A fusão entre a cidade e o verde.

Сomentários

Transcrição

A fusão entre a cidade e o verde.
A fusão entre a cidade e o verde.
A Arborização Urbana é parte de um complexo, o qual, chamamos de
cidade. Dentre os mais variados tipos e locais, ela encontra-se de forma
significativa em canteiros centrais de avenidas, formando grandes bulevares, em
pequenas proporções como no domínio de uma simples calçada, ou até em
grandes parques de verdes gramados e árvores frondosas.
O mais intrigante é que a mesma venha sendo deixada de lado, pelo
simples fato de criar avenidas mais largas, ou até pela construção de altos
edifícios onde a mesma acaba suprimida em meio ao concreto. Assim como a
falta questionamento sobre a sua importância, sendo que em dias de sol
escaldante, onde o concreto e o calor do asfalto se fazem insuportáveis, uma
sombra frondosa dá abrigo e alivio, creio que já é o suficiente para justificar sua
presença em meio a cidade.
Na busca por criar uma interação entre o meio urbano e a arborização
vários condicionantes se fazem presentes, dentre eles a relação entre os
serviços que uma cidade possui, como abastecimento de água, energia elétrica,
passeios públicos, entre outros. Portanto para que esta convivência se torne
harmoniosa, os espaços verdes também devem ser planejados cuidadosamente,
evitando que árvores de porte grande e de copas frondosas destruam calçadas,
estourem canalizações e inviabilizem a passagem da rede elétrica. É importante
deixar claro que cidades bem planejadas podem ter grandes bulevares e que há
maneiras para que os mesmos sejam executados, o empecilho não são as
árvores e seus grandes troncos e raízes, é o modo como às pessoas pensam a
arborização urbana, se não passa carro, não serve, se não dá para por comércio,
menos ainda.
Outro ponto importante nesta busca pela interação entre o meio urbano e
a arborização é a preservação de árvores e núcleos verdes antigos, árvores
centenárias, assim como respeitamos quem possui mais conhecimento,
devemos respeito ao que estava aqui antes de nós. Faz-me lembrar de grandes
empreendimentos, como os loteamentos, que desmatam de um lado e replantam
de outro, isso se faz infundado, tirar uma parcela verde frondosa e sã, para iniciar
um processo de crescimento que demorará anos.
Uma arborização adequada, planejada, cria espaços de descanso,
passagens agradáveis e até mesmo um refresco para um dia estressante a
frente de um computador, alivio para o corpo e para a alma, assim como atrai a
fauna local, dá vida ao núcleo urbano, onde este tem tudo para ser de concreto
e piche, é transformado em um oásis.
por Emanuele Vieira
estudante de Arquitetura e Urbanismo

Documentos relacionados