Congregação Presbiteriana City Bussocaba Texto: Atos 2.42

Сomentários

Transcrição

Congregação Presbiteriana City Bussocaba Texto: Atos 2.42
Congregação Presbiteriana City Bussocaba
Texto: Atos 2.42-47
Tema:
1.
Uma Igreja vitoriosa é uma igreja é uma igreja útil
É útil para aqueles que estão dentro (At 2.45).
Na igreja primitiva temos a demonstração de uma igreja útil; nela não havia necessitados, pois os membros
vendiam as suas propriedades distribuindo à medida que alguém tinha necessidade.
o
Unidos ao Espirito, o cristãos estavam alerta às necessidades físicas dos outros e de forma
voluntária (4.34; 5.4) contribuíam para satisfazê-las (4.32).
•
Por isso, enquanto tivermos oportunidade, façamos o bem a todos, mas principalmente aos da
família da fé (Gl 6.10).
•
Penso que o bem maior que fazemos aos outros possa não ser necessariamente o de suprir suas
necessidades sociais, mas pode estar relacionado com as suas necessidades emocionais;
•
Ser útil ao meu irmão pode não ser abrir mão de um bem para fazer o bem, pois as vezes ser útil
ao irmão é chorar com os que choram, é se alegrar com os que se alegram; é levar os fardos uns
dos outros;
•
Um grande bem hoje pode ser o nosso tempo;
Para sermos bênção fora temos de ser bênção dentro
i.
Atos 13.2 “E servindo eles ao Senhor”: este servir que aparece aqui tem o sentido de
alguém que está servindo bem do lado de dentro; Paulo e Barnabé antes de serem
enviados para serem bênção às nações eles foram bênção dentro, serviram bem a
igreja. As vezes queremos que a igreja seja uma bênção na sociedade enquanto ela
mesma não é uma bênção para a vida dos irmãos de dentro.
ii.
Tg 2. 14-17: Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé,
mas não tiver obras? Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo? Se um irmão ou
irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano, e
qualquer dentre vós lhes disser: ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, sem,
contudo, lhes dar o necessário para o corpo, qual é o proveito disso? Assim,
também a fé, se não tiver obras, por si só está morta.
iii.
1 Jo 3. 16-18: Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por
nós; e devemos dar a nossa vida pelos irmãos. Ora, aquele que possuir
recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o
seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus? Filhinhos, não
amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.
2. É útil para aqueles que estão fora
2.1. Há suas maneiras de sermos útil aos que estão fora:
2.1.1.
Socialmente: suprindo as necessidades físicas
2.1.2.
Espiritualmente: suprindo as necessidades espirituais
o
Uma das grandes maneiras da igreja ser útil à sociedade estar na pregação do
evangelho;
o
O evangelho transforma; socializa; reconcilia; pacifica;
o
Reclamamos da violência na cidade, e às vezes até oramos por isso; mas é preciso
mais do que isso, a igreja precisar tomar consciência da sua missão na cidade;
o
o
•
o
o
Procurai a paz da cidade para onde voz desterrei e orai por ela ao
Senhor; porque na sua paz tereis paz (Jr 29.7).
Esta é a palavra que Deus enviou aos filhos de Israel, anunciando-lhes
o evangelho da paz, por meio de Jesus Cristo. Este é o Senhor de
todos.
O ministério de Jesus foi integral: ele ia por toa parte ensinando,
pregando e curando (Mt 4.23).
A igreja deve ser agente de Deus para quebrar as barreiras sociais e culturais; o Senhor Jesus
disse que os crentes receberiam poder e seriam testemunhas tanto em Jerusalém com em toda a
Judéia e Samaria e até os confins da terra.
A igreja em Atos fez isso com Filipe quando foi pregar o evangelho em Samaria (AT 8.4-8).
Filipe estava quebrando uma barreira de vários séculos de separação e de ódio entre judeus e
samaritanos;
Para que a igreja seja útil à sociedade ela precisa quebrar várias barreiras que não foram criados
pelo mundo, mas que a igreja mesmo criou; não se pode ser útil à sociedade alheio à sociedade,
pensando que tudo que existe na sociedade é do diabo.
A igreja presta um desserviço quando ela quando compartilha o evangelho da paz, que reconciliar
o homem com Deus e o homem com o seu próximo.
O capítulo 6 de 2Reis fala-nos acerca de um circo que o exército Sirio fez
em Samaria, o que causou uma fome profunda, pois o povo de Deus se viu
impossibilitado de saírem e cuidarem da agricultura; o Senhor proveu o
livramento de modo o Senhor fez com que o exército sírio ouvisse sons de
carros e cavalos bem como de um grande exército fazendo com o exército
inimigo batesse em retirada. Só que ninguém sabia do que tinha acontecido
só quatro leprosos que viviam fora do arraial. Eles então disseram: “Não
fazemos bem; este dia é dia de boas-novas e nós nos calamos” (2Reis 7.9).
O evangelho de Jesus Cristo é a boa nova hoje e, se, nós nos calarmos as
próprias pedras clamarão (Lc 19.40).
Calar: ficar quieto, silencioso;
Clamarão: gritarão
O senhor Jesus orou para que Deus não nos tirasse do mundo, mas que nos livrasse do
mal (Jo 17.15);
As nossas boas obras devem brilhar diante de todos para que vejam e glorifiquem a
nosso pai que está no céu (Mt 5.6).
Acontece que ficamos com tanto medo do mundo que nós não conseguimos
nos relacionar com quem não seja crente; gostamos de fazer programações
para os crentes; não conversamos nem mesmo com o vizinho que não é
crente;
Como a sociedade vai se interessar pela igreja se a igreja não se interessa
pela sociedade!
É lamentável, mas a igreja criou verdadeiros muros de separação com a sociedade; isso
contraria o evangelho, pois assim como o fermento leveda toda a massa, os cristãos
precisam levedar e permear toda a sociedade com a influência do evangelho.