Framework da EDS para suporte às práticas do CMM/CMMI

Сomentários

Transcrição

Framework da EDS para suporte às práticas do CMM/CMMI
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
O framework da EDS para suporte às práticas do
CMM/CMMI
EDS-Brasil Rio de Janeiro Solution Centre
Novembro 2004
Márcio Silveira
Agenda
9 Quem somos nós ?
9 Motivadores
9 A jornada de melhoria contínua da
EDS
9 O Framework EDS implementado
9 O projeto de melhoria contínua e
lições aprendidas
2
2-1
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
3
7-Eleven • Automotive Component Systems of Canada Inc •
adidas - Salomon AG • adidas America • AEGON Direct
Marketing Services • Airport Systems Group PDS • Airtel • Alberta
Government Services • Alberta Learning • Alberta Transportation
• Alliant Energy • Allied Domecq Spirits & Wine • Aloha Airlines •
America West Airlines • American Airlines/AMR Corp • American
Red Cross • AMSA - AETNA • Anheuser-Busch • Arkansas Blue
Cross Blue Shield • Army & Air Force Mutual Aid Association •
ASM Brescia • Aspect Communications • Assicurazioni
GENERALI S.p.A. • AT&T • Auchan - Italia • Australia and New
Zealand Banking Group Ltd • Austrian Social Security Assoc. •
Avery Dennison Office Products WW • Avista Corp. • AVL List
GmbH • AXA Belgium • Banca Mediterranea • Banca Serfin, S.A.
• Bancaja • Bancomer, S.A. • Banesto • Bank of Canada • Bank of
New Zealand • Bank of Overseas Chinese • Bank of Queensland
• Bank One Corporation • Bankinter • Bell Canada Inc. •
BellSouth • Bethlehem Steel Corporation • BP France • Brasil
Telecom S/A • British Airways PLC • British Broadcasting
Corporation • Browning-Ferris Industries • Bruno's Supermarkets,
Inc. • Canadian Imperial Bank of Commerce • Canadian Pacific
Railway (Alberta) • Capital One Services, Inc. • Carlsberg-Tetley •
Carlson Wagonlit Travel • Catalog Reengineering System (CRS)
• CCAD DMS Corpus Christi Army Depot • Cegelec • CGEA Onyx
- Vivendi • Chantemur CVDH • CHEMCENTRAL •
ChevronTexaco • CIGNA Health Care • Ciments Français •
Citibank - Germany • Citibank México S.A. (Confia / Diners) • City
of Los Angeles • City of Toronto • C-IV: Accenture • Clearstream •
CMA-CGM • Compaq Computer Corporation • Continental
Airlines • Coors Brewing Company • Credit Agricole Indosuez
Luxembourg • Czech Army • D/SIDDOMS II Lot 3 • Daikin Europe
NV • DaimlerChrysler Corp. • DANONE SA • Decathlon S.A. •
DecisionOne • Defense Finance and Accounting Service (U.S.) •
Defense Information System Agency (U.S.) DEIS II • Defense
Logistics Agency (U.S.) DSCC-B • Defense Manpower Data
Center • Del Monte • Delphi • Department for Work and Pensions
- Jobcentre Plus • Department of Education (U.S.) • Department
of Housing and Urban Development (HUD) • Department of
Justice (Canada) • Department of National Defence (Canada) •
Dept Environment, Transport & Regions • Deutsche Bank •
Deutsche Bank Affiliates • Deutsche Telekom • Discovery Toys •
Eagle Foods • Easylink Services Corp. • Eaton Automotive •
Aproximadamente 35.000 Clientes,
120.000 funcionários em 60 países
Clients
Global Sales & Client Solutions
Service Delivery
Portfolio Management
Americas
LA
US
Consulting
2-2
EMEA
CAN
UK
Region
IT
Infrastructure
Cont.
Europe
Applications
Asia Pacific
North
South
Business
Process
Outsourcing
Business Support Units
A.T. Kearney
Subsidiaries
PLM
Solutions
4
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Desenvolvimento e Manutenção de Aplicações em
Solution Centres
• Aproximadamente 33,000
Engenheiros de Software
localizados em Solution Centres
(+90)
• Solution Centres organizados
segundo um modelo padrão e
comportilhando mesma
metodologia.
• 18 Solution Centres em 12
países utilizam o conceito de
BestShoreSM.
• 3 Solution Centres no Brasil:
– Rio de Janeiro
– São Paulo
– Florianópolis
5
Rio de Janeiro Solution Centre
Localidade
• Rio de Janeiro, Brasil
• Aproximadamente 500 Engenheiros de Sistemas
Competência Técnica
• Mainframe
• UNIX
• Web / Internet
• Client Server
• Open DB
• Cool:GEN
Linguas
• Português
• Espanhol
• Inglês
Certificações
• SEI CMM® Level 4
• ISO 9001:2000
Foco de Atuação
• Desenvolvimento de Aplicações (locais
e BestShoreSM)
• Suporte 24x7 de Sistemas em Produção
(locais e BestShoreSM)
• Gerenciamento de Projetos/Programas
Industrias Suportadas
• Telecomunicações
• Aviação
• Saúde
• Manufatura
2-3
6
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
7
A atividade de Tecnologia da Informação no
Mundo tem Problemas
• U$250 bilhões/ano — desenvolvimento de software nos US
• U$38 bilhões em 2002 — perdidos em projetos não
entregues.
• U$17 bilhões — em custos acima do previsto
• 15% dos projetos — terminam sem entregar resultados
• 66% dos projetos — foram considerados não atendendo as
•
necessidades dos usuários.
43% — é o erro médio em relação ao budget do projeto
daqueles que foram completados.
Fonte: the Standish Group International CHAOS Report 2003
8
2-4
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
9
Rio de Janeiro Solution Centre
Jornada de Melhoria Contínua
QMS
preparation
ISO-9001:1994
Certification
QMS
Launching
CMM
Level 2
CBA-IPI
9;: < " =>
(*)+-, ./
! "# #
CMM
Level 3
CBA-IPI
CMMI
Level V
SCAMPI
ISO-9001:1994
Surveillance
ISO-9001:2000
&
ISO-9001:2000 Certification
[email protected] , . 8
Pre-audit
567 , . 8
012 34
$ %'&
CMM
Level 4
MSA
CMM
Level 4
CBA-IPI
C6D , . E
CMMI
Training &
CMMI
Gap Analysis
- Realizado
- Planejado
2-5
10
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
11
Grupo de Melhoria Contínua de Processos
(PPI)
SC Manager
Governance Board
PPI Leader
QA Audits
• ISO/GSMS Audits
• QA Coordination
• NCN/OBS tracking
• ISO/9001certification support
SEPG
• GSMS/QMS
• Mentoring/Coaching
• Tailoring support
• PI assessments
• Training Coordination
• [Transition Team]
2-6
Metrics
• PreSage (Profile/Projects)
• Estimating support
• Measurement plan support
• FP SMEs
• Quality Engineer (OQE)
• Quality Analysts (PQE)
12
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Modelo de Negócio do Rio de Janeiro Solution Centre
Corporate Objectives
Business Drivers
Technology Drivers
PI Opportunities
Inputs/Drivers
Strategic
Business
Plan
(SBP)
Strategies/Initiatives
SWOT Analysis / GQM
Measurement (Monitor & Control)
VOM
Organizational
Process
Improvement
Plan
Governance Board
13
Global Solution Centre QMS (GSC-QMS)
•
•
•
•
•
•
•
Como conduzimos o nosso negócio
Em linha com ISO/9001:2000 e SEI-CMM/CMMI nível 5
Modelo disponível via WEB
Mecanismo de controle de mudanças
Todos os Engenheiros de Software podem acessar
Suportado por outras ferramentas tais como GSMSWorks
Integrado com o repositório de boas práticas (BPR)
Dividido
em
2 áreas
{
• Processos de Negócio (QMS)
• Processos de Engenharia de Software (GSMS)
14
2-7
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
QMS – Processos de Negócio
15
GSMS - Processos de Engenharia de Software
16
2-8
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
GSMS (Work-Types)
17
GSMS
(Work Management- Plan Project Work)
18
2-9
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
GSMS
(Work Management- Plan Project Work – Estimate Project Work –
Estimate Procedure)
19
Customizando o projeto ...
OSSP-Org. Plans
Tailoring Criteria
Requirements
and Approach
Documentation
Project’s
Defined Process
File
Tailoring
Execution
Waivers
Tailoring
Tool
Tailoring
Decisions
Project’s
Defined Process
File (PDSP)
Starting Point
Schedule
Amendment
History
20
2 - 10
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Planos Organizacionais
Organizational
Process
Improvement
Plan
Organizational
Quantitative
Management
_Approach
Organizational
Training Plan
Organizational
Communication
Plan
Organizational
CM
Plan
Organizational
Project Plan
QA Function
Organizational
Measurement
Strategy
Organizational
Quality Plans
Organizational
Measurement
Plans
Organizational
Standards &
Procedures
21
GSMSWorks
Descrição
Ajuda os engenheiros de software a aplicar a
metodologia de desenvolvimento, manutenção e
gerenciamento de projetos através da manutenção do
workbook do projeto.
Funcionalidade
• Vários
projetos podem ser criados e mantidos
• Roda num ambiente de LAN
• Todos os templates do GSMS disponíveis
• Possui uma representação gráfica do GSMS
• Mantém versionamento dos documentos gerados
22
2 - 11
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
GSMSWorks
23
GSMSWorks
24
2 - 12
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
GSMSWorks
25
Processo de Métricas Organizacional/Projeto
RioSC
Local Metrics
Team
Projects
Metrics
Planning
Start-up&
Planning
FPA &
SLOC
Counting
Metrics
Tracking
FPA &
SLOC
Counting
Metrics
Close-down
FPA &
SLOC
Counting
Execution
Analysis
&
Report
Time
Tracking
Analysis
&
Report
Record
Metrics
Close-Down
Analysis
&
Report
PreSage
CTTS
EDS
Central
Metrics
Group
Metrics
Programme
Maintenance
Analysis
&
Report
OSPD
26
2 - 13
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Processo de Métricas Organizacional/Projeto CTTS
27
Processo de Métricas Organizacional/Projeto PreSage
28
2 - 14
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Processo de Métricas Organizacional/Projeto –
PTR
29
Processo de Métricas Organizacional/Projeto –
PCDB
30
2 - 15
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Processo de Métricas Organizacional/Projeto –
Gerenciamento Quantitativo
Organizational
Goals
Org. Std.
Processes,
Baselines,
Models,
Project
Voice of
Management
(VOM)
Voice of
Customer
(VOC)
Client
Expectations
ProjectObjectives
ProjectDefined
Processes
Voice of the
Process (VOP)
Legend
Improvement
Process
31
Gerenciamento Quantitativo –
QI Macro
32
2 - 16
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Service Excellence Dashboard
Voice of the Client
Client Executive
(CE) Feedback
Service
Performance
Indicators
(Delivery)
PreSage
33
Modelo de Estimativas
Project
Characteristics
FPA
or
SLOC
Staff
Duration
SLiM
Effort
Reliability
EDS &
Industry
e
34
2 - 17
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Gerência de Configuração de Software
Change Control Board
Configuration Controller
Check Out
Controlled
Environment
Endevor
SourceSafe
PVCS
Work
Area
GSMSWorks
Check In
35
Controle de Mudanças
Would you
please….
Project Scope
Mr. New Requirements
Change Control
COMPLAINTS
Software
Configuration
Management
Mr. Defect
36
2 - 18
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Revisões de Conformidade (Produto)
WP
Review
Report
Draft
1.0A
Make
Corrections
and Follow-Up
Additional
Review ?
YES
NO
WP
Criteria
Work
Prod.
Sign-off
Draft
1.0B
Work
Product
SCM Tool
37
Garantia da Qualidade (Processo)
Project
Workbook
Processes
NCN/OBS
Tracking
SQA
SQA Report
QA Criteria
38
2 - 19
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Programa de Treinamento e Gerenciamento de
Recursos
Delivery Employee
• Informações funcionário (SAP)
• Registros de treinamento local e corporativo
• Avaliações
• Planejamento dos treinamentos
• Justificativas (“waivers”)
• Matrizes de funções e treinamento requerido
• Relatórios
39
Programa de Treinamento e Gerenciamento de
Recursos
PMP
• Avaliação performance funcionário
• Ranqueamento
Evolve
• Alocação de recursos
• Análise de desalocação
• Habilidades individuais e pesquisa
• Currículos
40
2 - 20
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Repositório de Boas Práticas (BPR)
41
2 - 21
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Grandes Números da Jornada
• Organização:
180-500 profissionais
• Investimentos realizados (para mudança de nível):
– ≅ US$ 1.200.000,00 (1-2)
– ≅ US$ 800.000,00 (2-3)
– ≅ US$ 600.000,00 (3-4)
• Grupo de SEPG : 5-11 (pico de 16 – CMM4)
43
Benefícios da Melhoria de Processos
Observados no Ambiente EDS
• Redução de defeitos em ambiente de produção da ordem de
15% ao ano.
• Aumento da produtividade de suporte de aplicações em
produção da ordem de 10-12% ao ano.
• Produtividade de entrega de pontos de função por mês acima da
média do mercado internacional (Dados do ISBSG V8).
• Variação da estimativa de esforço e duração, sendo reduzida
significativamente ao longo da jornada
• Esforço gasto em atividades de gerenciamento de projeto teve
pequeno aumento, provendo desta forma mais controle aos
projetos (em linha com os demais indicadores acima).
44
2 - 22
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Lições (Níveis 1-3)
• Suporte da liderança é fundamental desde o início.
• Grupo de SEPG precisa ser composto de pessoas com experiência,
número de recursos adequados e reporte direto a liderança senior da
organização.
• Aprender a lidar com usuários/clientes num nível de maturidade menor
que o seu.
• Mudança de cultura leva tempo, mas não pode levar demais, se as
pessoas não mudam, mudam-se as pessoas.
• É fundamental ter um modelo de desenvolvimento desde o início mesmo
que o nível 2 não exija, o mesmo vale para o grupo de SEPG.
• Integração de ferramentas e um modelo baseado em boas práticas é
fundamental para o sucesso.
• Crie uma estratégia de ferramentas desde o início, evite criá-las ao longo
do processo.
45
Lições (Níveis 1-3)
• Treinamento e mentoração:
o Institucionalizar processos é fundamentalmente um processo
de mudança que deve ser suportado por treinamento e
mentoração.
o Treinar todo mundo, em tudo, é impossível. Crie matrizes por
funções (PM, DM, Desenvolvedor, QA, CM, Métricas, etc.)
o Os conceitos do CMM precisam ser conhecidos por todos da
organização, o modelo em si, não necessariamente.
o Especialize algumas funções críticas : QA, CM, Métricas,
QE.
o Trate bem os gerentes de projeto, eles são a base da melhoria.
o Treine e depois mentore, mentore, mentore, mentore ...
46
2 - 23
VI Simpósio Internacional de Melhoria de
Processos de Software
São Paulo, SP – Brasil 24-26/11/2004
www.simpros.com.br
Lições (Nível 4)
• Identificar “sponsor” e envolver da liderança senior da organização
(“Steering Comitee”).
• Treinar equipes nos conceitos de controle estatístico do processo.
• Montar equipe para suporte quantitativo organizacional e a nível
de projetos.
• Definir um “roadmap” para o gerenciamento quantitativo.
• Disponibilizar ferramentas de suporte (coleta/armazenamento e
processamento de métricas).
• Process Improvement é trabalho de toda a organização e não
somente do time de melhoria contínua (SEPG).
• O processo de controle estatístico tem natureza cíclica.
47
Perguntas ?
48
2 - 24