No último dia 27 de junho, o chefe de MARMINAS, Coronel CLE

Сomentários

Transcrição

No último dia 27 de junho, o chefe de MARMINAS, Coronel CLE
M I S S Ã O
D E A S S I S T Ê N C I A À R E M O Ç Ã O
D E M I N A S N A A M É R I C A D O S U L
AD AUGUSTA PER ANGUSTA
JUNHO.2012
(With satisfaction we eliminate the suffering
MONTHLY REPORT YEAR 5
Nº 06- 2012
[email protected]
DIA DA ARMA DE ENGENHARIA DO EXÉRCITO EQUATORIANO
Nesta Edição:
Dia da Arma de Engenharia do Exército
do Equador.
Inspeções relativas
à Área de Saúde
nas Operações de
DH.
Operações de Desminagem no Equador.
Pg
1
2
3
e
4
No último dia 27 de junho, o chefe de MARMINAS, Coronel CLEVIS PEDRO CRUZ MELO (Brasil), esteve presente no Batalhão Nr 69
“Chimborazo” do Forte Militar Marco Aurélio Subía, na Província de
“Pichincha”, Equador, onde foi realizada a cerimônia militar para comemorar os 110 anos da Arma de
Engenharia do Exército do Equador. A formatura foi presidida pelo
Ministro da Defesa Nacional do
Equador, Miguel Carvajal Aguirre,
também presenciaram o ato, o Alto
AUTORIDADES PRESENTES À
Comando Militar do Equador, autoCERIMÔNIA
ridades civis, convidados especiais,
e servidores públicos do Corpo de
ENTREGA DE MEDALHAS DA JID
Engenheiros do Exército do Equador (CEE).
O CEE é uma unidade do
Exército, criada em 1902, que completa 110 anos de trabalhos em prol
do desenvolvimento da infraestrutura e integração do País. O
Comandante da Força Terrestre,
em seu pronunciamento, ressaltou
os trabalhos dos engenheiros militares para o desenvolvimento do
Equador, enfatizando o trabalho de
Desminagem Humanitária (DH).
Na ocasião, o Cel Cruz, realizou a entrega de medalhas da
Junta Interamericana de Defesa
(JID) às seguintes personalidades:
Ministra Loty Andrade, funcionária
ENTREGA DE MEDALHAS DA JID
do Centro de Desminagem do
Equador (CENDESMI); Major Juan
Carlos de Almeida Cardenas, Oficial de Operações do Comando Geral
de Desminagem e EOD; Sargento Carlos Efren Chiriapa Miquia, Supervisor Nacional de DH do Comando Regional de Desminagem Amazonas
(CRDA); e Cabo Primeiro Isidro Monserrate Bajaña Segundo, Desminador do CRDA.
Os homenageados fizeram por merecer a referida comenda por
terem trabalhado para a reinserção de terras em áreas minadas desse
País, permitindo a produção, livre trânsito e, sobretudo, uma maior segurança à população local.
MARMINAS
Página 2
INSPEÇÕES RELATIVAS À ÁREA DE SAÚDE NAS OPERAÇÕES
DE DESMINAGEM HUMANITÁRIA
Major Ubiratan - MIM
inspecionando a mochila de trauma.
O MIM verificando os
procedimentos dos paramédicos durante a
simulação de acidente
com minas.
Verificação do material
do CGDEOD.
Durante o mês de junho, o Chefe de MARMINAS e o Monitor Interamericano Médico (MIM), Major UBIRATAN DE OLIVEIRA MAGALHÃES
(Brasil), realizaram diversas visitas com a finalidade de observar, inspecionar e avaliar os locais de trabalho, equipamentos, processos e procedimentos relacionados à área de saúde
executados nas operações de Desminagem Humanitária (DH).
As visitas se iniciaram pela empresa
Air Med, prestadora de serviços, responsável pelo translado aéreo de possíveis vítimas dos trabalhos de DH realizado por Peru e Equador, do aeroporto mais próximo dos locais de operações até a Cidade de Quito por meio
VISITA À EMPRESA AIRMED
de suas ambulâncias aéreas. No dia 12
de junho, o chefe de MARMINAS junto ao Coordenador de AICMA –
Equador e Peru e o MIM, realizaram visita a essa instituição, com a finalidade de verificar as condições de resposta ante uma eventual evacuação aeromédica.
No dia 14 de junho, o Cel Cruz e o Maj Ubiratan foram ao Comando Geral de Desminagem e EOD
(CGDEOD), ocasião em que foram
apresentadas ao MIM as atividades
operacionais e administrativas na execução da DH no Equador, bem como
foram realizadas visitas às instalações
daquela Organização Militar.
Entre os dias 17 a 22 de junho, o
Cel Cruz, o Major Ubiratan e o Cap
VISITA AO CGDEOD
JORGE ANDRÉS SOTO ARIAS
(Chile), estiveram nos objetivos da área de operações do Equador e realizaram o monitoramento dos diversos setores, verificando os equipamentos utilizados, os sítios de trabalho e um exercício de simulação de
acidente com minas com evacuação aeromédica (EVAM).
O exercício de de simulação de acidente com minas foi realizado no
dia 21 de junho, no Setor de Remolinos, tendo como objetivos: avaliar o
treinamento do pessoal envolvido nas operações, verificar os procedimentos do paramédico e checar os tempos de execução previstos para
o atendimento em EVAM. Após o exercício o Cel Cruz, o Major Ubiratan
e o Cap Soto realizaram a análise pós-ação (APA), destacando os aspectos positivos e aspectos a serem melhorados.
Finalizando as inspeções, no
dia 22 de junho, o Chefe de MARMINAS e o MIM realizaram visita ao Hospital Regional de Macas, cidade mais
próxima da área de trabalho de DH, a
qual possui um hospital de 2º nível a
ser considerado em uma EVAM. Na
referida visita foram verificadas as
EXERCÍCIO DE SIMULAÇÃO
condições sanitárias e as possibilidaEVACUAÇÃO AEROMÉDICA
des de apoio médico daquela unidade
hospitalar.
MARMINAS
Página 3
OPERAÇÕES DE DESMINAGEM HUMANITÁRIA NO EQUADOR
CAP BRENO, MI, realizando a verificação dos
pontos de giro do Objetivo CG-67.
PONTO DE REFERÊNCIA DOS
OBJETIVOS CG - 62 E CG - 67
Marcação
permanente
do Objetivo CG-67 (Cota
Fixa).
MIs verificando os procedimentos de abertura de
caminho de aproximação
ao Objetivo CG-51.
Nesta jornada, ainda tivemos
vários períodos com más condições meteorológicas, muito comum em área de Floresta Amazônica, que prejudicaram as
operações de DH. O desempenho global nos trabalhos alcançou uma média de 7,75 m³ / h.
Dentre outras atividades, os
monitores interamericanos (MI)
verificaram os trabalhos de ma-
nutenção de heliportos, estudo
de finalização e marcação permanente dos objetivos CG-62 e
CG-67, localizados no setor Soldado Monge (Shaime). Estes
objetivos tiveram início no mês
de setembro de 2011, com uma
área total estimada a ser varrida
de 350m2 e 450m2, respectivamente, tendo sido varrido efetivamente um total de 687m2, nos
RESIDUOS METÁLICOS ENCONTRADOS NO OBJETIVO CG - 51
VERIFICAÇÃO DAS MARCAÇÕES PERMANENTES NO OBJETIVO CG - 67
quais foram encontrados 06
(seis) cartuchos. As marcações
finais realizadas foram as seguintes: Ponto de Referência,
Cota Fixa, pontos de início, pontos de giro e pontos intermediários. Essas marcações são pontos de controle utilizados para
identificar uma área já trabalhada, facilitando a sua localização,
caso seja necessário, no futuro.
Ainda no Setor Shaime,
no Objetivo CG-51, foi realizado
a construção do heliporto, a
abertura do caminho de aproximação e foram realizados trabalhos de Estudo Técnico, varrendo-se uma área de 570 m2, na
qual se encontraram 06 (seis)
resíduos metálicos de guerra.
MI VERIFICANDO DADOS CONSTANTES DA MARCAÇÃO PERMANENTE
MARMINAS
Página 4
OPERAÇÕES DE DESMINADO HUMANITARIO NO EQUADOR
CONTROLE DE QUALIDADE INTERNA
NO OBJ CG-38-2
MIs verificando os trabalhos de Controle de
Qualidade Interna no
Objetivo CG-38-2.
MIM Major Ubiratan
verificando os procedimentos dos paramédicos no Obj CG-38-3
No Setor Remolinos, no dia 21
de junho, foi realizado um Exercício de Simulação de Acidente com
Minas com Evacuação Aeromédica
(EVAM). O evento foi acompanhado pelo chefe de MARMINAS, Cel
CRUZ, pelo monitor interamericano médico (MIM), Maj UBIRATAN,
e pelo Monitor Interamericano (MI),
Cap SOTO.
No mês de junho, foram terminados os trabalhos de Controle de
Qualidade Interno no Obj CG-38-2,
este processo visa à inspeção de uma
área já varrida, dando ao Centro Nacional de Desminagem do Equador
(CENDESMI), a confiança de que foram cumpridos todos os requisitos de
limpeza da área, conforme o Manual
de Procedimentos de Desminagem INSPEÇÃO DO DETECTOR DE MINAS
Humanitária do Equador.
No Objetivo CG-38-3 continuam os trabalhos de Estudo Técnico e
limpeza, tendo sido encontrada 01
(uma) mina TAB - 01, de fabricação
brasileira. Para a próxima jornada a
intenção é terminar os trabalhos de
controle de qualidade no Obj CG-382 e os trabalhos de Estudo Técnico e
MINA TAB - 01 ENCONTRADA NO
OBJ CG 38-3
limpeza no Obj CG-38-3.
AD AUGUSTA PER ANGUSTA
(Com Satisfação Eliminamos o Sofrimento)
Correio eletrônico:
[email protected]
[email protected]
Telefones: (593 2) 222 9694 - Fax: 2238 606
Direcão e Revisão
Cel Eng EB Clevis Pedro Cruz Melo
Textos
Cap Eng EB Breno Albuquerque Souza
Edicão e tradução
Cap Eng EB Breno Albuquerque Souza
Cap Ex Chile Miguel Ángel López Arias
CT (FN) MB Wagner Ferreira Omari
Fotos
Arquivo de MARMINAS
MARMINAS

Documentos relacionados

info 12 dezembro 2012

info 12 dezembro 2012 Tendo como objetivo preparar os militares da área de saúde que realizam Operações Desminagem Humanitária nas Frentes de trabalho equatorianas, foi realizada a capacitação específica para o atendime...

Leia mais

leiam o último informativo marminas

leiam o último informativo marminas Nas frentes de trabalho do Setor Cenepa, os procedimentos adotados, esses regidos pelas Normas internacionais e nacionais que tratam sobre Desminado Humanitário, estão todo o tempo sendo conferidos...

Leia mais