entre o
grupo estudo e o grupo controle.
Conclusão
Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO é eficaz no tratamento dos
sintomas da osteoartrite primária de joelho, com a ocorrência de irritação local
mínima e ocorrência de efeitos adversos sistêmicos não-significativos.
Arch Intern Med. 2004 Oct 11;164(18):2017-23. Comment in: Arch Intern Med. 2005 Mar
14;165(5):588-9; author reply 589.
Solução de DICLOFENACO no alívio dos sintomas da osteoartrite
primária de joelho: eficácia e segurança comprovadas (2).
248 pacientes com osteoartrite primária
de joelho foram randomizados para
receber por 4 semanas:
Solução aquosa tópica
de DICLOFENACO
SÓDICO (1,5% de
diclofenaco em um
veículo contendo
DMSO 45,5%)
-
Solução tópica controle
contendo DMSO, sem
diclofenaco
Solução placebo
contendo uma
quantidade simbólica
de DMSO, sem
diclofenaco
Foram avaliados os seguintes parâmetros:
Alívio da dor segundo o WOMAC (Índice de Osteoartrite das Universidades Western
Ontario e McMaster), definido como variável primária;
Melhora da função física, redução da rigidez (segundo o WOMAC), redução da dor na
caminhada e melhora global do paciente, definidas como variáveis secundárias;
Segurança.
Resultados:
- Redução significativamente maior no score da dor nos pacientes que
aplicaram solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO, quando
comparada com os pacientes que aplicaram a solução controle e a
solução placebo;
-
Melhora na função física, redução da dor na caminhada e na rigidez e
melhora
global
dos
pacientes
foram
obtidas
de
forma
significativamente superior com o grupo que aplicou solução
tópica de DICLOFENACO SÓDICO, quando comparado com os outros
grupos;
-
Efeitos adversos gastrintestinais foram similares entre os 3 grupos, não
sendo relatados efeitos gastrintestinais e renais sérios;
-
A solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO promoveu irritação
cutânea em poucos pacientes, cerca de 36%, no entanto somente 6%
dos pacientes descontinuaram o tratamento.
Conclusão: solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO é eficaz e
apresenta um bom perfil de segurança no tratamento dos sintomas da
osteoartrite primária de joelho.
CMAJ. 2004 Aug 17;171(4):333-8.
DICLOFENACO SÓDICO (1,2,5)
É um antiinflamatório e anti-reumático
antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs).
pertencente
à
classe
dos
Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO contém DMSO:
DMSO
(7-11)
Atua como um “Chemical penetration enhancer”,
aumentando o efeito do ativo.
9 É um solvente orgânico utilizado como veículo em diversas formulações
dermatológicas;
9 Consegue transpor a pele íntegra, difundindo-se em todos os tecidos e
fluidos orgânicos;
9 Dissocia o colágeno e apresenta ação antiinflamatória e analgésica.
Mecanismo de Ação
DICLOFENACO SÓDICO
Inibidor da COX-1 e 2
(5)
.
+
Redução da
dor e
inflamação.
DMSO
“Chemical penetration enhancer”
com propriedade analgésica e
antiinflamatória (7-11).
Indicação
-
Tratamento sintomático da osteoartrite de joelho
(1,2,5,6)
.
Posologia
Solução tópica contendo DMSO a 45,5%
SÓDICO (2) 4 vezes ao dia (1).
Contra-indicações
9
(5,6)
Hipersensibilidade ao DICLOFENACO SÓDICO.
(2)
com 1,5% de DICLOFENACO
FORMULÁRIO
1. Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO
- Antiinflamatório. Inibe a COX-1 e a COX-2.
Diclofenaco sódico _______1,5%(2)
Solução de DMSO a 45,5% qsp - Veículo com DMSO, um “Chemical
________________________ 60 ml penetration enhancer” com propriedade
antiinflamatória e analgésica.
Aplicar na região afetada 4 vezes ao dia ou conforme orientação médica
(1)
.
TERAPIA ORAL DA OSTEOARTRITE
1. Terapia sintomática
O principal sintoma da OA é a dor, que poderá ser controlada com
analgésicos e/ou antiinflamatórios não-hormonais. Em razão da menor
toxicidade, deve-se dar preferência ao uso de analgésicos como: (12)
Droga
Mecanismo de ação
Dose
Acetaminofeno
Inibidor fraco das prostaglandinas
nos tecidos periféricos (13).
1,5 g ao dia, em
tomadas divididas
(12)
.
Os AINEs devem ficar restritos aos casos com processo inflamatório
mais evidente, preferindo-se os inibidores seletivos da Cox-2 (12) .
Droga
Mecanismo de
ação
Dose
Nimesulida
Inibidor reversível
seletivo da COX-2
Inibição reversível
da COX-1 e 2. *
50 a 100 mg 2 vezes ao dia após as
refeições (5).
7,5 a 15 mg ao dia.
Meloxicam
* Meloxicam – 10 vezes mais seletivo para a inibição da COX-2.
Outros AINES utilizados (5,13)
Droga
Diclofenaco
Mecanismo de ação
Inibição reversível da COX-1 e 2.
Ibuprofeno
Inibição reversível da COX-1 e 2.
Naproxeno
Inibição reversível da COX-1 e 2.
Piroxicam
Inibição reversível da COX-1 e 2.
Dose
50 mg
4 vezes ao dia.
600 mg
4 vezes ao dia.
375 mg
3 vezes ao dia.
20 mg ao dia.
2. Cápsulas de Cloroquina (5)
Cloroquina ______________1 mg/kg
- Anti-reumático.
Mande 60 cápsulas.
Tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia.
3. Cápsulas de Diacereína (14)
Diacereína _______________50 mg
- Inibidora da IL-1. Estimula
proliferação dos condrócitos.
Mande 60 cápsulas.
Tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia.
a
OUTRAS TERAPIAS TÓPICAS DA OSTEOARTRITE
1. Gel de Nimesulida - Potencializado
Nimesulida _______________1%
- Antiinflamatório e analgésico. Inibe
seletivamente a COX-2 e apresenta
ação antinociceptiva.
Gel de DMSO 50% qsp ______ 30 g - Veículo de alta penetração.
Aplicar na região afetada 3 vezes ao dia.
2. Gel de Meloxicam - Potencializado
Meloxicam _________________1%
- Antiinflamatório e analgésico.
Apresenta 10 vezes mais afinidade
pela COX-2.
Gel de DMSO 50% qsp ______ 30 g - Veículo de alta penetração.
Aplicar na região afetada 2 a 3 vezes ao dia.
3. Gel de Piroxicam - Potencializado
Piroxicam ________________0,5%
- Antiinflamatório e analgésico. Inibe
a COX-1 e 2.
Gel de DMSO 50% qsp ______ 30 g - Veículo de alta penetração.
Aplicar na região afetada 2 a 3 vezes ao dia.
Referências Bibliográficas
1. Roth SH, Shainhouse JZ. Efficacy and safety of a topical diclofenac solution (pennsaid)
in the treatment of primary osteoarthritis of the knee: a randomized, double-blind,
vehicle-controlled clinical trial.
Arizona Research & Education, Phoenix, USA.
Arch Intern Med. 2004 Oct 11;164(18):2017-23.
Comment in:
Arch Intern Med. 2005 Mar 14;165(5):588-9; author reply 589.
2. Bookman AA, Williams KS, Shainhouse JZ. Effect of a topical diclofenac solution for
relieving symptoms of primary osteoarthritis of the knee: a randomized controlled
trial.
Dimethaid Health Care Ltd., 1405 Denison Street, Markham, Ontario L3R 5V2, Canada.
CMAJ. 2004 Aug 17;171(4):333-8.
3. http://www.reumatologia.com.br/images/osteoartrite%20.pdf
4. http://www.reumatologia.com.br/doe13.htm
5. . Koralkovas A. Dicionário Terapêutico Guanabara, 2003/2004. Editora Gianabara Koogan.
6. http://www.pdamed.com.br/genericos/pdamed_0001_0113.php
7. RAPOSIO, E.; SANTI, P. L. Topical application of DMSO as an adjunct to tissue
expansion for breast reconstruction. Br J Plast Surg. Apr;52(3):194-7, 1999.
8. REPKA, M. A.; O'HAVER, J.; SEE, C. H.; GUTTA, K.; MUNJAL, M. Nail morphology studies
as assessments for onychomycosis treatment modalities. Int J Pharm. Oct 1;245(12):25-36, 2002.
9. SAMPAIO, S.A. , RIVITTI, E.A. , Dermatologia, Editora Artes Médicas Ltda. 1998.
10. SANTOS, N. C.; FIGUEIRA-COELHO, J.; MARTINS-SILVA, J.; SALDANHA, C.
Multidisciplinary utilization of dimethyl sulfoxide: pharmacological, cellular, and
molecular aspects. Biochem Pharmacol. Apr 1;65(7):1035-41, 2003.
11. STANLEY, W.; HERSCHLER, J.; HERSCHLER, R. Pharmacology of DMSO. Disponível em:
http://www.dmso.org/articles/information/herschler.htm. Acesso em: 15 abril 2004.
12. Prado, F. C.; Ramos, J. A.; Valle, J. R. Atualização Terapêutica – 2001. 20ª. Ed. Artes
Medicas: São Paulo, 2001.
13. Katzung, B.G., Farmacologia Básica e Clínica. 8o Ed. Rio De Janeiro: Editora Guanabara
Koogan, 2003.
14. Pelletier JP, Yaron M, Haraoui B, Cohen P, Nahir MA, Choquette D, Wigler I, Rosner IA,
Beaulieu AD. Efficacy and safety of diacerein in osteoarthritis of the knee: a doubleblind, placebo-controlled trial. The Diacerein Study Group. Centre hospitalier de l'Universite
de Montreal, Hopital Notre-Dame, Quebec, Canada. Arthritis Rheum. 2000 Oct;43(10):2339-48.
Elaborado por www.consulfarma.com
Direitos Autorais Protegidos pela Lei 9610 de 19 de Fev. de 1998.
Estas informações devem ser analisadas pelo profissional prescritor antes de adotados na clínica, e são de
distribuição e uso exclusivo de médicos, farmacêuticos, dentistas e veterinários devidamente inscritos em seus
C.R.s.

Documentos relacionados

Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO a 1,5% Osteoartrite

Solução tópica de DICLOFENACO SÓDICO a 1,5% Osteoartrite 11. STANLEY, W.; HERSCHLER, J.; HERSCHLER, R. Pharmacology of DMSO. Disponível em: http://www.dmso.org/articles/information/herschler.htm. Acesso em: 15 abril 2004. 12. Prado, F. C.; Ramos, J. A.; ...

Leia mais