ANGOLANDO

Сomentários

Transcrição

ANGOLANDO
ANGOLANDO
N.4 – Newsletter bimestral da Embaixada da Itália em Angola
Agosto
2012
Depois de treze anos, um Ministro angolano das Relações Exteriores
realiza uma nova visita a Itália
O Ministro angolano das Relações Exteriores Georges Rebelo
Pinto Chikoti, efectuou durantes os dias 18, 19, e 20 de Junho,
uma visita a Itália, 13 anos depois da anterior de um Ministro
angolano ao nosso país (João Bernardo de Miranda em 1999).
Chikoti encontrou em Roma o Ministro italiano dos Negócios
Estrangeiros Giulio Terzi, a Ministra do Interior, Cancellieri, o
Ministro
para
a
Cooperação
Internacional,
Riccardi,
o
Subsecretário para o Desenvolvimento Económico, Vicenti, e o
Presidente da Comissão Externa, Stefani. Também teve dois
grandes encontros (um no Ministério dos Negócios Estrangeiros
e outro na sede da Assafrica) com empresários italianos interessados ou já operantes em Angola; com o
ex Ministro dos Negócios Estrangeiros, Frattini deu uma Conferencia dedicada ao papel de Angola no
contexto Internacional. A mesma, teve lugar na sociedade Italiana para a Organização Internacional;
também foi recebido pelo presidente da SACE, Embaixador Castellaneta. A ampla visita, seguramente
serviu para reforçar as sólidas e históricas relações entre a Itália e Angola e em estimular uma nova
atenção dos nossos operadores económicos para com a realidade angolana, em grande crescimento e com
extraordinárias perspectivas de desenvolvimento.
Assinados, durante a visita do
Ministro
Chikoti a Roma, dois
importantes Acordos Bilaterais.
Durante a visita a Roma do Ministro Chikoti, foram assinados
dois importantes Acordos Bilaterais.
Trata-se de um Entendimento sobre a isenção de vistos em
passaportes diplomáticos e de serviço; e de um Protocolo
Cultural, que integra o Acordo Cultural já em vigor desde 2005.
Tais entendimentos, acontecem poucos poucos meses depois da
assinatura do Acordo de Cooperação Bilateral em Matéria de
Polícia, assinado em Luanda, durante o passado mês de Abril pela
N.4 – Newsletter bimestral da Embaixada da Itália em Angola
Agosto
2012
Ministra do Interior Cancellieri e o seu homólogo angolano Sebastião Martins.
Encontro entre o Secretário de Estado da Indústria Kiala Gabriel e
uma delegação da ENEL
De 9 a 11 de Julho, uma delegação da ENEL efectuou uma missão
a Angola. A mesma foi recebida pelo Secretário de Estado da
Indústria, Kiala Gabriel. Nestes últimos anos, a ENEL manifestou
um crescente interesse pelas oportunidades que se apresentam
em Angola, tendo efectuado ao país numerosas missões de
scouting, e encontrado vários interlocutores, entre os quais a SONANGOL, SONAGÁS, e titulares de
alguns ministérios angolanos.
Feira Internacional Multisectorial
De 17 a 22 de Julho, realizou-se em Luanda a Feira Internacional
Multisectorial FILDA 2012, com a participação de 700 expositores e mais de
cinquenta mil visitantes. À manifestação participaram 315 empresas angolanas
e expositores de 35 paises. Os sectores apresentados foram: financeiro, óleo e
gás, telecomunicações, turismo e industria, construção, hotelaria, ambiente,
maquinaria, agricultura, alimentar, móveis e decorações, cosmética,
vestuário e calçados, papelaria, sobressalentes para viaturas, e
segurança no trabalho. Entre as empresas italianas, para além da ENI,
com um pavilhão de primeiríssimo plano, participaram a CF, instalações
de Piacenza, com uma linha de filtros para água, a GRAF de Módena e a
ARCADE para ferragens. As participações mais numerosas foram de empresas turcas (mais de 90) e as
portuguesas.
N.4 – Newsletter bimestral da Embaixada da Itália em Angola
Agosto
2012
Missão da Federlegno em Luanda
Realizou-se em Luanda de 18 a 20 de Julho, uma missão da
Federlegno. A mesma, incluiu uma dezena de empresas ligadas ao
sector da construção e do mobiliário, entre as quais a Snaidero. A
visita de scouting,organizada pela sociedade de consultoria ROEDL,
com o contributo operativo da Embaixada da Itália, permitiu uma
série de encontros B2B com operadores locais e internacionais, bem
como promissores contratos para algumas das empresas presentes.
A FEDERLEGNO tem focado muito sobre a intensão de fazer
investimentos no país, propor iniciativas de formação profissional e de convidar operadores angolanos e
portugueses às mais importantes feiras do sector em Itália.
Está prevista uma nova missão da FEDERLEGNO para Angola no início de 2013.
Perspectivas para as empresas italianas no sector da gestão dos
resíduos urbanos
A sociedade mista ítalo brasileira BAS, participou
o mês passado ao primeiro congresso africano
sobre a gestão de resíduos sólidos urbanos,
realizada no Lobito (de 25 a 28 de Junho).
Durante o encontro, a mesma apresentou as
características
de
funcionamento do
grande
aterro sanitário de Luanda (sob sua gestão), e
operante segundo critérios que respeitam as
normas europeias, no que concerne às repercursões ambientais, sociais e energéticas, através da
reutilização do biogás produzido.
O aterro sanitário urbano de Luanda é o maior da áfrica Subsahariana.
O sector da gestão de resíduos urbanos é particularmente promissor para as sociedades italians com
perspectivas de desenvolvimento em Angola. Apresentaram projectos neste sector quer a DE.CO. de
Pescara, como a Porcarelli de Roma; também outras pequenas empresas italianas se estão a interessar
pelo investimento ambiental em Angola.
N.4 – Newsletter bimestral da Embaixada da Itália em Angola
Agosto
2012
Introdução de impressão digital para a emissão de vistos para Angola
A partir de 14 de Junho, o escritório consular de Roma da Embaixada
de Angola, começou a exigir a impressão digital para a concessão de
vistos de entrada para Angola. Medida criada para reforçar a luta
contra a imigração ilegal, o tráfico de drogas e etc., e que até ao
momento traduz-se numa série de dificuldades para as missões
empresariais italianas com intenções de investir em Angola, bem como para os cooperantes das nossas
ONG, missionários, turistas e etc. A Embaixada da Itália em Luanda e o Ministério dos Negócios
Estrangeiros, estão a fazer de tudo para obter das autoridades angolanas facilidades para os nossos
operadores que se dirigem em Luanda.
Mulheres com a doença de “fistula vaginalis” encontram um centro de
referência na Damba
De 2009 até hoje, no hospital da Damba, província do Uige, foram
operadas mais de 200 mulheres afectadas pela fistula vaginalis, um
grave problema médico muito difundido em África devido a
dificuldades ligadas ao parto natural, não realizado de forma
adequada. O cirurgião responsável por tal sucesso é o italiano Paolo
Parimbelli, ex médico do CUAMM. As pacientes tratadas são
provenientes de todo o país, dado que, o hospital da Damba é o único especializado em tais delicadas
intervenções.
N.4 – Newsletter bimestral da Embaixada da Itália em Angola
Agosto
2012
“Planta uma árvore com o COSPE”
Graças à
colaboração com a
Treedom
S.r.l,
sociedade fundada em 2010, e que opera no
mercado voluntário das emissões de carbono, a
sociedade italiana COSPE – presente em Angola a
mais de 20 anos, principalmente na província do
Namibe, - pretende oferecer aos seus apoiados um
modo simples e inovativo para neutralizar as
emissões de carbono participando simultaneamente
em projectos de reflorestamento. O mecanismo é intuitivo e em sintonia com as lógicas das actuais
redes sociais. Através da plataforma online, Treedom Let's green the planet1 podem ser adquiridas
árvores, de várias espécies que serão plantadas na comunidade beneficiária do projecto COSPE,
contribuindo para gerar rendimento e combater a desertificação. O alto perfil tecnológico do projecto,
permite monitorar o crescimento da propria árvore, georeferenciado por meio de imagens satelitárias,
enviadas de seis em seis meses e colocadas no perfil da Treedom. A iniciativa é inserida no quadro mais
amplo do projecto COSPE, financiado pela Comissão Europeia em 2011 “Gestão das Florestas na faixa
costeira angolana e actividades geradoras de rendimento para as comunidades”, que este ano estendeu o
seu raio de acção a 4 províncias: Bengo, Benguela, Kuanza Sul, e Namibe.
Realizado o ciclo de cinema italiano contemporâneo
De 4 a 15 de Junho, teve lugar no Instituto Cultural Camões, um ciclo de
Cinema contemporâneo (com entradas livres), organizado pela Embaixada da
Itália em Angola.
Os filmes projectados entre os quais “Scialla”, “Nessuno mi può giudicare” e
“Mine Vaganti”, enviados pelo Ministério italiano dos Negócios Estrangeiros ,
registaram um grande sucesso quer entre a comunidade italiana em Luanda,
bem como entre o numeroso público angolano, geralmente estudantes da
1
A qual se pode ter acesso através do link: http://www.treedom.net/?lang=it&section=home&page=index
N.4 – Newsletter bimestral da Embaixada da Itália em Angola
Agosto
2012
nossa língua. Os órgãos de imprensa angolanos também fizeram uma ampla cobertura ao evento.
Através de iniciativas do género, continua a difusão da cultura italiana e a nossa participação à
efervescente oferta de eventos nesta capital.
Abertura do restaurante italiano Vitruvio
Aos 26 de Julho, foi inaugurado oficialmente o “Vitruvio”, novo restaurante italiano, dentro do Hotel
Epic Sana, o único de 5
estrelas na cidade de
Luanda.
O Chef Lorenzo Stride,
toscano
dirigirá
a
cozinha do restaurante,
que
oferece
uma
variedade de primeiros
e
segundos
desserts
pratos
da
e
nossa
tradição, com um rico repertório de “pizzas” preparadas no forno à lenha.
O restaurante é de nível particularmente refinado, com mobiliário e design bem cuidados e esplêndida
vista da baía de Luanda, a partir das suas amplas vidraças.
O personagem de Angolando: Arquitecto Stefano Rabolli Pansera.
Angola participará no fim do mês de Agosto pela primeira vez, com um próprio
pavilhão oficial, à Bienal de Arquitectura de Venezia. Por detrás deste
ambicioso projecto, transformado em realidade – também graças ao forte
apoio da Embaixada da Itália em Luanda – está o Arquitecto Stefano Rabolli
Pansera, residente em Londres, mas, amante de África e de Angola em
particular.
“Luanda foi uma meta da minha primeira viagem em África – revela-nos o
Arquitecto Rabolli – Fiquei imediatamente impressionado pela extraordinária
vivacidade urbana e criatividade que emerge da utilização inesperada dos
espaços. Luanda è uma cidade em contínua metamorfose.
N.4 – Newsletter bimestral da Embaixada da Itália em Angola
Agosto
2012
A razão do meu interesse por Luanda (e pelas zonas peri – urbanas em particular) deriva de três
situações aparentemente paradoxais: o facto que uma metrópole de quase 8 milhões de pessoas não
tenha infra-estruturas habitacionais adequadas, o facto que uma alta densidade populacional possa
existir sem edifícios altos, e finalmente que uma metrópole preserve formas de ocupação do solo,
típicas de uma zona rural”.
Luanda é um caso emblemático das transformações urbanas que acontecem em muitas cidades da África
Subsahariana. “Estas características peculiares – afirma Rabolli – obrigam a reinventar um novo tipo de
urbanística que repense a função do espaço
público e das infra- estruturas”.
O
projecto da
Beyond
Entropy
Angola
(apresentado em Veneza) desenvolve novos
modelos urbanos partindo da ideia de que as
infra-estruturas energéticas e o projecto da
forma da cidade não podem estar separados.
Beyond Entropy propõe um novo espaço
urbano que possa servir de jardim, infraestruturas para a filtragem das águas residuais e de central de produção eléctrica de biomassa.
O primeiro pavilhão de Angola na Bienal de Veneza é a reconstrução em escala real da intervenção
programada e constitui uma extraordinária oportunidade para apresentar Angola como leader cultural
(e não apenas económico) para todo o continente africano.
O pavilhão de Angola estará aberto ao público no próximo dia 28 de Agosto de 2012.
N.4 – Newsletter bimestral da Embaixada da Itália em Angola
Agosto
2012

Documentos relacionados

ANGOLANDO

ANGOLANDO com a convicção de que o desporto é um óptimo meio para evocar a atenção sobre crianças mais remontas e mais pobres. São 2000, entre crianças, jovens e adolescentes a frequentar treinos de basquet...

Leia mais

ANGOLANDO N.1 - Fevereiro 2012

ANGOLANDO N.1 - Fevereiro 2012 mês de Dezembro pela ONG italiana CUAMM no Uíge, sobre

Leia mais