- Select Graf

Сomentários

Transcrição

- Select Graf
COMO USAR O ACROBAT DISTILLER
Após a criação do arquivo PostScript, será criado o PDF. O Distiller é o software que converte
os arquivos PostScript (PS) em PDF. O software chama-se Distiller (destilador) pois destilar, nesse
caso, é separar os elementos dos arquivos e deixá-los alinhados e normalizados, para depois poder
juntá-los em uma informação única: o PDF.
O processo de destilação de um arquivo é o melhor procedimento quando o arquivo contém
informações complexas, como imagens de alta resolução, gradientes, vetores e outros elementos, configuração típica de um arquivo para gráfica. O resultado da destilação é uma página independente, bem estruturada, com um tamanho físico pequeno, pronta para ser enviada para saída
em alta resolução - gravação de chapas para impressão offset.
É possível criar um documento PS de todos os aplicativos utilizados em editoração eletrônica,
sendo necessária apenas a instalação de uma impressora virtual com as características do software
RIP (que fará posteriormente a rasterização e separação das cores do PDF). As características dos
RIPs estão contidas em um arquivo conhecido como PPD (Printer Page Description). Cada aplicativo
gera PS de acordo com suas características estruturais, porém, todos devem seguir um padrão
que garanta as condições básicas de processamento do PDF. São os mesmos quesitos básicos do
arquivo PS: ter todas as fontes utilizadas embutidas no documento; ter todos os elementos no
modo de cor CMYK; ter as imagens com resolução compatível para a lineatura que será aplicada na
gráfica.
Para a lineatura, um parágrafo à parte. Consulte a gráfica ou o bureau sobre a lineatura
a que será dada saída (filme ou CTP). Veja a tabela abaixo, onde:
LINEATURA NA GRÁFICA
RESOLUÇÃO DAS IMAGENS NO ARQUIVO
120 linhas/polegada (48 linhas/cm2)
240 dpi
133 linhas/polegada (52 linhas/cm2)
266 dpi
150 linhas/polegada (60 linhas/cm )
300 dpi
2
Como pode haver diferenças em outros fatores (tipo de papel, impressora), utilize como
padrão imagens com 300 dpi de resolução.
Deve-se também tomar cuidado com alguns efeitos dos aplicativos de criação, como sombras, lentes e transparências. A regra é clara: o correto é tratarmos imagens em aplicativos de
imagens, ilustrações em aplicativos de ilustrações e, finalmente, diagramação em aplicativos de
diagramação, nos quais geramos os PSs e a partir dos quais destilamos os PDFs.
O Acrobat Distiller converte arquivos PS para arquivos PDF. Você pode determinar uma série
de opções, de acordo com sua necessidade. O Distiller já vem configurado com três opções de
geração de PDF:
• Screen Optmized - Para trabalhos que serão apenas visualizados em rede (Internet
ou Intranet) ou distribuídos por e-mail apenas para visualização em tela.
• Print Optmized - Para trabalhos que serão impressos em impressoras desktop, copiadoras digitais, publicações em CD-ROM, ou para serem enviadas para clientes utilizarem como uma prova.
• Press Optmized - Para trabalhos que serão utilizados por impressoras de alta definição, como gravadoras de fotolitos ou chapas offset.
Não é possível modificá-las, mas você pode, a partir delas, criar suas configurações.
30
WORKSHOP DIGITAL POSIGRAF 2004
CONFIGURANDO AS “JOB OPTIONS” DO DISTILLER 5.0
GENERAL
Nesta janela de opções é possível
determinar qual a compatibilidade dos
arquivos PDF em relação a outras versões do Acrobat, fazer ajustes de resolução e otimização. Mas deve-se tomar
cuidado com as opções usadas quando
a compatibilidade está para versão 3,
pois alguns recursos disponíveis podem
não ser interpretados corretamente.
ASCII Format - Geralmente utilizados
em textos processados em PCs, deve
ser usado somente quando o PDF vai
ser compartilhado, em rede, em computadores que não aceitam formato binário. Ativado, pode aumentar o tamanho do arquivo.
Optimize PDF - Faz com que os PDFs
gerados sejam menores (em MB).
Generate Thumbnails - Cria miniaturas para o PDF automaticamente.
Resolution - Pode variar de 72 a 4000 dpi e especifica os valores de resolução para objetos
vetoriais e textos.
Binding - Define a orientação do arquivo PDF para a esquerda ou para a direita, alterando,
assim, a visualização do PDF em páginas duplas ou contínuas.
COMPRESSION
Ao converter arquivos, o Distiller
compacta seus elementos (texto, imagens coloridas ou PB e vetores). Dependendo da configuração, o tamanho do
arquivo pode variar significativamente.
Existem
diferentes
tipos
de
compactação, veja abaixo qual o melhor
para cada elemento.
ZIP - Este processo trabalha bem em
imagens com grandes áreas similares ou
padrões repetitivos (fundos), assim
como em imagens fotografadas de tela
ou mesmo pintura. Existem duas variáveis: 4 e 8 bit. A primeira não perde dados e não altera a qualidade; a segunda
perde dados, influenciando na qualidade final da imagem.
31
WORKSHOP DIGITAL POSIGRAF 2004
CONFIGURANDO AS “JOB OPTIONS” DO DISTILLER 5.0 (continuação)
JPEG (Join Photographic Expert
Group) Processo usado para imagens
com grande quantidades de informações e detalhes.
CCITT - Apropriado para imagens em
preto e branco. Existe ainda variações
do grupo 3 e 4 que são similares àquelas usadas por fax.
FONTS
Para conveter um PS em um PDF, o
Distiller precisa ter acesso às fontes
utilizadas no arquivo, para que gere as
informações corretas. São compatíveis
ao processo gráfico as fontes Type 1,
True Type e Bitmap:
Type 1 - Criadas pela Adobe, são fontes que têm boa performance nos
softwares RIP.
TrueType - Criadas pela Apple e Microsoft, devem ser convertidas para Type 1 ou Bitmap
antes de serem processadas no RIP.
Existe uma grande diferença entre as opções Embed All Fonts e Subset All Embedded Fonts
Below, pois quando o arquivo vai ser impresso em dispositivos de alta resolução, as fontes devem
sempre ser inseridas no PDF (Embed All Fonts deve estar sempre ligado).
Já quando o documento vai ser
transmitido por e-mail ou publicado na
Internet, deve-se usar a opção Subset...,
para que seja inserida no PDF somente
uma parte dos caracteres. Isso serve
para preservar imutável o conteúdo dos
PDFs, pois se estiver configurado Embed
All... você consegue acrescentar texto
ou fazer correções; já em Subset..., não
há a possibilidade de editar o texto posteriormente.
COLOR
Dentro desta opção é possível trabalhar com gerenciamento de cores em
arquivos PDF, onde os arquivos asseguram fidelidade de cores na impressão.
Se seu fluxo de trabalho já possui uma
calibração de cores, é recomendado dei-
32
WORKSHOP DIGITAL POSIGRAF 2004
CONFIGURANDO AS “JOB OPTIONS” DO DISTILLER 5.0 (final)
xar as cores intactas, para que elas
sejam impressas com a mesma informação de cor fornecida pelo seu sistema.
ADVANCED
Nesta janela, são dadas as informações que seguirão inseridas no PDF.
Essas informações são determinadas
de acordo com seu fluxo de trabalho, pois são muito importantes na
constituição do arquivo, e são o
“DNA” de seu arquivo, que estabelece como ele será processado no RIP
do bureau ou da gráfica. Nessa tela,
é possível, ainda, definir o tamanho
da página do PDF de arquivos PS que
não tenham essa informação (isso é
muito comum em arquivos PRN).
Se seu fluxo de trabalho é baseado
em arquivos Composite, você deve
selecionar a opção “Use prologue.ps and epilogue.ps”, para que a informação seja mantida e não
covertida em cores Process. Não se esqueça de que seu RIP também deve ser compatível com
essa opção.
CONFIGURANDO O “JOB OPTIONS” DO DISTILLER 6.0 (final)
A partir do menu “Settings”, escolha “Add PDF Settings” e localize o arquivo
posigraf6.joboptions, que esta no CD: POSIGRAF\Joboptions_Distiller. O Acrobat ficará conforme
a figura 2.
2
1
33
WORKSHOP DIGITAL POSIGRAF 2004