comunicado de imprensa

Сomentários

Transcrição

comunicado de imprensa
COMUNICADO
DE IMPRENSA
23/06/2016
TWINGO GT
O PRAZER DE CONDUÇÃO CONDIMENTADO
PELA RENAULT SPORT
Com a arquitetura «tudo atrás», o TWINGO GT está totalmente vocacionado para o prazer
de condução.
Preciso, confortável e divertido, o TWINGO GT proporciona sensações, com um custo
acessível, na tradição dos GT concebidos pela Renault Sport.
O TWINGO GT é animado por um motor TCe turbo, que desenvolve 110 cv e 170 Nm de
binário.
Para explorar plenamente e, com toda a segurança, este aumento de potência, o chassis evolui
com novas suspensões e um trabalho específico ao nível das afinações do controlo eletrónico
de estabilidade (ESP) e da direção de desmultiplicação variável.
Inspirado no concept-car Twin’Run, o design do TWINGO GT distingue -se pelas jantes de 17’’,
a entrada de ar lateral e a dupla ponteira de escape.
O TWINGO GT será apresentado no Festival de Goodwood (Inglaterra) , que decorre entre 23
e 26 de junho.
1
Um GT… e até mesmo um pouco mais
Há aproximadamente vinte anos que a Renault Sport tem um know-how único em matéria de
automóveis. As diferentes versões R.S. e GT do Twingo, Clio e Mégane tiveram um ponto em
comum: a tração dianteira. Na terceira geração do Twingo, os engenheiros aventuraram-se
num exercício diferente!
“Para a Renault Sport, trabalhar num automóvel com tração traseira constituía um
desafio, devido à enorme diferença de comportamento dinâmico relativamente aos carros
de tração dianteira em que trabalhamo s habitualmente. Era preciso que nos
concentrássemos especialmente nesta questão e creio que o desafio foi vencido com
sucesso! O TWINGO GT é um automóvel equilibrado, com uma condução divertida e
desempenhos que se aproximam muito dos de um Twingo R.S. da anterior geração.”
Patrice Ratti – Diretor Geral da Renault Sport Cars
Uma lufada de ar fresco para o motor
Partilhando a mesma arquitetura com alguns dos desportivos mais marcantes da história da
Renault Sport, como o R5 Turbo ou o Clio V6, o Twingo é um citadino que joga o trunfo da
agilidade e da habitabilidade. Instalado entre as rodas traseiras e com uma inclinação de 49
graus para se tornar ainda mais compacto, o motor de três cilindros ocupa todo o espaço
disponível.
Para o TWINGO GT, os engenheiros
da Renault Sport trabalharam na
otimização do bloco TCe de 898 cm 3 .
Um elemento distintivo do TWINGO GT
é a entrada de ar situada sobre o
guarda-lamas traseiro esquerdo e que
substituiu a entrada de ar que,
originalmente, se encontrava na cavade-roda.
Esta
modificação
foi
fundamental
para
melhorar
os
desempenhos do motor, com uma
diminuição de cerca de 12% da
temperatura do ar admitido no
turbocompressor.
Para tirar o máximo partido das vantagens desta “lufada de ar fresco”, o regime de rotação do
turbocompressor foi aumentado e a bomba de gasolina é específica para aumentar o caudal
de combustível na mesma proporção, o mesmo acontecendo com a bomba de água para
otimizar o arrefecimento do motor.
Também o escape beneficiou de um trabalho específico, com uma nova calibração do caudal
de débito de ar e da contrapressão, bem como a montagem de uma panela de escape com
dupla ponteira.
Depois de adaptada a cartografia, a potência fixou -se nos 110 cv, enquanto o binário ating e
os 170 Nm.
O seu carácter enérgico e desportivo é completado com novas relações para a caixa manual
de 5 velocidades.
2
Um chassis simultaneamente preciso e
confortável
Tal como o motor, o chassis conserva muito da estrutura inicial , mas com afinações específicas
desenvolvidas pelas equipas da Renault Sport.
Os novos amortecedores estão associados às molas de origem, mas com uma taragem
aumentada. A barra estabilizadora dianteira também foi substituída por um modelo com um
diâmetro maior. Em relação às restantes versões, a distância ao solo é inferior em 20 mm e a
montagem de jantes Twin’Run de 17’’, calçadas com pneus Yokohama BluEarth, completam a
ligação ao solo do TWINGO GT.
As modificações também incidiram na eletrónica, com uma nova calibragem do ESP. « Sem
nunca colocar em causa a segurança, privilegiámos a tração em condução dinâmica, tendo em
conta as novas características do chassis e dos pneus », explica Matthieu Métivier, o
engenheiro responsável pelo TWINGO GT. « Concretamente, ao esmagar o acelerador à saída
de uma curva apertada, o condutor sente um ligeiro escorregar, antes de o ESP corrigir a
trajetória, mas sem perder velocidade. Desta forma, beneficia -se do comportamento típico de
um tração traseira»
Prazer garantido
O TWINGO GT apresenta uma excelente relação pe so/potência de 8,5 kg/cv, em comparação
com os 9,8 kg/cv do Twingo II GT. Este ganho traduz -se em desempenhos absolutamente
extraordinários, muito semelhantes aos do Twingo II R.S.!
Precisando de menos de dez segundos para ir dos 0 aos 100 km/h, o TWINGO G T estabelece
uma nova referência entre os pequenos citadinos desportivos. As rec uperações são também
as melhores da categoria, com os 80 a 120 km/h a serem atingidos em menos de nove
segundos. Com acelerações enérgicas em todas as relações, o motor revela -se eficiente em
qualquer situação.
O TWINGO GT carateriza-se por uma condução precisa, que transmite um elevado grau de
confiança. Semelhante à do Twingo II R.S., a estabilidade do TWINGO GT permite velocidades
mais elevadas em curva, com uma incrível sensação de facilidade.
3
Um design inspirado no concept-car Twin’Run
Antes mesmo de despertar o sentimento de diversão ao volante, o TWINGO GT desperta
emoção logo ao primeiro olhar. Graças às jantes de 17’’ e à reduzida distância ao so lo, as
cavas das rodas bem preenchidas criam uma harmonia visual com a energia de uma
personalidade desportiva.
O desenho das jantes em liga leve é semelhante ao do Twin’Run, o concept-car que antecipava
as linhas de estilo do TWINGO.
Outros elementos distintivos são a entrada de ar lateral, o difusor do pára -choques traseiro,
redesenhado para integrar a dupla ponteira de escape, e as inscrições R enault Sport aplicadas
nas laterais e na traseira.
Partindo do capô e prolongando-se pelo tejadilho, o stripping NACA é um outro piscar de olho
ao Twin’Run. Esta decoração é preta na pintura Laranja e cor de laranja nas restantes cores
propostas para a carroçaria.
O habitáculo recebeu um tratamento coerente com o exterior. Apontamentos cor de laranja
animam os estofos em couro/tecido, o centro do volante, os arejadores e a base da alavanca
de velocidades. Com soleiras de porta com a assinatura Renault Sport, pedais de alumínio e
punho da alavanca de velocidades em zamac, o TWINGO GT não pára de seduzir, despertando
o desejo de se fazer à estrada!
Contacto Assessora de Imprensa: Ana Gil: +351 21 836 10 12
Sites Internet: www.renault.pt - www.media.renault.com
4
Ficha técnica
MOTOR
Motor
Número de cilindros e válvulas
Cilindrada (cm3)
Potência máx. kW CEE (cv)
Regime de potência máx. (rpm)
Binário máx. Nm CEE (m.kg)
Regime de binário máx. (rpm)
TCe 110 Stop & Start
3 / 12
898
80 (109)
5750 rpm
170 (17,3)
2000 rpm
CAIXA DE VELOCIDADES
Tipo
Número de velocidades para a frente
Manual
5
DIREÇÃO
Tipo
Diâmetro de viragem entre passeios
(m)
Assistida elétrica assistida com desmultiplicação variável
4,30
RODAS E PNEUS
Jantes (‘’)
Pneus
Twin’Run 17’’ em liga leve
Yokohama BluEarth 185/45 R17 78H (à frente) e
205/40 R17 80H (atrás)
EXTERIOR
Carroçaria
Pack GT com saias laterais e dianteira, extensões de
guarda-lamas e difusor traseiro
Escape
Dupla saída com ponteiras cromadas
Decorações
Stripping NACA no capô e no tejadilho
Pack Sport exterior laranja ou preto (decorações exteriores
e stripping lateral sport)
Inscrições Renault Sport e GT nas portas e no portão
traseiro
5