Eficiência Energética em Edificações

Сomentários

Transcrição

Eficiência Energética em Edificações
1
Eficiência Energética
em Edificações
SUSTENTABILIDADE:
NOVOS DESAFIOS E OPORTUNIDADES
Paula Baratella, arq. MSc.
Maio, 2015
Arquiteta e Urbanista e Mestre em Eng. Civil- UNICAMP
Analista de Infraestrutura – MME
Ex-bolsista Brasil-Japão - JICA
MUDANÇA DE PARADIGMA:
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
SUSTENTBILIDADE:
PALAVRA DE ORDEM NA CONSTRUÇÃO CIVIL!
Bahrain World Trade Center,
Golfo Pérsico
USA: Oklahoma Medical
Research Foundation
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA: UMA DAS PRIORIDADES
CONSTRUÇÃO CIVIL: IMPACTOS
urbanização
poder de compra
mudanças no estilo de vida
40%
40%
ÁGUA
(GLOBAL)
ENERGIA
(GLOBAL)
75%
RESÍDUOS
(USA)
=
consumo
energético
30% 50%
EMISSÕES
(USA)
E. ELÉTRICA
OPERAÇÃO
EDIFÍCIOS
(BRASIL)
CONSUMO DE ENERGIA
EM EDIFICAÇÕES
Edificações: grande impacto no consumo
total de energia elétrica
27,8%
(Resenha BEN, 2015)
residencial
50%
19,9%
comercial
público
~
=
3%
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
EM EDIFICAÇÕES
EDIFÍCIO EFICIENTE:
Conceito inicialmente
associado aos sistemas –
iluminação e ar condicionado
HOJE: arquitetura e
usuários tem papel
fundamental
LEED PLATINUM
Parkview Green Beijing, China
POTENCIAL PARA REDUZIR O
CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA
Estimativa PROCEL Edifica
50%
EDIFÍCIOS
NOVOS
30%
EDIFÍCIOS
EXISTENTES
BRASÍLIA....
FACHADAS DE ESPELHOS E VIDROS
Edificações:
COMERCIAIS
DE SERVIÇOS
E PÚBLICAS
Edificações:
RESIDENCIAIS
PADRÕES ARQUITETÔNICOS INADEQUADOS AO CONTEXTO COLIMÁTICO
BELEZA E FUNCIONALIDADE:
UMA ESTUFA DE PLANTAS
Estufa de plantas:
Aproveita a luz solar direta para aquecer o ambiente interno!
BELEZA E EFICIÊNCIA:
É PRECISO COMPATIBILIZAR!!!
Edificação pública em Brasília:
A luz solar direta aquece o ambiente interno!
Eficiência Energética??? Fachada adequada ao clima?
Políticas e Programas
de Eficiência Energética no Brasil
10
Lei 9.991/2000
Decreto nº 4.059/2001 - CGIEE
Indústria, Transportes. Educação PROCEL,
CONPET, PBE Edificações, Iluminação pública,
Saneamento, Aquec. solar, P&D, M&V,
Parcerias internacionais e Financiamento.
ETIQUETA E SELO PROCEL
PARA EDIFICAÇÕES
PBE EDIFICA – PROCEL EDIFICA
www.pbeedifica.com.br
APLICAÇÃO (voluntária)
Edifícios novos
Edifícios existentes
TIPOLOGIAS
Edifícios residenciais (RTQ-R) - 2010
Edifícios comerciais, de serviços e
públicos (RTQ-C) - 2009
SELO PROCEL
2014 EDIFICAÇÕES
ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES
ETIQUETA
METODOLOGIA
ASPECTOS AVALIADOS
ENVOLTÓRIA
30%
ILUMINAÇÃO
30%
40%
CONDICIONAMENTO DE AR
CONSERVAR ENERGIA EM EDIFICAÇÕES
• Mudança de hábitos de usuários
Fototérmica
• Redução no consumo de energia elétrica
• Uso de equipamentos eficientes
Eólica
• Medições individualizadas
• Uso de fontes renováveis
• Aquecimento solar de água
• Técnicas construtivas (projeto
passivo/bioclimático)
• Uso de novas tecnologias/eficientes (dispositivos
economizadores)
• Uso da cor
• Aproveitar a ventilação natural
• Tipo de vidro (baixa emissividade: low-e)
• Redução da transmitância térmica da envoltória
• Uso racional da iluminação
• Manutenção adequada
• Uso de dispositivos de proteção solar
• Automação
• Etiquetagem de edificações
• ....
Fotovoltaica
EDIFÍCIO EFICIENTE:
PROJETO E TECNOLOGIA
Fachada ventilada (uso de cerâmica extrudada)
Vidros Low-e (com baixa emissividade)
Proteção solar por dupla faixa de brises
Tipo de vidro:
Vidros reflexivos, duplos ou triplos com
tratamento de baixa emissividade - LOW-E
(vidro duplo reduz as trocas térmicas)
películas absorventes
Proteções de aberturas:
• localização, forma, orientação + proteções
solares externas e vidros especiais ,
prateleiras de luz e brises
Transmitância térmica do envelope:
Transmitância: (coeficiente global de
transferência de calor)
Menor transmitância térmica = menor troca
térmica (interior x exterior)
Torre Pituba
Petrobrás
Sede Bahia
JAPÃO: 60 ANOS DE HISTÓRIA EM EE
Policy Planning for EE & Conservation
CONSUMO ENERGIA ELÉTRICA: JAPÃO
Fukushima
Demanda por eletricidade:
aumento constante
ANTES:
previsão de
mais usinas
nucleares
para reduzir
emissões
GHG.
DEPOIS:
Fechamento
de 4 reatores
nucleares.
Apesar de campanhas de conservação de energia e aumento da eficiência de equipamentos elétricos, o
aumento de eletrodomésticos em residências e escritórios contribuiu para o crescimento do consumo de
energia elétrica.
Fonte: http://eneken.ieej.or.jp
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
ESTILO DE VIDA – HÁBITOS - EDUCAÇÃO
“Smart Life” é novo estilo de
vida baseado no uso racional
de energia.
Divulgação do Sistema
de Etiquetagem
Campanhas de sensibilização
•
•
Roupas leves
Temperatura das
salas: mínimo: 28º
EE&C EM EDIFICAÇÕES
Tecnologias para ZEHs and ZEBs
EE&C EM EDIFICAÇÕES
“Smart Communities”
Energy Conservation Navigator:
energia consumida,
economizada, metas, etc.
E-co-navi
Smart meter
Smart Grid and Smart
Community Projects 2010/15
4 cidades japonesas foram selecionadas
para a implantação de projetos-piloto em
larga escala.
EXPERIÊNCIA CULTURAL
OBRIGADA PELA ATENÇÃO!
Domo Arigatô-Gozaimasu!
PAULA BARATELLA
[email protected]

Documentos relacionados

projeto de lei " dispõe sobre a obrigatoriedade do uso da etiqueta

projeto de lei Art. 1° - Esta Lei estabelece a obrigatoriedade do uso da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE) nos projetos e respectivas edificações públicas municipais novas ou que recebam "retrofi...

Leia mais